Google+

9 de janeiro de 2012

O PRESENTE DE NATAL



Nunca me esquecerei da bicicleta que ganhei do Papai Noel – ela era verde, com selim e manetes brancos, e corria pracacete. Para mim, então uma criança, entendi que foi do Papai Noel que a ganhei. A sensação foi essa – a de que era um presente do Papai Noel –, daí que hoje saber que foi meu pai o verdadeiro presenteador não muda a sensação que tive e rememoro.

A gente vive o que pensa viver. Eu vivi aquilo, então, o Papai Noel, pra mim, verdadeiramente existiu, e boa.

Sendo assim, uma vez que ele tenha existido, porque não imaginar que ele pode voltar num desses Natais aí a porvir e me dar de novo meu presente mais desejado?

Qual seria esse tal presente?

Você sabe o seu?

Vamos lá:

O que o caro leitor mais gostaria que lhe caísse no colo? Veja bem, é muito importante saber o que você mais deseja de presente, tipo tiro único e certeiro, um só; e sem essa de Lâmpada de Aladim que dá três. Três tem menos graça que um.

Então está combinado, um presente só. Você pensa no seu e eu digo o meu.

O leitor solteiro de estalo pensaria numa sorridente e bem disposta Nicole Kidman lhe caindo no colo, porém sou casado, então nunca que um treco desses me passaria pela cabeça...Resta-me pensar em carros.

Vejamos o que realmente desejo, sem perigo de errar.

Antes, um aviso ao Papai Noel: bicicleta, pra mim, não cola mais. Nem vindo com buzina, farol de dínamo, capa de selim com o símbolo do Santos, nem assim quero bicicleta mais. Nem com prendedor de roupa prendendo no garfo uma carta de baralho Copag pra imitar barulho de motor, nem assim. Me afrescalhei ao longo dos anos e vou na lata: agora quero mesmo é uma recriação do Maserati 300 S, aquele biposto da década de 50, aquele carro lindo lá que anda pracaramba e que faz meu coração pular de desejo e meus olhos esticarem. Pedir um original já seria pedir demais e meus sonhos são burramente modestos. Uma recriação basta, tal qual essa recriação do Maserati 450 S da foto colorida mais abaixo. Esse tem um V-8 de 4,5 litros, enquanto que o 300 S tem um seis em linha de 3 litros e duplo comando, e é ainda mais levinho, mais ágil, pesando ao redor de 750 kg, ou seja, menos da metade do que os esportivos modernos andam pesando, fora as honrosas exceções de alguns Lotus. Por um 300 S desses até encaro que me despenque no colo, envolta numa nuvem de reboco de forro, uma Luiza Erundina sorridente e bem disposta pra luta.

A minha situação é essa: agora encanei. Se não é pra ganhar uma recriação do Maserati 300 S, o Papai Noel também não precisa esquentar a cabeça com presente algum pra mim.

Por que será que ganho tantas bermudas? Tantas camisas e camisetas? Tantos tênis?

Oras bolas, Papai Noel! O senhor anda errando a mira comigo.

Lembra daquela bicicleta? Lembra? Aquele presente o senhor acertou na mosca. Ela era o que eu mais queria e sempre lhe serei grato por isso, sempre.

Então, ou tudo ou nada, meu velho.

Vou imprimir este pedido e colocá-lo numa meia pro senhor não dizer que não fiz as coisas como manda o figurino, e serei um bom menino ao longo do ano. Assim não tem erro.

E o leitor? Qual o seu carro? (aproveite e diga logo porque o Papai Noel pode estar na linha).

Para isso, volto a dizer, há uma regra, a regra do um pedido só, um só tiro único e certeiro e completamente satisfatório.

Abro um parêntese para descrever, dando um exemplo, o que tenho como exemplo de algo completamente satisfatório. Dos meus 13 aos 38 anos tive o melhor cavalo do mundo. Eu olhava os outros, os admirava, gostava de montá-los, me impressionava com suas qualidades, mas nunca, em nenhum momento, os desejei. Montado no meu Gualixo me sentia como um verdadeiro centauro, pois seu corpo era a extensão do meu, seus movimentos pareciam provir do meu cérebro e toda a sua imensa energia parecia provir do meu coração.

Então, esse carro dos seus sonhos, caro leitor, tem que ser um carro desse naipe, desses que você não trocaria por outro nem debaixo de porrete, mesmo que esse outro fosse mais bonito, corresse mais, custasse muitas vezes mais, fosse mais moderno etc, etc.

Uma vez escolhido, não custa tentar, escreva num papelzinho, coloque-o numa meia e seja um bom menino, que quem sabe um dia poderemos ser o Papai Noel de nós mesmos.

O mais importante já estará feito.

O mais importante é saber exatamente o que se quer, e o por que disso.

Eu tive o meu Gualixo e não o trocaria nem por um Maserati 300 S original. Talvez seja demais pedir algo mais ao Papai Noel, talvez...Talvez ele me dê uma bronca por ser pidão.

E então? Qual o seu?

Fotos inspiradoras para pedir presente pro Papai Noel no próximo Natal

 

Essa colorida é de uma recriação do 450 S. Tem motor V-8 do Ghibli, preparado, rendendo ao redor de 380 cv. Interessante é que o motor do Ghibli descende diretamente do 450 S original, então, nada mais correto que usá-lo.

