Google+

12 de maio de 2011

O COROLLA DO POVO

No fim de semana que passou, voltei a guiar o Siena EL que avaliei há aproximadamente um ano atrás, e aproveitei para relembrar das características do carrinho durante o longo percurso que fiz. O carro rodou dentro da média, 12 mil km no período. Me chamou a atenção a solidez da construção, o carro não tinha um único barulhinho sequer, mas concordo que ainda seja cedo para tirar conclusões. Ano que vem pego ele de novo e reavalio.

Assim que comecei a dirigir o carro, me incomodou a assistência exagerada na direção e freios. Você sai de um carro com direção mais pesadinha e estranha, com o freio a mesma coisa, a primeira freada nunca é totalmente suave. Mas logo se acostuma e, tenho certeza que a maioria aprecia, menos os entusiastas, claro.

O motorzinho de 1 litro é honestíssimo, o carro, mesmo com 3 passageiros pesados a bordo e ar ligado, se mexe bem se levarmos a agulha do tacômetro às 4 mil rotações desde a primeira marcha. A falta de força aparece nas subidas, quando a rotação cai para 3 mil rpm, mas basta uma reduzida e vamos que vamos.

Outra coisa que agrada é o silêncio à bordo, o carro é bem isolado de ruídos, mesmo em uma esticada de marcha mais vigorosa o barulho não chega a incomodar. Se deixarmos de lado a verve entusiasta e nos imaginarmos indo trabalhar, guiando a baixas velocidades, escutando uma música suave ou o noticiário, chegaremos a conclusão que o pequeno sedã da Fiat atende muito bem ao que se propõe, e que nessa utilização sossegada do cotidiano, a direção levíssima e a suspensão por demais macia acabam se revertendo em bônus.

No fundo, a grade maioria quer um carro novo por fora a cada 3 anos para justificar a troca e mostrar para o vizinho a novidade, mas preza a confiabilidade e baixa manutenção, e não tá muito aí para 8 ou 16 válvulas, comando variável e outras tecnologias, quer só que ande bem, beba pouco e não quebre. Se o ‘miolo’ é bom, melhor não mexer muito.

A Toyota faz isso muito bem, o Corolla é prova concreta disso, leva muito da geração anterior para o modelo seguinte. A Fiat vem fazendo o dever de casa direitinho, tem um best seller na linha que vende mais agora, com 14 anos de mercado e sem nenhuma grande modificação (mas com muitas pequenas melhorias) do que na época do lançamento, quando era novidade.

Que venha o novo, com a remodelada visual que ele precisa, mas conservando as boas características do atual. Sendo bonito, e parece que será, o sucesso está garantido.


48 comentários:

  1. "Se deixarmos de lado a verve entusiasta e nos imaginarmos indo trabalhar, guiando a baixas velocidades, escutando uma música suave ou o noticiário"

    A verve entusiasta é também adptável como - quase - tudo que é inerente ao gênero humano.

    Dá para sentar a bota, recalibrar os sentidos, e se divertir mesmo com o pequeno Siena...bom carro, também espero a reformulação dele.

    Me chamem de maluco, mas vi esses dias um sporting vermelho - raro hein? - babando na rodovia, com o motor Etorq 1600cm3, e senti vontade de ter um bichim assim, pragmático, mas com um leve temperinho (leve mesmo, só adesivos e outros adereços que não melhoram a performance).

    MFFinesse

    ResponderExcluir
  2. Aqui no RJ, muitos taxis Sienas, com a nova frente (ELX 1.4, HLX 1.8 e Tetrafuel) rodam já há mais de 3 anos. Ando em alguns e percebo como foi bem feito o trabalho de isolamento da cabine, bem como do projeto da suspensão. Alguns veículos (converso com os taxistas) já passaram dos 240.000 Km e realmente não se houve barulhos estranhos. Taxistas dizem que trocam com pouquíssima freqüência itens como buchas, balanças, amortecedores e o carro continua silencioso. Existe até uma história do presidente da Volks exigindo dos seus engenheiros que considerem os carros da família Palio como exemplo para os Gols. Os Sienas são realmente veículos confiáveis (tive dois, com motor 1.8) e cumprem muito bem as suas propostas. talvez falte um pouco mais de espaço no interior, bem como um design mais moderno também por dentro. Mas o resto, para mim é só alegria. Em suma, um carro sem grandes arroubos, mas honesto.

