21 de fevereiro de 2012

EXTRA: MORTA POR UM ADOLESCENTE

Foto: brasil247.com

Brincar na praia, na beira d'água, com a mãe, é uma diversão singela e agradável. É mesmo? Não quando estamos rodeados de imbecis – que não param de aumentar em número no nosso país.

Grazielly Almeida Lames, de 3 anos (foto) foi morta sábado de carnaval por um jet-ski descontrolado que invadiu a areia da praia de Guaruba, em Bertioga, litoral norte de São Paulo. Há controvérsias sobre o aparelho aquático estar operado ou não no momento do atropelamento. Testemunhas dizem que estava, a família do adolescente de 14 anos diz que não, que ele apenas ligou o motor e o jet-ski navegou sozinho em direção à areia, onde colheu Grazielly na primeira ida à praia de sua vida.

Fatalidade? Sem nenhuma dúvida. É inimaginável alguém ser atropelado por qualquer veículo num local de lazer como uma praia, na beira d'água. Entretanto, aconteceu. 

As circunstâncias serão apuradas, testemunhas serão ouvidas. Mas qualquer que venha a ser a versão oficial do acidente, a culpa é total do tal adolescente. Jet-skis são dotados de interruptor para desligar o motor caso o piloto caia do veículo, mas este precisa estar com uma cordinha atrelada ao pulso para que o interruptor seja acionado. Se tentou apenas ligar o motor, mas não seguiu a norma de operação, errou fragorosamente e seu erro matou uma criança.

O interruptor de segurança, vendo-se a cordinha de acionamento (forums.iboats.com)

Há também a questão de ser probido navegar a menos de 200 metros da praia, justamente pelo risco de atropelamento de banhistas.

Faltou ao adolescente a noção de que máquinas precisam ser respeitadas na sua plenitude, desde operação (que inclui não dirigir bêbado) até o meio onde circulam. É a falta dessa noção, inclusive por parte dos motociclistas, que está matando 40.000 brasileiros por ano, uma carnificina sem precedentes na nossa História.

Independentemente de condenação do dono do jet-ski, já que menores são inimputáveis pela nossa Constituição (urge uma emenda constitucional a respeito), trata-se de homício culposo no trânsito, no qual não há intenção de matar, cuja pena é detenção de dois a quatro anos.

A vida de Grazielly só valeu de dois a quatro anos de alguém preso – se é que chegará a sê-lo.

R.I.P, Grazielly

BS

90 comentários:

  1. Pedro Kelmmer21/02/12 23:00

    Não conheço o pai dessa garotinha nem sua índole.

    Mas se minha filha de 3 anos fosse morta na beira da praia por um boçal desses, garanto que até em Marte eu iria para bater um pequeno papo com ele...

    A justiça brasileira seria a menor preocupação que ele teria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, Pedro, somos dois...

      Excluir
    2. Somos cinco

      Excluir
    3. Somos todos que temos vergonha na cara. Somos todos que estão indignados com esta barbárie e com a certeza da impunidade. Somos todos que estamos enojados com a justiça brasileira, seus códigos obsoletos e protecionistas Somos todos que estamos cansados deste estado das coisas.

      Excluir
    4. Somos oito.

      Guilherme Costa

      Excluir
    5. André Ricardo23/02/12 21:29

      Não consigo imaginar a dor desse pai, tenho uma filha nessa idade que ainda não foi a praia. Acho que se algo acontecese a ela, eu seria o decimo primeiro junto a você a caçar esse marginal, mas lembrando um filme que vi (Codigo de conduta) teria uma atitude parecida.

      Excluir
  2. Agora somos três...

    ResponderExcluir
  3. É triste ver um "acidente" desses e saber que muito provavelmente o culpado sairá sem nenhum tipo de punição. Pelo visto, o adolescente que estava SIM, pilotando o Jetski e que provavelmente caiu tentando fazer alguma "gracinha" pra chamar a atenção dos outros, é filho de pais endinheirados(que são os maiores culpados nesse crime e deveriam ser punidos junto com o filho idiota deles), que vão fazer o que está ao alcance deles para livrar o rabo de mais um desses playboyzinhos acefalos que temos aos montes no nosso país.

