Google+

23 de julho de 2011

COISAS DO BRASIL


Um bom amigo e ex-colega de Volkswagen, da engenharia, o Antônio Ferreria de Souza Filho, dos mais competentes que já vi, me mandou uma interessante apresentação em PowerPoint que considerei merecedora de compartilhar com o leitor. O tema é coisas completamente doidas que vêm ocorrendo aqui. A autoria é desconhecida, mas seu autor está coberto de razão.

O texto começa dizendo "A despeito de Deus ser brasileiro, há coisas surpreendentes que só acontecem no Brasil. Provas cabais de que a inteligência da "brazucada" não tem sido brindada pela inspiração divina, vou listar aqui oito barbaridades brasileiras".

1) Tomada de três pinos (foto acina)
Quem foi o cretino que inventou essa porcaria de tomada de três pinos? Ela é imcompatível com todas as tomadas da galáxia! Nem as tomadas do Império Kingon essa bosta encaixa! De uma hora para outra todas as nossas tranqueiras elétricas e gadgets que usam plugues amerianos (este sim, universal) simplesmente ficaram imprestáveis. Como somos brasileiros e não desistimos nunca, é chega a hora de invocar a santa gambiarra!

2) Proibição do álcool 92°
Um belo dia, políticos de Brasília tiveram a brilhante ideia de converter o álcool em água rala. Outro belo dia, minha mulher apareceu (sem saber) com esse novo álcool que uso para botar fogo no fogão a lenha, e ele simplesmente nào pegava fogo. Tivemos que voltar ao supermercado para trocar o famoso "Álcool Namorado" pelo trivial "Álcool Pereira" de 92°, aquele que limpa e queima. Ainda bem que a indústria alcooleira entrou na justiça e conseguiu liminares liberando o bom e verdadeiro álcool de cada dia. Claro, há que se tomar as devidas precauções para não provocar queimaduras graves e incendiar a casa. P.S.:  aos sacros defensores desta proibição idiota, sugiro que propugnem também garfos sem pontas e facas cegas, pois tais utensílios domésticos também podem ser prejudiciais à saúde.

3) Seguro veicular obrigatório
Você, que gasta os tubos com seguro total, já parou para pensar por que tem que continuar pagando o tal seguro obrigatório? Enquanto isso, as máfias sacam a torto e a direito as merrecas do seguro obrigatório, que os seus legítimos beneficiários não sabem ou não se interessam em sacar.

4) Carros flex
Caso eu pusesse um adesivo no meu carro flex, teria o seguinte teor: "Acreditei no governo e embarquei nessa carroça beberrona". Justamente quando os motores a gasolina começaram a ficar econômicos, os gestores públicos apareceram com essa bomba que só corrói o motor e o nosso bolso. Sem falar naquele maldito tanquinho extra, que é uma preocupação a mais para manter cheio de gasolina.. Pergunta intrigante: por que será que o resto do mundo não teve a ideia "genial" de ter carros flex? Quando você vê o preço do álcool a R$ 2,70 começa a tirar algumas conclusões.


5) Tratamento reservado às crianças geniais
Enquanto na Índia, um país miserável e fedorento, as crianças possuidoras de habilidades geniais são acompanhadas de perto e recebem uma edução especial, no Brasil elas são estigmatizadas na escola,  vítimas de bulling, terminam formando uma banda medíocre de roquezinho, como no caso de Roger, detentor de QI 172 (Einstein tinha QI 168). Mas uma coisa fazemos bem, qualquer pivete favelado, craque prematuro de futebol, é prontamente separado para receber todos os cuidados e mimos que merece. Enquanto isso, nossos nerds e jovens cientistas levam muita porrada na escola. Por isto, enquanto nos resignamos a ser campeões de futebol, a Índia (aquele país miserável e fedorento)  consegue, desde a década de 70, construir usinas e armas nucleares, lançar satélites em órbita e mandar sondas espaciais para outros planetas.

6) Sistema de TV em cores sistema PAL-M
Algum biltre "brazuca" teve a ideia genial de fazer um sistema de cores único no mundo: pegou o padrão NTSC, fundiu-o com sistema cromático europeu e criou o frankenstein PAL-M, leia-se "M" de merda, incompatível com qualquer televisor do planeta.









7) Reforma ortográfica
Um belo dia um energúmerno "brazuca" teve uma ideia. Vamos mudar a língua portuguesa! No mundo inteiro! Pra quê? Só para transformar em inferno a vida de todos os vestibulandos e concurseiros luso-parlantes? E de quebra enriquecer todos os donos de cursinhos? (Vai ver que esse energúmeno é dono de cursinho...). Para pirar de vez com os estudantes, o maluco do Ministro da Educação resolveu obrigar as Escolas Públicas a ensinarem a falar errado publicando livros com frases como "Nós pega o peixe", "Os menino pega o peixe".

8) Agora a melhor de todas
o Político Supremo Tribunal Federal acaba de determinar que dois homens constitui uma família... (???). Com isso, os filhos dessa "família" não serão paridos, mas defecados...


Essa última lâmina encerra a apresentação. Algumas fotos foram mudadas por não ter como (ou este editor não saber como) usar as fotos do PowerPoint.

Mas como editor do AE, me permito acrescentar mais duas barbaridades brasileiras, ficando então dez delas no total.

9) Gasolina com etanol a 25%
Só mesmo aqui no "Burajiro" se coloca tamanha quantidade de etanol na gasolina. Mundo afora é 10%, servindo como aditivo para elevar a octanagem sem vez de ingrediantes como chumbotetraetila ou MTBE. Com isso, a elevação dos preços do etanol influencia em muito o preço da gasolina (Gurgel tinha razão, o etanol é inflacionário!) e - essa é de amargar - no Mercado do Comum do Cone Sul, vulgo Mercosul, a gasolina não é comum aos países-membros. A cada 40 litros de gasolina chegam aos tanques dos carros 10 litros de etanol. E todos os carros até 1991 foram calibradós para no máximo 12% de etanol. Como ficam? Ora, danem-se.

10) Extintor de incêndio
Só três países, nosso inclusive, e nenhum dito avançado e tampouco emergente, obrigam a haver no carro um miserável e inútil extintor, muitas vezes sem ter onde coloca-lo corretamente, na maior parte dos casos um estorvo. Um extintor de brinquedo, pode-se dizer, que na hora do fogo tem tiro curtinho, não apaga nada mais sério. E que só serve para encher o bolso dos fabricantes de extintores. Mais um ideia "brazuca" que só poderia ter emanado da "ilha da fantasia" chamada Brasília.

BS

233 comentários:

  1. Putz, perfeito!
    Só não concordo muito com a crítica ao Roger, mas tudo bem...
    E cuidado com item 8! Cê tá brincando com fogo! Daqui a pouco vai chover processos em cima de você,kkkk

    ResponderExcluir
  2. Luiz Dranger23/07/11 16:12

    Bob, ótimo o texto.
    Abração

    ResponderExcluir
  3. O que mais admiro no Bob é o fato dele ser um brasileiro "das antigas", infelizmente espécie em extinção...

    Tudo isso é conseqüência (com trema sim, essa "deforma ortográfica" do Partido Mensaleiro que vá para a put@ que pariu) do maldito terceiro-mundismo brasileiro: achar que o mundo inteiro é idiota e só nós somos espertos...

    ResponderExcluir
  4. Bob,
    Assim que comecei a ler o post, disse cá pros meus botões que o extintor de incêndio não poderia ficar de fora. E lá estava ele todo pimpão, encerrando essa lista de cretinices com chave de ouro.

    ResponderExcluir
  5. Perfeito!! Concordo também com as observações do Jopamacedo... Uma coisa é mensagem de email, outra é publicá-las...

    Eu acrescento uma: Motores 1.0L! Há muito deixaram de ser realmente econômicos (fim que justificava sua criação)!!! Tiveram sua potência aumentada o que trouxe elevação do consumo. Hoje são muito menos eficientes quando comparados com motores maiores (a partir de 1.3L pelo menos), além de não oferecerem a segurança ideal em ultrapassagens na estrada com o carro cheio e ar-condicionado ligado.
    Valeu, abraço.

    ResponderExcluir
  6. Muito bacana o texto!

    1) A tomada de 2 pinos, a mesma do padrão europeu, já era usada sem problema. Agora, essa de 3 pinos... também não entendi porque substituiram o padrão de 3 pinos americano que era tão bem aceito... Só se algum esquerdista radical as considerava como elementos do "imperialismo yankee".

    5) De fato as crianças mais inteligentes ou estudiosas são discriminadas na escola. A maioria ou passa a ir mal na escola também para se igualar aos colegas, ou acaba virando aqueles típicos cientistas anti-sociais.

    6) Sorte do Brasil que outros países sul-americanos adotaram o nosso padrão de TV digital, senão seria um "novo PAL-M".

    Tem outras coisas que só deve ter no Brasil, ou quase... lombada, chuveiro elétrico, flanelinha, etc...

    ResponderExcluir
  7. Ótimo post, porém é absurdo o que foi dito no item 8. Não tenho apreço algum por homossexualismo, mas devemos lembrar que são pessoas que também têm seus direitos e com esse reconhecimento da união estável homoafetiva vai permitir que mais crianças sejam adotadas por "famílias" que as desejam. O item 8 está baseado numa conclusão extremamente preconceituosa e superficial. Pela primeira vez neste blog vejo algo decepcionante escrito. Vergonhoso, Mr. Bob Sharp! Sempre admirei seus escritos, mas desta vez ficou feio...

    Abraços, guilherme

    ResponderExcluir
  8. Bob,

    O tal "padrão brasileiro de tomadas" na realidade não é tão brasileiro assim.

    Na realidade ele é a publicação brasileira da IEC 60906-1, norma publicada pela Comissão Eletrotécnica Internacional em 1986 visando padronizar as tomadas domésticas em toda União Européia e outras partes do mundo, adotada até agora apenas pelo Brasil, África do Sul e Suíça.

    Infelizmente este é um raríssimo caso em que o país tentou fazer tudo relativamente certo, mas como já é hábito quebrou a cara por quase ninguém seguir sua implementação.

    Mais detalhes:
    http://en.wikipedia.org/wiki/IEC_60906-1

    De resto, concordo com uns pontos do texto e discordo de outros. Mas este não é o assunto.

    Abraço.

    João Brunelli Moreno

    ResponderExcluir
  9. Também não tenho identificação com o tema, mas, como bem disse o Guilherme, acho que o respeito deve existir! A publicação, a qual me referi anteriormente, feriu este ponto!
    Abç

    ResponderExcluir
  10. Exato, Celestino! Aparentemente, não é de autoria do Bob, mas foi ele quem deu publicidade. Sou conservador em quase todos os temas, mas quando o referente é direitos que não vão incomodar a ninguém, tenho a mente mais aberta. Detalhe: só tenho 19 anos.

    ResponderExcluir
  11. E não se esqueçam de uma outra imbecilidade, que foi aquele tal kit obrigatório de primeiros socorros.

    Mr. Car

    ResponderExcluir
  12. O que é isso companheiro? Plugue agora também é culpa dos petistas? Qu achava que era apenas criar padrão estabelecido em norma técnica onde antes não havia nenhum. Coisa do Inmetro e da ABNT. e começaram a pensar nisso em 1983.

    Vejam mais em:
    http://www.inmetro.gov.br/noticias/verNoticia.asp?seq_noticia=3259

    "Antes da padronização, o consumidor convivia com mais de 12 tipos de plugues e oito tipos de tomadas diferentes, tanto de produtos fabricados no País como de importados, o que tornava necessário o uso indiscriminado de frágeis adaptadores para ligação dos aparelhos, com diferentes plugues nos diversos modelos de tomadas existentes. Em alguns casos, os formatos e as potências distintas dos aparelhos tornavam o simples ato de ligá-los à tomada uma ameaça à segurança do usuário, que poderia ser vítima de choque elétrico ou de um incêndio provocado por curto-circuito".

    "A padronização foi promovida, acima de tudo, para dar mais segurança ao consumidor, para diminuir a possibilidade de choques elétricos, incêndios, mortes".

    "Entretanto, objetivando minimizar eventuais transtornos na fase de adaptação, admite-se o uso de adaptadores que, ao contrário dos anteriores não padronizados, foram regulamentados e certificados e atendem a requisitos mínimos de segurança".


    "Histórico
    A preocupação com a segurança de plugues e tomadas de uso doméstico começou a ser discutida na década de 80, quando o Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro) considerou estes produtos prioritários para a concessão da Marca da Conformidade às normas brasileiras.

    Em setembro de 1983, o Inmetro aprovou o Regulamento Específico para Plugues e Tomadas de uso doméstico e tornou obrigatória a certificação desses produtos de acordo com as normas técnicas de segurança publicadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A Norma dizia respeito apenas à segurança dos produtos e não fazia menção ainda à padronização.

    A padronização começou a ser discutida na mesma ocasião em foros técnicos nacionais e internacionais, que concluíam que a segurança de plugues e tomadas apresentava relação direta com a criação de um padrão único.

    A proposta ganhou corpo na década de 90 e a International Electrotechnical Commision (IEC) publicou a norma IEC 60906-01 propondo a criação de um padrão internacional. No Brasil, a abertura do mercado a produtos importados mostrou que a rede elétrica podia variar muito e ameaçar a segurança desses produtos. Além disso, com a globalização, percebeu-se que estavam sendo usados no país aproximadamente 12 modelos diferentes de plugues e oito de tomadas.

