Google+

14 de setembro de 2010

CONSERVADO NO SAL


Assistindo o programa Globo Esporte neste domingo para ver a reportagem do Stock Car em Bonneville, me deparei com um fato pra lá de curioso. Ano passado estivemos no Speedweek que acontece no mês de agosto neste mágico local, chamado de "meca da velocidade". Alias, estou devendo um post sobre isso até hoje...

A atmosfera do evento é tão "caseira" que se não perguntarmos, não sabemos a história e os feitos de quem está lá. Justamente assistindo o programa, descobri que vimos de perto, e se não me falha a memória, até conversamos um pouco com alguém da equipe de um belo Corvette azul metálico, com carroceria quase sem modificações, salvo um discreto lastro de metal no lugar da placa dianteira.

Este carro é um veterano do sal, e mais veterano ainda é Dwayne McKinney, membro da equipe Sundowner, que é o único membro participante que esteve no deserto pela primeira vez para acelerar ao máximo um carro no evento Speedweek em 1949.


Não há demonstrações de importância, orgulho ou vaidades em Bonneville. Ninguém precisa mostrar ou falar que já fez isso ou aquilo, que ganhou X ou Y. Ninguém liga para isso lá, o importante é acelerar, sem se preocupar com mídia ou publicidade pessoal. Isto falta no resto do automobilismo no mundo todo.


MB

8 comentários:

  1. Mister Fórmula Finesse14/09/10 09:08

    Milton, eu também fiquei bem impressionado quando a reportagem mostrou o senhor a que se refere.

    Desde 1949 acelerando por lá, acompanhando nesses anos todos um imenso manancial interrupto dos mais diversos tipos de carros e maluquices sobre rodas.

    Praticamente eras se passaram; a geografia política do mundo mudou, revoluções militares e culturais vieram, a corrida espacial, o começo da informática em produção massiva... e esse senhor ali, ano após ano acelerando, literalmente o pioneiro e o último da antiga estirpe.

    Meus respeitos a esse grande autoentusiasta, penso até que - pelo aspecto jovial dele - alguém finalmente encontrou a fonte da juventude...e a mesma é feita de sal!!

    ResponderExcluir
  2. ...Existe um filme (The World's Fastest Indian), com Anthony Hopkings, em que ele se passa por um veterano em Bonneville, que era um fato real e que conta um pouco sobre a fascinação que o povo americano ligado a velocidade,tem com esse "deserto"...muito legal a matéria, aliás...é coisa de Autoentusiasta mesmo!!! ...

    Abraços...

    ResponderExcluir
  3. eu não vi a reportagem. será que tem no youtube já?

    ResponderExcluir
  4. Um filmaço este The World's Fastest Indian, com Anthony Hopkings quem não viu deveria ver, vale apena..
    Helio

    ResponderExcluir
  5. No Brasil esse ótimo filme foi entitulado "Desafiando Limites".
    Também não assisti a reportagem. Afinal, o estoque conseguiu o tal record?

    ResponderExcluir
  6. MFF

    Lá é um lugar abençoado mesmo. Todas as equipes têm um veterano desses, barbudo e de jeitão largado. É impressionante.

    abs,

    ResponderExcluir
  7. Joel, dividiram a reportagem em duas partes, neste domingo deve passar a parte dele andando com o carro.
    abs,

    ResponderExcluir
  8. Cadê o Scheidecker?

    Faz tempo que ele não posta alguma coisa sobre o Corvette.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...