    Agenor Souza

    ResponderExcluir
  3. O Siena "novo" é um bom carro, mas tenho saudades daquele 1.6 16V da década passada. Era feio e problemático, mas andava muito bem.

    ResponderExcluir
  4. Tenho um palio do modelo novo que já está com 60 mil km rodados e nunca troquei nada da suspensão. Agora acho o motor fraco e se pisar bebe mais do que um carro com motor maior.

    ResponderExcluir
  5. AC, concordo que o carro tenha suas virtudes; afinal, é pouco rodado. Mas, ninguém estica as marchas a 4mil rpm num carro desse, no tráfego urbano.

    Carro bom de dirigir é o que entrega torque satisfatório em baixas rotações. Isso sim empolga.
    Agora, não tem lógica exigir vigor de um motor 1-L.

    Olha, dúvido esse carro subir a Serra Grajaú-Jacarepaguá com disposição; só embalado mesmo.

    E a Zafira, andando bem?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. A Fiat vem fazendo o dever de casa direitinho, tem um best seller na linha que vende mais agora, com 14 anos de mercado e sem nenhuma grande modificação
    Ótimo pra ela que conseguiu fazer um carro que vende bem. Mas não me dei com o siena desde a primeira geração, e a cada geração que passava, eu esperava ele melhorar, esperava, esperava... Cansei. Desisti de toda a linha Palio...
    O ponto positivo dessa linha é o silêncio a bordo, coisa que aprecio muito. Meu carro (vw polo) não tem o mesmo nível de isolamento acústico.

    ResponderExcluir
  7. Vc sabe se o motor Fire deriva do Fiasa?

    ResponderExcluir
  8. Lembrando sempre que motor de 1 litro é excrescência da nossa legislação tributária, em que se basearam sabe-se lá em que bola de cristal para definir que motor até 1 litro é "popular".

    Na Argentina, onde não há interferência governamental na capacidade cúbica dos motores, este mesmo Siena não tem motor menor que 1,4 litro. Mesmo o nosso Mille, que lá se chama Uno (porque Mille quer dizer 1000) tem motor de 1,3 litro.

    Perguntar não ofende: Quem sabe melhor qual o motor mais adequado aos seus carros, a FIAT ou o governo brasileiro?

    Aliás, uma vez aluguei um Palio 1 litro em Foz, para depois entrar na Argentina e alugar um Siena 1,4. Por dentro, são o mesmíssimo carro. Mas o comportamento do motor... Quanta diferença! Aí vê-se claramente o equívoco que é insistir nos motores de 1 litro.

    ResponderExcluir
  9. mil vezes o classic

    ResponderExcluir
  10. Motores de 1 litro são extremamente criticados aqui, mas na Europa, que tem um transito rodoviário muito mais rápido que o nosso, é comum haver carros com motores de 1 litro. E não tô falando só de microcarros urbanos. Há por exemplo o Corsa (mais pesado que o nosso) com motor de 1 litro e 60 cv e que faz tudo com disposição. Ou seja, mesmo que o governo não incentivasse motores pequenos como esse, eles acabariam chegando aqui e venderiam bem. Talvez não tão bem, mas certamente bem. Não sou contra o incentivo do governo aos "1.0", mas sim contra os altos impostos cobrados por outras motorizações.

    P.S. Se for pra comprar sedã de um litro, que seja o Voyage. Se for pra comprar sedâ por menos de 35.000 reais, que seja o Prisma de 1,4 litro.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com o Carlos Maurício, este incentivo é ridículo! Isto já deveria ter acabado há muito tempo, ou melhor, nem ter existido!
    Minha experiência foi na Dutra com um Siena 1.4, o carro realmente surpreende em desempenho, ok sabemos que os hodômetros da Fiat são os mais mentirosos, de qualquer forma a velocidade alcançada é impublicável. O que mais senti falta foi a regulagem de altura no banco do motorista... ACORDA FIAT! VOCÊS ESTÃO DEIXANDO DE VENDER PARA UMA BOA FATIA DO MERCADO!

