Google+

12 de dezembro de 2011

UM CASO DE FLAGRANTE E TOTAL DESRESPEITO AO ESPECTADOR

Fotos: www,poeiranaveia.blogspot.com


Esta é a visão de uma arquibancada no Autódromo Internacional de Curitiba, dia de corrida, 4 de dezembro último. Deveria haver público ali, mas não há. A explicação está na mensagem que um leitor de Joinville, SC enviou ao AE no qual havia o link para o blog "Poeira na veia", no qual um espectador relata ao dono e editor do blog, Francis Trennepohl, que havia ido àquele autódromo na Grande Curitiba assistir corridas no domingo retrasado e foi impedido, pela organização, de se postar, juntamente com várias pessoas, numa das arquibancadas abertas ao público. Veja o que o espectador conta, transcrito do citado blog:

"Em 04/12 último, eu, Lucas Bornemann, acompanhado de meu irmão e meu sobrinho, fomos até o Autódromo Internacional de Curitiba, a fim de prestigiar alguns amigos que participariam do Festival de Marcas 1600 e também no intuito de acompanhar o Campeonato Brasileiro de Marcas (...) Ao chegarmos no autódromo nos dirigimos até o final da reta, ponto em que sempre assistimos às provas pois todo mundo que entende um pouco de corrida sabe que ali é o melhor ponto da pista para se acompanhar uma prova. (...) Chegamos faltando uns 15 minutos para o inicio da primeira bateria do Brasileiro de Marcas, e percebia-se claramente que o público era muito pequeno. O que em se tratando de provas naquele autódromo, não é nenhuma surpresa e segredo para ninguém Sentamos em nosso local de sempre, perto da placa da freada de 100 metros, ao nosso entorno havia aproximadamente  umas 30 pessoas. O que aconteceu na sequência foi algo que eu nunca tinha visto e não acredito até agora que ocorreu. Alguns seguranças vieram em direção a nós e todo o público presente nesta área dizendo que não poderíamos permanecer naquele local e que deveríamos ir para a arquibancada da reta. Perguntamos o motivo e nenhum dos seguranças soube dizer, e como todos os ali presentes se recusaram a sair, eles foram embora. Aproximadamente três minutos antes da largada apareceu um senhor com a camisa da Vicar, intitulando-se promotor do evento, e cujo nome disseram ser Manoel, o que não posso assegurar. Então este senhor, acompanhado de quatro policiais, veio fazendo um arrastão e retirando todas as pessoas que se encontravam na arquibancada do final da reta.


Perguntei a este senhor qual o motivo disto e o mesmo não me respondeu, ele realmente não tinha um argumento válido, um assessor seu, acredito que era o responsável pela equipe de seguranças, tentou argumentar que era uma questão de segurança. Aí perguntei, será que havia o risco de algum acidente naquele local? Acho que não, só se colocássemos asas nos carros para algum conseguir chegar até aquela arquibancada. Então este responsável pela segurança disse que o problema era, segundo palavras dele, a "favela" que existe na divisa com o autódromo e que poderiam vir nos assaltar naquele ponto. Primeiro, não vi favela nenhuma aos fundos da arquibancada, segundo, acho que seria um pouco improvável alguém tentar assaltar 30 pessoas ao mesmo tempo e, por sinal, se realmente o perigo era este, não seria mais fácil colocarem os quatro policiais e os cinco seguranças do evento que vieram nos retirar da arquibancada para cuidarem do local e assegurar que pudéssemos assistir a corrida de onde quiséssemos? E tem mais, se realmente sabiam que aquele local não tinha segurança, por que proibiram a entrada e a permanência neste local somente depois do início do evento, quando deveriam avisar isto com antecedência, assim não pegariam ninguém de surpresa e tudo estaria resolvido. Quem não quiser ver da reta não vá ao evento e pronto. Mas sabem qual o real motivo para essa palhaçada toda, e essa total falta de respeito? A falta de público, como disse no começo, o público era ínfimo no autódromo para a grandiosidade do evento, e do investimento ali deixado por patrocinadores como Petrobras, Pirelli além das marcas oficiais Honda, Chevrolet e Ford. Como o público era pequeno, disperso pelas arquibancadas parecia ainda menor. Qual foi a grande idéia do Senhor Promotor do evento? Fechar a maior arquibancada do autódromo e juntar todos os poucos presentes na arquibancada da reta, que além de ser a menor, fica de frente para as filmagens da TV e também para os camarotes dos patrocinadores. Ou seja, assim todo mundo se engana. Os promotores se enganam achando que o público compareceu em bom número, como já está anunciado no site do Campeonato Brasileiro de Marcas, enganam as marcas patrocinadoras que acham que investiram bem seu dinheiro, e enganam principalmente o público."

