Google+

14 de setembro de 2008

GURGEL, UM BRASILEIRO DE FIBRA


Quando criança viajávamos com freqüência para o interior paulista, Araraquara, Monte Alto e Ribeirão Preto. Uma de minhas lembranças mais marcantes do caminho era a fábrica dos pequenos jipinhos de plástico e fibra de vidro, a Gurgel. Sempre haviam algumas dezenas no pátio.

Mais tarde, nos tempos de surfista, tive minha única experiência a bordo de um Gurgel. Um grande amigo, bem descolado por sinal, teve um X-12. Eu estava no Guarujá quando ele chegou com o seu novo carrinho, mais um amigo e duas pranchas. Passaram lá pra me convidar para surfar na Praia Branca, atravessando o morro que fica antes da balsa para Bertioga. Então fomos os três com as pranchas no banco da frente reclinado e dois bem apertados no banco de trás. O xarope do meu amigo aproveitou toda a sinuosidade da estrada e fez todas as curvas possíveis de lado. Foi muita diversão.

Nos anos seguintes me lembro de muito movimento na Gurgel com vários lançamentos como: Itaipú (elétrico), Carajás, BR-800, Supermini e o "transparente" Motomachine.

Outro dia estava numa livraria dando uma olhada nas novidades e me deparei com o livro "Gurgel, um brasileiro de fibra". Após uma pequena olhada concluí que a leitura seria bem proveitosa. Dividido entre trabalho, fotos e esse blog, ainda estou na metade do livro. Mas já deu pra sentir que é um livro obrigatório para quem sonha com automóveis.

O livro, de escrita simples e direta, aborda a vida e os feitos de Gurgel com um bom nível de detalhes e muitas curiosidades. Retrata o Gurgel visionário, empreendedor e inquieto, que nunca perdeu nenhuma oportunidade de executar suas idéias. Conta sua história desde os tempos de infância até a falência da fábrica decretada em 1996.

Repleto de fotos (oba!) ilustrativas ainda traz um bônus no final. O último capítulo é um rico apêndice com material sobre todos os carros feitos pelo Gurgel. São materiais promocionais, descritivos técnicos e fotos.

Mais um detalhe: um dos prefácios é do Bob Sharp.

Dá para encomendar direto na editora: EDITORA ALAÚDE.

Um comentário:

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...