5 de abril de 2011

ISTO É UMA MONTANA?

Foto: O Estado de S. Paulo/Felipe Vieira/velocidadesul.com


Morte de piloto, ou morte cerebral neste triste caso do Gustavo Sondermann numa prova da Copa Montana neste domingo, sempre choca. Principalmente quem é do meio. Mas me chocou também ver as fotos do carro depois do acidente, pois na minha inocência, fruto da plena vi\vência no automobilismo, eu acreditava que a Copa Montana consistia de uma categoria de picapes Montana, fabricadas pela General Motors do Brasil e preparadas para pista como os carros de turismo. Jamais me passou pela cabeça tratar-se de uma categoria de esporte-protótipos fechados com motor V-8 5,7-litros e tração traseira com uma casca plástica de picape Montana por cima.

Aí fui procurar saber mais do carro no Google e um dos links era chevrolet.com.br. Um site da fábrica! Quer dizer então que a General Motors do Brasil patrocina, empresta seu nome a  uma mentira? O campeonato se chama Copa Chevrolet Montana! Será que estou ficando louco? Ou velho?

Pior, uma mentira com a total cumplicidade de entidade que detém o poder esportivo do automobilismo no Brasil, a Confefederação Brasileira de Automobilismo, filiada à Federação Internacional do Automóvel, a FIA.

A Stock Car a maioria já sabe ser uma mentira, mas pelo menos o campeonato  ou a categoria não envolve nome de alguma fábrica, embora haja cascas de Astra, Peugeot e Mitsubishi. Mas, Copa Chevrolet Montana? Meu deus, o que está acontecendo com o Brasil? Será que as pessoas perderam de vez a vergonha na cara? Será que as matrizes dessas três fábricas têm noção do que está acontecendo na terra brasiliis? Será que sabem que estão pondo dinheiro em...mentira??? Tenho dúvidas. A Volkswagen corria de "Bora" mas sabiamente caiu  logo fora desse engodo há três anos, pelo que merece aplausos do AE.

Que fique bem claro: o lamentável acidente deste domingo nada teve a ver com os carros de mentira, com a pista e com a CBA. Foi coisa de corrida, que infelizmente acontece e acontecerá sempre. Corrida de automóvel sempre foi e sempre será um esporte altamente perigoso. Quem o pratica tem noção exata do risco e ninguém corre obrigado.

Registre-se a nota emitida pela CBA pelo acidente no domingo em que a entidade decreta luto oficial por sete dias. Será que tal prazo de luto, que nunca vi na vida, é respeito pelo Gustavo e sua família ou uma manobra para passar por magnânima e levar todos a esquecer a mentira que administra, controla e aufere? Sou pela segunda hipótese.

BS

53 comentários:

  1. Rodrigo Barreto05/04/11 09:12

    Pois é, Bob! E as pessoas compram a idéia dessa categoria! Há público, há divulgação e há pilotos interessados. Mas é triste que no Brasil não se façam mais campeonatos nacionais de marcas e pilotos como no passado. As montadoras parece que têm medo de comparações entre os carros que vendem aqui. Parece que esqueceram que no passado, as vitórias nas pistas eram garantia de boa propaganda...

    ResponderExcluir
  2. Bob, eu não sei mais o que pensar: se as fábricas não estimulam a competição os blogueiros reclamam, se montam campeonatos com seus "produtos" os blogueiros reclamam da "casca" com motor V8. Definitivamente o que elas não querem é competição entre elas aqui no Brasil, nesta terra de ignorantes que irão achar que um carro é pior que o outro pq não ganhou a prova...melhor assistir a COPA ENGEBRAS tem Gol bola, Corsa velho, Ford Ka antigo, Renault Clio e os caras aceleram bastante. Vai de anônimo senão vão bater muito em mim.

    ResponderExcluir
  3. Bob, o mais esquisito é que a verdadeira Montana já foi às pistas, e ainda pela equipe da GM! Se não me engano, ela corria no campeonato de endurance, e de motor 16v. Aliás, como ex-proprietário da legítima Montana, a de primeira geração e linda, acho uma verdadeira aberração essa que foi feita em cima do nojento Agile.