Chegou-me no mesmo dia um video postado no YouTube mostrando o absurdo da situação:


É ou não uma cena surrealista? Quem compra um ingresso para assistir uma corrida é um cliente, mas parece que o organizador desta etapa do Campeonato Brasileiro de Marcas entende diferente.

Foi um episódio lamentável que só mancha o nosso automobilismo. Este post será dado conhecer pela Confederação Brasileira de Automobilismo.



BS

47 comentários:

  1. Nossa. Estelionato por parte dos organizadores.

    ResponderExcluir
  2. É o circo para a "nova classe média". A nós, da "velha", só cabe perder tempo tentando convencer burro que aquilo não é pasto. Infelizmente a saída é o aeroporto...

    ResponderExcluir
  3. O Brasil é o inferno automotivo: carros não prestam, corridas fraudadas, legislação feitas para arrecadar dinheiro, etc... Este post só mostrou-me o que eu já sabia: para vigaristas não há limites, ética, decência e honestidade são só palavrinhas bonitas para uso em discursos, sem sentido prático algum.

    ResponderExcluir
  4. É, o AutoClandestino definiu bem. Há uma nova classe média, movida a babaquices, e uma velha classe média, que sabe algo de cidadania e direitos. O Brasil não é mais para quem pensa, é só para quem vive sem pensar.
    Anencefalus citadinus é a espécie dessa nova classe média.
    O que é essa Vicar ? alguma oficina ?
    Que ninguém mais vá ao autódromo, e que as equipes fiquem sabendo da palhaçada que rolou na corrida.
    Os organizadores têm que se retratar.
    Chega de bagunça e idiotice.

    ResponderExcluir
  5. O Flavio Gomes também postou isso em seu blog. Realmente é lamentável a questão do lazer e entretenimento nesse pais. Vai na balada? Paga-se 50 contos pra entrar mais 50 pra beber 4 log necks. Vai pra show de rock? Prepare-se pra ser extorquido e encarar banheiros imundos. Vai ver jogo de futebol? Além do ingresso caro, te proíbem de levar bandeira, sem contar o risco de se envolver numa confusão. Foda...

    João Paulo

    ResponderExcluir
  6. JJ, também tenho notado uma mania brasileira nas empresas: O importante não é dar certo, mas sim eu tirar o meu da reta. Quando os patrocinadores cobrarem os organizadores, esses vão mostrar uma foto da arquibancada cheia e se eximir de culpa.

    Se fossem os astronautas brasileiros, a frase seria "Houston, we have a problem, mas não fui eu! Foram vocês! Eu fiz a minha parte!"

    ResponderExcluir
  7. Essa Vicar não é aquela porcaria que organiza o embuste da bolha? Caro colega, nem perca tempo em chorar na porta da CBA. São outros vigaristas. Conclusão: No Brasil, o automobilismo morreu.

    ResponderExcluir
  8. Deviam ter chamado a Polícia (policia mesmo, não a porcaria de GM que apareceu no vídeo), feito BO e pedido ressarcimento da entrada.
    E claro, acompanhar este campeonato, seja ao vivo ou pela TV, nunca mais, né?

    ResponderExcluir
  9. O automobilismo no Brasil se foi na segunda metade dos anos 70.
    Vivemos há algumas décadas num inverno escuro e das lembrancas dos anos de glória.
    Essas entidades e cartolas que vem comandando tem grande responsabilidade por esse triste cenário e nada farão para muda-lo.
    Que pena !

