14 de abril de 2011

CITROËN AIRCROSS, BOM DE ANDAR

Fotos: autor

O Bob já avaliou o Citroën Aircross aqui no AUTOentusiastas e eu, por um lapso, não o havia lido. Foi bom não ter lido, porque agora, após uma semana com o carro, li, e assim reforcei minhas impressões.

Não discordo em nada do que o Bob disse, e já que ele dissecou perfeitamente o Aircross, só me resta citar algumas coisas.

- Sim, ele tem mesmo o câmbio curto. Na estrada o giro vai alto. Não há como escapar disso, pois ele é um carro pesado e tem linhas que não se importam muito com a penetração aerodinâmica. Para que o motor de 1,6-litro dê conta desse recado, só encurtando o diferencial. E ele dá conta do recado, sim. Anda muito bem na cidade, é ágil, e na estrada, se mantivermos velocidades legais não há problema algum, já que o isolamento acústico é bom e o motor gira muito suave.

- Sim, ele me pareceu gastão de combustível, para um motor de 1,6-litro.

- Esse motor é capeta. Ao atingir 4.500 rpm vem uma pegada esportiva muito boa. Um belo motor, muito suave em baixa, muito bom de giro em alta. Ele em um carro leve deve ser o bicho.

- As trocas de marchas são muito prazerosas. Trambulador excelente, referência no mercado. Como disse um leitor a respeito do Citroën C3: a partir de um momento parece que a alavanca é chupada para a posição seguinte, clóc.

- A ergonomia para o motorista é ótima. O banco sobe e desce, o encosto nos segura bem, o volante sobe e desce e se aproxima e se distancia. Perfeito. Pedais bem posicionados e com peso de acionamento ideal. Acelerador progressivo e que não apresenta aquela chata segurada de aceleração quando tiramos o pé para a troca de marcha.

- O que diferencia o Aircross de outros carros altos, tipo Scénic, Meriva e Idea, é que o assoalho é relativamente mais alto, sendo assim o motorista assume a posição que teria em um sedã, com os pés mais na horizontal, e não a posição de motorista de Kombi, que assumimos na Scénic ou Idea etc. Gostei disso.

- Já para quem vai atrás o assento é duro e de encosto vertical. Não é, portanto, nada confortável ir atrás. É meio tipo banco de igreja, e não poltrona de TV. Bem que a Citroën poderia copiar o banco traseiro do Tiida, que tem regulagem da inclinação do encosto, além de caprichar mais na espuma – custa pouco e melhora a vida de pelo menos metade das pessoas que o carro se destina a transportar.

Encosto do banco traseiro praticamente vertical é desconfortável

- Para uma pessoa que gosta de milhares de controles eletrônicos, é um prato cheio e saboroso. O mostrador do GPS mostra, além do GPS, inúmeros controles do som, estações de rádio, Bluetooth, entrada de iPod e USB etc. Eu sou tosco e não aproveito essas coisas, porém minha irmã, por exemplo, se deliciaria com isso. Ela consegue guiar e ao mesmo tempo mexer em tudo, além de falar ao celular com meu cunhado pra saber por onde ele anda e dar bronca nos filhos.

- Esse mostrador, infelizmente, é fixo. Não embute no painel nem dobra. Eu preferiria que ele sumisse de minha vista quando eu bem entendesse, pois a mim, às vezes, atrapalha a visão.


Mostrador no centro do painel deveria ser escamoteável

- O estepe poderia ser colocado no porta-malas. Como se vê na foto, há lá um local projetado para ele. Eu o preferiria ali escondidinho, mas tem gente que gosta dele lá fora pois parece jipe e o sujeito fica com pinta de aventureiro da pesada igual ao Jim das Selvas e o Indiana Jones, um tipo que impressiona pacas os outros. Fora que o suporte aumenta o peso do veículo.

