28 de julho de 2011

MAMANDO NAS TETAS DO GOVERNO

Foto: veja.abril.com.br
Torres de destilação numa usina de etanol

Saiu ontem, no G!, o portal  de notícias da TV Globo: governo prepara Medida Provisória para incentivar a produção e a estocagem de etanol. Era notícia ansiiosamente aguardada por quem se preocupa com a política de combustíveis no Brasil, estoques reguladores para evitar a oscilação desmedida dos preços do etanol entre safra e entressafra.

Só que os usineiros, os maiores responsávies pelo aumento da inflação nos últimos meses ao praticar em preços extorsivos para o etanol - e que impactaram nos da gasolina, é claro -  foram premiados em vez de pundos. Contarão com linha de crédito do BNDES e do Banco do Brasil com taxas de juros mais baixas que as praticadas no mercado para expansão da produção e da estocagem. É vergonhoso. Como se .já não bastassem os 16 bilhões de dólares a titulo de subsídio para o Proálcool entre 1976 e 1988.

O leitor já sabe o que isto significa: somos nós que vamos ajudar, com o suor do nosso trabalho, quem vem explorando a população. Vão mamar nas tetas do governo - as nossas - na cara dura.  Se  não comemoram ontem à noite a decisão do governo, não foi por falta de motivo.

Pior, diz a nota do G1, o governo decidiu adiar a redução da porcentagem do etanol na gasolina porque  isso aumentaria o consumo desta e, como as refinarias estão produzindo no limite, seria preciso importar mais gasolina - como se isso fosse quebrar o país. Nessa hora todo mundo parece esquecer que o Japão não tem um gota de petróleo, precisa importar todo o óleo que consome, e  o  país é uma potência econômica.
Aliás, o que tanto se falou no governo anterior de Brasil autossuficiente em petróleo, está  mais do que evidente não ser bem assim. A nação foi enganada.

Na notícia, o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, é citado dizendo "Chegamos à conclusão que as medidas que estão sendo tomadas fizeram com que o mercado ficasse estável. Não há desabastecimento de etanol nem de gasolina". Que medidas, o leitor sabe? Eu não sei. O que sei e tudo mundo sabe é que a gasolina e o etanol mudaram de patamar e não voltarão ao que era coisa de seis meses  ou pouco mais atrás. Até um usineiro disse isso numa reportagem televisiva não faz muito tempo.

Um amigo, estudioso do assunto e defensor do etanol, comentou comigo ontem que a gasolina importada custaria R$ 1,20 a R$ 1,30 o litro e que o etanol na bica da usina sai por menos de R$ 1,00. Tive de lembrar a ele que o poder calorífico da gasolina é só 62% maior...

Aquilo que venho falando do nosso país, onde coisas estranhas acontecem, parece exagero mas não é. Só aqui o dólar sobe e os preços acompanham, e quando a moeda americana cai, como agora, os preços continuam a subir.

E, de novo, Gurgel estava certo: o etanol causa inflação..

BS

69 comentários:

  1. Aléssio Marinho28/07/11 16:13

    Ouvir o nome do ministro de Minas e Energia, me dá náuseas. Esse cara representa todo o atraso e corporativismo que ainda reinam na área.
    Quem tinha que reger isso efetivamente era a ANP. Considero essa área estratégica, e por isso devia ser distanciada da política.

    Interessante foi ver esta semana o Maíson da Nóbrega defender que o estado brasileiro deve acabar com os cargos de confiança e colocar o restante nas mãos de funcionários de carreira. São mais de 13000 nomeados na esfera federal, contra pouco mais de 150 no Reino Unido e 3000 nos EUA.

    ResponderExcluir
  2. Outro aspecto fundamental a ser lembrado é a tributação que incide sobre os combustíveis e o fato das usinas serem proibidas de distribuir o etanol que produzem. A Petrobras é um cabide de emprego medonho, tenho um conhecido que é gerente de logística da famigerada empresa e me contou que o número de funcionários dobrou durante os dois governos Lula. Detalhe que esses cargos são, em sua maioria, "de confiança", portanto, pessoas nomeadas para ocupá-los, muitas vezes sem capacitação.
    Em novembro de 2009 cheguei a pagar R$ 0,99 o litro de etanol no interior de São Paulo, preço que considero justo e que deveria ser mantido.

    ResponderExcluir
  3. Edilson Lobão, ainda não decidi se acho ele um gênio do mal ou uma besta completa. De qualquer forma só F*** a gente.
    Desastre energético, este nosso país.

    ResponderExcluir
  4. Agora a tungada é "Frex":

    O brasileiro é explorado tanto ao ser obrigado a comprar a gasolina caríssima e fajuta da Petralhabrás, quanto ao ser obrigado a comprar o álcool dos "usineiros" (leia-se: Shell e BP, corporações globalistas com quem o Partido Mensaleiro está em mui bons lençóis).