    R.I.P, Grazielly.

    Brasil um país de tolos...

    ResponderExcluir
  4. O que falta ao nosso povo é Educação Moral e Cívica.
    Essa matéria deveria fazer parte do currículo escolar e também ser exigida para a obtenção/renovação da CNH. E é claro, prova rigorosa no final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Havia no tempo dos milicos e não deu certo.

      Excluir
    2. Petralha anônimo das 7:30, explique a sua afirmação de "havia no tempo dos milicos e não deu certo".
      Só se estiver falando do Buzaidinho...

      Excluir
    3. Ancião das 10:11, Educação Moral e Cívica era uma disciplina escolar que havia no passado. Hoje as escolas querem mais saber de ensinar informática e outras coisas de que seus netinhos tanto gostam. Os consumidores quem determinam o que a escola ensina.

      Excluir
    4. Você deve ser um desses trouxas que acham que nunca vão ficar velhos. Idade avançada só acontece com os outros...

      Consumidor não tem que determinar coisa nenhuma em escola. Escola não é Lan House nem puteiro para se fazer o que quer. É lugar para aprender, primeiro a ser gente, e segundo, para que não vire alguém como você num futuro próximo...

      Excluir
    5. Ah, você é o anônimo que sempre se "defende" chamando os outros de velhos...

      Leia novamente o que escrevi e veja que eu queria uma explicação para o que você afirmou. Em vez de argumentar, desviou o debate por outro camimho... talvez um dos fatores dessa - falta de - atitude seja que você (que transparece ser jovem) não tenha tido aulas de Educação Moral e Cívica.

      Eu tive aulas dessa matéria e de sua sucessora, O.S.P.B.. Tive diversos professores, desde um militar até uma socióloga que foi uma das formatadoras do ideário do PT.

      NENHUM deles - ao contrário do que você deve imaginar - tentou fazer "lavagem cerebral" nos alunos. Muito pelo contrário, tais aulas eram um espaço para conhecimento e reflexão, em que os professores traziam informações e seus contrapontos, justamente para desenvolver a capacidade de raciocínio e de argumentação.

      Um deles tinha uma prática de rodízio de grupos, em que os grupos traziam editoriais de O Estado de São Paulo e da Folha de São Paulo (cujas orientações eram bem distintas) para debates.

      Enfim, tudo isso contribuiu para que, hoje, eu queira compreender o posicionamento de outras pessoas, mesmo que contrário às minhas convicções, e argumentar sobre os mais variados assuntos. E não tenho nenhuma vergonha de mudar meu modo de pensar frente a boas justificativas.

      Infelizmente, mesmo eu lhe dando a dica do Buzaidinho, você fugiu do contraditório... pense sobre isso.

      Excluir
    6. Rapaz, você acha mesmo que se eu pensasse, leria o blog do Bob Sharp?
      Venho aqui descontrair e ler umas bobagens, escrever outras tantas.
      Não tenho nada contra você ser velho. Acho um barato. A propósito, você aprendeu a dirigir no Ford Modelo R?

      Excluir
    7. Sujeito tonto você, 4:24 de 24/02 e, provalvelmente o das 10:41 de 22/02, onde trata alunos como consumidores. Faz sentido, você não frequentou uma escola, você a consumiu e não aprendeu nada mesmo, hehehehe! Faça-nos um favor, desapareça daqui, seu merdinha.

      Excluir
    8. Amigo, nem perca tempo com esse boçal.

      Escola para ele, era só prá fazer troca-troca com os amiguinhos. E ele detesta os mais velhos por causa de um amante idoso que a mãe dele tinha.

      Como podem ver, o problema do cara é psicológico mesmo. Um gay enrustido...

      Excluir
    9. Achei que não houvesse problema em revelar que você aprendeu a dirigir no Ford Modelo R. Desculpa.

