Google+

27 de janeiro de 2009

Enquetes



Acabei de ler uma enquete na revista Autoesporte cujo resultado me chamou a atenção.

A pergunta foi sobre qual dos modelos citados deveria sair de linha. Entre eles estavam Chevrolet Blazer, Citroën Picasso, Fiat Mille, Ford Courier, Mitsubishi L200 Outdoor, Peugeot 206, Renault Scénic e Volkswagen Kombi. Ainda existia a alternativa de todos.

Essa últma alternativa foi a mais votada, com mais de 50 mil votos. Dentre os modelos mais votados o Mille venceu, ou nesse caso perdeu, com a maioria dos votos individuais. Na conclusão a própria revista ressalta que o Mille é um dos carros mais vendidos do Barsil.

Então me perguntei para que serve essa enquete. Para constatar que esses carros são obsoletos e as classes de C para cima, os leitores da Autoesporte não dão a mínima para eles? Não seria óbvio isso?

Como pode um público que não precisa do Mille julgar o futuro de um dos carros mais importantes de nossa história? Para mim fica a impressão que tenho de muitas enquetes feitas por revistas: enquete útil só vale se for direcionada ao público compatível. Caso contrário, não representa nada.

Algumas votações de melhor carro, melhor carro do Brasil e outras também não fazem sentido se os eleitores não são especialistas ou consumidores dos carros candidatos.

Enquetes, eleições, votações, para mim só são interessantes quando têm fundamento. caso contrário são conversa de botequim. O que às vezes é bom para descontrair...

12 comentários:

  1. Marcelo Augusto27/01/09 20:35

    Tenho certeza absoluta que quem responde estas enquetes em todo e qualquer lugar é a molecada de orkut. Esse pessoal só dá valor a estética, aparência. Se colocarem uma carroceria de um Logan num BMW série 3 eles vão falar que o carro não presta, é ultrapassado...

    ResponderExcluir
  2. Marcelo, é exatamente essa a impressão que eu tenho!!!
    PK

    ResponderExcluir
  3. Quer um bom exemplo ? O mesmo bobo que diz que o 206 tem que sair de linha tem um '207 Brasil' e acha o máximo.

    Adoro o Uno, mas uma experiência eu gostaria de ver. Promoção de Palio Fire pelo mesmo preço do Uno Fire. Será que Uno morre ou tem gente que compra convicta ?

    ResponderExcluir
  4. Marlos Dantas27/01/09 21:23

    O Marcelo suprimiu o pensamento do pseudo-entusiasta numa única frase!
    PK,
    Outro problema do consumidor, além de não enxergarem além da estética, é terem curta “memória automotiva”; esquecendo, além das qualidades do modelo, a revolução que o mesmo causou na época. Quantos dizem por aí que Fusca é carroça sem ao menos conhecer a história do carro? Sobre o Mille, eu até o considero simpático, também sendo extremamente honesto em sua proposta. Muitos que falam mal do pequeno Fiat sequer entraram em um! Também é comum alegarem que o Mille não “passaria” no crash test, mas, afinal de contas, poucos carros nacionais “passariam”. Quem compra/gosta do Mille não se importa com “chiqueza”, status ou em “exibir” o carro para os outros e, com certeza, a maioria dos que votaram contra o carrinho deve se importar e muito com tais fatores. E o conceito de suspensão independente nas quatro rodas, o baixo peso ou a genial solução do estepe no compartimento do motor, será que eles sabem disso?
    Quando comprei minha Elba, muitos disseram que é “carro de tiozão” (tenho 22 anos) outros que “carro novo com caixa selada (leia-se: som de péssima qualidade e música chula) é que atrai mulher”... Pra variar, não me importei. Carro é satisfação (e custo/benefício) pessoal, não alheia... E viva ao veterano Mille!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Marlos Dantas27/01/09 21:25

    Já imaginaram o Uno com o 1,4 TJet do Linea? Vamos sugrerir à Fiat!