    Abraço

    Lucas crf

    ResponderExcluir
  4. Rodrigo Barreto a anônimo a seguir
    Queiram ou não as fábricas competir entre si, é dever do dirigente máximo, a CBA, instituir os campeonatos de turismo. Um nacional, com um titulo para pilotos e outro para marca, e regionais, com título só para piloto, pois é incabível marca regional campeã. A partir do momento em que houver tais campeonatos, as fábricas acabarão se envolvendo na defesa do próprio interesse. Elementar.

    ResponderExcluir
  5. Automobilismo é Business. O esporte é apenas detalhe...

    Não importa o grau de desafio, a batalha entre as marcas... importa mesmo é "enganar" os menos aficionados, para que comprem montana achando que é um canhão...

    Também pouco importa a vida de quem está correndo... a área de escape da curva do café deveria ter sido revista já no primeiro acidente... morreu um, morreu o segundo e agora o terceiro... Agora que a mídia caiu em cima, vai o jeitinho brasileiro: bandeira amarela naquele ponto e conforme for, uma chicane. Não importa se vai estragar o traçado... o importante é não perder o espaço da arquibancada... se não diminui o lucro...

    Lembrem-se: Automobilismo é Business. O esporte é apenas detalhe... por sorte (?) ainda existem pessoas que pensam diferente.

    ResponderExcluir
  6. Caio Cavalcante05/04/11 10:04

    Bob,
    Estou plenamente de acordo. O que mais me intriga é como essas categorias conseguem atrair tanto público com uma mentira. Seria a divulgação feita pela maior rede de tv do país?
    Domingo fui ver a Fórmula Truck em Jacarepaguá, diferente da Stock Car e Copa Montana com envolvimento das fábricas. As arquibancadas estavam lotadas, mas era notório o desinteresse pela corrida em sí: o público vibrou mais com um show de manobras do que com a corrida. Muitos foram embora no meio dela.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  7. A solução é genial: bandeira amarela. Por que não colocar bandeira amarela logo em todo o circuito e todo mundo correr atrás de um carro madrinha dirigida pela mãe velhinha de algum dirigente? Com todo o respeito pela mãe velhinha, que também tenho uma. Posso até emprestar a minha. Por que não faz logo uma chicane e assim os caras já saem da curva pendurando nos freios e se escaparem tem uma enorme área de escape no que antes foi a própria curva do café? Sem contar, claro, com a própria descaracterização dos carros. Alguém compra uma Montana porque fazem um torneio com o nome de Montana utilizando um carro que é uma contrafação? Sei não...

    ResponderExcluir
  8. jackie chan05/04/11 10:18

    E tem mais um semi-engodo a caminho, a Copa Petrobrás de Marcas. Com motores de um só fornecedor independente e equalizados, pelo menos o chassi é o "verdadeiro" de cada marca. Portanto, por "Marcas" entenda-se marcas de carroceria... Tudo em nome da redução de custos.

    ResponderExcluir
  9. Bob,

    compartilho sua indignação, que neste momento tende a crescer.
    Há mais um elemento neste festival de irracionalidades que é o "jornalismo esportivo" da Globo: na notícia do acidente, a categoria é divulgada como "pré-stock" ou "copa pick up", nomes inventados para não divulgar marcas sem contrato comercial com a emissora. \os interesses, assim como os valores éticos, são outros.

    Sergio SP

    ResponderExcluir
  10. Bob
    De fato, é de se lamentar a morte de um piloto, independentemente de qualquer juizo de valor. Mas, a cada dia que passa, fico mais e mais enojado com a forma com que somos tratados pelas empresas que organizam eventos, patrocinadores e imprensa. Nivelam-nos por baixo, tratam-nos como idiotas e acéfalos, enfim, subestimam nossa inteligência e capacidade de compreensão. Depois não se queixem da falta de audiência, fruto único e exclusivo do descaso e falta de amor no trato do esporte em si. A última coluna "punta tacco" do Roberto Agresti, no BCWS, trata exatamente disso. Lixo!