      Excluir
  5. Outro ponto importante nessa questão é que para pilotar jet-ski é necessário ter mais de 18 anos e ser habilitado, algo que é amplamente desrespeitado. Eu mesmo confesso que já pilotei esse tipo de veículo sem a devida habilitação, algo não pretendo fazer novamente. O fato é que muitas pessoas vêem o jet-ski como um brinquedo, e não um veículo que pode ser perigoso se manejado indevidamente.

    ResponderExcluir
  6. Se fosse minha filha eu também desejaria fazer justiça com as próprias mãos, mas enfim por causa de uma babaquice esse adolescente desgraçou o resto de sua vida, que pessoa em sã consciência conseguiria ter uma vida normal depois de tirar a vida de outra pessoa, ainda mais um pequeno ser de 3 anos... a pessoa que conseguir seguir normalmente a vida após isso com certeza se tornará uma pessoa de má indole, se a fiscalização fosse mais rigorosa e/ou a constituição punice maiores de 12 anos por exemplo, ao contrário do que é hoje, com certeza o adolescente teria pensado duas vezes antes de ter pego o jet ski, e com certeza seus pas também não deixariam pois para qualquer pai é horrível "perder" o filho para uma prisão, o que não acontecerá neste caso.
    No fim são duas tragédias, para família da menina que morreu e para o rapaz que ou passará o resto da vida amargurado ou se tornará uma pessoa de mau caratec...

    ResponderExcluir
  7. Fiscalização ? Isso existe ?

    Se o pré-púbere apenas tivesse ligado o veículo, ele não aceleraria com força suficiente para arremessar a garota como foi relatado.

    Pai que é pai, entregaria seu filho imediatamente à justiça, e não convocaria o advogado para resolver o problema.

    Curioso como menores de 18 anos são aptos a traficar, portar armas, roubar, matar, estuprar, mas não o são para pagar pelo que fazem.

    Quero só ver o que vai acontecer se a população se cansar deste desmando.

    ResponderExcluir
  8. Testemunhas juram que as 3 famílias fugiram de helicóptero logo após o incidente. Enquanto isso a menina esperou por 40 minutos a chegada do Águia da PM, que a levou para o hospital.
    Tomara que a família inteira seja processada por abandono de local do crime, já que com o menor não vai acontecer nada mesmo, e vai crescer sabendo que pode fazer o que quiser.

    ResponderExcluir
  9. Aqui aplica-se o que comentei na coluna do Roberto Agresti no Best Cars, justamente sobre a carnificina que provavelmente foi o feriado de carnaval: a vida não tem mais valor algum, banalizou-se a vida. Morte, é uma simples conseqüência do ciclo da vida, paciência se chegar cedo demais.

    "Muito bacaninha" mesmo foi a atitude da família do boçal que atropelou a Grazielly, ao fugir rápida e covardemente do local, sem nem ao menos se preocupar com o estado da vítima. Depois é fácil aparecer e dizer que fugiram por medo, desespero e a PQP de desculpa esfarrapada que seja.

    Sou contra violência explícita, mas se fosse antigamente, esse marginalzinho de merd... não teria fugido impune da praia. Rapidinho um punhado de pessoas grudariam no cangote do rapaz e o sujeitinho só sairia de lá depois de uns bons sopapos. Isso se não fosse esfolado vivo, dada a gravidade do acidente.

    Desculpem o comentário agressivo, mas esse tipo de barbaridade é inadmissível, tem que ser punida com todo o rigor possível da lei. Ah! se esse acidente tivesse ocorrido nos EUA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem porque se desculpar, Road Runner, já que a indignação é procedente, e comum a todos nós. Aliás, você tocou num ponto interessante: a passividade da população ao deixar o responsável (no caso, irresponsável) ir embora e escapar do flagrante.

      Sim, vão dizer que saíram por medo, desespero, "estado emocional abalado", e essas desculpas revoltantes, que soam mais ainda como injustiça, como se a família da criança não estivesse em desespero, abalada, e com medo. Mas a família estava com medo do pior - que lamentavelmente aconteceu - e não medo de levar uma surra, como no caso do adolescente. A omissão de socorro não se justifica aqui.

