29 de dezembro de 2009

BOB SHARP, UM HOMEM BOM

Para quem não sabe, o Bob Sharp é um dos meus mentores.

Quando eu o conheci ele era um dos caras mais turrões do mundo. Mas sempre com um embasamento muito sólido a todas suas argumentações. Eu disse era porque acho que ele está mais maleável, mas sem perder o espírito questionador das inadequações de muitas situações que dificultam nossa cidadania.

Durante os últimos anos de convívio com ele pude perceber que ele tem uma grande alma e um coração generoso. Sempre prestativo e pronto para ajudar, ensinar e compartilhar todo seu conhecimento e sua experiência. Tenho aprendido muito com ele sobre automóveis e sobre como ser uma pessoa autêntica.

Desde quando eu era aspirante a fotógrafo ele sempre me incentivou muito. Chegou até a escrever uma linda visão do meu futuro que está muito bem guardada num lugar especial.

Sua biografia ainda não foi escrita, mas considerando a legião de fãs que ele tem no Brasil e exterior, tenho certeza que quando for publicada será um grande sucesso. A riqueza de realizações do Bob impressiona a todos.


Tenho muito orgulho de trabalhar ao seu lado fazendo o blog AUTOentusiastas, junto com todos os outros colunistas, onde sempre quis que ele fosse o editor, mas ele nunca me permitiu sair dessa função. Toda vez que faço um post legal recebo uma ligação do Bob! Isso é demais.

Outro dia recebi um link para uma breve, porém rica biografia do Bob que saiu em novembro desse ano na revista Brasileiros. Muito dessa história eu mesmo não conhecia.

"Bob Sharp, volante polivalente"


Bob, não te consultei sobre esse post. Ele simplesmente saiu quando vi sua biografia. Acho que fez parte das reflexões de final de ano.


PK

45 comentários:

  1. Leio revistas de carros desde de criança e, por incrível que pareça, sempre procurei saber quem escrevia os fantásticos textos. Os textos do Bob sempre foram fascinantes. Qual foi a minha surpresa, ao comentar um texto de sua autoria no BCWS, receber em meu e-mail uma educada resposta de nosso amigo que tanto conhece de carros, demonstrando grande atenção com seus leitores. Um agrande abraço ao Bob e a todos os colegas que fazem deste blog algo tão especial.

    Lucas

    ResponderExcluir
  2. PK

    Eu aprendi a ler com a 4 Rodas e as reportagens do Bob! Isso em 1991, na época achava que ele era estrangeiro por causa do nome.

    ResponderExcluir
  3. PK
    Nem sei o que dizer. Você me desmontou completamente com esse post...Tudo o que posso dizer nesse momento é um sonoro MUITO OBRIGADO.
    Por outro lado, aqui vai um reconhecimento do fundo do coração: o AUTOentusiastas, uma grande obra sua.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Assim como o Lucas, eu também leio revistas que tratam de carros desde que eu tinha 10, 11 anos. Me lembro que volta e meia eu ia a um sebo perto de casa, procurando por exemplares da Quatro Rodas, e sempre achava algum da década de 70.

    Ficava doido quando via fotos de Opalas e Mavericks nas pistas. Me lembro especificamente de um, amarelo e verde, ou azul, não me lembro agora, que era o que o Bob pilotava. Achava lindo o carro e ficava imaginando como devia ser o automobilismo brasileiro nos anos 70.

    Anos depois, já adulto, passei a observar sempre quem era o autor das reportagens que lia. O Bob era um dos meus preferidos.

    Recentemente, quando o Bob era um dos colaboradores do BCWS, fiz alguns comentários sobre textos dele. Sempre recebi um e-mail educado e atencioso como resposta.

    Não é necessário fazer tal pedido, mas continue sempre assim. O mundo precisa de pessoas como você, Bob.

    Quem me dera poder ter um mentor como você. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  5. Eu tambem acompanho seus textos desde 4 rodas, Autoesporte.
    Lembro da reportagem a epoca do lancamento do Omega GLS e CD na Autoesporte. Estou certo?