    ResponderExcluir
  10. Para estragar qualquer atividade, basta acrescentar política e dinheiro.

    ResponderExcluir
  11. No Brasil, tudo ficou desse jeito.

    As pessoas não se respeitam, nem mesmo quando precisam do dinheiro delas (clientes).

    Não entendem o que é respeito e o confundem com lambeção ou opressão.

    Cada vez mais caminhamos para sermos "macacos promovidos de galho".

    ResponderExcluir
  12. O Nelson Piquet andou soltando o verbo pra cima da CBA uns dias atrás.

    Foi um tapa na cara.

    Mas acho que precisamos de nomes fortes mobilizando a coisa. Gente como Emerson FIttipaldi, Rubens Barrichello, Felipe Massa e cia. e o próprio Piquet batendo na porta dos deputados e pressionando as mudanças.

    ResponderExcluir
  13. Infelizmente este procedimento de tratar as pessoas como se fossem "bois" ou "massa de manobra" não é exclusividade do automobilismo.

    A prefeitura da minha cidade cercou um espaço público para promover sua programação de Natal, com praça de alimentação, luzes e apresentações diversas. A entrada continua franca mas o povo só pode entrar por um acesso, passando por catracas.

    Catracas para acessar uma praça pública!

    No ano que vem, acho que vão cobrar ingresso. Como o povo já está adestrado, ninguém vai reclamar.

    ResponderExcluir
  14. Rubens Barrichelo, Felipe Massa e Emerson Fittipaldi são "bons moços" da Rede Globo, esqueçam.

    Até Ayrton Senna, nosso maior nome no automobilismo, era vendido à televisão do Rio de Janeiro.

    Só o Piquet tem coragem de falar o que pensa. Não é por acaso que ele não fica rondando os programinhas da TV Globo como fazem os demais.

    Barrichelo e Massa então... putz, participam até de programa do Faustão e Xuxa.

    ResponderExcluir
  15. Luiz Dranger12/12/11 16:20

    Bob,
    Por que você acha que as arquibancadas estavam vazias ?
    divulgação zero, conforto zero, flanelinhas na porta e por aí vai.
    Enquanto não houver uma mudança radical na CBA e nas Confederações Estaduais, nada vai acontecer. A Vicar é uma que conseguiu uma boquinha.
    Parece-me que a única coisa que rola bem é a F-Truck, onde tem público, disputa entre marcas e cada uma delas fazendo um tremendo marketing.
    Abr, Luiz

    ResponderExcluir
  16. O problema era falta de público ? Faz como a Globo no Big Brother no dia do paredão. Enche as arquibancadas de "parentes", que devem receber um prato de feijão com arroz como pagamento.

    ResponderExcluir
  17. O Dranger tem razão.

    A F-Truck parece ser a única que ainda funciona - mesmo com radar e outras babaquices - ainda tem uma organização razoável e faz algum show, além de competir marcas entre si com seus desenvolvimentos.

    De resto só mesmo a Fórmula da Alegria entre os amigos do Otávio Mesquita.

    ResponderExcluir
  18. Á Fórmula Truck tem limites de velocidade para evitar carnificinas, afinal os caminhões pesam mais duas toneladas, contra 500kg dos carros das demais categorias. Uma batida entre caminhões é muito mais feia do que uma batida entre carros ultraleves.

    ResponderExcluir
  19. Resposta de Carlos Col:

    http://autoracing.virgula.uol.com.br/slideshow-noticias/carlos-col-se-desculpa-com-internauta-apos-incidente-em-curitiba

    ResponderExcluir
  20. O automobilismo aqui já era, no Brasil apenas futebol tem vez.
    O que estão fazendo com autodromos de Brasilia, Rio de Janeiro...
    Esperar o que desta categoria mentirosa? Mentira desde o começo, que bom que estão as moscas...

    eu iria reclamar meu dinheiro de volta e sair de lá para nunca mais voltar, e não seria um boi para ficar na reta sem graça, onde a vicar ou patrocinadores queriam.

