Google+

23 de fevereiro de 2012

A FÁBULA DO PAÍS DO ÁLCOOL E DA GASOLINA*

*Por Célio Pezza, autor de livros e colunista de diversos jornais. Em suas obras, o autor deixa claro sua predileção pelos mistérios que circundam a humanidade, numa agradável mistura entre romance e acontecimentos ficcionais. Ele nos fez chegar uma crônica, com o título acima, que consideramos pertinente e sintonizada com o tema combustíveis tantas vezes abordado no AE. Achamos por bem publicá-la.

Bob Sharp
Editor


A FÁBULA DO PAÍS DO ÁLCOOL E DA GASOLINA

Era uma vez, um país que disse ter conquistado a independência energética com o uso do álcool feito a partir da cana de açúcar. Seu presidente falou ao mundo todo sobre a sua conquista e foi muito aplaudido por todos. Na época, este país lendário começou a exportar álcool até para outros países mais desenvolvidos. 

Alguns anos se passaram e este mesmo país assombrou novamente o mundo quando anunciou que tinha tanto petróleo que seria um dos maiores produtores do mundo e seu futuro como exportador estava garantido. A cada discurso de seu presidente, os aplausos eram tantos que confundiram a capacidade de pensar de seu povo. O tempo foi passando e o mundo colocou algumas barreiras para evitar que o grande produtor invadisse seu mercado. 

Ao mesmo tempo adotaram uma política de comprar as usinas do lendário país, para serem os donos do negócio. Em 2011, o fabuloso país grande produtor de combustíveis, apesar dos alardes publicitários e dos discursos inflamados de seus governantes, começou a importar álcool e gasolina. Primeiro começou com o álcool, e já importou mais de 400 milhões de litros e deve trazer de fora neste ano um recorde de 1,5 bilhão de litros, segundo o presidente de sua maior empresa do setor, chamada Petrobrás Biocombustíveis. Como o álcool anidro do exterior é inferior, um órgão chamado ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) mudou a especificação do álcool, aumentando de 0,4% para 1,0% a quantidade da água, para permitir a importação. 

Ao mesmo tempo, este país exporta o álcool de boa qualidade a um preço mais baixo, para honrar contratos firmados. Como o álcool começou a ser matéria rara, foi mudada a quantidade de álcool adicionada na gasolina, de 25% para 20%, o que fez com que a grande empresa produtora de gasolina deste país precisasse importar gasolina, para não faltar no mercado interno. Da mesma forma, ela exporta gasolina mais barata e compra mais cara, por força de contratos. 

A fábula conta ainda que grandes empresas estrangeiras, como a BP (British Petroleum), compraram no último ano várias grandes usinas produtoras de álcool neste país imaginário, como a Companhia Nacional de Álcool e Açúcar, e já são donas de 25% do setor. 

A verdade é que hoje, este país exótico exporta o álcool e a gasolina a preços baixos, importa a preços altos um produto inferior, e seu povo paga por estes produtos um dos mais altos preços do mundo. Infelizmente esta fábula é real e o país onde estas coisas irreais acontecem chama-se Brasil.

CP



128 comentários:

  1. Rafael Ribeiro23/02/12 12:05

    Neste mesmo país, para se tornar um gari, profissão das mais dignas, diga-se de passagem, é preciso ter, no mínimo, ensino fundamental completo. Já para se tornar presidente do mesmo país, isso não é necessário...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais respeito com o SENAI sr, para operar um torno é necessário saber ler desenhos tecnicos e fazer calculos como por exemplo transformar polegadas em MM e vice-versa,respeito é bom e os ex e atuais alunos do Senai gostam.

      Excluir
    2. Os que não sabem, perdem dedos e se aposentam.

      Excluir
    3. Exatamente. Torneiro muito do ruim pra pegar o dedo na máquina.

      Excluir
    4. Por falar em ex-presidente, eu gostava do FHC. Tinha uma mulher em casa e pegava a jornalista da Globo. Até fez um filho nela que depois descobriu-se não ser dele, ou seja, ele não pegava sozinho.

      Excluir
    5. Nossa, quanta bobagem...

      Excluir
    6. Acho que para concorrer a Presidência da República tinha que ter um concurso tipo o que ocorre para Polícia Legislativa do Senado. O cara tem que ser o Super-Homem para passar.

      Excluir
    7. Nilton Lopes23/02/12 14:39

      Acho um barato quando letrado filosofa que para ser presidente tem que ser erudito, estudado e tudo mais quando a democracia diz que basta a maioria do pais querer. Estes mesmos letrados, homens de grande cultura e bagagem literária, também gostam de dizer que os que não sabem de nada amputam o dedo para se aposentar, que vergonha, falam da ignorância dos outros e não se atentam que amputação do mindinho não dá aposentadoria por exemplo. Fazem a crítica pela crítica, rasa, sem embasamento, sem comparação e consistência. São iguais, simplesmente não sabem o que falam e não procuram saber, são todos uns Lulas, apenas cada um no seu quadrado.

      Excluir
    8. Rafael Ribeiro23/02/12 15:01

      Nilton Lopes, apesar de não me considerar letrado, com grande cultura, muito menos filósofo, posso falar o quanto quiser da ignorância de nosso ex-presidente, isso se chama liberdade de expressão. Não tenho "rabo-preso" e não pertenço a nenhum partido, que para mim são todos "farinha do mesmo saco".