    A ABNT, seguindo a tendência mundial e inspirada na norma da IEC, montou um comitê formado por fabricantes de plugues e tomadas e fabricantes de eletroeletrônicos e editou a norma ABNT NBR 14136 criando o padrão brasileiro em julho de 1998.

    A norma brasileira foi submetida a uma análise crítica por parte do Inmetro, que a considerou adequada para ser usada como base para o regulamento técnico promulgado em 2000, tornado assim a padronização compulsória.

    Mais de dez anos foram decorridos na fase de transição para a adequação ao padrão, cujo prazo se encerra em 30 de junho".

    ResponderExcluir
  13. Bob,

    Sou Engenheiro Eletronico e toda vez que vejo essa tomada enfadonha tenho vergonha disso e lembro da taxa inutil que sou obrigado a pagar ao CREA todo ano (alias, ela devia esstar nessa lista, junto com OAB e equivalentes)
    Mas eu nao concordo com a critica ao PAL-M. Ele nao é compativel, mas tem uma serie de vantagens tecnicas em relação aos outros. Critique o SECAM Frances, que so foi criado para ser diferente do mundo
    Tambem nao concordo com a critica a banda do Roger. Seria melhor se ele estivesse no CREA evitando que criassem essas tomadas estupidas, mas o Ultraje é uma banda muito boa. Que inclusive explicaria tudo isso dizendo que "a gente somos inutil" :D

    ResponderExcluir
  14. Legal o texto Bob. Tem mais absurdos que poderiam ser listados, por exemplo, o governo querer exportar álcool quando a produção do mesmo não é suficiente sequer para abastecer o mercado interno.

    ResponderExcluir
  15. André parra.23/07/11 18:08

    Po bob, mas que que você ta fazendo cara, le isso ai denovo que tem coisa errada ai.

    Sei que todos tem liberdade de diser oque quiserem , mas ai você da margem pra ouvir oque não quer.
    Discordo do item 8 e dos carros flex.
    Tem muito coitadismo ai neste texto.

    ResponderExcluir
  16. a obrigatoriedade do extintor é questionável, mas tem muita utilidade, mesmo esse extintor de brinquedo, já salvou meu carro e já vi pelas ruas salvando vários outros, claro que em muitos casos esse pequeno extintor não conta do recado e grande maioria dos motoristas não sabe usar.

    ResponderExcluir
  17. O combustível álcool ou etanol, como queiram, deveria ser utilizado apenas nas frotas de veículos oficiais e/ou ônibus e caminhões pequenos,liberando o diesel para os grandes grandes cavalos mecânicos e a gasolina para os demais veículos. Também não concordo com o uso de diesel em caminhonetas de uso particular.

    ResponderExcluir
  18. A IEC, a ABNT, o Inmetro, e todas as empresas fabricantes de produtos eletro-eletrônicos não são idiotas.

    E não existe padrão universal, nem mesmo o americano (não se incomode, Alexandre, eu não sou petista).

    Pelo menos mais 13 padrões podem ser vistos neste site:

    http://blemya.blogspot.com/2009/05/tomadas-e-plugues-ao-redor-do-mundo.html

    Sem falar na lista de voltagens e frequências ao final da página.

    ResponderExcluir
  19. Guilherme,
    Nào fui eu que escrevi, mas concordo. O STF aprovou, inclusive contrariando a Constituição, mas me permito o direito de discordar totalmente desse tipo de "família". E garanto que não estou sozinho nisso.

    ResponderExcluir
  20. Para quem acha que um casal homo pode ser considerado família, se informem.

    Mas eu não concordo com o que foi escrito sobre o novo padrão de tomadas. Ele foi feito para solucionar vários problemas, principalmente de segurança, com a qual não se brinca. E é um padrão baseado em norma internacional. Se um dia o mundo todo adotá-lo, duvido que as pessoas que o criticam agora não dirão "nós fomos os primeiros". Quanto às gambiarras, só podia ser coisa de brasileiro mesmo.

    ResponderExcluir
  21. Aos que defendem a tomada "brazuca" de três pinos

    Me indiquem alguém no Brasil que tenha tido algum problema com as tradicionais tomadas e pluges de dois pinos circulares ou duas facas. A ABNT não é a prova de erros e perfeita como se pensa. Haja vista a absurda obrigatoriedade de trocar o tensionador de correia dentada a cada troca desta, derrubada por pressão e minha e de mais dois colegas jornalistas, o Fernando Calmon e o Boris Feldman.

    ResponderExcluir
  22. Quanto às coisas práticas, posso concordar ou discordar em parte (especialmente quanto aos extintores, combustível batizado e carros flex, com o que concordo plenamente). Apenas não entendi qual o prejuízo do reconhecimento das "famílias" homoafetivas (nome politicamente correto, outra mania de brasileiro, q em nada muda a situação das pessoas). A mim esse tipo de "família" reconhecida pelo STF em nada prejudica, ao contrário das gasolinas, veículo, plugs...
    Apesar de ser um e-mail q tb expressa a opinião do autor do post (com quem em outros fatos diversas vezes concordei), nesse ponto tenho de discordar e, até mesmo, apresentar meu repúdio a esse tipo de manifestação preconceituosa.
    @Miguel Lima

    ResponderExcluir
  23. Miguel Lima
    Discordar de uma coisa não é ser preconceituoso a respeito desta.

    ResponderExcluir
  24. Mulher leva choque em tomada e morre
    Ela tentava ligar a máquina de lavar novamente
    16/01/2010 - 14:51
    EPTV
    http://eptv.globo.com/noticias/noticias_interna.aspx?285014

    Mas acho que a adoção não é só pela segurança. É mais fácil achar quem não teve nenhum tipo de problema do que achar quem teve problema com tomadas. Sem falar no que se faz com as tomadas e plugues. Quem nunca viu um aparelho sem plugue funcionando só com os fios enfiados na tomada? Esse é um dos lados da questão, e é o lado visível ao consumidor.

    Some-se que é bom pros fabricantes que exista um padrão único internacional. Simplifica as coisas pra eles. A ABNT não inventou o padrão.

    ResponderExcluir
  25. depois desse comentário do bob, ainda torço que um dia ele tenha alguem na familia que seja homosexual, quem sabe assim mude essa visão tão anos 50.

    ResponderExcluir
  26. quanto as tomadas de 3 pinos,elas nao evitam que se coloque um aparelho 110v numa tomada de 220v.talvez o inverso seja evitado porque a tomada femea 110v tem furos menores

    ResponderExcluir
  27. Sem falar no nosso padrão de Tv digital que é diferente de todo o resto do mundo, obrigando aos fabricantes a produzir um tipo específico de TV para o Brasil, aumentando assim o preço dos produtos.

    ResponderExcluir
  28. Não resisto, vou comentar.
    Quanto ao padrão de tomadas, ele esta correto tecnicamente falando, mas não precisávamos dele, no processo de escolha deveria ter sido pesquisado qual tomada era a mais comum e mais produzida e assim adotá-la.
    Certamente seria mais econômico e tecnicamente aceitável alem de minimizar a infindáveis gambiarras que estão por ai por toda parte, foi terceiro mundismo esta decisão sim.
    Motor Flex é definitivamente uma jogada comercial, tecnicamente indefensável nunca vi ninguém tentar defender esta solução neste quesito.
    Ate gostaria de ver para ter a oportunidade de destroçá-lo!
    Item 8, união estável homo, pode ser sim legalmente uma união estável para efeitos legais, mas uma família?
    Não, Não pode ser, são séculos de civilização e doutrina religiosa que trouxeram até aqui, se nossos antepassados tivessem sido tão condescendentes com violência e comportamentos sociais em que tipo de civilização nós estaríamos vivendo hoje.
    Garanto-lhes que foram padrões legais e morais bem mais rígidos.
    Acosta

    ResponderExcluir
  29. Mr. Car
    Bem lembrado, o tal kit de primeiros socorros obrigatório. A propósito disso, essa vale a pena contar. Quando a obrigatoriedade caiu eu estava na GM e veio uma ordem da diretoria para retirar os kits de todos os carros de frota, que seriam doados para postos de saúde, creches etc. Me recusei a entregar o meu, pois já que estava lá não tinha nada que tirar, era melhor o estojo no carro do que nada. Deu uma confusão...outros usuários foram na minha e acabou que devolveu quem quis.

    ResponderExcluir
  30. Na minha opinião, a tomada padrão ABNT não passa de uma forma tosca de reserva de mercado. E as gambiarras que serão feitas para permitir o seu uso apresentam mais riscos do que as instalações já existentes.

    ResponderExcluir
  31. Anônimo 23/7 19:10
    Essa história da mulher que morreu ao tentar ligar a lavadora de roupa está malcontada. Falta alguma coisa nessa história. Esse negócio de padrão internacional funciona, mas quando é preciso. Nunca em toda a minha vida (já vou para 69 anos) experimentei qualquer dificuldade ou problema para plugar qualquer equipamento elétrico e duvido que algúem aqui tenha tido também. Sobre padrão, os EUA não têm idioma oficial e o inglês funciona lá muito bem. Muita regra onde não precisa só complica.

    ResponderExcluir
  32. Carlos
    Acontecem coisas aqui que até Deus duvida...Essa de exportar álcool, como se cogitou, é uma delas.

    ResponderExcluir
  33. Paulo Levi
    Isso aí, matou a pau.

    ResponderExcluir
  34. Anônimo 23/7 19:22
    Essa, pode tirar o cavalinho da chuva. Mas mesmo que esse fato altamente improvável acontecesse, eu não mudaria minha opinião sobre uniões homoafetivas, esteja certo disso. E entre concordar com a opinião da Constituição Federal e a do STF, fico com a primeira. lembre-se, foi o mesmo Colégio que não obrigou a extradição de Battisti...

    ResponderExcluir
  35. Antônio Martins
    Sua última frase é perfeita. Concordo plenamente, atrai mesmo.

    ResponderExcluir
  36. O item 5 conta perfeitamente porque que países como Chile, Romênia, Índia, Paquistão e África do Sul contribuem com a ciência e tecnologia muito mais que o Brasil.

    Quanto ao item 4, enquanto o mundo investe no biodiesel (que pode ser obtido de praticamente qualquer fonte e, por ser de origem vegetal, produz CO2 ZERO), o Brasil resolveu investir na cana-de-açúcar, que aqui produz bem por sinal. Resultado: quando os carros flex chegaram ao mercado, o pacote de 5kg de açúcar passou de R$ 2,00 para R$ 10,00, e o saco de milho passou de R$ 10,00 para R$ 35,00.

    O item 2 e o item 7 tem algum fundo de esforço para melhorar a sociedade. O álcool em gel realmente é superior ao álcool 92º quanto à desinfecção (tanto que é até hoje usado em hospitais) e a reforma ortográfica "unificou" a língua portuguesa, de modo que hoje não é necessário mais traduzir documentos portugueses para que estes tenham efeito no Brasil (antes era necessário, por mais bizarro que isso possa parecer!).

    ResponderExcluir
  37. Por "STF" leia-se "Departamento Jurídico do Partido Mensaleiro". O Congresso Nacional já nem serve mais pra nada, já que o Supremo "intertrepa" tudo do jeito que quer... vide na última eleição o caso da necessidade do Título + Documento com Foto. O Partido Mensaleiro (que incentivou a mudança na lei) entrou com uma ADIN 3 dias antes da eleição e o Supremo acatou.

    Assim nenhuma das mudanças na legislação brasielira nunca acontecerá. Entrou com ADIN, o Supremo derruba...

    Quanto á tomada extraterrestre, meu irmão comprou uma grelha elétrica do George Foreman que veio com a dita cuja. Não pudemos testá-la porque não veio com "benjamin", até que eu comprei o adaptador, cujo furo central meu pai teve que limar porque o pino simplesmente não entrava. Como a gambiarra é aprovada pelo burocrata de plantão, tudo bem...

    ResponderExcluir
  38. Anônimo defensor da Deforma ortográfica petralha:

    Então é natural tentar mudar (porque até onde sei a língua é patrimônio da nação e não do Estado, distinção incompreensivel a petralhas) pateticamente a língua de quase 200 milhões de brasileiros por causa de meia dúzia de gatos pingados de Açores, Cabo Verde e outras bocas-de-porco?

    ResponderExcluir
  39. Deveria ter serrado o pino terra da grelha e tudo resolvido. Tenho uma dessas que por ser produzida antes da "padronização" só tem dois pinos - e olha que nunca levei choque!!

    ResponderExcluir
  40. Anônimo das 20:25:

    Eu queria fazê-lo, mas ainda não sabíamos se a porcaria funcionava e ficamos com medo de perder a garantia antes mesmo de ligá-la... :)

    Quando o aparelho vem com a tomada com terra igual a de computador, cortamos com alicate sem problema.