Na foto superior, o suporte do estepe externo. Abaixo, há lugar para a roda-reserva dentro do carro

- E aí, por falar em pneus, caímos num ponto que acho muito importante. Não gostei nem um pouco desse pneu Scorpion ATR da Pirelli. Ele é para terra e asfalto, duplo propósito, na proporção de 70% terra e 30% asfalto, como dizem. Ele deve ser bom para a terra, mas para o asfalto, onde certamente esse carro será mais usado, ele é ruim, tem pouca aderência. Na chuva, ainda, a aderência piora sensivelmente, não por aquaplanagem, mas a sensação é de pouco agarre mesmo, parece ter borracha muito dura. Além disso ele ronca e é duro. Seria muito importante que a Citroën oferecesse a opção de escolha de pneus na hora da compra do Aircross. O cliente poderia optar por pneus de asfalto e boa. O carro melhoraria muito, não tenho dúvidas. E é bom não esquecer que a boa aderência dos pneus é essencial para a boa frenagem.

O Tigrão também ficou cabreiro com o pneu...

- A suspensão do Aircross é muito boa, pois consegue ser suficientemente macia sem que o carro role nas curvas – mesmo sendo um carro alto – ou comprometa o seu bom comportamento dinâmico, e isso é uma conquista da engenharia moderna.

- Merece ter câmbio automático, seja com esse ou outro motor um pouco maior, mas esse mesmo já daria conta do recado, desde que o câmbio automático tivesse ao menos cinco marchas.

- A Citroën diz que seus concorrentes são o Fiat Idea Adventure e o Ford Ecosport. Sou mais o Aircross, colocando o Ecosport em segundo, desde que o propósito seja mais o asfalto. Já para terra eu preferiria o Ecosport, por ter entre-eixos cinco centímetros mais curto.

AK

57 comentários:

  1. Acho que este carro merece o 2.0 do C4, mas não sei se a plataforma do C3 teria condições de receber este powertrain.

    ResponderExcluir
  2. Hum, quer dizer então que é mais uma bola dentro da ENGENHARIA da citroen?
    Engenharia em maiúsculos, para frisar que o PROJETO em si é bom, mas a idéia de um carro/van/SUV ficou simplesmente horrível.
    Bom, parabéns à citroen por mais um bom trabalho. Mas achei o carro feio de doer.

    ResponderExcluir
  3. Arnaldo, banco traseiro com inclinação a Citroca já tem, o do Xsara Picasso. Simples e modular. Sobre o motor, que é realmente ótimo desde o Xsara 1.6 2001, falta compressão adequada para queimar o álcool. Esse é o mal dos flex da PSA.

    ResponderExcluir
  4. Como proprietário de um concordo em todos os teus pontos Arnaldo, principalmente no que diz respeito aos pneus: duros (como todo o Pirelli) e ruins em piso molhado.

    No mais é isto mesmo: motor ótimo de giro, suave, câmbio muito bom, ergonomia interna muito boa também... Deixei de comprar um Idea com o E-torq para comprar ele e não me arrependo.

    ResponderExcluir
  5. Se a adaptação do 2.0 16v no Peugeot 206 é possível e fácil, haja vista as modificações abundamtes na Internet; no C3 não deve ser diferente. Aliás, várias peças externas são comutativas entre os motores PSA 1.6 e 2.0, como trizetas, sistemas de alimentação, "boites de vitesse" etc.

    ResponderExcluir
  6. É bão mais é fein... tadin...

    ResponderExcluir
  7. Rodrigo Laranjo14/04/11 17:09

    Esse carro faltou um palmo pra ficar perfeito. Achei muuuuito apertado.

    ResponderExcluir
  8. O volante é perfeito; gostei da estabilidade também, não avisa o limite com facilidade se andar justinho.

    O motor gira como se não existisse amanhã, mas é muita massa pra ele levar nas costas.


    MFFinesse

    ResponderExcluir
  9. O Pirelli Scorpion ATR da minha S10 é 10 (original de fábrica)... mesmo na chuva ... "gruda" bem no asfalto e não ronca ... sinistro ... se bem que é aro 16 ...

    Geraldo

    ResponderExcluir
  10. E o volante da Clone?

    ResponderExcluir
  11. Arnaldo

    Eu já vi o Aircross automático em testes. Não sei dizer se já chegou ao mercado, acho que não.

    FB

    ResponderExcluir
  12. O Tigrão é demais... Vai para Pirassununga com o Aircross? Gostaria de saber como ele se comporta na terra. Abraço pra você e para o Tigrão!