      Quando contrato funcionários para minha empresa, procuro aqueles que se qualificaram em suas respectivas escolhas profissionais. Para presidir minha empresa, certamente o candidato precisará de curso superior. Igualmente para qualquer outro cargo de gestor. Sem ensino superior, não contrato.

      Acho estranho um presidente dirigir um país sem ao menos ter dirigido qualquer coisa antes, seja pública ou privada, e ainda por cima sem formação escolar. Se a democracia permite isso, fica claro que ela não é perfeita e precisa melhorar muito. Se discorda, sinto muito, contrate ignorantes para trabalhar com o sr. então.

      Excluir
    9. Rafael Ribeiro, você falou em político e farinha. Lembrei-me de um nome...
      Sobre curso superior há vários no país. As boas universidades que produzem conhecimento científico e um monte de outras que só transmitem. Naquelas há vestibular, nestas processo seletivo.
      Se erudição fosse tudo, o Brasil governado pelo Sarney teria dado certo.

      Excluir
    10. Rafael Ribeiro23/02/12 15:43

      Certamente diploma universitário não é salvo conduto. Sarney tinha diploma, Hitler não. Em ambos os casos, deu no que deu...

      Mas a falta de formação é impeditivo para muitas coisas. Deveria ser por exemplo para ser presidente, governador, prefeito, no mínimo. Quem discordar, que experimente médicos não formados, ou que deixem seus filhos sem diplomas...

      Excluir
    11. Pior. Há pais que colocam seus filhos em péssimas univerdades. E ainda pagam só porque os pimpolhos não tiveram a capacidade de entrar em uma que não cobra mensalidade. Uma insanidade.
      O Sarney não só tem diploma, é um imortal.

      Excluir
    12. Falta de instrução não define caráter. Sem mais

      João Paulo

      Excluir
    13. Esse discurso de que para ser presidente precisa de diploma já ficou velho. Diploma é bom, sim, mas, para se tornar homem público, antes de tudo tem que ser honesto. Os petistas e metidos a progressistas que me perdoem mas nem Lula se enquadra no requisito.
      FVG

      Excluir
    14. O Lula sempre dirigiu Brasília!! E muito bem!!
      Fusca era com o Itamar...

      Excluir
    15. Lembro de estar assistindo o discurso de posse do Lula quando ele disse (cutucando os idiotas que criticavam e ainda criticam): "E eu, que durante tantas vezes fui acusado de não ter um diploma superior, ganho o meu primeiro diploma, o diploma de presidente da República do meu país." O doutor FHC também não fez muita coisa pelo Brasil (além da privataria)...

      Excluir
    16. Marco Brito24/02/12 11:19

      Eu, de minha parte, me contentaria apenas com um político honesto!

      Excluir
    17. Rafael Ribeiro, o Maluf preenche todos seus pré-requisitos de presidente ideal. Quer?

      Excluir
    18. É interessante ouvir, ou melhor ler, esse interesse das pessoas pelo seu próprio país, mas gostaria de ressaltar que em governos anteriores, e olhem bem que não petista,como FHC por exemplo, houve a grande privatização e ao invés de arrecadarmos dinheiro com isso, a nossa dívida externa passou de R$ 80 bilhõs para R$ 800 bolhões, e estávamos sempre pedindo dinheiro ao FMI, e o que me intrigou foi como nós vendemos tantas empresas que faturavam bastante e ficamos devendo tanto com essas vendas? Eles devem praticar uma matemática diferente da que aprendi no primário; outros fatos que me assombraram, no bom sentido, foi o Brasil quitar sua dívida com o FMI, o Brasil ser respeitado no exterior, agora ouvem oque falamos,o Brasil oferecer dinheiro aos países da europa que, pasmem, estão passando nessecidades financeiras, e fora outras coisas que acontecem, eu sou Marcos Moret, 48 anos , Petrópolis - RJ

      Excluir
  2. E por falar em combustíveis, acabo de ler uma matéria em um grande portal que diz que está crescendo a venda de veículos com motorização acima de 1.4 e diminuindo, em comparação com % dos anos anteriores, a compra dos carros "mil".

    Como ficará o balanço, já que estamos gastando mais e pagando cada vez mais caro por um combustível de pior qualidade?

    Com quem devemos reclamar?

    Ass: Um Brasileiro qualquer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é de hoje. Poucos anos atrás chegaram a ser vendidos 70% de carros mil. Agora, são menos de 50% do bolo. Nisso acho que os brasileiros estão ficando mais espertos. Os 1.0 são um engodo quanto à economia e um estorvo no trânsito.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Engraçado... a Ford está substituindo seus motores maiores pelo Ecoboost 1.0.

      Estaria ela erra e nós certos?

      Excluir
    4. Luiz AG, você mesmo disse: Ecoboost 1.0. É turbo! Nada a ver com as porqueiras que vendem por aqui. Carinha vai a uma "consercionária" (hehe)e vai economizar 2 mil dilmas só pra levar aquele motorzinho de dentista nacional?

      Excluir
    5. Mineirim
      Acho que você está precisando reler http://autoentusiastas.blogspot.com/2012/01/quem-disse-que-carro-um-ponto-zero-nao.html

      Excluir
    6. Bob, já tinha lido, sim. O problema é que tirar rendimento dos milzinhos é igual a usar o liquidificador o tempo todo na velocidade máxima. Nunca mais!