    ResponderExcluir
  12. Marcelo Junji14/05/11 15:59

    Num pálio que eu andava que estava com uns 5 anos de uso, não tinha barulho de acabamento nem de suspensão. Nesses aspectos lembra o corola, parecendo tão sólido quanto.
    Agora, aposto que muitos que criticam os 1.0, andavam com com os opalas de 4 cil. ou mesmo com os de 6 cil. e achavam que estavam em foguetes. Mas lembro que os 4 cil. não conseguiam passar de 140 km/h e os últimos 6 cil. aceleravam até os 100km/h em torno de 12 seg. e mal passavam de 170 km/h. Uma vez com um opala de 4 cil. não consegui ultrapassar um uno ep na subida da 23 de maio. E eu com um gol mi 1.0 na Fernão Dias no trecho até Atibaia, passo a maioria dos carros subindo a 120km/h.Já testei verona 1.8, prisma 1.4, partner 1.6 16v no mesmo trecho e nehum deles passa dessa vel. em 5ª, e o prisma nem reduzindo marcha passa de 120.
    Então qual o motivo de muitos reclamarem de carros 1.0? Hoje em dia eles passam de 160 km/h e o consumo deles em uso urbano é incontestavelmente melhor que qualquer carro de cilindrada maior.

    ResponderExcluir
  13. é o ápice da "fieteirisse" rotular um siena de "corolla do povo"

    ResponderExcluir
  14. Marcelo Junji14/05/11 16:49

    Sr. anônimo corolla em outros países é do povo.Fieterisse? Eu também discriminava a fiat, mas depois que adquirimos uma fiorino 1,5l mudei totalmente de opinião, ela carrega 1k kg há varios anos(foi feita para 600kg) tranquilamente sem torçaõ de carroceria ou barulho de suspensão. melhor que corolla no quesito robustez.Acho que carro não se avalia pela marca.Todas já fizeram carros com falhas.

    ResponderExcluir
  15. Como já foi publicado aqui no AE o verdadeiro autoentusiasta encontra o que adimirar e encontra prazer ao dirigir qualquer carro. Os 1,0 L brasileiros são muito bons, excedendo em desempenho muitos carros maiores de outros mercados. Criticá-los revela preconceito e desconhecimento.
    Como foi dito, qualquer mil de hoje anda mais que a maioria dos carros de até 20 anos atrás e gastando menos e curvando mais. Vida longa a eles.

    AAM

    ResponderExcluir
  16. Alexandre, essa opinião está pra lá de subjetiva!!!

    E se esse Siena fica o tempo todo dentro de uma garagem, só saindo para ir à Petrópolis nas semanas de lua cheia e que não esteja chuvendo por lá?

    ResponderExcluir
  17. Aeee Seu Antônio... Então continue tendo prazer com o seu 1.0... kkkkk
    Cada uma!

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Eu considero os motores 1.0 honestos e adequados aos nossos hatches pequenos.

    Mas não acho certo que carros com mais de 1 tonelada (como esses mini-sedans e mesmo alguns hatches mais crescidos), venham com essa motorização, pois a relação peso-potência fica ruim. Nesses casos se não fosse pelo incentivo fiscal com certeza a motorização mínima seria algo em torno do 1.4.

    ResponderExcluir
  20. Marcelo Junji15/05/11 01:13

    Ninguém reclama da relação peso potência das picapes a diesel, gasolina ou até mesmo a etanol. Algumas delas tem desempenho próximo dos carros 1.0 e muitas são usadas somente para passeio, mas ninguém as critica, pelo contrário, as acham chique.

    ResponderExcluir
  21. Visionário15/05/11 16:27

    Regulagem de altura no banco do Siena/Pálio? Só se for para baixar até o nível do chão!!!!!!

    Carro apertado dos infernos.

    ResponderExcluir
  22. Não quer gosta ou não quer comprar carro 1.0?
    Guarde dinheiro ou aumente o tamanho da dívida e compre um 1.4 ou 1.6...

    Simples e mais prático do que viver reclamando do governo!

    ResponderExcluir
  23. Sim, em vez de um 1.0 0km (que eu já tive), eu prefiro pagar o mesmo por um 1.6 ou 1.8 usado (que é o que tenho atualmente e estou muito satisfeito).

    Mas a questão é a seguinte: Se não fosse esse "degrau" do imposto, será que para fabricar um carro 1.2 ou 1.4 não custaria a mesma coisa que custa atualmente para fabricar um carro 1.0?