    ResponderExcluir
  6. Adoro os textos d Bob Sharp... Nossa, fiquei viciado mesmo na época do BCWS e não parei mais. Lamentei a saída dele do BCWS e expressei meu descontentamento em um e-mail e qual foi a minha surpresa? Uma resposta agradecendo a atenção e informando que continuaria escrevendo aqui. Desde esse dia, visito o AutoEntusiastas diariamente. Posso até não comentar, mas procuro ler quase tudo (confesso que alguns temas não prendem a minha atenção) e desde então passei a admirar outros nomes que de forma exemplar, dedicam seus tempos a compartilhar de suas experiências comigo.
    Muito obrigado Bob, sou fã do seu trabalho.

    ResponderExcluir
  7. Adalberto,
    A megamatéria sobre o Omega, no lançamento, foi a minha primeira em Quatro Rodas. Eu recém havia saído da Oficina Mecânica. Depois de Quatro Rodas é que fui para a Autoesporte.
    Nunca vou me esquecer: eu mal sabia usar computador, escrevi o texto (10 páginas de matéria) e quando terminei me espreguicei na cadeira e o pé tocou a tomada: desligou. Eu não havia salvo...Era 8 da noite e tive que escrever tudo de novo. Terminei meia-noite...

    ResponderExcluir
  8. Sou outro que também admira o Bob e seu trabalho/diversão/hobby : contar para nós cada vez mais sobre o fascinante mundo automobilístico.

    E para ele, que gosta de Porsche, mando esse vídeo que achei no YouTube :

    http://www.youtube.com/watch?v=MkLjCYjqGDU

    Vale a pena pelo urro do motor do carro, nem tanto pelos sustos que o cara fica dando... muito exibicionismo...

    Xracer

    ResponderExcluir
  9. Excelente homenagem. Não conheço pessoalmente o Bob Sharp, porém o conheço pelas suas colunas no Best Cars e aqui no blog. É um homem de caráter, que não apenas fala, mas dá o exemplo e que possui personalidade. Coisa rara hoje em dia, onde copiar é o mais fácil e criticar é mais simples do que ver os próprios erros. Quem não gosta dele, na verdade não gosta de ouvir verdades duras e cruas sobre o mundo e os absurdos que nos cercam. Quem sabe ouvir, aprende muito e admira este que é um dos grandes nomes do automobilismo e por que não "autoentusiastismo" no Brasil. Figura única.

    ResponderExcluir
  10. Não conheço o Bob pessoalmente mas tenho grande admiração por sua pessoa e só tenho a agradecer por todo o conhecimento que eu adquiri lendo os seus textos.

    ResponderExcluir
  11. XRacer,
    Berro alucinante, não? Coisa que só motor aspirado ou comprimido é capaz de fazer, pois a turbina do turbocompressor abafa o escapamento. O Carrera GT seria o 11° carro que ainda falta dirigir...Obrigado pelo link e pelas palavras!

    ResponderExcluir
  12. Bob

    A Quatro Rodas de lançamento do Omega foi aquela da foto com os espelhos né?

    ResponderExcluir
  13. Conheci o trabalho do Bob através do BCWS. Naquela época, em 2005, eu tinha 19 anos, havia tirado minha CNH há pouco e, mesmo sem ter carro, queria aprender mais sobre essa maravilhosa máquina. Nessa minha “busca por conhecimento” tive algumas dúvidas (algumas um pouco esdrúxulas, admito) e recorri, via email, ao Bob que, tal como os amigos já citaram, sempre respondia com a maior cordialidade. No BCWS o texto que considero seu “magnum opus” é o artigo sobre o Omega, escrito em 1ª pessoa, simplesmente fantástico (perdi as contas de quantas vezes li).
    Foi através do Bob que conheci o Autoentusiastas...
    O PK mandou muito bem nesse post, homenagem mais do que merecida!
    Sucesso onde quer que vá, Bob!

    ResponderExcluir
  14. Bob é lendário. Não tem o que falar.