      Excluir
  3. Já falei, a solução é juntar todo mundo que paga IR e se mudar para o Uruguay. Fundamos um novo país e largamos essa bagunça.

    O Brasil não dá mais retífica. Precisa jogar fora e comprar um novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. brasileiro é uma praga que Deus colocou no mundo pra animar as coisas. Nem tente fugir que eles já se espalharam pelo mundo todo. Qualquer "desastre" em qualquer buraco do mundo, morre um brasileiro...

      Excluir
    2. Faça o seguinte: vá na frente. Aqui melhorará em muito sem a sua presença. Torceremos pelo seu sucesso lá e comemoraremos a sua ausência por aqui.

      Excluir
    3. Estive há uns meses no Uruguai e a gasolina lá (Monevideo e Punta del Este)estava mais rara que aqui. Acho melhor tentar outro país...

      Excluir
  4. Rafael Ribeiro23/02/12 12:27

    Ainda tem um problema pouco abordado sobre a "volta" do álcool: Com a adoção dos motores "flex", o consumo dos carros subiu, independente do combustível que se use. Honda Fit e Toyota Corolla, carros que eu tive à gasolina e "flex", consumiam menos quando eram à gasolina apenas. Aqui no Rio de Janeiro, só serviu para reduzir o IPVA de 4 para 3%. No final, entre perdas e ganhos, ficou tudo zerado... Bom para quem?

    ResponderExcluir
  5. O Brasil é o maior produtor de álcool (detesto a palavra etanol) e o maior produtor de petróleo. Também é o que possui as maiores reservas de água potável, de madeira de lei, as mais belas praias. Tem condições de ser o maior produtor de energia elétrica, tanto através de recursos hídricos quanto nucleares.
    É o maior produtor de alimentos do mundo, possui o maior rebanho bovino, possui uma das maiores malhas de estradas (precárias, sim, mas uma das maiores). O Brasil é, em verdade, daqui para a frente, o único país viável do mundo.


    Só não produz o principal: brasileiro. Lamentável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, nisso o controle de qualidade é péssimo!

      Excluir
    2. CSS
      A produção de etanol (de milho) nos EUA passou a do Brasil há dois ou três anos. Trinta bilhões de litros contra 25 bilhões. E estamos longe de ser o maior produtor de petróleo com os nossos 2 milhões de barris diários.

      Excluir
    3. Sem dúvida. Foi somente uma força de expressão.

      Excluir
    4. Bob, iremos dobrar a produção em dez a quinze anos, isso é fato. palavra de quem faz parte da produção de petróleo no Brasil.

      Excluir
    5. CSS, o que é que você diz ser estradas?

      Se estrada é qualquer caminho asfaltado, perdemos para a Argentina.

      Agora, se conta qualquer picada aberta no meio do mato (como a Transamazônica, a maior trilha do mundo), aí é proporcional ao tamanho do país, e a Rússia sairia na frente.

      Excluir
  6. Assunto sério e tratado de forma vil e Irresponsavel,esquece o autor que a produção de alcool está nas mãos privadas e por consequencia os usineiros estão a quebrar a cana para produzir açucar e exporta-lo,que está com preço muito mais interessante que o alcoolno mercado internacional,daí a nossa escassez de alcool.
    2)o proalcool nasceu de uma situação inversa a essa e para salvar usineiros colocaram o estado(via BR)a salvar usineiros no começo da decada de 80.
    3)fatalmente o governo terá que dar um basta nessa situação,subsidiar empresários que não estão comprometidos com o País.
    4)Há pelo menos 30 anos atras o sr Gurgel já tinha dito que o proalcool só beneficiava usineiros isso em pleno gov militar.

    5)a gasolina na BR custa R$ 0.95 e o alcool R$0.30, a distribuição é toda da iniciativa privada e a maior fatia de lucro está ficando pra quem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, que aula. Agora tá explicado...

      Excluir
    2. Parabéns pelo comentário. Colocar toda culpa do mundo no governo é muito fácil, não é mesmo?

      Excluir
    3. Não esqueça que o governo dá a sua mordida na produção, no transporte e na venda ao consumidor. E nem com isso ela cumpre com a sua parte que é controlar, fiscalizar, suprir as deficiências do mercado ou promover o avanço da tecnologia.

      Excluir
    4. orielisarB23/02/12 13:21

      A maior fatia fica com o gobierno, é claro. Segundo informação no site da Petrobras, para a gasolina, os impostos federais e estaduais somam 39% do custo final ao consumidor. A distribuição e revenda fica com 18%.

      Excluir
    5. http://www.petrobras.com.br/pt/produtos/composicao-de-precos/

      Aí também tem o preço do combustível em vários países.

      Excluir
    6. Gente, que isso?! É tudo culpa dos governos passados, inclusive toda a corrupção da ANP promovida pelo pessoal do PC do B.

      Excluir
    7. A boa educação ensina a não responder à pessoas ironicas e dissimuladas,viu sr Paulo Roberto, mas vamos posso estar enganado sobre a natureza do seu comentário,não é mesmo,então vamos lá:
      1)descrição sobre a empresa Cosan do site reuters
      Cosan Limited (Cosan) is a holding company. The Company is engaged in the production of ethanol and sugar, the marketing and distribution of fuel and lubricants in Brazil, and logistics services in the state of Sao Paulo, Brazil. It imports, exports, produces and sells ethanol, sugar, sugarcane and other sugar by-products.
      link da reuters http://www.reuters.com/finance/stocks/companyProfile?symbol=CZLT11D.SA

      2)matéria da folha de SP 07/06/2011 leia com especial atenção o último paragrafo:
      http://www1.folha.uol.com.br/mercado/926424-lucro-da-cosan-dispara-e-atinge-r-4809-mi-no-trimestre.shtml

      ou seja a ex shell ganha mais vendendo açucar do que alcool ou etanol no nosso "mercado" entendeu ou quer que eu desenhe?