    ResponderExcluir
  11. Bob, sei que o foco do post não é o acidente, mas o que você achou destes pneus de chuva "invertidos"?
    Aliás, na prova da stock já foi um show de horror, carro do Zonta saindo do pitstop com galão de abastecimento pendurado, mais uma vez problema com este sistema de abastecimento, depois rodou toda a pista com combustível jorrando pra todo lado. Lamentável.
    Sds

    ResponderExcluir
  12. A alguns anos, a Peugeot saiu com um anúncio em uma revista: Peugeot: A campeã da stock car 2000 e alguma coisa.

    é ou não é cara de pau das grossas?

    ResponderExcluir
  13. Sérgio

    Essa história da Globo omitir os nomes de empresas não patrocinadoras é ridículo! Chamar a Red Bull de RBR chega a ser risível. Adoro quando em qualquer evento esportivo ela é "obrigada" a mostrar outras marcas estampadas em macacões, camisas e placas.

    ResponderExcluir
  14. Copa Engebras que o camarada acima citou.

    http://www.youtube.com./watch?v=RrAQTIq2TRU

    ResponderExcluir
  15. Só vou discordar, e muito, quando o sr. diz que o acidente nada teve a ver com a pista, ou com os carrros. Desculpe-me se entendi errado. Se há morte, há coisa errada. Deve-se olhar de uma meneira científica sobre isso. Claro que achar um só culpado seria injusto.Coisas como essa são a soma de vários fatores. Agora, não dá pra não desconfiar de carros, cujos capôs se soltam ao sabor do vento.

    João Paulo

    ResponderExcluir
  16. Fernando Esbroglio05/04/11 11:05

    Olá Bob,
    Como te falei, estas Montanas e os Stock Cars tem aqueles assentos para o piloto no banco traseiro. Para equilibar o peso...
    Vá lá, mas não tem por onde visualizarem o entorno e em dia de chuva precisam parar para desembaçar o parabrisas pois não o alcançam !
    Ora, os genios brasileiro poderiam copiar os TC argentinos quem desembaçador no vidro dianteiro (pesquisa Zuio).
    Que amadorismo destes contrutores e promotores destas categorias "inverídicas", pasteurizadas e sem disputa de marca.
    Saudades dos anos 70, 80... Divisão 3, Hot Car, Marcas...

    ResponderExcluir
  17. É Bob, costumo dizer que a única coisa que dá pra comprar na concessionária desses carros da Stock, Copa Montana são as lanternas trazeiras, pois do resto nada é original !!!!!Então aquilo é um Chevrolet? É um Peugeot?????

    ResponderExcluir
  18. Ridículo. Realmente, numa categoria que se chama "Copa Montana", o mínimo que se esperaria é que fosse... uma montana! Não esse V-8 disfarçado.

    Nos anos 90 tinha a "Fórmula Uno", que era com fiats uno de verdade.

    ResponderExcluir
  19. Roberto Dallabarba05/04/11 11:38

    Fatalidades sempre ocorrem em qualquer esporte. Mas neste caso realmente três no mesmo local? É por que algo está muito errado!! Principalmente em um circuito em que há movimento para restaurar todo o traçado antigo. Nada contra, pelo contrário. Mas isto precisa ser investigado com mais seriedade.

    Quanto à mentira, é como já foi dito, NEGÓCIOS. Não vamos nos enganar, julgamos muitas coisas pela capa.

    Bons exemplos de categorias, são como em outro post comentei: a truck; mas também e principalmente nos ralis: Mitsubishi Cup; ralis de velocidade e regularidade, com carros muito originais, como a própria copa Peugeot;
    Infelizmente eventos mal divulgados, mas muito mais profissionais.
    Abs,Roberto Dallabarba.

