Google+

22 de setembro de 2010

MADE IN ENGLAND

Se você tem mais de 30 anos, provavelmente se lembra do brinquedo acima: as miniaturas Matchbox originais, pesadas, com metal e rebites fortes o bastante para aguentar anos e anos de abusos infantis, com uma pintura igualmente resistente.

Aguentavam com grande facilidade quilômetros e mais quilômetros rodados sobre asfalto, cimento, terra, pedras, lama e não costumavam enferrujar, nem mesmo na água salgada. Sobreviviam com facilidade a um pisão ou a um lançamento a distância e a pintura custava a descascar.

Revirando meus arquivos mentais, lembro que nunca foi um brinquedo muito acessível, podendo ser encontrado apenas em lojinhas de modelismo ou em grandes lojas de departamentos. Ganhei muitos deles na infância e cheguei a comprar meu último Matchbox legítimo no "Jumbo Eletro" há exatos 20 anos: era um BMW M1 preto, que custou o equivalente a uma ou duas mesadas.

Hoje os carrinhos custam em média R$ 5,00 e podem ser encontrados praticamente em qualquer lugar. São muito mais acessíveis, mas a qualidade deixa muito a desejar em relação aos originais Made in England.

FB

35 comentários:

  1. Bitu, hoje nada é feito para durar, duram apenas até a próxima coleção ou linha de determinado seguimento de produto, ou quem sabe 'oxidar' antes mesmo dessa chegar. A gigante americana Mattel detentora da marca Matchbox, fabrica as miniaturas em países do sudeste asiático, como China, a província de Hong Kong, Singapura ou Malásia, e o que visam não é a qualidade do produto, mas as vendas deixando de lado a qualidade do produto e se satisfazendo mais com os lucros das quantidades vendidas. Os Matchbox de hoje arranham fácil a pintura, se forem pisados um desastre pode acontecer,e utilizam plástico e metal na estrutura da miniatura, e o pior hoje nem mesmo MATCHBOX fajuto se encontra no Brasil, a Mattel não mais os distribui pra cá , incorporando alguns modelos a linha Hot Wheels outros desastres 'made in Southeast Asia' que reza a lenda utiliza também a mão de obra infantil na fabricação e pintura.

    Belo e saudoso post.

    abs.

    ALYSSON PRADO "BALO"

    ResponderExcluir
  2. Ótima lembrança...
    Eu tive um e apenas um Machbox... Um Porsche 911 clássico, da primeira geração azul claro... Me lembro que os meus pais achavam o brinquedo caro... E nada era tão fácil de encontrar como hj, está tudo infinitamente mais fácil.
    Nessa época aqui no Rio de Janeiro nem existia biscoito recheado em pacote... Tinha que comprar a granel ou uma caixa maior... Estamos ficando velhos... Rs... Bons tempos!!!
    Claro que não é a mesma coisa... Mas é legal ter uns HotWheels. Meu sobrinho de 3 anos pinta e borda com os dele... Tem uns modelos muito loucos... Eu tenho uns 30... Não tenho mais pq me contenho.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. eu me lembro desses carrinhos, doía na cabeça e não quebrava o carrinho

    ResponderExcluir
  4. É Felipe isto é a199 (antes das lojas 1,99)
    Eu tenho um Matchbox serie 33 Lamborghini Miura que deve estar comigo a uns 40 anos. Os sobrinho e outras crianças não podem chegar perto se não da briga. Só troco por um Porsche 911 !!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Sério! Me ajudem!

    Não consigo entender porque praticamente tudo que era construido antigamente era feito com esmero e atenção a qualidade. Fiquei babando nos posts sobre o Duensenberg SJ. Fico babando com o acabamento e os detalhes de diversos carro antigos. Vejo essa qualidade até em produtos que não eram exclusivos para pessoas ricas.

    Porque hoje, a cada segundo que passa, isso se perde?? Lucro? Mas não lucravam no passado?

    Sério, tenho saudades de uma época que eu não vivi.

    abs,

    ResponderExcluir
  6. Lawrence

    Eu sou da época em que só se bebia Coca Cola aos domingos. Era dia de ir à missa e logo depois correr para casa, pegar o vasilhame de vidro e trocar na padaria por outro cheio.

    Detalhe: era 1 litro só de Coca. E dava pra família inteira. Hoje acho que bebo 1 litro por dia...