      Eu também faço o desabafo, porque não sou dono da informação oficial: é claro que ele estava pilotando o jet-sky, conforme confirmado por testemunhas, e pela não-atuação do interruptor de segurança, conforme citou o Bob. E caso ele não tenha fixado a corda ao pulso, além de contraventor e irresponsável, foi também negligente.

      Dói demais o coração ver as imagens da garotinha, que foram feitas apenas 5 horas antes do acidente.

      Excluir
    2. Fugir do local foi a coroação de um ato de total irresponsabilidade e covardia.

      Excluir
    3. Esse negócio de querer sair na porrada com todo mundo que causa acidentes causa um monte de "abandonos do local do acidente". Se um filho meu (não tenho nenhum agora) fizesse uma merda dessas numa praia cheia de gente doida querendo pegar ele, eu sairia de helicóptero também. E a minha vontade é de ajudar a vítima.

      Mas ainda bem que, quando eu tiver um, vou dar educação para que o mesmo não faça caca por aí...

      Excluir
    4. Pois eu concordo com a maioria: eu ensinei aos meus filhos a assumirem seus atos, independente de quais forem.

      No caso aqui, o adolescente saiu de helicóptero, jundo da família, antes do helicóptero de socorro chegar. Se a família tivesse interesse em ajudar, seria uma conduta diferente. Belo exemplo para seus filhos, Patrick...

      Excluir
  10. Alexandre - BH -22/02/12 04:25

    Está nojento viver neste país. Que vontade de sumir...
    Certa vez um alto executivo - acho que da Volkswagen – disse que o brasileiro desceu da árvore e foi direto pra trás do volante. E pra trás do comando do jet-ski também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim. O alto executivo alemão tem muita moral para falar de outros povos. E você tem excelentes ídolos. Parabéns!

      Excluir
    2. Concordo com o Anônimo!

      Excluir
    3. me provem que o alemão disse alguma inverdade?

      Excluir
    4. Anônimo Feb 22, 2012 08:20 AM, não preciso lhe dar provas de o alemão estava certo. Você tem exemplos suficientes na família.

      Excluir
    5. Anônimo Feb 22, 2012 08:20 AM, não preciso lhe dar provas de que o alemão estava certo. Você tem exemplos suficientes na família.

      Excluir
    6. Anônimo Feb 22, 2012 08:34 AM, Não sabia que nós éramos parentes. Prazer em conhece-lo, primo! Faz muito tempo que desceu da árvore?

      Excluir
  11. Bom seria se fôssemos índios que saímos da mata para detrás do volante.

    Entre os indígenas mais naturalistas (selvagens não, são mais civilizados que nós), é comum ver os próprios pais e irmãos participando das execuções. Todos têm a consciência que vale mais a paz na comunidade que a vida de um meliante, seja quem seja.

    ResponderExcluir
  12. Vi na TV ontem que a moda no nordeste é desfilar pelas praias em um utilitário 4x4. Eles dizem que a praia tá parecendo a BR. É o fim da picada, nem na praia pode ficar sossegado.

    ResponderExcluir
  13. Lamentável...Não esqueçamos que nossos filhos, salvo raras excessões, são o espelho dos valores que temos e ensinamos a êles. Meu espírito cristão "quase" vence meu ímpeto de vingança, que seria fazer justiça com as próprias mãos uma vez que em nosso país a inpunidade é regra para quem tem dinheiro ou tem proximidade com o "poder" instituido...Oro por esta pequenina e sua familia para que suportem com dignidade tal prova e digo que, a familia do adolescente, responsável pelo mesmo e seus atos, vai chorar muito mais, uma vez que o mesmo já está "marcado" pela leviandade de seus progenitores, e quando a justiça divina vier ( que vem, tenham certeza!), não adiantará chorar...

    ResponderExcluir
  14. Nossas praias também foram assassinadas.
    Lembro que praia era um local livre de veículos de qualquer espécie.
    Não havia loteamento de areia para colocar cadeiras e mesas de barracas que se tornaram bares fixos.
    Não havia som alto de qualquer espécie.
    Hoje temos praia onde jogar bola é proibido, mas andar de jet-ski é tolerado...
    Nossas praias são locais impróprios para se levar uma criança de três anos.
    Nós, brasileiros, matamos junto com o adolescente e morremos junto com a bebê.