    Mas cadê a indignação? A classe "mérdia" não consegue se mobilizar nem para ficar dois míseros meses sem comprar carro zero para forçar o mais do que necessário corte de gordura dos preços, imagine a respeito de uma questão muito maior como essa...

    ResponderExcluir
  5. Ronaldo Nazário28/07/11 16:43

    Amargo, mas querido Bob,

    ...e você pensou que o governo trabalhava para a população... tsc,tsc,tsc,...tolinho...

    ...eles trabalham para que nós continuemos a sustentar os grandes!

    ResponderExcluir
  6. Este é o único país em q o estado não trabalha em prol de seu povo e sim em prol dos que ajudaram a eleger o governo q comanda este estado......

    ResponderExcluir
  7. Esse Lobão nada entende do assunto. Está lá pois a pasta de Minas e Energia é feudo do PMDB. Os critérios são puramente políticos no trato da coisa pública.
    Em situação pior estão as agências reguladoras. Elas não regulam mais nada pois estão totalmente aparelhadas, ou seja, perderam a autonomia, vide o caso da ANAC, aquilo é uma piada.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo das 16:24 e aos demais.

    Tb trabalho na Petrobras e aqui não tem cabide. Nossa gerência dobrou a atividade e nem por isso dobrou o contingente. Qualquer empresa grande, com certeza, não consegue padronizar os negócios em todas as áreas. Não podemos generalizar sobre o fato de ocorrer cabide em uma parte da empresa e toda ela ser podre. Hoje a Petrobras tem mais de 60 mil funcionários próprios, fora os contratados e prestadores de serviço. Imagine a dimensão da empresa para dizer que ela virou cabide de emprego.

    Sobre o preço da gasolina, sabem quanto custa o litro na Alemanha? Na Argentina é mais barato, mas, a moeda deles é desvalorizada, e, lá o governo mete o pau na empresa privada, coisa que, dificilmente ocorreria no Brasil.

    Sobre a qualidade do combustível, infelizmente ela não depende só da distribuição, mas, tb dos postos de combustpivel. Se provarem que nossos combustíveis não apresentem qualidade na origem, pode até atacar a Petrobras.

    Sobre auto-suficiência de Petróleo, o Brasil exporta petróleo e é auto-suficiente sim. Se está importando gasolina, é porque o petróleo que temos aqui não serve para produzir somente gasolina. Cada campo produz uma qualidade diferente de pertróleo, e, cada petróleo pode ser refinado em determinadas refinárias e produzir determinados produtos. A Petrobras produz desde petróleo que sai como diesel do poço até petróleo que sai como piche.

    Podemos exportar o cru pesado e importar gasolina, é claro que a relação não é direta.

    ResponderExcluir
  9. É repugnante colocar ministérios tão importantes nas mãos de ignorantes e mal-intencionados, só para agradar ao PMDB, um partido que representa o que existe de pior no mundo em termos de apego às mamatas e total desapego à nação. Quando este povo morrer, vai todo mundo sentar no colinho do Bin Laden, pois justiça na terra brasilis, nem pensar.

    ResponderExcluir
  10. A gasolina da Petralhabrás tem a mesma qualidade da argentina?

    ResponderExcluir
  11. "Sobre a qualidade do combustível, infelizmente ela não depende só da distribuição, mas, tb dos postos de combustpivel. Se provarem que nossos combustíveis não apresentem qualidade na origem, pode até atacar a Petrobras."

    então me explica o diesel ainda conter tanto enxofre e, com isso, retardar o avanço do proconve

    ResponderExcluir
  12. Caro amigo que trabalha na Petrobras,
    A Petrobras é uma empresa com maioria do capital público, correto? Assim sendo, deveria zelar pelos interesses públicos, seguindo os preceitos das teorias de Estado discutidas ao longo de séculos por sociólogos, filósofos, cientistas políticos etc. Desse modo, o lucro financeiro não é o principal indicador a ser utilizado como desempenho de uma empresa. Se somos auto suficientes em Petróleo mas não somos auto suficientes em gasolina, algo me diz que essa equação não fecha, ora, se consumimos gasolina, que deriva do petróleo, mas não temos petróleo suficiente para produzir a gasolina, de que importa exportarmos o maldito petróleo e pagarmos caríssimo por um litro de gasolina?? Ou seja, essa auto-suficiência é meio relativa, não acham? Para onde vão os recursos oriundos da exportação do petróleo que "garante" nossa auto-suficiência?? Não deveriam subsidiar a gasolina que a Petrobrás é incapaz de produzir para nos abastecer? Ou seja, continuo achando a auto-suficiência mais um conto da carochinha que o Molusco nos fez engolir ao longo de oito anos de trevas... Isso gera uma situação péssima: não temos gasolina suficiente, adicionamos etanol, o etanol tem o problema da entre-safra, os preços sobem, a gasolina sobe também. O governo decide aumentar os estoques de etanol, mais dinheiro para os usineiros, a gasolina continua cara e a Petrobras continua com 60 mil funcionários, sendo vários nomeados. Os 30% do faturamento bruto que minha empresa paga mensalmente como tributos e impostos em nada me servem, ao contrário, servem a todos que vivem da nossa generosa terra do nunca (para quem conhece a história de Peter Pan) que é Brasília.
    Amigo, desculpe, respeito seu trabalho na Petrobras e tenho certeza de que você é uma pessoa séria, assim como esse meu conhecido que trabalha lá, mas defendê-la já é bairrismo em exagero.
    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  13. Acho tudo isso um saco!28/07/11 17:41

    Basta lembrar que o Pro Alcool (sei lá como se escreve depois dessa reforma ortográfica)foi idealizado pelo então Ministro das Minas e Energias Shigeaki Ueki. Coisa de vanguarda, se considerado que foi bolado no final da década de 70.