Juan Manuel Fangio, Circuto da Quinta da Boa Vista, Rio de Janeiro, 1957

A foto do 300 S fazendo powerslide foi tirada pelo Bob, 55 anos atrás, quando ele já era um adolescente entusiasta. O piloto é o grande Fangio, que, ao ver o grupo de moleques – Bob, irmão e amigos da turminha – que festejavam suas passagens, para fazer-lhes graça brincou dando uma rápida aceleradinha a mais na saída de curva. Um inesquecível presente que nem ao Papai Noel se imaginaria pedir.

A foto de "Buon Natale, Buon Anno" que abre este post é do também grande Nestor Salerno correndo com um 200 S, motor 2-litros. Foi campeão argentino por quatro vezes nessa categoria. Hoje ele faz esses carros em Buenos Aires. O 450 S da foto colorida acima foi ele quem fez. Ele deve saber o que está fazendo. O Fangio também deveria saber qual carro escolher pra guiar. E eu vou na deles, uai!

AK




92 comentários:

  1. Vou fazer o pedido aqui mesmo, vai que o papai noel e autoentusiasta... Quero aquela réplica de Shelby Cobra da Kirkham, com um 427 no jeito que você testou há um tempo. É o equivalente a pedir um T-Rex de estimação mas não tem jeito, adoro aquele jeito nervoso, brutal. Quero acordar cedo no final de semana pra sair de São Paulo sem trânsito, procurar aquelas estradinhas serranas deliciosas que se escondem pelo interior. Aquele roncão do V8 ali na frente, o cheiro de mato misturado gasolina de aviação... Momento semanal de purificação da alma. Post inspirador, Arnaldo. Excelente! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Aléssio Marinho09/01/12 12:31

    Querido Papai Noel;

    Este ano obedeci ao Papai e a Mamãe, passei de ano na escola e me comportei muito bem.
    Quero de presente um Chevettinho 88 em bom estado pra brincar depois da aula e dar uma mexidinha nele.
    E para brincar no fim de semana com os meus amigos quero um Ariel Atom vermelho.
    O senhor pode deixar as chaves e os documentos na meia que pendurei na janela, e na mesinha deixei panetone, suco e frutas para o senhor fazer um lanche quando deixar os meus presentes.

    Asssinado:

    ResponderExcluir
  3. Subaru Impreza WRX STI, pode vir original, sem firulas, que me contento com pouco :)

    Ah, tanto faz se é sedan ou hatch... e não preciso escolher a cor!!!

    :D

    ResponderExcluir
  4. Um Corvette StingRay 1970.
    Conservado, mas sem placa preta!
    Junto com uma franquia de abastecimento eterna! kkkk

    ResponderExcluir
  5. Gostei da brincadeira, he, he! Pedir uma coisa material, especialmente sendo um carro, para mim é moleza: um exemplar em absoluto estado de conservação e originalidade, de qualquer (eu disse QUALQUER, viu, Papai Noel? Acho que isto até facilita seu trabalho.) daquelas magníficas "barcas" norte-americanas dos anos 50. Não há carro nemhum (incluindo todos os mais maravilhosos de hoje em dia) que me fascine mais que aqueles "transatlânticos". E só para constar, se o pedido fosse imaterial, eu também não teria a mínima dúvida: pediria para viver outra vez cada minutinho dos anos 80. Cada um deles.

    ResponderExcluir
  6. Sei que o post não é pra ficar reclamando, mas pediria ao Papai Noel que o Brasil fosse um país justo e sem corrupção e que pudéssemos comprar carros a preço justo sem ser esfolados.

    ps. tô indignado com a reportagem de ontem do Fantástico sobre o roubo de combustível nas bombas.

    ResponderExcluir
  7. Eu quero uma BMW 1M numa estrada sinuosa com vista espetacular!

    A BMW é opcional, eu quero é curtir a viagem!

    ResponderExcluir
  8. Tenho apenas 17 anos, nem carteira tenho mas estou nessa de autoentusiasmo desde que nasci. Meus parentes vivem falando que desde os seis anos sabia a marca e dimensão de motores de tudo quanto é carro. Queria agradecer a vocês do Autoentusiastas pelo excelente serviço, pois é feito com amor, e como o bolo da vovó, melhor não há.

    Agora respondendo a pergunta, é muito difícil simplesmente escolher um carro. Então depois de muito pensar e filtrar atrvés de muitas opções (de RÜF Yellowbird até Datsun 510) fiz minha decisão. Querido papai Noel, esse ano vou estudar bastante para poder passar para a UFRJ, e se conseguir, gostaria que o senhor chegasse aqui em casa com uma Mercedes 190E 2.5-16v Evo I, acredito ser uma escolha incomum para minha idade, mas aquele Cosworth girador, cambio dog-leg, suspensão multilink e 1300kg devem ser estupendos!

    ResponderExcluir
  9. Um Aston Martin db5, já que o novo é muito "comum"!

    PS. Po, Arnaldo. Não reclame de ganhar bermudas e tênis, com sua idade. Eu, com 28, ganho cinto de couro.....kkk


    Marco

    ResponderExcluir
  10. Papai Noel.

    Confesso que não sou um exemplo de bom comportamento. Mesmo assim, prometo melhorar ao longo desse ano. E como estou certo de que você atenderá o meu pedido, eu quero um desses aqui:

    http://autoentusiastas.blogspot.com/2011/12/formula-vee-grande-pedida.html

    ResponderExcluir
  11. Meu sonho eu já tenho, que é minha Vespa 150 Super. Mas, se fosse pra escolher outro, Toyota 2000GT.

    ResponderExcluir
  12. Vale a brincadeira.
    preciso dizer qual?
    tem até foto ao lado.

