21 de janeiro de 2012

TRINTA ANOS: LANCIA 037




Mais um carro que faz trinta anos agora em 2012, e entra para a lista dos legalmente importáveis para o Brasil.

Em 14 de dezembro de 1981 era anunciado o Lancia 037, um carro para ralis do grupo B, cuja homologação dependeria de ter um mínimo de duzentas unidades produzidas, como na história do Ford RS200. Para atingir esse número mínimo, Cesare Fiorio, diretor esportivo do grupo Fiat, informava que haveriam carros para as ruas. Os entusiastas salivaram.

Foi um trabalho para o qual a Lancia contratou Pininfarina e Abarth, resultando em um carro apresentado no Salão de Turim de 1982.


O motor da versão aqui mostrada, com toda a certificação para uso fora de competições e apropriadamente chamada de Stradale (estradeira), tinha motor de quatro cilindros 2-litros, montado em posição longitudinal, central-traseiro, respirando por 16 válvulas e desenvolvendo 206,7 cv a 7.000 rpm, devido a um compressor volumétrico  com taxa bastante baixa de 7,5:1. O cárter é seco, como convém a todo carro de competição ou que será constantemente sujeito a grandes acelerações laterais. A alimentação é proporcionada por dois carburadores Weber 40 DCN VH 15/250, com a gasolina vindo de dois tanques de 35 litros cada um.






Chegava a 225 km/h e acelerava aos 100 em 5,8 segundos. A versão de competição tinha basicamente maior taxa de compressão, com 81 cv a mais e 200 kg menos.

O desenvolvimento foi guiado pela simplicidade mecânica, pensando principalmente nos rápidos reparos nos ralis, fundamental nessa aplicação. Assim, a tração nas 4 rodas foi descartada, e adotou-se apenas tração traseira, observando a vantagem de ter o motor próximo dessas rodas.

As suspensões escolhidas foram as de braços em A, triangulares, com regulagens de carga de mola e amortecedores pressurizados Bilstein.


Parte traseira, carroceria abre totalmente

A dianteira, com tudo à mostra


Como se precisava iniciar a participação no mundial de ralis rapidamente, estudou-se utilizar carrocerias já prontas para servir de base (ou plataforma, como alguns preferem) e ganhar tempo.

Dos veículos analisados, o escolhido foi o Beta MonteCarlo, e o 037 acabou saindo muito semelhante a ele. Interessante notar que até mesmo nos Estados Unidos o Beta MonteCarlo foi vendido, porém com o nome Scorpion.

Lancia Scorpion, para mercado americano

O 037 pode ser considerado a versão de evolução do Beta, e não usa toda a sua estrutura. As alterações do projeto original desse belo esportivo foram extensas, porém mantendo o perfil parecido e as dimensões bastante contidas. O trabalho em túnel de vento realizado pela Pininfarina refinou a forma de carroceria do Beta MonteCarlo, buscando vantagens nos fluxos de ar para refrigeração do motor e estabilidade dinâmica.

A Abarth trabalhou com motor e chassis, com o objetivo de conseguir uma ótima robustez de componentes. Grande parte desse chassis é tubular, permitindo fácil acesso mecânico e troca de componentes em caso de acidente. As partes dianteira e posterior são ambas em tubos de aço de 25 ou 30 mm de diâmetro, dependendo do local, e também tubos de seção quadrada, tendo partes em chapa de alumínio apenas no habitáculo, que tem uma barra mais alta que a cabeça dos ocupantes, protegendo-os em caso de capotagem. Um carro com estrutura em três partes, todas substituíveis. Para quem gosta de kits de montar, um prato cheio.




A carroceria de compósito de  fibra de vidro tem reforços em Kevlar nos pontos submetidos às maiores cargas. Tudo isso somado chega a 1.169 kg, leve para os padrões atuais de carros gordinhos e rechonchudos.

O protótipo 1 do 037 andou pela primeira vez em dezembro de 1980, e a Lancia anunciava com orgulho que carro passava folgado nos requisitos de testes de impacto válidos à época, e que as portas se abriam facilmente após esses testes.

Sobre o motor, a Abarth trabalhou na unidade de 1.995 cm³, evolução do 1,8 litro do 124 Abarth, que se saiu muito bem anteriormente em provas de rali. O compressor é volumétrico acionado por correia, escolhido devido à melhor característica de reação rápida em relação ao turbocompressor. O transeixo é da marca ZF com 5 marchas, freios são obviamente os italianos Brembo, reputados como entre os maiores especialistas nesse assunto, montados por dentro de rodas de 16 polegadas de aro, com 8 pol. de tala na frente, e 9 pol. atrás.



Interior simples, para trabalho


As dimensões principais são:
Comprimento 3.915 mm
Entreeixos 2.445 mm
Largura 1.850 mm
Altura 1.245 mm
Bitola dianteira 1.508 mm
Bitola traseira 1.490 mm



Essa verão de rua teve 207 exemplares construídos, sendo que vários foram convertidos para versão de competição logo ao serem vendidos, devido à procura dos clientes.

Hoje, um modelo em bom estado ultrapassa os 200.000 euros em preço na Europa. Não é barato, mas uma peça rara de coleção, e uma chance de ter praticamente um carro de competição para usar na rua. Só para quem gosta de coisas exóticas.

É garantia de não encontrar outro no estacionamento do supermercado.


O 037 de competição em ação com Henri Toivonen, cujo desaparecimento mudou a história dos ralis.

