Google+

16 de março de 2012

A FÚRIA ARRECADADORA DE SÃO PAULO


Começo de ano é sempre igual, temos que pensar nos impostos para pagar. E um deles, para quem possui qualquer veículo motorizado, é o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

O IPVA é um imposto estadual, ou seja, cada estado tem autonomia para decidir quanto cobrará. É sempre cobrado levando-se em consideração o valor do veículo, sua alíquota é um porcentual sobre o valor venal. No caso de São Paulo, cobra-se a maior alíquota do país: 4%. Além de São Paulo, apenas Rio de Janeiro e Minas Gerais cobram esta alíquota máxima, todos os outros 24 estados e o Distrito Federal cobram menos. Há estados que cobram apenas 2%, como AC, ES, PB, SE, SC e TO. Sim, o IPVA nestes estados custa a metade do que custa em São Paulo.

Houve recentemente, por causa disso, problemas com carros emplacados em outros estados, a maioria no Paraná, pois muita gente de São Paulo registrava seus carros naquele estado, principalmente carros de luxo. O motivo? Alíquota de 2,5% de IPVA cobrada pelo Paraná, em vez dos 4% cobrados pelo governo paulista. Num carro de 100.000 reais, isto significa nada menos do que R$ 1.500. POR ANO!!! Economia nada desprezível.

Chegou a haver até uma operação da Secretaria da Fazenda paulista (Sefaz) em 2007, chamada de "De Olho Na Placa", para flagrar carros com placas de outros estados circulando em São Paulo. Consistia em blitze feitas pelos fiscais do Sefaz que autuavam os motoristas destes carros (!) numa clara arbitrariedade, multando todas as pessoas que eram proprietárias de veículos com placas de outros estados e que tinham endereço em São Paulo. A motivação? Preservar a arrecadação, é claro. "Convenientemente" esqueceram que uma pessoa pode legitimamente ter dois domicílios e assim escolher em qual deles vai registrar seu carro. A ordem era autuar e, se fosse um caso desses, o contribuinte que se virasse na justiça para reverter a autuação, pois mesmo administrativamente o recurso era negado.

Como já falei aqui no AE, possuo um Ford Fusion 2008 e moro em Brasília. Calculei agora toda a despesa que terei com ele para mantê-lo rodando com os documentos em dia. Isto não se resume apenas ao IPVA, há outros penduricalhos legais obrigatórios a serem pagos: seguro obrigatório e taxa de licenciamento.


Segundo o Governo do Distrito Federal (GDF), o meu carro vale R$ 43.010. Aplicando-se a alíquota de 3%, que é a cobrada pelo GDF para IPVA, chega-se a R$ 1.290,30 de IPVA. No DF, a taxa de licenciamento, também estadual, é de R$ 48,52. O seguro obrigatório, nacional, custa R$ 101,16. No total, gastarei R$ 1.439,98 para manter o carro regularizado.

Tive a curiosidade de ver o quanto gastaria no ganancioso estado de São Paulo: Para começar, em SP já avaliaram "melhor" meu carro, em R$ 45.421. Aplicando-se a alíquota de 4%, tem-se um imposto a pagar de R$ 1.816,84. O licenciamento também é mais salgado: R$ 62,70 (pela mesmíssima coisa que o GDF cobra R$ 48,52, emitir o CRLV). Além disso, o Estado de São Paulo cobra 11 reais de postagem para enviar o documento pelo correio. O GDF também envia pelo correio, mas sem cobrar nada, ou seja, o custo de envio já está incluso nos R$ 48,52 da taxa de licenciamento. Seguro obrigatório custa o mesmo valor, R$ 101,16, só porque é nacional, porque se fosse estadual, aposto que São Paulo daria um jeito de cobrar mais caro.

Como se não bastasse, o ávido município de São Paulo, não querendo ficar de fora, ainda cobra R$ 44,36 (o valor caiu neste ano, era de R$ 61,98 em 2011) por sua inspeção veicular anual.

Somando tudo, manter licenciado um carro idêntico ao meu na cidade de São Paulo custa R$ 2.036,06 por ano, ou seja, nada menos que R$ 596,08 a mais do que em Brasília. Para fazer a mesmíssima coisa: Pagar imposto (que sabe-se lá o retorno que terá, se é que terá), seguro obrigatório e licenciar o veículo.

Com o carro fazendo 9,5 km/l e a gasolina custando R$ 2,85 o litro, só com a diferença de impostos e taxas roda-se 1.987 km com o carro. Não é pouco!

Há pouquíssimos dias, a Diretora de Habitação da Prefeitura de São Paulo, Maria Cecília Sampaio, declarou que "Pra morar nesta cidade, pra ser cidadão em São Paulo, que é a terceira maior cidade do mundo, tem que trabalhar, tem que ter um custo e tem que ter condição de pagar. É o preço que se paga pra morar numa cidade como essa."

Acho que entendemos perfeitamente o que ela quer dizer, ela foi bem clara. E parece ser bem esta a mentalidade dos governantes de São Paulo.

CMF

192 comentários:

  1. Na verdade se você for para Europa, há países onde manter um carro é caro mesmo. Porém lá o transporte público torna o carro dispensável. Aqui em SP é impossível ter uma vida digna sem carro.

    E você está esquecendo que é fácil gastar 500 reais por mês de estacionamento e tomar uma multinha básica por estar colocando a vida das pessoas em risco ao trafegar a 67km/h em uma via de 4 faixas...

    ResponderExcluir
  2. Carlos Cwb16/03/12 12:19

    Esse é apenas UM DOS MOTIVOS que fez com que eu não quisesse mais morar em Sampa, apesar de paulistano.
    Já morei em diversas cidades do Brasil, e enraizei em Curitiba.
    Sampa, se Deus quiser, nunca mais!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Depois de ler o penúltimo parágrafo, lembrei de um antigo vereador de certa cidade do oeste catarinense, que, ao ser interpelado para tomar atitudes a evitar o número de acidentes que estavam a ocorrer no acesso à cidade, respondeu que infelizmente esse era o preço do progresso.

    Convenhamos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorenzo Frigerio16/03/12 18:57

      Bem, Maluf celebremente declarou, em situação semelhante:
      - Ainda bem que temos engarrafamento! Engarrafamento é sinal de progresso!

      Excluir
  5. Hoje o mais difícil aqui em SP, não é comprar um carro novo, mas sim pagar os impostos deles, sem contar o seguro que também é alto.
    Se tivesse retorno, pagaria de muito bom grado, mas as ruas estão lamentáveis, quando não é buracos, são aqueles calombos dos "malditos tapa-buracos(tem que prender quem inventou isso)".
    Essa semana mesmo, por pouco não perdi o controle do carro ao tentar desviar de uma cratera feita pelo DAE(departamento de água e esgoto) e não estava sinalizada,deplorável.

    Cara R$2,85 o litro da gasolina? Salgada heim, aqui na minha cidade(interio de SP,RMC)a aditivada é R$2,59.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se esqueça que existe o cartel de combustíveis do DF, que inclusive já foi assunto aqui no AE.

      Excluir
    2. Aqui em BH, no bairro Belvedere, eles tem a cara de pau de cobrar 3,07 o litro da gasolina aditivada num posto Ipiranga, próximo ao BH shopping, o pior é que no outro lado da cidade, pro lado da Pampulha tem postos que cobram 2,69... Eu perguntei outro dia para o frentista do posto por que a gasolina estava tão cara. A resposta: "É que aqui é caro mesmo." Dando a entender que por se tratar de bairro de classe alta, as pessoas podem pagar mais caro por esse rabo-de-galo legalizado que se chama gasolina no Brazil... Donos de postos não tem vergonha nenhuma na cara e pior são os otários (eu incluso, por estar com o tanque na reserva, por pura falta de tempo) que pagam esse absurdo por um litro de gasolina.

      Excluir
    3. E a lei de mercado, como é que fica?

      Excluir
    4. Lei de mercado é uma coisa, extorsão é beeeem diferente...

      Excluir
    5. Felipe, pelo menos aí você tem escolha, pode ir a outro bairro abastecer. Esta é a essência do livre mercado, cada um cobra o quanto acha que deve cobrar, o consumidor tem o direito de procurar o menor preço e a concorrência encarrega-se de regular o mercado. Ele cobra 3,07 porque tem um público que concorda em pagar, se você não concorda, vá à Pampulha abastecer por 2,69 e todo mundo fica feliz.

      Pior é aqui em BSB, que não temos escolha, é um preço combinado de 2,85 em todo lugar, um cartel descarado, o que afronta a livre concorrência.

      Excluir
    6. Eu abasteço onde moro, no bairro Buritis, que é muito próximo dali, e a gasolina custa 2,77. Trabalho perto desse local, e normalmente está engarrafado ali e nesse foi um dia que tive que "optar" por abastecer ali. Sim, falha minha, total! Mas o ponto é que eu não consigo entender por que as pessoas se sujeitam a pagar tão alto preço. Lembro que no mês que houve aquela alta nos preços dos combustíveis no país inteiro, o preço desse posto ipiranga e o do posto em que abasteço normalmente era igual...

      Excluir
    7. CMJ, o problema é que do Belvedere até a Pampulha são uns 20 km... Sai mais caro rodar para abastecer. Já o Buritis é ao lado do Belvedere.

      Quanto ao post, no prédio em que moro existem muitos carros com placas de São Paulo e não transferem para Minas. Se em SP é mais caro, então não entendo a vantagem. Uma vez levantei essa questão para o condomínio (placas de outros estados), inclusive com relação à segurança dos moradores, e o pessoal se revoltou. hehe Alegaram que eu não tinha nada a ver com isso.

      Excluir
    8. MG é um dos 3 estados que cobram 4% de IPVA. Ou seja, em termos de preço de IPVA, deve dar na mesma. Além disso, o estado de SP dificulta a transferência para fora, ao obrigar que o DETRAN seja comunicado formalmente, por carta registrada, para "liberar" a transferência.

      No fundo, é uma forma de dificultar a saída do carro, que implica em perda da receita de IPVA. Dado todo o trabalho e o gasto com a transferência para continuar na mesma (4%), imagino que o povo provavelmente deixa para lá.

      Já aqui em BSB, só a economia do primeiro ano já compensa a dor de cabeça de transferir e nos anos seguintes a economia continua. Por isso, as pessoas que conheço que mudaram de SP para cá fizeram questão de mudar a placa para Brasília.

      Excluir
    9. Prezados,

      não seja por isso. Abasteço a R$ 2,68 na Amazonas, em frente ao CEFET Campus I, ali no Nova Suiça. Tá a 1 km da Contorno, acesso fácil e por aí vai.

      Excluir
  6. Carlos,

    sou de SP mas moro em Brasília desde 2005. no mesmo ano em que cheguei à capital, comprei um veículo e o licenciei no DF. três anos depois, o governo de SP entrou com três ações contra mim, informando que eu deveria tê-lo licenciado em SP ou notificado a administração, formalmente, que mudei de endereço.

    recorri, e o governo paulista, quando foi apreciar meu recurso, copiou e colou o de outro processo, de uma mulher em outra cidade do estado. não satisfeito, ajuizou ações cobrando os débitos de 2006 e 2007 também, pelo mesmo argumento. olha que beleza...

    ResponderExcluir
  7. Pior mesmo é morar no interior de SP, onde paga-se a mesma coisa em termos desses impostos que na capital (só não tem a inspeção veicular, ainda), os salários são menores, e paga-se mais caro por muitos produtos no comércio local (isso quando encontra o produto desejado).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a falta de trânsito, e não demorar 2h para rodar 20km compensa tudo isso.

      Excluir
  8. Morar em São Paulo não tem a menor graça. Muitos (como eu) ficam aqui apenas por falta de possibilidade (por enquanto) de mudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em gênero, número e grau - cidade sem graça.

      Excluir
  9. A pior ditadura é a das urnas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. explique melhor Juvenal

      Excluir
    2. Nilton Lopes16/03/12 15:24

      Acho que entendi, se em SP tá uma M um monte de coisa, como essa mesma turma está há mais de 20 anos governando e o paulista não muda? Não tenta algo diferente? O que explica? Pergunte para imprensa radicada em São Paulo, eles devem saber de alguma coisa, só não esperem que eles publiquem.

      Excluir
    3. Nilton, conhece o mito da caverna?
      Se a imprensa não escancara o que acontece em São Paulo, como a população irá querer outra coisa? O PSDB não só governa São Paulo há vinte anos como se elegeu nas últimas eleições em primeiro turno.
      Bem, também existe a possibilidade de estar bom e esta turma que reclama não ser nem cinco por cento.

      Excluir
    4. Não sei se é caso único no mundo, mas no Brasil o "direito" ao voto tem a peculiaridade de, se você não exercê-lo, você é punido. Há algum outro direito do cidadão brasileiro que se enquadra nessa situação? Não me lembro.

      Excluir
    5. Paulista é o nascido no Estado de São Paulo. Paulistano é nascido em São Paulo, capital do Estado. Moro em Curitiba, e cada vez que preciso ir a outra cidade de carro me lembro como era bom morar no Estado de São Paulo (não necessariamente na capital, de preferência não na capital). Minas, por exemplo, não há estrada. Só trilhas. No Paraná temos trilhas melhoradas...

      Excluir
  10. Daniel San16/03/12 12:52

    Pra não falar na idéia de colocar chips nos carros,para que antenas instaladas pela cidade identifiquem imediatamente a situação de cada veículo. É curioso que para isso o governo tem sempre dinheiro,mas pra consertar as ruas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior, esse é o primeiro passo para o pedágio urbano.
      Será usado também para cobrar pedágio de quem pega trechos das rodovias sem cruzar a praça de cobrança.

      Excluir
  11. O voto é arma contra nós mesmos. Pelo menos tem sido. Acho que é isso que ele quis dizer.

    João Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Juvenal Jorge.

      Excluir
    2. totyi,
      eu quero dizer que essa democracia é o sistema de governo que quer nos fazer votar em alguém, que julgamos normalmente ser o menos pior.
      Uma verdadeira ditadura, pois quem não concorda com nenhum candidato tem que aceitar o que a maioria votar. E o resultado é sempre catastrófico. Vide Palácio do Planalto, Palácio dos Bandeirantes e a Prefeitura de São Paulo. Todos um lixo sem tamanho.
      Só mudará quando passarmos TODOS a votar nulo em TODAS as eleições.