    ResponderExcluir
  13. Legal o texto...tb ganhei minha monareta aro 20 75 do papai noel, e ele tb acertou na mosca...
    Hoje em dia não adiantaria pedir um Nissan GT-R ou uma Porsche 911, pois não teria dinheiro nem para o seguro, por isso um Fiat Bravo Tjet Branco completinho já estaria excelente...eu ainda dava para ele voltar para o Polo Norte o meu Punto ELX 1.4, q não anda muito, mas é bem bonito, e seria suficiente para a Mamãe Noel ir fazer as compras no dia a dia...

    ResponderExcluir
  14. Para mim, uma réplica do Lotus Seven com motor de honda igual o AE mostrou aqui ano passado. Nem me importaria com chuva. Já ando de moto na chuva mesmo, de Seven então... Rs

    ResponderExcluir
  15. Mister Fórmula Finesse09/01/12 14:51

    Ah, que dureza escolher um...mas vamos lá:

    Eu acho que escolheria uma Ferrari FF como presente de papai noel, ninguém quer saber, mas eu insisto em explicar por quê:

    - Me conheço, e com um tração traseira muito forte, eu ficaria muito tentado a brincar de GT5, e na vida real, esses carros não perdoam.....drifts de dezenas de metros são cabíveis apenas em pistas fechadas para fotos de revista. Botar de lado em rotatórias molhadas ou curvinhas de baixa é uma coisa, mas algo pronto a explodir centenas de cavalos no diferencial semi blocado atrás é algo muito sério.

    Como não tenho instrução formal de direção esportiva, e mais coração do que sentidos acostumados a carros de grande estirpe, melhor algo grande mas que possa ser explorado com mais segurança como a FF, que dizem, é um pouco mais permissiva e "diferente" que outros tração integral do topo da cadeia. Não precisaria buscar o erro para se divertir de forma mais ou menos sadia. O Veyron é mais civilizado dizem, até demais...acho que um toque a mais de intuição homem/máquina me agradaria melhor, pois penso guiar melhor que a Paris Hilton...

    Sempre quis sentir como é ser impulsionado por um estilingue atômico de 12 cilindros, melhor então que seja algo quase "sinônimo" de 12.

    Tem que ser algo massivo, tradicional, seguro, e que pare o coração a cada acelerada mais forte, que tenha voz, que berre agudo como um clarim de Hades, que me faça imaginar toda a história por de trás do carro, todos os projetistas, pilotos com dotes sobrenaturais que militaram atrás daquele símbolo, nomes de pistas famosas, datas..épocas.

    Algo histórico e vivo, pulsante como um coração.

    Existe coisa muito mais radical fora, mas também menos segura, menos "pavão" e de fácil custeio pós aquisição, mas se é para escolher um..que seja uma formidável combinação de talentos. Algo que poderia ser dirigido até ficar bem velhinho, ser o carro único de uma vida inteira.

    GM

    ResponderExcluir
  16. Cadillac Escalade EXT.

    A picape mais elegante do mundo!

    ResponderExcluir
  17. Daniel San09/01/12 16:10

    AK,tu mexeste com meus brios ao mostrar esta foto do Fangio na Quinta da Boa Vista,justamente onde dei minhas primeiras pedaladas na Monark dobrável verde metálica que ganhei de Papai Noel,há mais de 30 anos...
    Você combinou mulheres e carros,então lá vai: Pra mim,a Patrícia Poeta e um Auto Union P-Wagen já estavam de bom tamanho... Mas como já sou casado e o circuito da Gávea não existe mais,compreendo que fica meio difícil...
    É o tal negócio: Deixei meu sapatinho na janela e o Papai Noel levou...

    ResponderExcluir
  18. Minha escolha, dadas as regras, seria um Uno SX 1997, com ar-condicionado e vidros e travas elétricas, vermelho córdoba, similar a um que meu pai tinha. 57cv de emoção! Foi o primeiro carro que pude usar sozinho em viagens longas, do tipo 200km, para quem tinha recém obtido a habilitação. A sensação de liberdade, de poder ir na hora e para onde você quiser, mesmo que o destino ficasse a 5km, 50km, 500km, bastava escolher um, é indescritível! Lembro muito dessa época, principalmente nos engarrafamentos nossos de cada dia!

    ResponderExcluir
  19. Arnaldo,
    um só é sacanagem.
    Em condições normais, seria um Charger RT 1969 americano, cambio manual.
    Em condições anormais (a que mais se assemelha à minha pessoa), um Lancia Delta Integrale de rali, nada de versão de rua.

    ResponderExcluir
  20. Arnaldo, eu pediria algo meio fora do comum, mas é o carro que marcou minha infância, o Opala SS 74 que meu pai teve lá por 2001. Eu adorava dormir no banco de trás do carro com aquele 6 cil. funcionando, ao mesmo tempo que o "sinfonia" era ameaçadora, acalmava aquele moleque de 7 anos. Bom tempos. Eu não precisaria nem ganhar o carro, só uma viagem com ele pra mim já estaria de bom tamanho. Luiz Gustavo Jorge.

    ResponderExcluir
  21. Em um mundo ideal: Fusca 69 branco com teto solar de lona e mecanica dos primeiros Porsches 911. Simples, não tão caro, e extremamente delicioso.

    No meu mundo real, só o meu Celta que estou vendendo com dor no coração pra comprar casa própria...
    É bem interessante, um carro que sei que tem grandes limitações, que muita gente acha uma aberração ser fabricado até hoje, mais que agora que aproxima a hora de se desfazer, dá aquela dor no coração de vendê-lo...

