Google+

13 de março de 2012

OUTRO JAPONÊS NA POLÍCIA


A discussão levantada pelo Bob a respeito de viaturas policiais fez com que eu passasse os últimos dias pensando em alternativas racionais no mercado nacional para este tipo de veículo. Comentei a respeito com um amigo da Polícia Civil de São Paulo e ele me disse que uma empresa do ramo (a Engesig) já havia feito um estudo interessante baseado no Toyota Corolla.

Basicamente é o mesmo que se faz em qualquer veículo: caracterização externa, bancos com capas impermeáveis, sinalizadores visuais e acústicos (giroflex e sirene) e rádio. Faltou apenas a cela no banco traseiro, com a tela e divisória de policarbonato. Mas eu acho que, no caso do Corolla, faltaria espaço.

De qualquer maneira, acredito que seriam ótimos substitutos para os VW Santana que ainda teimam em continuar trabalhando nas delegacias da vida: ambos são carros que aguentam bem o malho diário da atividade policial sem reclamar, com vantagens óbvias para o Corolla em rendimento, comportamento dinâmico e segurança.

Vejamos: o motor 3ZR-FBE de dois litros tem torque máximo em torno dos 20 m·kgf e a potência oscila de 142 a 153 cv, respectivamente com gasolina e etanol. No modelo XEI, com caixa automática, é forte o suficiente para acelerar até os 100 km/h em 10 segundos altos. Com a caixa manual acredito que seria capaz de completar o 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos.

Um carro robusto, ágil e de boa dirigibilidade (considerando o acerto de suspensão do modelo 2-litros). Os freios são muito bons e eu não mexeria sequer a altura de rodagem: apenas eliminaria o frágil defletor do pára-choque dianteiro, que ficaria inutilizado na primeira subida de guia. No final das contas, um Toyota policial bem melhor e adequado do que as "primas caras" Hilux SW4.

FB


71 comentários:

  1. Bitu,

    O ideal seria uma versão XLi com motor 2.0, a exemplo dos Mégane 2.0 da PRF, que vieram na versão Expression, com rodas de aço.

    ResponderExcluir
  2. Victor Gomes13/03/12 12:07

    Já vi vários Corollas sendo usados como viaturas da Polícia Federal. Todos eles caracterizados externamente com o Layout da Federal.

    ResponderExcluir
  3. Bom pra polícia são peruas, como as adventure da Fiat. Sedã pra carro de polícia é querer dar uma de baba-ovo de americano. Cada um com sua realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Até que enfim alguém que pensa por aqui.

      Excluir
    3. amigo como que você vai perseguir um fugitivo la com seu palio alto pakas 1.6 sem força ou pior ainda fazer uma curva acentuada com um idea fala serio
      eles precisão de 4 coisas
      motor forte(tem que ter aceleração e velocidade final acima de 200)
      ter um sistema de amortecimento e alta qualidade(curvas buracos meio fios etc)
      freios eficientes(afinal o caro vai andar pakas)
      tem que ser resistente no geral tipo a mecânica dele e para durar uns 10 anos na ativa no minimo

      vou te falar digo que para mim os policiais do brasil (Pelo menos os federais e rodoviários) deveriam ter um fusion da vida MAS claro sem aqueles trololos como banco de couro e tals somente o nescesario para a sua atividade

      o FBI por exemplo utiliza o ford taurus(ou uma versão dele) e olha vou te falar essa parte de SUV e camioneta para a policia e carro de apoio que estabilidade tem em uma perseguisão na estrada

      Excluir
  4. É um carro caro pra realidade do Brasil, a solução é perfeita mas na minha opinião o custo seria elevado demais, infelizmente aqui no brasil o Corolla custa o preço de um carro de luxo se comparado com países de primeiro mundo, absurdo maior ainda é nos estados que usam a Hilux, não pelo carro, apesar de achar totalmente inadequado, mas pelo valor. Enquanto a polícia anda Hilux capotando e batendo em tudo pela frente tem gente doente e passando fome, com nescessidades maiores. O que falta de verdade é preparo da polícia independente da viatura que se use.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se é pra capotar e bater em tudo pela frente, a Blazer cumpre a tarefa com perfeição e custa 2/3 do que se pede na Hilux!

