19 de outubro de 2008

ESSES FRANCESES...

...são mesmo incríveis em engenharia de motores. A versão flexível do C4 Pallas ganhou potência, de 143 para 151 cv, e torque, de 20,4 para 21,6 mkgf, mantendo-se as rotações-pico de 6.000 e 4.000 rpm, respectivamente, e a taxa de compressão, 10,8:1. Os japoneses precisam tomar umas aulas com esses franceses: quando o new Civic se "flexibilizou" não houve ganho de potência quando com álcool, o mesmo com o Corolla, que ainda por cima perdeu 4 cv na operação com gasolina.

O C4 Pallas flexível só é disponível com caixa automática (de 4 marchas) por enquanto, a versão manual virá em três meses. Estou ansioso por dirigi-la, a julgar como ficou bom com caixa automática.

BS

6 comentários:

  1. mas bob,quando vão aprender fazer cambio manual?

    ResponderExcluir
  2. Como, aprender, Ary? Não entendi.

    ResponderExcluir
  3. Bob,
    151cv é ótimo para um motor dois litros. Potência específica vai a 75,5cv/L.
    No Civic temos 140cv/1,8L, ou 77,8cv/L.
    Ponto para os japoneses!
    Quanto ao torque específico, a situação se inverte e o motor francês atinge 10,8mkgf/L, superando a barreira dos 10/L. Ponto para os franceses!
    Creio esses dois ótimos motores se destacam dos demais no mercado. Infelizmente, dadas as diferenças ténicas das caixas automáticas (Honda superior) e de escalonamento das manuais (a meu ver a francesa melhor) não permitiria um tira-teima entre os motores.
    Carlos

    ResponderExcluir
  4. Zilveti,
    Não acha que é pouca potência específica a mais para um motor que conta com i-VTEC? O motor PSA só tem variador de fase de admissão. Além disso, como foi possível não ganhar potência com álcool?

    ResponderExcluir
  5. Bob,
    O delta potência álcool/gasolina, num motor flex, é um bom parâmetro para indicar nivel de desenvolvimento da combustão, para o álccol.
    Porém, potência específica segue sendo um bom parâmetro para o mesmo fim. Melhor ainda o torque específico, pois este sim tem uma relação direta com o BMEP.
    Neste caso, o Civic chega perto de 10mkgf/L e o PSA supera essa barreira.
    No meu entender, para chegar a boas conclusões sobre o desenvolvimento, temos de olhar mais de um parâmetro e eu não concluiria que o trabalho do Civic foi mal feito, apenas por que o delta potência não foi tão significativo quanto PSA.
    Podemos sim, concluir que mexeram pouco no motor. Talvez, o investimento para tirar mais cv não compensasse, pois ele já é bom. Meu palpite.
    Carlos

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...