    ResponderExcluir
  41. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  42. bem lembrado o extintor, algo que quero fazer faz tempo, fazer uma adaptação de suporte para um extintor (abc) de 6 kg, no porta-malas, além do original

    ResponderExcluir
  43. faivic,

    Que idéia maravilhosa, instale uns detectores de chama também e uma tubulação em pontos estratégicos para dar vazão a esse extintor do porta-malas! Já imaginou, seu carro não se incendiará nunca mais!
    ;-))))

    Uniblab,
    Bem lembrado o fato da garantia, se desse algum problema depois já iam achar a "causa"

    ResponderExcluir
  44. Faivic,

    Qual a probabilidade que vc acha que existe de seu carro incendiar?

    ResponderExcluir
  45. Anônimo 21:00
    não é carro de rally nem de corrida.

    Blog do Eduardo
    já aconteceu duas vezes, uma no chicote da bateria, bateria foi pro porta-malas, talvez mal aterrado, e outra foi uma das bombas de combustível, nas duas o extintor de brinquedo ajudou, nao sei se seria algo sério, assim que percebi usei o extintor, talvez tenha evitado algo pior.

    ResponderExcluir
  46. Muito bom o texto, mas não concordo com a questão dos "carros Flex".

    Compra quem quer. Quem acha que flex gasta muito, é enganação, é gambiarra, é feio, é bobo, etc., simplesmente não compre.

    O problema, esse sim, é as fábricas não disponibilizarem mais alguns modelos só a gasolina ou só a etanol.

    E completo dizendo que nenhum outro país nesse mundão de Deus tem carros flexíveis em combustível (o que é uma mentira) porque nenhum deles tem tanto espaço ou tão bons condições climáticas para plantar cana e extrair etanol. Se tivessem, certamente o fariam.

    Que mania de achar que tudo que tem lá fora é bom e o que a gente cria aqui é ruim...

    Se o governo proibisse carros flexíveis em combustível aqui no Brasil, praticamente todos aqui diriam: "Olha só o atraso do Brasil e desse governo, onde já se viu eu não poder escolher qual combustível colocar no tanque, sendo que há tecnologias que permitem isso lá nos EUA? Eita brasilzinho atrasado... enquanto isso tenho que ficar aqui e aguentar meu motor se carbonizando e ficando sujo com essa gasolina nossa, sem nem poder colocar etanol de vez em quando para aumentar a potência do motor."

    Pois é.

    ResponderExcluir
  47. Anônimo 23/7 20:16
    Isso se chama patrulhamento. Quem achar melhor álcool gel para limpeza, que compre. O que não pode é obrigar alguém a comprar álcool aguado. Outro dia tentei usar esse álcool para aquecer a calderia de uma miniusina a vapor de brinquedo que tenho e foi impossível. Quanto a traduzir textos de Portugal para cá, devem ser mesmo milhares todo ano...

    ResponderExcluir
  48. apesar de ser proíbido em quase todos os postos se vc pedir pra encher uma garrafa pet de 2L com álcool ou gasolina quase nenhum frentista se nega

    ResponderExcluir
  49. E quantos brasileiros vc viu ligar aquele fio verde conectado à carcaça do refrigerador ou do microondas? E quantos será que foram eletrocutados por não ter a proteção de um aterramento + interruptor DR + disjuntor adequado?

    Tomadas norte-americana não são padrão universal, Já que cada lugar tem o seu. Já viram que coisa estranha é a tomada do Reino Unido? E a alemã?

    No começo eu também era contra as novas tomadas, mas com o tempo mudei minha opinião. Sem contar que até o momento todas que eu peguei tem uma qualidade muito melhor, o contato é sempre mais firme.

    Quanto ao comentário anterior de tomadas com diamêtro menor que outras, não tem relação com a tensão. O que existe é uma tomada para até 10A e outra para até 20A.

    ResponderExcluir
  50. Guilherme
    A "invenção" do carro flex não foi do governo, mas da indústria de autopeças, dentro dos objetivos de venda de produtos (nada conta, bem-entendido) e da indústria sucroalcoleira, que coassinou anúncios do Gol Total Flex em 2003. Queria ver como ficaria se houvesse carros só a gasolina e flex para o consumidor escolher. O consumidor só foi atrás porque em 2003/2004 havia grande vantagem em rodar com álcool em termos de reais x distância, até que se criasse o hábito e aí, tome aumento de preço injustificado, como vimos observando. E os carros flex pioraram quando com gasolina em relação aos só a gasolina. Lembre-se, carro flex foi criado nos EUA no início da década de 1990 para que o consumidor pudesse rodar caso não encontrasse álcool E85. Não foi para substituição de combustível, como ocorreu aqui.

    ResponderExcluir
  51. no meu específico caso, carro movido a álcool (etanol, que xique) continua sendo bom negócio, se é que o limite é 1,80. já estou pagando 1,79. mas compensa, como dizia o outro "faz parte", não vou mudar tudo pra gasolina

    ResponderExcluir
  52. Parabéns pela força de caráter Bob! Ótimo post.

    ResponderExcluir
  53. Essa do álcool é ridícula, só sendo muito idiota mesmo para proibir álcool 92º, das coisas criticadas ai eu só defendo o extintor de incêndio e o seguro obrigatório, mas eu defendo é que não devemos pagar todo ano pelo seguro obrigatório e sim o governo que já arrecada tanto com outros tantos impostos que parece não nos retornar serviços.

    ResponderExcluir
  54. Pai do Bitu23/07/11 23:26

    Bob, eu sou do tempo em que fumar era bonito e dar a bunda era feio.


    A família sempre foi a base da sociedade: pai, mãe, filhos. Não contentes com a degradação hodierna do núcleo familiar (criada principalmente pelo trabalho feminino) agora dois pederastas já são considerados família.


    O fim dos tempos nos mostra que tudo é cíclico, vivemos uma nova Sodoma e Gomorra: o castigo virá a cavalo e em breve tudo voltará ao normal.

    ResponderExcluir
  55. parabéns pelo post. Só discordei da opinião do autor do slide quanto ao roger, que por coincidencia ou não, quando li estava ouvindo justamente ultraje a rigor.

    ResponderExcluir
  56. faivic,
    "Compensa" rodar no álcool em compensação ao consumo que o seu FLEX faz na gasolina, certo?
    Agora, bote aí que o não-flex é uns 10% mais eficiente do que o seu na gasolina, e refaça os cálculos. Cuidado pra não chorar de desgosto, pois homem chorando é feio.

    No mais, concordo com TUDO que o Bob Sharp citou.
    Muita IMBECILIDADE, é muita gente que não entende de PN querendo mandar, só pela folia de mandar. Cargos de "presente" pro "companheiro", e lá vem a galerinha fazer besteira.

    ResponderExcluir
  57. Bob, discordo totalmente quanto ao lance das tomadas. Vou escrever um texto grande, nao tem outro jeito.

    - Não é invenção Brasileira. Foi um padrão desenvolvido lá fora, com o apoio do Brasil na tentativa de se padronizar as tomadas em todo mundo. Nem todos ainda mudaram, no entanto.

    - Varios outros padrões de tomada não são intercompatíveis. Porque só o Brasil é ruim?

    - Os plugues americanos não são intercompatíveis coisa nenhuma! 10 segundos de google falseiam essa informação. As tomadas americanas são incompatíveis com toda europa!

    Usávamos aqui no Brasil um modelo de tomada universal que nem sempre empregava o terceiro pino e que nem sempre o pino chato fazia a diferenciação de tamanhos entre fase e neutro (um pino maior que o outro) o que necessitava de adaptador.

    Além disso, alguns aparelhos que puxam muita corrente, como máquinas de lavar, vinham com um pino semelhante ao Australiano (uma brastemp aqui em casa comparada em 2003 era assim) o que exigia troca de tomada - ou adaptador, bastante inseguro nesse caso.

    Você disse que que nos EUA não existe padrão. Ok, talvez porque não precise! Não exista tomada lá que seja necessário o uso de adaptador, ao contrário do Brasil! A regra aqui foi necessária pois o mercado não se regulou!

    Além disso, o padrão é muito mais seguro que os anteriores, um fato muito importante é a tomada dimensionada para grandes correntes. Uma casa que tem a instalação sob os padrões, que agora são MUITO mais simples e unificados, nunca terá problema de superaquecimento das tomadas, como antes.

    Tomada para 10A, só aceita aparelhos que consumam até 10A. tomada para até 20A, aceita plugues de 10A ou 20A. Fantástico.

    Toda essa choradeira é de começo. O padrão, de início incomoda pois exige adaptação. Eu também era radicalmente contra. Preferiria o padrão Americano também. Usando vez ou outra as tomadas novas, vi como é melhor.
    Logo logo, só teremos uma tomada e ninguém mais lembrará disso.
    Desde sempre a indústria de aparelhos eletrônicos teve que fazer um padrão para cada país. Agora temos o nosso, qual o problema?

    Desculpe a sinceridade, mas esse texto faz parecer que o Brasil é o pior lugar do mundo e não é assim. Será que tudo aqui é tão ruim assim?
    Talvez quem pense isso deva se mudar. A vida é muito curta para passarmos num lugar onde só conseguimos ver defeito.

    ResponderExcluir
  58. Ah, e o padrão foi aberto para votação. Era só ter feito o cadastro na ABNT e votar...

    ResponderExcluir
  59. Não consigo entender porque não fazem carros turbo flex, melhoraria muito o rendimento com os dois combustíveis, afinal, o problema é a taxa de compressão ótima para cada um deles ser diferente e o turbo resolveria isso. Qual o motivo de ninguém ter feito isso, Bob?

    ResponderExcluir
  60. "Blog do Eduardo", nosso padrão de TV digital é muito superior ao americano e europeu. Nosso padrão é o japonês com algumas melhorias. Tanto é que já foi ventilado que o Japão pensa em fazer um upgrade no deles...

    Comprimimos vídeo em MPEG4 com o codec H.264 que é um padrão da indústria HD, ao invés do MPEG 2 que usa-se no japonês.

    Além disso, o padrão criando pois nós não é usado apenas aqui e sim em 88% da américa latina! Não há problema nenhum de alto preço. Um adaptador USB para TV digital custa uma merreca!

    Ê mania de achar que tudo que é brasileiro é ruim!!!!!!

    ResponderExcluir
  61. Discordar de uma coisa não é ser preconceituoso a respeito desta. [2]

    Se isso é um país 'livre', porque sou obrigado a concordar com isso? Uma coisa é ser preconceituoso, outra é ter opinião própria.

    ResponderExcluir
  62. Prezado Caio Ferrari;

    Esse negocio das tomadas de tres pplugues é uma invenção brasileira para alguém ganhar dinheiro.

    Que inventem normas para as tomadas e plugues inventem mas fiscalizem para que estes aguentem o rojão do aumento constante de cargas, que passem a aguentar 5, 10 ou 20 A. Mas não precisa deixar diferente apenas para fazer o povo de idiota.

    Abertura para consulta publica...Você por acaso viu alguma chamada para tal? Eu nunca vi.

    Não sei qual é a sua atividade economica, mas a minha era a agricultura. E ainda é uma das menos reguladas por cartorios com poderes publicos e controlados por alguns poucos agentes particulares.

    A ABNT até pouco tempo atrás se intitulava uma instituição privada de interesse publico (?????????) e o diota do povo tem qiue dizer amém a essa corja de safados que anualmente muda algum paragrafo da norma tecnica para obrigar uma porção de empresas a sair comprando normas e ai sustentar esse povo. Era preferivel nao ter ABNT e vivermos no liberalismo de Adam Smith sem qualquer regulação.

    E arrematando o seu comentário maniqueista, analogo ao adesivo "Brasil, Ame ou deixe-o" em voga nos anos 70 sobre o Brasil ser o pior lugar do mundo para se viver, o ponto central da coisa é o seguinte:

    O Brasileiro, apesar dos impostos, dos oligopolios, das altas taxas de juros, da corrupcão, da ABNT, da falta de infra-estrutura, da educacao tecnica e formal da mao de obra, do desemprego, dos encargos, de tudo, o brasileiro é empreendedor e capaz, e consegue inovar e criar, investindo e crescendo.

    Se essas dificuldades acima citadas nao existissem, não existira China, nem Estados Unidos nem europa, o mundo seria BRASIL pois eu divido que qualquer outro povo seja mais criativo que o Brasileiro...tanto para o bem quanto para o mal...

    ResponderExcluir
  63. Bob;

    Excelente artigo! Excelente post!

    Concordo com TODAS as aberrações descritas no post. ABSOLUTAMENTE TODAS!

    Inclusive a da TV Pal M que só servia para encher a paciencia.

    ResponderExcluir
  64. Prezado Caio Ferrari

    Geralmente considero seus comentários muito sensatos, tanto aqui quanto no finado Blog do PCG (que descanse em paz...), mas defender a tomada extraterrestre com tanto esmero me decepcionou... :)

    Usávamos aqui no Brasil um modelo de tomada universal que nem sempre empregava o terceiro pino e que nem sempre o pino chato fazia a diferenciação de tamanhos entre fase e neutro (um pino maior que o outro) o que necessitava de adaptador.
    Ummmm...não me parece verdade. Nunca tive problema em achar facilmente, tanto em minha casa quanto na dos outros, uma tomada com os dois buracos chatos de tamanhos diferentes.

    Além disso, alguns aparelhos que puxam muita corrente, como máquinas de lavar, vinham com um pino semelhante ao Australiano (uma brastemp aqui em casa comparada em 2003 era assim) o que exigia troca de tomada - ou adaptador, bastante inseguro nesse caso.