    ResponderExcluir
  6. Verdade , assim como as listas de 10 mais, muito subjetivas. depende onde vai cair. Alguns vão se indignar outros se divertir.

    ResponderExcluir
  7. Legal Marlos. Acabei de ter uma idéia. Aguarde uns minutos que já vou fazer um outro post; passatempo.
    PK

    ResponderExcluir
  8. Clésio Luiz27/01/09 22:24

    "Adoro o Uno, mas uma experiência eu gostaria de ver. Promoção de Palio Fire pelo mesmo preço do Uno Fire. Será que Uno morre ou tem gente que compra convicta ?"

    Bem, se você analisar friamente, o Uno tem mais desempenho (por ser mais leve), mais economia (leveza) e mais espaço interno (especialmente pra quem vai atrás)! Além é claro de ter uma manutenção mais barata e melhor preço e maior facilidade de revenda. Já o Palio é bem mais confortável (não tem a sensação de caixa de metal com 4 rodas), é mais seguro passiva e ativamente e te dá uma maior chance de sobreviver numa batida (mais é bem mais pesado).

    E agora, o Palio parece tão tentador assim? :-)

    ResponderExcluir
  9. O povão é mesmo cego em matéria de automóvel, é impressionante. A Ford Courier é, de longe, a melhor picape leve. É única que atende ao propósito desse tipo de veículo e o faz com maestria.

    ResponderExcluir
  10. Tem um conhecido meu possui uma Courier ano 2000 (eu acho) e ele quer trocá-la por uma nova. Ele tem uma pequena oficina e recupera para-choques. A Courier é a única picape pequena que o atende. As outras picapes pequenas não tem espaço suficiente pra transportar os para-choques totalmente dentro da carroceria.

    ResponderExcluir
  11. O pior é que o pessoal esqueceu das tristes experiências com o Audi A3 e o Classe A. O primeiro por ser muito caro e o segundo por "não ser um Mercedes Benz" por ser um monovolume. Eles acham que se fabricassem carros de luxo aqui o preço cairia, mas é justamente o contrário. E o pior, não tem demanda para isso. Esse pessoal é o mesmo que ficou ofendidinho quando a Quatro Rodas apresentou o Daewoo Lacetti como sucessor do "Vectra" só porque a marca é coreana. Como se o Monza fosse ruim porque a Daewoo fez o Espero e o Prince baseados na plataforma "J". Mas se vendesse o Cadilac Cimarrom aqui, o pessoal ficaria feliz até descobrir que o carro é uma porcaria. Lembro de um site, o New Motor Age, agora extinto comemorando o fim do Toyota Bandeirante. Só que agora esse mesmo pessoal que ficou órfão se vira com a Hyunday HR 4X4 que é um projeto antigo de furgão típico oriental, se bobear Mazda, adaptado com chassi-cabine e 4X4. O pessoal acha que Logan é Lada, mas ninguém imagina que o LaiKa é o Fiat 124, que inclusive tem uma versão Alfa, e que os argentinos adoravam e que o Samara foi projetado pela divisão de engenharia da Porsche. E os dois vendem bem na Europa. Aliás, as boas vendas do Logan na Europa é que motivaram a Renault a fabricá-lo aqui. Europeu anda de 107, C1, Panda, Ka e outros carros pequenos. Carros médios é para quem precisa levar a família e não tem tanto dinheiro assim. Carros 2.0 são usados só em viagens e em fim de semana. Emfim, é um bando de iludidos mesmo...

    ResponderExcluir
  12. Bobagem total as enquetes. Serve a apenas um propósito: aumentar o número de acessos a um site, e obter mais patrocinadores.
    E dizer que brasileiro médio não conhece automóvel é chover no molhado. Mal sabe onde fica o motor do próprio carro.
    Nada a ver com nossos leitores, lógico.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...