Google+

14 de outubro de 2010

DO BAÚ DO MAO: HYUNDAI



Hoje os carros da Hyundai são originais em design, e têm uma qualidade invejável. A empresa também é conhecida por sua velocidade de resposta. Mas não foi sempre assim. Em 1988, época da propaganda acima, o principal argumento de venda do Hyundai nos EUA era o preço baixo. Na propaganda acima, nem o nome do carro aparecia, a não ser nas letras miúdas. Excel é o nome, se você realmente quer saber...



O pior nos carros era o design, algo tão insosso que chegava a torná-los invisíveis. Vejam o Sonata de 1991, acima. Apesar de ser um sedã decente com um V-6 debaixo do capô, existe carro mais comum na aparência que este? Parece que o objetivo era realmente fazer um carro invisível!

MAO

29 comentários:

  1. Eurico Jr.14/10/10 08:33

    A Hyundai bateu o recorde de vendas para um importador novato, quando entrou no mercado norte-americano. Infelizmente, a confiabilidade dos carros deixava um pouco a desejar, prejudicando a imagem da marca. Isso só foi sanado quando adotaram uma garantia extra-longa.

    Também, havia o franco desprezo da mídia. Programas como o "Saturday Night Live" e apresantadores como Carson e Leno, sempre debocharam da marca, que ficou com a indesejável aura de "carro de pobre".

    ResponderExcluir
  2. Mister Fórmula Finesse14/10/10 09:30

    Surpreendente evolução ao pensarmos que o I30 "ultrapassou" a Jaguar como melhor carro (!!!!).

    ResponderExcluir
  3. Muito boa sua série Do Baú, MAO. Considerando que o assunto Hyundai é polemico, acho que seria interessante uma avaliação de um desses pela equipe do Blog.

    Abraço

    Lucas crf

    ResponderExcluir
  4. Lembra nosso monza "tubarão".

    ResponderExcluir
  5. Muito interessante a sua serie,MAO.

    mais interessante foi na QR comparar o Excel com o voyage,rivais nos EUA e o volkswagen vencer ate com alguma folga.
    Veja hoje se algum Volkswagem nacional ganha do i30

    ResponderExcluir
  6. Isso mostra que com trabalho sério, foco e investimento, A Hyundai, assim como as japonesas mostrou que sabem fazer carros. E não só carros né? A princípio copiando descaradamente, caso desse Sonata e desse Excel, que nada mais parecem carros americanos em menor escala, a indústria sul-coreana, japonesa, e em muito pouco tempo a chinesa e não duvido, indiana, sabem que para se ter um bom produto precisa de no mínimo fazer algo com qualidade, preço atraente e visualmente agradável.

    Será que nossas tupiniquins empresas um dia seguirão a mesma trilha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Maurício; Penso que não seguirão de jeito nenhum. A começar porque as nossas tupiniquins não são nossas. São "deles" e fazem aqui o que "eles" querem. E isto é negócio e negócio bom é aquele que rende mais, doa a quem doer, no caso nós consumidores. O que fazer? Bom, chegaram outras marcas no mercado oferecendo muito mais por quase a mesma coisa e começamos a comprar destas outras marcas e as quatro gandes "nacionais" se viram obrigadas a tentar melhorar. O preço sempre foi grande por um produto quase sempre bem inferior e as qu chegaram viram isto e não seriam bobos de baixar. Não creio que isto vá mudar. O preço continuará grande e o produto não tão bom quanto o que se vê fora. Estou agora nos USA e a Hyundai dá 10 anos de garantia aqui e está vendendo muito! Nos anuncios da TV tem de tudo quanto é marca pagando-se pouquíssimo por mês e muitas vezes sem entrada nenhuma. A pergunta que fica é porque nós continuamos a exportar minério, alimentos,matérias primas em geral e comprando tecnologia a peso de ouro. Porque não temos educação, cultura, etc? Porque não temos uma industria nacional que faça carros? Até a Coreia tem. E faz também TVs, som, navios, TUDO! Saída de uma guerra, um país pequeno, pobre...E a gente este gigante ignorante e adormecido. Um único dia em um parque pequeno da Disney, como o Hollywood Studios, teve ontem umas 30 mil pessôas. Só de ingresso a $75,00 por cabeça vendeu $2.250.000,00 ou cerca de 5 milhões de reais.E funciona todo dia, 365 dias ano. Só este parque, pequeno, fatura quase 2 bilhões de dólares ano, repito, só de ingressos para gente e todas as nacionalidades do planeta inclusive norte americanos! Fora a venda de pipoca fria, ensacada, com gosto de isopor a $4,95 + taxas, tão ruim a ponto da minha fiha de 9 anos achar horrível. E mais uma infinidade de porcarias a preços inexlicáveis!. Estacionamento a $14,00 por carro em meio a uma área distante da cidade, muito bem organizado, etc, mas que nào justifica tudo isto! E são milhares de carros! E da Disney são quatro parques, fora mais algumas DEZENAS que tem por aqui. A industria do entretenimento nos USA deve faturar MUITO mais do que diz e fatura MUITO! Precisamos repensar nosso país e coocar gente de bem na nossa política. Homens que possamos nos orgulhar.Pessôas que sirvam de exemploe passem a figurar nas nossas moedas, notas e memórias.E preciamos ter a coragem de começar a fazer, a mudar, quebrar a cara, errar e acertar. Igual a Hyundai. Ninguem queria um Excell. Hoje quase todo mundo quer um carro deles. Abs.