    Aqui em casa a lavadora de roupas e a lava-louça tem esse tipo de tomada, que presumo ser aquela com três pinos chatos sendo que dois deles ficam na diagonal. Como ambas são 220v e ficam fixas, meu pai trocou as duas tomadas pelo tipo certo, não as da casa inteira e mais as dos outros aparelhos...

    Tomada para 10A, só aceita aparelhos que consumam até 10A. tomada para até 20A, aceita plugues de 10A ou 20A. Fantástico.

    Essa foi demais. Um aquecedor mais antigo, por exemplo, só poderá ser ligado no cômodo onde haja a respectiva tomada, como se fosse prossível combinar onde passar frio... :)

    Para não ser injusto, a única coisa que me parece boa nessa tomada é o fato dos furos na parede serem recuados para não dar choque em crianças com facilidade, mas só isso não justifica empurrá-la goela abaixo de todo mundo.

    ResponderExcluir
  65. Uniblab,

    Cargas com corrente superior a 10A devem ter circuito específico para ela.

    ResponderExcluir
  66. Danniel

    Tudo bem. O que quero dizer é pra quê trocar o padrão de todas as tomadas do Brasil inteiro só porque alguns aparelhos precisam de tomadas dedicadas?

    ResponderExcluir
  67. Uniblab, você é do PCG? rsrsrs

    Havia sim a tomada com os pinos chatos do mesmo tamanho. Veja aqui um exemplo!
    http://www.melhoresvideoaulas.com/mva/images/stories/humor/nova-tomada-brasileira.jpg

    Não lembro de ninguém ir na mídia reclamar de ter que usar adaptadores...

    Essa foi demais. Um aquecedor mais antigo, por exemplo, só poderá ser ligado no cômodo onde haja a respectiva tomada, como se fosse prossível combinar onde passar frio... :)
    Ora, cuidado com o sarcasmo, meu caro.
    Um aquecedor só poderá ser ligado na tomada cuja fiação está apta a suportar a corrente que ele consome! Isto lhe parece absurdo?
    Em muitas tomadas atuais, a especificação é para no máximo 10A. Algumas 15A, não lembro bem.
    E você, todo feliz, liga seu aquecedor nessa tomada e... além de aquecer o cômodo, aquece a tomada e sua fiação.

    Uma instalação que segue os padrões, só terá essa tomada instalada caso a fiação suporte tal corrente. Portanto, um método totalmente seguro (para não dizer anti burro) de se ferrar sua instalação elétrica.
    Foi uma pena eu não ter tirado uma foto do fio da tomada na casa da minha vó, totalmente derretido. Nesta tomada, ela ligava seu aspirador de pó, um GE de 1400W e reclamava que a tomada saía meio quente...

    ResponderExcluir
  68. Aliás, essas tomadas "pegaram" de fato? Alguém trocou todas as tomadas da casa por essas? Casas novas estão usando somente tomadas desse tipo?

    Será que o governo está empurrando as tomadas para as casas do "Minha Casa Minha Dívida"? Ou será mais uma invencionice brasileira natimorta?

    ResponderExcluir
  69. Uniblab, dei vários exemplos explicando o porque do padrão. Você se apegou em apenas um.
    Os EUA tem o padrão deles, a Alemanha tem o deles, etc etc etc. Agora o Brasil tem o seu.

    E mais, sejamos realistas. Quem aqui teve que trocar as tomadas "da casa inteira"? Do jeito que falam, parece que há fiscais da ABNT batendo de porta em porta autuando quem não está com a tomada nova. rsrsrs

    A grande maioria dos aparelhos são de tomadas 2 pinos, compatíveis com o padrão antigo!!!!!!!! Apenas as tomadas 3 pinos exigem adaptação!
    E as tomadas NEMA, usadas em computadores, também exigiam adaptadores pois a maioria das casas não tinham a tomada com o pino de terra. Ou o pessoal comprava adaptador, ou colocava um "benjamin" fino onde desse para deixar o terceiro pino para fora.

    Moral da história? Muita choradeira, por muito pouco!!!

    ResponderExcluir
  70. Prezado Caio Ferrari

    Então sei lá... A fiação da minha casa deve ter sido superdimensionada ou algo do tipo, porque sempre ligamos aquecedor elétrico, aspirador, até ferro de passar em praticament todas as tomadas da casa sem problemas visíveis...

    Mesmo assim ainda não acho que seja necessário o governo nos empurrar tomadas "à prova de retardados" só por causa disso.

    ResponderExcluir
  71. Preconceito, como diz a palavra, é ter um pré-conceito a respeito de algo. É ter uma opinião formada a respeito de algo antes de ser averiguado. Por exemplo, se eu vejo uma pessoa obesa e penso: O cara come muito. Eu estou tendo uma pré-conceito de que o cara é comilão. Se eu vejo um gay e penso: O cara é mau caráter. Eu estou tendo um pré-conceito. Agora alguém dizer: Não concordo que 2 gays adotem uma criança. Isso não é pré-conceito. Isso é uma opinião que todos podem ter. O fato de alguém ser gay não quer dizer que não possa ser um excelente profissional, não significa que não possa ser uma boa pessoa, um bom filho, mas daí a achar normal 2 gays adotarem uma criança tem uma enorme distância. Embora concorde sim, que eles podem dar muito mais amor e melhores condições do que muito casal normal, mas não é o normal de uma família, não o normal da natureza. A dúvida: Um casal vai querer que seu filho aos 14 anos saia com uma garota ou um garoto? Parece que hoje não se pode falar nada sobre gays que seja contrário a opinião deles, tudo é homofobia. Tem que lançar a heterofobia. Outra coisa. Tão querendo ensinar às crianças que ser ou não gay é uma simples questap de escolha. Tipo, quando crescer vou servir exercito ou não, vou ser fumante ou não, etc.

    ResponderExcluir
  72. Ah, Caião...

    Na tomada de computador só põe adaptador quem quer. É só cortar o pino redondo com um alicate pois os outros dois servem normalmente. Na tomada extraterrestre não dá pois os pinos são completamente diferentes.

    É a ABNT querendo nos arrastar kicking and screaming para o mundo encantado das tomadas perfeitas... :)

    ResponderExcluir
  73. A tomada da minha avó também não tinha problemas visíveis, até eu abrir. Claro que a fiação da sua casa pode ter sido superdimensionada. O que é bom!
    Não vejo problema em termos um padrão, que como você mesmo citou, tem vantagens de segurança. Antes não tínhamos padrão nenhum.
    Ninguém está sendo obrigado a trocar nada, só está sendo obrigado a comprar tomadas no nosso padrão caso vá até a loja comprar uma tomada. Coisa que acontece em qualquer país.
    Visitei um monte de lojas de elétrica nos EUA e não vi nenhuma tomada em outro padrão, sendo isso uma lei ou não.
    Tão logo esse padrão for estabelecido aqui, não teremos mais problema nenhum com adaptadores de nada. Assim como países que possuem um padrão próprio.

    ResponderExcluir
  74. Cara, cortar o Terra??????
    Ta vendo porque eu apoio a tomada extraterreste???
    rsrsrsrsrsrsrsrs

    Quando você comprar um equipamento novo que haja o terra, pode fazer essa gambiarra também com o terra, ela será compatível não só com o padrão novo como o antigo (híbrido) também. Fique tranquilo.

    ResponderExcluir
  75. O problema das tomadas é que agora residencia nenhuma ganha "habite-se" se não tiver essas dejetos elétricos na parede.

    Com relacão a segurança....isso é tão relativo!!!! O mundo inteiro emprega corrente alternada 50/60Hz exatamten para a mnao do individuo não ficar grudada no caso de um choque elétrico. É exatamente para dar o "coice" quando se toma o choque.

    E outra cosia: Qual a vantagem do terceiro pino? É o terra? Sempre aprendi com diversos engenheiros civis, eletricos e mesmo eletricistas formados na escola da vida que uma casa com um aterramento da rede eletrica mal feita é muitissimo pior do que outra sem nenhum aterramento.

    Thomas Edson tentou introduzir o sistema de corrente contínua nos Estados Unidos mas por questoes de segurança nao foi aceito.

    O CREA, a ABNT etc etc, tem tanta coisa mais importante a fazer do que criar um pino a mais em tomadas...a primeira delas seria impedir que se fizessem casas com chuveiros eletricos em 110V, uma verdadeira aberraçao e desperdicio de energia.

    ResponderExcluir
  76. Ué, se a tomada, além de não ter o buraco redondo também não for aterrada, qual o problema em cortar o pino do terra, oras?

    Se todas as tomadas extraterrestres forem aterradas, ótimo, mas aí o mérito é de quem aterrou, não do tipo de tomada per se.

    ResponderExcluir
  77. Marcelo Junji24/07/11 01:27

    Minhas humildes opiniões: Acho que todos nós autoentusiastas sempre desejamos produtos (qualquer tipo) com melhores características técnicas, então o novo padrão de tomadas sem dúvidas é melhor.
    O álcool 96 foi proibido para uso doméstico, devido a alta incidência de queimaduras em crianças, então me parece justa a proibição.
    Nem todos fazem seguro total, então é melhor que exista o seguro obrigatório, e se existe uma máfia que saca esse dinheiro, aí são outros quinhentos.
    Acho bom termos a opção do carro flex, já que não dá para saber o que os ditadores do Oriente Médio vão aprontar, e se as petroleiras vão encontrar novas jazidas de petróleo pelo mundo.
    Será que os indianos gênios da casta mais baixa(sofrem o bulling desde o nascimento)são descobertos? Pois acho que nem frequentam escola. E aqui no Brasil ocorre situação semelhante, em que os mais pobres têm muito menos chance de se dar bem na vida, e estes também sofrem de outro tipo de bulling que é o social, restando para eles, a chance de serem bons de bola.
    O sistema Pal-M, é tecnicamente superior ao Ntsc, então estamos em vantagem, e o nosso sistema digital também é o melhor. Nós autoentusiastas, devido ao nosso perfil, deveríamos estar felizes com os nossos sistemas.
    A reforma ortográfica, realmente não deveria ter sido feita.
    Quando um casal hétero separam-se, os filhos tem o direito de escolher se ficará com o pai ou com a mãe. E se uma criança muito nova for adotada por dois pais ou duas mães gays,não terá tido o direito de escolher se queria dois pais ou duas mães, e ainda poderá ter problemas de ordem psicológicas.
    Se tivéssemos a gasolina com menor teor de álcool, além do preço desta não sofrer variação devido aos usineiros, os carros seriam mais economicos.
    Realmente um só extintor é pouco, mais como já vi alguns carros sendo apagados com a ajuda de várias outras pessoas que foram solidárias, usando o extintores de seus carros, acho esse ítem importante, mas deveria ter a sua fixação normatizada para não ocorrer o risco de sair voando numa batida.
    Acho que em algumas coisas nós somos felizes sem saber.

    ResponderExcluir
  78. Caio Ferrari, sobre o padrão de TV Digital, realmente ele é excelente tecnicamente. Mesmo apesar de algumas decisões do governo, que não deixam seu potencial ser totalmente explorado (como a restrição à multiprogramação).

    Mas repito que dessa vez tivemos sorte de ele ter sido adotado em outros países. Caso contrário teríamos ficado tão "ilhados" quanto no tempo do PAL-M. Isso sem falar em propostas que existiram (antes da definição do padrão) de se criar um padrão brasileiro "do zero" em vez de evoluir a partir do ISDB japonês...

    E falando em tomadas brasileiras, uma coisa tosca é aquele plug gigante de telefone "padrão telebrás"!

    Sobre extintor, talvez devesse ser opcional, e vir instalado no porta-malas.

    Sobre gays, o anônimo das 24/07/11 00:54, disse tudo.

    Mais alguns anacronismos brasileiros, relacionados a automóveis:
    - Comprar carro só pensando em revenda
    - Se o mecânico boca-de-porco da esquina não souber consertar um carro X, isso significar que o carro é ruim, e não o mecânico! (vai de carona nisso o preconceito contra certas marcas, contra motores 16V, etc)

    ResponderExcluir
  79. WTF?
    Como já disse, quando o assunto sai muito do tema carros e trânsito descamba de vez.
    A união civil homossexual e a adoção de crianças por estes casais é cada vez mais adotada no mundo todo, principalmente pelos países mais ricos e com melhor IDH que, diga-se, estão cada vez mais livres das amarras mentais e das vendas (tapas ou viseiras) dogmáticas anacrônicas das religiões.

    "mas não é o normal de uma família, não o normal da natureza."

    Normal refere-se ao que é estipulado em normas, sejam escritas ou tácitas. Há poucas décadas, mulheres não podiam usar calças e muito menos votar. (!!!)

    Existem centenas de espécies animais onde há homossexualismo. O que é mais natural que isto?


    Assistam a estes vídeos e tentem contra-argumentar RACIONALMENTE.

    http://www.youtube.com/watch?v=1qozUIF-TN4

    http://www.youtube.com/watch?v=0aDBSGrvsis

    Quanto aos demais itens concordo em gênero, número e grau.

    ResponderExcluir
  80. Anônimo que estava acordado as 4:28 da manhã disse:

    "Existem centenas de espécies animais onde há homossexualismo. O que é mais natural que isto?"