      Excluir
  5. Se não há o lugar apropriado para o acondicionamento da pessoa detida é um veículo inadequado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até porque nem sempre quem anda lá atrás é bandido.

      Vide o socorro/atendimento a vitimas com ferimentos leves/escoriações que a polícia comumente faz.

      Excluir
    2. O lugar existe e é apropriado, mas se quiser levar o bandido com todo conforto que ele merece então coloca ele num mercedes!

      Excluir
    3. Esses FDP andam em mala de parati, ai quer dizer que o corolla não é adequado? Que bonzinho você, vai pro céu quando morrer!

      Excluir
    4. Ledoni,
      Exatamente. Há que se pensar em compartimentos distintos. A vítima, testemunha, o ferido podem ir junto aos policiais por não oferecem risco a estes. Já o criminoso ou suspeito não.

      Anônimo Mar 13, 2012 09:35 AM,
      Não se trata de levar o suspeito ou criminoso com conforto ou não. Trata-se sim de cumprir a Lei e salvaguardar a vida de policiais, vítimas e testemunhas envolvidos.

      Anônimo Mar 13, 2012 09:38 AM,
      Aqui não é a sua casa para se utilizar destes termos. Se sua mãe gosta, trate assim com ela, não aqui. O criminoso é colocado no porta malas (e não na mala) da Parati ou outro veículo station wagon por esta viatura normalmente ter uma divisória em metal ou plástico do restante do habitáculo onde estão os policiais.

      Excluir
    5. Sr. Autor do comentário, falar de mãe é complicado, eu não vim aqui desrespeitar você ou a sua família ou a senhora sua mãe propriamente dita. No estado do qual sou natural adotou-se mala, que também é correto. Concordo com o senhor que o termo citado é um "adjetivo" não apropriado para alguns, mas para falar de bandidos é muito pouco. Visto aqui sua indignação, peço-lhe desculpas, caso se identifique com o "adjetivo", posso lhe citar mais alguns para deleite!

      Excluir
    6. Pra transportar bandido não é melhor um camburão?? Pegou o bandido, chama o camburão e soca pra dentro. Aí ele nem precisaria vir como um louco pelo trânsito ameaçando os demais. E o Corolla em questão acredito que seria um bom carro pra polícia.

      Excluir
    7. Anônimo Mar 13, 2012 09:35 AM
      Se o Mercedes chamar-se Sprinter, é perfeitamente adequado para transporte de detidos e usado por diversas polícias no mundo.

      Excluir
  6. Creio que um Nissan Versa também seria uma boa opção: ótimo espaço interno e boa suspensão, os 111 cvs sofrem pouco pois o carro é leve...talvez com uma pequena repotencialização, ele virasse uma viatura interessante (e custando uns R$ 25 mil reais a menos por unidade).

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mister Fórmula Finesse,

      o Corpo de Bombeiros daqui de Brasília usa os Tiida sedã, da geração anterior.

      Excluir
    2. O Detran daqui também. Se bem que com a grana dos pardais daqui a pouco estarão andando de Panamera.

      Excluir
    3. A policia civil do RJ tb usa o tiida sedan

      Excluir
  7. É ISSO AÍ BITU, PAU NA ARBITRARIEDADE AUTOMOTIVA MILITAR!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Plutonio
      Não se perca em devaneios! "Lance-se ao vago, considere incorreções"

      Excluir
    2. Da-lhe, Plutô!

      Excluir
  8. Renault Logan 1.6 me parece um carro perfeito.
    Espartano, resistente e espaçoso.

    Falta um offroad pra entrar em buracos e favelas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dacia Duster?