    Danilo Costa

    ResponderExcluir
  22. O General Lee, mas com câmbio mecânico e um 440 6 pack debaixo do capô. Passei a infância hipnotizado pelo carro e Natal lembra a infância.

    A Jessica Simpson no banco do carona seria um item bem-vindo.

    ResponderExcluir
  23. Antonio Amaral09/01/12 17:07

    Icon A5.
    Para ficar com os pés no chão, ASX AWD blindado.

    ResponderExcluir
  24. Toyota GT86. Parece ser divertido.

    ResponderExcluir
  25. Uma F-150 Raptor com uma Indian Chief ou qualquer H-D na caçamba.

    ResponderExcluir
  26. Bom, tem gente aí que não pescou. Tem gente aí citando o belo carrinho novo da Toyota, o 86, mas, caramba! nenhum guiou o carro!
    Outros citam carros tipo General Lee e aposto que nunca o guiaram.
    Já outros acertaram em cheio, tipo o Luiz Gustavo, pedindo uma viagem com seu pai guiando um Opala SS, ou mesmo o jovem (17 anos) Victor de Lyra, que mostrou conhecimento e bom-gosto incomum para a idade, pedindo um Mercedes 190E com câmbio dog-leg, show.
    Eu só digo uma coisa: tem que experimentar, sentar a bunda e guiar, para poder ter certeza de que é aquele carro mesmo que se quer, pois depois de guiar muitos carros diferentes a única certeza que tenho é que as surpresas ocorrem, surpresas boas e ruins, satisfação inesperada e decepção inesperada.
    Com mulher ocorre o mesmo, não é?
    E Juvenal, se você não tem decisão, decido eu por ti, um Lancia Integrale, assim eu pego ele emprestado.

    ResponderExcluir
  27. @ricardo_bia09/01/12 17:49

    Sou mais modesto que vocês... Um Passat TS 1976, daquele verde, quase musgo, todinho original, estaria de bom tamanho, para este autoentusiasta...

    ResponderExcluir
  28. Rafael Ribeiro09/01/12 17:55

    Porsche, Papai Noel.

    Qualquer um, de qualquer ano, de qualquer cor, conversível, targa ou fechado.

    Viu como sou fácil de agradar?

    Ps: Tem que estar "tinindo", porque não tenho grana para restaura-lo...

    ResponderExcluir
  29. Para mim nada de especial um Chevrolet Chevelle SS 396 1966 já me fara satisfeito pelo resto no ano, prometo não reclamar, falar mau do chefe ou chingar no transito =)

    ResponderExcluir
  30. Antonio Amaral09/01/12 18:04

    Corrigindo então, Passat TS 78

    ResponderExcluir
  31. Mister Fórmula Finesse09/01/12 18:04

    Mas ali que está a "boniteza" da cousa...a maioria de nós - absoluta com certeza - nunca pode passar a mão em grandes carros.

    Se o desejo é único, e só temos uma bala na agulha...vamos escolher um velho carro familiar de outrora? Por mais bela que seja a lembrança, essas são construídas todos os dias...com elementos novos.

    Não preciso ter sentado em uma FF para de antemão, saber que deve se tratar de uma máquina épica; não vou emular novamente o meu velho companheiro de aventuras ano 1979..., ele teve papel primordial no meu entusiamos automobilista, já fez a sua parte, mas agora eu quero - e me dou o direito - de sonhar com algo mais grandioso.

    GM

    ResponderExcluir
  32. Edu Novelletto09/01/12 18:09

    Falaram em sentar a bunda e guiar pra saber o que escolher.. bom, Opel Omega Lotus então! 4 anos com um Omega (Suprema GLS 2.0) permitem-me dizer que é divertido, até, a banheira...

    MASSSS... sentar a bunda é o carvalho, quero um Aston Martin One-77!!!!

    ResponderExcluir
  33. Caro Victor de Lyra,
    Lixo de uns e luxo de outros. Sei onde tem uma preta com os 4 peneus muchos estacionada em baixo de uma árvore a anos.

    uma pena...

    ResponderExcluir
  34. Eu não pediria um carro, pediria para que o monobloco do GTS voltasse a ser virgem, pelo menos estaria pronto para muitos outros milhares de quilômetros de abusos ou pronto para receber reforços para esses abusos. Ou o catálogo de peças e acessórios inteiro da linha 1982 do Gol, dessa forma conseguiria terminar a restauração de um velho integrante da família.
    Mas como é um carro inteiro, peço um Gol GTI 16V 1997, Vermelho Dakar e com interior em couro bicolor e aquela disqueteira no porta-nalas (mas sem ABS). Ainda lembro da primeira vez que vi uma foto desse carro e como ele povoou parte da minha infância e adolescência, aquela bolha no capô era um imã para gente como eu. E o mais triste é saber que quando finalmente tive a chance de possuir um, mesmo passados tantos anos, a aquisição foi vetada pela minha mãe.
    Hoje tenho o GTS e não me desfaço dele por nada, mas aquela bolha ainda povoa a minha mente...

    ResponderExcluir
  35. Já que não dá para ter um Ford Mustang Shelby Super Snake, já me contentaria, e muito, se meu Fiesta Rocan pudesse ter motor Mondeo 2.0 16V Duratec, com turbo e intercooler, e quatro freios a disco com pinças do Focus e rodas e pneus 195-55/15.