      Excluir
    3. Democracia é isto. Em todos os lugares do mundo é assim, não está contente, candidate-se a alguma coisa e defenda uma causa. Faça como aquele velho do PRTB(Levi Fidelix), há uns vinte anos, pelo menos, falando no tal de aerotrem. Tem quem acredite e vota nele, uns quatro gatos pingados, mas ele está lá, sempre falando a mesma coisa... Dou uma idéia de plataforma política pra você defender - e garanto que vai ter votos, o meu inclusive: A instalação de uma fábrica da SAAB no Brasil e a montagem do velho e bom 900 turbo, com subsídio de uns 30%, para ser vendido como carro popular e renovar a frota com algo que preste. O que você acha?

      Excluir
    4. Votar nulo não adianta. É aceitar a decisão dos outros da mesma forma.
      Dito isso, concordo com o anônimo das 10:55. Se não tem ninguém que preste lá, candidate-se a algum cargo e vá lá melhorar.

      Excluir
    5. O q mata é essa tal de reeleição...
      Tinha q ser proibida. E não só para a pessoa mas pra todo o grupo político, inclusive os partidos integrantes da coligação. Partido de coligação vencedora, na próxima eleição está fora.

      Excluir
  12. E José Serra já sobe na pesquisas, tal qual um foguete rumo à lua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas eleições serão podres. Novamente os paulistanos - super inteligentes - vão votar nessa "richa" PT x PSDB.

      A última coisa que os paulistanos vão perceber é que há uma eleição para prefeito e a última coisa que falam são dos problemas e soluções para a cidade.

      Cidade nojenta.

      Excluir
  13. São Paulo é um estado nojento. Não tem outro adjetivo. Se Deus quiser, estou perto de morar em alguma cidadezinha do sul de Minas, ganhar meus 1.500 reais por mês que é melhor que ganhar 3000 em SP.

    João Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. R$1500 no sul de Minas vale mais do que R$6000 mil em SP...

      Excluir
    2. o problema é achar emprego pra ganhar os tais 1500. E aí, vai fazer o quê?

      Excluir
    3. Tem cidade que paga 2000 pra contador ou enfermeira (concurso público). É pouco, mas em se tratando de cidade pequena onde aluguel de uma casa de 2 quartos custa menos que 500 reais e onde o vizinho vira e mexe te dá uma torta ou bolo toda semana, até que tá bão. Quanto a carro, esse fica na garagem a semana toda e só se usa pra viajar. Ô vida boa!

      João Paulo

      Excluir
  14. Como ir do céu pro fundo do poço em minutos: Ler o post do 427 de ontem e logo em seguida ler esse post. O primeiro é a essência do autoentusiasmo (sortudos os que viveram essa época, eu não tive esse privilégio), já esse aqui mostra o quanto a coisa degradou e dá vontade de nunca mais andar de carro, especialmente aqui em SP.

    Excelente post CMF, mostra bem como a coisa tá cada vez pior pra quem gosta de carros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, esses dias me peguei pensando SE eu compraria um carro legal algum dia... Pra ficar preso em engarrafamentos? Pra gastar cada vez mais com combustível? Todo ano ficar tendo desgosto com impostos maiores e benefícios menores?

      O prazer ao dirigir está cada vez ficando menor, porque cada vez menos dirigimos, e nos tornamos presidiários dentro dos próprios carros. Com isso, o que nos resta é olhar qualidade dos plásticos, se tem rebarbas, acabamento, gadgets, etc etc, e todas aquelas outras coisas que a "imprensa especializada automotiva" presta atenção hoje em dia... Huummm acho que estou entendendo eles agora....

      Excluir
    2. Bom, o post do 427 não abriu aqui no computador. Então a minha sequencia foi do Pirus pra esse, ou seja, da chatice à impotência (não entendam mal, o texto foi bem escrito, mas quando se fala de algo chato como o Pirus não se pode despertar paixões...).

      Excluir
    3. brauliostafora, o do 427 também deu zica no meu. AÍ, PESSOAL DO AE, VEJAM O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM O BLOG!

      Excluir
  15. Me desculpem pelo linguajar, mas ESSA FILHA DUMA PUTA (Maria Cecília Sampaio) NÃO TEM NOÇÃO DA MERDA QUE ELA DISSE....para uma "diretora da secretaria municipal de habitação" ela está bem sintonizada com os problemas da cidade...fico puto com estas merdas...SOMOS TODOS TROUXAS!!!

    ResponderExcluir
  16. É ISSO AÍ FARJOUN, PAU NESSAS HIENAS DE GRAVATA!!!

    ResponderExcluir
  17. São Paulo?

    Não vejo a hora de ter condições de sair daqui. Isso é terra pra iludidos progressistas.

    Até na Suíça vive-se mais barato.
    Só não vê, não admite ou não gosta de ouvir isso aquele que é trouxa ou que ganha a vida com base na cachorrada desse lugar, ou seja, um cínico.

    ResponderExcluir
  18. Sou paulistano. Li anteontem que 48% do PIB Brasileiro é formado pela extração e comércio de 6 matérias-primas/commodities agro-minerais. Nenhuma delas é extraída em São Paulo.

    E aí São Paulo, não era você a "locomotiva" deste país?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavio. M. S. Bezerra16/03/12 13:46

      Desenvolvimento não significa crescimento e vice-versa.

      Se as commodities caírem de preço no mercado mundial e as entradas de dólares diminuírem, o "sonho" vai acabar. Voltaremos aos anos 80.
      Fizemos igual a Grécia: 10 anos com dinheiro externo, corrupção, ineficiência e estupidez, e nenhuma faísca de desenvolvimento.

      Excluir
    2. Ledoni,São Paulo, Estado (litora, interior e capital), contribuem para cerca de 1/3 do PIB do Brasil.

      Excluir
    3. Não é bem assim,

      Muitas vezes a riqueza extraída no fim-de-mundo é contabilizada na sede da empresa, em São Paulo. Se você reparar bem, a cidade de São Paulo (onde ficam as sedes das grandes empresas do Brasil) contribuiria com 1/4 do PIB do Brasil.

      Da mesma forma, as remessas de dinheiro das multinacionais para as matrizes são contabilizadas no PIB das matrizes e não do Brasil. Porém, essas remessas são controladas, ao contrário das remessas de dinheiro entre estados.

      Excluir
    4. Só errou em afirmar que as remessas de lucros das multinacionais são contabilizadas lá fora. ERRADO.

      O balanço de pagamentos registra as transações entre os residentes e não residentes, portanto, a filial de uma multinacional instalada no Brasil, ajuda a formar o PIB brasileiro.

      Em contra partida, quando o dinheiro entrar no país de origem da multinacional, ajudará a formar o PNB (produto nacional bruto).

      Excluir
    5. Clovis / SP17/03/12 07:13

      Ledoni,

      Eu tenho vergonha de que os seis principais itens de exportação sejam matérias-primas/commodities agro-minerais.

      Já teve época em que o nosso principal item de exportação foram aviões!!! Sobreviver a base de matérias primas é coisa de 4° mundo. Estamos sofrendo uma rápida desindustrialização e nos tornando definitivamente uma república das bananas (ou melhor, de minério de ferro, de petróleo bruto, de soja em grão, de café em grão, etc.).

      Excluir
  19. Sou Paulistano mas o Paulistano infelizmente se acha a locomotiva que puxa que arrasta um monte de vagões chamado Brasil...

    Essa é, infelizmente a realidade exposta no penultimo paragrafo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu grande sonho é voltar para São Paulo...para passear no Natal apenas!

      Excluir
    2. A locomotiva SP puxa o trem que descarrila...

      Excluir
    3. Tanto é que SP só é grande por causa do Brasil. Não fosse estados como MT e GO exportarem commodities sem parar e comprarem produtos industriais paulistas, não haveria indústrias em SP!

      Excluir
    4. Esse argumento é uma falácia. Segundo dados da ANFAVEA, em 2010 foram vendidos no Brasil 3.515.064 veículos automotores (veículos leves e pesados), sendo que 1.064.677 foram vendidos só no estado de SP. Ou seja, SP sozinho responde por mais ou menos 30% das vendas de veículos no país. Ainda, segundo o IBGE, em 2009 o PIB de SP respondia por 33,5% do PIB nacional, seguido pelo RJ, com 10,9%. Isso mostra que a economia interna de SP é bastante forte.

      Excluir
    5. ao Diógenes,

      São Paulo é um estado grande. Mas, pense comigo, boa parte do tamanho de São Paulo se deve ao tamanho do Brasil. Nas décadas de 1930, 1940 e 1950, quando o Brasil começou a se industrializar a sério, indústrias eram instaladas em São Paulo pois este estado tinha a melhor infra-estrutura do país então (herança do café).

      As indústrias trouxeram riqueza e gente para São Paulo. Em São Paulo não é difícil encontrar gente de qualquer estado do Brasil. Mas, essas indústrias fundaram-se tendo em vista o mercado interno do Brasil todo, tanto é que produtos paulistas estão presentes em todo o país. Sem consumidor não existe produção e sem produção não há riqueza.

      Excluir
    6. Administrar um estado de maneira eficiente como faz o governo estadual, cobrando Impostos excessivos e transferindo as estradas para Grupos Privados qualquer Chuchu Administra.

      Quando se é refém (como a maioria da população, goste ou não é), fica facil facil.

      Excluir
    7. Anônimo,
      concordo em partes. Não tenho os dados da balança comercial do estado de SP, mas da mesma maneira que os produtos produzidos em SP são consumidos pelo restante do país, o estado de SP também compra parte da produção de todo o Brasil. Seria necessário verificar os números.

      Excluir
  20. Uma das maiores indústrias do estado de São Paulo e da cidade de São Paulo, não é nem uma marca famosa de automóveis, não. Se bem que só funcionam devido à existência do automóvel.

    E quais indústrias são essas?

    São a indústria das multas e a indústria do IPVA.

    Em 1.969 foi criada a Taxa Rodoviária Única (TRU) que chegou a arrecadar 7% do PIB nacional e isso numa época onde existiam muito menos carros do que hoje.

    O dinheiro arrecadado era destinado para as obras de pavimentação e criação de estradas para automóveis.

    Mas mesmo tendo chegado a 7% do PIB, os estados ainda queriam mais, estavam com “olho grande” vendo o crescimento da indústria automobilística no Brasil.

    O que fizeram então?

    Criaram o pedágio que é um direito de passagem pago mediante taxa ao poder público ou mais recentemente a uma concessionária delegada para ressarcir custos de construção e manutenção de uma via de transporte.

    Ou deveria, visto que muitas concessões de estradas são dadas as concessionárias após o estado reformar a estrada, sendo que elas são entregues novas para as concessionárias e essas só tem o trabalho de construir a “barreira” do pedágio e manter o que talvez já esteja novo. São raros os casos em que a concessionária construiu a estrada.

    Daqui a pouco vai “vender” a minha rua e vou ter que pagar para chegar até em casa. E o sistema Sem Parar, verdadeira máquina de arrecadar, gasta-se menos com funcionários e ainda cobram taxa mensal de manutenção.

    Deveriam dar de graça, pois facilita é a vida das concessionárias com menos funcionários, ausência de necessidade de troco, etc. Aliás, pedágio é um ótimo lugar para trocar uma nota R$ 100,00 e ficar com trocado para quando se viaja para algum lugar.

    Mas o “olho grande” do governo criou um problema de conflito com a TRU, pois sem entrar em maiores detalhes e simplificando, não se podiam ter duas taxas para o mesmo destino. O que fizeram?

    Acabaram com a TRU e inventaram o IPVA. Sendo que a arrecadação do IPVA não é destinada às estradas e sim a saúde, educação, segurança, etc. Ou seja, não é uma taxa duplicada como a TRU.

    Agora se no passado a TRU chegava a 7% do PIB, cadê a saúde, educação e segurança patrocinadas pelo IPVA numa época de recordes e recordes de vendas de veículos e arrecadações? Talvez digam que a população aumentou, mas a frota de veículos aumentou numa proporção muito maior.

    ResponderExcluir
  21. E ninguém acha que a saúde, a educação e a segurança estão melhores atualmente.

    E em São Paulo que o IPVA é 4% do valor do veículo, isso aquele valor fictício das tabelas, pois ninguém consegue vender o carro por aqueles valores anunciados nas tabelas FIPE e outras, quem sabe somente as lojas. Sendo que em outros estados chega a 2%.

    Mas em São Paulo 4% é para carros a gasolina ou álcool, para os carros a Diesel é de 3%, ou seja, quem compra um carro popular paga 4% e quem compra um SUV de luxo o Diesel paga 3%.

    Bem, essa é uma das indústrias, mas ainda tem a indústria das multas que pertence ao município de São Paulo.

    A Avenida 23 de Maio foi projetada em 1.937 e inaugurada somente em 1.967.

    A velocidade máxima que se podia circular por ela sempre foi de 80 km/h. Logo no passado circulavam por lá Opalas e Fuscas com freio a tambor a 80 km/h.

    Mas em 2.010, depois de 43 anos perceberam que a velocidade limite de 80 km/h era perigosa e baixaram para 70 km/h junto com a instalação de infinitos radares, tudo em prol da segurança viária.

    Mesma medida que foi tomada na Rubem Berta. Agora a novidade é que estão querendo baixar os 90 km/h das pistas expressas das marginais para 80 km/h, óbvio que também em nome da segurança. Sem falar nas pistas laterais da Anchieta que passaram de 110 km/h para 90 km/h.

    E a subida da nova Imigrantes que tem um piso perfeito e pode ser feita a 100 km/h, mas na descida só a 80 km/h e com muitos radares. Por que será?

    Atualmente só existem praticamente dois tipos de infração em São Paulo e partindo para o terceiro.

    ResponderExcluir
  22. O primeiro são as multas de excesso de velocidade, as multas de rodízio e em breve as multas por falta de vistoria anual.

    Falando em rodízio, ele foi aprovado em 1.993 por um projeto de lei criado pelo então deputado federal Fabio Feldmann e ficou em funcionamento de 1.995 até 1.998 e diziam que era para evitar problemas de poluição.

    Mas a partir de então, talvez percebendo a arrecadação que ele dava, instituíram o rodízio fixo na cidade São Paulo, mas agora diziam ser em prol do trân$ito.