    ResponderExcluir
  15. É ISSO AÍ BOB, PAU NESSA BURGUESIA, QUE FEDE!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você só fala besteira, hein? Não tem assunto que você respeite. Por que não vai ler outro blog, cara?

      Excluir
    2. Pronto...
      os milicos apareceram pra cercear os comentários...

      volta pro núcleo rapaz!

      Excluir
    3. Verdade, apenas "burgueses" cometem crimes...

      Hoje qualquer "pé rapado" tem um jet-ski.

      Excluir
    4. Plutônio, você ao menos sabe o que é realmente uma burguesia??? Cada uma... Pelo menos fale "pau nos ricos" que fica melhor.

      Excluir
    5. burguês não é rico.
      é aquele que ACHA que é rico... o que é pior.

      é justamente aquele que caga de jetski na areia sem noção.

      e sabe porque burguesia???
      porque o moleque é filho de rico e nada vai acontecer.
      se fosse pobre tava f... já nesse "justo" país.

      vocês demoram pra entender as coisas hein?

      Excluir
  16. Só digo uma coisa: quem fala em justiça com as próprias mãos é tão criminoso quanto o dono do jet ski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em tese, mas acho que você não é pai. É muito duro um golpe desses.

      Excluir
    2. Quando não há outro meio cabível, a justiça com as próprias mãos torna-se justificável. Afinal, se o Estado, a sociedade e a civilização não conseguem garantir a integridade física da sua família, é necessário recorrer à barbárie.

      Excluir
  17. É uma pena mesmo.
    Se ele estivesse em um Celta nada disso teria acontecido, afinal, o Celta é o melhor compacto do mundo, segundo Bob Sharp - o Caoa da GM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo Fev 22 05:18 am
      Comentário mais idiota! Só poderia ser escrito no anonimato mesmo.

      Excluir
    2. Concordo Bob! Pseudônimos e anônimos com raras excessôes é vergonha ou medo da própria medíocridade...Que tal respeitar o blog e o assunto profundamente serio Sr. anônimo das 05:18?

      Excluir
    3. Anonimo, você já contou para a sua família que seu passatempo na Internet é ficar espezinhando as pessoas?

      Excluir
    4. Pior do que um anônimo vir falar besteira na cara de vocês, é um político com nome, foto, endereço e tudo pedir votos pra vocês e depois cuspir em suas caras dando risada, e vocês, fazerem absolutamente nada.

      Se preocupam só com picuinhas. O que importa vocês estão nem aí pois afinal, ao final do dia estarão em suas casas acarpetadas com ar condicionado e dane-se o mundo.

      Mais idiota que o anônimo são vocês, que só reclamam da vida em fila de banco ao invés de arregaçar as mangas.

      Excluir
    5. Daniel BBB22/02/12 13:47

      comentário não tem nada a ver com o post.
      mas que ele tem razão, ahhh isso tem.

      Excluir
    6. Tem razão no quê? alguma vez o Bob disse que o celta era o melhor compacto? Qual é o problema dele gostar ou simplesmente usar um celta? Já foi dito aqui que ele pode ser muito divertido. Quem gosta de carro não se importa com luxo. Luxo = peso morto. Como tem gente tosca nesse mundo. O Bob nunca fez propaganda da GM em detrimento de outros fabricantes, e eu li todos os posts desse blog. (Caramba, estou comentador hoje...)

      Excluir
    7. quem gosta de carro não se importa com luxo.

      ...

      mas se importa com decência.
      impressionante como tantos engenheiros vem aqui defender o carro (?) que é a síntese do nosso atraso, da gambiarra e do ante-projeto.

      como tem nego tosco nesse mundo!

      Excluir
    8. NÃO EXISTE CARRO RUIM, ruim são os preços pedidos pelos carros aqui!

      Se o carro cumpre os requisitos mínimos para não colocar a segurança alheia em risco, não vejo porque bani-lo.