      Excluir
    2. Podemos considerar o Duster um veículo adequado para uso policial, especialmente se for na versão com tração nas quatro rodas. Tem espaço de Logan ou Sandero, mais altura livre do solo e pode sair de boa parte das enrascadas que possam haver no uso que um meganha possa fazer da viatura.
      Talvez uma solução possa ser também a Grand Livina, deixando aquele espaço atrás para transportar detidos. Ou esperar pela Lodgy (ou a Dokker, se essa também for fabricada aqui).

      Excluir
  9. Pra que um carro rápido de 0 a 100km/h??

    Polícia Rodoviária só vive de barricada infernizando trânsito - especialmente em feriados - e ainda recebem pra isso... e verificar P... nenhuma.

    Polícia na cidade só corre quando quer furar o tráfego pra chegar a tempo de assistir o jogo do curíntia....

    ResponderExcluir
  10. Ainda defendo que a Blazer continua sendo a melhor opção, apenas precisando de algumas modoficações que o pessoal da engenharia parece não querer ou não estar autorizado a fazer.
    E o velho e bom Santana faz falta...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Santana realmente deixou saudades,assim como o Astra.
      Felipe Tavares

      Excluir
  11. Pra levar vagabundo no banco traseiro (por mim, iriam pendurados do lado de fora) tá bom até demais. Agora, se o motorista da viatura em questão for alguém do seu tamanho, aí, meu amigo, não tem carro que preste, hehehe!
    FVG

    ResponderExcluir
  12. O importante é que os carros de polícia tenham bom desempenho e o melhor comportamento dinâmico possível, para quando forem utilizados em perseguições. Espaço? Depois que pegarem os bandidos, se enfiarem dez no banco traseiro de um Fiat 500, está ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa...gostei. E é por ai mesmo Mr Car!!!!

      Excluir
    2. O banco de trás de um FIAT 500 é mais confortável do que de um Voyage, carregando dois adultos tranquilamente, sem aperto.

      Excluir
    3. Se forem 2 anões!

      Excluir
    4. 500 é pior ou igual ao Ka antigo no banco traseiro.

      no Ka era defeito...
      no 500 é fashion...

      Excluir
    5. Defeito de um pode se tornar tolerável, ou até virtude, dependendendo da proposta do produto.

      Excluir
  13. FB;

    Qualquer veiculo comum que seja tem que ter acerto na suspensão. Tem que levantar um pouco! nem que seja colocando pneu de perfil mais alto (sei lá, ao inv´s de um 60 colocar um 65, coisa assim)

    Moro em uma cidade que tem, praticamente uma valeta em cada esquina. Até as Paratis de suspensão normal pegam quando passam nessas valetas. Imagina um Corolla em perseguição: Deixa o carter na primeira e o motor e cambio na segunda!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Para a cidade: Será que um Logan 1.6 com turbo de 3,5 kg não daria conta do recado? Um carro grande e com desempenho bom tanto no consumo quanto na potência e no torque. E espaço ele tem de sobra...

    Para o interior: A Blazer ainda dá conta do recado, mas precisa de uma pequena modernização...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  15. Se a toyota ainda fabricasse a Fielder seria um interessante opçao. Em materia de viaturas, acredito que a megane SW seria uma opçao interessante, se recebesse algumas modificações.
    Quanto a VW, acredito que ela cometeu um grande erro ao não fazer uma parati g5, pois o filão de peruas tanto para particulares, quanto para forças policiais é enorme, e esse mercado não será preenchido pela Space Fox. A Volks torna a errar, tal qual errou na criação do gol bolinha, onde nunca recebeu um sedã na familia, passando a perder mercado nos modelos de sedãs pequenos.
    Se existisse uma parati g5, com certeza já teriamos inumeras versões policiais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza a Parati G5 já existe nos desenhos de computador (assim como o Gol G5 GTI) mas não compensa fazer tal veículo pois a VW já tem a Space Fox para o público que quer espaço e a Parati G4 para frotistas e empresas.

      Por ser uma mini van, a Space For tem um bom porta malas e cabe tranquilamente um mal feitor mais gordinho ou dois magros. Uma possível Parati G5 não teria isso.

