23 de setembro de 2010

BURRICE OU DESPERDÍCIO DE DINHEIRO PÚBLICO

Foto: Autor
As superfícies catadióptricas, popularmente olhos de gato, são muito úteis quando se trata de aproveitar as luz dos faróis para balizar uma pista ou um veículo que esteja com as luzes traseiras desligadas.

A foto não mostra com clareza, mas as faixas de rolamento estão intercaladas com olhos de gato, como neste caso da Av. 23 de Maio, uma via de trânsito rápido na capital paulista, sentido sul, passando o Obelisco.


O título deste post versa justamente sobre esses olhos de gato.

Numa rodovia, quando aplicados nas linhas demarcatórias do leito carroçável, à direita e à esquerda, são de um valor inestimável quando há neblina, uma vez que nas estradas não há iluminação pública. Desse modo, os faróis incidem nos olhos de gato e estes nos orientam mesmo em visibilidade quase zero.

No caso da via fotografada, há farta iluminação nela e mesmo que houvesse neblina (evento muito raro nesta cidade), os olhos de gato pouco resolveriam, pois as faixas brancas recebem luz de cima e ainda ficam visíveis próximo ao veículo, cujos faróis participam da visualização das faixas de rolamento.

Temos então milhares dessas peças nas avenidas  e ruas que de nada servem e, para complicar, constituem obstáculos para as rodas das motocicletas quando trafegam entre carros e para as rodas dos automóveis quando mudam de faixa. Para as motos é péssimo, para os carros é desagradável.

Para resumir, ou o responsável por sinalização na CET é burro por aplicar um objeto desnecessário ou não fez a menor cerimônia em gastar dinheiro público. Punição branda no primeiro caso e severa no segundo.

BS

32 comentários:

  1. Quando não fazem nada, reclamam. Quando fazem, reclamam também...aí tá complicado, né!
    Pode ter certeza que, mesmo com tanto olho-de-gato, ainda tem muita gente que não sabe se situar.

    ResponderExcluir
  2. Ao amigo aqui de cima: Quanto não fazem nada, reclamamos, quando fazem m&rd@, reclamamos denovo! É o nosso dinheiro gasto de maneira idiota, quando poderia ser aplicado em fiscalização decente, semáforos inteligentes e outras coisas fundamentais para uma cidade como Sao Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigo...aqui em Sampa obra viável é aquela que pode engordar os cofres da Prefeitura e logico das quadrilhas que estão incrustadas no executivo.
      Fiscalizar, semaf inteligente, que a vc parece fundamental na realidade não é...veja que até vc é envolvido pela propaganda da mídia, pois foi convencido sobre algo que desconhece...resolver da forma + simples é uma prática absurda, ...entahum inventam coisas ...esta coisa de farol inteligente nahum existe

      Excluir
  3. Anônimo das 22:45
    Sério, não lhe incomoda quando a roda pega um olho de gato? E acha que é preciso olho de gato para alguém se situar, estando tudo claro?

    ResponderExcluir
  4. Sujeito muito lindo23/09/10 23:23

    De olhos de gato bastam os meus!

    ResponderExcluir
  5. Imagina o quanto não foi desperdiçado na praia da reserva, entre barra da tijuca e recreio, no RJ.

    ResponderExcluir
  6. normal, a empresa que fabrica deve ter algum acordo extra

    ResponderExcluir
  7. Se o sujeito não sabe se situar nem com iluminação boa + olhos de gato, então, não deveria nem ter CNH. Deve ser o caso de um tipo de motorista que faz uma coisa das que mais me irritam no trânsito: andar com metade do carro em cada faixa de uma pista de duas, e, geralmente, com a velocidade de uma tartaruga reumática.
    Mr. Car.

    ResponderExcluir
  8. Lamentavelmente, engenharia de tráfego é algo quase inexistente no Brasil. É tudo feito de qualquer jeito e, quando pessoas morrem desnecessariamente, as autoridades põem a culpa nos motoristas. Seja nas estatísticas oficiais, seja quando um policial rodoviário dá uma entrevista, as causas de todos os acidentes são sempre imprudência e alta velocidade. Falhas grosseiras de projeto das vias públicas, sinalização e manutenção inadequadas, má formação de condutores... para as "autoridades" nada disso existe. Essa gente está ceifando um sem-número de vidas por pura irresponsabilidade e, com a maior cara-de-pau, pondo a culpa nas próprias vítimas.

    Observei que algumas rodovias federais que passam por obras extensas, como aumento do número de faixas, parecem estar sendo executadas com competência, mas em nível estadual e municipal, a situação costuma ser precária.