    ResponderExcluir
  15. PK,

    Bela e espontânea homenagem. Como muitos por aqui, tomei conhecimento do trabalho ímpar de Bob Sharp através das colunas do BCWS.

    Cativa-me a combinação de inteligência, conhecimento, clareza de raciocínio, elegância na escrita e profundo senso de cidadania e decência.

    Mais ainda, a coragem de adotar e manter posturas corretas ainda que estas sejam, por vezes, altamente impopulares.

    Bob nos demonstra seguidamente que, em havendo decência de postura e fundamento nas idéias que transmitimos, não se deve prescindir da firmeza nas colocações.

    Não compactua com o "politicamente correto" - muleta dos fracos, tanto de espírito quanto de massa cinzenta e criador de um "bom mocismo" vazio e gerador de hipocrisias.

    Agradeço o privilégio de compartilhar este espaço com vocês.

    Forte abraço,
    Fernando Silva

    ResponderExcluir
  16. Paulo, estou contigo em 100% dos comentários. Também sou grande admirador do Bob.

    Além de grande repórter, ele também fez parte da indústria automobilística nacional.

    As matérias que mais me marcaram foram a já citada do lançamento do Omega na Quatro Rodas(a capa da revista também é maravilhosa), na época onde haviam matérias de várias páginas (hoje são raras), hoje muito raras e a da Ferrari F40, que é sem comentários.

    Também acompanhei as colunas do BCWS, onde ele dava um exemplo de cidadania. Já eliminei uma série de vícios no volante com a ajuda dele.

    Parabéns Bob, você merece!

    ResponderExcluir
  17. fazendo coro aos comentários acima, também sou fã do Bob, cujo trabalho conheci na "Quatro Rodas", em 1992 (aquela matéria com a Ferrari F40, por exemplo, é espetacular). é impressionante o quanto o Bob fez pela indústria, pela competição e pelo jornalismo do setor. só me resta agradecer e continuar acompanhando...

    ResponderExcluir
  18. Excelente, PK. Só demonstra realmente o quanto o Bob te influencia.

    Também sou fã do Bob desde o BCWS. Esses dias é que descobri que a matéria do F40 foi feita por ele. Então, retificando, sou fã dele a mais tempo, mesmo inconscientemente.
    Já comentei com ele, em e-mails, que tenho um sonho de conhecer duas personalidades brasileiras: ele e o Barrichello.
    Bob, obrigado pelas matérias sempre excelentes e pelo amor que podemos ver pelo que faz.

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  19. Tenho a quatro rodas com o teste do Omega. Realmente é uma megareportagem, são 13 paginas na revista e ainda é materia de capa, nem cheguei a ler tudo mas posso garantir que a leitura é boa.

    ResponderExcluir
  20. PK e Bobb,
    o melhor de tudo é participar com vocês nesse nosso Blog, que na escala de " queridos dos leitores", deve estar no nível máximo.
    Bob, eu comprei em um sebo a QR com a matéria do F-40. Posso ganhar um autógrafo ?
    Abraço.

    ResponderExcluir
  21. Uma das matérias mais legais que o Bob Sharp escreveu e tive a oportunidade de ler foi a da história do Omega,disponivel no BCWS.Escrita em 1ª pessoa,conta detalhadamente a história daquele grande veiculo.

    Gostaria de pedir ao Bob,como outro leitor já pediu a um tempo,que qualquer dia dedique um espaço no AUTOentusiastas e nos fale sobre sua experiencia unica ao comandar uma Ferrari F40.

    Abraço e tudo de bom,que continue nos passando muito do que sabe atravez de seus excelentes textos.

    ResponderExcluir
  22. Diego Ximenes30/12/09 10:29

    Bob, já que muitos falaram na F40, teve um encontro em Araxá em 2008 e lá estava a F40, foi essa que vc pilotou? Segue o link http://www.youtube.com/watch?v=6C-Li4dsOy8
    PS. Podíamos marcar uma confraria reunindo todos os Autoentusiastas em Araxá!