    Existem espécies de animais que cruzam com filhos e que cruzam com outros na fase da "infância".

    Sejamos a favor do incesto e da pedofilia, então!

    ResponderExcluir
  81. Caio, vc não era do MacMagazine/MacPress?

    Aqui em casa ainda não precisei trocar nenhuma tomada por conta de tomadas novas tripolares, mas volta e meia coloco uma nova porque o antigo dono instalou tomadas da inFAME que precisam ser seguradas com um toco de madeira pra poder dar contato...

    Nesse caso se o aparelho não encaixar na tomada (tomada NEMA, ou algum formato bizarro usado nos anos 80/90) eu corto o plug velho e instalo um novo.

    ResponderExcluir
  82. Extintor de incêndio realmente é uma coisa inútil, assim como as tomadas de 3 pinos, elas deveriam ser apenas com o rebaixo, para não ficar pino exposto, mas 3 pinos pra que?
    Sobre seguro obrigatório, o que acho cômico e sádico, é eu ser obrigado a pagá-lo, porém seguro convencional privado contra batidas e roubo, não consigo fazê-lo, simplesmente porquê nenhuma seguradora faz seguro do meu Mille 1997.
    Oras, dão mil desculpas para não realizá-lo, mas pra mim soa: Bom, seguro é em torno de 4% do valor do veículo(para mais ou para menos porque se você tem 20 ano, isso seja o dobro), então 4% em um carro que custe R$10000,00 não dê tanto lucro a eles...
    Cadê o governo para proteger o consumidor nessas horas?

    ResponderExcluir
  83. Sem querer tomar partido, a mudança das tomadas de 3 pinos é um mal necessário. Calculo que o
    3º pino tem dupla função, irá melhorar o ajuste da na conecção evitando os maus contatos e aquecimentos no mesmo. Pelo 3º deverá estar ligado um fio de aterramento, aquele fio que parte de hastes gravada no solo com uma resistencia OHMICA bem proximo de 20 OHMS, e que irá em todas as tomadas para proteger os aparelhos eletrônicos de surtos =[ raios, descargas atmosfericas] que caem nas redes de distribuições. Você só sente a sua necessidade quanto já é meio tarde, os aparelhos já queimaram.

    ResponderExcluir
  84. Entre outros absurdos não dá para deixar de comentar sobre o padrão das tomadas, que é o pior de todos, se investigarem vão ver que os os fabricantes de tomadas, com os lucros absurdos, devem estar enchendo os cofres de campanhas dos políticos que aprovaram isso.
    O argumento de segurança é o mais furado que já vi, já que os acidentes não acontecem quando se está colocando ou tirando o plugue na tomada, mas quando a criança pega um objeto metálico qualquer (caneta, clips, etc.) e enfia no furo de contato, que em todos os modelos sempre é aberto.
    No mesmo nível desse, só a reforma ortográfica, que também deve eleger mais alguns.
    Isso acontece por causa da qualidade de quem faz as leis, gente incapaz de entender os raciocínios mais simples como por exemplo, ler e escrever, quanto mais compreender um texto ou entender algo mais técnico.

    ResponderExcluir
  85. Caio Ferrari
    O ponto é: não precisava mudar. Como estava tudo fucionava bem, ninguém tinha problema. A mudança só veio para encher o saco de todo mundo.

    ResponderExcluir
  86. Complementando a questão das tomadas, na prática o que vai acontecer, é que a segurança que deveria ser melhorada, vai piorar muito, porque é muita ingenuidade não saber que o número de "adaptações" e gambiarras vai aumentar muito porque as pessoas vão tentar não trocar as tomadas atuais de suas casas, ou porque não querem ou porque não podem.

    ResponderExcluir
  87. Não Bob, não estava tudo bem.
    Éramos um dos poucos países sem um padrão de tomadas, e haviam equipamentos de uso doméstico com plugues esquisitos.
    Hoje são padronizados, temos a tomada de alta corrente que é compatível com a de baixa corrente.
    Só melhorou! Porque não mudar?

    Encher o saco não enche. Já disse, a quantidade de problemas que essa tomada trouxe é igual ou menor ao que ALGUNS tinham antes ao tentar plugar nossos computadores com tomada padrão NEMA na tomada brasileira, sem terra.

    Dado que não encheu o saco de todo mundo, ser resistente a mudança é pura ranhetice. Pode ler aqui, 90% dos argumentos são vazios, fracos e estão repetindo o que já ouviram sem ter lido e pesquisado sobre o assunto.

    Não é porque você nunca teve problemas em sua casa que estava tudo bem.

    Alguns argumentos aqui me lembra o dos mecânicos, resistentes a injeção eletronica. O carro não funcionava com carburador? Pra quê mudar?

    ResponderExcluir
  88. Nunca, nunca tive problemas com tomadas. Seria interessante, sim padronizar a altura dos parachoques de TODOS os carros.

    ResponderExcluir
  89. Eu nunca tive gambiarras em minha casa, mas hoje tenho de montão.
    Só para instalar minha nova máquina de lavar, precisei chamar um técnico que me cobrou R$ 150,00 e colocou na dita cuja pelo menos duas adaptações e depois é para concordar com esse novo sistema?
    Se tudo o que fosse bom para os especialistas fosse bom para os consumidores, vocês não acham que nossos aparelhos eletrônicos seriam mais fáceis de manusear? Meu próprio notebook tem um monte de coisas que não uso, só porque preciso de alguns programas e esses
    que nunca utilizarei vem agregados. Pago pelo que não uso.
    Ah! Estava esquecendo que agora para ligar meu notebook na energia elétrica eu necessito de duas gabiarras...E tem gente que diz que isso é bom. Lorotas...

    ResponderExcluir
  90. Caio Ferrari,
    Concordo neste caso.

    Padronização de aterramento elétrico é muito importante principalmente para computadores sem fonte externa - pcs. Terra estabiliza corrente, remove ruídos de linha entre outros e prolonga a vida útil de equipamentos digitais.

    Talvez o André Dantas fosse "o cara" pra comentar isso aqui.

    - Osmar Fipi

    ResponderExcluir
  91. Sobre o padrão de tomadas apenas a pinagem "exclusiva tupiniquim" é que acho uma besteira.

    Mas aterramento e contatos "afundados" para evitar faísca são uma boa solução, inclusive para lugares onde há falta de fornecimento intermitente - ABC Paulista por exemplo.

    Quem nunca teve problemas com tomadas tudo bem. Apenas considere quem tem problemas... é necessária uma visão mais ampla e acho que nenhum de nós por aqui tem um panorama "elétrico" do país pra dar pitaco nisso...

    - Osmar Fipi

    ResponderExcluir
  92. CCN 1410,

    "Se tudo o que fosse bom para os especialistas fosse bom para os consumidores, vocês não acham que nossos aparelhos eletrônicos seriam mais fáceis de manusear?".

    Entende agora porque existe carros pra "não-entusiastas"?

    Porque há pessoas que pensam o carro justamente como você pensa sua máquina de lavar. Imagine se eu tivesse que saber tudo de máquina de lavar no nível que todo mundo aqui acha que deve-se saber sobre carros?

    Contra-senso.

    - Osmar Fipi

    ResponderExcluir
  93. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  94. CCN1410, você não sabe trocar uma tomada?
    Meus pêsames. Se te cobraram R$150,00 para fazer isso, e segundo você, ainda precisou de adaptadores, sinto lhe dizer mas você foi ludibriado.

    O antes e o depois:
    http://www.inmetro.gov.br/qualidade/pluguestomadas/img/perguntas5.jpg

    E não precisava mudar? A vá.

    ResponderExcluir
  95. Não é porque você nunca teve problemas em sua casa que estava tudo bem.

    Ah Caião...argumentinho porco, hein. Da mesma forma, "Não é porque você TEVE problemas na sua casa que NÃO ESTAVA tudo bem PARA O RESTO DO BRASIL".

    Afirmações desse tipo não levam a nada...

    ResponderExcluir
  96. PLUGUES E TOMADAS:

    O grande problema é a baixissima qualidade dos atuais plugues e tomadas vendidas nesta terra.

    O pessoal da ABNT (instituição publica de direito privado - só mesmo no Brasil) não deveria inventar um padrão novo. Deveria normatizar a qualidade dos atuais plugues e tomadas vendidos no pais.

    Na casa dos meus pais, utiliza-se os atuais plugues e tomadas pre ABNT (todos da marca PIAL de primeira linha) e todos dão contato perfeitamente, não esquentam e o sistema tem quase 35 anos de uso.

    SISTEMA PAL-M:

    Foi criado no pais como forma de reserva de mercado e não por ser o melhor.

    Indiscutivelmente o PAL-M é superior ao NTSC americano mas o sistema foi colocado no Brasil para garantir que as televisões fossem produzidas no pais e não viessem miolos importados com caixa nacional.

    Com o fim da reserva de mercado, ficamos reféns de adaptadores, transcoders pois a TV brasileira era toda PAL-M e a ultima geração de TV's, videos, filmadoras eram NTSC. Bingo! Parabéns ao Brasil! Ficamos defasados tecnologicamente por empregarmos o sistema mais "avançado" de cores do mundo!

    E para quem acha isso ridiculo, lembrem-se dos videos BetaMax da Sony: Infinitamente superior ao VHS da JVC foi um fiasco comercial pois nao havia nem aparelho nem conteudo para rodar nos Avançadissimos videos da gigante japonesa

    CARRO FLEX:

    Feito para defender o consumidor brasileiro do oportunismo do setor sucroalcoleiro e não do humor oscilante dos árabes.

    A memoria do Brasileiro é curta: Em 1990, a falta de etanol obrigou o governo brasileiro a importar METANOL da Russia e aumentar para mais de 10% o porcentual de gasolina no álcool, de forma que ficamos com um supercomustivel composto de Etanol+Metanol+Gasolina (Bob, faz um post sobre isso para mostrar a galera o que foi esse inferno - que chegou até matar gente pois comerciantes inescrupulosos fizeram o bombeirinho, bebida que ao inves de utilizar cachaça, era combiustivel de carro)

    Flexivel é para defender consumidor de usineiro e não de árabe. E indexar o preço do álcool a 70% do preço da gasolina.

    O problema é que quando o álcool estiver barato, o pessoal subirá o preco do etanol e de quebra forçará a gasolina para poder manter a relação de 70%

    E quem duvidar do que estou falando, leia um livro chamado "Microeconomia" de Robert Pindck e Daniel Rubinfeld. Aprendam, leiam pois o que está lea, os economistas da UNICA já sabem de cabeça....

    ResponderExcluir
  97. O que eu mais gosto nos blogs é que os comentários expõem a verdadeira face do brasileiro.

    Considerando o que vejo por aí, estamos mesmo fodidos. Talvez seja melhor mudar para uma ilha deserta e viver de amor, caça e pesca.

    ResponderExcluir
  98. Estou com o pai do Bitu, rsrsrsrs
    Quanto ao extintor de incendio, por que não?

    ResponderExcluir
  99. Caio
    Estava acordado por motivos que não me cabem explicar e não interessariam a você. Será que formou juizo de valor a meu respeito por causa disto?

    Quero dizer que gênios como pa$tore$ evangélicos e padres pedófilos (entre outros) argumentam que homossexualismo é "safadeza" por supostamente ser uma escolha do indivíduo. Só que é sabido que tanto o ser humano como animais tem seu comportamento sexual ditado principalmente pelos genes, ou seja, é da natureza de cada um.

    Se eu só sinto atração por mulheres não foi porque eu escolhi isso, é porque é intrínseco a mim. O gosto por carros é uma ESCOLHA porque é cultural, baseado em experiência, estímulos, etc.

    São justamente eles, padres, pastores e afins, que querem usar a natureza como referência para tudo, mas se esquecem que o ser humano, ao contrário dos animais, é inteligente, racional e cultural. Nunca veremos animais criando arte, construindo prédios ou indo à Lua.

    Me espanta ver que um blog tão frequentado por engenheiros (que são conservadores no geral, é verdade) e técnicos, onde deveria predominar a RAZÃO, seja tomado por argumentos baseados em religião e em normas morais e sociais ultrapassadas, que estavam inseridas numa realidade totalmente diversa da nossa.

    Sobre as tomadas, só pelo transtorno e pela "solução jabuticaba" nem deveriam ter sido cogitadas.

    ResponderExcluir
  100. Recebi hoje no e-mail:
    "Máxima para meditação
    Uma das poucas coisas boas de ser mais velho é poder dizer que “sou do tempo em que fumar era bonito e dar o c* era feio; hoje, fumar é feio e dar o c* é bonito” ! "
    Não pratico e nunca pratiquei nenhum dos atos citados, mas como todos que são a favor dos dois podem se espressar, acredito que os contrarios tambem podem!
    Vamos iniciar a campanha pelo dia do orgulho HETERO!
    Dois homens ou duas mulheres com uma criança? Se posicionem no lugar da criança.
    Tenho amigos homosexuais, logo não sou homofobico. Concordo com o post totalmente.

    ResponderExcluir
  101. Que tipo de musica os filhos de dois pais ou duas mães vão contar em suas bandas?