    Tão vanguardista, que o próprio Shigeaki Ueki, depois de não mais ter qualquer atividade pública por estas bandas, passou a ser e é atualmente, detentor de poços de petróleo, no Texas. E, comenta-se, que sua família, tem mais poços que a família Bush.

    Emburreço mais a cada dia... Melhor mesmo é incrementar o meu hedonismo...

    ResponderExcluir
  14. Tinha que aparecer um para defender a Petralhabras. Pois é, o petróleo é nosso...e a conta também.
    Mr. Car

    ResponderExcluir
  15. Legal, quando lançaram os Flex a queda no consumo de gasolina e aumento no consumo de álcool, foi culpa deles.
    Agora que o Álcool tá caro e a gasolina, menos cara que o mesmo, dizem que a culpa do consumo excessivo de gasolina são os carros Flex.

    Ai Ai.

    ResponderExcluir
  16. "Mamar nas tetas do governo"... o esporte preferido do governo eleito e principalmente de mais metade dos brasileiros.

    ResponderExcluir
  17. Sr. Funcionário da Petrobrás
    Que grande vantagem essa, não? Exportamos a matéria-prima e importamos o produto beneficiado. Qual a diferença da época da colônia? O imposto era só 1/5 e não tínhamos um monte de ministros estúpidos. A exploração ainda é a mesma.

    ResponderExcluir
  18. Ao anônimo que trabalha na Petrobrás: há 20, 25 anos a Petrobrás era uma estatal, não éramos autossuficientes (agora somos?) e a gasosa era bem mais barata. Globalização? Pré-sal? O que tudo isso trouxe de bom pra qui embaixo? Nada explica esse preço absurdo que pagamos!

    Ao Bob: gasolina ou álcool, tanto faz. Os dois estão subindo de preço. Vamos inventar um carro movido a xixi, que aqui tá difícil viver.

    ResponderExcluir
  19. Jopamacedo...
    Nada de carro movido à xixi!!! Já pensou ter que pagar taxa para urinar? kkkkkkkkk
    Aliás, tem uma música muito boa do Itamar Assumpção sobre isso, chamada "movido à água", vale a pena ouvir ou pelo menos ler a letra...

    ResponderExcluir
  20. Correção: A Petrobrás continua sendo estatal, só não continua com o monopólio como há 20 anos.

    ResponderExcluir
  21. Esse defensor do etanol eu até já desconfio quem é: Calmon

    ResponderExcluir
  22. Olá, Bob

    Quem passa a conversa são estes empresários, eles sabem que nós somos bobos mesmo.

    O álcool na usina já está próximo de 1,20 e a cotação do açúcar simplesmente disparou, quem disse que a iniciativa privada é mais eficiente que estatal, estava certo olhe aí o que deu shell com cosan e outras mais.

    Eficiência em empresa privada é maximização de lucro, portanto...

    ResponderExcluir
  23. Victor Gomes28/07/11 19:01

    Bob, hoje estava lendo uma revista automotiva em que o jornalista escreveu com entusiasmo que "o motor 2.7 da Hilux reestilizada FINALMENTE será Flex"!
    Lendo os argumentos técnicos que você nos escreve com muita maestria, fico indignado ao ler esse tipo de informação vindo do jornalismo especializado. Gostaria muito de ver um teste com vários modelos em que os motores se tornaram bicombustíveis, comparando o consumo, a potência e os gastos com consumo e manuntenção destes motores. E claro, sendo feito em várias regiões do Brasil, não somente nas grandes capitais, principalmente Rio e São Paulo, onde há "fartura" de álcool, e onde provavelmente o combustível é mais barato. Tenho dúvidas se o tal motor Flex é realmente vantajoso economicamente.
    Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  24. Lee Falk !28/07/11 19:06

    Pior que isto, só mesmo o traseiro fétido da minha Sogra!

    ResponderExcluir
  25. Verdade, Leonardo.
    O Tiradentes reclamava do imposto de 20% do que produziam... mal sabia que era melhor quando éramos colônia.

    ResponderExcluir
  26. Victor Gomes
    Já há quem esteja sacando que certos carros devem ser comprados antes que virem flex...