    Bem nesses anos todos de rodízio e com a facilidade de comprar automóveis, muitas famílias acabaram realizando o sonho de adquirir um segundo carro com a desculpa de poder andar no dia no rodízio, mas esquecem que o segundo carro fica disponível outros 4 dias da semana e talvez a esposa passe a usá-lo também.

    Com isso já se estima que o rodízio tenha tido um efeito contrario e aumentado o transito da cidade em 40%.

    E ainda tem o fato que muitos compravam carros velhos e baratos só para o dia do rodízio, e com isso ainda poderiam quebrar em vias publicas aumentando ainda mais o trânsito e isso sem falar na poluição. Mas sabe quando vão acabar com o rodízio?

    Nunca, ele dá muito lucro e ainda faz vender mais carros o que também gera mais arrecadação de ICMS para o estado.

    Então um resumo do que é ter carro:

    -Compra-se o carro e paga-se um absurdo de impostos e um absurdo de lucro da fábrica também, que gosta sempre de jogar a culpa dos preços exorbitantes nos impostos;

    -Paga-se IPVA;

    -Paga-se DPVAT

    -Paga-se licenciamento;

    -Paga-se inspeção veicular;

    -Paga-se seguro particular;

    -Paga-se pedágios se quiser passar em estradas que “tem dono”;

    -E ainda paga-se multa se andar com ele no dia que não pode.

    E infelizmente ninguém se preocupa realmente com a segurança.

    Do poder público só podemos esperar medidas para atacar nossos bolsos, tipo radares desonestos, inspeções veiculares em carros novos, ruas e rodovias em péssimo estado e mal sinalizadas e assim vai.

    E para terminar lembrei-me de um caso que é uma verdadeira loucura, um absurdo.

    Não faz muito tempo, podia se encontrar placas na na BR-116 rodovia Régis Bittencourt São Paulo-Curitiba onde sei lia: “Trecho com buracos nos próximos 30 km”.

    Tem o trabalho de mandar produzir placas, instalá-las, mas recuperar o recapeamento nem pensar. Isso é pior do que atacar o sintoma e não a raiz do problema, pois nesse caso não atacaram nenhum dos dois.

    Será que na requisição de verbas tinha especificado que queriam dinheiro para produzir tais placas?

    ResponderExcluir
  23. É isto que ocorre em todo o país meu amigo. Moro no interior da Bahia e agora, no início do mês paguei R$ 1167 para poder andar regularizado com a minha Strada. Tirei-a da concessionária em setembro, onde já tive todas as despesas. Com menos de seis meses, tudo outra vez. Só porque fui sorteado com a placa com final 1. E olha que as nossas vias não são boas e a segurança deixa a desejar. E olha que não falei em seguro que, lógico, não deixei de fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo isso? Aqui no Paraná todas as taxas de uma Strada 2011/2012 (DPVAT, IPVA, Licenciamento), somadas, não chegam a R$ 500,00.

      Excluir
  24. O Paulo Henrique Amorim chama São Paulo de Chuíça*.
    *Chuíça é o que o Partido da Imprensa Golpista (PiG) de São Paulo quer que o resto do Brasil ache que São Paulo é: dinâmico como a economia Chinesa e com um IDH da Suíça.

    Áudio com a fala: "para ser cidadão em SP tem que pagar"

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/03/14/diretora-de-habitacao-diz-que-para-ser-cidadao-em-sp-tem-que-pagar-ouca.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que esse sujeito - cuja moral é do mesmo tamanho de sua estatura - diz, não se escreve. O que ele escreve, não se lê. Um pulha da pior espécie, um parasita das verbas públicas, uma pena de aluguel. Quanto à fala dessa infeliz, apenas isto, uma infeliz. E merece ser exonerada o quanto antes.

      Excluir
    2. Ok. Está bem, São Paulo não é Chuíça.
      Vídeo com entrevista com o governador de São Paulo.

      http://www.youtube.com/watch?v=vsRynm18_Eg

      Desculpem-me, mas ele fugiu.

      Excluir
    3. Caro Anônimo, não se empolgue muito utilizando o texto para críticas políticas, ainda mais proferidas por alguém com a (péssima) moral de PHA. Se os serviços públicos oferecidos por SP não te parecem suficentes, você pode aproveitá-los em lugares muito mais desenvolvidos, como Maranhão, Alagoas, Bahia, dentre outros. Esses estados, sim, têm saúde, educação, transporte, segurança, invejáveis.

      Excluir
    4. Não vim fazer nenhuma crítica política, apenas me divertir. Mas me divirto mesmo com as entrevistas com o Picolé de Chuchu. Sempre muito profundas. Ele fala o que quer com o PiG, daí vem a imprensa estrangeira e ele foge.

      Excluir
    5. ao Anônimo 01:09,

      Não é porque o Maranhão é menos desenvolvido que São Paulo que São Paulo deve parar. São Paulo deve melhorar, e muito, tem muitos problemas severos, e, se continuar assim, torna-se perigoso o Maranhão ultrapassar São Paulo muito mais breve que imaginamos...

      Excluir
  25. CMF
    Seu texto, embora os dados sejam corretos, ouso dizer que é apenas pura implicância. Dá a impressão que no resto do país isso é obra de ficção e que gafanhotos políticos existem apenas em SP. E já vou dando um recado para os bobos defensores deste ou daquele partido: Não se iludam com conversas do tipo "vamos rever os contratos" ou "vamos acabar com essa taxa" ou qualquer coisa que te faça pensar em desonerar o contribuinte. MENTIRA! PAPO FURADO! Ficará tudo como está pois ninguém aqui(no Brasil) é macho suficiente pra cortar folha de pagamento e botar empreiteiro em seu devido lugar. São todos uns safados e cagões que vivem de rabo preso com seus finaciadores de campanha. Por outro lado, este é um bom post para que outras pessoas, moradoras de outras cidades e estados divulguem aqui como são as coisas em seus respectivos estados/municípios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é mesmo. Lembra quando o Serra disse não conhecer o Paulo Preto. Paulo Preto deu o recado: "não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro." Não tardou para o ex-candidato derrotado José Serra se lembrar de Paulo Preto.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  26. Ahhh...como é bom NÃO morar em SP!

    ResponderExcluir
  27. Olha... eu não sou de São Paulo. Sou do interior do Paraná e o mais próximo que cheguei da capital dos paulistas foi em Itapeva. Vejo e leio tanta coisa ruim dessa cidade e seu entorno que não tenho o MENOR interesse de um dia conhecer São Paulo.

    Realmente, como é bom NÃO morar em SP!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,
      não é bem assim. Não confunda a cidade espetacular que tem de tudo e mais um pouco com os governantes sem vergonha e ladrões que estão no poder.
      Eles passam e a cidade fica.

      Excluir
    2. Juvenal
      Desculpe discordar mas os governantes passam, entram outros, geralmente iguais ou piores e a cidade fica, fica e fica.....

      Excluir
    3. No interior do Paraná e no resto do Brasil não tem políticos corruptos? Na esfera estadual (basicamente) quem domina é o PSDB desde a destituição da ditadura. Agora na prefeitura já tivemos PT, PSDB, Maluf (que é uma categoria a parte) e nada muda. Entra prefeito sai prefeito, entra governadora sai governador e a lama é a mesma.

      Excluir
    4. Cidade do Maluf. Precisa dizer algo mais?

      Excluir
    5. Verdade. DO Maluf e... do Lula.
      Precisa dizer algo mais?

      Excluir
    6. No PR infelizmente tem sim mto político ruim. Acontece q de SP a gente recebe todo dia uma enxurrada de informações negativas. Mas na verdade eu não gosto mesmo é de qualquer cidade assim tão grande. Toda essa aglomeração de pessoas, trânsito caótico, horas pra percorrer 30 ou 40 km, custo de vida, aluguel e etc me fariam fugir desses lugares. Pra mim morar, uma cidade com lá seus 300 mil habitantes seria o limite.
      Salve as pequenas cidades do interior!!

      Excluir
    7. Do Maluf, do Kassab, só não é do Serra, pois ele abandona o cargo toda vez, pra poder se candidatar a algo mais.
      PSDB é um lixo! Todos os partidos sã um lixo!

      JJ tá certo, tem de anular sempre, não existe essa de menos pior.

      Excluir
  28. Sr. Farjoun
    Esta triste realidade é o resultado de um país (sim, um país, pois não está restrito a São Paulo) que vive para sustentar um estado inchado e paquidérmico, ineficiente e corrupto. Cada um aguenta e tem o que merece. Em São Paulo temos de aturar os mesmos petistas e tucanos há mais de vinte anos. Aí no seu planalto central você tem que aturar os Roriz e Agnelos da vida, fora uma camara legislativa onde todo mundo aí já tem folha corrida.

    ResponderExcluir
  29. Ha, sinceramente, o brasil esta todo errado, somos jumentos de carga que adoramos o que fazemos, nada reclamamos, ninguém esta ai pra nada e cada vez mais piorando a nossas condições de vida em geral, onde esquecemos o obviou que somos donos deste país, nós é que mandamos e somos chefes, nós é que movemos a engrenagem da nação.

    Mas...tai ai o resultado...

    ResponderExcluir
  30. O problema é que ela está certa.
    São Paulo está super-lotada, portanto tudo fica inflacionado. E como ninguém abre mão de morar aqui, pode-se cobrar à vontade.
    Exemplo bobo: manobrista. Chegam a cobrar mais de R$20,00 por valet aqui em SP. E as pessoas pagam porque não abrem mão de sair. Ao mesmo tempo, não tem outra soluçao, pois o transporte é limitado, caro e ineficiente (nem funciona 24horas!).
    A solução? Sair da cidade mesmo. Eu, por exemplo, sou paulistano, amo minha cidade, mas pretendo "dar um tempo" e me mudar para outra cidade, estou só fechando alguns detalhes para ir embora.
    E nem precisa ir longe: Campinas, mesmo com todos os seus problemas, já é um oásis para quem está acostumado a disputar cada centímetro em SP.

    ResponderExcluir
  31. e ainda querem colocar os administradores deste estado, novamente no comando da nação. Vá de retro! conseguem ser pior que o PT, e olha que isso é um feito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa essa!

      Excluir
    2. Sinceramente colocar o PSDB na Presidência do Brasil novamente seria um desastre. Não que o PT seja bom, está bem longe disso, mas é uma questão de sobrevivência. Entre um ruim e um pior ainda, a população tem escolhido nos últimos anos ficar com o ruim.

      Excluir
    3. Não muda nada.
      No Brasil não existe partido com ideologia, existe time com torcedores.

      Excluir
    4. Clovis / SP17/03/12 07:31

      PSDB e PT são basicamente a mesma coisa, por mais que os partidários de um ou outro lado falem que não.

      O PT desde que assumiu o governo federal segue basicamente a mesma cartilha definida no segundo mandato do PSDB. Mesmo plano econômico, continuação dos programas sociais e etc. Até a evolução dos ganhos sociais é uma reta que começa no segundo governo do PSDB e segue até hoje.

      Um exemplo é o Bolsa Familia do PT que foi baseado no Bolsa Escola do PSDB que por sua vez foi baseado em um programa regional do DF criado pelo PT...

      A única diferença é que o PT teve mais sorte; ele pegou um país já em recuperação após o governo do PSDB enquanto que o PSDB pegou um país destruído pelos governos Sarney e Collor.

      Excluir
    5. quem governa é o PMDB com a tal da governabilidade. Eu conheço petista, eu conheço tucano, mas nunca vi ninguém dizer: sou peemedebista! E esse resquício da ditadura é o que tem maior número de vereador, deputado, prefeito e o escambal.

      Excluir
    6. Clóvis, não fale merda!

      Excluir
  32. Apesar de ter taxas abusivas o Paraná ainda é um "oásis", mas não por mérito próprio: é o resto do Brasil que consegue ser pior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aki na Roça é melhor ainda q o PR.

      Ao tirar um carro 0 Km o IPVA até completar o 1º ano de uso é grátis.

      Ao pagar o IPVA vc pode fazê-lo de acordo c/ o final da placa, como exemplo, placas de final 0 só pagam IPVA em dezembro.

      O IPVA ekilave a 2% do preço do carro.

      Vc pode parcelar o IPVA em até 6x s/ juros.

      Após 10 anos de uso, o carro está livre de IPVA.

      Paraná é uma porcaria um pouco melhor q SP.

      Excluir
    2. Qual é o seu estado, Pisca?

      Excluir
    3. Goiás é um estado que respeito muito. Está a desenvolver-se muito rapidamente, tenho vontade de ir aí para ver.

      Excluir
    4. Pois venha, será mto bem recebido.

      Te darei alguns exemplos daki:

      No último senso realizado pelo IBGE, a população de Goiânia chegou a aproximadamente 1,3 milhão. Sabe quantas pessoas vivem abaixo da linha de pobreza aki? 15 mil somente! Nós possuímos a maior média de carro/habitantes do país, com 1 carro p/ cada 1,2 pessoas. Aqui existe a maior frota de Caminhonetes/SUV do país, cerca de 350 mil.

      Aki não existem favelas...

      O jeito de pensar do goiano é diferente dos grandes centros do Brasil, pois p/ nós, o caminho do desenvolvimento só ocorre se aglutinarmos o maior nº possível de pessoas, ou seja, oferecer a elas meios de subir na vida. Porisso os impostos aki são baixos.

      Ao contrário de SP q exclui os menos favorecidos, praticando condutas econômicas maléficas p/ a população mais pobre, podemos dizer q Goiânia é uma cidade de classe média, onde não existem bilionários e nem favelados.

      Isso p/ mim é uma sociedade ideal.

      Excluir
    5. Pisca,
      parabéns por defender tão bem seu estado, você está correto. Mas não utilize isso para repetir frases prontas de horário político, como "SP q exclui os menos favorecidos, praticando condutas econômicas maléficas p/ a população mais pobre". Lembre-se que SP recebeu e continua recebendo milhares ou milhões de pessoas de todo o país em busca de uma vida melhor. Essas milhões de pessoas chegam aqui e conseguem emprego, e prosperam. Essa é uma boa prova do erro de sua frase. Política social é emprego decente e governo que não enche o saco atrapalhando a vida do cidadão. E, nesse ponto, eu concordo com o autor, o governo de SP e do Brasil (lembre-se da carga tributária federal batendo recordes seguidos) está esfolando o contribuinte.

