6 de setembro de 2011

A PRIMEIRA CORRIDA DO MAZDA WANKEL

Não muito tempo tempo atrás, relembramos a vitória do Mazda 787B em Le Mans, sendo até hoje o único carro japonês e o único com motor Wankel a vencer na pista francesa.


O princípio do desenvolvimento para competição do motor Wankel por conta da Mazda veio com o primeiro modelo da marca dotado com este motor com dois rotores (versão 10A), o 110S Cosmo.



Em 1968, a Mazda inscreveu dois 110S em uma das provas mais duras e exigentes de todos os tempos, as 84 Horas de Nürburgring, também conhecida como Marathon de la Route. Ao longo dos mais de 20 km do traçado alemão, os participantes desafiavam os limites do terreno, das máquinas e seus próprios limites de concentração, desgaste físico e mental.





O motor 10A de corrida, dois rotores.




O motor 10A de dois rotores de 491 cm³, evolução do primeiro 8A, foi preparado para a corrida com algumas alterações de projeto. Uma das mais curiosas características era o sistema de admissão, que em baixas rotações operava com um conjunto de janelas laterais, e em altas rotações comutava automaticamente para um conjunto de janelas periféricas, assim aproveitando melhor as faixas de rotação do motor.


Se o Cosmo conseguisse um bom resultado nesta corrida, alcançaria grande renome e respeito do mundo automobilístico. Com esta visão, e também aproveitando o evento como um grande laboratório, a Mazda deu as caras com dois 110S brancos, de numerais 18 e 19.


O carro número 18 foi pilotado por Nobuo Koga, Yoshimi Katayama e Masami Katakura, enquanto que o carro 19 foi pilotado por Leon Dernier, Yves Deprez e Jean-Pierre Ackermans.





O carro número 19 durante as 84 Horas de Nürburgring.


Ao longo de toda a prova, os dois Mazdas surpreenderam todos os presentes conseguindo manter um rítimo forte e consistente, apenas atrás de dois Porsche 911E e um Lancia Fulvia HF.

Hora após hora, os incríveis orientais completavam as voltas com seus berrantes motores de dois rotores, capazes de gerar 135 cv (limitados por escolha da equipe para manter a durabilidade desejada) a 7.000 rpm.




Mazda 110S Cosmo de corrida.

Após 81 horas, o carro de número 18 perdeu uma roda por conta de uma falha no eixo traseiro e teve que se retirar da prova. Bravamente, o carro restante completou as 84 Horas em quarto lugar, oito voltas atrás dos mesmos dois Porsche e quatro voltas atrás do Lancia, mas quatorze voltas na frente do quinto colocado, um outro 911.

Era uma grande vitória para a Mazda, que na sua estréia conseguiu um resultado tão favorável, e mostrou que seu conceito de motorização era viável e confiável. Anos depois, veio a lendária vitória em Le Mans para consagrar a tecnologia dos motores sem pistão. Um grande feito, marcado por um brilhante começo.




MB

13 comentários:

  1. Pena que a Mazda tenha desistido deste motor genial. Em 2012 o RX8 sai de cena e leva junto a última evolução feita pela Mazda nos rotativos (codinome Renesis).

    ResponderExcluir
  2. Lindo post, junto com o de Le Mans prestando homenagem merecida ao motor e grande pesquisa da Mazda.

    Muito competitivo estes rotativos.

    Que venha um mais atual com ignição à laser, espero por isto e não por um triste fim e enterro de todos estes anos de investimento no Wankel.

    ResponderExcluir
  3. Milton

    Há um Cosmo numa oficina ao lado do Morumbi Shopping, especializada em Mazda.

    FB

    ResponderExcluir
  4. E você não foi lá até agora xeretar sobre o carro e tirar umas fotos pq, B2?

    Eu acho o Cosmo muito legal. Tem uma cara de "futurismo dos anos 60" que é incrível!

    ResponderExcluir
  5. Uau!

    Não sabia desse feito!!

    Mto bom!

    ResponderExcluir
  6. Alexandre - BH -07/09/11 00:47

    Olhem o bichinho aí, em detalhes. Prestem atenção na narração e nas impressões ao dirigir do piloto.

    http://www.youtube.com/watch?v=7rTD_-Czxis&feature=related

    ResponderExcluir
  7. Taí mais um fato que nos dá ainda mais dor no coração em saber que, infelizmente, os motores Wankel podem estar com os dias contados.

    O segundo Mazda só não terminou a prova porque ocorreu falha no eixo, mas o motor continuava lá, firme e forte! Ou seja, já em 1968 a Mazda havia solucionado o problema de durabilidade dos motores Wankel. 84 horas de pauleira não são para qualquer um...

    ResponderExcluir
  8. Incrível como desafiaram os já "dinossauros" das competições. É realmente uma pena que os Mazda com motores Wankel passarão à história em breve. Mas, tenho esperança que num futuro próximo a tecnologia destes motores seja retomada, com projetos ainda melhores e mais ousados...

    MB,
    Você saberia informar a distância média percorrida nesta prova?
    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Interessante o etilo desse pequeno eportivo niponico. Nao sei porque , mas de aluma maneira me lembra os Willys Interlagos.
    Jamais imaginei que existisse um no Brasil.. Provavelmente deve ter entrado recentemete.
    Abracos

    ResponderExcluir
  10. Marlos, o primeiro colocado completou 360 voltas no traçado de 28,291 km, logo um total de 10.184 km.
    abs,

    ResponderExcluir
  11. Realmente,é uma grande perda para o mundo autoentusiasta,o "abandono" dessa tecnologia tão exuberante,e que se provou de grande qualidade...pena que devido a alguns fatores mercadologicos(imagino),essa tecnologia foi deixada de lado..

    motor menor..mais leve..com grande potencial de preparação..Wankel forever haha

    Tem um programa do Best Motoring,que conta parte da hist do RX-7...

    http://www.youtube.com/watch?v=uZ2z42pWBbc

    Abs pessoal

    ps:imagino um lotus7/catheram seven..com o motor do rx-7...

    ResponderExcluir
  12. Tenho uma Oficina Mecânica aqui comprada em um sebo que mostra um Cosmo modificado. O carro teria sido um presente do governo japonês e depois foi parar nas mão desse dono (está meio vago porque não estou com a revisa em mãos). O triste é que lá diz que o "problemático motor Wankel" foi trocado por um de Chevette, além de terem repintado o carro de vermelho, no lugar do tradicional branco japonês no qual ele chegou aqui.

    ResponderExcluir
  13. Coincidência este post sobre o Mazda Cosmo Sport/110S. Como fãs de carros e de jogos de corrida temos organizado um campeonato amador de Gran Turismo 5 (Playstation 3) e na sexta-feira corremos em Monza com estes modelos tunados, quase 250km/h de final e pneus racing. A simulação é ótima e tivemos uma noção do quanto o carro era bacana. Algumas fotos desse ótimo simulador: http://imageshack.us/f/607/tokyor246.jpg/ e http://www.gt5-tuning.com/images/thumb/a/ab/Kseriescosmo.jpg/600px-Kseriescosmo.jpg. Mandei 2 e-mails ao BOB SHARP sugerindo matérias e não recebi nenhuma resposta, sequer um OK, LIDA! Abraço.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...