5 de dezembro de 2011

MUSEU AUTOMOTIVO PETERSEN - LOS ANGELES



Com o aquecimento da economia brasileira e o real mais valorizado em relação ao dólar americano, um destino freqüente dos brasileiros é os Estados Unidos. Orlando, na Flórida deve ser o mais lugar mais cmum, mas a Califórnia também deve ser bem concorrida. Para comprar, comprar, compra e comprar, Orlando é melhor. Mas para passeios e aventuras em cenários naturais a Califórnia é imbatível. E na Califórnia um destino certo é Los Angeles, onde fica a famosa Hollywood.

E o bom para nós autoentusiastas é que bem próximo a Hollywood está um dos melhores museus independentes (que não pertencem a nenhuma marca) de automóveis do mundo. Ou seja, facílimo de chegar. E melhor ainda, é um museu que toda a família pode visitar sem reclamar de desvios da programação de férias. 

O Museu Automobilístico Petersen foi fundado por Robert E. Petersen (1926–2007) em 1994 com dinheiro próprio. Robert Petersen foi o fundador de revistas de automóceis importantes, sendo as principais Hot Rod Magazine em 1948 e a Motor Trend, em 1949. Ele teve um negócio milionário no ramo de publicação de revistas. E parte dos seus ganhos foi investido no museu que não tem fins lucrativos.

Ford 1930 Hot Rod

Com localização privilegiada e estacionamento próprio, no térreo, logo na entrada há uma loja, até que grande, com tudo sobre carros: camisas, jaquetas, bonés, miniaturas variadas, livros, vídeos e badulaques bacanas. Uma tentação. E bem ao lado uma lanchonete bem legal de uma rede popular nos Estados Unidos, a Johnny Rockets, que faz um hambúrguer delicioso. Como é impossível ficar menos que 2 horas no museu, eu recomendo que se chegue próximo da hora do almoço, escape da loja, e vá direto para lanchonete. Depois de alimentado passe o tempo que quiser, ou que os acompanhantes agüentarem (tenho certeza que eles vão gostar muito, mas não são loucos como nós), e no final compre alguma lembrança. Até eu que não sou consumista comprei uma miniatura de recordação. 

O museu tem 3 pisos. No térreo fica uma exibição permanente que conta um pouco da história do automóvel nas ruas da Califórnia. O ambiente é fantástico pois todos os carros são exibidos em dioramas. Há até uma concessionária Cadillac com vários modelos antigos dentro. Há uma riqueza de detalhes incrível. É dessa parte que qualquer não-entusiasta também vai gostar muito. 

No segundo piso ficam algumas exposições fixas, como uma só de motos, outra sobre carros de Hollywood e  uma sobre carros com propulsão alternativa. Além dessas é lá que ocorrem as exibições temporárias e temáticas. Isso torna cada visita diferente! Desta vez tive sorte e peguei uma exibição de supercarros, uma com carros dirigidos por Phil Hill, além de uma outra com dezenas de scooters e suas variações. 

E no terceiro piso fica O Family Discovery Center, feito para despertar nas crianças o interesse sobre carros e sobre a ciência que os envolve através de displays interativos que explicam os fundamentos do automóvel. Mas essa parte fecha antes do museu fechar e infelizmente nas duas vezes em que estive no museu não consegui visitá-la.

O endereço do museu é: 6060 Wilshire Blvd Los Angeles, CA 90036. E na internet: Museu Automotivo Petersen. Não se esqueça da conferir os horários de funcionamento antes da visita. Eu já dei com a porta na cara em outros programas como esse.

Vamos a uma seleção do que eu mais gostei ou achei interessante. Prometo postar um álbum completo na barra lateral e no Facebook.


Ford Edsel 1934 - Esse carro foi criado pelo próprio Edsel Ford e o designer da Bob Gregorie. Usa uma estrutura tubular de alumínio feita na divisão aeronáutica da Ford. Recentemente foi restaurado e apresentado ao público no último Concours d'Elegance em Pebble Beach




Ol' Yaller Mark III 1950 - Um custom car para corridas feito na Califórnia com chassi tubular de alumínio. Usa um motor Buick V-8 de 414 pol³ e diz a lenda que ganhou corridas disputadas com Ferraris, Jaguares e Maseratis. Tem um estilo que junta elementos de outros carros da época,





Cobra 1955 - Outro custom car interessante. Foram feitos apenas dois, esse com motor Oldsmobile e outro com motor Cadillac. Utiliza componentes de "prateleira" de outros modelos Chevrolet, Cadillac, e Studebaker. Me parece um cruzamento de Corvette com Thunderbird.