      Excluir
    6. Se Goias é mesmo assim então está de parabéns!! Exemplo!

      Excluir
    7. Diógenes, eu conheço SP profundamente pois morei aí.

      Se por um lado a cidade recebe bem pessoas de fora c/ qualificação profissional, a grande maioria que aí chega é composta p/ miseráveis.

      A suposta "vida melhor" em SP não passa de utopia p/ 90% dos q aí aportam, justamente p/ se tratar de uma cidade caríssima, inóspita, violenta e etc.

      Emprego se consegue em qq lugar, a questão é o quanto vc ganha p/ viver c/ dignidade. Coisa q SP de maneira alguma oferece, haja visto o custo de vida estratosférico dessa terra.

      Aqui na minha cidade, um pai de família vive mto bem c/ 1 mil reais, já aí em SP ele mora na favela e passa fome.

      Excluir
    8. Pisca, não era vc que falava que aí na sua terra nego gostava de "pagar de gatão" sem um tostão furado no bolso mas andava de pickup super equipada e com um baita sonzão? Também não falou que andam nessas super motos, tudo cabritão? Não deve ser dessa qualidade de vida à que você se refere, certo? O mais engraçado é ver você falar bem aí do seu estado (e não faz mais que a obrigação) e que, curiosamente, é governado a anos e anos pelo... PSDB. Mas não se esqueça de mencionar a buraqueira em várias estradas aí para quem não as conhece. E o pior, tapados com terra! Sabe o que é, meu caro?, eu gosto de SP e sei muito bem o que presta e o que não presta por aqui, mas não gosto que ninguém venha chamar minha terra de lixo. Quer chamar os políticos de lixo, beleza, são mesmo uns pulhas, mas a nossa terra não tem nada a ver com essa bosta que fazem por aqui. Fácil nego vir aqui, morar uns tempos, estudar, trabalhar, ganhar grana, sei lá, o que quer que seja, depois dar um pé na bunda e cuspir na casa que te acolheu. Aí não dá, né? E antes que vc me chame de qualquer coisa, sobretudo de preconceituosoou ufanista em relação ao meu estado te digo que me considero mais que um paulista, sou, antes de tudo um brasileiro, um cidadão do Brasil. E gosto de Goiás, tanto que pretendo, um dia, quem sabe, comprar um imóvel em Caldas Novas. Assim, sempre que estiver de saco cheio, pego meu carro e ando 670 km (pra mim isso é nada) e não fico dependendo de hotel, pousada, ou coisa qualquer.

      Excluir
    9. Vou mudar meus carros para GO, deixarei de pagar ipva pra kct!
      Sou paulistano, moro aqui há 40 anos e desculpe o anônimo acima, mas essa terra ficou um lixo!

      Tá tudo esculhambado, tá tudo carissimo, tá tudo errado!

      Excluir
    10. AnônimoMar 18, 2012 02:38 PM

      Pq vc não se identifica pra começo de conversa? Acho mto estranho alguém q seker faz isso, ser levado a sério não concorda?

      Bueno, como sou mais homem q vc e boto a cara à tapa, vamos às considerações.

      Creio eu q vc não leu direito oq eu escrevi logo acima, pois mencionei exatamente q a minha cidade é basicamente de classe média, portanto kem anda de moto "cabrito" é um wannabe, além de q comprar um automóvel financiado p/ dezenas de meses não é tão difícil assim por aki.

      O fato do Estado ser governado pelo PSDB pouco influencia na minha qualidade de vida, pois aki em Goiânia eles não governam a mais de 20 anos - graças a Deus - e não o farão tão cedo. As péssimas estradas estaduais citadas p/ vc é q devem ser creditadas ao DESgoverno tucano.

      Eu morei em SP pq sou mto bom noq faço, tanto é q pagaram CARO pelo meu passe e tive q morar ae até ensinar vcs a trabalharem direito. Vc sabe oq é agronegócio? Pois então...era isso q eu fazia aí na BM&F, representando um banco de investimentos.

      Ah...e não venha pra cá por favor, já temos retirantes demais por aqui.

      Excluir
    11. Pisca
      Quanto ao anonimato até concordo com vc, mas eu prefiro assim mesmo. Ser mais homem ou menos em razão disso, nem ligo. Eu li direito, sim, e respondi ao que vc mencionou num comentário aí pra baixo. Quanto a Goiânia ser uma cidade de classe média, faz-me rir. Arrisco um palpite: Não deve estar muito atrás de São Paulo fazendo-se os devidos descontos. Mais um palpite: aposto que você está bem acima da média do pessoal aí, certo?
      Pagaram caro por vc? É bom no que faz? Que bom! Nada como se esforçar e colher os resultados desse esforço, não é mesmo? Mas a mim vc não ensinou nada, meu caro, até porque passo longe do seu ramo de atividade que, por sinal, os melhores nisso (no meu ramo, claro) estão aqui em São Paulo mesmo.
      Quanto ao seu conselho de não ir aí, desculpe, vou declinar, afinal de contas, fui, vou e continuarei indo a fim de curtir o clima, a paisagem e mais nada. E a gastar meu dinheiro, ganho em São Paulo e, aposto, muito bem vindo pelos seus conterrâneos. Vivemos num país livre, rapaz;
      Saudações paulistas.

      Excluir
    12. AnônimoMar 19, 2012 01:32 PM

      É uma pena vc se manter anônimo, afinal de contas, se identificar é arcar c/ as suas próprias ideias. Fique tranquilo pois não iria te xingar, ameaçar ou coisa do tipo, apenas gostaria de ter o prazer do debate c/ alguém e não c/ um ser anônimo....paciência.

      Lhe darei mais alguns exemplos de Goiânia Classe Média:

      Estacionamento em SP - R$20,00 a hora.
      Estacionamento em Gyn - R$5,00 a hora.

      Cerveja em Lata nas baladas de SP - R$6,00
      Cerveja em Lata nas baladas de Gyn - R$2,50

      Flat em Bairro nobre de SP - R$300,000,00
      Flat em Bairro nobre de Gyn - R$100,000,00

      E etc, etc, etc.

      Graças a Deus hj sou patrão de mim msm, pq no período q morei aí, juntei $$$ o suficiente p/ me tornar auto-suficiente. É mto bom...hj eu acordo tds os dias as 10 da manhã, durmo a hora q bem entender e vivo mto bem.

      Vir aki vc pode, não há problema algum, mas se fosse vc eu preferiria as maravilhas paulistas, tais como pedágios, engarrafamentos nas estradas, radares mil, filas nas padarias durante os feriados, falta de água nas praias e tantas outras benesses q só SP pode oferecer.

      Excluir
  33. Lorenzo Frigerio16/03/12 19:16

    Ainda bem que consegui me mandar dessa cidade nefasta; já faz dois anos, e não tenho o menor desejo de voltar.
    Quanto ao IPVA, tenho uma Grand Caravan 1997, um carro de quinze anos de idade e 120 mil km; o IPVA é mais de R$840,00 - faz sentido isso?

    ResponderExcluir
  34. O post anterior (O 427) não esta por inteiro, confiram.

    ResponderExcluir
  35. O governo do DF é uma vergonha, mas o de São Paulo não tem adjetivos.

    Eu sou brasiliense e nunca fui a São Paulo capital, mas desde agora já estou com raiva da prefeitura.

    ResponderExcluir
  36. Alexandre - BH -16/03/12 20:14

    Fato é que estamos nas "águas de março fechando o verão", mas continuo destruindo meu carro nas crateras das águas de dezembro e janeiro. Não sei o que falta à Prefeitura de BH: competência ou vergonha, porque dinheiro é que não é. Esse papinho de falta de verba não cola mais, ainda mais com os atuais recordes de arrecadação. Tô pensando em colar um adesivo no vidro traseiro do meu carro: "Cadê o dinheiro do meu IPVA?". Com a palavra, o Sr. Prefeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre, sofro o mesmo! É uma vergonha, a prefeitura não respeita os habitantes da cidade! Em janeiro a cidade estava em estado de emergência, podia fazer obras sem licitação para arrumar os danos da chuva, e incluídos aí os buracos das ruas... Não preciso dizer que até hoje o anel rodoviário está em uma pista perto da entrada da Antonio Carlos e o trânsito lá está cada vez pior. Na av. Mario Werneck no buritis, deram uma "guaribada" nos buracos que abriram. Começou a chover forte novamente, os buracos estão todos lá de novo...
      Repito as tuas palavras: Sr. Prefeito, algo a dizer?

      Excluir
    2. Alexandre - BH -19/03/12 03:37

      Pois é, Felipe. Parece que o prefeito não tem nada a dizer. Mas vou me lembrar dele nas eleições municipais...

      Excluir
  37. Carlos Cwb16/03/12 20:15

    Faça como eu, Lorenzo, só compre carro com mais de 20 anos, isento do IPVA...
    A propósito, o posto aqui pertinho de casa me vende gasolina a R$ 2,49.
    E não é "batizada" não.
    Ah, sim...
    Moro em Curitiba...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorenzo Frigerio17/03/12 16:07

      Essa Grand Caravan é o meu carro mais novo. Aqui no km 39 da Raposo, no começo da Estrada de Caucaia, a gasolina é R$2,59.

      Excluir
  38. Por trás dessa história do IPVA mais caro do Brasil tem um detalhe: em Minas, sai ainda mais caro do que em São Paulo. No Estado de São Paulo o IPVA é devido durante 15 anos, enquanto na maioria dos outros Estados, são 20 anos. Só que em Minas não há isenção: qualquer carro, mesmo os dos anos 20, pagam IPVA.

    Ou seja, a título de exemplo, aqui no RS são 3% mas pagamos durante 20 anos; em São Paulo são 4% mas paga-se durante 15 anos. Claro que eu tenho consciência que nenhuma pessoa "normal" fica 20 anos com um carro - ainda mais com os modelos descartáveis de hoje em dia.
    O pessoal aqui da região descobriu a facilidade de emplacar carro em Santa Catarina (2% e ainda tem a possibilidade de parcelar em 3 vezes pelo mesmo valor a partir do mês do vencimento, e não a partir de janeiro como no RS); agora o que mais se vê é carro com placa de Santa Catarina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São Paulo são 20 anos também.

      Excluir
  39. Luiz Dranger16/03/12 21:35

    Eu tenho carro velho, um Puma que uso pouco. No dia a dia uma scooter 125cc !!!!! Aliás me lembro de um antigo candidato, não Fidelix, mas o Pedro Geraldo Costa, onde falava-se em refrão: bosta por bosta vote em Pedro Geraldo Costa!!!! Lamentável. Preciso arrumar um rif para o Kassab, que ele merece.

    ResponderExcluir
  40. No ES o IPVA é de 2% e veículos com mais de 15 anos são isentos.

    ResponderExcluir
  41. CMF, por um lado, como morador de São Paulo acho essa sanha arrecadatória um absurdo. Por outro lado, desculpem-me a franqueza, mas o eleitor de São Paulo MERECE. Todo ano você tem cerca de 8 a 10 candidatos, e todo ano para o 2º turno vão sempre os candidatos do Lixo A e do Lixo B, que competem entre sí um se fazendo de oposição ao outro mas fazendo as mais estranhas alianças, e governando de maneira 95% igual (apenas pequenas mudanças existem administrativamente falando). Então eu não tenho dó não, todo castigo para esse tipo de eleitor é pouco. Estou apenas aguardando uma chance profissional fora do estado de São Paulo para me mandar daquí e nunca mais voltar.

    ResponderExcluir
  42. Educação, saúde, segurança, saneamento etc, tudo o que poderia ser melhorado com o Imposto sobre a propriedade de veículos automotores - IPVA, porém o que temos visto é exatamente o contrário, graças aos nossos governantes, cada vez mais gananciosos e inescrupulosos, assim como a ignorância desse povo passivo que somos os brasileiros. Dito isso, CMF, a fim de deixar de ser tão explorado, ou seria melhor dizer extorquido por esse bando de sanguessuga, pelo menos neste quesito automotivo, transferi meu carro para o Estado de Goiás em 2008, lembrando que resido no DF, quando o mesmo havia completado dez anos, pois lá o carro fica isento, após esse período. A economia não chega a ser coisa de outro mundo, apenas R$400,00, ao ano. Acredito que até Warren Buffett concordaria em fazer essa economia, por tudo que foi dito anteriormente. 22h51

    ResponderExcluir
  43. O negócio é ninguém pagar IPVA, Licenciamento, multas, etc... Todo mundo com carro irregular, a lei torna-se inaplicável. E aí a vaca leiteira do governo morreu.

    ResponderExcluir
  44. Gostei da ideia, anônimo 06h57, pena que não somos tão unidos assim.

    ResponderExcluir
  45. Ideia legal, anônimo 06:57, pena não sermos tão unidos assim. 23h02

    ResponderExcluir
  46. OFF-TOPIC

    Assim caminha o Brasil. E la nave......


    Gramna para quem não sabe é um jornaleco que é controlado pela ditadura do Partido Comunista Cubano, só fala bem do governo, mentindo descontroladamente.

    Ultimamente tenho visto que a Globo tem cessado qualquer ataque ao governo e ao PT , e começou a virar uma especie de Gramna brasileiro inclusive se sujeitando aquelas constrangedoras matérias onde o Brasil é uma nova e ascendente potencia mundial em meio a crise econômica mundial, todos estão felizes e tem emprego sobrando para todo mundo.

    Resolvi fazer uma pequena pesquisa e não foi difícil descobrir o motivo. Os próprios blogs esquerdistas se entregam...

    O todo poderoso do jornalismo da Globo até pouco tempo atras era o Ali Kamel que tinha seus defeitos, mas não gostava de cotas, populismo, bolsa esmola e principalmente de ladrão, logo não gostava do PT.

    A Dilma "Estela-Luiza-Patricia-Wanda" Rousseff no melhor estilo Hugo Chaves chamou a Globo e lembrou que estão chegando a época de renovação de concessão e que o Ali Kamel estava incomodando, pois se continuasse a cair ministros corruptos logo não teria mais ninguém em Brasília e mandou colocar um "cumpanheiro" no lugar dele, um esquerdista. O nome era Amauri Soares, um grande entusiasta dos petralhas.