JJ

Textos anteriores, trinta anos:

 Mitsubishi Starion



22 comentários:

  1. Lindo carro. Normalmente gosto de esportivo com cores vivas. Mas o cinza caiu superbem nesse obsceno Lancia.

    Abraço

    Lucas CRF

    ResponderExcluir
  2. Interessante como um bixo desses de 30 anos atrás ainda tem cara de atual.

    Juvenal, enti que faltou um algo mais, especialmente por causa da legenda da última foto.
    Porque o desaparecimento dele mudou a história dos ralis ? Quantas competições estes carros ganharam, por quantos anos ?

    Gostei da história !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia,

      la historia de Lancia es infinita casi en no mundo do rallys. Lancia fulvia HF, Lancia Stratos, Lancia 037 Rally , Lancia Delta Integrale. Tudos istos ganaron mundiales de rallys desde 1960 -1992 , ya sea por marcas o el campeonato de pilotos.
      Fallaron algun anho ya que Audi Quattro gano en 2 años los campeonatos.

      Los retiraron por peligrosidad, murieron varios pilotos conduciendo istos carros en lso campeonatos. Por Isto que se paso del Grupo B ,que fue cuando Audi Quattro, al Grupo A que empezaron los Lancia delta integrale a ganar. Creo que en 1985-86 se dio este paso.

      Tudos los grandes pilotos de rallie simepre dicen lo mesmo cuando se les pregunta que coche fue el que mas le gusto conducir ( Walter Rhol, Kankunen, Carlos Sainz, Agnini, etc ... ) : Lo melhor son los Grupo B.

      Eu tengo un Lancia Delta Interale EVO 1 de 1992 de calle y es increible de conducir. Ningun coche de hoy en dia te da esas sensaciones ni con 150 cv mas.

      Animo a que vean videos en youtube de istos carros, son increibles.

      Excluir
  3. As rodas da primeira imagem lembram as da S.Z.
    Belo carro.

    ResponderExcluir
  4. Sem duvida é autoentusiasta, mas é muito restrito. Agora...Um Lancia Scorpion/Montecarlo já é uma aquisição mais possível para importar e não deixa de ser exclusivo, além de ser "una bella machina".

    ResponderExcluir
  5. Muito legal sua reportagem,sempre saindo com uns carros inusitados e pouco conhecidos!
    Vc deve saber do Lancia Delta Integralle (anos 90) que tem aqui em SP . Pertence a um colecionador que aprecia e tem outros 4x4
    Ja participou de alguas provas de subida de montanha, com resultados muito proximos aos dos Subarus e Evos com mecanicas originais.
    Saudacoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hay Lancia delta iNtegrale en Brasil ? eu soy de espanha y tengo uno. Un EVO 1 de 1992. Se pode importar a Brasil ?

      Excluir
  6. Sua silhoueta lembra a Ferrari 308. Gostei do comentário " interior simples, para trabalho". Imagino os trabalhos. Rs

    ResponderExcluir
  7. Daniel San21/01/12 18:34

    Impossível olhar a traseira dela e não notar semelhança com a Ferrari F-40. Belíssimo brinquedo!

    ResponderExcluir
  8. aguém se lembra do stratus, eu sempre achei aquele carro muito legal, ele quase foi relançado a pouco tempo atrás mas com essa crise na europa...

    ResponderExcluir
  9. "Che bella!!"

    Me arranja um desses!!

    ResponderExcluir
  10. É ISSO AÍ JJ, PAU NOS ITALIAS!!!

    ResponderExcluir
  11. Pra mim, o carro mais bonito já criado para homologação.
    Sou fã incondicional desse carro.
    A cor cinza realmente caiu bem para o Stradale.

    ResponderExcluir
  12. Mister Fórmula Finesse23/01/12 08:16

    Um dos carros mais lindos de todos os tempos, sou absolutamente interessado nesses stradale.

    Um companheiro digno de garagem dele, seria o Lancia S4 também na versão Stradale (ainda mais rara presumo)

    GM

    ResponderExcluir
  13. Evandro, o Henri Toivonenn sofreu um acidente em 1986 com um Lancia S4 no grupo B de rali, nesse acidente, morreram ele e o copiloto (na verdade não sobrou muita coisa do carro) e esse acidente pôs fim à F-1 dos Ralis.

    ResponderExcluir
  14. Evandro,

    sobre o grupo B, tem um pouquinho no post do RS200, cujo link está logo no começo do texto.
    Prometo escrever mais em breve, é um assunto muito interessante.

    ResponderExcluir
  15. Belíssima Lancia!

    Juvenal Jorge, coloca na conta dos "importáveis" aí o Audi Quattro, outra lenda dos rallis.

    ResponderExcluir
  16. Na verdade, acho que os Grouppe B andavam mais do que os F-1 da época, basta ver que os tempos de 0-100 são compatíveis, com a diferença que o de Rali faz isso SEM asfalto.

    ResponderExcluir
  17. Carlos Eduardo,
    no caso do Audi Quattro eu já fiz isso antecipadamente, já que ele me "incomoda" muito !
    Veja: http://autoentusiastas.blogspot.com/2009/08/audi-quattro-um-pequeno-tributo.html

    ResponderExcluir
  18. JJ,

    Grande carro, grande post.
    Vc devia escrever sobre o grupo B!
    MAO

    ResponderExcluir
  19. E possivel la importaçao de un Lancia Delta Integrale EVO 1 de 1992 a Brasil ?

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...