    ResponderExcluir
  20. Johnconnor(old rocker)05/04/11 11:42

    Saudades de um tempo em que os verdadeiros campeonatos multimarca acirravam a competição entre as fabricas e estimulavam a evolução dos produtos.Alguns carros chegaram a ser lançados no mercado exclusivamente por causa das corridas como foi o caso do OGGI CSS,outros chegaram ao extremo da criatividade como o Fusca Fittipaldi ou os Karmann Ghia Porsche da Dacon.Da maneira como são feitos hoje acho que a unica coisa que esses campeonatos estimulam são os egos de pilotos e equipes.Saudades também dos verdadeiros campeonatos monomarca ,Opala Stock car, Formula Uno turbo e aspirado,Copa Corsa,Copa Clio etc

    ResponderExcluir
  21. Vale uma ressalva importante aki.

    O esporte Arrancada é oq leva o 2º maior público de automobilismo em td país.

    Lá ainda existem torcedores apaixonados, sejam opaleiros, V8teiros, turma dos fuscas e etc.

    No Festival brasileiro q acontece tds os anos em Curitiba não é incomum termos mais de 350 carros inscritos.

    Pois bem...tivemos uma morte no fim do ano passado e a cerca de 2 semanas atrás 2 acidentes gravíssimos em Curitiba.

    A CBA exige carteirinha de piloto e tbm cobra uma fortuna de inscrição.

    A reta principal está totalmente ondulada e perigosíssima!

    Já foram feitos vários pedidos p/ parte dos pilotos p/ instalação de barreiras móveis de concreto no fim da reta, pois as mesmas podem ser retiradas p/ corridas de turismo.

    E nada foi feito!

    Como vcs podem ver o descaso da CBA é total e engloba tds as categorias!

    PS:Vcs sabem q o Autódromo de Goiânia será DESTRUÍDO p/ a construção de um condomínio de luxo?

    ResponderExcluir
  22. A paixão pela categoria de arrancada; pelos carros; pelas próprias modificações são louváveis. E não há dúvida que existe grande profissionalismo.
    Mas para quem gosta de corridas, vendo carros passar a todo instante, ultrapassagens, desgarradas, curvas feitas no limite, ver 2 carros passarem (muito e inacreditavelmente rápidos especialmente os dragters) a cada 10 ou 15 minutos por uma média de 10 ou 15 segundos é chato pacas. Até porque há muitas quebras, e diferença de desempenho, que dificulta uma disputa emocionante.
    Mas isso é apenas uma questão de gosto.

    Em relação a CBA, quem a dirige é o Ricardo Teixeira ou semelhante né não?
    Abs, Roberto Dallabarba.

    ResponderExcluir
  23. ... você gosta tanto assim da GM a ponto de comprar um Vectra? o Cruze está chegando, calma aí cara, vamos ver se vale a pena esperar. Comprar uma carro equipado com Monzatech (hahahaha, ri pra caramba) e de uma GM decadente, deprimente e asquerosa como a de hoje é mancada. Bons tempos em que a nossa GM estava em sintonia com a Opel.
    03/04/11 11:47

    Reafirmo, a GM anda asquerosa, e a CBA, anda pior do que asquerosa.

    Renan Veronezzi.

    ResponderExcluir
  24. R

    Então...oq eu kis dizer é q não importa a categoria saca?

    Seja Turismo, Fórmula ou Arrancada.

    A verdade é q a CBA não se importa c/ nenhuma delas.

    ResponderExcluir
  25. Só discordo dessa sua afirmação: "foi coisa de corrida" Lembrando que na MESMA CURVA morreu o Sperafico, e nada de se alterar o traçado da pista ou colocar pneus ou algo do tipo. Falha de projeto gravíssima nasse autódromo.

    E como sempre, só se pensa em tomar alguma providência depois que uma tragédia acontece.

    ResponderExcluir
  26. Roberto Dallabarba05/04/11 14:05

    Não PISCA se não o dragster passa hehe... Mas é isso aí...São apenas negócios, marketing, e principalmente lucro. Mas não o de quem é autoentusiasta.