    Isso foi feito, Amauri Soares como todo bom esquerdista já entrou colocando mamata para a família, no caso a mulher dele, a Patricia Poeta, que entrou via peixada no Jornal Nacional. Veja que foto meiga, no meio o possível futuro novo ancora do JN.

    http://www.thaisagalvao.com.br/wp/wp-content/uploads/2011/12/patricia-e-amauri.jpg

    Isso explica a atual cara de bunda do William Bonner que viu sua mulher ser obrigada a ter uma crise de "cansaço" e "pedir" para sair e buscar outros ares na tenebrosa manha da Globo junto com programas do naipe de Ana Maria Braga. Não podemos nos espantar se daqui a pouco o Bonner sair e entrar algum companheiro do partido ou algum outro parente do Amauri Soares.

    Já que o PT não conseguiu enfiar goela abaixo o controle da mídia, tentado varias vezes por Lula, resolveu enquadrar a maior emissora e formadora de opinião do país na cartilha do partidão.

    E assim vai caminhando nossa pseudo-democracia.

    Os petralhas já compraram a UNE, os sindicatos, a OAB, bancaram a maravilhosa e imparcial "Carta Capital" e agora a Globo caiu de quatro. Estamos caminhando a passos largos para virarmos uma Venezuela.

    ps. O povão é tão debil mental que ao invés de se revoltar com os escândalos dos ministros, que só caíram apenas e tão somente devido a denuncias das poucas trincheira anti-pt como a Veja e a Folha, acreditam que isso se deve ao espirito disciplinador e justiceiro da digníssima presidenta que é tão honesta que falsificou o próprio currículo lattes inventando "apenas" um mestrado e um doutorado e depois que a casa caiu disse que foi um "pequeno erro". Ou seja não existe mais falsidade ideológica, é tudo apenas um pequeno engano. Na próxima reforma do CPB é capaz de cair o artigo 299.
    http://www.estadao.com.br/noticias/geral,dilma-rousseff-admite-erro-em-curriculo,399151,0.htm

    Para quem engoliu o "não sabia de nada" do Lula, o pequeno engano da Dilma é fichinha...

    Para pensar:

    "A essência da propaganda é ganhar as pessoas para uma ideia de forma tão sincera, com tal vitalidade, que, no final, elas sucumbam a essa ideia completamente, de modo a nunca mais escaparem dela" "A propaganda quer impregnar as pessoas com suas ideias. É claro que a propaganda tem um propósito. Contudo, este deve ser tão inteligente e virtuosamente escondido que aqueles que venham a ser influenciados por tal propósito NEM O PERCEBAM." (Joseph Goebbels)23H44

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, perfeito. Assino embaixo de tudo o que você disse.

      Mas porque não comentou nada da parceria editora Abril e PSDB, também? Onde os candidatos tucanos são sempre os santos da história?

      Porque não cita a parceria bilhonária entre PSDB e Abril, onde o partido compra centenas de milhares de revistas Abril todo mês para distribuir nas escolas de SP para "atualização dos professores" e para informação dos alunos.

      Onde na apostila distribuida nas escolas públicas a carta capital é classificada como revista de esquerda e a Veja é classificada como uma revista imparcial de centro desprovida de ideologia política.


      Não discordo nem desclassifico sua crítica, mas aqui em SP vivemos num estado de PT demônio e PSDB santo que já torrou a paciência. Esse estado já está há 20 anos sob as mãos do mesmo partido, vivendo de ineficiência, desabastecimento de remédios e uma educação pra lá de capenga. Ainda só não é pior pois a cidade é rica e com um grande centro financeiro . Sempre foi assim, mesmo antes da entrada do PSDB.

      Excluir
    2. Falar do PT é fácil...

      Morar nesse lixo de SP q deve ser foda.

      Excluir
    3. Começou a campanha eleitoral virtual de baixo nível...

      Esse Michel é mais um dos partidários pagos pra postar porcarias na Web.

      Nem quero ver como será no Facebook e no Orkut quando as eleições foram se aproximando,...

      Excluir
    4. anonimo 19/03 10:30

      Errado. Quem paga para fazer isso que você diz é o próprio PT. Eles mesmos admitiram que contrataram gente para monitorar a internet. Já dá pra imaginar o resultado.

      Excluir
    5. Pois é, nem isso os Tucanalhas tem coragem de admitir, fazem as coisas na surdina.

      Excluir
  47. O governo do Brasil é a mistura do pior que há no capitalismo (maximização de lucros a expensas da população) com o pior que há no socialismo (estado inchado, ineficiente e podre de corrupção).

    ResponderExcluir
  48. Gustavo Cristofolini17/03/12 09:26

    Com a diferença no valor total do licenciamento dá para andar quase 2000 kms. Mas rodando 30 mil kms ao ano, fazendo o preco da gasolina no DF (R$ 2,85) menos o valor dela em São Paulo (R$ 2,69?) = R$ 0,16 por litro X 30.000 = R$ 4.800,00. Talvez seja mais caro licenciar em SP, mas é mais barato para rodar também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo Cristofolini17/03/12 09:27

      Aqui em Santa Catarina estou abastecendo a R$ 2,59

      Excluir
    2. Há um erro na conta: 16 centavos é por litro, não por km. 30.000 num ano é muito, fiquemos em 20.000, que equivale a 2200 l (9 km/l). 2200 x 0,16 = 352, ou seja, o que paga de imposto a mais em SP ainda não compensa a gasolina mais barata.

      Excluir
  49. Paulistano Indignado18/03/12 00:31

    A verdade é uma só:

    São Paulo já era!!!!! Transito? Não tem remédio. É um cancer em estado de metastase: Falta só saber quando vai matar o paciente.

    Rodizio? Não funciona mais. Pedágio Urbano? Idem.

    Rodovias? Dane-se a população: A Classe média paulistana quer viajar nos feriados para o interior em uma Autobahn e dane-se se o pedágio custar mais que o combustivel. E como ela dá voto, dane-se a população

    O PT fez um dos governos mais corruptos da historia deste país, é invegável mas a ditadura do PSDB com a ajuda da classe média que se diz pensante faz verdadeiras atrocidades no (des)governo do estado de São Paulo: Desde que o Sr. Alckimin assumiu só vemos aumento de tarifas, crescimento do valor dos pedágios, a sanha arrecadatória do estado em ação.

    Acabar com a corrupção do Detran? Nem pensar! Aumentar Seguraça Publica? Bobagem! Compremos Hilux SW4 e Pajero que fingimos estar dando segurança a população! Enquanto isso na PM...Meia duzia de projéteis para treinamento por ano! Como um policial vai saber atirar assim? Enquanto isso o arrastão, um fenomeno até então "coisa de praia no Rio de Janeiro" já toma conta dos restaurantes chiques da capital que nem se achar se acha! Tem certeza!

    Rodovia precisa ser recapeada? Fácil! Licita, vende e ainda arrecada uns trocos para reforçar o superávit no final do ano. E ainda fica bem como Administrador Publico!

    Isso é o estado de São Paulo! Administrado por gente que "ama" a sua terra. Como Juda amou Jesus...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso, a verdade é que o problema não é PSDB, PT, PQP.... o problema é que aqui no Brasil todo mundo só se preocupa com o próprio rabo.
      O PT se preocupa em encher os culhões de poder e empregar o máximo possível de membros do partidão deles, o PSDB se preocupa loucamente em abastecer com licitações todas as empresas que garantem uns bons trocos para eles em todas as campanhas e assim caminhamos.

      O pior de tudo é a classe mérdia dessa cidade, se achar politizada por criticar o PT como o demônio e achar que o governo tucano é um Deus intocável isento de qualquer responsabilidade. O pior cego é aquele que não quer ver.

      Excluir
    2. Anônimo;

      Pior que gente analfabeta sem cultura que não sabe votar, é classe média que acha (e realmente acredita nesta falácia) que pensa e é politizada e acaba colocando esse bando de FDP no governo.

      Excluir
    3. Tenho que elogiar o atual governo de SP.

      No começo do ano, um tal de Joogi Hato queria impedir os motociclistas de rodarem pela capital com garupa, afinal só bandido anda de moto com garupa.

      Os vereadores aprovaram esse projeto.

      Mas, o santo Alckimin vetou a lei, e ainda fez isso no dia da solenidade que entregava algumas motos para a polícia militar, afirmando que segurança era feita com patrulhamento e não com com leis que atrapalhem o cidadão.

      Agora pergunto, quem se lembrará de Joogi "Rato" Hato?

      Muitos se lembrarão do "Sr.Liberdade de ir e vir Chuchu Alckimin" depois desta jogada...

      Excluir
    4. O Alckimin está certo. Só faltou ele colocar o patrulhamento.


      Mas ele não é confiável. Ele disse que em 2002 o rodoanel não seria pedagiado por uma questão de ética. A estrada estava sendo construída com grana do governo estudual e federal e portanto não faria sentido pedagiar. Já inauguraram mais 6 praças de pedágio no roubo anel.

      A palavra dele e do serra, juntas, valem menos do que uma nota de R$3,00

      Excluir
    5. Me diga aqui, meu querido, qual político é confiável? E pedágio é coisa antiga, muito antes de inventarem essas concessões, portanto não procede o argumento de que não pode existir em função da origem da verba para a contrução da via. A questão é o critério para cobrança e os preços praticados na contra-partida do que nos é oferecido. Aí é que o bicho pega. E isso vale para todos os modelos de concessão vigentes no país.

      Excluir
  50. quer ter carro? PAGUE! e pague caro. Carros poluem, privatizam o espaço público e atrapalham o trânsito do transporte coletivo. Alíquota de 4% é muito pouco. O correto seria 5% ao ano, metade disso revertido diretamente para o metrô e para construção de habitação popular em áreas centrais. Só assim reverteremos a barbárie segregacionista e rodoviarista desta cidade.

    Infelizmente a classe média burra vota no primeiro que sugerir reduzir a alíquota. E contribui para o agravamento deste inferno rodoviarista.

    O IPVA deveria ser progressivo: carros mais caros e mais poluidores deveriam pagar mais. Só assim para acabar com esta cultura rodoviarista violenta e assassina (já perceberam quantos ciclistas e pedestres morreram só na última semana?). O mesmo para o IPTU: quanto mais vagas de garagem, mais caro deve ser.

    Carro é uma arma. Quer ter carro? Arque com as consequências.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sai daqui lixo político! Vai passar mentira em blogue podre que te acha cool! Classe média burra é essa que nem você que mente, repete que nem papagaio qualquer coisa que seja alternativa e que morre andando de bicicleta por disputar com ONIBUS.

      Na europa e em vários lugares com bom transporte público e pouco uso do carro se paga MUITO MENOS impostos do que se paga no Brasil, quer dar uma de progressista babaca que cai na história da poluição e dos carros assassinos pelo menos saiba como é a vida nos lugares onde o carro é menos importante.

      Carros poluem como TUDO na vida, ciclista babaca. Privatizam o espaço público tanto quanto sua bicicletinha de merda que ocupa o espaço de uma moto mas andando muito mais devagar e atrapalhando muito mais o transito. O transito do transporte coletivo, que anda EM FAIXAS EXCLUSIVAS é muito mais atrapalhado por babacas ativistas como VOCÊ que disputa espaço com onibus em cidades como SP do que os carros.

      O IPVA já é convertido diretamente em transporte coletivo em sua maioria, deixe de ser mais um ativista burro metido a inteligente e a nata da sociedade, vocês são os lixos do mundo moderno. O mundo atual é uma merda por causa de gente como vocês e onde vocês dominam é justamente onde o mundo está FALINDO.

      IPVA já é progressivo sua anta, quanto mais caro o carro mais se paga. A cultura assassina não é por causa dos carros e sim de gente estúpida como você que consegue usar até mesmo uma bicicleta como arma.

      IPVA também deveria ser cobrado de veículos como bicicleta pelo que você fala, afinal também é um veículo que privatiza espaço público, é TRANSPORTE INDIVIDUAL e atrapalha o transporte coletivo. Quer ser babaca? Arque com as consequencias.

      Quem dera surgisse um candidato que reduzisse essa alíquota ABSURDA que NEM NOS PAÍSES MAIS ANTI-CARRO É IGUAL e que realmente se preocupasse em cuidar do transporte público e não de FAZER CAIXA em cima dos cidadãos que TEM TODO O DIREITO de se locomoverem como quiserem.

      Você é o tipo de trouxa que acha que ecologia se faz taxando todos os produtos com um grande imposto ecológico e que isso sozinho resolve os problemas, só que isso só enche o bolso dos governos e SEGREGA os mais pobres de comprarem o que precisam, atitudes como as suas que são assassinas e segregacionistas.

      Excluir
    2. acho que você não sabe o que é imposto progressivo… depois eu é que sou "burro"

      a ALÍQUOTA deve crescer! Quanto mais caro, quanto mais poluidor, maior deve ser a ALÍQUOTA!

      Quer andar de carro? PAGUE!

      Excluir
  51. Você é burro

    A alíquota não deve crescer e não cresceu em nenhum lugar que seja exemplo de desenvolvimento e de transporte público. Gente que não é burra sabe que aumentar impostos simplesmente para dizer que aumentou não funciona para nada, igual com o que fazem com o álcool que o maior preço pelos impostos só serve para encher o bolso do governo e não pra diminuir consumo ou resolver os problemas do álcool

    Porque um carro mais caro deve ter alíquota maior? O imposto de renda já é progressivo, se a pessoa quiser ter um carro mais caro O PROBLEMA É DELA, ciclista e ativista babaca gosta de cuidar da vida DOS OUTROS, querer mandar até no número de garagens da casa de uma pessoa é fascismo

    Quer ser babaca, andar de bicicleta atrapalhando os onibus e dizer o que os outros tem que fazer da sua vida? PAGUE! IMPOSTO PARA BICICLETAS E BABACAS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem disse que sou ciclista? nem sei andar de bicicleta, sou usuário de transporte público. Sou cidadão e tenho direito à livre expressão nesta cidade em que só as elites motorizadas são beneficiadas. Uma cidade mais justa só será possível se a cultura rodoviarista que a permeia for plenamente derrotada.

      Excluir
    2. não são as bicicletas que atrapalham os ônibus. O conflito só existe porque a CET só beneficia os carros.

      O verdadeiro inimigo é o AUTOMÓVEL PARTICULAR. Quem atrapalha o transporte público é o carro, privatizador e poluente.