    ResponderExcluir
  21. Essa várzea só mudará se integrantes de equipes e expectadores realmente baterem à porta da CBArgh cobrando providências. os pilotos fizeram o maior auê qdo morreu o piloto da Copa Monstrana e nenhum teve o saco roxo de boicotar uma corrida. A Estoque é outro engodo que sempre dá confusão e os prejudicados acabam deixando assim mesmo.

    ResponderExcluir
  22. Esse texto do Col está mais para "desculpa esfarrapada" à um verdadeiro pedido de desculpa. Eu também acredito que o consumidor deveria ser previamente instruído/advertido que aquele local estaria inacessível. Seria algo como comprar um Corvette com um motor 1,0 litro VHC "de fábrica", pois assim eles quiseram entregar sua unidade e não o consumidor quem quiz.

    Automobilismo nos domínios .br não existe mais. Que me perdoem os "politicamente corretos" pois tenho consciência de que não é muito certo, mas só sobram ALGUNS rachas de rua. E olhe lá...

    Quase todo evento "grande" está tendo influência de cartolas. Pena que estes parecem conhecer mais de "futibóu" à automobilismo.

    Decepcionante.

    ResponderExcluir
  23. São por atitudes imbecis como essa ocorrida no autódromo de Curitiba que cada vez menos eu me interesso por esportes em geral.

    Hoje o que vale é somente o dinheiro, dane-se o espetáculo e o público. Tudo bem que todos precisam de seu ganha-pão, mas hoje ocorre uma inversão de valores absurda: o esporte é simplesmente conseqüência do dinheiro que rola solto nas competições, não o contrário. O dia que não se puder mais ganhar rios de dinheiro com esportes, eles não mais existirão.

    ResponderExcluir
  24. Andre Scud12/12/11 19:56

    Interlagos também é uma merda, a infra só é boa na pista, de resto se compara a um campo de Várzea. Você sofre para chegar, para entrar, para assistir e se arrepende de ter levado os amigos.

    ResponderExcluir
  25. Olá Bob!
    Se não fosse pelo lamentável episódio, diria que é uma honra muito grande ter meu blog (POEIRA NA VEIA) citado por você, porém, dadas as circunstâncias, lamento que seja por este motivo, mas creio que de alguma forma conseguimos, todos nós APAIXONADOS PELO AUTOMOBILISMO, mostrar um pouco do que acontece por aí.
    Aqui em SC os campeonatos (sim, no plural, pois temos 2!) de terra prezam pelo público e pela família, e não há essa palhaçada de "expulsar" os torcedores.
    O pessoal chega, monta as barracas, faz seu churrasco e as crianças alternam entre ver as provas e brincar.
    Como eu sempre costumo dizer, é um piquenique com velocidade e adrenalina.
    Será uma honra grandiosa poder recebê-lo aqui um dia!
    Abraços empoeirados

    ResponderExcluir
  26. ao Anônimo 19:09

    Ainda existem ralis e cross, nas pistas de terra. O Automobilismo no Brasil está na lama (duplo sentido).

    ResponderExcluir
  27. Que vergonha uma engomadinho dessa tal Vicar com óculos escuros pra não ter que olhar na cara das pessoas e um monte de seguranças e guardinhas para colocar gente honesta pra fora de um local que não dava ibope para as patrocinadoras(se é que estavam preocupados tbem com ibope pois temos que lembrar que Petrobrás é Governo,Orlando $ilva era governo ou seja estão usando o esporte e seus fãs em geral para arrecadarem com estes eventos sem retorno),a justiça deve abrir os olhos para estes patrocínios com verbas federais e saber em que condições estão acontecendo repasses pois se o maior patrocinador de tudo isso é o público que paga entrada e ainda paga caro pelo nosso combustível para a ¨nossa Petrobrás¨ou seja pagaram 2 vezes pelo evento e ainda são tocados como gado no corredor,ora onde estamos?
    QUEM ESTÁ FICANDO DOIDO?
    NóS ?
    SIMPLES MORTAIS?
    OU ESSES BOSSAIS DE ÓCULOS ESCUROS E SORRISO DE CANTO DE BOCA PRATICANDO UMA PSEUDO-AUTORIDADE EM NOME DE PESSOAS QUE SABE-SE LÁ QUAL REAL INTERESSE TEVE COM ESSE TIPO DE ATITUDE?
    2012-FELIPE MASSA NA F1 E QUEM MAIS?
    JÁ ACABARAM COM O AUTOMOBILISMO NO BRASIL E AINDA QUEREM COBRAR A CONTA
    ASSISTI UMA CORRIDA NA ARGENTINA EM SETEMBRO
    É ARGENTINA MESMO
    AQUELA QUE PASSA POR MOMENTO ECONÔMICO DIFÍCIL,MAS ONDE O POVO ADORA AUTOMOBILISMO E LOTA OS AUTÓDROMOS POR SEREM CORTEJADOS,RESPEITADOS POR AUTORIDADES , PROMOTORES,PILOTOS E EQUIPES.
    ACORDA M.P
    ACORDA BRASIL