    Pra mim o que simbolizava o esporte a motor era o tempo de uma fórmula 1 em que se corria, como li em um livro "em banheiras cheias de gasolina", sem ganhar fortunas, com engenheiros sujos de graxa. Infelizmente não presenciei isso.
    Parece que quanto mais os carros e as regras evoluem, mais se deterioram os valores e a paixão pelo esporte.
    É claro que naquela época morria-se muito mais. Mas acho que até essa era mais sentida e/ou valorizada... sei lá... é minha impressão, posso ser apenas um tolo.
    Abs Roberto Dallabarba.

    ResponderExcluir
  27. Pisca,
    Quanto ao autódromo de Goiânia, eu tinha certeza que aqui em Brasília iria acontecer a mesma coisa, sorte que algum deputado conseguiu tombar o traçado daqui há alguns anos. Não sei quem foi nem como ele conseguiu isso (aprovação para que uma área nobre no meio de Brasília ficasse vazia), mas acontece que ele conseguiu. Pelo monos sei que P.O. e cia. não poderão comprar, mudar destinação de área e encher de prédios de escritórios que sevirão para lavar dinheiro.

    Já quanto a montagem invertida do pneu traseiro direito, isso já está rendendo bastante em vários fóruns, muitos estão creditando a isso o acidente.

    ResponderExcluir
  28. Ler BOB SHARP é sempre um prazer e uma AULA!

    Abraço,

    Americo Teixeira Jr.

    ResponderExcluir
  29. Quando costumava ir pra interlagos, tinha corrida DTM Pickup onde corria Ford Courier com motor zetec se não estou enganado. Mas era a courier mesmo, não uma bolha.

    ResponderExcluir
  30. Quando li a notícia pensei a mesma coisa, falei: Ué, cadê a Montana? rs
    Palhaçada...

    ResponderExcluir
  31. Marcos

    A área do Autódromo de Goiania está avaliada em 200 milhões e fica rodeada de condomínios de alto luxo.

    O presidente da Federação Goiana é um BANDIDO c/ PhD, PORÉM é amigo íntimo do nosso DESgovernador, outra PULHA da pior qualidade.

    O nosso kerido DESgovernador kebrou o Estado qnd governou durante 8 anos e passou a bomba p/ seu vice, q fora efetivado ao cargo na última gestão.

    C/ o Estado falido, foi fácil retornar vitorioso ao cargo como o legítimo salvador da pátria.

    Só q a coisa ta feia por aki e a medida encontrada p/ sanar parte do rombo foi fácil.

    VENDA O AUTÓDROMO P/ CONSTRUTORAS!!

    E q se foda td o resto...

    ResponderExcluir
  32. os interesses da Globo levam a mentira a graus incríveis. Dizer que a Stock car ( um chassi tubular, com um Voitão e uma bolha imitando um carro de passeio) é a categoria mais sofisticada do Brasil chega a ser engraçado...

    ResponderExcluir
  33. Por isso que eu troquei as corridas "oficiais" por track days...

    ali sim voce ve carros como saídos de fabrica, com os próprios "pilotos" se enfiando embaixo do carro e mexendo nele como podem, pra entrar na pista e dar o suor, disputar mesmo

    álias, curioso que um trackday, que tem como regra não permitir ultrapassagens em curva, acabe muitas vezes sendo mais emocionante do que uma corrida "de verdade"

    ResponderExcluir
  34. Luciano Monteiro05/04/11 15:47

    Só para constar, Bob, não sei se alguém já o fez, mas a Mitsubishi também deixou de emprestar sua carenagem à Stock Car há anos. Salvo engano, desde 2008.

    ResponderExcluir
  35. Caro Amigo,
    Você tem autoridade e competência para fazer a crítica qje quiser sobre automobilismo.
    Tenho percebido em todas as críticas relativas a mais este trágico acidente, a grande insatisfaçāo com os atuais dirigentes.
    Mas, infelizmente esses caras não se mancam! Assim, se queremos que alguma coisa mude a respeito, esta é a hora de nos unirmos e nos organizarmos.
    Forte abraço,
    Jason

    ResponderExcluir
  36. Luciano Monteiro
    Tenho impressão de haver três "marcas" atualmente. Vou checar. De qualquer modo, obrigado.

