Google+

9 de abril de 2012

O DONO DA RUA


Um tranca-ruas - foto meramente ilustrativa

Desde antes de eu aprender a dirigir aprendi que existem os donos da rua. Meu pai me apresentou o tranca-ruas e me explicou o que ele faz e o mal que causa. Como eu era criança ainda e andava no banco traseiro, podia olhar bastante para trás e ver a fila que se formava por causa desse "fabricante de congestionamentos", como meu pai se referia a ele.

Todos os conhecemos. É aquele cidadão que faz um carro andar, mas que não tem noção nenhuma do que está fazendo quando considerada a situação geral de tráfego. Ignora a existência de mais pessoas nas ruas, quer apenas andar como ele acha melhor, um puro egoísta. Ele não tem sexo padrão, nem idade, abrange qualquer tipo de pessoa.

Nos deparamos com eles todos os dias, ainda mais de uns anos para cá, quando o autoritarismo das câmeras de multar se instalou.

O dono da rua coloca seu veículo em uma faixa, normalmente a da esquerda, e não sai de lá nem mesmo com uma ambulância atrás dele.

Eles aparecem em todo tipo de via, ruas, avenidas ou estradas, mas notavelmente nessas últimas é mais nocivo, pelo maior tempo e distância em que pode ficar atrapalhando os outros.

Em rodovias de muito movimento, com veículos leves e pesados circulando e com muitos acessos locais, ele é o verdadeiro mal da estrada. Muito pior e de maior risco até que aquele insano que dirige costurando o tempo todo, em excesso absurdo de velocidade, cujas autoridades da estrada também fingem não ver.

O dono da rua coloca seu veículo-padrão, sua condução antientusiasta (que ele nem sabe o que significa)  na faixa da esquerda, andando abaixo do limite de velocidade permitido, e ignorando a fila que vai se formando atrás.

Ele não vai lá para a direita, pois sabe que há várias paradas de ônibus ao longo do caminho, e isso o fará diminuir, frear, e até mesmo reduzir marchas, um sacrilégio para sua importante pessoa. Como está acostumado à via e sabe que não há câmeras de fiscalização, aquelas colocadas apenas para extrair dinheiro do povo, fica lá na esquerda segurando quem precisa ou quer andar mais rápido. Ele se acha a autoridade, o "puliça", a celebridade da estrada.

Esse néscio não tem idéia do risco que corre, ou pior, que impinge aos outros usuários, ao fazer o papel de rolha. Vai atrasando o deslocamento de uma porção de pessoas, dirigindo desleixadamente e sem concentração, com o braço para fora da janela, só uma mão no volante, falando e olhando para o passageiro ao lado, como se estivesse na sala de casa. Às vezes também tem o rádio de seu carro em volume alto, absurdo, totalmente impossível de ser combinado com a concentração necessária ao bom dirigir.

Mas, pior do que ser um ignorante pelos seus atos e querer "tomar conta" dos outros usuários da estrada é acelerar para impedir a ultrapassagem pela direita, quando o consciente motorista que vem atrás se cansa de correr perigo e resolve quebrar a situação ridícula. Aí sim é necessária atenção extra, desligando as emoções de estar se deparando com um total infeliz, para ignorar a ofensa e baixar quantas marchas forem necessárias para deixar o elemento ignorante lá para trás, na sua busca incessante por aparecer atrapalhando a vida dos outros.

Talvez seja uma necessidade de chamar a atenção para sua pessoa, que deve ter uma vida vazia. Talvez seja trauma de infância. Não sabemos, e não nos interessa, pois trânsito não é lugar para tratamentos pessoais. É lugar para respeito ao próximo e pensamento coletivo.

Talvez agindo assim ele se sinta realizado, feliz, alegre, esse dono da rua. Talvez seja essa sua única alegria, atrapalhar os outros.

Espero apenas que, quando ele encontrar um obstáculo a frente e não puder desviar ou frear, que seja um poste ou mureta, e não outro veículo. E que também esteja sozinho, para machucar apenas a sua reles carcaça, e não ocupantes inocentes. Talvez no leito hospitalar ele tenha tempo de pensar na sua qualidade ausente como motorista e possa sair de lá um pouco evoluído. Isso se não ficar assistindo os "big brother" da vida.

São meus votos ao dono da rua.

JJ

205 comentários:

  1. Texto bom, até o fim, meio ridículo.
    De resto, acho que as coisas são mais simples: em sua maioria são apenas maus motoristas que ignoram completamente as regras básicas de trânsito, aqueles que tiram carta sem nunca ter engatado uma terceira.
    No fim o brasileiro oscila, e ou dirige relaxado, prestando pouca atenção ao trânsito, ou se acha o pilotão e sai costurando. Uma combinação explosiva!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz, isso é mesmo, colocar terceira no exame da auto escola é ser reprovado no ato !

      Excluir
  2. Acho que tão complicado quanto este dono da rua os outros donos da rua, com excesso de pressa e falta de senso sobre "distância segura", que não conseguem esperar alguns segundos até você ultrapassar outros veículos, corretamente pela faixa da esquerda e dentro do limite da via, precisam lhe intimidar grudando em sua traseira e relampejando os faróis e luzes de seta como se fosse sua obrigação sair da frente do todo poderoso viajar a 140 Km/h. (com os faróis de nebina acesos e sacos de lixo nas janelas, claro)

    Pior ainda são estes batráquios em avenidas movimentadas, onde o trânsito é engessado pelo limite de velocidade ser o mesmo em todas as faixas e ter um radar a cada palmo da via.