      Excluir
  18. Muitos podem querer pular miudinho com minhas palavras, mas o fato é que falta fiscalização em tudo, e punição eficaz. O brasileiro tem baixíssimo nível de educação (formal e informal), o que inclui civilidade em grau zero. Para conter a turba é necessário fiscalizar e os flagrados pagarem segundo a lei, e nada mais do que isso.
    Voltando ao mundo do automóvel é fácil notar a irresponsabilidade geral. Por isso defendo radar em toda esquina (e no meio da quadra também), e por toda a estrada.
    Quando a velocidade não ultrapassar os 40km/h na cidade, ninguém passar no amarelo ou pior ainda, furar o vermelho, na estrada não andar pelo acostamento (atitude de idiotas), voar acima da velocidade (independente das condições da pista), ultrapassar sem segurança ou em ponto inadequado (idiotas novamente) as mortes vão cair drasticamente.
    POLICIAIS fiscalizando as ruas e as estradas, autuando NA HORA.
    Podem pular miudinho, mas este é o preço da civilização, da vida em sociedade.
    VPJ

    ResponderExcluir
  19. Doloroso. Mais uma morte que poderia ser evitada.

    ResponderExcluir
  20. Bob,
    Praticamente não existe fatalidade.

    O que existe é uma sucessão de erros em cadeia - negligências conscientes e conhecidas - que geram o problema.

    Praias não deveriam ter salva-vidas?
    Se sim, não são esses caras - membros de policia militar - que deveriam agir com autoridade na praia?

    Além formatarmos o HD, precisaremos conectá-lo a um processador. Esse país está sem cérebro.

    ResponderExcluir
  21. Alexandre - BH -22/02/12 15:56

    Anônimo das 7h30

    Em primeiro lugar, seja homem – ou mulher – o suficiente para assinar as asneiras que escreve.
    Em segundo lugar, você deve ser o tipo de brasileiro que mais se alastra por aí, infelizmente: aquele que é norteado pela Lei de Gérson (leva - ou acha que leva - vantagem em tudo), mas não gosta quando alguém diz umas verdades em sua cara. Se essas verdades partirem de um gringo, então, piorou. Certa vez um jornalista disse que gente assim se preocupa com coisas pequenas, em ganhar no varejo, mas não percebe que está se ferrando no atacado (vide a desordem no país).
    Quanto a ídolos, não os tenho. No entanto, certamente me espelharia num alto executivo alemão em vez dos “heróis” do BBB, que provavelmente ocupam boa parte do seu tempo dedicado ao lazer, cultura e entretenimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espelha-se no "alto" executivo alemão que te chamou de idiota. Bastante inteligente você.
      Acho que o alemão se referira a você em específico e pensou que ele fazia uma crítica ao povo brasileiro.

      Excluir
    2. Alexandre - BH -22/02/12 19:36

      Continua anônimo? Não discuto com frouxo.

      Excluir
    3. O tolo busca elogios, o sábio busca críticas.

      O elogio faz nos sentirmos melhor, porém são as críticas que nos tornam melhores.

      Excluir
    4. Alexandre - BH -22/02/12 20:27

      Chorei.

      Excluir
    5. A prova viva que preconceito, intolerância e burrice são universais. Fica difícil identificar qual o mais idiota. O alemão da SS ou o brasileiro metido a sinhozinho de fazenda.

      É para chorar mesmo...

      Excluir
    6. Alexandre - BH -23/02/12 01:38

      O idiota mais difícil de ser identificado é o anônimo.

      Excluir
  22. Ferreirafp22/02/12 16:09

    Então, é revoltante o que aconteceu, mas fazer justiça com as próprias mãos somente nos mostra o quanto POUCO CIVILIZADOS somos, independente da dor que estejamos sofrendo. A época do olho por olho, dente por dente já passou a muito tempo. Mas talvez isso seja reflexo do nosso decadente sistema judiciário. Solidarizo-me com os pais desta criança, mas também com os pais e padrinhos do causador desta tragédia, os quais TALVEZ por inocência ou de repente pela força do hábito (mas jamais por maldade), não foram capazes de perceber o tamanho do perigo de suas ações. Mas uma coisa é bem certa: um dos responsáveis por tal tragédia é o proprio Estado, o qual não fornece meios para que exista uma fiscalização atuante em nosso país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael Ribeiro22/02/12 19:09

      Faço das suas as minhas palavras.