    ResponderExcluir
  37. Vitor
    Era mesmo a Courier real.

    ResponderExcluir
  38. Bob e sobre o pneu invertido?Não poderia ter sido a causa da traseirada da Pick-up?

    ResponderExcluir
  39. Na Stock só vi bolha de Peugeot e Chevrolet. Esse tipo de "esporte" é perigoso por natureza, mas aí precisa de um pouco de interesse e investimento pra deixar a categoria mais segura. Célula de sobrevivência é coisa de outro mundo pra esses caras.

    ResponderExcluir
  40. Já li sobre o pneu invertido, incompetência da equipe. Outra que os bancos da Copa Montana são inferiores que da Stock. Que chovia muito, que a organização devia ter suspendido a corrida. Agora a culpa é do softwall ou da curva. Estão querendo mudar o traçado e incluir uma zebra ali.

    Uma coisa está clara e nem os poderosos da FIA se importam, aquele trecho é de alta velocidade e o risco é grande. Ao menos 3 já morreram ali. Se forem deixar a pista xoxa igual essas novas da F1, é triste também.

    ResponderExcluir
  41. Alexei Silveira05/04/11 19:10

    A Foto do pneu invertido é chocante.

    Inverte-se o pneu unidirecional para conseguir tração nas saídas de curva , às custas de menor capacidade de extração de água, em velocidade, que esse V8 Chevrolet atinge rápido

    Todo repórter que cobre prova de arrancada ( em que os Eagle Ventura eram invertidos para no seco ganhar décimos) adverte os leitores " cuidado não faça isso"


    SNME em 2004 quando Alonso bateu no Café um dos pneus dele estava invertido, esse troço de inverter pneu frisado não foi proibido não?

    ResponderExcluir
  42. Pedro Navalha05/04/11 19:11

    Tanto a GM quanto o automobilismo brasileiro já morreram. Só falta mesmo um enterro digno, que aliás ambos merecem...

    ResponderExcluir
  43. Essa para mim foi novidade total, um "Montana" com V8 e tração traseira... Resumindo, Stock Car e Copa Montana são praticamente a mesma coisa, muda apenas a bolha e alguns detalhes. Simplesmente ridículo...

    Sobre pneus de chuva invertidos, quem é que teve essa "brilhante" idéia?! Caramba! O fabricante dispende horas e horas de testes para determinar um desenho ideal da banda de rodagem e algum "intindido" resolve que o melhor é montá-los invertidos?!!! E ainda querem dizer que a Curva do Café que é o problema? Não dá...

    Outro ponto que acho que precisa ser revisto é o número de toques que acontecem nas corridas no Brasil. No passado não era tão comum assim. Numa média grosseira, acontecem ao menos uns três toques por corrida que, no mínimo, terminam em uma rodada daquelas, quando não algo mais perigoso, como o ocorrido domingo último. O pessoal precisa aprender a dosar mais o ímpeto. Ou será problema do assento recuado demais, que não permite uma boa visibilidade à frente?

    ResponderExcluir
  44. Roberto Dallabarba05/04/11 22:22

    Esses bólidos, afinal não são baseados em carros reais, muito menos em Pickups Montana, tem o chassi e motores como os STOCK, porém com 100 cavalos a menos. Não estou certo se o chassi é o mesmo ou são dos antigos STOCK que depois de trocados, um piloto em entrevista indagado se o antigo era muito ruim, respondeu com uns meneios de cabeça e grunhidos, diante dos quais o entrevistador disse que não era necessário responder porque estava bem claro o que ele pensava.
    Abs.
    Roberto Dallabarba.

