10 de março de 2012

ERIC GRANADO: UM BRASILEIRO NO MUNDIAL DE MOTOVELOCIDADE EM 2012



Depois de  4 anos, sete meses e 13 dias sem um representante no Mundial de Motovelocidade, o Brasil deverá encerrar tal jejum dia 17 de junho próximo na pista inglesa de Silverstone, sede do Grande Prêmio da Inglaterra, 6ª etapa da edição de 2012 do mais importante campeonato de motociclismo do planeta.

O autor da façanha, o paulistano Eric Granado, terá então completado os obrigatórios 16 anos de idade (exatamente uma semana antes do GP) e estrear no Mundial, recolocando a bandeira brasileira na cena internacional, tarefa essa que durante duas décadas esteve à cargo do ora aposentado Alexandre Barros.



Eric estreará no Mundial na Moto2, que há já três anos substituiu a finada categoria 250. O brasileiro competirá pelo Team JiR, estrutura italiana com sede em Mônaco e – graças a Eric – patrocinadores brasileiros, como Mobil, Cosan e Vaz, entre outros.

Assim como Barros, Eric iniciou sua carreira internacional na Espanha. E curiosamente no mesmo ano – 2007 – em que Barros disse adeus às pistas encerrando sua longa e vitoriosa carreira na etapa final daquela temporada do Mundial da MotoGP, pilotando a Ducati GP07 do Team Pramac. Assim como no distante ano da estréia Mundial de Barros, 1986, o país ibérico ainda é o mais fértil celeiro de novos talentos do motociclismo de velocidade.

A ausência de válidas opções para competir no Brasil levou o pai de Eric Granado, Marcos, a arrojar-se com o filho pelas combativas categorias de base espanholas. E como se vê, deu certo: o pequeno piloto brasileiro conseguiu vitórias e títulos relevantes em seus anos na Espanha, trajeto que culminou no 5º lugar obtido no disputadíssimo CEV-Buckler 125 de 2011, o campeonato espanhol das 125 de competição, os "canhõezinhos" com motores 2-tempos, baixo peso e alto rendimento.




O  caminho mais óbvio para o brasileiro seria ingressar no Mundial na categoria Moto3, que em 2012 substituirá as 125GP, eliminando da cena o ultimo bastião onde resitiam os motores 2T que foram substituídos pelos 250 cm³ de 4 tempos. Todavia, o 1,70 metro de estatura e 60 kg de peso desaconselharam a estréia de Eric na menor das categorias do Mundial, que assim partirá diretamente para a Moto2, onde os motores são tetracilíndricos de 600 cm³ (por regulamento todos Honda) montados em chassis especiais realizados por diversos fabricantes.

Granado trocará os 60 kg e 60 cv das 125 de GP pelos 135 kg e mais de 140 cv das Moto2, um passo em tanto para o piloto, o que exige obviamente uma tocada toda diferente. Tendo participado dos testes coletivos  pré-temporada das equipes do Mundial de Moto2, Eric se destacou pela maturidade e evolução constante: na estréia, na pista de Valência, onde ficou a pouco menos de seis segundos do líder dos três dias de treinos. Na sessão de testes seguinte, também distribuídos em três dias em Jerez de la Frontera, tal diferença caiu para quatro segundos e em uma sessão realizada na pista de Albacete, sempre na Espanha, no final de fevereiro, Granado ficou a cerca de 1,5 s de seu companheiro de equipe, o experiente francês Johann Zarco, vice-campeão mundial da 125 em 2011 e 1º piloto do Team JiR. 

O objetivo revelado da equipe de Eric Granado é dar a seu mais jovem pupilo um 2012 de aprendizado, fazendo o brasileiro conhecer os circuitos por onde o Mundial fará etapas – serão 18 no total este ano – para que em 2013 Granado esteja apto a efetivamente mostrar seu real potencial. O alvo, claro, é fazer Eric chegar à categoria rainha da modalidade, a MotoGP, onde reina o campeão de 2011 Casey Stoner e gente do naipe de Valentino Rossi, Daniel Pedrosa, Jorge Lorenzo e outros capazes de domar os monstros de 1.000 cm³ dotados de 250 cv em 153 kg de peso. Para Granado, se tudo correr como o desejado, tal guidão pode estar em suas mãos antes mesmo de completar 20 anos... 


RA

31 comentários:

  1. Notando o movimento migradório do AE: Uma van alemã, duas paradas na França, uma notícia da Espanha. Amanhã teremos notícias ao sul de Gibraltar?

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, vamos acompanhar a trajetória desse menino e boa sorte a ele.

    ResponderExcluir
  3. joao celidonio10/03/12 13:23

    se deus quiser esse menino vai pra frente!
    assisti entrevistas dele pela televisão e o garoto é bacana!
    boa sorte a ele!

    ResponderExcluir
  4. Se Deus quiser teremos mais um Brazuca acelerando prá caramba na categoria máxima do motociclismo mundial,boa sorte Eric!!!

    ResponderExcluir
  5. Não é meu costume ver gente tão nova em categorias de velocidade assim. É mais comum ver jovens prodígios atletas, músicos, etc. Mas que dê tudo certo para o Eric!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente nova é extremamente comum na motovelocidade. Scott Redding é o recordista: venceu uma corrida de 125 com apenas 15 anos.

      Excluir
  6. Acompanhei toda a carreira do Alex Barros, desde quando corria de Mobilete, e foi realmente uma tristeza vê-lo abandonar as pistas, mas foi uma carreira proveitosa e que nos deu bastante orgulho.