    FB

    ResponderExcluir
  7. Nunca fui muito adepto dos Matchbox por causa da escala. Até uns 13, 14 anos de idade, meu negócio eram as miniaturas 1:43 da Dinky, da Corgi e principalmente da Solido. Tenho várias delas até hoje, e só não estão em perfeito estado porque cairam nas mãos de uns sobrinhos vândalos. Se esses modelos não fossem tão bem construídos, nem teriam sobrevivido ao massacre.

    ResponderExcluir
  8. Tive alguns, he, he! Pelo que me lembre, não custavam barato mesmo, mas eram praticamente indestrutíveis, podendo passar perfeitamente de avô para neto. Me lembro especialmente de um VW TL (o modelo alemão, claro), um Rolls Royce Silver Shadow, um Mercedes- Benz 350 SL, um Lincoln Continental, e um Citroën DS. Sinto até desgosto quando vejo a incrível falta de qualidade dos carrinhos de hoje.
    Mr. Car.

    ResponderExcluir
  9. Felipe, NÓS somos dessa época!!!!
    Nem shopping existia aqui no Rio!!!
    Não tinha fausão!!! KKKK Essa é a melhor de todas! KKKK

    ResponderExcluir
  10. Bitu
    Eu, que sou do interior do Parana,so via esses Matchbox vindos do Paraguai.
    Muito caros.

    ResponderExcluir
  11. Luiz Dranger23/09/10 00:23

    Bitu,
    Além doa matchboxes, aqui em casa existem mais uns 600 carrinhos que estão com meu filho, mas guardados em uma caixa de papelão; Dinky Toys, Corgi Toys e mais umas 2 marcas que não me lembro. Uma dessa outras era de uma perfeição incrível. Bons tempos. Hoje os brinquedos são os video games.
    Abração
    Luiz

    ResponderExcluir
  12. Luiz Dranger23/09/10 00:25

    O Paulo Levy matou a charada. Solido !!! A melhor de todas !
    Outro abraço
    Luiz

    ResponderExcluir
  13. Ainda temos alguns aqui em casa.

    Lembro-me que comprei em 1982, em Manaus, quando eu retornava de São Gabriel da Cachoeira-AM.

    Meu filho tinha 3 anos.

    ResponderExcluir
  14. Mister Fórmula Finesse23/09/10 08:16

    Eu lembro muito bem de uma miniatura do Opel Rekord que eu tinha, em azul metálico, coisa mais linda. Mas não sei precisar a origem da manufatura.

    ResponderExcluir
  15. Os carrinhos de hoje são descartáveis ,mas custam só $5,00 !!!! os antigos duravam bem mais , mas eram bem mais caros, prefiro hoje, é para todos, melhor assim, todo mundo vive chorando e lembrando os " Bons Tempos " do passado, mas quando eu era moleque ganhava-se um ou dois por ano e olhe lá...
    Meu primeiro Matchbox foi um mustang branco com uma alavanquinha lateral que comandava as rodas dianteiras, ganhei em 1968,mas meu preferido foi um Mini cor de laranja .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola. Perfeito o comentário. Meu preferido também era um mini cor de laranja, made in England.

      Excluir
  16. Eu ainda tenho em casa um Golf verde metálico e mais alguns, que não me recordo agora. Preciso achá-los...

    ResponderExcluir
  17. O duro mesmo são os que se contentam com a quantidade...

    Abs,

    ResponderExcluir
  18. Além de centenas de Matchbox,tenho guardado alguns Sólido e também das miniaturas Reis.
    Quem quizer dar uma olhada é sói acessar:
    www.helioherbert.blogspot.com/
    Tags: old toys

    ResponderExcluir
  19. Tive muitos desses carrinhos, alguns ainda estão comigo, uns em bom estado e outros perfeitos para ir a um Junkyard em miniatura. Infelizmente como foi dito, o que se vende hoje não chega nem perto da qualidade de 20 ou 30 anos atrás.Bons tempos que não voltam.

    ResponderExcluir
  20. Mencionaram que é melhor "barato e acessível" do que "durável e caro". Ok, tem seu mérito, mas porque não disponibilizar os dois?
    A própria Mattel ainda fabrica miniaturas com o "padrão antigo" de qualidade, mas para achar é um suplício. São bem mais caras, mas valem a pena. Até meu primo de 10 anos percebeu a diferença ("nossa, nunca vi um hot wheels assim, valeu, primo!"). O difícil é achar vendendo aqui no RJ...
    Eu lembro dos Corgi e Solido quando era criança. Inclusive lembro de por a "solidez" dos mesmos á prova diversas vezes, hehe. E que melhor atestado de durabilidade do que olhar pra eles aqui na mesa do trabalho enquanto digito?
    Com sorte meu primo vai ter os dele no seu escritório alguns anos no futuro, e certamente o dinheiro que gastei à mais terá valido a pena.