    ResponderExcluir
  28. Lamento desiludir a alguns, mas mesmo na Truck e Stock boa parte do público comparece sem pagar ingresso (inclusive os coitados dos funcionários de patrocinadores que ficam na reta principal usando camisetas e bonés de seus patrões).

    Isso sem falar nos VIPs (V... Impossibilitados de Pagar), com cerveja e empadinha de graça nos camarotes e paddocks.

    Eu faço minha parte: evito ir a esses lugares onde, por não ser funcionário nem VIP, terei de custear o meu ingresso e - indiretamente - de outros, ainda tendo de me submeter a humilhações como essa descrita.

    Infelizmente, passou-se o tempo das carreteras, Interlagos em sentido horário, piqueniques (ou, como se escrevia então, "pic-nics") à beira das pistas... vivemos agora a era dos "promoters".

    ResponderExcluir
  29. Alexandre - BH -12/12/11 21:49

    Que palhaçada, hem? Os “democráticos” organizadores não têm competência pra encher um autódromo, mas querem ficar bonitos no retrato com os patrocinadores. Pior é aqui em Minas, onde a coisa nunca deslanchou. Pelo que sei, o máximo que acontece em nosso autódromo de 1500 m é campeonato de arrancada. De resto, o espaço é usado pra shows, feiras de usados e os famigerados campeonatos de som, onde um bando de idiotas disputa pra ver quem toca o funk mais alto. Enquanto rola o lixo sonoro, um monte de barangas rebola pra mostrar qual é a mais vagaba. Triste fim para o automobilismo que mal começou. Sintam o drama:

    http://www.alterosa.com.br/varginha/html/noticia_interna,id_sessao=90&id_noticia=61749/noticia_interna.shtml

    ResponderExcluir
  30. concordo plenamente com Raphael Hagi (12/12/11 14:16 e 12/12/11 15:21)

    bando de vendidos!!!!!

    ResponderExcluir
  31. Enquanto isso por volta de 11 horas da noite do último sábado, filas de carros (de todo o estado) e dificuldades para estacionar. – Exatamente à ½ noite mais de 5.000 pessoas assistindo a largada das “12 Horas de Tarumã”, homenageando o piloto José Asmuz, apesar de divulgação quase zero de nossa imprensa. – Como preliminar, mais de 30 carros na Fórmula Classic onde destacava-se a presença do DKW 88, recriação do carro de Roberto Giordani, dirigido por ele e por Francisco Feoli (se não sabem de quem estou falando, perguntem ao Bob). – Apesar das dificuldades a direção do Automóvel Clube do RS está fazendo um belíssimo trabalho e Tarumã ainda com deficiências de boxes e infraestrutura, está com uma pista perfeita. – Vale uma olhada em http://www.correiodopovo.com.br/blogs/pitlane/?tag=12-horas-de-taruma e ainda em http://grandepremio.ig.com.br/outrascategorias/turismo/2011/12/11/andradejustodieter+vence+12+horas+de+taruma+e+bate+recorde+de+voltas+10541568.html - Paulistas: Apareçam por aqui!!!