      Excluir
  7. Podia até ser insosso nos EUA, mas nos também não tinhamos nada muito diferente que isso (até pior) aqui no Brasil em 1988. Nem injeção eletrônica vinha nos nossos carros ainda.

    ResponderExcluir
  8. Arnaldo Keller14/10/10 11:19

    Em 1994 comprei um Excell zero-km. Ele rodou 320 mil km sem problema algum e gastando uma mixórdia de gasolina, coisa de 16 a 17 km/l na estrada.
    O espaço do banco traseiro é ótimo, a ergonomia para quem dirige é ótima. Carro bom de curva e bom de guiar.
    O carro só parou porque uma véia maluca atravessou sua Meriva na minha frente e deu PT no coitado, senão eu ainda o teria.
    Sua quilometragem dava pra ir até a Lua e já estava voltando.
    A marca tem meu respeito. Tal seria se não tivesse.

    ResponderExcluir
  9. Agora no Brasil está virando moda dar pau na Hyundai por causa das propagandas, como se os carros fossem umas porcarias.
    Na mesma Motor Trend, acho que de outubro, que tem o teste M3 x Mustang GT, tem um comparativo do Hyundai Genesis V8 x Toyota Avalon x Ford Taurus.
    Reultado: vitória folgada do Genesis! A mesma superioridade que um Azera demonstra frente a um Corolla.
    Vamos devagar com o preconceito.

    McQueen

    ResponderExcluir
  10. Tenho um baita respeito pela Hyundai. Aqui no Brasil o que a queima é a CAOA e suas propagandas que dão vergonha alheia de tão exageradas.

    ResponderExcluir
  11. Luiz Fernando14/10/10 13:41

    Eu só digo que deixei de comprar um Novo Focus para adquirir um I30.

    E olha que sou fã da Ford e torço muito para que a marca se recupere da crise que acometeu os EUA.

    A Hyundai está crescendo assustadoramente no mundo todo. E se (ainda) não é a empresa automotiva de maior volume de vendas, já é a de maior lucratividade.

    Eu só sinto falta de mais participação no mundo das competições. Traria o prestígio que falta à marca.

    ResponderExcluir
  12. Eurico Jr.14/10/10 13:44

    Concordo plenamente com o Gayeski, a Hyundai tem excelentes produtos, o que realmente queima a marca é o sr. CAOA, com o seu pós-venda ridículo e publicidade descaradamente mentirosa.

    O Genesis é um tremendo carro, sucesso de vendas nos EUA. E o Equus vem aí, para disputar mercado no segmento de topo.

    ResponderExcluir
  13. Francisco V.G.14/10/10 15:35

    McQueen
    Azera briga com Camry, não com Corolla.
    De fato, a CAOA é um lixo de representante. Posso dizer isso dos tempos de Renault quando eu senti na pele o descaso dessa empresa picareta.

    ResponderExcluir
  14. A Hyundai tem que se desvencilhar do Sr. Carlos Alberto Oliveira. Se com esta triste figura, já está entre os 5 no mercado, imagine se a própria empresa assumisse a operação no Brasil..

    ResponderExcluir
  15. Pois foi nessa época, segunda metade dos anos 80, que a VW quis exportar o Voyage nacional p/ os EUA, com o nome de Fox, motor AP c/ injeção, em vez de carburador. Levou uma sova desse Hyundai feioso da foto.

    ResponderExcluir
  16. Absalão Bussamra14/10/10 16:28

    O CAOA é o estereótipo do vendedor de carro espertalhão, são figuras como ele que dão tanta má-fama à profissão.

    ResponderExcluir
  17. Lembro do Accent 1.5 16v de um amigo, era bem agradavel de dirigir e economico.
    Curioso, eu admirava bastante a Hyundai nos anos 90, achava que eram carros simples, e ao mesmo a frente dos nacionais, pelo uso do multivalvulas.

    ResponderExcluir
  18. McQueen, o Francisco V G está certo. Compare as fichas técnicas do Camry e do Azera, e perceberá as semelhanças.
    Corolla a 50 mil dólares (e como carro de luxo)é só aqui mesmo...

