25 de novembro de 2008

Simplicidade






O texto do Marco Antônio Oliveira sobre o 3-rodas com motor Harley me deixou pensativo nesse final de semana. A complicação em quase todas as áreas de nossas vidas é regra, talvez por isso estamos cada vez mais cansados de tantas coisas. Tarefas cotidianas se tornam uma chatice, motivadas por procedimentos e idéias estapafúrdias de pessoas com pouco a fazer.

Qual o motivo, por exemplo, que faz um banco enviar sistematicamente propostas de conta-corrente e/ou cartão de crédito para um endereço que nunca se comunica de volta? Será difícil perceber que aquela pessoa não quer ser cliente?

Mas isso aqui é um blog sobre automóveis e essa foto aí de um Chevette americano nos remete ao pensamento sobre simplicidade. Vejam que idéia simples: o menor e mais leve Chevrolet da América onde cabe um V8 bem grande. Bom, caber não é bem o termo exato, dimensionalmente falando, pois alguma coisa está para fora, mas isso não é problema. Também o Chevette não é mais o menor Chevrolet americano, é o Aveo. Opa, mas isso é um carro coreano do grupo GM... deixa para lá, o que interessa aqui é que o camarada que construiu essa maravilha da foto deve ter comprado esse carro por uma ninharia e o transformado em um espetacular veículo de entusiasta.

Nosso amigo Alexandre Garcia poderá se empolgar com o que vemos na imagem e nos contar, com alguns detalhes, a estória de um carro desses que capotou para trás em uma prova de dragsters no início desse ano.

Simplicidade: pensem e exijam isso nas suas vidas. Tudo pode melhorar.

3 comentários:

  1. JJ,

    Auele hatch foi feito com essa proposta, tem um small block muito bem feito e não te as wheelie bars, logo a transferencia brutal de peso faz ele capotar par trás. Tem um gremlin também que chegou a várias vezes ficar na vertical com o parachoques traseiro esfregando no chão.
    Esse chevette na foto é bem caricatura, mas é bem no espirito do que vc falou. Sempre tem um motor legal sobrando, um carro abandonado, indo pro ferro velho virar escada caracol e as vezes um hot rodder se indigna e muda o triste final. Um amigão fez um hatch V8 com um sbc 350 tirado de um corvette nos anos 80, powerglide, eixo de maverick v8 na traseira. Na época um feito, porque o hatch era novo, caro, sbc 350 valia muito $ e o resto por mais que se conseguisse com emnos dinheiro, nunca deram em arvore. Hoje o hatch vale nada ou quase, sbcs pululam por aí e transmissões existem. Logo é só querer, eu pessoalmente ainda não fiz um apenas por falta de tempo. A mecanica feita com essa finalidade repousa placida e tranquila na minha modestíssima oficina, só falta o hatch de 78 a 82, redondinho, inocente e pueril.

    ResponderExcluir
  2. Alexandre,
    aguardamos essa obra vinda de suas mãos.

    ResponderExcluir
  3. JJ,

    Simples como um chevette branco!
    That's all we'll ever need!!!

    MAO

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...