    Falando especificamente dos olhos de gato, é muito comum por todo o RS (dirijo com certa freqüência em outros estados, mas confesso que não tenho reparado nisso) o uso de sinalizadores enormes (tachões), de cerca de 15x25 cm, que podem facilmente levar um motociclista ao chão ou danificar um pneu de perfil baixo. Conheço uma menina que capotou o carro ao tentar desviar dessas porcarias. Certamente houve alguma dose de imperícia por parte dela, mas uma via pública jamais deveria expor os motoristas a esse tipo de risco. Não consigo entender como é possível alguém ser tão estúpido a ponto de permitir a instalação desse tipo de obstáculo em uma via pública, e é impressionante o quanto isso é comum.

    ResponderExcluir
  9. Bom senso. Raridade nos dis de hoje.

    ResponderExcluir
  10. Incrível como ainda tem gente que defende as asneiras feitas pelo poder público. Quem faz isso deve estar lá, num cargo comissionado, ganhando seus 8 mil/mês fingindo saber de alguma coisa.

    ResponderExcluir
  11. É puro desperdício. Trabalho em Pirituba e uso a Raimundo P. de Magalhães diariamente; em alguns trechos onde existem ilhas no meio da avenida colocaram faixas amarelas e, dentro delas, os tais tachões que estragam nossos pneus. Em alguns lugares há pelo menos uns 200 tachões, quando a metade seria mais do que suficiente. É desperdício e, na certa, alguém está levando...

    ResponderExcluir
  12. Concordo com o Kantynho. Quem tá mamando defende sempre, para não perder a teta.

    ResponderExcluir
  13. E pelo andar da carruagem a tendência é piorar.
    A 'qualidade'acadêmica dos engenheiros de transito é digna de ser utilizada em Marte.
    tropeço com cada absurdo por aí que nem dá pra comentar.
    Em compensação tem uma competência inacréditavel em instalar radares naqueles lugarzinhos onde pegam todo mundo.
    E viva o Brasil o paiz de todos. Todos? quem cara pálida?????

    ResponderExcluir
  14. Meu caro Bob,

    O que manda no Brasil é desperdiçar o dinheiro do contribuinte.

    Trabalho em um órgão público que todo ano tem compra de computadores novíssimos, com muita memória, processadores rapidíssimos... para os usuários abrirem o Word e digitar texto.

    E tome licitações orientadas, preços abusivos (R$4.000,00 por um PC que vale R$1.500,00) e por aí vai.

    Como alguém disse uma vez, é a Republiqueta das Bananas!

    Isso se reflete nas nossas vias, no asfalto péssimo, porém caríssimo, na desengenharia de tráfego, na ridícula inspeção veicular para arrancar dinheiro do já onerado contribuinte, e tantos outros casos que discutimos aqui.

    Omiti meu nome propositalmente.

    ResponderExcluir
  15. Kantynho,

    Quem dera fosse "só" 8 mil. Os caras que mandam nisso ganham uns 13, 15, 20 mil reais por mês.

    Mas que seja. 8, 20, 5 mil, 500 reais. o que importa é que só querem ganhar o deles, sem cumprir com a função para a qual foram designados.

    ResponderExcluir
  16. Infelizmente, obra, no Brasil, só se faz onde vai ser vista.

    E os "olhos-de-gato" intercalados em faixas de rolamento das vias principais das grandes cidades, já corretamente sinalizadas e iluminadas são um jeito de se impressionar o leigo com a "atenção" da prefeitura.

    E como o Bob coloca, leigos infelizmente não tem noção disso e acham "bonitinho" quando a pista fica toda salpicada desse tipo de irregularidade (que aliás deveria ser restrita às faixas laterais) esquecendo que isso tudo teve um custo - pago por eles mesmos.

    Enquanto isso, outro problema similar: estradas reasfaltadas recentemente têm acostamento "em degrau" suficientemente desnivelado para derrubar um motociclista ou tirar o controle de um automóvel.

    É uma "boa idéia" das empreiteiras - economizar 20~39% de asfalto cobrando o mesmo preço, né? Afinal, o que vale é fazer e dizer que foi feito, o critério técnico de engenharia de segurança que se dane.

    Apesar de não acreditar na maioria deles, precisamos de deputados/secretarios/engenheiros que trabalhem em prol da segurança da população, não em prol do faturamento de empreiteiras e construtoras.

    OBS: Os caras que mandam nisso, além dos 15, 20mil por mês ainda têm a tal VERBA DE GABINETE que é várias vezes maior que o salário, não esqueçam.. ;)

    ResponderExcluir
  17. Acho que isso é um misto de burrice com vontade de desperdiçar dinheiro público...
    Durante a última reforma da Linha Vermelha (RJ), foram instalados estes refletores no mesmo esquema da via retratada na foto que abre o post. Outra semelhança é que a L. Vermelha é muito bem iluminada...
    De fato, passar sobre os olhos-de-gato é muito desagradável.