As ambientações do museu são lindíssimas e ajudam a vivenciarmos a época dos carros expostos.

Modelo 1911 fabricado pela The American Car Company, o primeiro "underslung" (chassi baixo)

Oficial só na espera do pato, com sua Harley escondidinha

Twin Coach 1931, feito para entregas 

Concessionária Cadillac, um luxo só

Lojinha de componentes com um Bell Special Midget Racer de 1945 na porta

Uma linda Pontiac Woody 1939 na frente de uma revenda

Mercury Eight em processo de customização

Alguns dos brinquedos do Steve McQueen também estão no museu.


Hudson 1951

Jaguar XK-SS, versão mansa do D-Type

Indian Big Chief 1927 com motor 1.200 

Essa Indian é o destaque da mostra de motos. Do lado oposto dela estão as motos.


Gurney Alligator A-6 2002, concebida pelo famoso piloto Dan Gurney para ter centro de gravidade baixo


Não é de hoje que idéias mirabolantes são colocadas em prática como alternativa aos ineficientes motores de combustão interna.

Dutcher 1974, um carro movido a vapor!


Hybricon Centaur II 1978, um híbrido com motor a gasolina e dois motores elétricos

O famoso Chrysler Turbne 1963 , com sua turbina a gás e carroceria feita pela Ghia


Há também brinquedos que foram de outros artistas.

Impala 1962, também chamado de Slampala (socado!), que foi do guitarrista do ZZ Top


Delahaye Drophead Coupe 1949 que foi do Elton John


Outras estrelas do museu.

Herbie, que no último filme correu na Nascar!!!

O segundo Batmovel mais legal de todos

O Beleza Negra, usado pelo Besouro Verde


Cadillac Series 62 1959 - Um dos Cadillacs mais bonitos de todos os tempos com seus quatro mísseis na traseira.






Na mini-exposição com carros dirigidos por Phil Hill estavam Ferraris maravilhosos!

Da frente para o fundo: Testarossa 250, 250 GTO, 375 Mille Miglia e 750 Monza

GTO com as cores americanas!

250 Testarossa Spyder 1959

375 Mille Miglia 1953

Chaparral 2E 1966 com sua asa elevada com inclinação controlada por um pedal 


Stutz - Depois de carros tão legais vou sacanear colocando dois Stutz, que devem figurar nas diversas listas de carros mais feios do mundo. Me lembro de odiar esse carro no Super Trunfo. Há quem goste! O JJ deve ser um deles e aposto que ele vai aparecer lá nos comentários defendendo os Stutz. Depois de falir em 1935 a Stutz resurgiu em 1968 com design assinado por Virgil Exner – por incrível que pareça –  e usando plataforma de Pontiac Grand Prix ou Boneville, dependendo do ano.

Stutz d'Italia 1976

Stutz Bearcat 1975, customizado por John D'Agostino





E para fechar o post um pouquinho dos supercarros. Todos os modelos do Super Trunfo Super Carros estavam lá. Vou deixá-los para um outro post exclusivo.

Lamborghini Miura S 1969

Ford GT40 MKIII 1967

Bizzarrini Manta 1968, com três lugares e direção central

PK

9 comentários:

  1. Valeu! Só não se esqueça do álbum completo na barra.

    ResponderExcluir
  2. É prá já Paulo Keller !
    Esse Stutz é um show car, coisa para artistas chamarem a atenção. Não que seja bonito, mas está cumprindo o perfil de missão.
    Stutz bonito é o Raceabout.

    ResponderExcluir
  3. Aléssio Marinho05/12/11 17:47

    Mais um destino pra minha viagem aos EUA em 2014...
    Valeu PK!!!

    ResponderExcluir
  4. Muito boas fotos, PK!!! Pude ouvir o motores ronronando em cada foto, me seduzindo...

    ResponderExcluir
  5. Sensacional !!
    Visita obrigatória na próxima ida aos States...
    E ver os carros do Super-Trunfo ao vivo e a cores no mesmo lugar...NÃO TEM PREÇO !!!

    ResponderExcluir
  6. Elvis Presley :
    entre outros carros exóticos tambem teve um Stutz

    ResponderExcluir
  7. Fantástico, PK! Só o Chaparral e o Old Yeller já valem o preço da viagem.

    ResponderExcluir
  8. Opps

    Um desses Stutz foi pedodo do Elvis. Mas fou vendido para outra pessoa.

    PK

    ResponderExcluir
  9. Cada vez que vejo a quantidade e qualidade dos museus dedicados aos automóveis fora do Brasil, não me conformo de os poucos que aqui existem terem que se manter na marra, à base de paixão pura e muita força de vontade.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...