29 de maio de 2010

DENNIS HOPPER (1936-2010)

Faleceu hoje o ator e cineasta Dennis Hopper, que escreveu, dirigiu e estrelou o mais famoso road movie de todos os tempos: Easy Rider (Sem Destino, 1969).

Neste filme, Hopper intepretou Billy, um motociclista que cruza o sul dos Estados Unidos ao lado de Wyatt "Capitão América" (Peter Fonda), ambos em busca da liberdade e paz de espírito.

Cerca de 30 anos após o filme, Hopper fez uma paródia de si mesmo ao gravar o comercial para o Ford Cougar. Não acredito que a Ford tenha convencido muitos consumidores, mas Hopper mostrou a todos que a sua irreverência permanecia a mesma. 

Rest in peace, Billy!

FB

11 comentários:

  1. Grande ator. Começou no cinema em 1955 em "Juventude transviada" (Rebel without a cause) e em seguida, no mesmo ano, "Assim caminha a humanidade" (Giant). Em ambos contracenou com James Dean, que perderia a vida ao bater com seu Porsche 550 num carro que manobrava no meio da estrada. Grande perda, R.I.P, Dennis.

    ResponderExcluir
  2. Francisco Neto29/05/10 19:11

    "Arrancada Final" (2005)...


    Grande ator!

    ResponderExcluir
  3. André Resende29/05/10 19:46

    É preciso ter estilo para estar dentro de um carro. Sinceramente me cansa ver um rapper dentro de um Rolls Royce! E a Ana Maria Braga retorcendo o seu Porsche, me tirou o sono por uma semana! Dennis Hopper e Peter Fonda em Easy Rider sobre suas motocicletas, simplesmente representaram o que é a lenda do cavaleiro e o seu cavalo. Como diz a minha mulher: “Nada como um charmoso grisalho num carro preto”. (Esta vai para você, Arnaldo Keller e o Camaro SS). Homem e máquina, a recíproca tem que ser verdadeira!

    ResponderExcluir
  4. Hoje tem funacê regado a muito goró no céu dos transviados.
    Viveu intensamente, morreu discretamente.
    Marcou (e bem) seu tempo.

    ResponderExcluir
  5. Ivo Junior30/05/10 14:35

    Dennis conduziu de maneira exemplar sua motocicleta (ao som de Born to be Wild), e também o GTO (The Judge) em Arrancada Final. Poucos atores teriam conseguido ser tão "íntimos" destas máquinas!

    Aliás, faz uns 10 dias que comprei o filme Arrancada Final para acervo, e o assisti novamente. Valeu cada centavo!

    R.I.P. Denis. Abraço, Ivo Junior.

    ResponderExcluir
  6. Mister Fórmula Finesse31/05/10 10:30

    Fiquei pensando sábado quando vi a notícia....puxa, esse sujeito começou cedo a construir sua fama de "durão" no cinema, enfrentando com canivete James Dean no jurássico ano de 1954, eram amigos, vi o teste dos dois juntos para o filme em uma filmagem antiga - hoje muito fácil graças ao "tube" - há bastante tempo na tv. Depois aquela vigem maluca pelos Estado Unidos, um filme que vi com pouca idade, mas que marcou...as estradas, as drogas, as comunidades hippies e personagens que pareciam ter saído de um quadro de Ali, o final do verão do amor, o filme que acabava bem de acordo com o final da década, a ligação entre as motos queimando e o Festival de Altamond, epílogo tristonho diga-se de passagem.

    E ele viveu tudo isso, viveu apocalypse now, o coração nas trevas, os vícios....

    Agora a paz!

    Ótima lembrança FB!

    ResponderExcluir
  7. Altamont...errata!

    ResponderExcluir
  8. Leandro Silveira01/06/10 08:56

    vamos todos acender uma 'vela' em homenagem a ele!!!!!

    ResponderExcluir
  9. RIP, Dennis. Easy Rider por certo foi sua obra-prima, mas não posso deixar d emencionar seu fantástico vilão em Veludo Azul (Blue Velvet, do piradíssimo David Lynch). Ainda falando em clássicos road movies, além do Easy Rider, também me amarro no Corrida Contra o Destino (Vanishing Point). OK, havendo um Challenger R/T na mesa eu sou mesmo parcial; pena que na colisão final usaram um reles Camaro contra o bulldozer...

    ResponderExcluir
  10. For sure, a real tough guy!

    Como já falado, Dennis passou por aqui e marcou! Este cara era muito loko!!!

    Leandro, merece uma "vela" em homenagem sim! lol

    E muito bom o Easy Rider, heim! psicodélico! lisérgico!

    ResponderExcluir
  11. R.I.P. Dennis!
    Eu não sabia do acontecido, lí agora no blog...
    Poucos fazem a diferença nesse mundo, ele fez a diferença, como disseram acima: "Viveu intensamente, morreu discretamente.
    Marcou (e bem) seu tempo."

    Abraço

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...