    ResponderExcluir
  32. Vitor Alves13/12/11 00:05

    Eeee Brasil... até quando vai ser essa palhaçada? =/

    ResponderExcluir
  33. Sou impedido de andar em uma via publica a qual leva a residencia onde moro pela super mega organização do evento...

    Sou chamado de inconveniente, abusado, quando tento mostrar o prospecto da minha empresa para levar publico a corrida...

    ResponderExcluir
  34. EEstima, NÃO é bem assim... Fui a Tarumã as 4h da madrugada e não foi lá essas maravilhas, realmente teve um bom público, para largarda SE "mais de 5.000 pessoas" for verdade... Agora dizer que o Automóvel Clube está fazendo um "belo trabalho" é no mínimo errado... Onde já se viu chão batido e esburacado na pista de acesso as arquibancadas da reta?! CRATERAS na entrada do autódromo, boxes com uma estrutura digna de uma favela... 28 carros, uma F340 que não fez as 12 horas pois "não poderia ser competitiva com um tanque de gasolina muito pequeno e sem engate rápido" Como assim?! Carro de corrida não preparado para corrida?? E outra, me desculpem os que gostam, mas os protótipos fazendo mimimi pois os autos mais "lentos" como fuscas e turismo em geral são perigosos e atrapalham a corrida! Coisa que quem não é piloto e sim um abobado endinheirado que não sabe onde enfiar o money! Já vi e ninguém me contou um fusquinha azul número 45 ultrapassar um protótipo na curva 1, obvio que depois ele foi "engolido" pelo protótipo mas eu vi! dia 11 só UM ÚNICO fusca! amarelo... e vou dizer, era o mesmo que quando azul ultrapassou o proto, nenhum entusiasmo nas 12 horas, corrida fraca, o autódromo esta em estado de calamidade, triste mesmo pois amo aquele lugar, moro muito perto dele e já trabalhei lá, tenho "graxa e gasolina no lugar do sangue", mas Tarumã está triste! e eu mais ainda! Tem outra... o atual diretor de lá eu sempre soube que era um homem bem endividado até assumir Tarumã... agora tem barco, camionete zero, e tudo mais... só sabe fazer o maldito racha para ficarem queimando pneu até dar no aro estragando a pista e depois os donos de chevetes caindo aos pedaços ficam colhendo uns aos outros na saída pois saem de lá achando que são pilotos... cheios de trago... ALGO TEM QUE MUDAR...

    ResponderExcluir
  35. Esse pedido de desculpas do tal Carlos Col só pode ter sido redigido por alguém que também faz a redação de convocação de proprietários de automóveis para recall, tamanha a enrolação para não tocar o dedo na ferida.

    Como dizia Raul Seixas: Isso é conversa para boi dormir, esperem Deus pois ele é brasileiro, para trazer o progresso que eu não vejo aqui.

    ResponderExcluir
  36. Arnaldo Keller13/12/11 09:53

    Que canalhada essa da organização.
    Os patrocinadores deveriam cortar-lhes a verba, pra aprenderem a ter respeito.
    Eu teria partido pra bolacha e que se fo..

    ResponderExcluir
  37. Acompanho corridas "ao vivo" a mais de 20 anos, sempre foi assim, total desrespeito e truculência com as pessoas que vão prestigiar o evento e que ainda pagam por isso, em interlagos nem o estacionamento é seguro, se paga caro para ter o seu carro arrombado e em vários casos furtado, só que infelizmente a mídia especializada não denuncia esses abusos, porque será?????? Atualmente só tenho saído do conforto do meu lar por causa dos convites que recebo enviados pela diretoria de uma emissora, aí sim a coisa muda, é um tal de Sr. pra Sr. pra lá, chega a ser nojento tanto "puxa saquismo", e meu automóvel fica em um lugar fechado com seguranças, se não fosse assim continuaria assistindo em casa, no conforto do meu sofá acompanhado de minha belíssima esposa, o brasileiro é um palhaço mesmo......e o pior é que merece ser qualificado como tal.......