      Excluir
    2. Os custos de manutenção da Space Fox são mais caros do que de um Parati. O estado procura sempre o menor preço nas licitações, nunca vai deixar de comprar parati g4 e palio weekend, que são mais baratas, para comprar uma space fox.
      Em 1994/95 a VW pensou na mesma coisa, para que fazer um sedã do gol bolinha se eu posso ter o Logus e o Polo. Todos sabemos o resultado, nenhum dos dois vendeu bem e a volks perdeu mercado pela falta de um novo voyage. Agora ela repete a formula com a Space Fox, onde erroneamente acha que pode cobrir p mercado, sendo que a paraty teria mais saida.

      Excluir
    3. Uma nova Fielder,um Gol G5 GTI e uma Parati G5 realmente fariam do mundo um lugar melhor de se viver.
      Felipe Tavares

      Excluir
  16. Se fosse para ficar no ideal, poderiam trocar esses bancos rebatíveis por um modelo em fibra de vidro, semelhante aos de metrô e ônibus. Isso abriria espaço para colocar-se a tal grade entre motorista e passageiro e permitiria aos policiais usar o porta-malas para algum eventual transporte de objetos. Pneus mais altos e rodas de aço seriam bem vindos, assim como qualquer reforço que evitasse quebras de suspensão.
    Mas, por hora, se a polícia tivesse PERMISSÃO para perseguir bandidos, ainda que fosse de CG150, já seria um avanço...

    ResponderExcluir
  17. Aléssio Marinho13/03/12 16:29

    FB;

    Acho que o Logan possui uma praticidade maior que o Corolla nos serviços policiais.
    Além de ter um espaço interno maior que o do Toyota, o custo de manutenção é bem mais baixo, além de que o Renaut possui maior distância do solo.
    Quanto ao desempenho, a relação peso x potência das versões automáticas de ambos é muito próxima, 9,64 Kg/Cv no Logan 1.6 16v Automático e 8,39 Kg/Cv no Corolla 2.0 Automático.
    E por quase a metade do preco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Claro que quando se fala em resistência e qualidade, o Corolla é a referência do segmento, mas pra esse serviço ele é caro demais. O Logan 1.6 é um bom carro, tem bastante espaço e custa bem menos, sendo portanto uma melhor opção.

      Excluir
  18. Na minha opinião uma Parati, peladona e vestida de polícia como já se vê por aí é perfeita. Parabéns VW.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente a tal Parati peladona tem vários contras. Em desfavor da mesma: pouco espaço interno, o policial patrulha quase que deitado, com as pernas esticadas, quando o ideal seria completamente sentado, pois assim facilita o desembarque rapido. Atualmente as paratis tem um serio problema na segunda marcha, que com menos de 20 000 Km pulam a todo instante, fato este relatado a Volks e que até o momento não tomou medidas para corrigir o defeito. A favor da Parati temos a boa manutenção, de valor baixo e o xadrez ( na minha opinião, as sw são as melhores opções).

      Excluir
    2. Anonimo;

      Se a VW ressuscitasse o AP2000 e colocase na Parati também seria imbativel.

      Excluir
  19. VERANEIO VASCAÍNA!

    ResponderExcluir
  20. Veraneio descaracterizada, metralhadoras e distribuir bala a vontade por aí....ai que saudade !

    ResponderExcluir
  21. Coincidentemente, ontem estive na cidade de Gramado (RS) e fiquei pasmo ao ver por lá um... Kia Soul (!) servindo como viatura da Polícia Militar.


    Se alguém duvidar, posso postar uma foto.

    ResponderExcluir
  22. existe esse focus preparado http://www.automovelblog.com/post/3964/ford-e-rontan-parceria-mostra-novo-focus-sedan-para-a-policia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse focus seria muito bom, carro muito estavel e o 2.0 16v Duratec anda muito bem.

