Google+

27 de janeiro de 2010

LUTANDO CONTRA A BATERIA


O C4 1992 sem a bateria e o painel da carroceria. Notem a ECU e o controle do cruise control.

Cada carro esporte tem um característica própria, além de certas peculiaridades que são bizarras mas acabam fazendo parte do charme do veículo. Com o Corvette de quarta geração isso não é exceção. Alguns ítens nesse carro são bem bizarros porém interessantes.

Nesse texto, vamos falar um pouco do Corvette C4 e mostrar algumas fotos e vídeos de algo realmente diferente. Naturalmente, peço desculpas adiantadas pelo português enferrujado e improvisado.
Nós fizemos os vídeos e fotos no começo de janeiro de 2010.

Todo o material e mais informações podem ser conferidos aqui.

10 comentários:

  1. Mister Fórmula Finesse27/01/10 14:56

    Mas que belo material....e o blog ficou maravilhoso também.

    Para quem quer gostar de Corvettes, acho que não existe página melhor em nossa língua.

    Um ZR-1 by Lotus para mim por favor! (rs....)

    ResponderExcluir
  2. incrivel este carro.. todo baixo, cg bem baixo..
    deve fazer curva como reta

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Thiago,

    Quando o C4 saiu em 1984 eles estabeleceram o record de aceleracao lateral (capacidade de curva) entre todos os carros em producao. Com os anos, os pneus aumentaram e a suspensao melhorou. O carro faz sim muita curva e super interessante. O segredo dele e apenas bons pneus, amrotecedores e bom alinhamento. Agora esta na hora de trocar os amortecedores e ele vai ganhar Bilsteins de C4.

    Mister Formula,

    Ha um texto sobre ZR-1s e ZR1 saindo em breve. Ja temos as fotos e maioria dos materias bem como a explicacao de onde o termo ZR-1 veio.

    Mais videos do C4 estao para vir que foram feitos em Dez 2009.

    Um abraco.

    ResponderExcluir
  5. Mister Fórmula Finesse27/01/10 15:51

    Obrigado Carlos;

    Gosto do ZR-1 desde a época em que ele enfrentou os mais velozes seriados do mundo na Autoesporte brasileira (sob licença de alguma outra é claro)...

    Se bem me lembro de alguns tópicos de Phil Hill e Paul Frére (esse era fera!!! vide especial no blog do Saloma):

    "anos atrás quando o corvette chegava, nos perguntávamos o que daria errado dessa vez...se as pás do ventilador entortariam, se a caixa quebraria, se a suspensão acusaria algum problema irremediável...mas tivemos uma agradável surpresa com este ZR-1 este ano"

    "O ZR-1 cai sobre o nariz quando é engatada a sexta marcha" (marcha muito longa acredito)

    Mas o bendito tocou nos 289 km/h reais no teste de 1989 ficando não muito atrás do especial biturbo callaway...e foi muito elogiado pela qualidade construtiva em si.

    O Omega Lotus - com que ele dividia a caixa - ficou um pouco aquém disso mas o parentesco de ambos foi bem sinalizado na matéria.

    Se ainda me lembro (again), o mais veloz foi o 959 não emissionado - não válido por tanto - que com vento de "popa" bateu nos 338 reais, que teste, que teste!

    ResponderExcluir
  6. Mister Formula

    O grande problema dos C4s e a sexta marcha bem alta. Isso porque na epoca a tecnologia anti emissoes ainda nao estava avancada o suficiente. A sexta era overdrive e nao marcha final que era a quinta. No C5 a mesma coisa.

    Agora no C6 Z06 eles muradam o escapamento e colocaram mais eletronicos para compensar tudo isso. O C6 e um epico de engenharia em termos de potencia e controle de emissoes.

    Alias no Blog la vai sair amanha um video de 1 hora de duracao sobre o desenvolvimento do C6. Um programa bem legal feito em 2005.

    Um abraco.

    ResponderExcluir
  7. Chevette também não tem bateria

    ResponderExcluir
  8. Até que não é um trabalho tão absurdo assim trocar a bateria dos Corvette C4. Nada que um pouco de paciência e bom senso não resolvam. Só aquele parafusinho inferior que é de lascar...

    Visão do paraíso esse painel dos C4. Até hoje, para mim, é um dos mais belos já feitos.

    Agora, "Forrest e Bubba" foi demais! rsss...

    ResponderExcluir
  9. Scheidecker,

    Comprou a bateria no Costco?

    Reparei que a bateria que voce colocou requer água (tem as tampas para adição de água). Nos USA eu nunca consegui achar baterias seladas. Sabe se elas existem?

    Caso não existam, existe algum motivo técnico para tal? No .br já ficou difícil achar baterias "a água" (sem falar que, por questão de manutenção, prefiro as seladas, que são as que saem originalmente nos carros brasileiros).

    ResponderExcluir
  10. Bussoranga,

    Bateria do COSTCO porem completamente selada. Gosto dessa porque tem mais amperes a frio. Melhor que a DELCO original. O mesmo posso dizer no caso do Z06, as do COSTO tem mais amperes fazem um diferenca brutal no carro e na quantidade enorme dos sistemas eletricos que ele tem. Assiste o video do C6 la agora. E bacana.

    Um abraco.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...