    ResponderExcluir
  23. Bob, aprendi (e aprendo) a dirigir lendo seus textos no Best Cars e aqui.

    Obrigado

    ResponderExcluir
  24. PK,

    O Paulo Carcarsi foi entrevistado semana passada ( no allkart.net) e uma das perguntas foi do trabalho dele com Michael Schumacher no desafio das estrelas de kart, em florianópolis. Carcasci, 8 vezes Campeão Brasileiro de Kart disse: " Schumacher é o melhor mecânico de kart que já vi"

    Então acho que é bem por aí que se resume esse incrível potencial do Bob Sharp em descrever um carro, uma estrada, uma arroela,um defeito,um piloto : o danado sobra em pilotagem, mecânica, escrita, e como sobra nisso tudo, tem um prazer enorme em ensinar , trocar idéias, tudo com uma jovialidade que fica explícita nos textos que escreve e nos e-mails que nos presenteia...

    Bom, o pessoal aqui citou quando conheceu o trabalho do Bob. De minha parte, conhecia ele da seção de competições da 4R da década de 70 e vi um primeiro texto dele foi na parte de Cartas da Revista Motor 3, onde ele corrigia nada mais nada menos que algumas falhas do JLV, que lembro até hoje : JLV ter criticado a 450 SLC - a estabilidade na autoestrada,sob chuva- em prol da nova classe S da época, ter escrito " seca" sem as aspas, ter ralado um Fusca 1.100 do Museu da VW, enfim foi um choque alguém escrever para a revista " chutando o balde " e TER sua carta publicada rs . O olhem que depois disso Bob apareceu várias vezes na Motor 3, porque a revista cobria o Brasileiro de Rally e Marcas e o Bob chefiava a equipe VW.

    Logo depois, a Motor 3 acabou e Bob apareceu na Oficina Mecânica e na Duas Rodas dando um show de informações.

    Depois de muito nos ensinar lá, Bob foi para a Quatro Rodas, onde deixou um rastro de capacidade.

    E a gente comprando revista. Mais um pouquinho e estava o Bob na Auto Esporte, onde teve liberdade para fazer os melhores testes até hoje das revistas Brasileiras, e firme no ' cartas ao leitor' aliás JLV estava lá junto, no começo testando e depois escrevendo sobre Tecnologia.

    Com o fotógrafo-piloto Luca Bassani, fez uma dupla sensacional.

    Bom, aí chegou a Internet. Bob adaptou-se muito rápido e deslanchou de vez como o Jornalista que mais e melhor atendeu ao vasto número de internautas que o procuravam, dentre eles esse que escreve, que recebeu diagnósticos incríveis de Bob de assuntos relacionados à área de competições e ainda impulsionou alguns pilotos de uma forma ou de outra.


    Mesmo fazendo assessoria de imprensa na GMB, Embraer, Sttutgart Porsche,Bob fez decolar o BCWS, e agora alçar o AUTOentusiastas e seus excelente colaboradores à posição de site número 1, referência nacional em assuntos automobilísticos da internet que vai entrar na década de 10.

    Incrível a quantidade de realizações positivas/produtivas que Bob Sharp é capaz de produzir.

    ResponderExcluir
  25. O Bob conheci, "textualmente", lendo as 4 Rodas que meu pai assinava. Acho que tinha uns 13/14 anos na época.

    Depois, com o BCWS, escrevi diversas vezes, na grande maioria discordando de suas posições, como a questão da película, que ainda discordo em partes. rs. Obviamente, sempre recebia a resposta e a discussão, sempre, se mantinha em nível.

    Quando de sua despedida do BCWS, recebi a resposta informando sobre este Blog e, qual não foi minha surpresa, quando encontrei aqui outros colunistas que adoro ler.

    Todos aqui já renderam suas homenagens ao Bob e, falar mais, seria redundância.

    Por isso, se me permitem, ainda que o post seja dedicado ao Bob, gostaria de estender minha homenagem a outra figura cujo os textos me agradam muito também, principalmente porque é um apaixonado por fuscas, que é o Arnaldo, que acompanho desde o começo do milênio no superauto e, depois aqui e na C&D.