      Excluir
    8. Rafael Ribeiro23/02/12 17:34

      Se a gasolina na BR custa R$0,95 e o álcool R$0,30 os postos dessa bandeira poderiam vender combustíveis BEM mais barato, né?

      Se o custo do dinheiro para os bancos é barato, o Banco do Brasil e a CEF poderiam emprestar com juros de 1% ou 2% ao mês, né?

      Se não fazem nem uma coisa, nem outra, então quem fica com a maior parte é o governo SIM. Ganha muito em cima da iniciativa privada, ganha MAIS AINDA em cima das empresas estatais, sempre via consumidor. Seus preços estão sempre alinhados com o mercado, não interessa mais nada a não ser lucrar.

      Excluir
    9. VÁ se informar sr Rafael o governo estuda entrar no mercado de credito no varejo,HOJE já existe para aquisição de bens de capital ,o BNDES disponibiliza credito com juros a 0.35 A/M os bancos comerciais dão o aval para a operação e estão cobrando 0.40 + TAC,ou seja com taxa de 0.81% a/m o sistema privado ganha mais que o governo

      Excluir
    10. Rafael Ribeiro24/02/12 09:32

      Já me informei, sr. totiy. HSBC e Itaú me concederam taxas melhores do que BB, que aliás divulgou seu lucro em 2011, de cerca de R$11bilhões, semelhante ao do Bradesco, pouco abaixo do Itaú/Unibanco. Como eu disse, alinhados com o mercado...

      E tenho abastecido minha frota em posto de outra bandeira, não BR.

      Excluir
    11. Rafael Ribeiro, sinto lhe informar que abastecer em uma bandeira que não BR não faz a Petrobras deixar de ganhar, uma vez que a extração do petróleo ainda é maior parte da empresa, e todas as refinarias do Brasil são propriedades da mesma...

      Excluir
  7. Se alguém, por descuido, pisar no pé de um brasileiro, está sujeito a levar um tiro nos cornos. Mas se nossos "mandantes" estuprá-lo todos os dias, ele não só irá aceitar, como pedirá mais.

    Cada povo tem o governo que merece, mas está muito difícil separar o trigo do joio.

    Então quem poderá nos ajudar? Só mesmo o Chapolin Colorado.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Bom texto, com tudo que os brasileiros lúcidos já sabem.
    Esperemos os 100% de votos nulos nas próximas eleições presidenciais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos supor que esse cenário aconteça... Você acha que então todos esses problemas serão magicamente resolvidos? Ou melhor, você acha que não precisamos de políticos? Que as empresas privadas prestativamente atenderão os interesses da sociedade?
      Eu sei que é obvio mas as pessoas parecem esquecer disso: Os políticos são a representação da vontade do povo. Sendo assim, é dever desse povo escolher bem em quem vota, seja acompanhando a política, se informando do que se passa no país, etc.

      Excluir
    2. Pois é, não sei qual a ânsia do pessoal em anular voto. Não dá pra ficar fazendo plebiscitos toda hora, pedindo pro povo resolver tudo. É pra isso que servem (ou deveriam servir) os políticos: Tomarem decisões PELO povo e EM PROL do povo. E cabe ao povo nomear um representante de confiança, e ficar de olho em suas ações.

      Excluir
    3. Thales, concordo com o que disse. Além de eleger os representantes, faz-se necessário fiscalizar não só a atuação dos políticos como do serviço público em geral.
      Enche o saco estes babacas que esperam que os outros votem nulo. Pro inferno esta cambada! Quer votar nulo, vote. Quer ser simpatizante de algum partido, seja, mas cuide de sua vida, raça maldita!

      Excluir
    4. está correto sr Thales o conceito de democracia não é só votar na eleição,temos de participar de forma organizada e responsável nas decisões governamentais que nos afetam

      Excluir
    5. Ok senhores.
      Então nada vai mudar.

      Em nosso estado atual, o cidadão tem APENAS duas ferramentas de mudança: o voto e a decisão de compra. A atitude em relação aos dois faz milagres, garanto.

      Quem conhece o mínimo do sistema político e já visitou a câmara de seu município irá entender que aquela "máquina" se move sozinha, independente de quem esteja lá.

      Logo, votar nulo é um protesto de números. Não votar mais ainda. Votando, qualquer um irá se adaptar ao modus operandi da coisa. E nada, nada vai mudar.

      Aliás, nossa natureza é corrupta e no Brasil ainda é egoísta e imediatista, logo...

      ... nunca, nunca seremos.

      Excluir
    6. Votar nulo significa que nenhum candidato serve, então que se apresentem outros.
      Há décadas tenta-se votar no menos pior. É como escolher entre a guilhotina, a corda ou o precipício. Não vejo solução em votar em alguém se nenhum presta.

      Excluir
    7. Babaca é quem vota, alimentando uma esperança vazia.