    ResponderExcluir
  36. Eu fico com este aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=Mr79WDiSTqo

    ResponderExcluir
  37. josé carlos09/01/12 18:37

    911 gt2 rs
    911 gt3 4.0

    RX-7 type rz

    M3 6 cilindros
    335 coupé

    clk black series
    c 63 amg coupé

    lotus exige s

    Gallardo VB manual

    STI

    ZR1 cinza ou preto
    z06 preto

    AK, eu sei que é só um, mas deixarei o papai noel escolher por mim, mesmo sem ter "pilotado" tenho certeza que qualquer um destes me fará feliz e por completo, sem desejar mais qualquer outro carro. Diferente de muitas belas mulheres, que depois de dar uma voltinha, bate o arrependimento!

    ResponderExcluir
  38. Sou um pouco mais simplório que o pessoal de cima, um diferencial Quaife para o meu carrinho me deixaria bem feliz. Só mil dinheiros americanos, enquanto isso tem um cara pedindo um Maserati 300 S...

    Meu carro de sonho é um Ford 1951, duas portas, custom. Tem algo que me encanta nesses Fords, e o V8 flathead tem um som inconfundível.

    ResponderExcluir
  39. Queria poder dar uma volta novamente na Variant 72 Verde Guarujá com meu pai do meu lado.

    Foi o carro em que aos 11 anos eu estava no banco do motorista, ouvindo as primeiras instruções do meu pai.

    A Variant se foi dois anos depois, em 1990, meu pai em 2005...saudades!

    ResponderExcluir
  40. Bom eu ia pros Mopar Daytona/Superbird versão de pista, mas já que sem guiar não vale, fico com a Challenger R/T 1970 426 Dual Quad, Hemi Orange com faixas e teto de vinil preto. Foi a coisa mais legal que já dirigi na vida. Já toquei carro de "pista" (com preparo forte) mais bravos que ela, mas nenhum se aproximou tanto de um orgasmo automotivo. Um certo camaro 74 com big block 502 talvez...

    ResponderExcluir
  41. Lorenzo Frigerio09/01/12 20:02

    Um Plymouth Roadrunner 1971 com um motor 440 ou 426 Hemi cairia bem na minha garagem.

    ResponderExcluir
  42. Arnaldo,

    Pedí um Fusca com alma de 911 pq creio que ia conseguir a única coisa que não é a ideal no Besouro... Falta de motor, e pra ter motor tem que ter o mínimo de segurança. Daí viria a suspensão e os freios...
    Nada melhor que aquele cheiro de gasolina típico do vw a ar que não deve mudar muito e o barulho do boxer...
    Ó eu aqui sonhando acordado!!!

    ResponderExcluir
  43. Tá bom Arnaldo, já que não "posso" ter o C 180, então vou de Ford F-100 V8 amarela, ano 66.

    ResponderExcluir
  44. Ps, pra entrar mais ainda dentro do contexo boa parte da minha infância meu pai teve um Fuscão 1976 1300l janela de igreja Bege. Escapamento aranha barulhão lindo!!!

    ResponderExcluir
  45. Se tiver que ser algo material, pediria um Subaru Impreza WRX STi, Mitsubishi Lancer Evolution X, Toyota AE86 Trueno GT-APEX ou um Nissan Skyline GTR R32. Qualquer um desses estava bom :)

    Mas tendo a oportunidade, abriria mão de qualquer presente material, até mesmo desses 4 carros juntos, para pedir um Brasil menos hostil com quem gosta de carros e direção. Principalmente, um país sem radares e pardais, mas com muitos policiais honestos e treinados patrulhando ruas e estradas com rigor, multando e educando os motoristas imprudentes.

    ResponderExcluir
  46. Pra mim um Shelby GT 500 2012 please!

    ResponderExcluir
  47. Grande Arnaldo!
    Feliz 2012!
    Bom, Papai Noel tem sido um velho batuta (para lembrar a música do Garotos Podres), mas não seria muito difícil para ele atender ao meu pedido, então até darei uma lambuja para ele oferecendo três opções:
    1ª) Variant II 1979, preferencialmente branca com o conta giros de fábrica (sim, parece lenda urbana, mas ele existiu, eu ví!);
    2ª) Uno 1.6R Mpi azul com teto solar, uma das coisas mais bonitas que saíram de Betim;
    3ª) Monza S/R 2.0 branco.
    Viu só, Santa Claus? Estou sendo muito legal com Vossa Senhoria. Aguardo meu presente!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  48. Mibson Fuly09/01/12 21:02

    Eu queria pedir para ser aluno da escola do automóvel, com os que fazem o blog como professores. Mas neste caso do automóvel, desejo um Ford RS 200 evolution com um pod de 04 faróis auxiliares montado no capô. Maravilha do grupo B!

    ResponderExcluir
  49. Eu me contentaria muito em ganhar uma Chevrolet C-10 laranja com motor 6 em linha GM 292 aspirado e freios a disco.
    Seria perfeita para minhas necessidades.

    ResponderExcluir
  50. Me sentiria um garoto novamente se Papai Noel me presenteasse com um Santa Matilde 4.1 branco zero km, carroceria mod. 1982, um carro que me veste como uma luva!
    Gostei da brincadeira, Arnaldo
    Abraços

    ResponderExcluir
  51. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  52. Arnaldo, continuo com o General Lee, apesar da chamda de atenção.

    Por sorte e acaso do destino eu já encontrei algo que se enquadra nos requisitos do presente: um carro idêntico ao que meu pai tinha quando aprendi a dirigir. Este eu não vendo jamais, morro de ciúmes e me dá calafrios pensar em ter que vender um dia. É um simples Uno 1.6R vermelho Monte Carlo 1991.