    ResponderExcluir
  21. Francisco V.G.23/09/10 10:54

    Bitu
    Se me lembro? E como...

    ResponderExcluir
  22. Brenno Metzker23/09/10 11:34

    Realmente, hoje em dia esses carrinhos "Hot Wheels" comuns são leves demais, o que mostra a baixa qualidade da matéria-prima, descascam com facilidade, enfim.
    Porém existem coleções desta mesma marca, de material visivelmente melhor, pneus de borracha, pintura excelente, mas ai já pula pra R$ 20,00 ao invés dos R$ 5,00 costumeiros.
    Abraço

    ResponderExcluir
  23. Mustang Piston Popper, meu favorito!

    Eu, por outro lado , me surpreendo em como é boa a qualidade dos Hot Wheels, considerando que custam apenas 5 reais, até um menino de rua pode comprar.

    McQueen

    ResponderExcluir
  24. Detalhae que esse ano temos um legitimo modelo brasileiro na coleção hot weels:

    http://vwsp2classico.blogspot.com/search/label/miniaturas

    Por coincidência acabo de comprar o meu nas Lojas Americanas

    ResponderExcluir
  25. sinceramente, n vejo como algo tão negativo os matchboxes ficarem mais baratos e talvez menos resistentes, mesmo eu sendo dono de 60 hot wheels

    afinal acho muito bonito ver uma criança pobre com apenas 5 reais entrar nas lojas americanas do shopping e sair toda feliz com um carro lindo daqueles...

    ResponderExcluir
  26. Grande Felipe Bitu !

    Me lembrei de um Lincoln Continental branco 4 portas hardtop da Matchbox que era meu xodó...

    Abraço do Stefano (cuzolio)

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Tive vários Matchbox, realmente não eram muito acessíveis nos anos 70 e 80. Infelizmente, as miniaturas não sobreviveram ao meu sobrinho...

    A qualidade dos Hot Wheels é inferior se comparada aos Matchbox de antigamente, mas a não é das piores. Por R$ 5,00, até que tá de bom tamanho. Estou fazendo a festa com as miniaturas de Muscle/Pony Cars da Hot Wheels, tem até o Plymouth Superbird.

    Mister Fórmula Finesse,

    A miniatura do Opel Rekord azul era da Brinquedos Rei, também tive esse modelo. Na época, comprei pensando que fosse do Opala nacional.

    ResponderExcluir
  29. Daniel Bronzatti23/09/10 23:28

    Legal ver também que tem mais gente que passou dos 30 colecionando a linha muscle da Hot Wheels. São carrinhos bem acabados e acessíveis, sempre quando vou a Americanas volto com um. Quando criança tive um Matchbox Hillman inglês, o Dodginho aqui no Brasil, sofreu tanto mas me fez muito feliz.

    ResponderExcluir
  30. Valeu!
    Agora me sinto menos culpado por ter só 75 unidades!
    Também achava que eram inacessíveis. Fui no Rio de Janeiro só para comprar 05!
    Hoje compramos 05 por semana para meu filho!!!!
    Bons tempos!
    MH

    ResponderExcluir
  31. Bem, como ja passei dos 30, tb tive váaarios desses matchbox. Eu e um vizinho fazíamos uma "competição" pra ver quem tinha a maior coleção. Lembro que eram mais caros, e com certeza duravam muuuito. Pra estragar, so na martelada (alguns foram vítimas do martelo para fazer de conta que estavam acidentados). Por azar minha e sorte de outra criança, me desfiz de todos quando cresci. Oh saudades! Abs

    ResponderExcluir
  32. Acabei de ler o post! Lembro de meui primeiro matchbox. Lotus europa verde, comprado pelo mau pai, lógico. Soube q os meus foram para na casa de um primo!!!! Dias atrás vi um lotus europa aki em POA/RS, preto. O kra tem ótimo gosto para carros. Os meu aguentaram muito.

    Abraços

    Tazio Nuvolari

    ResponderExcluir
  33. Eu ainda tenho vários guardados... meu primeiro foi uma Lamborghini Countach LP400 com o número 4 estampado do capô, vermelha com faixas pretas. Tenho DUAS, uma (que foi a primeira) bem judiada pelos anos, e outra intacta, que eu achei numa loja de antiguidades NA CAIXA (os matchbox vinham, como o nome diz, em caixinhas 'de fósforo'), custou uma pequena fortuna, mas não resisti e comprei. Os atuais HotWheels, feitos na China, como tudo mais, não aguentam abuso.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...