    ResponderExcluir
  27. Outra coisa que revolta é o diesel ser subsidiado pelo governo e só ser usado por carros de rico (Land Rover, Hilux, L200, Frontier entre outros)

    ResponderExcluir
  28. Acabei esquecendo de perguntar, além da Petrobrás,qual a outra empresa do setor que está ou irá construir refinarias no Brasil?

    Alguém sabe responder?

    Até onde eu sei todas estas multinacionais estão como parasitas em cima da Petrobrás, não dispõem da tecnologia de prospecção.

    O negócio é sugar o petróleo e enviar para os países de origem, nada mais.

    Aliás, o valor de um barril de petróleo é multiplicado por 40, quando tirado todos os seus subprodutos.

    Bom, mudando de assunto dêem uma olhada neste site abaixo:

    http://www.wtfnoway.com/

    ResponderExcluir
  29. Daniel San28/07/11 21:51

    Lembro-me de quando foi anunciada a autosuficiência em petróleo uma autoridade da qual não me lembro (feliz ou infelizmente)declarou que "gasolina mais barata,nem pensar". Das duas,uma:ou a roubalheira neutralizou a autosuficiência ou esta foi mais um golpe de marketing do governo,assim como o pré-sal,que até agora não disse ao que veio. Enfim,mais um capítulo da série "Porque me ufano do meu país".

    ResponderExcluir
  30. Ex. Produtor Rural28/07/11 23:15

    Anonimo funcionário da Petrobrás;

    Algumas questões não wurem calar:

    1-) Como se explica a gasolina nacional ser apenas mais barata que a vendida em Tóquio e Lisboa? Essa historia de "Alemanha" é conversa para boi dormir...

    Seu argumento é tão fraco, ingênuo e corporativista quanto dizer algo mais ou menos assim "Tá achando caneta bic cara? Então compare com uma Mont Blanc". A caneta BIC é o Brasil e a Mont Blanc a Alemanha...

    Aqui quase todos entusiastas sabemos do Petroleo nacional, da fração gasolina, etc. etc. etc. Entretanto sabemos também que existe algo chamado "craqueamento" e sabemos também que paises que não tem nem metade do petroleo que consomem tem uma gasolina infinitamente mais barata que a nossa.

    A PB eu considero (opinião minha) uma empresa admirável. O que considero NOJETO é a politica de se vincular o preço do Etanol ao preço da gasolina. Se os usineiros nao conseguem manter a relação de 70% do preço da gasolina, azar o dele, eles que vao para vocês sabem bem onde. O que não pode ee ele não conseguir manter a relação, impingir álcool no pais inteiro e forçar o aunmento artificial da gasolina para poder elevar o preco dele. Ou alguém aqui acha que um litro de Alcolina pode custar quase US$2,00????????????
    ________________________________

    Fui Cafeicultor durante muitos anos (com muito orgulho), gerei muito emprego e renda par cidade onde moro. Mas nunca tive 1/10 do apoio que essa "quadrilha" que se julgam "agricultores" e andam de Dodge RAM no interior de São Paulo (queimando diesel, salintando bem) tem do Governo.

    Tenho NOJO dessa gente da Cana.

    ResponderExcluir
  31. Fiquei 15 anos no segmento combustivel. Tem horas que me arrependo de não ter feito o que a maioria fez. (e quem fez, está BIlionário) O ingênuo que trabalha na Petro, da missa não sabe nem a ave Maria e vem aqui defender ? E põe a culpa nos distribuidores pela qualidade do que vendem?
    Sei.
    Tenho cada vez mais um nojo absoluto dos que comandam e se locupletam do que é de todos. Não é a primeira vez que comento por aqui, qdo o assunto é petroleo e combustível. E meu saco encheu pra lá do limite de segurança.

    ResponderExcluir
  32. Não gosto quando política se mistura com carro. Acabo ficando bravo com o carro.

    O mais nocivo das palavras é que uma vez dita por alguém populista, vira verdade indiscutível. O Brasil não é auto-suficiente em gasolina, etanol, gás, mamona, grama, etc. Mas depois do estrago feito pela declaração inflada ufanista, o povão acredita que somos uma superpotência energética.

    Mesmo que algum dia o Brasil tenha petróleo à vontade, isso não vai trazer benefício na bomba nunca. A dificuldade do governo é que dessa vez se aumentar o preço da gasolina, vai ser impopular por conta da inflação estourando o teto da meta.

    ResponderExcluir
  33. Anonimo das 23:46

    Bem colocado mesmo: Além de impopular o aumento da gasolina, começa a esbarrar em algumas outras questões importantes como a inflação que na verdade já passou do teto da meta de inflação.

    Aumento de juros não é coerente para controle de inflação, na situação em que o Brasil se encontra (necessitando de investimentos em infra-estrutura). Então, a solucão é o controle de preços controlados pelo governo e dele deriva a gasolina.