    Talvez daqui alguns anos meu pedido mude. A estrada é longa. Talvez eu tenha a chance de dirigir trocentos carros fantásticos como você. Dos que tive a oportunidade de conhecer, dirigir, sentir,... é meu querido Uninho que virou realidade.

    Posso continuar com o pedido do General Lee? Quebra essa pra mim Arnaldo!

    ResponderExcluir
  53. Arnaldo,

    concordo com o Perneta. Um BMW M1 da Procar, recém saído do forno, branco com aquela faixa na pintura em 3 tons (azul claro, azul escuro e vermelho), seria o "meu" Gualixo. Não é o carro mais bonito, nem o mais sofisticado, nem o mais rápido, nem o mias exótico ou caro. Mas é um com o qual eu sonho desde os 5 anos de idade, nas cartas do "Super-Trunfo". Tá certo, quem sou eu pra ter guiado um desses... mas ainda assim seria meu pedido! Já que vai quebrar esse galho pro Anônimo das 21:51, quebra pra mim também!! Garanto que darei anos de descanso pro Papai Noel!

    ResponderExcluir
  54. M3 alemã 94-95 quem sabe até o próximo natal

    ResponderExcluir
  55. Um Lotus Elise ou Exige.
    Quem sabe eu ainda consiga um, mas eu sendo o Papai Noel, quando tiver uns 60 anos (ou menos, haha?).

    ResponderExcluir
  56. Rodrigo Abreu09/01/12 23:46

    Passat TS 1.6, ano modelo 1982, cor verde mármore (quase um dourado) com ar condicionado Springer no lugar do rádio, e o mesmo no console, e uns 20.000 kms... manual, chave reserva e plaqueta da concessionária na tampa traseira... Posso sentir aquele cheirinho... só que teve e gosta, sabe!!

    ResponderExcluir
  57. Unzin é sacanagem...

    Mas vamos lá, Um Mercedes 300 SLR Uhlenhaut Coupé é a primeira coisa que me passou na cabeça.

    ResponderExcluir
  58. Pedro Maia10/01/12 00:37

    Não precisei de mais do que alguns segundos para decidir o que eu gostaria de pedir.
    Ia digitar praticamente uma crônica aqui sobre os motivos que me levaram a essa escolha, mas vou deixar o próprio carro falar por si: Lotus Esprit Turbo 1980.

    ResponderExcluir
  59. Alexandre - BH -10/01/12 05:21

    Arnaldo,

    Já que você disse que o carro dos sonhos não precisa seguir os ditos mercadológicos ou "glamourológicos”, fico com o Chrysler 300C SRT8. Não ouso dizer que não seja um grande carro, mas está longe de ter a pompa de uma Ferrari, de um Rolls-Royce ou até do seu Maserati 300 S. Entre os carros importados que já dirigi, esse “Gualixo” de quase 2 toneladas foi o único a me transmitir a tão prazerosa sensação de “extensão do próprio corpo”. Um carro enorme e desajeitado em nossas ruas do século 19, mas dê a ele uma estrada decente e saiba o que é um canhão de rodar suave.

    P.S.: Cuidado com o uso indevido da expressão “uai”. Assim como o queijo canastra, considerado patrimônio cultural e imaterial de Minas Gerais e que só pode ser produzido e comercializado no estado, “uai” também é patrimônio mineiro. Portanto, se "ocê" não sabe o que é um “lidileite”, “pondiônz” ou “trem”, deixe o nosso uai “quitim” aí viu, “sô” Arnaldo?

    ResponderExcluir
  60. AC 263 ACE64.
    Já bastava...

    ResponderExcluir
  61. BMW R1200 GS.

    ResponderExcluir
  62. Hoje, dia 10 de Janeiro de 2012, é o meu aniversário.. e gostaria de pedir ao Noel algo simples distante do material, que faça de mim um Autoentusiasta cada dia mais apaixonado! Independente dos modelos, fabricantes, projetistas, tecnologias, ano de fabricação... que ao pronunciar a palavra automóvel, o meu corpor seja inundado com uma alegria que me desperta sensações únicas, por mais simples que sejam os meus sonhos e desejos, quero que isso continue!

    Henrique

    ResponderExcluir
  63. Pô Arnaldo.

    Tô com o "Mister Formula Finesse". Infelizmente a gente do povão não teve a oportunidade de guiar tantos carros maravilhosos e memoráveis como você teve.

    Eu pedi a M3 geração E30 porque é algo realizável (existem algumas no Brasil e daqui a alguns anos será possível importá-las, já que estão à beira dos 30) e igualmente memorável. É difícil de achar uma crítica negativa ao carro, e se tanta gente elogia, deve ter um motivo.

    Eu particularmente tenho um sonho de ter um subaru WRX, já que cresci fanático por rally, desde a época do Kankkunem e aquela Lancia Delta fantástica. Mas caí de amores pela subaru e virei fã do Colin McRae depois de ver que o cara aprontava o diabo com o carro e dificilmente ficava no prego! Depois vieram Richard Burns, Carlos Sainz, Tommi Makkinem, etc.

    Esse sonho eu realizarei em breve, assim que vender meu atual carro (um civic vti 97 impecável).

    ResponderExcluir
  64. Arnaldo Keller10/01/12 11:07

    Anônimo do General Lee,

    Tudo bem, tá liberado. Com tara não se discute. Vc é fixado no General Lee e boa, então merece.
    Nesse caso, mesmo que o carro seja uma bosta - o que na certa não é - é um desejo tão forte que merece ser suprido.