      Excluir
    8. Votar nulo não adianta nada, mas deixa a consciência tranquila. Fiz isso na última eleição e hoje, quando vejo os muitos escândalos de corrupção, digo com orgulho: EU NÃO VOTEI NESSE PICARETA, NEM NO PARTIDO DELE, NEM EM NENHUM PARTIDO COLIGADO COM O PARTIDO DELE!

      Excluir
    9. Voto nulo pode não ser a melhor solução, mas seria uma boa advertência aos políticos podres e corruptos que assolam o Brasil, caso houvesse mais de 50% de votos nulos nas próximas eleiçãoes. Perceberiam que o povo estaria acordando para os desmandos dessa escória nojenta que amarra o desenvolvimento verdadeiro do Brasil. Sem contar que TODOS os candidatos que participaram da eleição com a maioria de votos nulos não poderiam participar da eleição seguinte.

      Só quem é míope político não percebe a importância e poder que o voto tem. É por isso que não tenho mais esperanças de ver dias melhores por aqui, pois os políticos podres que estão no poder refletem justamente a mentalidade limitada e/ou displicente de boa parte do povo brasileiro.

      Excluir
    10. "EU NÃO VOTEI NESSE PICARETA, NEM NO PARTIDO DELE, NEM EM NENHUM PARTIDO COLIGADO COM O PARTIDO DELE!"
      Ok, mas também não ajudou em nada... Simplesmente se calou e deixou o picareta assumir.

      Repetindo o Road Runner, "Só quem é míope político não percebe a importância e poder que o voto tem."

      Excluir
  10. Tudo isto é culpa de quem acreditou neste engodo chamado carro flex, que é ineficiente em qualquer combustível.

    Não trocaria meus inflex por nenhum flex atual.

    Pena vai ser quando eles chegarem ao fim da vida útil e não tiver alternativa a não ser o flex, pois até os importados estão se vendendo a este modismo nefasto.

    ResponderExcluir
  11. É ISSO AÍ CP, PAU NA FARSA ENERGÉTICA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pau na Burguesia, que é a culpada por tudo que há de ruim no bostil.

      Excluir
  12. Rapaz, nã precisei ler mais que o primeiro parágrafo para saber que este texto seria uma delícia, he, he, he! País de TOLOS!

    ResponderExcluir
  13. O Brasileiro é tão LAZARENTO que daqui a pouco vai pagar 5 PAUS no litro da gasosa e ainda vai estar dando risada no próximo carnaval...

    Não adianta ir contra porque os IDIOTAS são a TOTAL MAIORIA.....

    ResponderExcluir
  14. E o pior é ter que aturar petralhas cheios de "argumentos" para defender esse estado de coisas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tem uma coisa no universo pior do que os petralhas cheios de "argumentos". São as viúvas da GM falando bem de Celta.

      Excluir
    2. Nem sei quem você é, mas é difícil discordar... :)

      Excluir
    3. Claro que os PETRALHAS estão cheio de argumentos ,ganharam 3 eleições diretas para presidente do executivo, tem maioria no senado e no congresso e vc, tem o que?

      Excluir
    4. "Só tem uma coisa no universo pior do que os petralhas cheios de "argumentos". São as viúvas da GM falando bem de Celta."

      [x2]

      Excluir
    5. PETRALHAS BANDO DE BANDIDOS...TENHO ATÉ SAUDADE DO COLLOR QUE ROUBAVA SÓ UM POUQUINHO...RSSSS

      Excluir
    6. Poxa, política é uma coisa que dá bastante discussão e muitas brigas.
      Outra coisa é futebol. E por falar nisso, ontem o Flamengo perdeu para o Vasco de virada.

      Excluir
    7. "Só tem uma coisa no universo pior do que os petralhas cheios de "argumentos". São as viúvas da GM falando bem de Celta."

      [x3]

      Excluir
    8. "Só tem uma coisa no universo pior do que os petralhas cheios de "argumentos". São as viúvas da GM falando bem de Celta."
      (x4)

      Excluir
    9. Com a oposição vagabunda e acovardada que temos por aqui os petralhas deitam e rolam. Até 2020(pelo menos) a coisa está mais do que garantida. E, convenhamos, fazer maioria no Congresso para qualquer partido que seja governo, no Brasil, é bico.
      FVG

      Excluir
    10. "Só tem uma coisa no universo pior do que os petralhas cheios de "argumentos". São as viúvas da GM falando bem de Celta."
      (x5)
      E ainda nos obrigam a ler suas peripécias tirando racha sozinho, acelerando nas ladeiras e arrancando no pedágio.

      Excluir
    11. Anônimo Feb 25 06:13 AM
      Você e os outros 4 falaram besteira, com esse "viúvas da GM". Estão completamente alienados, muito triste.

      Excluir
    12. Alienadíssimos. Leitores do AUTOentusistas somos.

      Excluir
  15. E quem gostou do guest post leia também este aqui.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. O problema do Brasileiro é a memória curta.

    Vimos esse filme em 1990/1991, quando os usineiros deixaram o mercado desabastecidos de álcool e passaram a fazer açucar...Só que naquele tempo não existia álcool etilico para importar: Apenas Metanol da Russia e foi feito o belo coquetel Álcool+Metanol+Gasolina para a frota predominante de carros a álcool rodar. O resultado foi que o ProÁlcool quase acabou, chegando ao cumulo de se produzir em um unico ano apenas 5 mil carros a álcool (acho que foi 1998).