      Excluir
  23. Na PRF aqui usamos Vectras 140 cv (2011), sem espaço para isolar um mala (possível criminoso, para não haver dúvida), com ABS e airbag, e é um veículo bom para deslocamento em rodovias.
    Anda muito (mais do que eu imaginava), faz curvas e freia bem, resistente, enfim, carrinho bom para asfalto, para a polícia só faltaria o espaço para trancar o mala.
    Antes, as Blazers que usávamos (e usamos) eram muito complicadas, as 4 cilindros não andam nada, e as antigas 6 cilindros 4,3 l eram uma delícia para pilotar (só de ouvir o ronco do motor eu já ficava feliz), porém tinha que que ter culhão para tanto (pilotar), pois até em retas a bicha "flutuava", especialmente depois de 140 km/h (e corte da injeção a 180 km/h, o que nunca fiz - rsrsrs).

    tunderbird.

    ResponderExcluir
  24. E é improvável alguém escapar dos Vectra num "acompanhamento tático".

    ResponderExcluir
  25. Um bom assunto seria o treinamento de direção dos policiais rodoviários....

    Lembro de a algum tempo, acompanhar (de longe) a perseguição de uma Nissan Frontier da PRF, no encalço de uma Hilux nas belas estradas de Santana do Livramento; como andam bem essas nissans no limite, se bem tocadas!

    MFF

    ResponderExcluir
  26. O melhor lugar para levar bandido é naqueles camburões com gavetas.

    ResponderExcluir
  27. pau no rabo destes fdp!

    e pau no rabo da polícia que é bandida e não faz porra nenhuma...

    independete do carro nós tamo é fudido..

    ResponderExcluir
  28. Em uma motocicleta é improvável um Vectra acompanhá-la, isso sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dependendo da moto e do motociclista nem Vectra nem nada vai acompanhar.

      Excluir
  29. Acho o Corolla absurdamente caro, embora tenha fama de resistente. O Tiida sedan e o Logan 1.6 me parece um bom veículo para a Polícia Civil, que não precisa muito "descer a lenha". Pras polícias ostensivas (militares e PRF), depende do local. Locais pedagiados, com boas rodovias, entendo ser o ideal um mix de um bom sedan (ficaria com o Focus pelo preço em relação ao Corolla) e um SUV. Uma versão manual da Freemont ou até um Duster 4x4 seria razoável. Sendo desejável uma versão simplificada da Outlander V6 ou algo com as mesmas características. Já na cidade ou em locais de difícil acesso, sedans sem preparação são um atraso devido a baixa altura do solo e a falta de robustez. Pra esses locais, sugiro um mix de SUVs (os citados acima) e pickups como as Frontier ou nova S10 (ambas com cabine dupla).
    Matheus

    ResponderExcluir
  30. Muito legal este Focus preparado pela Rontan. Mas para mim, faltam algumas modificações.
    - Sistemas elétrico e de arrefecimento sobre dimensionados;
    - rodas de ferro e suspensão um pouco mais alta;
    - farois de busca (dianteiro e lateral)
    - rádio criptografado;
    - parabrisa e painel corta fogo blindados.
    - motor com leve ajuste para compensar sobrepeso de equipamentos (160 cvs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 160 CVS!

      CVS???

      autoentusiasta hein???

      Excluir
    2. ganhar 15 cvs é demais?

      Excluir
  31. João Gabriel15/03/12 22:42

    O que me dizem sobre o Fiat Freemont?
    Acho que daria um ótimo carro policial,claro uma versão mais espartana dele...

    ResponderExcluir
  32. Se fosse manual de 6 marchas acho que ficaria legal, melhorando o desempenho e consumo. Melhor se fosse 4x4. Gosto tb da ASX.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só que o ASX 4x4 começa em 100k. E é importado. Por mais desconto que consigam sempre será uma cara aquisição. E nem falo do resto(manutenção e peças, por exemplo).

      Excluir
  33. Só lembre que governo não paga imposto. Metade deste valor volta para o cofre do Estado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro, sim. E aplica-se à qualquer aquisição, portanto, um modelo nacional sairá sempre mais barato.

      Excluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...