    ResponderExcluir
  102. Caro Caio Ferrari, eu não tenho o hábito de trocar tomadas, resistência de chuveiro ou mexer em qualquer objeto elétrico. Já vi muito bicudo morrer eletrocutado por querer ser o sabe tudo.
    Quando contruí minha casa, contratei especialistas da melhor qualidade para fazer a instalação eletro-hidráulica, porque sei que são os campeões em problemas de uma residência.
    Se você entende muito de instalações elétricas, parabéns, mas tenha em mente que se você é bom em alguma coisa, outras pessoas são muito melhores que você em outras. Por isso sempre é preciso respeitar as dificuldades e opiniões dos outros.
    Mas tudo bem garotão, você ainda tem muito caminho pela frente e muito aprendizado também. Siga em frente e quem sabe um dia você melhora.

    ResponderExcluir
  103. Acredito que todos repararam que quase tudo partiu de um só lugar, BRASILIA....................onde tem político da nisso,merda atrás de merda............
    Reparem também que em sua grande maioria, os políticos não vão ter enfrentar as dificuldades que um cidadão comum vai enfrentar,na verdade em sua maioria vão se beneficiar,então tá tudo bem!

    ResponderExcluir
  104. Leonardo
    Concordo com você. E olha que aqui nem é o G1 com o bando de adolescentes e semianalfabetos comentando. Isto aqui é quase uma nata intelectual da blogosfera, imagine só. Estamos f... mesmo.

    ResponderExcluir
  105. Como a criança se sente? Pergunte a elas, garanto que são tão felizes (ou não) como qualquer outra criança. Conheço pessoas criadas por homossexuais que são totalmente bem resolvidas.
    Quanto à música não tem problema, pois muitos dos cantores e músicos são gays ou bissexuais (o Roger, por exemplo).

    ResponderExcluir
  106. Caio Ferrari
    Desculpe, mas os problemas que você afirma nunca existiram a ponto de ser necessário criar essa autêntica bagunça que incomodou e incomodará todo mundo por muito tempo. Coisa de gente que não tem o que fazer e toca a criar normas e regras. Não conheço um caso sequer de problema com as tomadas e plugues antigos. Foi como o Conselho Nacional do Petróleo, que aumentou o teor de etanol na gasolina para 22% sem considerar os carros calibrados para até 10%. Como eu tenho dito, o Brasil tem o dom de lutar contra ele mesmo.

    ResponderExcluir
  107. Quanto ao "anônimo" defensor da sodomia, já sabemos de quemse trata...

    Aliás, por que esse tipinho não vai comentar entre os seus lá na "esgotosfera" e pára de nos encher o saco aqui?...

    ResponderExcluir
  108. BENJAMIN RANGEL24/07/11 15:20

    Brasil !!! Impunidade !!! Esse é o problema, "ANALFABETO" é idolatrado, "LADRÃO" é idolatrado ! Professor é hoje profissão subalterna... BOB, lembra como nos referíamos a um "PROFESSOR" ? O respeito ? Paro por aqui. BOB, parabéns, mas somos a minoria "OTÁRIA" de hoje... Lamentável...

    ResponderExcluir
  109. Sr. Nemo (cozinheiro)24/07/11 16:21

    Uniblab

    Escatosfera, isso sim. Eu passeando com meus netos no Ibirapuera, vendo um homem enfiar o seu bigode na boca do outro.

    Exigir respeito não é homofobia.

    ResponderExcluir
  110. Prezado Sr. Nemo (cozinheiro)

    Você não entendeu a referência. O "anônimo" que fez os comentários em questão é um petralha xarope que vive querendo vencer discussões na base do "Porque Sim".

    "Esgotosfera" é o nome da rede de blogs obscuros que é agraciada com todos os tipos de benesses oficiais (verbas, coletivas exclusivas com Lula, etc.) para defender o Partido Mensaleiro.

    ResponderExcluir
  111. Bob;

    Só vi problemas em tomadas e plugues antigos (pré ABNT) quando estes são de qualidade infinitamente ruim.

    Ai seja ABNT seja modelo antigo dará problema.

    _______________

    BENJAMIN RANGEL

    Professor infelizmente é uma raça em extinção: ou o cara é professor por falta de opção ou para poder dar aula em uma faculdade e colocar o titulo em seu cartão de visitas.

    Tenho um parente que se apaixonou de uma tal maneira pelo magistério que aquilo que começou como brincadeira para ganhar uns trocos no tempo de faculdade (ele cusrsava FAAP, 3 ano de Engenharia), virou paixão e ele largou tudo para cursar matemática e se dedicar ao ensino médio e superior.

    Pena que esse tempo acabou. Acabou acabado.

    Também, com Tiririca Deputado Federal o que poderia se esperar? Só não estou mais revoltado porque ATE AGORA a Dilma não me decepcionou. E olha que nem nela eu votei.

    ResponderExcluir
  112. Velho, mas limpinho24/07/11 16:51

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  113. Velho, mas limpinho24/07/11 17:03

    Bob, ainda não terminei de ler todas as respostas, (tenho que esperar passar a vontade de gorfar) mas te garanto que ainda existem tomadas fora de padrão.

    Comprei este ano um ferro de passar roupa destes cheios de frescura (vapor, teflon, etc e tal) e a porcaria do plugue dele (modelo antigo) não entra nas tomadas de casa (também antigas). Os dois pinos são mais grossos, então tive que pegar um benjamim e estuprá-lo com o plugue antes de colocar na parede.

    Gambiarra até que eu troque as tomadas pelo padrão moderno.

    VmF

    ResponderExcluir
  114. Velho Sujo

    Apareceu com apelido, agora...(aliás, qual seria seu critério para postar como "anônimo", Fraga ou VmL?...) Deixa de ser anta. "Uniblab" não é nada ao contrário, é o nome de um personagem do meu desenho preferido Os Jetsons.

    ResponderExcluir
  115. Bera Silva24/07/11 18:43

    Fatos:
    A tomada: Vai aumentar os custos dos fabricantes e importadores que será pago pelo consumidor. Vai aumentar a dificuldade de importações de aparelhos. Alegação de segurança é nebulosa, as gambiarras vão continuar. Não foi proposta pela indústria, mas imposta por um órgão para-estatal.
    Álcool aguado: Pelo que eu me lembro, o álcool era de 96graus e não 92. Os país não cuidam dos filhos e a culpa é do álcool.
    Seguro Obrigatório: Quem de vocês conseguiu receber a indenização? Meus parabéns. Precisa de uma penca de documentos para receber, algo que era pra ser fácil, ou melhor nem era pra existir.
    Carros Flex: A existência do carro flex não causa mal algum, o que causa mal é a INexistência de carros à álcool e a INexistência de carros à gasolina (a também a inexistência de carros à diesel).

    ResponderExcluir
  116. Bera Silva24/07/11 18:49

    cont.
    Crianças geniais: O ambiente escolar é cruel, ou o aluno se adapta a ele, ou sofre as conseqüências. O bonzão, o funkeiro, o mano, esse é o respeitado (eu também já fui nerd).
    Sistema de cores: não tenho informações;
    Reforma Ortográfica: Bela reforma que nivela a língua por baixo. Os documentos portugueses ainda precisam de tradução...
    Supremo Tribunal: O supremo que vá interpretar a Constituição no inferno! a constituição não é para ser interpretada, é para ser seguida. Aos mente-aberta: Em toda a História, nenhuma civilização se sustentou por muito tempo depois de aceitar certos "padrões". Essas civilizações que adotaram "novas morais" foram subjugadas em pouco tempo. Não se trata de moral religiosa, e sim de sobrevivência de civilizações.
    Alcoolina: realmente sem explicações.
    Extintor: essa merda não serve pra nada. Quem quisesse ter um, que fosse na loja e comprasse. Agora tornar isto obrigatório, é de doer. Além de ter o trabalho de trocar a cada ano.

    Depois de tudo isso, a culpa é ainda do Bob!

    ResponderExcluir
  117. Velho, mas limpinho24/07/11 19:13

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  118. Daniel Shimomoto de Araujo:

    A frequência de 50/60 Hz é a que mais perfeitamente serve para contrair músculos, portando não tem nada de segurança. A finalidade se se usar frequências baixas é diminuir perdas de transmissão.

    E quem acha que é normal família homossexual, parem de assistir documentariozinhos vendidos e vão estudar psicologia e sociologia sérias pra ver o que acontece com as crianças. E parem de falar asneiras sobre DNA e afins, porque não existe nenhuma comprovação científica sobre causa de homossexualismo ainda neste planeta, caramba...

    ResponderExcluir
  119. Sr. Nemo (cozinheiro)24/07/11 20:04

    Patrick, sem falar nos custos arcados pelo sistema de saúde com cirurgias de hemorróidas, fissuras anais e reconstituição de pregas, causando um enorme prejuízo social para o contribuinte brasileiro.

    Problema semelhante ao causado pelo uso de drogas, lícitas ou ilícitas.

    ResponderExcluir
  120. Quanto ao item 4, não foi o governo que obrigou os carros a serem flex, foi o mercado! Tanto que muita gente desiste de comprar um Kia ou um chinês quando sabe que eles não rodam com álcool.

    Na verdade, os carros da Chevrolet já eram "flex" há muito tempo. Me lembro que aqui no interior havia diversas picapes e até um Opala movido a gás de cozinha. Quando o policiamento apertou, o Opalão passou a rodar a álcool, sem qualquer alteração no motor (o Opala era a gasolina no documento). E o motor dele aguentou muito bem os "combustíveis alternativos".

    ResponderExcluir
  121. Post perfeito!
    Um detalhe sobre o ítem 1: Se eles quiseram padronizar a tomada, por que o diâmetro dessa coisa é diferente? Sim! Existe diferença no buraco de encaixe!

    ResponderExcluir
  122. Caio Ferrari24/07/11 21:13

    Bera Silva, que aumento de custos que nada.
    Todo fabricante já está acostumado com o fato de que cada país há uma tomada. Vocês falam como se aqui tivesse um padrão e em todo resto do mundo tivesse outro, único. Não reparou que grande parte dos equipamentos eletrônicos tem um chicote removível?

    Bob, as novas tomadas são tecnicamente melhores, quer você queira ou não. Os problemas que você cita existirem e não cita quais são, na verdade são irrisórios. Tão grandes quanto eram antes ao colocar uma tomada padrão NEMA que vinha nos computadores em uma tomada brasileira sem aterramento. E nem por isso a mídia fazia faniquito sobre isso.

    CCN1410 , não se ofenda. Não sou habilidoso em várias coisas. Apenas leio e procuro me informar, seja para conhecer, seja para não ser passado para trás quando preciso terceirizar o serviço. Não é porque você gastou 150 dinheiros numa adaptação que tudo é um lixo. A discussão é sobre uma tomada, não sobre política.

    Anônimo , ué, se ofendeu porque? Não faço a menor questão de saber o porque você estava acordado tão cedo... Não lhe pedi explicações sobre isso portanto sua negação é tão inócua quanto o seu argumento.
    Aliás, os dois. Tanto o argumento tosco do homossexualismo na natureza, que como eu disse, se fossemos levar ao pé da letra, deveríamos aceitar a pedofilia também como natural, quanto esse monte de groselha que você replicou.
    Todo esse bla bla bla gls que está surgindo por aí, vai fazer com o que o tiro saia pela culatra, pode escrever. Querendo eles ou não, nossa sociedade ainda preserva valores da família tradicional e grande parte da população é cristã. A hora que essa sociedade começar a se sentir reprimida pela quantidade de leis e regras que estão sendo impostas que além de favorecer os homossexuais, reprime os valores atuais, vai ter briga e não vai sobrar gay para contar a história.

    Além disso, achei bastante interessante sua abordagem. Onde pastores são pessoas interessadas em dinheiro, padres são pedófilos e os gays são um grupo totalmente puro que só querem seu direito de "constituirem família". Realmente, é possível ver nas filmagens das "paradas", principalmente aquelas que só passam na madrugada como esse grupo é formado única e exclusivamente por pessoas sérias e respeitosas. Se eu fizesse com uma mulher na rua, metade do que alguns gays fazem na parada, correria sério risco de ser preso por atentado ao pudor.
    Mas óbvio que criticar gay por isso é preconceito...
    Ridículo.

    ResponderExcluir
  123. Gustavo Cristofolini24/07/11 22:07

    De que adianta padronizar os pinos das tomadas, colocar 3o. pino de terra se a instalaçao constinuará sendo feita por um imbecil que nunca leu ou ouviu falar da NBR5410. Vai lá liga de qualquer jeito, poe disjuntor de 25A (apenas um) para todas as tomadas da residencia, mais 1 de 25A para a iluminaçao e outro de 25A para o banheiros (tomadas, iluminacao e chuveiro). Aterramento? Artigo de luxo. Liga no neutro que é a mesma coisa. Que adianta fazer essa merda padronizada se as instalações elétricas em 90% dos imóveis é pior do que gambiarra.