    A presidente Dilma já passou a "caneta' uma vez e reduziu o limite do Etanol para 18%. E depois do "estrago" que ela fez no Ministerio dos Transportes demitindo mais de 18 e surpreendendo a todos, não me admiraria se amanha, ela desse uma entrevista dizendo que pensou melhor e estaria na hora de abaixar para 18% o porcentual de alcool na gasolina. E mandar o Edson Lobão e o Sergio Gabrielli ficarem quietinhos na dele.
    ___________________________________

    ResponderExcluir
  34. Ao Anonimo funcionário da Petrobrás:

    Comparar o preco da gasolina no Brasil com a Alemanha é tão surreal, ilógico e absurdo quanto comparar preço da carne bovina no Brasil com a carne no Japão:

    1-) No Brasil, a gasolina está custando quase US$1,75/L. Tão caro quanto no Japão e em Portugal. Ah...e ignorando o fato que lá vende-se gasolina e não Alcolina (convenhamos, 25% de álcool não é aditivo, é mistura mesmo)

    2-) Temos Petroleo, viva! O Japonês acho que nem sabe o que é Petroleo (ja compra tudo pronto mesmo - gasolina, querosene, diesel, etc.) e o Português, idem.

    3-) É um absurdo sem tamanho 1L de gasolina custar quase que o mesmo que uma garrafa de Coca-Cola 2 Litros (queria que meu Fusca dulpa carburação fosse movido a Coca-Cola)

    ResponderExcluir
  35. Ricardo Linhares29/07/11 01:25

    Alguém que estudou economia, de Adam Smith a Mankiw, sabe que o Brasil hoje, por mais que os EUA entrem em moratória, não quebra totalmente. Poderá haver uma grande catástrofe, mas se o Brasil for esperto e se proteger agarrando na rabiola da China (o que particulamente acho muito difícil tendo a falta de capacidade de se entedender dos nosso políticos), sobrivirerenos a isso tudo. Mas tbm, se dentro de um prazo curto, digamos 10 anos, não mudarmos, só sobreviveremos se houver um revolta popular bem estruturada pra tomar o poer. O que nunca tivemos realmente, pq nossa sociedade náo foi criada para isso, mas sim para ser submissa. Simplesmente não sabemos tomar a liderança.

    ResponderExcluir
  36. Ô da Petrobrás,

    Me explica direito esse lance de sermos auto-suficientes em petróleo, mas termos que importar gasolina e diesel (ou petróleo leve) porque o nosso petróleo não permite que se obtenha gasolina e diesel na quantidade necessária...

    Segundo os dicionários, auto-suficiência pressupõe autonomia completa, sem depender absolutamente de nada e ninguém. Em outras palavras, se importação de petróleo e derivados fosse proibida, o Brasil conseguiria manter o abastecimento de gasolina e diesel nos volumes atuais, sem alterar misturas ou criar novos combustíveis alternativos? Não, né? Então essa auto-suficiência em petróleo é furada!!!

    ResponderExcluir
  37. Ricardo Linhares
    Espero ansiosamente a quebra do Brasil. Pode ser a tão esperada formatação de HD que o Bob tanto fala.

    Qualquer um que ganha dinheiro e paga contas sabe que esse Estado inflado, corrupto e ineficiente é insustentável. Dá pra levar por algum tempo, mas uma hora tem que quebrar.

    ResponderExcluir
  38. Os autoentusiastas veteranos já se acostumaram com os bordões "O PETRÓLEO É NOSSO", "AUTOSUFICIENCIA FOI CONSEGUIDA", "NUNCA ANTES NESTE PAIZZZ", "PRÉ-SAL", "BRASIL AME-0 OU DEIXE-O".....e outros, estamos desde os anos 60 "esperando este país decolar", "esperando este país melhorar", vimos vários planos economicos, várias moedas, ditadura,vivemos alimentados pela esperança e continuamos patinando na história mundial, nossos problemas são insoluveis, a CORRUPÇÃO É ENDÊMICA, EXAGERADA, TORNOU-SE PRÁTICA COMUM EM TODOS OS SETORES DA SOCIEDADE...ainda me recordo da criação da PETROBRAS...vamos continuar por várias gerações sendo o país das mulatas, do futebol (aqui a coisa tá feia), da corrupção, da sem vergonhice, das drogas, da violência. Vivemos sendo enganados por uma midia corrupta, vira-casaca, manipuladora da opinião...ACORDA BRASIL QUE JÁ PASSOU DA HORA.

    ResponderExcluir
  39. O Leonardo falou tudo! Eu torço pra que o Brasil quebre. Entre em recessão, mesmo. Sou funcionário púlbico e o meu tá garantido. Dá dó de quem é da iniciativa privada, já que vai haver muitas demissões.
    Sei que meu comentário é mesquinho, mas o que quero dizer é que esse país é igual o Barrichelo: funciona melhor ao ficar no bolo intermediário da economia mundial. Nascemos pra ser 3ºmundo. Porque essa história de estar no "topo" só se traduz em caristia, alto custo de vida e arrocho salarial.