    ResponderExcluir
  38. Gustavo Cristofolini13/12/11 10:40

    Tem 5 anos que não vou ao AIC. Andei com uma certa vontade de voltar lá para assistir ao Festival de Arrancada que aconteceu no ultimo fim de semana. Mas, após ler o relato, confesso que, a vontade passou.

    ResponderExcluir
  39. anônimo 13/12/11 10:34

    Somente é palhaço quem se deixa ser e, sobretudo, ser tratado como tal. Têm muita gente aí que está se lixando para essa porcaria toda, inclusive eu. E não vou nem se for como convidado VIP. Perder meu tempo para ver essas porcarias de corridas engana trouxa? Estou fora, tenho coisa bem melhor à fazer.

    ResponderExcluir
  40. Antônio,
    xiiiiiiiiiii.... tocou na ferida amigo.
    Dizer que na Argentina as coisas funcionam é complicado. Um monte de gente não gosta, pois diz que nós, brasileiros, é que somos espertos.
    Muitos conceitos tem que ser revistos.
    Mas como é mesmo o lema do governo federal ?
    BRASIL. UM PAÍS DE TOLOS.

    ResponderExcluir
  41. Um bando de marmanjo corendo atrás duma bola não tem muita diferença de um bando de bocós correndo atrás do rabo...

    ResponderExcluir
  42. É por essas e outras que eu admiro o trabalho feito pela Associação Desafio.

    Eles se rebelaram contra o Main Stream e passaram a organizar o seu próprio campeonato.

    Cobram R$10,00 de inscrição, R$5,00 de arquibancada e distribuem premiações em $$$ p/ os 24 melhores colocados.

    O cara paga 10 paus e pode levar mais de Mil Reais p/ casa.

    No torneio realizado este ano participaram 210 carros.

    Vale a pena conhecer:

    www.categoriadesafio.com.br

    ResponderExcluir
  43. luizborgmann13/12/11 11:56

    Olá amigos,
    Você foi à inauguração do autódromo de Tarumã em 1970? Eu fui. Naquele tempo você podia escolher os vários pontos para assistir às provas, fazer seu churrasquinho levando a familia, os amigos, coisital.
    Como está hoje? A mesma coisa, campeonatos disputados, você continua fazendo o seu churrasquinho, assistindo corridas, passando um ótimo dia, ninguém enchendo o saco.
    luiz borgmann

    ResponderExcluir
  44. Abandonar os eventos para ficar em casa apenas coloca o esporte na mão desses safados.

    Se há algo que podemos fazer, é continuar comparecendo e denunciando casos absurdos como esse.

    A internet é uma importante ferramenta na descentralização da informação. Eu acredito muito no poder da web.

    Aposto que o tal Carlos vai pensar duas vezes antes de expulsar novamente as pessoas dos locais de sua preferência.

    ResponderExcluir
  45. Bob, gostaria de pedir sua permissão para postar essa matéria no blog Bizarrices Automotivas, da qual sou o segundo editor. O ocorrido é uma bela bizarrice e fatos como este precisam ser mais que divulgados.

    Posso postar no blog?
    Abs

    Kiko Molinari - Carros Raros BR

    ResponderExcluir
  46. Estamos condenados.
    Se alguém tinha dúvida que o automobilismo morreu, esta é a prova em áudio e vídeo.

    Piquet disse tudo nas suas últimas declarações, aqui só tem bandido e gangster, tinha que ir tudo preso.

    abs,

    ResponderExcluir
  47. Minha opnião.
    não conheço nenhum dos envolvidos, mas conheço bem este mundo, também faço ele girar.
    As afirmações aqui expostas são no mínimo infantis, pois é obvio que o evento estava vazio, e o que buscou foi uma acomodação mais compacta do público, inclusive para garantir melhor segurança, pois em uma área menor fica mais fácil.
    Os expectadores envolvidos, eram justamente expectadores pelo simples motivo de falta de capacidade, então fica mais fácil assistir e criticar, colocando para fora a frustração de não ser piloto.
    esta atitude apenas ajuda a enterrar o esporte.
    e esta na cara que este site se aproveitou disso para se promover, pois antes disso era bem pouco conhecido, se bem que ainda continua !

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...