    ResponderExcluir
  124. O Caio Ferrai disse uma verdade, não basta ver na natureza pai acasalando com filho, etc. Temos que ver o que o normal na raça humana. E na raça humana o normal é que um homem e uma mulher produzam um filho.
    Outra coisa, quer ser gay, seja igual ao Falabella, que nunca ninguém viu nada. Para que ficar se atracando em público? Se certas situações já é feio entre um homem e mulher, imaginem com pessoas do mesmo sexo.
    E o vídeo do kit gay onde o garoto diz: Legal, já que posso ficar com outro garoto ou garota na festinha da escola, assim eu tenho o dobro de chance de ficar com alguém.
    E a historinha infantil contada para crianças de 6 anos onde no final o príncipe casa com outro príncipe.
    Pimenta no dos outros é sorvete. Queria ver essas pessoas se tivessem um filho assim.

    ResponderExcluir
  125. Esse Kit gay nas escolas públicas é o fim! Gostaria de ser psicólogo para mensurar o tamanho da salada que isso deve fazer na cabeça de uma criança.

    ResponderExcluir
  126. O item 8 teveria estar em negrito, vou ser pai no finaldo ano e espero poder educar meu filho da forma que fui educado. Mas sei que ta cada dia mais dificil manter a instituição "familia". Apoio o dia do Orgulho hetero. HEHHEHEH

    ResponderExcluir
  127. Vou te contar hein... belo exemplo de um post apenas expondo um ponto de vista e os comentarios viram um circo tremento...Definitivamente essa terra chamada brasil so tem conserto com uma bomba mesmo, ou apertando reset... se houver...

    ResponderExcluir
  128. Desde a entrada do novo padrão das tomadas, todas as construções são obrigadas a serem entregues com elas, e com o sistema elétrico aterrado.

    ResponderExcluir
  129. Vou dar o meu palpite:
    1) Tomadas: O jeito é trocar mesmo. Mas não adianta nada se não for acompanhada de uma revisão geral no sistema elétrico da sua casa. Lembra que a 15 anos a gente tinha metade das bugingangas que usamos hoje e que ninguém fez uma revisão ou informou a concessionária de energia que a sua necessidade de carga aumentou? Faça a revisão do sistema de sua casa e troque tudo pra trifásico. Você será surpreendido com a economia.

    2) Álcool: Aqui no norte é complicado achar álcool no posto. Já saí do sufoco comprando uns litros no supermercado e conseguir chegar em outra cidade com segurança.

    3) Seg. Obrigatório: Tem que ter. Quando meu pai morreu num acidente em 30 dias minha mãe recebeu o dinheiro, sem nenhuma dificuldade. O certo era ser obrigatório o seguro contra danos a terceiros.

    4) Carro Flex: tenho um pq sou obrigado. Usei álcool somente numa viagem pra mato grosso, a quase 2 anos. Queria ter o poder de escolher quando compro o carro: Assim escolheria o movido a álcool sem pestanejar, não esse pato manco que vendem ai.

    5) tratamento diferenciado: Ok, a gente separa os caras pq são mais inteligentes, mas como eles irão aprender a lidar com os menos favorecidos? O mundo ainda não é dos nerds...

    6) Pal-m: Desde que me entendo por gente a tv tem NTSC, pal-m e pal-n.
    Qual é a dificuldade nisso se funciona bem?

    7) Reforma Ortográfica: É um mal necessário. Falamos brasileiro e o resto da comunidade lusófona portugues. Uma hora tinha que unificar. Ingles é ingles no mundo inteiro, frances, alemão, do mesmo jeito, entao pra que 2 linguas parecidas? E outra: quem mudou muito foi o falado em portugal, aqui mudou muito menos. Vamos voltar pro banco da escola e nos atualizar, né?

    8) União Homoafetiva: Deixando o preconceito de lado, sou a favor. Independente de orientação sexual, o que uma dupla constroi é dos dois, e merece ser reconhecido pelo estado e pela sociedade. A Lei trouxe segurança jurídica a esses casais.
    Agora chamar isso de casamento é esquisito, pois casamento é a união de 2 pessoas de sexos diferentes.
    Quanto a adoção, considero válida. Mais vale uma criança adotada por um casal homoafetivo, cercada de segurança, conforto emocional, material e instrução que jogada num abrigo até os 18 anos.

    9) Gasolina com Alcool: Tinha que ter um padrão decente. Mudar a cada ano so demonstra falta de política séria nesse setor.

    10) Extintor: Prefiro chamar o 193.
    Se vc tivesse o seguro do carro, não precisaria se preocupar.

    ResponderExcluir
  130. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  131. Esse Caio só devia ser bom mesmo nas aulas de matemática porque interpretação de texto não é com ele. Levar ao pé da letra é para os ignorantes, entender que certos comportamentos e desejos são inatos é para pessoas sensatas.

    E se é cristão, siga o que diz a Bíblia:
    http://www.youtube.com/watch?v=xaiDzynEFQg

    http://www.youtube.com/watch?v=g2bx6Lg_ps8&feature=related

    Felizmente, a raça reaça está em extinção e as paradas estão cada vez mais lotadas, até com idosos apoiando os direitos dos gays, coisa bonita de se ver. Por outro lado, você é novo e está na contramão da evolução social, legal e de civilidade.

    Os valores da "família tradicional" eram aqueles em que o homem trabalhava e mandava na esposa, que não trabalhava e sofria calada com medo do marido e, para não sentir vergonha perante a sociedade e não ser alijada como pária, mantinha o casamento por décadas. Mudou bastante, não? Se fôssemos tão dados a tradições, nem estaríamos aqui usando computadores, num blog sobre carros (?) que nem existiriam pois os cavalos nos levam para qualquer lugar, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  132. Esqueceu do padrão JAPONES da TV Digital, outra barbaridade.

    HOMOFOBIA É CRIME

    ResponderExcluir
  133. http://www.youtube.com/watch?v=Z72-3Rw0vcA

    Os homofóbicos tem que tomar cuidado com o que dizem, kkkk:

    http://www.youtube.com/watch?v=qVb8KtlMgmE

    ResponderExcluir
  134. Hehe, ser gay agora é evolução. Outra, sempres vai existir a dúvida: Ser gay é algo que nasce com a pessoa ou é devido a criação? Se for de nascimento, é algo errado, pois veio com mente de mulher num corpo masculino, se for opção, é esquisitisse.

    ResponderExcluir
  135. Viva a diversidade!
    (Desde que não seja de opiniões...)

    O politicamente correto é um lado da moeda. A hipocrisia é o outro.

    ResponderExcluir
  136. Melhor largar esse anônimo de mão, Caio. E depois é você que não interpreta textos...

    ResponderExcluir
  137. Tava demorando para essa área de coments virar um campo de batalha. Até perdi a vontade de fazer o meu.

    Bob
    Dá logo um jeito nisso ou seu blog vai pro vinagre.

    ResponderExcluir
  138. Rafael Bruno25/07/11 10:13

    Bob Sharp disse...
    Guilherme,
    Nào fui eu que escrevi, mas concordo. O STF aprovou, inclusive contrariando a Constituição, mas me permito o direito de discordar totalmente desse tipo de "família". E garanto que não estou sozinho nisso.

    Assino embaixo.

    Sou homofóbico com orgulho. Isso pra mim não é família.

    ResponderExcluir
  139. afff...
    virou zona este post...

    todos os gays vieram comentar aqui...

    ResponderExcluir
  140. O novo padrão de tomadas não me trouxe problema nenhum. Não vejo onde está esse incômodo todo, parece mais é reclamação de velhos mesmo.
    Quanto ao extintor, eu era contra até o dia que um curto deu início a um pequeno incêndio no rádio do carro, facilmente contornado com o extintor. Só sou contra a máfia que te obriga a trocar o extintor ainda em boas condições em um prazo pífio.

    ResponderExcluir
  141. Acho que discussões sobre sexualidade, comportamento, religião, filosofia e até futebol (risos) são coisas que além de polêmicas e onde discutir não se leva a lugar nenhum, não se enquadram ao espírito do blog, cujo o nome é AUTOENTUSIASTAS, acho que para a própia saúde e integridade do blog os autores deveriam evitar tais assuntos.

    ResponderExcluir
  142. Victor,
    Tópicos que não sejam autoentusiasmo tâm lugar também aqui, caso deste post que abrange também questões ligadas ao automóvel, como carros flex, seguro DPVAT, extintor, e gasolina E25 (que será E18 em breve). Além disso, todos - nós e os leitores - de uma maneira ou de outra somos afetados pelos demais tópicos. Pessoalmente, gosto de saber o que os leitores pensam, sem necessidade de lançar mão de enfadonhas (e caras) pesquisas. De qualquer modo, agradeço sua manifestação.

    ResponderExcluir
  143. Bob, o E18 já foi confirmado?

    ResponderExcluir
  144. De ontem pra cá li todos os comentários, ufa!

    Sobre a tão falada tomada, as que foram trocadas aqui em casa não deram problema algum. Só acho que a ABNT deveria ter copiado o padrão mais comum lá fora e usado aqui pra não ter de desenvolver um próprio.

    Essa história de casamento gay é ridícula. Se o/a camarada sente atração pelo mesmo sexo, isso existe e está mais na genética que qualquer outra coisa. MAS NÃO FAZ SENTIDO UM CASAL DESSES CONSTITUIR "FAMÍLIA". E NÃO VENHAM COM PARADA GAY E A PQP A 4. Querem respeito? Se dêem o respeito, oras.
    Porque eu tenho que achar normal essa propaganda que fazem do homossexualismo e ficar quieto sob o risco de ser processado e tal?
    Antes que algum viadinho mordido fale alguma bobagem, tenho um primo que é gay não incomoda ninguém.

    O extintor é mais uma peça pra que o nosso desgoverno e os fabricantes desse equipamento ganhem uma graninha. Há algum tempo um taxista falava sobre isso comigo e ele contava que já viu pessoas com o carro pegando fogo que simplesmente abandonavan-no e chamavam os bombeiros pois "essa porcaria não serve pra nada".

    Quanto aos outros itens, concordo.

    ResponderExcluir
  145. Bob, parabéns pela postagem. Concordo 100% com você. Na verdade, a lista de esquisitices brasileiras não tem fim: poderíamos acrescentar os botões de elevadores em Braile em todos os prédios, lembrar que,na época do famigerado estojo de pronto-socorro o kit que equipava os Mercedes Benz, muito mais completo, não era aceito, e você tinha de comprar a porqueira do nacional, que não servia para nada; a novela da cadeirinha de criança, etc, etc.

    Falando em fenômenos tipicamente brasileiros, com a roubalheira do DNIT denunciada pela imprensa, agora entendemos porque as estradas federais são intransitáveis, e são palco de tantos acidentes fatais: a verba está no bolso dos integrantes da "base aliada"do PT!

    ResponderExcluir
  146. Raphael Hagi
    Tem sido falado bastante a respeito na imprensa. Deve ocorrer logo.

    ResponderExcluir
  147. Não sou contra os Gays se juntarem. Só acho que o patrulhamento do politicamente correto está criando uma tirania, principalmente no Brasil. Isto, eu acho, o PT tem muito a ver. Deveria se preocupar mais em evitar a corrupção endêmica que ele alimenta.

    Em relação ao carro Flex, quero mais que ele acabe. os carros da hyundai e da Kia estão vendendo horrores, para provar que o carro Flex não é diferencial p...nenhuma. Bebe mais e rende menos...um ovo de Colombo quebrado.

    ResponderExcluir
  148. Anônimo

    Qual o problema dos botões em Braille? Os cegos que conheço que buscam sua independência reclamam justamente da FALTA de inscrições em Braille...

    ResponderExcluir
  149. Prezado Bob

    Falando em "frex", pensei em fazer-lhe uma pergunta - desculpe-me se for besta:

    Quão mais econômico que o atual seria um Polo Bluemotion monocombustível?

    ResponderExcluir
  150. Então, Bob, tenho acompanhado as notícias, mas pensei que talvez você tivesse alguma notícia "de dentro" dando certeza da redução.

    Um amigo trabalha na Refinaria Gabriel Passos em Betim, a REGAP, e segundo ele a refinaria está prestes e fornecer gasolina com menos teor de enxofre, o que vai ser ótimo.

    Os carros com elevadas taxas de compressão, como os Chevrolet VHC, podem apresentar problema com a redução do etanol? Ou a proporção é insuficiente para reduzir a octanagem do combustível? E se a proporção um dia fosse como o E10?

    ResponderExcluir
  151. Bob Sharp p/ prefeito 2012!!! E China rules!!! Deveriamos é adotar o padrão chinês para relações afetivas, matrimoniais e comerciais, tomadas / plugs de eletronics e também adequar nossa gasolina aos motores da Jac, Chery e da Chana, principalmente dessa última.

    ResponderExcluir
  152. Nunca um proctologista foi tão caro! Antigamente, quando a viadagem era controlada, bastava ligar e agendar uma consulta para a mesma semana, a preços contidos.




    Graças à explosão da pederastia esses profissionais estão cada vez mais ocupados, não se marca uma consulta com menos de 5 semanas de antecedência. E muitos planos de saúde têm se recusado a cobrir esta especialidade, vitimados pelos altos preços cobrados por eles.

    ResponderExcluir
  153. o Bob encarnou o seu Saraiva

    ResponderExcluir
  154. ramazotti
    Vocês esqueceu dos Senhores das Autobahnen ao falar na gasolina para os chineses: Audi, BMW, Mercedes-Benz e Porsche. Quanto ao padrão chinês, bem, nossas cadeias estariam sem superlotação e os latrocínios seriam praticamente inexistentes. Até que não é má ideia, não acha? Ou você acha que os olhos se voltam para a China por mero acaso?