    ResponderExcluir
  65. Zé da Silva10/01/12 11:57

    AK

    Obrigado por fazer meu cérebro dar um nó, e recordar do grande Gualixo, não só ganhei o dia mas hoje nem quero lembrar que existem carros...

    ResponderExcluir
  66. Eu pediria minha kombi 68 camping, com cama, mesa, fogareiro e geladeira elétrica dinamarquesa, toldo, armários, parasol azul transparente que num momento de pura estupidez me desfiz há 20 anos. Abs, Fred

    ResponderExcluir
  67. Luiz Barcellos10/01/12 12:29

    Já que concluimos que Papai Noel existe eu gostaria de uma Ferrari GTO, a Ferrari das Ferraris... naturalmente prometo me comportar direito o resto da vida....

    ResponderExcluir
  68. Arnaldo,

    Pois é, um só é sacanagem.
    Pode falar pro Santa trazer um F40 pra mim. Se estiver em falta, pode ser um Cadillac Eldorado 53.

    abs,

    ResponderExcluir
  69. Sandoval Quaresma10/01/12 13:33

    eu queria um VW 1600 4 portas.
    um Zé do Caixão, azul calcinha, com a frente alta e de faróis quadrados, bem inteirinho.
    foi num destes, o do meu falecido avô, que dirigi pela primeira vez.

    ResponderExcluir
  70. meu sonho: um chevette azul, com motor alloytech 3,6 V6 do Omega Fittipaldi (e seus 292cv), com suspensão condizente, freios a disco nas 4 rodas, chassis reforçado e visual sleeper. Um pocket rocket para me divertir eternamente. Vamo lá Noel, faz a fezinha, aproveita até que é meu aniversário para dar uma reforçada no Chevas!

    ResponderExcluir
  71. Pô Arnaldo!

    Você diz pra fazer pedido pro Papai Noel e depois fala que ele não existe? Puta maldade... hehehehe...

    Então vou pedir pra esse velho picareta uma C10 seis canecos do mesmo naipe do anônimo lá de cima, amarela, suspensão elevada, pneus 33" e 4x4. E a moto pode ser minha Shadow 600 mesmo, cabendo ela e os dogs na caçamba, mais a pequena na cabine, tá valendo... Ah! E banco inteiriço que é pra ela poder deitar e aconchegar a cabeça no meu colo durante o rolê, por favor.

    Anotou aí velho Nicolau? Você já sabe onde eu moro, agora é só entregar... hehehe...

    ResponderExcluir
  72. 911 Carrera RS 1973.
    210 cvs empurrando 900kg de puro entusiasmo.

    ResponderExcluir
  73. Arnaldo, seria um Chevette DL 1993.

    Foi meu primeiro carro preparado, motorzinho aspirado, andava demais, fazia curva demais, bebia demais, só não tinha muito freio.

    Como sinto saudades daquele carrinho, sei que muita gente pensa, "ah, um chevette, lixo!", mas aquela carro era uma extensão minha. Nunca me deixou na mão, e juntos "despachamos" muita gente, e gente grande. Até hoje, aquela marcha lenta irregular, seu cheiro, seu ronco, o toque dos meus pés nas pedaleiras de alumínio (compradas na antiga feirinha do pacaembu) rondam os meus sonhos.

    Ainda vou restaurar um, e deixá-lo exatamente igual.

    Um grande abraço!!!

    Alvaro
    www.gasolinanosangue.blogspot.com

    ResponderExcluir
  74. Eu queria o meu primeiro carro de volta, um Fusquinha azul 1972. Junto com ele queria meus cabelos castanhos nas têmporas de novo, além de mais alguns fios na testa. Queria ter aqueles 74 kg de novo, e não os 92 que carrego hoje.

    Queria ter de volta as estradas sem pedágio até a praia, e uma praia vazia na semana de ano novo... e por aí vai.

    Tenho cada história com aquele Fusquinha que até o Barão de Münchausen duvidaria, como no dia em que o carro adivinhou que eu trocaria de terceira para quarta marcha e quando eu pisei na embreagem ele completou o serviço para mim, sem por a mão no câmbio.

    ResponderExcluir
  75. João Gabriel10/01/12 16:29

    Olha eu sei,não fui o melhor garoto esse ano,mas tenho minhas justificativas,enfim eu não almejo muito,eu sei como é querer muito algo e não ter condição de ter,então aprendi a gostar do simples,valorizar aquilo da melhor forma...Eu gostaria de ter um Chevettinho ou tubarão ou bicudo,ou então um Opala/₢aravan,desses comuns de 4cc mesmo sem muitas firulas ou então um Doginho Polara,ou um Corcel I ou II,com qualquer um desses seria um ótimo presente de natal...rs

    ResponderExcluir
  76. Amigos autoentusiastas,

    agradeço a todos que comentaram, pois o post só ficaria completo se tivesse a vossa participação, cada um falando do seu sonho e o porque dele.
    Gostei pracacete de todas as escolhas, todas, de um estupendo Ferrari FF a um Zé do Caixão azul calcinha - todas têm uma justificativa onde a emoção predomina, e é essa a característica do verdadeiro amante dos carros.
    Faço meus votos de que o quanto antes o Papai Noel atenda a todos, e alerto o amigo leitor: NÃO TIRE DO FOCO SEU OBJETIVO. Se não tirar, quando menos se espera, ele vem.
    Um abraço e obrigado.