    ResponderExcluir
  45. Na DTM aleman atual,AUDI,MERCEDES e agora BMW também usam esse esquema de chassis e motores iguais, é somente a bolha diferencia os carros e pilotos,creio que o maior problema é o que citaram mais acima,fazer propaganda de algo que não existe em uma ravenda CHEVROLET, é como você disse BOB,para quem não conhece esse"esquema", acha-se que a MONSTRANA é um verdadeiro carro de corrida,levando há uma propaganda enganosa e descarada.
    Uma coisa que estranhei,foi a corrida acontecer debaixo daquela chuva que não sei dizer se foi torrencial,mas que se observarmos não oferecia visibilidade alguma no momento do acidende,em várias categorias no mundo inteiro,quando se tem uma chuva em que a visibilidade ou dirigibilidade e prejudicada pela chuva,ela e paralizada ou mesmo encerrada,mas como o Douglas Studzinski e vários outros disseram tudo e lucro,mas ninguém que perder a chance de ver sua marca aparecer na tv,a tv não quer perder o seu com os patrocinadores é assim vai

    ResponderExcluir
  46. 1) CBA é piada, e pelo jeito nao adiantam os incontáveis protestos. Nao deveriamos entao protestar com a FIA sobre as besteiras e má gestao da CBA?
    2) o caso do pneu é fundamental Bob. erraram muito, muito feio, algo inimaginável numa equipe "profissonal".
    3) a GM Brasil nao tem moral para mais nada. Só vem afundando com o passar do tempo, e seus lançamentos atuais beiram ao ridículo. Quem se preocupa um pouco na escolha de um veículo, hoje em dia nao compra GM. Portanto, vendem para muitos mau informados. Se é assim, imagine como anda "a cabeça" do marketing desta empresa??
    4)há erro no traçado, interlagos está um lixo e é uma vergonha comparado ao que se oferece no Mundo hj. Lamentável e muito desanimador. Deveriam mexer no mínimo área de escape na curva do café, No mínimo.

    Nao podemos ficar calados.

    abs

    ResponderExcluir
  47. Na DTM alemã, assim como no Super GT japonês, não é motor de fornecedor único, nem equalizado. Cada marca desenvolve seu motor, dentro das normas, assim como na F1.

    ResponderExcluir
  48. Os carros, tanto da estoque como desta tal montana, são verdadeiras cadeiras elétricas ... basta uma consulta rápida aos sites especializados, para se ter a noção de como são construídos ... quer saber mais uma novidade: o tal Brasileiro de Marcas que vem por aí, é outra mentira, pois também serão chassis tubulares, cobertos com "bolhas", sem qualquer envolvimentos das fabricas/montadoras no desenvolvimento dos carros ... com relação ao acidente, não se trata de "caças às bruxas" ... mas de uma evolução na construção e segurança dos carros ... segundo estatísticas, a própria Nascar, não tem acidentes fatias há vários anos (e olha que os caras lá batem pra caramba) ... estes carros da estoque e da montana, sequer passam por um "crash-test" e, se passam, ninguém divulga nada ...

    Geraldo

    ResponderExcluir
  49. Vez ou outra aparecem em exposições cópias dos carros da Stock. A Peugeot mantém um em sua sede em Interlagos (o bairro, não o autódromo), sem nada dentro, sem mecânica e com discos de freios falsos, sem pinças. Acho que esse carro tem mais de Peugeot do que aqueles que correm pelo Brasil...

    ResponderExcluir
  50. MONTARAM O PNEU TRASEIRO DIREITO AO CONTRARIO!!!

    VEJAM NA FOTO!

    O CARRO ESTAVA COMPLETAMENTE SEM ADERENCIA NA TRASEIRA!!!

    ResponderExcluir
  51. A CBA virou balcão de negócios, enquanto isso o automobilismo sobrevive na Itaipava GT3 e só. Lembrem que a FIA tb relutou muito (não queria concorrente pra F1) e correu pra morder o filé viu o sucesso do BPR GT.

    ResponderExcluir
  52. O pneu invertido dirige toda a lâmina d´água para o sulco central. À velocidade deste protótipo a aquaplananagem no Café era inevitável.
    Acho que o chefe da equipe deveria ser processado pelo Ministério Público por homicídio culposo. Imperícia ou imprudência.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...