      Excluir
    2. Violência só gera violência.

      O Estado é o maior violador dos direitos.

      Excluir
  23. Rafael Bruno22/02/12 16:39

    Povo bunda, país bunda.

    Ano que vem o garoto e a família vão curtir o carnaval tranquilinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro! E de jet ski.
      Afinal, os ricos podem tudo.

      Excluir
    2. Rafael Ribeiro22/02/12 19:12

      Meu caro, não transforme o fato num simples ricos x pobres, pois estes últimos estão doidos para virarem ricos, vide a nova classe média, comprando tudo o que pode em tantas parcelas quanto puderem...
      O problema desse país é a falta de educação, são séculos de falta de respeito pelo próximo, independente de classe social.

      Excluir
    3. Rafael Ribeiro: não é mesmo questão de rico X pobres. É uma questão de impunidade. Infelizmente quanto mais rico se é, maior é a chance de sair impune.

      Excluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Redução da maioridade já! 18h45

    ResponderExcluir
  26. Como já escrevi em outro blog: Pra que serve um jet ski? Qual o propósito daquilo? Qual a graça? Meio de transporte? Não é. É apenas uma máquina babaca, barulhenta e poluidora pro babacão ficar pulando onda, já que não tem capacidade de aprender a surfar.

    João Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jet skis seriam úteis para quem viaja de uma ilha a outra, seriam como motos, só que na água. Em Veneza e na Holanda jet skis são muito usados por todos, desde jovens querendo só pular onda até executivos que vão ao trabalho.

      Excluir
    2. Continuo achando aquela porcaria sem utilidade alguma. Meio de transporte marítimo pra mim é barco ou caiaque.

      João Paulo

      Excluir
    3. Segundo sua opinião, então, um Audi R8 ou um Porsche 911 GT3 são apenas máquinas babacas que servem pra acelerar loucamente pelas rodovias? afinal não são os melhores carros pra andar nas cidades, e ainda só levam duas pessoas.

      Devem ser duas máquinas babacas, essas.

      Excluir
    4. Rafael Ribeiro22/02/12 21:01

      Jet skis tem inúmeras utilidades, para pessoas que sabem usá-los. Em Angra dos Reis por exemplo, você pode até ir ao supermercado com um deles, mais rápido e prático do que ir de lancha ou de carro. Salva-vidas e Capitania dos Portos utilizam os mesmos em determinadas atividades. Também podem ser usados para desembarque de passageiros de uma lancha maior até um pier ou praia. E por aí vai...

      Qualquer outro veículo, nas mãos de um idiota, vira uma arma, perigosa para ele e as demais pessoas ao seu redor.

      Excluir
  27. Com certeza ninguém irá preso. Nossas leis não estão direcionadas para isso. Estou falando com franqueza, não é nenhum desabafo e sim apenas o que qualquer um que entenda o mínimo de direito sabe o que vai acontecer. Apenas pergunto se alguém sabe se é possível um projeto de lei para alterar o Código Penal por meio de um ABAIXO-ASSINADO, como foi feito no Ficha Limpa? Talvez a questão de diminuir a maioridade seja muito difícil, mas pelo menos obrigar a uma indenização para valores que coibam os papais ricos de mimarem tanto seus filhinhos não seria possível? Pelo menos se doesse MUITO no bolso desse papais ricos será que não diminuiria esses assassinatos? Tipo indenização que afete gravemente o patrimônio dos pais desses menores assassinos: se o cara tem uma fortuna de x milhões, indenização de x/3 milhões... Com certeza uma lei dessas ou outra idéia melhor não sairá da cabeça dos nossos parlamentares, pois muitos destes são interessados nessa falta de punição... então será que um abaixo-assinado pode propor uma lei para tentar mudar esse quadro?

    ResponderExcluir
  28. 40 mil mortos p/ ano Bob?