      Excluir
    3. argumentos ad hominem costumam ser sinal de burrice, sabia?

      Excluir
    4. Como vc fala merda. Quer falar merda? Pague! IMPOSTO PARA CICLISTAS E BABACAS!

      Seu direito de expressão num blog PRIVADO sobre CARROS se limita até o ponto em que vc não vir aqui falar mentira e fazer proselitismo de causas que não tem nada a ver com esse blog, que trata de um assunto LEGAL e que as pessoas tem DIREITO de terem ou não se quiserem ter. Aqui não é um bloguezinho fascista que se diz progressista como os que vc visita, então mesmo assim vão deixar vc se expressar, mas não se sinta com todo esse direito pq vc não tem.

      Cidades justas que são de cultura rodoviarista existem a rodo pelo mundo e vir com esse papo de elite já mostra primeiro que vc é mais um babaca da elite paulistana que anda de bicicleta ou de onibus por moda e quer OBRIGAR os outros a serem iguais a vc, depois que vc tb nem sabe o que é elite. Qualquer um tem carro hoje em dia, isso não é elite.

      As bicicletas em SP ATRAPALHAM os onibus principalmente no centro onde ativistas trancam as faixas exclusivas QUE OS CARROS NÃO USAM obrigando os onibus a desviarem ou se manterem na mesma velocidade. O conflito existe pq existem babacas ESSES SÃO OS INIMIGOS.

      Que babaquice, quanta merda falar em automóvel particular como inimigo, carro atrapalha metro ou entra na faixa dos onibus? Deixa de ser trouxa, vc não quer transporte melhor vc quer OBRIGAR que os outros tenham a mesma política que vc, seu linguajar de militante ridículo já mostra isso e que vc é parte da elite babaca

      Sabia que os onibus em SP poluem e são de empresas privadas? Vc mesmo é um INIMIGO DO TRANSITO ASSASSINO RODOVIARISTA! Quer POLUIR E PRIVATIZAR O TRANSITO COM O SEU ONIBUS? PAGUE!

      Meu ad hominem serviu na sua carapuça, sinal de burrice é achar que ideologia política vai fazer uma cidade mais justa como vc

      Excluir
    5. sabe quantos carros um ônibus tira das ruas? ah, esqueci, você não conhece as operações essenciais da aritmética, né?

      faixas exclusivas de ônibus são uma piada. Para que elas funcionem direito, seriam necessárias, pelo menos, DUAS faixas exclusivas. Ou seja: quem atrapalha são os carros, que deveriam ficar restritos a apenas uma faixa e deixar o transporte público fluir.

      Excluir
    6. usei a mesma linha de pensamento babaca sua, viu como ela é uma merda?

      babaca como você só fala besteira e se contradiz toda hora, antes o transporte rodoviario era assassino e agora vc defende os onibus

      faixas exclusivas funcionam aqui e em qualquer lugar do mundo, oq vc disse é mais uma mentira fedorenta, é a mesma coisa que dizer que metro só funciona se tiver mais de 2 trilhos no mesmo sentido e que ocupe todo o espaço dos carros

      vc deve ser mais um viadinho troxa que anda de camisetinha flanelada e não quer esperar o onibus da frente descarregar nas faixas exclusivas, não quer esperar nada e quer que todos paguem para que vc não espere um minuto parado no transito

      troxas que nem vc que são os inimigos da cidade e do mundo, se dizem a favor de tudo o que é publico mas são extremamente egoístas, faz o favor de se mandar daqui que todo mundo já viu que vc é um babaca, tem outros blogues de babaca onde vão achar o monte de mentira que vc diz o maior barato

      Excluir
    7. ou seja: quando não pode derrotar o argumento pró-transpor público, parta para ad hominem.

      Ou ainda: aqueles fodidos que andam de ônibus que se ferrem, eu quero minha faixa exclusiva para carros (e quero o privilégio de andar sozinho no carro sem pagar mais imposto, privatizando o espaço público e poluindo ainda mais esta cidade)

      a cultura rodoviarista é a do automóvel. Transporte público é sistêmico: necessita de metrô (alta capacidade), vlt/vlp (média capacidade) e ônibus (baixa capacidade), integrado a um bom sistema local de ciclovias. Carros são completamente desnecessários e egoístas.

      classe média sofre…

      Excluir
    8. vc foi derrotado de todos os jeitos babaca, onde foi dito que não apoiamos o transporte público? quando não pode derrotar o argumento, parta para as mentiras, é o que vcs babacas fazem

      ninguém disse que quer faixa exclusiva de carro ou que os ônibus que se ferrem, seu argumento de retórica mentirosa é tão merda que só resta mentir e colocar palavras na boca dos outros

      os visitantes desse blog APOIAM o transporte público, gostamos de carro mas não somos idiotas como vocês

      onibus É RODOVIARIO E DEPENDE DA CULTURA RODOVIARIA, se carros fossem desnecessários os onibus também seriam pois são carros grandes que chegam onde o metro não chega

      carros são completamente desnecessários e egoístas já mostra que vc é um militante babaca igual aos ciclitas CLASSE MÉDIA QUE SE FINGE DE ELITE que acham que só a OPÇÃO DELES É CORRETA e QUEREM OBRIGAR A TODOS AS SUAS ESCOLHAS

      classe média sofre mesmo né seu OTARIO

      querer que os outros PAGUEM por sua passagem de onibus completamente e que PAGUEM para que vc não espere um minuto sequer para a descarga do onibus ou do trem não é um privilégio egoísta né? OTÁRIO LADRÃO

      Excluir
    9. deve ser mais um babaca classe média alta que sofre que foi morar no centro onde não precisa de carro nem de onibus, com tudo a alguns passos da sua casa até o transporte público é um egoísmo completamente desnecessário e poluidor

      ainda por cima é do tipo de babaca classe média alta que sofre que se finge de pobrezinho e quer que o IPVA aumente e seja DESVIADO para que ele não precise pagar por sua casa de merda no centro

      esse mesmo pensamento está FALINDO o primeiro mundo, com gente que quer que os outros PAGUEM por seus egoísmos MESMO QUANDO NÃO PRECISAM e assim os gastos públicos e impostos só aumentam sem ninguém compensar isso, resultado é uma economia e contas públicas FALIDAS que não pode PAGAR COISAS BÁSICAS PARA OS QUE MAIS PRECISAM

      LADRÃO EGOÍSTA OTÁRIO, isso sim é ser egoísta, escolher como você se transporta é PESSOAL assim como sua escolha de ser um homossexual flanelado

      Excluir
    10. a presença no espaço público é de interesse coletivo. Portanto, o Estado deve interferir caso nossa elite mesquinha insista em usar seus SUVs poluidores de forma abusiva, viajando sem passageiros e privatizando o espaço público. A única forma de interferir na elite é no bolso.

      Não confunda rodoviarismo (que é baseado no transporte individual) com um sistema público e integrado de transporte coletivo (no qual o modal rodoviário é apenas UM dos elementos, usado apenas nos bairros).

      O que temos hoje é a CET privilegiando os carros e xingando os ônibus e os ciclistas.

      Excluir
    11. realmente não sei o motivo de vocês ficarem tão furiosos com as pessoas inteligentes que já perceberam o quanto o automóvel particular é nocivo ao ambiente urbano. O governo está do lado de vocês. A grande mídia está do lado de vocês. O mercado está do lado de vocês… e além de TUDO isso, vocês ainda reclamam de IPVA alto (que deveria ser, aliás, muito mais caro para combater a cultura perversa do rodoviarismo)!

      classe média sofre…

      Excluir
    12. anônimo das 09h51: estude um pouquinho de história. Não foi o Estado de Bem-Estar Social que arruinou a Europa: ele foi desmontado nos anos 80. O que levou a Europa à falência foram as políticas neoliberais adotadas nas últimas três décadas. Quem jogou a Europa no lixo foram Tatcher e similares.

      Excluir
    13. Cachorro Louco20/03/12 15:52

      HAHAHAHAHAHAHA!!!!!!! Até agora eu tava quietinho aqui, só vendo a briga do maluco anti-carro com o outro (ou outros). Mas... eis que... HAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!, eu leio essa pérola: "Quem jogou a Europa no lixo foram Tatcher e similares."
      Minha nossa senhora! Rapaz, você é mesmo um doente incurável. Nem vale a pena perder tempo com alguém assim, pior que conversar com bêbado. Ei, anônimo (ou anônimos) entusiasta! Caia fora que isso aí é gastar vela com defunto ruim. Deixa o maluco falar sozinho.
      CL

      Excluir
    14. Pois é CL, esse povo ainda quer se dizer inteligente, como se falar mal de carro significasse ser inteligente. Não entendem nada de história nem de transporte a não ser pela ideologia, não admitem que estão errados nos seus extremismos e querem OBRIGAR que todos vivam como eles vivem

      A perola da Tatcher mostra que são doentes incuráveis com conversa de bêbado mesmo. Tatcher e similares deixaram o poder há muito tempo e desde então a Europa cada vez mais AUMENTOU não só o estado de bem estar social como o estado de jogar dinheiro fora. Um bando de egoístas metidos a socialistas OBRIGARAM os governos a torrarem dinheiro dando até mesada para crianças e agora estão falidos SEM PODER GASTAR COM O ESTADO DE BEM ESTAR SOCIAL DE VERDADE

      É gente como esses babacas que estão falando aqui como se falar de aumento de impostos e mal de carro fizesse deles certos o tempo todo e "gente inteligente". Quem que os OUTROS paguem até mesmo casa para eles SENDO QUE NÃO PRECISAM POIS SÃO CLASSE MÉDIA QUE SOFRE e se acham contra o egoísmo e as injustiças. Essa é a merda de mundo de hoje, pode ROUBAR SEM PRECISAR E FALIR GOVERNOS PREJUDICANDO OS MAIS POBRES mas andar de carro é um "egoísmo" inaceitável

      Por isso que ficamos furiosos, anonimos babacas, porque vocês acham que justiça é impedir as pessoas de se locomoverem COMO QUISEREM e de PROTESTAREM POR IMPOSTOS JUSTOS enquanto exigem que mais dinheiro seja ROUBADO não das ELITES mas sim de TODOS para comprar sua casinha no centro ou construir uma ciclovia que só vocês e mais UM PUNHADO DE BABACAS DA ELITE vai usar numa cidade enorme como SP

      Onibus e bicicleta SAO TRANSPORTES RODOVIÁRIOS e assim como os carros INTERFEREM, ATRAPALHAM, POLUEM E PRIVATIZAM O ESPAÇO PÚBLICO. Hj a grande mídia BABACA que compra do exterior o LUCRATIVO DISCURSO DA SUSTENTABILIDADE está também do lado de vcs. Não queremos atrapalhar o transporte público nem as bicicletas, não queremos que o transporte coletivo não seja melhorado, não queremos não pagar pelo uso das ruas públicas mas QUEREMOS E TEMOS O DIREITO de exigirmos VALORES JUSTOS de impostos e de nos locomovermos da forma que ESCOLHEMOS E PAGAMOS sem sermos EXPLORADOS E INCOMODADOS COM MENTIRAS como a de vcs

      Nós não INCOMODAMOS E EXPLORAMOS VCS por se locomoverem COMO QUEREM então não venham INCOMODAR E EXPLORAR nós que nos locomovemos COMO QUEREMOS e por DIREITO

      O onibus que carrega os flanelados otários como vcs passando pela minha casa incomoda e ocupa o espaço público tanto quanto os carros, então calem a boca de se colocarem como santos salvadores do mundo que não atrapalham a cidade pq vcs são o contrário

      Excluir
    15. ainda fico surpreso com a reação: o mundo inteiro está do lado dos carros. Por que ficam tão irritados quando falamos algumas verdades?

      qualquer primeiranista em planejamento urbano na universidade sabe o quão nocivo é o espaço urbano dependente do automóvel particular. Mas ninguém está nem aí: o carro é o paradigma. Por que ficam tão furiosos quando alguém questiona o pensamento hegemônico de vocês?

      http://www.apocalipsemotorizado.net/sociedade-do-automovel/
      http://www.revistaforum.com.br/blogdascidades/2011/06/06/quando-os-rios-dao-lugar-a-carros/

      Excluir
    16. verdades? vc já leu oq vcs escreverem aqui? só chavão e retórica, coisas do tipo se polui então é criminoso e deve ser proibido (ou seja até respirar deveria ser proibido) além de defenderem os impostos ABSURDOS de SP, que são mais que o DOBRO da maioria das cidades europeias COM MUITO MENOS ESPAÇO QUE O BRASIL

      vcs não vieram aqui contribuir ou falar verdades, vieram falar mentiras que "salvam o mundo" MAS NA VERDADE FALIRAM ELE

      aqui não precisa de nenhum babaca como vcs falando mentira, SABEMOS DOS IMPACTOS DO AUTOMÓVEL E APOIAMOS O TRANSPORTE PÚBLICO

      sabe pq ninguém liga tanto assim pro impacto dos carros? pq o planejamento urbano não seria tão diferente assim como alguns ARQUITETOS FUTEIS E BABACAS dizem e nem seria conveniente eliminar completamente a presença dos carros nas cidades O QUE É PROVADO POR CIDADES COMO AMSTERDAM

      já parou pra perceber que as cidades PIORES para se viver são justamente as mais contra o carro? Londres e Tóquio não são referencia de boa vida nem de cidades organizadas

      agora cala a boca e vai pedir dinheiro DOS OUTROS pra comprar sua casinha no centro em outro lugar

      www.apocalipsedosbabacasflanelados.net/sociedadedosviadinhosegoistas-que"salvamomundo"

      Excluir
    17. vivemos em uma cidade na qual a maioria absoluta da população está segregada dos circuitos de lazer e consumo. A esta população resta apenas os trens e metrôs lotados, indignos para qualquer um. Com muito custo ela adquire um carro popular para conseguir se locomover.

      Assim não dá pra continuar. Só é possível alterar este quadro acabando com o privilégio das elites. Para isto é preciso aumentar os impostos sobre carros caros e poluidores (pois as elites já moram onde há boa infra-estrutura de transporte público, diferente da periferia, onde as pessoas são obrigadas a usar o carro) e aumentar o iptu de imóveis com mais de uma vaga de garagem. Este dinheiro deve ser VINCULADO à expansão da rede estrutural de transporte público e à construção de habitação popular nas áreas centrais. Só assim revertemos a barbárie que se vive hoje (pobres passando quatro ou cinco horas de seus dias no transporte lotado).