    Mas marketing é marketing, histeria carbonica é histeria de massas mesmo e hoje estamos vendo o mesmissimo filme, só que importando álcool de milho americano. E os nossos "flex" não deixam sofrermos tanto quanto em 1990 onde quem tinha dois carros zero km, provavelmente estava com eles na garagem por falta de combustivel (Santo Fusca da minha avó: 1975 a gasolina!).

    O flexivel foi a resposta dada para o Etanol simplesmente não sucumbir de tudo em 2003. Uma pena que continuamos sem aprender as coisas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel,

      Perfeito seu comentário. Meu pai já dizia, quando estudava Administração lá pelos idos de 1968, que um professor dele afirmava que o brasileiro tem memória de três meses, em média, para assuntos políticos e históricos. Como conseqüência, seguimos cometendo os mesmos erros por décadas a fio, fato esse bem exemplificado pela panacéia etanol/tecnologia "gambifréx".

      Mas esquenta não, Copa 2014 e Olimpíadas 2016 estão garantidas!!! Tragicômico este nosso Brasil...

      Abraço!

      Excluir
  18. Vou contar uma historinha a qual participei e participo até hoje:

    Era uma Vez inventaram o GNV .. como a gasosa tava já bem cara todo mundo começou a converter seus carros , e vejam , cheguei a pagar 35 centavos o M3 daí o que aconteceu hoje?? FUMADA !!

    Depois o Alcool ficou baratinho ( 99 centavos) e todo mundo começou a converter seus carros para Alcool com os Chip´s tabajaras ,,, daí o que aconteceu ? CRIOU-SE O FLEX MERDA.

    Na época não importava se um maldito carro 1.0 fazia 6 km/l porque o alcool custava menos da metade do que a gasolina.


    E HOJE ? Gasolina Caríssima , Alcool Caríssimo ,GNV Caríssimo, carros com consumo dos anos 80...


    E agora ? Qual será a próxima PALHAÇADA ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael Ribeiro23/02/12 16:12

      AnônimoFeb 23, 2012 09:05 AM

      Próxima palhaçada? Espere só até os carros elétricos virarem realidade. O custo da eletricidade, que aqui já é mais cara do que em qualquer lugar do mundo, vai subir que é uma beleza. Aí você pensará em instalar um painel solar em sua casa. Mas será que o lobby das companhias elétricas vai deixar? O governo certamente vai inchar tudo com novos e maiores impostos, como fez com a CIDE por exemplo.

      Excluir
    2. É verdade... me esqueci dos elétricos .. outra bosta que se pegar por aqui vamos ter que PAGAR a construção de mais umas CINCO USINAS DE BELO MONTE , onde uma minoria vai continuar enchendo o RABO de dinheiro . . Brasil sempre Brasil ....

      Excluir
  19. Para quem reclama do nosso País ,acabo de ler essa materia no jalopink,para quem não é versado na lingua do Sheakspeare ,sorry!

    http://jalopnik.com/5887265/tesla-motors-devastating-design-problem

    ResponderExcluir
  20. Antônio Martins23/02/12 15:17

    Tomara que com a entrada deste 1,6 da PSA a diferença de desempenho usando etanol seja cada vez maior.

    Desse modo, pra quem gosta de dirigir, tanto faz o etanol passar a barreira dos 70% do preço da gasolina.

    ResponderExcluir
  21. E tem mais.
    Vem as fabricas de caminhões e lançam motores a alcool, Um absurdo. Puro marketing (verde) mas na verdade (preto). Assim ficam espalhando que possuem tecnologias de motores lipos etc etc. Um mostro consumindo praticamente 1 litro de alcool a cada quilometro, e o caminhão custa em media 20% mais caro. Ai para fechar mesmo, vem algumas empresas que adoram tar na crista da onda quando o assunto é ecologia e encomendam 1 caminhão desse. Sabe o que fazem. Chama a impressa e tal faz um festere, novamente ecologia etc etc. Depois colocam o caminhão parado, por que já deu o que tinha que dar, propaganda.
    O jogo de interresse nesse país é absurdo. Da vontade de mandar para o "trem Brasil" e pular forá. Creio que até o Praguai é melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paraguai melhor...?

      Vide as últimas notícias do meio: Sportage em vias de concorrer com Evoque em preço; BMW série 1 pela bagatela de 122 "pau"...

      Em se tratando de "mercado" automobilístico, até a Zâmbia deve ser melhor...

      Excluir
  22. Gurgel tinha razão. Acabem com este proalccol, que só ajuda aos pobres usineiros. Carro flex é igual a pato. Não faz nada bem. E ainda lançam os carros flex como diferencial.

    Quanto ao Lula, Que Deus o ajude na recuperação, mas que alguma luz também superior o faça desistir de se candidatar a qualquer cargo.

    ResponderExcluir
  23. Resumindo, que pode cai fora deste país fútil.

    ResponderExcluir
  24. Realmente, não faço idéia de como é que este país aguenta tanta cagada. Qualquer outro país já teria sumido do mapa se tivesse essa série de governantes que viemos tendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, para ver o potencial que está indo para o ralo ano após ano aqui no Brasil. Se o Brasil consegue sobreviver a tanta cagada em todas as áreas do conhecimento, imagine o poder desta nação se todos esses esforços fossem usados em prol do bem comum.