    Os 1.0 andam bem sim, mas para uma minoria que sabe usar, e isso significa: não ter medo de esticar as marchas! Se for 1.0 16V, melhor ainda (pois é mais "girador"). Só que, o motorista leigo típico, geralmente não aproveita nada disso, pois dirige carro 1.0 como se estivesse num fusca velho (ou seja, nunca passando dos 3000rpm, nunca reduzindo marcha, etc). Nessa condição a falta de torque de aceleração chega a colocá-lo em situações de risco, principalmente nas estradas e com o carro cheio, situação comum em feriados prolongados.

    ResponderExcluir
  24. Tive um gol 2001 1.0 16v (vendido em 2005), aquilo era um lixo, eu fazia andar, mas nao deixava o giro baixar dos 5000 rpm! Ridículo! Há alguns carros, como o Mille, o Celta, o Ka, que até têm um desempenho razoável atualmente, mas ainda assim pra pegar um 0Km, optaria por um 206 1.4 (207 sei lá), que custa praticamente o mesmo e oferece um pouco mais de torque. Este incentivo demorou pra cair!

    ResponderExcluir
  25. Como já foi publicado aqui no AE o verdadeiro autoentusiasta encontra o que adimirar e encontra prazer ao dirigir qualquer carro. Os 1,0 L brasileiros são muito bons, excedendo em desempenho muitos carros maiores de outros mercados. Criticá-los revela preconceito e desconhecimento.
    Como foi dito, qualquer mil de hoje anda mais que a maioria dos carros de até 20 anos atrás e gastando menos e curvando mais. Vida longa a eles.
    [2]

    Curiosamente lá em casa há carros com motores de 1,3; 1,4 e 1,6 litro, mas mesmo assim não sou contra motores de 1 litro. O negócio é que o legal mesmo é levar um carro ao limite. Se o carro tem 38, 95 ou 97 cv, pouco importa! Todo carro tem seu limite e na maioria das vezes não depende da motorização. Um Gol 1000 faz curvas melhor que qualquer carro que se possa comprar em bom estado pelo mesmo preço. É entusiasmente! Já um Opala 4100 que gira a 5000 rpm fará o dono igualmente feliz ao chegar nesse limite, com o motor urrando. Repetindo o que o Antônio disse, o autoentusiasmo está em saber o que admirar em cada carro, independentemente da suspensão, da tração ou da potência do motor.

    ResponderExcluir
  26. 1.0 = Limite baixo demais para entusiasmar de verdade!

    salvo Mille em algumas situações... rsrsrs

    [period]

    ResponderExcluir
  27. Ai meu Deus, cada uma viu... Corolla sendo comparado a carro de corrida, a expressão máxima da mediocridade sobre rodas Siena (!) sendo elogiado, motor 1.0 sendo enaltecido, 600 post sobre o DKW, outros 1000 sobre as medidas dos pneus do Fusca... Como alguém tem coragem de chamar esse blog de lugar de autoentusiastas? Daqui a pouco não vou me surpreender se começarem a chamar os ônibus de transporte coletivo de veículos altamente empolgantes de corrida... Esse blog tá dando vontade de chorar, virou uma boa alternativa aos blogs/sites de humor...

    ResponderExcluir
  28. Aos que falam que carro 1000cc não andam e não empolgam: Por que não te calas?
    E para quem está insatisfeito com o blog, a solução é fácil. Cai fora.

    ResponderExcluir
  29. Carro 1000 é uma merda mesmo e trate de não ficar alugando a faixa heim mané!
    Deveria ser proibido em algumas rodovias! kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  30. Merda pra quem não sabe tocar. Você provavelmente é do tipo que usa quarta ou quinta marcha quando ainda está a uns trinta por hora, aí, meu chapa, só com seis canecos pra cima. Não gosto de alugar faixa e não gosto de quem aluga mas sou capaz de andar bem mais rápido do que você pensa, na faixa que for, mesmo com carro mil. Portanto, por que não te calas?

    ResponderExcluir
  31. HAHAHAHAHAHAHA
    O Ás do volante dos carros mil... Filhotão! Tem pista no Brasil que o teu Celtinha passa pânico pra acompanhar caminhão, acredite!
    Carro mil é lixo! Salvo o Mille é lógico! Guerreraço das estradas! HAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  32. Falastrão, conheço bem as estradas do Brasil. BR-050, como a palma da minha mão, mané. Nunca passei aperto por causa de caminhão, Real Expresso, Cometa ou qualquer coisa movida a diesel. Não me acho nenhum ás mas não me nivele por você, rapaz. Sei andar rápido e sem atrapalhar ninguém, garanto isso e ponto final. Você pode achar o que quiser de carro 1000, não importa, não faz diferença, nem pra mim, nem pra ninguém, agora só não entendo onde o mille é tão melhor que os outros. Pra mim, em nada, mas não deixa de ser um bom carrinho. Quanto ao meu carro ser Celta, você errou, mas acertou na marca, pelo menos.