    Acompanho também o Eric já hà algum tempo, torcendo por ele e surpreso por haver ainda algum piloto brasileiro se sobressaindo no exterior pois o motociclismo nacional há anos vem sendo maltratado pelas federações e confederação nacional, com pouquíssimas categorias escola.

    Esse moleque é muito bom e tem uma apoio incrível da família. Boa sorte Eric!

    ResponderExcluir
  7. Estou torcendo não por mais um brasileiro no mundial de motovelocidade, mas por um piloto que conseguiu chegar ao topo num ambiente tão competitivo onde só o dinheiro não é o suficiente.

    ResponderExcluir
  8. Deixa ler BEM a notícia :

    O jovem mancebo tomou SEIS, QUATRO SEGUNDOS nos treinos e por fim 1,5 segundos POR VOLTA de um cara que está na mesma equipe e correu em 2011 em 125cc ?

    Velocidade a pessoa não aprende apenas. Tem que nascer veloz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rubinho aprendeu a ser veloz...

      Excluir
    2. Rubens nasceu veloz. Palavras de JLV-Motor 3 " e como fazia curvas aquele garoto de 8 anos de idade " ao testar uma gaiola no kartódromo de Interlagos. Rubinho guiou no colo,pois não alcançaria os pedais.

      Excluir
    3. Li uma entevista de Cal Crutchlow, hoje piloto da Yamaha Tech3 na MotoGP.
      Ele coloca que alguns pilotos nascem com o dom (ele colocou Rossi, Doohan, Agostini e Cia.), que a velocidade é natural, eles não precisam nem treinar.
      Outros como ele mesmo, precisam treinar o tempo todo pra se tornarem mais e mais velozes.

      Excluir
    4. Anônimo Mar 10, 2012 12:49 PM

      leia MUITO BEM o artigo e você verá que este ano é de aprendizagem para o garoto. E eita papo furado essa de "Velocidade a pessoa não aprende apenas. Tem que nascer veloz." Isso parece desculpa esfarrapada de uma pessoa frustrada para justificar seus próprios fracassos! Ou seja, é uma "pérola" típica de anônimos!

      A pessoa tem que querer e arriscar a ser veloz.

      Força Eric Granado! Boa e muita sorte em sua carreira!

      Excluir
    5. Octavio, o aprendizado dele foi muito rápido, acho que isso que o anônimo das 12:49 quis dizer. Tem gente que pega o jeito bem rápido, em pouco tempo tá virando rápido. Já tem gente que precisa treinar bastante (me incluo nesse grupo), esses são os que "não nascem" velozes.

      Excluir
    6. Tem gente que nasce com o dom da velocidade e se esforça para ser melhor ainda. Esses são os caras fodas, que se destacam e se tornam imortais.
      E tem outros que não nascem com o dom, mas tem determinação e esforço, e conseguem resultados bastante competitivos, mas nem sempre superlativos.

      Excluir
  9. Se aprende sim, treino é super importante, determinante!
    Eric tem talento e muito agora é só lapidar, lapidar é treinar.
    Acosta

    ResponderExcluir
  10. Que tenha successo, que pelo jeito merece.

    ResponderExcluir
  11. Eric Granado nas pistas e o Gabriel Medina nas ondas do surf, são as nossas maiores promessas no esporte!

    ResponderExcluir
  12. luizborgmann11/03/12 11:43

    Li com atenção e concordo com os comentários. Os amigos esqueceram de mencionar aquele campeão de motociclismo que parou e, anos depois, voltou vencendo, Mike (the bike) Hailwood. Você está velho e desatualizado, diziam, não volte porque você vai se queimar na midia. Ele voltou, e venceu.
    luiz borgmann

    ResponderExcluir
  13. Do pouco que eu acompanho campeonatos de moto, ao que me consta o garoto é bom.

    Tomara que tenhamos em um futuro próximo, um esportista tupiniquim (não "futebolesco"...) bastante expressivo. Torço mesmo para o sucesso do guri, pois futebol, pra mim, só a final do Brasil nas copas, e olhe lá...

    ResponderExcluir
  14. Que bom termos um representante das duas rodas nas pistas.

    ResponderExcluir
  15. É ISSO AÍ AGRESTI, PAU NESSES QUE NÃO ACREDITAM NO TALENTO TUPINIQUIM!!!

    ResponderExcluir
  16. Tieta do Agresti,
    Lua cheia de verão.

    ResponderExcluir
  17. Ronaldo Nazário12/03/12 15:57

    Mas esse piloto é um Gatinho!!!!

    Eu chupo, lambo, mordo e como todinho

    E ainda faço ele dançar a dança da motinha, dança da motinha, empinadinho...

    Ronaldo!

    ResponderExcluir
  18. RA,
    Bom mesmo e já atrasada essa volta de um brasileiro.
    Boa sorte ao Granado.
    A propósito. Quando Barros lançará seu livro a respeito de sua carreira ? um dos capítulos que eu gostaria de ler é a respeito de Eddie Lawson como professor orientador.

    ResponderExcluir
  19. Show de bola... continue escrevendo por aqui, Agresti! Fazem falta os escritos das 2 rodas!

    ResponderExcluir
  20. Tem cara de ser metido a playboyzinho que se acha pegador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele nao se acha pegador porcaria nenhuma!E ne, metididho da playboy!

      Excluir
  21. Ele é sensacioal, muito bom e muito lindooo!!! bjus Mariana s2

    ResponderExcluir
  22. Eric te vi pequeno e também um pouquinho maior e todas as vezes vi o brilho no seu olhar de vitorioso e no brilho do olhar de seu Pai de luta para que o filho chegue la. Dê um forte abraço em seu Pai e diga que estarei sempre rezando por você e pela sua família. Deus o proteja sempre. Paulo Mamede.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...