    Por isso, deixo os parabéns ao Paulo pelo Blog, por conseguir reunir colunistas fantásticos, sem exceções e, principalmente, ao Bob e Arnaldo, por seus textos magníficos.

    Ao Bob fico devendo um encontro para levar as fotos do que sobrou de um 205 xsi, dum acidente que sofri e comentei com ele, além de poder conhecê-lo pessoalmente.

    Já o Arnaldo, tive oportunidade de conhecê-lo numa subida de montanha, mas achei que ele pensaria se tratar de um "tiete" maluco, se chegasse nele falando: Arnaldo, cara, você não me conhece, mas eu leio sua coluna... putz... me dá um autógrafo... rsrsrsrs

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  26. Sergio, meu outro mentor é o Arnaldo!

    PK

    ResponderExcluir
  27. Alexei, Ficamos todos honrados com o seu comentário.

    Agradeço em nome de todos os colunistas.

    "alçar o AUTOentusiastas e seus excelente colaboradores à posição de site número 1, referência nacional em assuntos automobilísticos da internet que vai entrar na década de 10"

    ResponderExcluir
  28. Mais um para a contagem dos fãs do Bob.

    Só vim descobrir depois de velho as matérias fascinantes que ele escreveu na 4R (meu pai foi assinante por muitos anos, então tinha sempre disponível). Sempre achei as colunas dele no BCWS.

    Assim como alguns aqui relataram, enviei alguns e-mails para ele, expressando a minha opinião sobre a coluna no BCWS que tinha acabado de ir para o site, ou até acrescentando alguma informação (como se realmente fosse necessário). Em todas as vezes o Bob sempre respondeu rapidamente e de maneira muito polida, como de praxe para um "gentleman" como ele.

    Apesar de não conhecê-lo pessoalmente (tenho essa vontade, que acredito que se realizará um dia), eu o considero um mestre, que a gente sempre deve escutar (ou ler) com atenção, mesmo não concordando sempre com as idéias expostas. Sempre há algo de útil a aprender com isso.

    Aqui fica o meu pedido: O Bob bem que poderia escrever sobre uma história da época da copa de marcas, quando ele era diretor da equipe VW, de uns famosos eixos comandos de válvulas "049G" que só foram usados nos carros de corrida da marca. Se já tiver algo com esse tema escrito, passem o link aqui, por favor!

    ResponderExcluir
  29. Foi "com" o Bob que comecei a sempre procurar dirigir suavemente.

    Pode ser estranho, mas em algumas situações dirijo e me pego indagando: "Se o Bob Sharp tivesse no carona, o que estaria falando?"

    O texto no BestCars em que narra a história do amigo que teve de ir ao hospital por conta de uma emergência com a esposa me marcou bastante.

    Bob, agradeço pela sua autenticidade e firmeza.

    ResponderExcluir
  30. Faz tanto tempo que leio revistas de automóveis que nem lembro de onde conheço os textos do Bob (creio que foi em alguma Oficina Mecânica sobre o Fusca, não sei ao certo).

    Não tenho idade para ter acompanhado as corridas (sem ofensas :-), mas sempre reparei naquele gringo que por algum motivo vinha escrever nas revistas nacionais...

    Acho legal que ele sempre comenta sobre os assuntos mais variados, desde motores até o trânsito (e seus vícios). Hoje dirijo com os braços flexionados por causa dele, já que na auto-escola me diziam para deixar os braços esticados.

    Bob, obrigado pelo bom trabalho!

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. Acompanho reportagens do Bob Sharp desde menino, sempre fui uma pessoa extremamente critica e nunca confiei em reportagens de revistas especializadas, principalmente nos dias de hoje onde testes dee veiculos é algo extremamente comercial, os carros não são testatados como antigamente, mas qdo chegavámos nas reportagens do Bob sabiamos que estavámos diante de uma grande reportagem.