      Excluir
    2. Arnaldo, nos somos o povo mais rico e não sabemos.

      Passe pelo menos 3 meses em um País da União Européia,( Londres, París, Italia ou Alemanha), como um cidadão comum e depois volte para o Brasil e depois me diga se não tenho razão.

      Excluir
    3. É AK e anônimo.
      Eu morei fora, por alguns anos.

      O Brasil claramente joga fora seu potencial.
      Escorre pelas mãos, todo dia.

      Somos um gigante acéfalo, um elefante que tem medo das formigas porque não descobriu o que realmente é.

      Interesses externos/internos compram tudo que for possível para entreter alguma massa pensante na base do "é assim mesmo".

      Só não vê quem não quer. E muitos não querem.
      Basta comparar o Brasil com outro país e já saem fuzilando um "então volta pra lá"... e coisas do gênero.

      Acham a nossa educação "normal".
      Burrice instituída.

      Excluir
  25. Caramba, quanta besteira! Mas ainda bem que tem alguns seres lúcidos no meio de tanta gente "inteligente"...

    Tudo isso que acontece nesse país é reflexo de nossa cultura e nossa história!!

    E isso aparece em tudo, como nos carros de qualidade duvidosa e/ou preços abusivos que temos aqui, porque o POVO COMPRA e NÃO RECLAMA! Isso vale pra tudo caros senhores!

    ResponderExcluir
  26. Olha... Sinceramente eu não confio no poder do voto no Brasil... A massa é comprada, ludibriada, e os eleitos acabam tendo que (ou querendo) sucumbir aos mandos e desmandos de quem financia as campanhas eleitorais. Ou, simplesmente se esbaldam com o "estar" no poder. E nós, que nos lasquemos. No fim, quem não dança conforme a música, dança!

    Pra mim é necessário encontrar urgentemente uma saída pra esse nó cego.

    Ave... Não que eu não tivesse noção disso tudo, mas acabou com meu dia esse texto...

    ResponderExcluir
  27. Mas isso é porque o brasileiro pensa como se fosse escravo do governo e das empresas.

    Um bom escravo não quer liberdade e respeito, quer é regalias: um rolo de fumo, um litro de pinga. E o brasileiro não quer saber de o governo funcionar bem e respeitar o que diz a Constituição, se contenta com Bolsa Família (os pobres) e bolsa de estudo no exterior (os ricos).

    Garanto que, mesmo nesse site, muita gente estaria defendendo o governo com o próprio sangue se houvesse uma Bolsa Gasolina (que daria 40 litros de gasolina ao mês para qualquer um que tivesse carro) ou um programa Meu V8 Minha Vida.

    ResponderExcluir
  28. "Incrível" como é o Brasil. Os cidadãos fazem contratos com países do exterior, mandam nosso combustível para lá a preço de banana e depois precisam comprar OS MESMOS COMBUSTÍVEIS (!!!) a preço alto. Depois vem o governo dizer que o défcit na balança comercial é causado por exesso de importação de bens de consumo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de citar: "inventaram" um combustível alternativo para substituir outro que sobra por aqui. Mas, devido a "brilhantes" decisões de negócios, também temos que importar esse tal combustível que sobra e o outro alternativo!

      Adaptando uma piadinha comum em informática, podemos dizer que o etanol surgiu para resolver os problemas que antes não existiam.

      Excluir
    2. É capaz de nos venderem a preço de ouro o mesmo álcool que nós vendemos a preço de banana. Nos devolverem o produto com um lucrionho em cima.

      Excluir
    3. Como acontece com o óleo de dendê?
      Como acontece com o aço que exportamos pra China?

      Brasil sem commodities a preço de banana não fecha a conta. 10 anos recebendo dinheiro externo e não investiu em crescimento sustentável - educação, saúde, infraestrutura, pesquisa e desenvolvimento.

      Igualzinho à Grécia onde o dinheiro correu pelo ralo da maracutaia.
      O futuro é incerto, mas temos um exemplo perfeito do que acontecerá se não "acordarmos a tempo".

      Excluir
    4. A próximas commodities que vamos entregar a preço de banana serão o Nióbio e os metais raros como a Monazita.

      Excluir
    5. Nióbio - 98% das reservas do mundo estão aqui - já é vendido a preço 20% acima da bauxita.

      Ou seja, de graça, há mais de 10 anos, e "ninguém" está sabendo.

      A Amazônia já não é mais nossa a muito tempo, quiçá nunca foi - afinal, sempre jogamos ela pra "escanteio".

      Excluir
    6. E aí - para os que comentaram lá em cima - votar no menos pior está resolvendo alguma coisa?

      Bando de babacas.

      Excluir
  29. Só tenho pena dos "investidores" que enfiaram o seu FGTS para comprar ações da Petrossauro...dias atrás o ex-presidente da empresa afirmou que "em algum momento teremos que equilibrar os preços da gasolina com os preços internacionais"!!!!!!!......a nova presidente começa o trabalho já com denúncias de que o marido tem empresa com contratos na Petrobras.....sei não, acho que continua a história dos anos 50 "O Brasil é o país do futuro"....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aonde está esse futuro?? acho q daqui a outros 500 anos.

      Excluir
  30. Fantástico o artigo.
    Se comentar muito estraga.

