17 de outubro de 2010

GUIA OFF-ROAD DE EMILIO CAMANZI

Foto: Divulgação

O experiente jornalista automobilístico Emilio Camanzi escreveu o "Guia Off Road - 101 dicas para não ficar agarrado", na qual ensina a quem não é expert no fora de estrada as técnicas para dirigir com segurança  e eficiência nessas difíceis condições. É uma edição da Gutenberg Editora e o lançamento, com autógrafos, está marcado para o dia 21 de outubro  às 19h30 no Espaço Cultural Diários Associados, av. Getúlio Vargas, 291, bairro Funcionários, em Belo Horizonte. O livro de 80 páginas tem formato 12 x 18 cm e seu preço é R$ 35,00. Pedidos podem ser feitos pelo telefone 0800 28 31 322.

O leitor terá oportunidade de conhecer indicações técnicas que o auxiliarão quando se deparar com uma estrada esburacada, trilha, morro ou montanha com pedras ou areia.  Manutenção, equipamentos necessários e terrenos mais adequados estão entre as informações que constam na obra. O livro se destina também a quem não pretende experimentar uma aventura mais radical mas que pode se ver numa situação típica de um jipeiro.

Devido às belas paisagens e estradas com características ideais para o off-road, o Brasil registra intenso crescimento de adeptos dessa prática. "Não consigo imaginar nada melhor do que curtir a natureza junto com a família, indo a lugares onde somente veículos desse tipo conseguem chegar ou mesmo desfrutar de um passeio radical junto com amigos, fazendo o que ser popularizou como trilha, uma nova maneira de incrementar o companheirismo e a solidariedade entre as pessoas", diz Emilio Camanzi.

O livro reúne a experiência pessoal do autor e de seus companheiros nesta atividade. São 101 dicas de como se antecipar a problemas ou como solucioná-los, além de maneiras corretas de pilotagem, informações sobre manutenção preventiva e corretiva e macetes para adaptar melhor o veículo. Tudo dividido em tópicos, com textos curtos e objetivos para facilitar a leitura.

A longa carreira de Emilio Camanzi se divide entre repórter do Jornal do Carro, editor técnico de Quatro Rodas, editor da revista Náutica, repórter das revistas Grid e Playboy, editor de testes da revista Autoesporte, diretor de comunicação da Fiat Automóveis,  editor técnico do caderno de veículos do jornal Estado de Minas e, atualmente, produtor executivo e apresentador do programa televisivo Vrum, que vai ao ar todo domingo às 7h55 no SBT, em edição nacional.

Mais importante é Emilio Camanzi, além de um grande amigo, ser um verdadeiro autoentusiasta, com passagens nas pistas brasileiras em carros da categoria Turismo. Nascido em Bolonha, Itália, em 1948, e chegado ao Brasil com apenas quatro anos de idade.

BS

17 comentários:

  1. Apesar de eu não ser lá muito fã de lama, este livro parece ser bem interessante. Legal aprender técnicas de direção diversas.

    Farei minha encomenda.

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito do tema e esse livro deve ser bem interessante mesmo. Ótima dica, já está aqui na minha lista.

    ResponderExcluir
  3. O Emílio Camanzi, em seu trabalho atual no Vrum, faz merecer a qualificação de melhor test-driver da TV nacional. Ele PILOTA cada carro como tem que ser, o freguês vê no vídeo o que é bom e ruim e pronto.

    Dessa turma aí não dá para perder um livro, o do Arnaldo Keller é também fabuloso,tem coisas ali que só quem saca muito pode escrever.

    Parabéns Bob por divulgar o trabalho de um excelente profissional.

    ResponderExcluir
  4. O Emilio com certeza é o melhor apresentador e piloto de teste da tv brasileira, seus testes são muito objetivos e verdadeiros pois questiona os pontos fracos msm de anunciantes do programa. Isso sim é ter respeito aos telespectadores e credibilidade, o oposto do insonso autoesporte e seu antitese cesar urnhani.
    Boa sorte a ele no livro e a ele e sua equipe no Vrum.