    A uns 2 meses atrás recebi uma ligação de um amigo me dizendo sobre este blog e me falando que gdes lendas estavam presentes, entre eles Bob Sharp, Paulo Keller, Arnaldo Keller, entre outros, não pensei duas vezes e me cadastrei no blog,

    Hoje tenho a oportunidade de ler e de emitir meus sentimentos sobre este grande jornalista, e o melhor, saber que ele vai ler com carinho esta mensagem ;-)

    Aproveito para deixar um feliz 2010 a todos, que o proximo ano seja repleto de saúde, paz e sucesso a todos.

    Parabéns pela reportagem PK ;-)

    ResponderExcluir
  33. Falar o que do BS? Eu já o conhecia de suas inúmeras passagens pela imprensa especializada. Durante a participação dele no BCWS, por várias vezes comentei suas colunas e sempre recebi atenciosos emails em resposta. E claro, não nos esqueçamos também do BS piloto, em um tempo em que as corridas eram acima de tudo um prazer, e não mero negócio comercial. O homem gosta de carros, entende do assunto, escreve muitíssimo bem. Vida longa ao Bob!

    Ricardo Montero
    Ricardo Montero

    ResponderExcluir
  34. Bob, continue assim! Um grande nome do nosso país nesse nosso meio automobilístico e entusiasta.
    abraço!

    ResponderExcluir
  35. Kenzo, estou morrendo de rir aqui. Eu fico me perguntando a mesma coisa: "O que o Bob diria se estivesse aqui no carona?".
    Abraço!

    ResponderExcluir
  36. Seu Buce acima da lei30/12/09 18:38

    Quem é Bob Shon?

    ResponderExcluir
  37. Acompanho as colunas do Bob desde o Bestcars.

    Competência + entusiasmo = Bob.

    Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  38. É mole? O cara tem até fã clube!
    Merecido, é claro!
    Toda unanimidade é burra, daí a sua importância. Ele não tem medo de levantar polêmicas!
    Parabéns pelo trabalho!
    E tenham certeza, é uma pessoa atenciosa. Foi a primeira vez que pude interagir com um formador de opinião, que não estava "sentado no trono", colhendo os Louros da Fama.
    Figura importante, neste e em qualquer local!
    MH

    ResponderExcluir
  39. Conheci o Dr Sharp exatamente na Oficina Mecanica,eu escrevia uns textos sobre antigos e respondia duvidas do leitor (meu primo postiço Caruso era o Redator-chefe,hoje é o diretor de Auto & Tecnica) e numa das idas à SP encontrei-o na editora,é claro que demorei um pouco para enxergá-lo em meio a neblina em seu escritório,hahahaha, mas ali eu estava de frente para alguém que sempre habitou as minhas leituras de AE, 4R ,etc ,me lembro que nesse dia fomos almoçar num Santana preto de teste, foi um ótimo papo (não tinha como não ser...), já se vão quase 20 anos nisso (tanto ele como eu tínhamos cabelos não grisalhos) e até hoje papeamos de vez em qdo ,o legal mesmo foi ser recomendado ao super-simpático Billy Sharp (primo) para fazer ajustes na maravilhosa 350SE W116 que é claro,escolhida a dedo por ele , que no final gerou mais uma amizade com um membro da família,fora os papos que eu batia com o sobrinho dele no autódromo de Jacarepaguá , na época eu trabalhava todas as terças na Escolinha de Pilotagem do Guto, lá se vão mais 18 anos....O legal disso é ter um mote de histórias para contar pros netos, e como a vida é curta e passa muito rápido, temos que aproveitá-la intensamente e manter sempre as boas amizades,mesmo que 400km atrapalhem,grande abraço para ti,Bob,perfeita homenagem,lhe sou grato por me honrar com sua amizade,abração do Rodrigo Maluhy.