    Abraço

    Lucas crf

    ResponderExcluir
  19. Ia me esquecendo. Nas Mil Millhas de 93 ou 94, a equipe da Autoesporte correu com dois Scoupe. Lembro-me que o representante exigiu que o carro fosse correr completamente original, exceto pelas mudanças obrigatórias. A revista relatou que não hove qualquer tipo de problema, e os dois carros ainda chegaram relativamente bem colocados. Quem se lembrar e mais informações sobre o fato, fique a vontde para corrigir ou acrescentar

    ResponderExcluir
  20. Arnaldo Keller.
    Então foi você? Brincadeirinha, mas devem ter vendido muito poucos naquela época. Já compararam I30 e novo Focus?

    ResponderExcluir
  21. Luiz Fernando.
    Tenho um certo preconceito com carros de origem coreana ou chinesa, e também acho que no caso do I30 o design é copiado da BMW 120, 130 etc. Se pudesse, teria o original.

    ResponderExcluir
  22. Nrporto,
    a 4R já comparou os hatches médios em suas versões mais completas. O i30 ganhou o comparativo. Além disso, eles estão com um no teste de longa duração. Vamos ver como ele se comporta na desmontagem.

    Pessoalmente, acho que os produtos coreanos nada devem aos melhores do mercado, independente de sua origem. Os chineses ainda náo os conheço. Mas eles aprendem rápido e, náo tenha dúvida, em breve seráo carros desejáveis.

    Apesar de admirar muito os dotes dos BMW 120, 130, acho-os um dos carros mais feios do mercado. Mas uma 135 coupe ficaria muito bem na minha garagem, hehe. Acho ridículo o 118 custar 100 paus.

    Abraço

    ResponderExcluir
  23. Lucas, ridiculo eh um Honda City custar 70...

    ResponderExcluir
  24. Luiz Fernando15/10/10 15:11

    Nrporto.

    Eu entendo você.
    Mas todo preconceito surge de um desconhecimento, de um medo daquilo que é novo e diferente.

    Primeiro que há uma grande diferença entre produtos coreanos e chineses. Nem de longe se comparam.

    Quanto ao carro, eu tb não tinha gostado do i30 na primeira vez que o vi. Mas ao fazer o test-drive no Focus e nele, não tive dúvidas. O carro casou perfeitamente com o meu gosto. E olha que fiquei meses namorando o Focus até ter condições pra trocar de carro.

    Hoje olho pro carro e fico feliz por ter feito essa escolha.

    Fiz a revisão dos 2.500km e foi tudo ok. Foram muito mais atenciosos com o carro do que a Ford era no meu antigo Fiesta.

    Felizmente o carro não apresentou nenhum defeito de fábrica e tem se comportado muito bem. Portanto não sei como é o pós venda ou a assistência técnica fornecida pela CAOA.

    Só o que posso dizer, é que tinham o carro do jeito que eu queria a pronta entrega, enquanto que um Focus como eu queria iria demorar 40 dias.

    Entendo que a CAOA force um pouco nas propagandas, mas ao menos as faz, e o carro não deixa por menos.

    Quanto ao carro ser uma cópia do BMW, acho bobagem. Hoje todos os carros acabam por seguir uma tendência. Mais ninguém se atreve a fazer um carro muito diferente dos demais. E olha que no comparativo da 4R o i30 não ficou devendo nada pro alemão.

    ResponderExcluir
  25. Adalberto, o City é `Hors concours` no que se refere a custo-benefício ruim. A Toyota está batalhando para pegar este título, ao oferecer um Corolla Altis a 90 paus!

    Abraço

    Lucas

    ResponderExcluir
  26. Ficou bonito o novo Sonata:

    http://www.hyundaisonata.com/

    ResponderExcluir
  27. Sério?

    Eu não tô lendo isso!

    Se me virem comprando um hyundai podem trazer a camisa de força!

    Aliás, podem me chamar do que quiser... preconceituoso? Oqueeeeeeeeei!

    Eu teria vergonha de ter um carro desta marca, principalmente pelas propagandas... O MELHOR DO MUUUNDO!
    AAAhhh! Faça-me o favor!
    Se eu fosse dormir no barulho do CAOA, eu compraria um Impreza! Mas tô fora!
    Ahhh e os aros cromados, realmente são lindos! rs*
    Revisão de 2500km? Mas que maravilha!

    ResponderExcluir
  28. A Hyundai é uma marca que tem todo meu respeito, apesar de hoje, na MINHA opinião, ter perdido noção do design e estar levando o mau-gosto a um nível extremo (vide Veloster). Mas no início, a Hyundai teve a preciosa ajuda da Mitsubishi, que fornecia plataformas e motores para a então novata sul-coreana. Inclusive no segmento top de linha, com o inesquecível Grandeur (cópia fiel do Mitsubishi Debonair), isso nos anos 90. Grandeur que, para mim, deixa Azera e novo Sonata comendo poeira no quesito luxo e personalidade.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...