    Em 2011 foram 58,134 mortos.

    O simples fato de sair e chegar em algum lugar é motivo de comemoração.

    ResponderExcluir
  29. Félix,o que você disse é a pura realidade,ninguém vai ser indiciado e muito menos preso.
    Ainda não entendi o porque de se fazer uma lei chamada "lei seca" em que se tenta criminalizar o ato da embriagues ao volante,pra mim essa lei é uma perda de tempo.Muitos devem estar dizendo que sou um burro é imbecil.Agora vamos parar é pensar no seguinte fato: até agora quem foi condenado por matar alguém dirigindo bêbado ou mesmo são ao volante.Aqui em BH um ciclista muito querido foi destroçado por um idiota desses é no mesmo dia pagou fiança de R$ 3.000 é foi embora pra casa.Quem não se lembra daquele idiota politico(acho que se chama (CARLI FILHO) do sul que matou dois jovens adolescentes,deu em alguma coisa?
    Hoje vejo a questão da segurança pública da seguinte forma.Os políticos não se deram conta de que eles já perderam a guerra contra o crime,eles irão perceber quando este começar a afeta-los,bom exemplo foi aquela invasão aos morros do RIO,hoje os políticos cariocas acham que estão super seguros.Um fato que sempre me preocupa é que se um dia os tais bandidos começarem á se organizar da tal maneira que nem exército deem conta de combate-los.Parece fantasia, mas nossas leis são muito tolerantes é teem brechas para que essas coisa se tornem possíveis,querem ver um exemplo,a própria lei seca que o cara mata, foge sem prestar socorro e vai pra casa comentar que atropelou alguém sem querer.
    Gente lei e lei é ta ai pra ser cumprida,no caso dessa garotinha,o vagabundo era menor,beleza,mas o cara que alugou o jet sabe que alugar essa embarcação tem que ter a tal carteira.Outra,se os pais teem a carteira só eles podem pilotar o jet,se o tal filinho de merda o fizer eles teem de ser responsabilizados pelo ato,pois eles são responsáveis por terem um filho menor de idade.Do jeito que ta não precisa mais fazer abaixo assinado é criar novas leis, pois simplesmente sempre vão existir brechas para que não haja condenação,assim sendo,só resta fazer justiça com as próprias mãos.Como que um pai é uma mãe assistem esse merda matar a filha de 3 anos é depois eles veem um advogado pago pela família falar que o merda não estava pilotando o jet, sendo que outras várias testemunhas viram o merda no jet? Pensem nisso com toda a sinceridade e digam pra si mesmos se vocês ficariam somente esperando a justiça brasileira fazer alguma coisa contra esse merda e sua família ou contra o cara que alugou o jet.Pouco tempo atrás foi mostrado,gravado,os caras que alugam jet, ensinado como se porta diante de abordagens da capitania dos portos,os caras teem uma rede de informantes que dizem onde a capitania vai estar naquele horário é local,os caras comete um crime entes de o praticarem e nada muda,aliás muda, pois mais uma vida se foi e nada me parece ser feitopara que isso mude.

    ResponderExcluir
  30. Foi muito bom o blog ter adotado o sistema de responder mensagens.

    Já percebi que a única maneira de lê-las é ler apenas as mensagens originais, sem as respostas. Em 99% dos casos, entre as respostas há muita agressão e pouca utilidade.

    O blog poderia estudar o assunto moderação de mensagens.

    ResponderExcluir
  31. Porque as leis no Brasil são frouxas e conduzem à impunidade? Leis são elaboradas, modificadas e adaptadas pelo Poder Legislativo. O tal poder é composto por deputados e senadores. Esses seres olímpicos, que vivem numa redoma de carros negros com placas de bronze, magníficos planos de saúde, apartamentos funcionais e um exército de puxa sacos e assessores de porra nenhuma para satisfazer suas vontades, não vão fazer leis que possam se voltar no futuro contra eles e seus filhos, sobrinhos, genros, consortes, etc.

    Esperar leis que coíbam crimes que aqui têm como consequência apenas temporário incômodo e nos USA injeção letal? Pode esquecer.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...