    ResponderExcluir
  40. prezados
    estou envolvido em automobilismo desde 1966 quando tinha 9 anos desde o antigo caledonian e posso afirmar que ja vi nosso citado parceiro dirigindo de tudo desde dkw,fiat e vw sendo diretor da vw competicoes que fez uma era de ouro no automobilismo nacional
    era bandeirinha do posto 13 no autodromo de jacarepagua e algumas vezes esbarramos com bk nos boxes e sempre cortez com todos do trade automobilismo
    em suma grande figura que merece sempre ser lembrado por nos com louvor
    DEUS O CONSERVE NO NOSSO CONVIVIO POR MUITO TEMPO
    jc sete lagoas

    ResponderExcluir
  41. Bob,

    Plantar é opcional, colher é obrigatório. Parabéns meu amigo, voce merece!

    ResponderExcluir
  42. Arnaldo Keller31/12/09 11:39

    Devo muito ao Bob.
    O Bob é uma pessoa a quem tenho um respeito incondicional, e não é porque ele é um grande piloto, porque manja barbaridade de carro, por sua memória incrível, porque escreve bem pacas, nada disso. Tudo isso que todos sabem vira micharia quando comparado ao bom caráter que tem, à boa vontade com que ajuda a todos, ao bom homem que ele é.
    E Sergio, que mané que vocë foi lá na Subida de Montanha, cacete! Era o que faltava eu bancar estrelinha. Da próxima vez vem bater um papo que eu fico muito contente, porque, caramba, a gente escreve pro leitor, pensando no leitor, e é um esforço que não é mole, e quando vocës nos incentivam é uma baita injeção de ânimo. E muito obrigado pelos elogios.
    abraço

    ResponderExcluir
  43. Passei a admirar o Bob pessoa devargarzinho, descobrindo mais alguns pontos em comum além de gostar de carros.
    As vezes, são algumas idiossincrasias que aproximam mais as pessoas. E, depois de admirar seus textos, passei a me identificar mais com ele ao descobrir que ele não suporta tapetes de borracha nos carros, nao acha legal as fabricaas eliminarem os acendedores de cigarro, curte (ia) o Escort 1.8 16V (um motor e uma caixa equipados com um carro, rs,rs,rs) e putras pequenas coisas.
    TAmbém recebi algumas respostas super atenciosas a e-mails enviados com comentários sobre as suas colunas no BCWS, mesmo quando discordava de suas colocações.
    Me preocupei (como fumante inveterado, daquele que prefere voo longo com conexões só pra poder fumar nos intervalos, rs,rs,rs), me preocupei terrivelmente e manifestei esta preocupação no "Saloma" e no "Mestre Joca", sobre o estado de saude do Bob, no recente "susto" que ele nos deu.
    Por fim, somos os 2 fãs de carteirinha do fantastico Paul Frere, que nos "deixou orfãos" a pouco tempo (aliás, queria convidar o Bob a ler a homenagem que eu fiz ao Paul, contando sua estoria, em 4 Partes, no Blog do Saloma - não é autopropaganda, eu acho que todo mundo deveria conhecer mais desse cara, uma figura impar !!!).
    E, para encerrar, gostaria que ele nos contasse como está de saude agora (ainda tá fumando ??? mas bem pouco, né ???)

    Foi muito bom encontá-lo aqui, e espero ve-lo de novo em uma das proximas visitas ao Templo !

    Grande Abraço

    Antonio Seabra
    RJ

    ResponderExcluir
  44. Cristian Dorneles21/06/12 01:42

    Grande Bob Sharp. Inesquecível para mim o texto de presnetação do Omega na 4 Rodas.

    ResponderExcluir
  45. Obrigado, Cristian.
    Foi o meu primeiro trabalho para Quatro Rodas. Curiosidade: naquele tempo (maio de 1992) eu nunca havia visto um computador, só recebi breve instrução de como usar. Depois de chegar à redação no meio da tarde, após andar com o Omega no campo de provas da GM, comecei a escrever a matéria. Às 8 da noite, bem cansado, terminei. Fui me esticar na cadeira para me espreguiçar e toquei a tomada do computador com o pé, desligando-o. Nada estava salvo, perdi todo o texto. Toca a escrever de novo, para terminar à meia-noite, morto...

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...