    ResponderExcluir
  33. kkkkkkkk... Tem um lixo de um Corsa Wind com 45 parcelas pra pagar e acha que tem um carro!kkkkkkkkkk...
    Se não sair da esquerda, a gente empurra! Num tem erro naum titio!

    ResponderExcluir
  34. BR-050 = Rod. Boring S/A

    ResponderExcluir
  35. Marcelo Junji17/05/11 23:06

    Olha que engraçado! Os pilotos de fórmula 1, pilotam seus fórmulas de centenas de cvs profissionalmente e ainda curtem pilotar karts de dezenas de cvs por pura diversão.
    Então da mesma forma que esse pessoal acha que um 1.0 atrapalha, eles também com seus carros que tenho quase certeza que tem menos de 150cv atrapalham quem tem uma ferrari por exemplo.
    Triste é essa imbecilidade.
    Quem anda em vel. de cruzeiro a mais de 160 km/h?
    Quando quero ultrapassar, ultrapasso de qualquer jeito.
    Respeito quem tem limitações financeiras, físicas, ou psicológica, esta última que alguns que escreveram aqui com certeza tem.

    ResponderExcluir
  36. Cala boca Marcelo Jumento! Vc só fala abobrinha! Se orienta rapá! HAHAHAHAHAHA
    Nem precisa ir longe, releia o teu comentário acima... OPA! OPA! Tira a arma da mão dele! Não faça isso garoto! A vida é bela!

    ResponderExcluir
  37. Idiota. Não tenho Corsa Wind e só compro carro à vista. Se não tenho coisa melhor é por que, de fato, não tenho $ para tanto. Nesse caso, prefiro morar em uma boa casa própria, sem dívida, ter uma casa na praia, também sem dívida, pagar uma boa escola para minha filha, um bom plano de saúde pois, como você sabe, não se pode depender nadinha do poder público, e por aí vai... Carro, a gente, compra, usa e depois vende para, depois, tentar trocar por um melhor. Simples assim. O resto é papo furado.

    ResponderExcluir
  38. Amanda Troll18/05/11 09:12

    HAHAHAHA... Vc está dando satisfação pra quem? Quem é o idiota?

    ResponderExcluir
  39. Amanda
    Pra ninguém pois realmente não devo nada. Quanto ao idiota, se a carapuça servir, sinta-se à vontade.

    ResponderExcluir
  40. Amanda Troll18/05/11 09:18

    Bicha Má!

    ResponderExcluir
  41. Independente das parcelinhas, fato é que o único 1.0 que já vi dar trabalho pra carro com motor maior foi um Mille e ainda assim, carro vazio vs lotado (isso na serra do azeite, garotão! Não essas estradas boring aí pra cima)
    Agora se entusiasmo é ser empurrado toda retorno da praia... Cada um com o seu entusiasmo, o meu ritmo você não acompanha, certeza! Estrada não é pista de corrida, mas não sejamos hipócritas!

    ResponderExcluir
  42. anonimo 9:57
    Então tá.

    ResponderExcluir
  43. PQP quanta trollagem! Isso aqui já tá parecendo discussão de comunidade do Orkut. Maldita inclusão digital!

    ResponderExcluir
  44. anonimo2 11:29
    Você têm toda razão, por isso mesmo encerro minha participação neste post. Já perdi tempo demais com gente que não merece e sequer conheço. Um abraço.

    ResponderExcluir
  45. Torcida TROLL!18/05/11 11:44

    TROLL!S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2
    TROLL!TROLL!S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2
    TROLL!TROLL!TROLL!S2 S2 S2 S2 S2
    TROLL!TROLL!TROLL!TROLL!S2 S2 S2
    TROLL!TROLL!TROLL!S2 S2 S2 S2 S2
    TROLL!TROLL!S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2
    TROLL!S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2

    ResponderExcluir
  46. O cara tava falando com a Amanda Troll... kkkkkkk

    ResponderExcluir
  47. http://www.youtube.com/watch?v=fTp7-ijNSMc

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...