    ResponderExcluir
  40. jopamacedo
    põe mesquinho nisso... Então o seu tá garantido, é? E quem é que paga? O governo? Sei... mas ele não gera receita! Então... quem paga? ...A iniciativa privada, aquela que sustenta esse elefante branco, mata um leão por dia e ainda tem que mostrar serviço para que o próprio governo, sustentado por ela, se ufane e se gabe de um "Brasil para todos". Essa é a tal iniciativa privada que você diz que vai quebrar, demitir... Já pensou nisso? Vai faltar feijão na panela de todo mundo e também na sua.

    ResponderExcluir
  41. Gustavo Cristofolini29/07/11 10:11

    Vai sair recurso do BNDES para a corja de usineiros??? Não vou ficar bravo, mas daqui uns dias eu vou ao Banco do Brasil pedir um financiamento para comprar 2 máquina para a minha fábrica. Certamente farão milhões de exigencias, vou ter que levar muitos documentos autenticados, balanços de faturamento e vou ter que mostrar que o que quero fazer é rentável e que no mínimo as prestações eu vou conseguir pagar. Se eu não tiver o que comer não tem problema, desde que o banco não saia perdendo. Mas, se o financiamento não sair, bom, ai eu vou perguntar o porque de se financiar uma industria (do etanol) que será mecanizada até 2014 e não financiar a minha, aonde cada máquina gera 5 vagas de emprego.

    ResponderExcluir
  42. Que é revoltante é, mas vejo que a maioria xinga, briga, mas não tem a mínima idéia do que fala. Bravatas não vão mudar nosso país, mas sim conhecimento e ações!
    Temos problemas estruturais no setor de combustíveis no Brasil. Começa pelo fato de que nossas refinarias foram construídas para refinar o tipo de petróleo o qual comprávamos dos fornecedores externos. As reservas descobertas nos últimos anos no nosso país produzem petróleo de outro tipo. Sem contar que a demanda por combustível cresceu muito nos últimos anos e infelizmente não dá pra aumentar a capacidade de produção da noite para o dia. A Petrobrás está construindo novas refinarias para aumentar sua capacidade de refino, já para o tipo de petróleo extraído aqui, porém isso demanda tempo.
    Infelizmente nosso país cresceu nos últimos anos sem estar preparado para isto. E a conta agora está chegando.
    Outro problema é o monopólio de refino por parte da petrobrás. Se a Shell, a Esso ou outra empresa qualquer rtivessem suas refinarias, poderia se favorecer a concorrência.

    ResponderExcluir
  43. Bob (lá em cima...)

    É mesmo. Tenho esse sentimento a respeiro do novo Kia Picanto: mais bonito, mais potente, com mais torque, interior mais caprichado...e "FREX"!!!!!

    Se estivesse pensando em comprar um, consideraria fortemente a versão que vai sair de linha...

    ResponderExcluir
  44. Interessante o comentário do jopamacedo... entao quer dizer que o Brasil tem que quebrar á custa de milhoes de desempregados da iniciativa privada, enquanto o sr. acima, por ser funcionario publico, nao tá nem aí, afinal de contas o que o mantém empregado é exatamente a estrutura falida, extremamente corrupta e ineficaz do nosso país.
    No dos outros é refresco né?

    ResponderExcluir
  45. Eurico

    Pelo que eu entendi, o jopamacedo foi irônico, retratando o pensamento de toda a classe política e boa parte da classe "mérdia" (essa que se deixou seduzir pelo Partido Mensaleiro em troca de concursinhos públicos e Tucson financiada até a morte) brasileiras.

    ResponderExcluir
  46. O que falta é abrir o mercado e deixar a concorrência regular o mercado sem o governo ficar se metendo. Incentivar novas industrias e não proteger as que existem.

    ResponderExcluir
  47. O pessoal tá confundindo auto-suficiência em petróleo com capacidade de refino.

    Este é o gargalo do Brasil, investir em refinaria é a longo prazo, haja visto que construir uma demanda em torno de 4 a 5 anos, com custo que pode variar entre 10 e 20 BILHÕES (tijolaço.com).

    Também sou consumidor e fico revoltado com estas misturas absurdas, e o que é pior, assistimos tudo como se estive tudo bem.

    ResponderExcluir
  48. Nada explica essa atitude do ministério de Minas e Energia de incentivar a estocagem de etanol, talvez seja o fato de que esse ministério seja feudo de PMDB, e ele esteja servindo aos interesses dos usineiros.
    Mas quanto a gasolina, isso se deve ao fato de que durante os ultimos 30 anos, não foram feitas nenhuma refinaria, e apenas no governo Lula é que elas foram planejadas, e agora começarão a entrar em operação, bom, logicamente não é uma coisa boa importar gasolina, mas com isso se ve que a economia esta boa, e pela primeira vez em muitos anos a demanda esta separando a oferta.
    Bom, infelizmente, geralmente vejo aqui no blog, em algumas postagens em que o assunto é o governo e seus atos, alguns comentários em que crucificam o governo do PT, pelas coisas que ele fez com o Brasil, principalmente ao mensalão(que eu dou razão), mas sinceramente, o que o PT fez pelo Brasil em 8 anos, a oposição não faria nem em 80. E só pra avisar aqueles que acham que acham que a oposição é a reserva da moral e da ética da nação, deveriam pesquisar nos "blogs sujos", o que a imprensa não mostra sobre a oposição, ta na hora de vocês deixaram de assistir a Globo e ler a Veja, pois nessas duas não existe imparcialidade. E antes que me acusem de ser simpatizante do PT, quero dizer que sou apenas um patriota, e vejo as coisas com imparcialidade.