    ResponderExcluir
  31. Peço vênia ao mestre Bob para discordar parcialmente - o problema não é o etanol, mas sim a má gestão da política energética, aliada à falta de investimentos. O atual governo não gosta de privatização, não gosta de concorrência e prefere investir em assistencialismo, em vez de educação e em tecnologia. Bota esses canaviais na mão dos japoneses pra ver o que acontece!

    ResponderExcluir
  32. Anônimo Feb 24 )5:21 AM
    O artigo não é meu, mas concordo com o que você disse.

    ResponderExcluir
  33. Não votei em nenhum dos candidatos nesta última eleição. Estou com a consciência tranquila. Quanto ao combustível, talvez um dia nós poderemos fazer como no filme "De Volta Para O Futuro" onde o cientista jogava lixo orgânico ou algo do tipo e pronto, pé na tábua. 13h00

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso era só para gerar 1,2 GW de eletricidade para acionar o capacitor de fluxo e possibilitar a viagem no tempo!
      O carro se move com motor a combustão! Viu o filme e não prestou atenção!

      Excluir
    2. Anônimo 7:47

      Faz tempo que não vejo nenhum deles, mas se não me falha a memória o Michel acima deve estar falando do 2 (o que se passa no futuro), em que Doc não-sei-o-quê diz ter feito uma adaptação ou algo do tipo e joga uma casca de banana no tanque.

      Excluir
    3. Uniblab, isso aí (a cena da casca de banana e a latinha de cerveja) aconteceu já no finalzinho do 1º filme. E depois eles saem voando para o futuro, o professor, o rapaz e a sua namorada (não lembro o nome de nenhum deles).

      FVG

      Excluir
    4. No terceiro filme, o mocinho (Marty) volta ao velho oeste para resgatar o Dr., mas fica preso lá por que o TANQUE DE GASOLINA é atingindo por uma flecha. Dr. Brown explica para Marty que o capacitor de Fluxo é elétrico, mas o motor para atingir as 88Mph sempre continuava elétrico. Aliás, é por isso que eles roubam aquela lindíssima locomotiva e empurram o DMC-12 pelos trilhos!
      (será que isso significa que em 2015 será fácil conseguir gasolina e peças de reposição para o motor Renault v-6 do DeLorean?)

      Excluir
  34. Não lembro mais mesmo, então fui à Wikipedia e você está certo sobre o final do primeiro, mas errado na primeira resposta acima: depois da adaptação o carro não é mais movido à combustão(vide AQUI):

    As Marty reunites with Jennifer, Doc arrives, insisting they accompany him to the future to sort out a problem with their future children. Marty and Jennifer enter the upgraded DeLorean, now a hovercar powered by nuclear fusion, and Doc flies the time machine into the future.

    P.S.: Imagine só, acabei achando esta discussão mais interessante do que as últimas que vem rolando por aqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade dita !!!

      Adorei e também meu arrancou um belo sorriso no rosto.

      Como é possível que aquele Delorean fictício ainda cause uma ótimo papo ?

      Excluir
    2. Uniblab, a primeira resposta não foi minha, somente a das 8:29 é que é de minha autoria.

      FVG

      Excluir
    3. Antonio Filho

      Simples, filme bem feito e, nesse particular, há que se lembrar que o 1º episódio é de 1985, época em que os recursos para efeitos especiais eram bem mais escassos do que hoje em dia, enredo perfeito, história bem contada e sem deixar rebarbas, ou seja, nada fica sem resposta, diferente dessa série Lost sem pé nem cabeça. Em suma, prende sua atenção do começo ao fim e mesmo que já tenha sido visto umas vinte vezes, ao zapear os canais e se deparar com ele, automaticamente você larga o controle remoto no sofá e acaba por ver o filme pela 21ª vez.
      PS.: a atuação daquele ator(não sei o nome) no papel daquele cafajeste do Biff é impagável.

      Excluir
  35. Aqui em Duque de Caxias, o litro da gasolina custa R$2,89
    UM ABSURDO

    ResponderExcluir
  36. O Brasil não é dos brasileiros, vai ser vendido para a CHINA, basta olhar em suas cidades, vão ver as lojinhas com produtos chineses avançando cada dia mais e mais familiar está ver os chineses em nossas cidades, EMBRAER já foi, logo vaõ pegar empréstimo com a CHINA, lá se vai a Grécia, o cartel CHINÊS está tomando de conta do Brasil e VCS não estão vendo isso, casas antigas estão sendo compradas, demolidas, constroi lojas e pequenas galerias de propriedade dos chineses, e colocam os brasileiros como empregados, eles sequer sabem falar português, logo vão ver isso, Alccol, logo eles chegam lá, como dita a conduta chinesas, devagar e persistente.

    ResponderExcluir
  37. O problema do Brasil, é sua história seu povo com seus jeitinhos, ou seja, o próprio brasileiro.

    ResponderExcluir
  38. El futuro es el diésel.

    ResponderExcluir
  39. Acho estranho tantas pessoas defenderem o Lula e falar da privataria do FHC sem observar a privataria dos aeroportos que está acontecendo neste país, partidos mudam, presidentes e presidentas que belas estudantas, mudam também, a unica coisa que não muda é a burrice do povo brasileiro que não se revolta e tira do poder todos estes corruptos que lá se instalaram.
    O Brasil ainda tem conserto, mas depende da força de vontade do seu povo, e força, é tudo que o nosso povo não tem, pois força, depende de estudo e o estudo neste país é para poucos!!!!

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...