    ResponderExcluir
  13. Pedro Navalha14/04/11 18:49

    O Tigrão tinha que mijar nesse carro todo!

    Tem tanto plástico e penduricalhos grudados que deve demorar uns 500 anos para se decompor. Ainda vão ter resíduos dessa astronave poluindo o planeta quando nossos tatarenetos já forem avôs...

    ResponderExcluir
  14. Alexei Silveira14/04/11 19:12

    Aposto que o Tigrão estava se perguntando onde diachos tinha ido parar aquela honestíssima Ecosport 2.0 que visitou a fazenda anos antes.

    excelente , Arnaldo, dissecou mais um!

    ResponderExcluir
  15. Alem da feiura vista de longe, da decadência total, da faltas de sentido algum em uma carro desse, nada me resta mais dizer que não tem jeito, carro italiano, francês, chines e coreanos são realmente o resto do resto em matéria de carro no mundo. E anda conseguem cada vez se superar mais e mais.

    Credo, tanto carro bom no mundo.

    ResponderExcluir
  16. Com todo respeito, o melhor desse post foi o "Eu sou tosco...."... hahahahah... Quanto ao carro, desculpe, mas ele não me convence...

    ResponderExcluir
  17. AK
    Já vi alguns desses perambulando por aí. Olho daqui, olho dali, dou uma entortada no queixo e, finalmente, leio as impressões de quem manja da coisa, você e o Bob. Conclusão: Passo adiante.

    ResponderExcluir
  18. Antonio...o expert que deve andar de Classic...

    ResponderExcluir
  19. tenho um peugeot partner escapade que arranca muito mal em ladeiras,ou quase nao sai dela.tirando o problema do motor fraco em baixa gosto muito do carro,pois e estavel e ao mesmo tempo macio.O pneu e o mais silencioso que ja experimentei e tem otimo agarre no asfalto e pessimo na terra.Estranho a divergencia com o autor.Talvez seja a difeença de suspensão e da relação de marchas.Esse carro e cem quilos mais leve

    ResponderExcluir
  20. tenho um peugeot partner escapade que arranca muito mal em ladeiras,ou quase nao sai dela.tirando o problema do motor fraco em baixa gosto muito do carro,pois e estavel e ao mesmo tempo macio.O pneu e o mais silencioso que ja experimentei e tem otimo agarre no asfalto e pessimo na terra.Estranho a divergencia com o autor.Talvez seja a difeença de suspensão e da relação de marchas.Esse carro e cem quilos mais leve

    ResponderExcluir
  21. Grande Arnaldo!
    No que diz respeito aos pneus, não custa lembrar que pneu de uso misto é igualzinho o pato: voa, nada e anda, mas não faz nada disso direito...
    De qualquer maneira, mesmo para os padrões Citroën o visual dele é muito esquisito. Vamos esperar a versão "normal" para ver se melhora a aparência.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  22. AK, tive um 206 2001 com este motor. Em média e alta girava liso, sem trepidar ou demonstrar esforço. Alias é lá "em cima" que ele se sente bem. Já abaixo das 2000 rpm, se bobeasse na embreagem ele morria e fazia passar vergonha. Nada que um pouco de cuidado não resolvesse. Já os ATR, tenho um Eco e gosto mais deles na terra e na lama. Na cidade e na chuva não compromete, mas na estrada são barulhentos e não tem bom grip... é o tal do cobertor curto né.

    ResponderExcluir
  23. Eles poderiam retirar este estepe cafona e instalar um mictório. Além de ser mais útil ficaria ultra moderno... Duchamp puro! Podre de chic... Tenha dó.

    ResponderExcluir
  24. Arnaldo,

    Boa dissecada.
    Agora, se o motor é um capeta, a ergonomia é boa, o acerto de chassi satisfaz, huum, o C3 Picasso que está por vir, sem os penduricalhos aventureiros e pneus terra/asfalto, deve ser interessante!