    ResponderExcluir
  49. Ainda bem que vc avisou, Ingo, da sua imparcialidade.
    Depois dessa, não preciso mais de inimigos; os amigos darão cabo de mim....
    on mode sarcastic....

    ResponderExcluir
  50. Ignoremos a trollagem petralha...

    ResponderExcluir
  51. Então ta, me diz o que que o FHC fez pelo Brasil além de pedi arrego 3 vezes pro FMI e vende tudo que era do povo brasileiro ?
    O que eu disse ai em cima e no outro post é a pura verdade, se vocês fecham os olhos para ela, não é minha culpa.
    E peço desculpas por fugir do assunto do tópico.

    ResponderExcluir
  52. Ingo
    Você mesmo falou: "blogs sujos". Ora, o que eu vou ver num blog sujo? Somente porcaria e, o pior, financiada pelo leite de pata do governo. Não, obrigado.
    Meu caro. Deixe de ser desonesto com essa conversa mole de que FHC vendeu o que é do povo... não tem coisa mais estúpida do que esse papinho feito para enganar trouxa. Fosse feito como voces, petralhossauros, viviam cacarejando quando estavam na oposição e o país teria quebrado. Quebrado de verdade. Gente asquerosa.

    ResponderExcluir
  53. Quando falei dos blogs coloquei entre aspas para sinalizar ironia, você não deve ter entendido. Mas quanto as privatizações, me responda aonde foi parar o dinheiro das empresas vendidas. E quanto aos ”carcarejos” dos ”petralhossauros” deviam ser porque eles tinham razão, pois a emenda da reeleição foi comprada pelo FHC. Bom. E quanto ao país quebrar com os ”petralhossauros”, acho que aconteceu bem ao contrário do que você queria. O Brasil entrou numa era de grande prosperidade, e se transformou num player global. Espero que você não negue isso também né, porque isto esta escancarado.

    ResponderExcluir
  54. Ingo
    Quer dizer que eles tinham razão? Então, infere-se que, quando no governo, estavam errados, né? Afinal, fizeram tudo o contrário do que pregueavam... ah!, entendi. Estavam em campanha, daí vale tudo. Sei...
    Quanto ao resto, desculpe, estou bem escolado, não caio nesse truque barato que você me joga à fim de entrar em acordo com suas colocações, deturpando e omitindo ao sabor do seu interesse e tentar emplacar pra cima de mim sua opinião. Não cola. Sei bem a realidade por que passava o país antes e agora. Cenários muito distintos. Mas a propaganda asquerosa é tão poderosa que é capaz de mudar toda uma visão de um povo. Não a minha e de 44 milhões de eleitores. Mas isso para você deve ser café pequeno. Mais cedo ou mais tarde todos pagaremos a conta das diatribes desses oito ou, quem sabe, até doze ou dezessis anos de irresponsabilidade. Esse seu (des)governo nos custa muito caro e não passa de um embuste.
    ps: esqueci de uma coisa: não vi ironia nenhuma na referência aos blogs que você deve frequentar. Eles são sujos mesmo. Fétidos.

    ResponderExcluir
  55. E como disse o Uniblab, chega de trollagem petralha. Um chute no traseiro dessa gente.

    ResponderExcluir
  56. Comprem gasolina do Eike Batista. Ele prometeu até 2015 por 1 MM de boe para fora da terra.

    ResponderExcluir
  57. Não é trollagem,é a verdade. E por a discussão termina aqui, pois discutir com pessoas sem intelecto, intrasigentes e mal-educadas é fogo.

    ResponderExcluir
  58. digo, boe dia.

    ResponderExcluir
  59. intransigentes... sem intelecto... sem educação... Se olha no espelho, sujeito.

    ResponderExcluir
  60. Aliás, é a verdade quê, cara pálida? A sua? Então tá.

    ResponderExcluir
  61. Triste ver os torcedores do PT serem tão cegos. A cagada é aqui e agora. Não adianta ficar puxando o FHC toda vez que dá merda. Isso faz quase 9 anos e deixou o país prontinho pro Lula governar e ainda assim ser mais do mesmo.

    Quem deu as diretrizes que o PT segue como um cachorrinho e até abana o rabo? Como o Brasil conseguiu respeito sem bravatas que daria o calote? Como o país conseguiria vender títulos e inflar o BC e BNDES? Como o país passou uma 'marolinha' se todo o serviço de controle e saneamento dos bancos não tivesse sido feito pela 'herança maldita'? Como o Lula é rabudo e ficou os 6 primeiros anos sem nenhuma crise internacional? Como o PT acabou com a superinflação? Tá prontinha pra voltar, inclusive 2012 já era. A meta só volta em 2013. Dilminha ficou só com bucha que o Lula deixou.