      Vocês da elite reclamam de barriga cheia dos "impostos altos". Imposto para elite tem que ser alto mesmo. Isto é civilizador.

      Excluir
    18. Sempre o mesmo discurso comunista... Gostam de comunismo? Vejam como se vive em Cuba, um país de merda, isolado do mundo moderno, que se vive mal e a familia do ditador vive no luxo. Garanto que esse BABACA que está escrevendo aí é filho de alguém grandão, ganha tudo do papai e vem pagar de politizado e não sabe que está CAGANDO PELA BOCA! Na boa, bicicleta não funciona, sabe por que? PORQUE GENTE SÉRIA QUE TRABALHA LONGE DE CASA NÃO VAI CHEGAR TODO SUADO NO TRABALHO. Vivemos num país tropical, temperaturas altas, incidência solar alta. É inviável cada empresa colocar chuveiros que atendam a todos os usuários de bicicletas.
      Outra, transporte público no Brasil é piada, sabem por que? Porque as queridas empresas de ônibus fazem lobby para não aumentarem as malhas ferroviárias, para não perder consumidores. Daí enchem de latas de sardinha com rodas nas ruas, cobram um rim por passagem e ainda dizem estar prestando um serviço de qualidade. Passagem cara é causada por dois problemas, ganância das empresas e principalmente por isenções que as pessoas recebem para usar o transporte público. Conheço filhos de funcionários de empresas de ônibus que tem isenção, gente que mente ser pobre para andar de graça, estudantes que não estudam, filhos, amigos parentes de políticos (esse anônimo deve ser incluído nesse filão), toda essa racinha que ganha bolsa família, bolsa escola, bolsa o caralho-a-quatro. Ta tudo errado no BRASIL! Um pai de família que tem 3 filhos, gasta mais andando de ônibus com eles do que andando de carro. É MUITO CARO!
      Os órgãos de engenharia de tráfego são comandados por babacas que pensam da mesma maneira. Vamos diminuir a velocidade das vias para ganhar dinheiro com as multas. Daí um diz, mas e isso não vai ser ruim para a nossa imagem? o outro responde: Diz que é para diminuir os acidentes que todo mundo engole. Lógico que diminui os acidentes, carro estático não causa acidente, a não ser que um babaca de bicicleta esteja andando no meio dos carros e esbarre em um, caia morto no chão e a merda ta feita.

      Na boa, vão usar suas camisetinhas do Che e fumar maconha, que é o que babacas como voces que estudam ciências sociais sabem fazer melhor. falar de carro e transito não é com voces. E vão se foder antes que eu me esqueça

      Excluir
    19. é impressionante como os argumentos racionais e técnicos por uma cidade mais justa e saudável — despida da inútil e perversa cultura rodoviarista baseada no automóvel particular — são contrapostos apenas por argumentos furiosos, passionais e irracionais dos autoentusiastas. Pelo visto, ao invés de sangue, corre gasolina em suas veias. Isto deve afetar o cérebro e o coração…

      Excluir
    20. anônimo das 07h52: eu não faço ciências sociais nem moro na Vila Madalena, Pinheiros, Morumbi e outros bairros de playboyzinhos motorizados e fascistinhas. Moro na Zona Leste e sempre usei transporte público.

      Enquanto parte substancial das verbas públicas são usadas para beneficiar as elites motorizadas, o transporte público é péssimo e indigno. Isto deve mudar: só é possível mudar mexendo no bolso das elites. IPVA deve ser caro, IPTU de casas com muitas garagens também. Está previsto na CF: função social da propriedade privada. Estudem um pouquinho ao invés de fazer propaganda gratuita para empresas automobilísticas.

      Um automóvel nada mais é que um trambolho de 500 quilos levado para lá e para cá por um otário de 50 quilos.

      Excluir
    21. Desculpe, me enganei, então não és um boyzinho com remorso, és um incompetente invejoso que não consegue emprego que pague bem e te permita viver mais confortavelmente.
      Me desculpa, mas esse discurso repetido de petista ja cansou.
      Antes de onerar quem trabalha e pode comprar o que acha melhor, vamos fazer uma reforma política nesse país, prender quem desvia verba, acabar com toda a mordomia dos deputados, senadores e etc. Onde já se viu um analfabeto funcional que se elegeu por ser um cara da tv, não contribuir em nada para o progresso do país ganhar mais de 200 mil reais por mês????
      Acho que o foco da tua ira está se direcionando para as pessoas erradas. Imagina se cada um desses inúteis do congresso ganhasse, com verbas de gabinete 30 mil por mês. Para todas as despesas. Olha o quanto de economia e investimento em serviços importantes poderia ser feito! Deixe de ser babaca e vá combater a real fonte de desigualdade e precariedade dos serviços...

      BABACA!

      Excluir
    22. JOSELITO MATOU A PAU

      Esses babacas não sabem nada de argumentos e técnica, só sabem falar retórica, ainda vem querer falar que nós que não sabemos argumentar e que os argumentos deles (pura falsidade e falácia) que são racionais e técnicos HAHAHAHAHAH

      Um babaca vem falar que um carro pesa 500 quilos e isso é um argumento técnico HAHAHAHAHA

      Troxa, otário burro! Um carro pesa 1000 quilos em média nem o mais leve deles pesa 500 e isso não é NADA, um ônibus pesa umas 10 vezes isso, o metro umas 20 sua casa umas 50 vezes isso. 1000 quilos NÃO SAO NADA, esse argumento de vcs é tão bom quanto o argumento que se polui é ruim (então TUDO É RUIM)

      Já provamos que os "argumentos" deles estão errados e que NÃO SOMOS contra transporte público. Que bom que nossos argumentos são ALÉM DE CERTOS passionais, no lugar da MERDA que são os argumentos de vcs, completamente alinhados com esse MUNDO TROXA, CHEIO DE IDEOLOGIA E QUE ESTÁ FALINDO, sem a menor graça. Ser passional não é correto CORRETO É QUERER O DINHEIRO DOS OUTROS PRA COMPRAR (ROUBAR) UMA CASA NO CENTRO MESMO QUE VC SEJA UM BABACA SE FINGINDO DE POBRE QUE NÃO PRECISA DISSO

      Anonimo das 8:56, aqui tem gente de todo lugar de SP seu BABACA, a maioria aqui passa LONGE da elite mas gente de retórica SÓ FALA MERDA MESMO. Pior que bichinha flanelada FASCISTA que nem vc que quer proibir qualquer transporte que não seja O QUE VC ACHA CERTO é BICHINHA FLANELADA POBREZINHA FASCISTA

      O IPVA já É CARO SUA BICHA FASCISTA BURRA e o IPTU de casas maiores também é um DOS MAIS CAROS DO MUNDO. Estude um pouco ANTES DE FAZER PROPAGANDA GRATUITA DE IDEOLOGIA POLÍTICA. O IPVA JÁ É DESTINADO EM SUA MAIORIA PARA O TRANSPORTE PÚBLICO E OUTRAS COISAS, a parte "substancial" que é gasta com os carros MAL DÁ PARA TAMPAR BURACOS

      No lugar de vir encher o saco de gente que gosta de alguma coisa (no lugar de vcs VIADOS FASCISTAS FLANELADOS que não gostam nem de vcs mesmos e querem OBRIGAR as pessoas a serem iguais a vcs) e que NÃO ESTÃO CONTRA O TRANSPORTE PÚBLICO e PAGAM PELA MELHORIA DO TRANSPORTE PÚBLICO porque vcs não vão ENCHER O SACO DA PREFEITURA?

      A prefeitura é a ELITE QUE TEM O DINHEIRO DA ARRECADAÇÃO DO IPVA DESTINADO PARA MELHORAR O TRANSPORTE PÚBLICO MAS NÃO USA

      NÓS NÃO ESTAMOS CONTRA O TRANSPORTE PÚBLICO, apenas queremos nossos DIREITOS RESPEITADOS e GOSTAMOS DE ALGUMA COISA e TEMOS DIREITO A ISSO

      Mas reclamar para quem está REALMENTE ERRADO não é o negócio de vcs FLANELADOS VIADINHOS FASCISTAS, que na verdade não querem um transporte público melhor e sim querem IMPOR SEU MODO DE VIDA AOS OUTROS e querem RETÓRICA E IDEOLOGIA

      O que o viadinho flanelado fascista maconheiro pobrezinho quer mesmo é impor aos outros que a vida deles seja tao ruim quanto a dele e que PAGUEM pela casinha de merda dele no centro, onde ele pode encontrar mais viadinhos fascistas como ele para se sentir melhor

      Um viadinho fascista maconheiro flanelado nada mais é que um trambolho de 60 quilos que só serve pra falar merda e ocupar espaço sem fazer nada de útil, muito melhor um carro de 1000 quilos que pelo menos serve para alguma coisa

      Antes que eu me esqueça, vão fazer sua função social da propriedade privada e tomar no cu

      Excluir
    23. Continuo a dizer que vocês, anônimos entusiastas e Joselito, estão perdendo tempo com o fulano aí. O cara já deu a senha em seus coments, é o tipo que elegeu alguém ou algo como inimigo a ser combatido e faz profissão de fé com isso. Um Xiita.
      Agora, pra você, maluquinho: Não conheço carro de 500 quilos mas já andei com umas minas de 50 e poucos quilinhos no meu tempo de moleque solteiro. Mas, pelo menos no meu caso, você acertou na relação pesoxpeso, hehehehe.....

      CL

      Excluir
    24. gente, este experimento psicológico está sendo o máximo. Sempre que apresentamos argumentos racionais e objetivos contra a cultura do automóvel particular (que, sabemos, é excludente e poluidora), chega alguém escrevendo quilômetros de agressões, passionalidades e apresentando graves sentimentos de recalque e neurose, tudo em CAIXA ALTA!!!!!!

      hilário

      acho que o contato constante com gasolina altera mesmo o cérebro e o coração! e tudo fica ainda mais violento quando a condição de elite dos autoentusiastas é questionada, assim como a segregação social imposta pelo automóvel!!!

      fico imaginando: por que tentaríamos impor um estilo de vida a uma MASSA de motoristas que eles próprios impõem a todas as outras pessoas o estilo de vida DELES?!!! Afinal, uma fotografia de qualquer marginal em São Paulo mostra que o automóvel já é rei! Qualquer pessoa consciente e inteligente, porém, sabe que essa hegemonia deve ser combatida: a cultura do automóvel só contribui para levar esta cidade para o lixo.

      Querem continuar a ter privilégios sobre as pessoas que utilizam transporte público? Então paguem caro por isto. Isto se chama transferência de renda e é algo civilizador.

      Excluir
    25. ônibus de fato são poluidores… mas será que nenhum autoentusiasta REALMENTE fez a conta relacionada à poluição gerada pela quantidade de carros que um ônibus substitui? ou é má-fé ou é burrice mesmo…

      Excluir
    26. MEU DEUS! Ninguém aqui condena ônibus! O que se condena é como o transporte público é tratado! Essas merdas de ônibus urbanos não prestam, sao barulhentos, inseguros, com motoristas mal-treinados. Concordo que se existisse uma rede de transporte público confiável, confortável e séria, com preço justo, não teríamos todos os problemas com trânsito que temos hoje. Mas infelizmente esta não é a realidade, e não vejo mudança no horizonte...

      E outra, esse esquerdistazinho bunda-mole que cagar ou postar no site do governo que é conivente com esse pensamento pequeno...

      Ah outra coisa, quando o senhor viaja para alguma cidade mais afastada, vai de carro? Ou não viaja e fica atrás duma tela de computador escrevendo merda por não ter mais nada para fazer? hmmm

      Excluir
    27. E outra coisa, elite é quem anda de ônibus com os preços absurdos cobrados por uma passagem...

      Excluir
    28. o melhor gestor que a cidade de são paulo já teve se chama Luiza Erundina. Uma de suas propostas era a implantação da progressividade do IPTU (assim como sua isenção para as camadas populares) a fim de promover a gratuidade no transporte público.

      A elite paulistana motorizada chiou e impediu o passe livre.

      Ou seja: por culpa da cultura do automóvel, estamos agora na merda.

      Excluir
    29. anonimo mar21, 2012 11:50

      O que você diz é uma mentira deslavada. Que você goste da Erundina e ache que ela foi a melhor gestora, problema seu, é sua opinião. Eu não acho, para mim ela foi, sim, uma das piores gestoras do município e tenho várias razões para afirmar isso, mas não vem ao caso. Agora, botar na conta de uma parcela da sociedade pelo fracasso do tal passe livre é de uma desosnestidade escandalosa, uma mentira sem igual. Sabe quando isso ia acontecer? NUNCA! E se acontecesse, o rombo a médio prazo seria enorme, nem progressão de IPTU nem nada zeraria a conta. Tenho certeza de que os empresários que dão as cartas no setor e que não são nada bobos é que não gostaram da idéia. Aliás, a Erundina foi uma mãezona pra esses caras ao introduzir a municipalização do transporte público. Os caras ganhavam por km rodado, uma verdadeira farra do boi. Era muito comum se ver tres quatro e até cinco carros de uma mesma linha andando, um atrás do outro, de noite, já fora do horário de pico, vazios e sem parar nos pontos, é claro. Assim, em pouco tempo, cruzavam o itinerário todo de forma que poderiam faze-lo mais vezes e faturar mais dindin. Uma forma muito inteligente de meter a mão de gato nos cofres públicos e gerando o menor custo operacional possível já que, vazio, o veículo sofre menos desgaste e consome menos combustivel, coisas que saem do bolso do empresário.
      Quer discutir, seja ao menos honesto. Felizmente, ainda existe gente com memória para refrescar certas coisas que alguns, por interesse e má fé, adoram esquecer.