    ResponderExcluir
  5. Mister Fórmula Finesse18/10/10 10:57

    Com um currículo tão extenso, creio que o programa poderia ser melhor. Não dá para levantar antes das oito horas no domingo para ver matérias excessivamente pragmáticas - apesar de importantes - e uma gota de entusiasmo sendo aplicada no programa...muito preciosismo, muita "utilidade" e pouco de lúdico. Daria para equilibrar melhor, prefiro ir pedalar!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Vejo o Emílio no Vrum, e gosto de seus testes e opiniões.Não consigo imaginá-lo fazendo trilha, todo sujo de lama. Ele está sempre "engomadinho" e elegante.

    ResponderExcluir
  8. nrporto
    Apresentar-se bem vestido para o público é respeitá-lo, sinal de boa educação.

    ResponderExcluir
  9. ADG HIGH TORQUE
    Não cabe usar este espaço para divulgar link de vídeo no YouTube que ofenda pessoas. Não havia visto o link, um amigo me deu o toque, e só então assisti seu nauseante vídeo. Queira remover seu post do link. Ou prefere que eu o faça?

    ResponderExcluir
  10. Opa, pode deletar Bob.
    Eu já imaginava isso.

    ResponderExcluir
  11. Leonardo Camanzi19/10/10 22:20

    Bob,

    Obrigado pelos comentários no final do seu post que sei, são recíprocas.

    Realmente é uma grata retrospectiva de uma jornada incansável deste profissional dedicado.

    Aproveitando a oportunidade, vale relembrar que a experiência na lama também remonta os primórdios do Trail no Brasil.

    Foi nesta época que Emilio foi designado a liderar o projeto da Revista MOTO-Quatro Rodas no começo dos 80´s.

    Neste período levava o filho, de 13 anos, na garupa de sua valente Suzuki 185 para aventuras jamais esquecidas por ambos.

    Me sinto muito lisonjeado pelos comentários de elogio e respeito.

    Um grande abraço a todos e um beijo especial à Vc,

    Leonardo Camanzi

    ResponderExcluir
  12. Leo,
    Que legal saber disso! Obrigado pela atenção! Grande abraço.

    ResponderExcluir
  13. Mais uma coisa, entre outras centenas, que eu gostaria muito de fazer mas me falta tempo. Off-Road!!
    Bons tempos em que fazia trilhas nos imensos terrenos baldios de Jacarepaguá com um gurgelzinho TL 12 guerreiro...

    ResponderExcluir
  14. LAMENTÁVEL BOB, hoje só em dezembro vi que você removeu o comentário do ADG DA HIGH TORQUE, porque vc comentou que o vídeo dele é "nauseante", ou você é daqueles que também se ofende com a verdade, pois bem... ela dói mais tem que ser falada o cara é bom sim e o realmente fala a verdade na cara, muitos vídeos que ele posta ele acaba tirando (talvez por causa dos regulamentos do you tube) e esses caras de tv dão uma de mecânico e falam asneiras em seus programas, foi lamentável a sua atitude LAMENTÁVEL, eu adimirava você cara

    ResponderExcluir
  15. Anônimo 21/12 18:19
    Isso foi num dado momento, hoje eu e o ADG nos damos muito bem. E esses "caras" da TV dizem tanta besteira que a ABNT modificou a norma que tratava dos órgãos do acionamento do comando de válvulas. Portanto, amigo, você está bem por fora. Atualize-se.

    ResponderExcluir
  16. Alguém conhece algum curso de pilotagem off road em Belo Horizonte?

    ResponderExcluir
  17. Bob Sharp, tenho profunda admiração pelo seu trabalho, o acompanho há algum tempo... muito nobre da sua parte divulgar o trabalho bem feito de outro colega do Setor, como o Emilio Camanzi... parabéns, e continue produzindo muito com sua larga experiência de décadas... abraço!

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...