    ResponderExcluir
  155. Anônimo 25/7 15:43
    O próprio! O Francisco Milani fazia muito bem o personagem. Foi uma pena ter-se ido.

    ResponderExcluir
  156. Uniblab
    É difícil quantificar. O fato é que "frequis" é solução provisória, jamais definitiva. As indústrias automobilísticas americana, asiática e europeia vêm produzindo motores ciclo Otto cada vez mais econômicos. Duvido que obtivessem os mesmos resultado se fossem se preocupar em fazer motores flexíveis em combustível. Mas um bom Otto a gasolina viria ao encontro do que se quer, não tenho dúvida.

    ResponderExcluir
  157. Raphael Hagi
    Os motores são previstos para gasolina E20 a E25. Não creio que os de compressão elevada como o VHC tenham problema com E18. Mas com E10, certamente teriam.

    ResponderExcluir
  158. Anonimo das 13:30;

    Não fale assim do kit dos primeiros socorros de 1999! É até uma injustiça eu mesmo vi duas utilidades para ele:

    1-) Um cara num Monza levou uma batida e a tampa do porta-malas não fechava. A solução empregada: Colar com o esparadrapo para amnter a tampa fechada

    2-) Um conhecido sofreu um sequestro relampago na época. Amarraram as mãos e pernas dele com gase e esparadrapo by kit primeiros socorros.

    ResponderExcluir
  159. Eu leio este blog desde o começo.
    Comento com as pessoas que tem um blog muito bom e coisa e tal. Hoje voltando de viagem e ler o item 8 desse texto, perdi o tesão de ler esse blog e é possível que nunca mais o leia, e pensar que o Bob era quase um herói pra mim em se tratando de carros.
    É realmente uma pena que o Sr. Bob pense que família ideal é papai, mamãe e filhinhos.
    Acho que então preferes que tenham mais crianças nas ruas abandonadas pelas suas "famílias" do que adotados por dois homens que podem oferecer muito mais dignidade à elas.
    Esse blog se nivelou por baixo com o que li.

    ResponderExcluir
  160. NID
    Já vai tarde.

    ResponderExcluir
  161. NID

    Dois homens, entr uma orgia e outra, com certeza poderiam dar uma sólida educação a uma criança.

    É uma pena que você pense que família ideal são crianças com pais perfumandinhos "esclarecidos" e de classe "mérdia"-alta.

    ResponderExcluir
  162. NID, vaza.

    Segundo a Constituição, família é sim pai, mãe e filhos.

    ResponderExcluir
  163. Acho que o cerne da questão é que, para os sodomitas e seus bajuladores, o conceito de paternidade não representa o sacrifício, vocação que de fato ele é. Pra eles é só uma "escolha", como comprar um cachorro ou um microondas novo.

    ResponderExcluir
  164. Grande Francisco Milani.
    Bob, te sugiro que deixe as sobrancelhas compridas e tire uma foto com as dignissimas taturanas penteadas para cima como o seu Saraiva. e mostre uma foto para nós. rsrsrsrs
    ass. Anônimo 25/7 15:43

    ResponderExcluir
  165. UM BRASIL DE ESPERTOS

    O mais trágico foi um comentário que ouvi de um amigo, sobre a questão do carro FLEX.Ele disse;"Ainda bem que existe o carro Flex.Aqui nas estradas do interior de Minas a gasolina tem 50% de alcool.Tá fu.. quem tem carro a gasolina".Ou seja, as decisões são tomadas pelo governo para servirem aos aproveitadores de plantão.O povinho que se cuide...

    ResponderExcluir
  166. NID
    Depois de ler o item 8 e, pior, depois de ler a aprovação quase total dos leitores, confesso que me decepcionei muito. Quanto ao Bob já tinha ideia de seu posicionamento por um artigo dele no BCWS sobre a parada gay em São Paulo, além de ele ser de outra geração.

    Tem gente que ainda fala em orgia, como se isso fosse exclusividade de homossexuais. Quer dizer que eu não posso fazer sexo com minha esposa depois do nascimento da minha filha? Conheço casais gays que estão há muito tempo juntos, numa relação sadia e de fidelidade. Conheço casais que optaram por não ter filhos. Conheço pessoas que optaram por ficarem solteiras. Há pessoas sozinhas que criam filhos naturais ou adotivos, isto não é família?Qual é o problema?

    Se dependesse do pensamento tradicionalista conservador ainda estaríamos queimando bruxas nas fogueiras e afirmando que a Terra é o centro do Universo.

    Mas o blog é imbatível no assunto carros e vou fingir que não sei o que pensam os outros a respeito de questões alheias aos carros.

    ResponderExcluir
  167. anonimo 20:57
    exatamente, finja e não enche o saco.

    ResponderExcluir
  168. É difícil respeitar um cara que gosta de tomar no rabo.
    Toda criança tem direito a um pai e a uma mãe, não um ser esquisito que tem distúrbio de identidade.

    McQueen

    ResponderExcluir
  169. Kiko Lanari
    Apenas questão de custo, que tem de ser repassado para o consumidor, e capacidade de processamento de dados.

    ResponderExcluir
  170. Caio Ferrari
    Votar, para uma questão dessas? Se precisou é porque se sabia que seria uma atrapalhação infernal mesmo.

    ResponderExcluir
  171. Benjamin Rangel
    O melhor da Dilma é não se escutar o molusco falando o tempo todo. Foi como tirar o bode da sala.
    Professor; perfeito, tinha respeito por ele. Até amigos de alguns ficamos.

    ResponderExcluir
  172. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  173. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  174. Velho, mas limpinho26/07/11 01:58

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  175. Velho, mas limpinho26/07/11 02:00

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  176. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  177. EM TODOS OS EXEMPLOS , ALGUEM SAIU GANHANDO$$$ ALGUEM FATUROU$$$ E ALGUEM ANDA FATURANDO$$$ E NOS NAO FAZEMOS NADA...TEMOS QUE IR PRAS RUAS ,PROTESTAR ,QUEBRAR,LUTAR..

    ResponderExcluir
  178. Fiquei curioso em saber o que o boçal aí acima escreveu para o Bob deletar.

    ResponderExcluir
  179. Velho, mas limpinho26/07/11 11:22

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  180. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  181. Velho, mas limpinho26/07/11 11:24

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  182. Velho mas limpinho
    Lembre-se, para excluir um comentário são dois cliques. Mas se quiser continuar a brincadeira, vamos em frente. Mande e excluo, só que agora nem vou ler mais.

    ResponderExcluir
  183. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  184. Velho, mas limpinho26/07/11 12:04

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  185. Pô, Bob
    voce apagou a piadinha que contei. Tudo bem, mas, cá entre nós, aposto que voce deu uma risada.

    ResponderExcluir
  186. velho limpinho
    Você mal consegue disfarçar sua ideologia, e nem adianta vir com esse papo de que não vota em ninguém, que todo mundo não presta, etc... A pessoa chama de hipócrita e diz que não ofende ninguém, então, tá. Usa de um argumento totalmente desonesto, para não dizer vigarista, desqualificando quem pensa diferente e tem opinião contrária. Ora essa! Quem raios aqui está dizendo que é melhor deixar a criança num abrigo que sob a proteção de pessoas decentes, ainda que seja um casal gay? NINGUÉM, muito menos eu. E outra coisa. Nem vem com essa história de extrema direita, de reacionário, etc... para rotular quem não reza pela vossa cartilha. Esse papo é mais velho que andar pra trás. Sou direitista, sim, mas não flerto com terrorismo e outras formas de banditismo, como fazem os esquerdistas. Para mim, esse noruegues maluco deve apodrecer numa cadeia caso não exista pena de morte por aquelas bandas. Mas esse biltre tem uma saída: ele pode pedir asilo no Brasil e gozar do clima tropical, como um certo Cesare Battisti.

    ResponderExcluir
  187. Por que temos que aturar esse tipinho complexado aqui?...

    ResponderExcluir
  188. Bob e a todos que administram o Blog

    Não Seria interessante obrigar identificação a quem comenta aqui?
    Já repararam como quase todos que gostam de xingar o fazem anonimamente?

    ResponderExcluir
  189. Joel
    Eu topo, mas certos seres humanos devem ser eliminados, for ever. Tem gente que não pode conviver em meios civilizados, por isso meu anonimato quando resolvo dar-lhes uns petelecos.

    ResponderExcluir
  190. Já sugeri ao Bob medidas desratizadoras dos comentários; por exemplo, poder-se-ia desabilitar temporariamente as opções de comentar que não fossem pelo perfil do Blogger (Anônimo e Nome/URL), ou adotar uma cixa de comentário "terceirizada" (que creio eu ser gratuita) como a Intense Debate usada, entre outros, no Notícias Automotivas, que permite a exigência de cadastro com nome e senha a todos os comentaristas. Nunca a usei, mas me parece que ela permite inclusive apelidos, mas o cadastro prévio garante que cada um usará uma identidade fixa.

    ResponderExcluir
  191. Uniblab
    Obrigado pelas dicas.Tenho pensado mesmo numa "desratização". Não gostaria, acho antipático, mas pelo jeito não há alternativa.

    ResponderExcluir
  192. Bob, eu costumava reclamar de carregar extintor no carro até um dia em que vi um carro novo se incendiando bem no meio da Ponte Transamérica. Quando eu parei, outros dois motoristas já haviam parado. Conseguimos apagar o princípio de fogo no cofre do motor com os três extintores. Portanto, nos centros urbanos e contando com a solidariedade dos concidadãos, um extintorzinho pode salvar um patrimônio e talvez uma vida.

    ResponderExcluir
  193. Bob, fique a vontade de excluir meu comentário 25/07/11 18:57 já que por aqui não consigo. Não posso obrigá-lo a pensar como eu, nem julgá-lo. Obrigado e continue falando sobre carros e relacionados.

    ResponderExcluir
  194. Breivik desratizou a Noruega também...

    ResponderExcluir
  195. Velho, mas limpinho26/07/11 20:46

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  196. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  197. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  198. Velho mas limpinho
    Você certamente entrará para o Livro Guinness de Recordes como autor de comentários mais excluído do mundo. Parabéns do AE!

    ResponderExcluir
  199. Esse post deu o que falar mesmo!
    Não fiquei desapontado com o ítem 8 não, já é uma batalha ganha, um direito conquistado e que não será revogado, independente da opinião de qualquer um.
    Se alguém achar que eu ou milhares de homossexuais estão errados, pois bem, continuem. Ódio gratuito e opressão não farão os gays desaparecerem.
    Sobre a parada gay na avenida paulista, discordo completamente dela. Antes tinha a sua validade, mas já virou uma demonstração gratuíta de promiscuídade.
    O mais engraçado é que ninguém reclama da TV brasileira, programas de entretenimento exibem mais bunda de mulher semi-nua do que conteúdo útil.
    Existem homens descentes, que trabalham, estudam, colaboram com o bem estar de todos e que tem uma vida normal ao lado de outro homem.
    Eu tenho apenas 24 anos, já estou no meu quinto carro, sendo que custaram 25 mil, 33 mil, 39 mil, 46 mil e 55 mil respectivamente, todos pagos a vista, e com dinheiro que ganhei trabalhando honestamente. Já tenho um apartamento quitado, e acabei de dar início na construção de um sobrado bem grande. Isso aos 24 anos de idade, sozinho, e sendo gay. Estudei com centenas de pessoas nesse meio tempo, tenho contato com todas elas, praticamente todos heterossexuais. Nenhuma dessas pessoas conseguiu sequer metade do que consegui no mesmo período de tempo. As excessões são 3 nascidos em berço de ouro, mas aí o mérito foi todo dos pais. Mas as excessões que interessam são a de dois outros amigos, gays. Um deles sustenta a família inteira - Mãe, pai, irmãos e até os sobrinhos - Pai e mãe tem seus carros, comprados por ele, moram numa grande casa, comprada por ele, e até o irmão e sobrinho foram para a Disney, um presente dele.
    O outro garoto vai além, iniciou seu próprio negócio e empregou todos os familiares e vários amigos, que conseguiram alguma coisa na vida por mérito dele.
    O resto, os heteros, ainda andam de skate na pracinha da cidade, ou já tem filhos e não conseguem nem sustentá-los, ou não foram adiante com os estudos...
    Mais de 300 pessoas que conheci, e os únicos que deram certo na vida foram 3 gays e os playboyzinhos.
    Pelo fato de haver muito preconceito, muitos gays vão um pouco além, se esforçam mais, e hoje em dia já são parte definitiva do cenário.
    O fato é que somos todos iguais, e enquanto houver preconceito de um lado, haverá ataque do outro.
    Não há necessidade de se impor, de se auto-afirmar, agir com ódio e violencia. Se não gosta, guarde pra voce, respeite quem te respeita, até mesmo porque cada um tem seu valor, e em muitos casos, o valor dos gays é bem alto.
    Tenho em meu círculo de amigos pessoas ligadas a políticas, influentes e detentoras de certo poder, todos gays, altamente capazes e competentes, e ninguém sequer faz idéia de que são.
    Não precisam gostar dos gays. Se um lado respeitar, o outro vai fazer o mesmo.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...