    ResponderExcluir
  77. Oskrmarinho10/01/12 20:17

    Cabeça a mil, caraminholas esvoaçando na mente, penso em todo tipo de carro que já me fez e faz sonhar, mas, não tem jeito não, a "Marta Rocha" vem e toma conta; sou apaixonado por aquele desenho, para-lamas salientes, ar de quem promete muito, mesmo que não cumpra tudo, porém não tem jeito, já sonhava com ela na infância e Papai Noel só me trazia de brinquedo, quando se lembrava. Recentemente, copiei a foto de uma azul, linda, quase fiquei doido de paixão; vou mandar a foto pro "bom velhinho" e eu tenho certeza que êle sabe que eu mereço aquela picape linda, para admirar e usar, porque detesto carro de garagem. De
    repente, até ajudo Papai Noel a distribuir presentes com ela.

    ResponderExcluir
  78. Alemão SS10/01/12 21:58

    Um Opala SS Coupe 76 seis cilindros c/ um Weber 40 e escape dimensionado, perfeitamente restaurado e rejuvenescido, com freios a disco nas quatro rodas, transmissão e suspensão das últimas versões, com amortecedores um pouquinho mais firmes, diferencial autoblocante e uns reforços estruturais. A cor pode ser branca, vermelha ou laranja. Deixo como surpresa.

    ResponderExcluir
  79. Eu já ficaria feliz se eu tivesse um carro, independente de marca, cor, modelo... um que estivesse inteiro e conservado.

    Pra quem nunca teve um, qualquer um, conservado, já serve :D

    E pensar que deixei escapar a chance de ter m Fiat Uno 1.6R... :(

    Abs
    Kiko Molinari - Carros Raros BR

    ResponderExcluir
  80. Kiko Molinari,

    Pede pro Luciano Huck que ele te ajuda...

    ResponderExcluir
  81. Kra, papai noel tb m presenteou com uma monark dobramatic, verde escuro, no natal de 1970, q tb pedi. Claro q meu irmão e irmã seriam os usuários devido ao meu tamanho, mas logo dpois do ano novo eu já andava nla, só ñ conseguia parar, então alguém vinha atrás ou eu ai pro chão, sem medo de ser feliz. Dpois depenei ela e coloquei uns adesivos da STP e texaco, patrocinador do Rato.
    Agora peço ao papai noel um simples Porsche 911 turbo, final dos anos 70 iníco dos 80, estaria de bom tamanho.

    Valeu

    Tazio Nuvolari

    ResponderExcluir
  82. Bom, já que é pra falar em sonhos talvez realizáveis, eu fico com um Lotus Omega ou um Omega CD com motor V8 moderno (LS2).
    Na verdade eu queria ambos. Seria legal ter o Lotus Omega para estudar como foi feito, e depois fazer melhorias num Omega CD nacional para superar o Lotus (daí a idéia do V8 LS2).

    ResponderExcluir
  83. Bussoranga,

    O Bob andou nesse Lotus Omega e falou que era um monstro mesmo, muito bom. Acho que ele já escreveu aqui sobre o carro. Se não, pedirei um post pra ele.

    ResponderExcluir
  84. Eu coloquei na meia de natal um papelzinho agradecendo o que já ganhei, e pedindo mais um: Uma replica mesmo de um Aston Martin DB5 1964, cor british race green e conversivel com a capota beje.
    Ja ta bom demais!!

    ResponderExcluir
  85. Obrigado AK, de fato eu gostaria muito de pedir que o Bob faça um artigo sobre o Lotus Omega.
    Reza a lenda que existem ou existiram 3 exemplares no .br. Como fazer para localizá-los?

    ResponderExcluir
  86. Arnaldo Keller12/01/12 08:28

    Bussoranga.
    Não faço idéia, mas hoje dá pra deixar um CD 3.0 espetacular, fácinho.

    ResponderExcluir
  87. bussoranga,
    Temos um post sobre o Lotus Omega aqui no AE (http://autoentusiastas.blogspot.com/2011/01/o-outro-omega-que-nunca-tivemos.html), não é do Bob mas ele pode complementar.
    abs,

    ResponderExcluir
  88. Cheguei meio atrasado, mas espero que o Papai Noel consulte essa lista denovo e veja o meu pedido:

    BMW 850 CSi

    Desde a primeira vez que vi o carro (tudo bem, deveria ser uma Ci) ele povoa a minha mente. Foi no estacionamento de um shopping em Porto Alegre, me lembro como se fosse hoje daquela noite.

    ResponderExcluir
  89. Desde o seu lançamento, não há carro que me instigue mais que a F40LM.
    A F40 é um carro espetacular, mas a LM é a essência do que é pilotar.
    Pra dar a partida fria se leva alguns minutos.
    Depois de muito brigar pra engatar a primeira para trás, pé no fundo e embreagem bem dosada pra sair.
    Posta em marcha, não dá pra "passear". Embola tudo!
    Pé no fundo pra passar segunda, senão não entra fácil.
    E aí vem o melhor: o lag do turbo. De repente uma pancada nas costas e o giro sobe como se fosse explodir de tanto girar.
    Segunda já entra alta, pé no fundo, alguns instantes, e turbo!
    E assim vai. Quando se tira o pé, se ouvem verdadeiros tiros. Uma delícia.
    Suspensão acertadíssima, dura. Mas se o turbo entrar em uma curva, se prepare pra corrigir a traseira que vai querer ultrapassar a frente.
    Nada de assistência eletrônica, tudo como deve ser....

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...