    Abraço

    ResponderExcluir
  25. Na MHO, a Peugeot tem nas mãos a ótima chance para se redimir do pecado da Aircross- tá aí a C3 Picasso,sem os penduricalhos inuteis e de mau gosto,indefensáveis,que tentam impingir a uma legião de deslumbrados a idéia de "aventureira"-coisa q.ela seguramente não é e não precisa ser.
    Não q. seja ruim, muito pelo contrário; considero,tanto pelo conjunto como pelas particularidades, a melhor vanzinha do mercado atual. Mas não merece andar por aí com roupa e nariz de palhaço, que não acrescentam nada às suas(muitas)qualidades-só pesam. No bolso do cliente e no lombo do motorzinho tão valente(rimou!)

    Valeu,AK!

    abs a todos

    ResponderExcluir
  26. Onde escrevi Peugeot, leiam PSA.
    "Lapsus linguae" hehehe
    abs

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  28. Marcelo Augusto14/04/11 22:06

    Estepe em automóvel já é um atavismo danado, pendurado pra fora então...

    Já passou da hora de ser como em outros países: exige-se apenas um kit de reparos. Ganha-se em espaço, perde-se massa, e ainda não alimenta a categoria de Furtadores de Estepe.

    ResponderExcluir
  29. Pois é, levando-se em conta a proposta do carro, até que a Citroën acertou na escolha dos pneus, visto que têm maior adaptação a terra do que asfalto. Porém, tendo por base o uso real que o carro terá, esses pneus estão totalmente errados... Aliás, como esse carro raramente verá terra, a proposta do veículo em si está totalmente errada!

    ResponderExcluir
  30. Arnaldo Keller;

    Esse pneu Pirelli Sciorpion ATR é o pneu mais ordinário que eu já vi um fabricante de renome produzir.

    Minha Ford Ranger veio com o A/T (versao anterior ao ATR) desse pneu e te passo as seguintes informações:

    - Boa aderencia no seco
    - Péssima aderencia no molhado. No caso da Ranger com altissima tendencoa a aquaplanagem. Um terror. Um amigo meu virou uma Ranger com esses pneus. Motivo: Aquaplanagem
    - Na terra são beeem mediocres. Longe de ser um pneu bom de areia, muito menos na lama.

    - E na Ranger....mesmo mantendo minha picape com alinhamento PERFEITO (feito a cada 5 mil km) com 30 mil km rodados tive que trocar os 4 pneus pois já tinham chegado proximo a marca TWI e já tinham passado da marca de onde o juizo manda trocar.

    Cheguei a escrever para a Pirelli reclamando mas sabe como é...a culpa ee do consumidor e nao da empresa que fez um produto ruim.

    E olha que eu era fâ do Pirelli P400 em carros de passeio!

    ResponderExcluir
  31. Tá aí um bom candidato para a lista dos mais feios do ano!

    ResponderExcluir
  32. Parece que o grupo psa gosta de carros pesados com motor fraco em baixa rpm.Vou citar eles:c4,307,207sw e os utilitários partner e hoggar,esses dois últimos ditos capazes de levar 800kg.Esses carros carregados em ladeiras muito íngremes sofrem 4 situações;destraciona;não sobe;queima embreagem;motor apaga.A solução seria a montadora oferecer um câmbio de mountain bike como opcional

    ResponderExcluir
  33. Estranho tantos cometários pejorativos...Parecem aquela fábula da Raposa e a Uva!
    Por aquí, vende que nem pão quente. Perguntei para um proprietário se ele estava satisfeito, com o que ele concordou, embora salientasse que, novo, todo caro é excelente!
    Hoje mesmo, ví uma branca e, sinceramente, se não fosse o preço, compraria uma sem pestanejar!


    Com relçao aos pneus, tenho uma Dobló Adventure e realmente, são como o pato: Quer fazer tudo, embora não faça nada direito!

    ResponderExcluir
  34. Carro perfeito, com seus penduricalhos pseudo-off-road, para pessoas com baixa auto-estima e que precisam ser olhadas ao circular pelas ruas. Melancia no pescoço tem o mesmo efeito. Por sinal, por que essa carroça pesa mais de 1300 kg? Os franceses desaprenderam ausar CAD no projeto da estrutura???