    ResponderExcluir
  18. Acho uma boa esse negócio. Ajuda a quem não consegue se manter na faixa. Pena que só fazem isso em mês de eleição. Esse recapeamento vai durar 2 meses. Depois vira uma buraqueira só.

    ResponderExcluir
  19. Com certeza esses refletores cumprem uma função social importantíssima. Afinal, se um cego tiver que dirigir pela 23 de Maio ou pela Linha Vermelha, precisará deles para saber se está saindo da sua faixa de rolamento...

    ResponderExcluir
  20. bob, creio que o principal intuito seja de evitar que as motocicletas trafeguem entre os carros já que a via é bem iluminada.

    ResponderExcluir
  21. Em noites chuvosas os "olhos de gato" são muito úteis sim, mesmo quando há iluminação na via.

    ResponderExcluir
  22. Nicolas
    Não sei se é esse o intuito, mas mesmo que fosse essa é uma maneira ilícita da autoridade tentar coibir o hábito. Obstáculos não regulamentados, de qualquer natureza ou para qualquer finalidade, são inadmissíveis.

    ResponderExcluir
  23. Edison
    Nada a ver, desculpe. As faixas brancas de divisão de pista são totalmente visíveis mesmo sob a mais intensa chuva. E, mais, tem rua/avenida com e sem olho da gato, o que é péssimo. Tudo em trânsito tem de ser padronizado. Quer um bom exemplo de falta de padronização? Conjuntos semafóricos em São Caetano do Sul e em Florianópolis. Está errado na essência.

    ResponderExcluir
  24. As estradas da minha região( eu não digo somente as Federais, as Estaduais mineiras também, estão COALHADAS de olhos de gato colocados de maneira muito próxima, e não só nas laterais, no meio da faixa de ultrapassagem e em curvas tem as tachas centrais.

    Simplesmente mataram o prazer de guiar. De moto ou mesmo carro, eu que não vou enfiar meus Michelins em cima da tachas.

    Ficaria contente só com a pintura bem feita ou as tachas nas laterais da via, mais espaçadas, mas como o dinheiro está sobrando eles fizeram esse " abono", agruras de se viver num país rico.

    ResponderExcluir
  25. O nome disto é corrupção. Os malandros recebem uma grana para aplicarem os "olhos de gato" em qualquer lugar vale até em estacionamento. Niguem está preocupado com segurança, o que interessa é o que pinga na conta bancaria como comissão.

    ResponderExcluir
  26. Concordo, Bob. Se soubessem usar o dinheiro público devidamente, colocariam agentes na via para multar quem dirige com uma das mãos ocupadas e...ops!

    ResponderExcluir
  27. Anônimo
    Caramba, aí multariam todos os portadores de necessidades especiais que dirigem com uma só mão, coitados...

    ResponderExcluir
  28. Po Bob!
    Nesta o sr. errou feio ein!!
    É obvio que esta sinalização a mais, que o sr. julga totalmente desnecessária, é para garantir a segurança da via em situações esporádicas como falha/interrupção na iluminação seja por quaisquer fatores.
    Mais obvio que mesmo com manutenção constante, gerador para caso de queda, uma eventual falha pode ocorrer, e isso prejudicaria bem a segurança se não houvessem os olhos-de-gato que parecem mero enfeite. Ainda mais que é bem provável que não tenha nada disso (manutenção, gerador,etc), mesmo se o tivesse é sempre importante garantir ao máximo a segurança.
    É facil tocar a boca no trombone em algo que já não temos bom conceito (CET, Detran, etc) sem pensar a fundo antes.
    Sou fã seu do blog, mas essa o sr. deu bola fora.

    ResponderExcluir
  29. marcelo vieira (jmvieira)22/09/11 15:53

    sou plenamente a favor desses olhos de gato pequeninos nas faixas de rolamento em qualquer via publica, seja ela iluminada ou não. nos dias de chuva, mesmo com iluminação publica funcionando perfeitamente, e a sinalização horizontal pintada perfeitamente... mesmo assim elas ficam praticamente invisiveis embaixo da pelicula d'agua. esses olhos de gato contornam esse problema e tornam as faixas perfeitamente visiveis ao refletir o facho dos farois. por mim podem gastar "meu" dinheiro com isso!

    ResponderExcluir
  30. BullittKowalski12/12/11 21:06

    Entendo o incômodo das tachas Bob, mas elas tem uma função importante: Em dias de chuva, as faixas perdem sua refletividade, confundindo-se com a refletividade da pista molhada. Então as tachas viram referência, já que a retrorefletividade delas é bem maior que a das faixas.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...