      CL

      Excluir
    30. CL é isso mesmo, é o tipo de idiota que elege um inimigo arbitrário para tudo que ele não gosta e coloca a culpa de tudo em cima daquilo mesmo que não faça sentido. BABACAS

      JOSELITO MATOU A PAU DENOVO, os caras falam o discursinho ALIENANTE do governo e se acham OS REVOLUCIONÁRIOS

      Mas não vamos deixar eles ganharem por aqui, vamos calar a boca desses VIADINHOS FLANELADOS FASCISTAS

      Anonimo das 11:19, o que tem de hilário nessas merdas que vcs falam? Só otários como vcs pra achar graça nisso, pra achar graça em gente que ainda defende O QUE GOSTA sem IDEOLOGIA. Certo é fazer que nem vcs que defendem o que as ELITES POLÍTICAS corruptas falam pra vcs defenderem e que levam uma vida conforme o que a BABAQUICE manda

      Acho que o contato constante com DROGAS e um USO ALTERNATIVO DO CU altera vcs mesmo, até agora não entenderam o que estamos falando E QUE O INIMIGO É OUTRO

      Voces estão SIM tentando impor um estilo de vida aos outros embora AINDA sejam minoria isso não muda esse FATO SEUS FASCISTAS. NÓS NÃO OBRIGAMOS NINGUÉM A ANDAR DE CARRO, VCS JÁ FALARAM COM TODAS AS LETRAS QUE QUEREM IMPOSTOS ABUSIVOS E A TOTAL PROIBIÇÃO DO AUTOMÓVEL

      FASCISMO NÃO É CIVILIZADOR SEUS OTARIOS

      Não queremos E NEM TEMOS privilégio sobre o transporte público, A MAIOR PARTE DA ARRECADAÇÃO DOS CARROS JÁ VAI PARA O TRANSPORTE PÚBLICO

      A GESTÃO DA CIDADE QUE É RUIM, cultura automobilistica, segregação e outras MERDAS RETÓRICAS tem quase nada a ver com o problema. ISSO SAO AS DESCULPAS QUE OS POLÍTICOS QUE DESVIAM AS VERBAS DO TRANSPORTE PÚBLICO DÃO E VCS OTÁRIOS ACEITAM

      O imposto pode aumentar quanto quiser, enquanto o dinheiro for desviado NEM O TRANSPORTE INDIVIDUAL NEM O COLETIVO vão melhorar

      Anonimo das 11:31 nós só estamos usando O MESMO PENSAMENTO DE MERDA que vcs. Se polui é criminoso então onibus é criminoso porque polui. Vc sabia que os onibus emitem coisas muito mais nocivas que os carros por usarem diesel que mesmo juntando 50 carros eles não emitem? POIS É OTÁRIO VC É UM ASSASSINO RODOVIARISTA POLUIDOR SEGREGADOR!

      Anonimo das 11:50 A LUIZA ERUNDINA NÃO ERA AQUELA VAGABUNDA QUE DESTRUIU UMA MANSÃO HISTÓRICA DE SP PARA FAZER ESTACIONAMENTO? Então cala a boca vai, vc não sabe merda nenhuma a não ser a historinha pra boi dormir. IPTU progressivo já existe assim como a isenção em muitas áreas da cidade

      A culpa de estarmos na merda é gente como vc que é uma merda. Fala um monte de BOSTA e depois acha uma maravilha UMA VAGABA QUE DESTRUIU UM MONUMENTO HISTÓRICO PRA FAZER ESTACIONAMENTO

      Pra seu conhecimento o passe livre NAO EXISTE NEM MESMO NAS CIDADES MAIS VOLTADAS AO TRANSPORTE PÚBLICO. Quer ser metido a socialista? PAGUE no lugar de querer que todos paguem PELAS SUAS VIADAGENS FASCISTAS

      PAGUE SUA PASSAGEM DE ONIBUS pra vagabundear pela cidade JUNTO COM SEUS AMIGOS FLANELADOS FASCISTAS no lugar de tirar dinheiro do IPVA que vai pra SAÚDE E EDUCAÇÃO DE QUEM MAIS PRECISA. Vcs não sabem merda nenhuma, querem é poder dar o rabo pra um fascista do outro lado da cidade sem pagar nada e sem esperar. Mas como vcs não conseguem é tudo culpa da cultura do automóvel, inclusive que vcs não possuem vaga preferencial pra FLANELADOS FASCITAS

      Sabe oq é "hilário" mesmo? As pessoas que vcs colocaram no poder com esse papo de segregação, tranferencia de renda, elites ESTÁ CAGANDO E ANDANDO se tem muito transito ou se cada vez mais gente usa o carro no lugar do transporte público. ELES QUEREM MAIS É QUE VENDAM CADA VEZ MAIS CARROS E NÃO VÃO MEXER NISSO mas isso não pode ser culpa de gente como vcs, é sempre da cultura do automóvel não é?

      OTARIOS BABACAS

      "Hilário" também é ver lixo político como vcs TODOS METIDOS A NATA INTELECTUAL perdendo pra meros autoentusiastas "ignorantes segregadores" que xingam vcs e digitam em caixa alta mesmo HAHAHAHAHAHAHAHAH SEUS MERDAS!

      Excluir
    31. passionalidade, agressões e argumentos irracionais à velocidade da luz

      C.Q.D.

      ;)

      Excluir
    32. Argumento dos babacas é só falácia mesmo, quando acaba o que tinha pra mentir tem que falar alguma falácia como se tem passionalidade está errado, perdem até pra passionalidade

      Excluir
    33. não entendo como pode estar errado um argumento que preza a justiça social e o consumo racional de recursos naturais (ou seja: uma cidade baseada no transporte público de massas, em habitação popular em áreas centrais e no combate à especulação imobiliária e ao transporte individual). É contra estes argumentos racionais que vocês vêm com a fúria passional em CAIXA ALTA de vocês…

      Excluir
    34. Coloca na sua cabeça seu BABACA que só pq vc fala em justiça social e consumo racional dos recursos naturais isso não faz com que vc esteja certo sempre nem que seja uma pessoa não egoísta, em nome da "justiça social" já mataram muita gente

      Justiça social pode ser defender transporte público E NÓS TAMBÉM DEFENDEMOS mas com certeza não é querer IMPOR modo de vida para toda a população mesmo que ela esteja fazendo algo DO SEU DIREITO e nem defender a arrecadação ABSURDA, MAL UTILIZADA E QUE PREJUDICA MAIS OS COM MENOS RECURSOS QUE OS COM MAIS RECURSOS. Aqueles que são mais pobres e precisam ter um carro por qualquer razão com certeza não estão RECEBENDO JUSTIÇA SOCIAL ao ter que pagarem milhares de reais por ano apenas em taxas em qualquer carro mais simples para que vc não espere um minuto sequer esperando o onibus descarregar e possa ter uma casa no centro QUE VC PODERIA COMPRAR COM O SEU DINHEIRO. ISSO NÃO É JUSTIÇA SOCIAL É EGOÍSMO DISFARÇADO DE JUSTIÇA SOCIAL

      Priorizar um tipo de transporte também não significa ter que combater os outros, ao contrário de vcs nós queremos dividir o espaço urbano e não batalhamos contra quem anda de onibus, a pé ou de bicicleta. Nós somos autoentusiastas e não BABACAS, de repente vocês estão confundindo nós e muitos outros motoristas com os MAUS EXEMPLOS de egoísmo que não existem apenas nos que usam carro. Pra combater especulação imobiliária vcs também tem que parar de vir por a culpa e reclamar com pessoas que MERAMENTE SÃO ENTUSIASTAS DE UMA COISA DENTRO DA LEI e irem reclamar com os verdadeiros inimigos. SABIA QUE JÁ EXISTE EXPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA ENVOLVENDO TRANSPORTE PÚBLICO? O CENTRO DE SP ESTÁ CHEIO DISSO

      Nós NÃO SOMOS SEUS INIMIGOS entendam isso e parem de babaquice

      Excluir
  52. O GAF apareceu por aqui e já começou a arrotar asneiras. Babaca.

    ResponderExcluir
  53. O Brasil sempre foi assim, quando quer restringir uma coisa aumentava-se o imposto e consequentemente o preço, só que hoje em dia o dinheiro está muito mais acessível, então temos que mudar a receita que vinhamos utilizando, lá fora todo mundo tem acesso fácil a veículos e o transito funciona, já existe uma receita pronta, que é melhorar o transporte público e no caso do Brasil a segurança também. Dinheiro não é o problema no Brasil, essa de aumentar imposto para aumentar a qualidade do serviço público não cola.

    ResponderExcluir
  54. No RS ainda se recebe desconto por boa direção caso não se leve multa no período anterior... costume esse que a seguradora Porto também repassa nas suas apólices.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aki tbm é assim....tanto p/ carros 1.0 qnt p/ motos até 125cc.

      Excluir
  55. Anônimo o governo sempre mexeu no bolso da elite mesquinha, na verdade na de todos nos, mas nada muda, e não é só questão de transporte, meu maior medo de andar em transporte coletivo é a segurança, primeiro que terei que ir a pé até a parada, e ficarei por um bom tempo esperando que o ônibus superlotado chegue, para pagar uma tarifa absurda se analisarmos o custo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala em segurança, os anonimos babacas vão falar que isso é culpa dos carros e que o IPVA deve aumentar e ser desviado MAIS AINDA para pagar pela segurança da cidade. Sem contar que aumentos de impostos raramente afetam as elites e sim o cidadão comum que fica sem poder ter carro que é essencial para quem não é BABACA que mora no centro usando o dinheiro do papai. CLASSE MÉDIA ALTA SOFRE

      Excluir
  56. A cultura do automóvel e a construção de uma sociedade mais justa

    Daniel Santini

    Hoje, 22 de setembro, o Dia Mundial Sem Carro é celebrado por associações civis, grupos políticos, sindicatos e ativistas em cidades de todo o planeta. Trata-se de uma data em que se propõe a reflexão sobre o uso do automóvel e se questiona a priorização do transporte individual privado em detrimento dos sistemas públicos coletivos e/ou alternativos.

    É fácil listar os impactos sociais e ambientais provocados por tal opção nas cidades brasileiras. Em vez de ampliar a rede de metrôs ou investir na melhoria do transporte público, as autoridades optam por destinar cada vez mais recursos para ampliação de avenidas e construção de viadutos, tudo para garantir a infraestrutura necessária para tantos carros. Tal lógica não resolve o problema dos congestionamentos. Quanto mais precário é o transporte público e melhor a infraestrutura para os carros, mais gente opta por dirigir; não é à toa que é cada vez mais grave imobilidade das principais capitais do país. Tal lógica só beneficia grandes construtoras e outros grupos que tem tido importante papel no financiamento de campanhas de políticos dos mais variados partidos e bandeiras políticas.

    Além de ineficaz, insistir em asfaltar cada vez mais a cidade é também perigoso e insustentável. Ao aumentar a superfície permeável, amplia-se também a quantidade de enchentes e o risco para quem mora em áreas vulneráveis. Sem falar que, para tantos carros utilizarem o sistema, é preciso aumentar mais e mais a velocidade. Ignora-se o número indecente e a gravidade dos acidentes de trânsito (e o impacto de tal aumento nos índices nos sistemas de saúde público e previdenciário) em prol do fluxo. De novo, quem não tem dinheiro para utilizar um carro, vive cada vez mais ameaçado. As cidades são hostis para pedestres e ciclistas, cadeirantes, crianças e idosos.

    Falar da poluição provocada por tantos carros circulando é quase covardia. A estimativa de Gustavo Faibischew Prado, professor de pneumologia do Hospital das Clínicas e um dos principais especialistas no assunto do Instituto do Coração (Incor), é de que nada menos do que dez pessoas morrem por dia por problemas diretamente atribuíveis a poluição em São Paulo. De novo, o impacto é sobre quem mais deveria ser tratado com cuidado e atenção: os mais atingidos pela péssima qualidade do ar são crianças, idosos e pessoas com a saúde já fragilizada.



    Cúmplices

    É claro que não será de uma hora para outra que tal lógica será abandonada. Não dá para de repente simplesmente fechar as montadoras e desativar toda cadeia produtiva deixando milhares, talvez milhões, sem emprego ou perspectivas. Definir, porém, que as mudanças são necessárias e começar a trabalhar por elas deveria ser prioridade para o país – e isso nada tem a ver com medidas como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de automóveis, recentemente adotada.

    A pressão da sociedade civil pode ser decisiva para dar início às mudanças. Optar por utilizar menos o automóvel, escolher o transporte público sempre que possível e considerar alternativas como a bicicleta estão relacionadas a esta resistência. E o Dia Mundial Sem Carro pode ser uma data chave para que tais transformações aconteçam.

    Já existem articulações por avanços. Algumas como o Movimento Passe Livre (MPL) ou as Massas Críticas, como caráter abertamente anarquista. Outras com viés mais institucional, formadas como representação da sociedade civil, como a Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo. Ninguém está satisfeito em ficar horas parado no trânsito – seja sozinho em um carrão confortável, seja socado em um ônibus com mais 50 cotovelos ao redor. As transformações acontecerão, tem que acontecer.

    […]

    É hora de resistir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mesmo merda que posta coisas extremistas como carro tem que ser banido e os impostos tem que serem abusivos depois posta um texto equilibrado e que trata a questão de forma bem mais lógica

      Otário não sabe mesmo o que quer e temos que lembrar que a ideia do dia mundial sem carro partiu de cidades com "ótima vida e super justas" como Londres e Nova Yorque, onde o transporte público domina e os carros são tachados com altos impostos MAIS AINDA ASSIM AS CIDADES SÃO UMA MERDA

      Mas lembrem-se é sempre culpa da cultura rodoviarista automobulistica segregacionista assassina ATÉ ONDE ELA NÃO EXISTE

      IMPOSTO PARA BABACAS!

      Excluir
  57. O post já se aproxima dos 200 comentários. Vou parar por aqui (até porque nem vale a pena continuar) pois no meu navegador a segunda página de comentários não abre - a segunda página parte do 201º comentário.

    CL

    ResponderExcluir
  58. O Pisca falou, defendeu Goiás e tudo e esqueceu de dizer que em Goiás quem tem carro 1000 e não teve multa durante o último ano tem desconto de 50% no valor do IPVA !

    Falo porque fui beneficiado este ano e fiquei muito contente e satisfeito !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ôpa Pisca... foi malz... agora que achei seu comentário, você citou o desconto sim !

      Quanto a SP... eu sou paulista e vou ai somente a passeio pra visitar meus parentes... deixo o carro na garagem deles e ando de metrô ou taxi, sai mais barato e desestressante do que arriscar levar um tapão dos motoboys e aguentar a fúria dos outros no ouvido por qualquer coisinha.

      Excluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...