    ResponderExcluir
  35. Classic...hahaha

    Tenho 4 carros na garagem, que são um New Civic Si, Fit, Golf VR6 G4 e minha joia que é um Opala Coupe SS 1977 imaculado de placa preta.

    Até que posso dizer que entendo um pouquinho de carro, bom senso minimo, ao menos.

    Valeu.

    ResponderExcluir
  36. O contrário Arnaldo, o pneu é 70% asfalto e 30% terra.

    ResponderExcluir
  37. Se for sócio de posto de alcoolina até vai... Caso contrário, quem aguenta manter um monstrinho desses abastecido? :-)

    ResponderExcluir
  38. Kiko,

    Não deu pra experimentar na terra. Mas não deve ser nada de mais. É só mais alta e com pneus bons pra terra, então, tudo bem, vai bem. Um Sandero com esses pneus iria igualmente bem.

    Anônimo do Escapade e Geraldo S10,

    tem coisa bem melhor pro asfalto, da Pirelli, Goodyear, Michelin, etc. Estejam certos disso. Mas se vcs usam o carro na terra, tudo bem.

    Anônimo das 9:08,

    Vou conferir. Essa informação me foi dada numa tradicional loja que vende Pirelli.
    Obrigado pela informação.

    ResponderExcluir
  39. Bitu, ainda não está no mercado não (a versão automática). Conheço quem os está testando e, digamos, que não está (ainda, se é que vai ficar) "dando certo". Por ora, é o que dá para falar.

    Abração.

    ResponderExcluir
  40. O carro tem seus méritos, mas o motor é fraco pro seu peso, especialmente se lotado, o espaço interno não é lá grandes coisas, essa coisa do estepe pendurado e um isopor no lugar que ele deveria estar e principalmente o design discutível matam o carro.

    Complicado, gosto é gosto, mas a citroen tem carros bem mais atraentes que essas linhas estranhas que está adotando nos atuais... veja o C5 por ex. é lindo, agora aquela linha C4, nossa, e aquele C4 Picasso!!! Parece um ovo gigante! OH LORDDD!!!

    Agora se ignorar o fator design, o carro é bem bacana e equipado sim.

    ResponderExcluir
  41. Esse carro deve ficar muito bom com o 1.6 turbo que a Peugeot usa no 3008 e pretende lançar no 408 no futuro...junto com a caixa automática de 6 marchas.
    O motor básico sendo o 2.0 16V de 151 cv também seria ótimo.

    ResponderExcluir
  42. Certos parâmetros do C3 tradicional parecem se manter no Aircross...
    Mas o que nunca gostei foi do pedal de embreagem do C3. Curso bem curto, isso eu até gosto e já acostumei, ainda mais considerando que o volante de inércia é meio leve. O problema é quando se pisa no pedal até o fim, não dá aquela impressão de que é o fim do curso, parece que tem um pouco de carpete afofando. Já aconteceu de eu arranhar marcha de leve por causa dessa insegurança. E não é o tapete.

    ResponderExcluir
  43. Arnaldo
    Na partner escapade quase não se ouve barulho de rodagem de pneus e eles se mostrão muito macios.Quanto a aderência são melhores que os michelin do meu gol.Ainda não consegui fazer os scorpion cantarem em curvas.Em terra seca são piores que pneus "normais".
    Se for oportuno dirija uma partner.
    Os scorpions na partner são na medida 185

    ResponderExcluir
  44. Sigmund Freud15/04/11 22:57

    Quem compra carro urbano com pneu nas costa precisa de tratamento psicológico.

    ResponderExcluir
  45. O carro até pode ser bom, mas acho que não deveria tentar parecer ser o que não é, com esse negócio de visual "off-road" (e eu nem acho que esse monte de penduricalhos deixa ele parecido com um jeep). Estepe pendurado na traseira e um monte de plásticos na carroceria não fazem dele um jeep, só criam um visual pesado e confuso.

    ResponderExcluir
  46. Brasileiro eh uma graca.... Reclama, reclama, do preço da gasolina e acham "bom" o consumo de 7 a no max 10 Kl desse automovel.... mesmo considerando excelente esse motor com 1,6.....

    E o pessoal ainda critica meu Monza 2.0 chamando-o de "beberrao"...