    ResponderExcluir
  62. A explicação pra tudo:
    "O Brasil não é um país sério!"
    Desconheço o real autor, mas está mais do que correto.

    Dorso

    ResponderExcluir
  63. Ao Anonimo funcionário da Petrobrás:

    Comparar o preco da gasolina no Brasil com a Alemanha é tão surreal, ilógico e absurdo quanto comparar preço da carne bovina no Brasil com a carne no Japão:

    1-) No Brasil, a gasolina está custando quase US$1,75/L. Tão caro quanto no Japão e em Portugal. Ah...e ignorando o fato que lá vende-se gasolina e não Alcolina (convenhamos, 25% de álcool não é aditivo, é mistura mesmo)

    Não vale esta comparação, a 2 meses atrás o dólar estava em 1,70 e a gasolina 20% mais barata. Não se pode comparar diretamente, pois o real valorizou.

    2-) Temos Petroleo, viva! O Japonês acho que nem sabe o que é Petroleo (ja compra tudo pronto mesmo - gasolina, querosene, diesel, etc.) e o Português, idem.

    Também acho que deveriamos importar gasolina se o real está em alta e deixar de extrair petróleo. Queria entender a imprensa: "petrobras não reajusta gasolina e ações caem na bolsa. Há descompasso entre o governo e a direção da empresa".

    3-) É um absurdo sem tamanho 1L de gasolina custar quase que o mesmo que uma garrafa de Coca-Cola 2 Litros (queria que meu Fusca dulpa carburação fosse movido a Coca-Cola)

    É um absurdo uma garafa de coca-cola 2 litros custar o mesmo que um litro de gasolina. a mesma tinha que ser mais barata ou realmente muito mais cara e sobre taxada como o cigarro. Outro absurdo é um litro de leite custar quase o mesmo tanto que um litro de álcool né!

    ResponderExcluir
  64. Gostaria que quem reclamou do diesel me explicasse por que ele não se enquadra nas especificações mínimas de enxofre. Será que é porque o petróleo nacional em sua maioria é rico em enxofre. Não tem problema, vamos importar diesel, pois ele consome o melhor tipo de petróleo para ser produzido. Opa!!! se o governo importa diesel por uma decisão estratégica ou pelo descompasso entre o crescimento da economia e a expansão do parque de refino o pais não é mais autosuficiente!

    ResponderExcluir
  65. Unilab, Petralha. morra de inveja.

    ResponderExcluir
  66. Hã?

    Mesmo "Anônimo", seu comentário tem que fazer sentido, não?

    ResponderExcluir
  67. Como Petroleiro, gostaria de esclarecer algumas coisas. Como já foi dito acima, o Brasil é autosuficiente em extração de petroleo, mas não em refino. Por que isso? Primeiro porque ficamos mais de 30 anos sem construir uma refinaria sequer. Segundo porque a demanda por automóveis cresceu muito ultimamente. Se decidirmos fazer uma refinaria hoje, você pode esperar 8 anos (estou sendo bastante arrojado) para que ela comece a produzir. Quanto a qualidade de nossa gasolina, bom não precisamos dizer quem é o grande responsável por isso não? Tenho conhecidos que já foram ameaçados de morte por donos de posto. Os altos indices de enxofre e outras impurezas são inerentes ao processo de refino, todo petroleo tem enxofre (alguns mais que os outros) existem processos que estão sendo implementados (por causa do procomve) para melhorar estes indices. A gasolina Podium já atende as mais severas normas de controle de enxofre. Mas esses processos são caros e proprietários. Assim como o craqueamento, os processos de Hidrodesulfurização são tecnologias dominadas por grandes multinacionais Alemãs, Japonesas, Americanas e outros países "mequetrefes" por aí que investem em educação. Não é simplesmente dizer "há como esses idiotas não pensaram em fazer craqueamento antes?". Simples, porque ninguem pagou a conta. A Petrobras deve ser uma das únicas fora deste circulo que descobriu e patenteu um processo de craqueamento, graças ao seu Centro de Pesquisas, o CEMPES. Mas a sua implantação e amadurecimento como tecnologia leva tempo, não é da noite para o dia.

    ResponderExcluir
  68. Agora os usineiros querem que se aumente o preço da gasolina para garantir competividade ao álcool. Veja bem, o preço da gasolina não sobe na refinaria desde 2009, e, quando tem um aumento a culpa é de quem????? Leian o link por favor:

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/956593-carro-flex-pode-fracassar-dizem-usineiros.shtml

    ResponderExcluir
  69. Eu acho que os responsáveis/culpados pelo investimento dos 16 bilhões de dólares no programa Pró-Álcool nas décadas de 70 e 80, é do PT...

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...