    Como disse um um leitos aq nesse blog: Economico era o DelRey 1.6 Ghia.....

    ResponderExcluir
  47. jackie chan16/04/11 15:05

    Por falar em pneus Pirelli, tive bolhas em três dos P400 que vieram de fábrica no meu carro, troquei por um jogo de P4, e também deram bolhas, todas na banda de rodagem. Não sei se os "all terrain" deles prestam, mas dessa marca, prefiro distância.

    ResponderExcluir
  48. Hoje vi uma na rua. Pra variar com luz dianteira e traseira de neblinas acesas...

    ResponderExcluir
  49. bicha pobre24/04/11 03:10

    A-DO-RE-I-I-I-I-I-I!!!! Quando eu for RICA! eu vou comprar um desses!!! Um luxo!!! Mas se for mais rica ainda, eu compro um Tucson!!!

    ResponderExcluir
  50. PeTista-LuLista24/04/11 03:17

    Isso é tudo culpa do PSDB!!!!

    ResponderExcluir
  51. Quando e assim Antonio tem um chevette com vazamento de oleo no cambio, motor.
    Sem escapamento, furo no tanque de combustivel e bancos comidos pelo seu vira lata auhauhauh

    ResponderExcluir
  52. Não adianta, a primeira impressão ao se ver um carro é o design. Não conheço o carro como máquina, mas quando ví o primeiro na rua, levei um susto. Achei que era uma adaptação especulada do local do estepe. Esteticamente ele é feio de doer, não é moderno, é um carro exótico. Conseguiram juntar o que há de pior dos rascunhos e resolveram produzir. Só podia ser da Citroen a campeã do mau gosto. Já não bastou o Picasso que é tão estranho que se você não olhar direito não sabe onde é a frente. Parece desenho do Niemeyer só curvas aleatórias com nome de um Pintor Cubista. Não dá pra entender. Se bem que a Citroen só fêz carros feios desde o início. Já é um antidesign que tem a única vantagem de fazer com que saibamos o que é um bom design. O pior é que tem quem compre! Espero que seja por qualquer motivo menos por achá-los bonitos que seria uma afronta à Estética ao Design, à arte enfim ao Belo.

    ResponderExcluir
  53. Comentário de um proprietário: Tenho um Aircross Exclusive desde outubro/2011 e atualmente está com 7.000 km. Vou fazer uma avaliação FRIA e não passional do veículo.
    No início fiquei muito preocupado (até os 1.500 km)com o consumo e desempenho do carro, mas parece que ele "desencantou" e ficou super esperto e relativamente econômico (Alcool 6,8 km/l e Gasolina 10,2 km/l na cidade). Quanto à aparência e acabamento do carro, eu estou ADORANDO (confesso que o estepe na traseira já podia ser coisa do passado no carros brasileiros.
    Quanto a tecnologia, a versão exclusive é ótima (piloto automático, sensores de chuva, luminosidade, etc.)

    ResponderExcluir
  54. Ele e simplesmente um carro lindo!!! adorei!!! existe gosto para tudo... tem gente que gosta do antigo fusca até hoje! então!!! como diz o velho ditado, "gosto não se discute". Eu achei um carro super bacana, inclusive, pretendo comprar um para mim.

    ResponderExcluir
  55. Esse carro e a potência! além do que dizem, achei ele um carro super espaçozo minha família adora, meus filhos se sentem muito avontade, já fiz várias viagens nele e não me arrependo de ter comprado, ele e um carro bem familiar. Gostei.

    ResponderExcluir
  56. É um carro lindo, estiloso, charmoso e elegante...gosto realmente não se discute...e por dentro ele consegue ser ainda mais charmoso, com muitos mimos interessantes...

    ResponderExcluir
  57. Carro perfeito, e isso baseado na opinião de quem é dono e não especulador, apenas para citar: já tive idea, ecosport, punto, fox, mas nada chegou perto desse carro, sem dúvida vai muito além das expectativas em termos de designer, tecnologia e conforto. A citroen simplesmente pensou em tudo o que se poderia desejar no carro como esse. Portanto, devenos reconhecer e valorizar aquilo que de fato é bom...

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...