    Duro que os idiotas, em geral, não se contentam em fazer uma cagada sozinhos, eles precisam envolver outras pessoas na situação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *Tranca-rua hipócrita DETECTED*

      Excluir
    2. Tecnicamente a pista da esquerda numa avenida ou via expressa serve única e exclusivamente para ultrapassagens. Não há motivo para utilizá-la como via de cruzeiro.
      Se o camarada vem a 140km/h e você está passeando na pista da esquerda, você tem que dar passagem. Temos que partir do pressuposto que SEMPRE quem está acima da velocidade é por algum motivo "nobre". Tanto é assim que o Código de Trânsito ordena que o condutor dê passagem ao veículo de maior velocidade mesmo que você já esteja no limite de velocidade da via. Não cabe a você julgar se o excesso de velocidade é ou não necessário. Cabe apenas que você dê passagem, caso contrário você poderá ser multado.


      http://goo.gl/jVZ18 - CTB:

      IV - quando uma pista de rolamento comportar várias faixas de circulação no mesmo sentido, são as da direita destinadas ao deslocamento dos veículos mais lentos e de maior porte, quando não houver faixa especial a eles destinada, e as da esquerda, destinadas à ultrapassagem e ao eslocamento dos veículos de maior velocidade;

      Art. 30. Todo condutor, ao perceber que outro que o segue tem o propósito de ultrapassá-lo, deverá:
      I - se estiver circulando pela faixa da esquerda, deslocar-se para a
      faixa da direita, sem acelerar a marcha;
      II - se estiver circulando pelas demais faixas, manter-se naquela na qual está circulando, sem acelerar a marcha.

      Art. 43. Ao regular a velocidade, o condutor deverá observar constantemente as condições físicas da via, do veículo e da carga, as condições meteorológicas e a intensidade do trânsito, obedecendo aos limites máximos de velocidade estabelecidos para a via, além de:
      I - não obstruir a marcha normal dos demais veículos em circulação sem causa justificada, transitando a uma velocidade anormalmente reduzida;

      Art. 198. Deixar de dar passagem pela esquerda, quando solicitado:
      Infração - média;
      Penalidade - multa.

      Excluir
    3. Não. Ele está falando dos imbecis que não conseguem entender que caras a 100 km/h em uma via de 110 km/h também têm o direito de ultrapassar veículos mais lentos como caminhões e ônibus sem exceder seu limite pessoal de 100 km/h.

      Esses vermes que chegam "chegando" são incapazes de olhar para a faixa dos reles mortais um-ponto-zeristas, onibus e caminhões para ver que o carro à sua frente não vai se enfiar em qualquer buraco na faixa da direita só por que ele exige que os motoristas mais lentos saiam da sua frente na hora que eles chegam.

      As estradas são um reflexo da desigualdade social do país. Os emergentes se acham mais poderosos com seus carros mais potentes e não podem ser impedidos por um pobre qualquer em um carro velho.

      Quem já viajou de Fusca entende. Não importa que seja o Stirling Moss em um Fusca. O Civic é melhor, mais caro, mais rápido e você precisa sair da frente.

      Some essa gentalha à uma classe política que só faz besteira - como limites de 40 km/h com "pardais" em subidas de serra, e você tem esse caos genocida extorsor que é o transito brasileiro.

      Excluir
    4. O problema é que ultrapassar dentro do "limite pessoal" de 100 km/h em uma via de 110 km/h é uma atitude irritante, pois faz com que, por uma reação em cadeia, vários motoristas sem o tal bloqueio imposto pelo "limite pessoal" tenham que frear e reduzir para a velocidade do limitado cidadão supracitado.

      Se vai ultrapassar, que o faça da maneira mais rápida e segura possível.

      Excluir
    5. Leonardo,faz a porra da ultrapassagem duma vez e não fica retardando os outros, sai da frente duma vez e pronto!

      Excluir
    6. ehehehe muito bem dito, Joselito. Ninguém vai tomar multa por acelerar mais por 5 segundos para ultrapassar e ocupar a faixa da esquerda o mínimo de tempo possível. Ter que esperar a criatura ultrapassar dentro do seu "limite pessoal" é fogo.

      Aliás, vou fazer isso: colar um adesivo na traseira do meu carro dizendo "Veículo com velocidade limitada à minha pessoalidade. Favor respeitar."

      Excluir
    7. A criatura09/04/12 21:38

      Ao invés de colocar o adesivo na traseira do seu carro, você deveria colocar um adesivo na sua própria traseira com os dizeres: "Sou uma besta mas sou feliz!"

      Excluir
    8. Quando os ignorantes irão aprender que a faixa da esquerda é para ULTRAPASSAR, e não para andar na velocidade limite de via.
      Não importa se você está na velocidade máxima na faixa da esquerda, se vem alguém em velocidade maior é sua OBRIGAÇÃO ir para a faixa da direita.

      Excluir
    9. LeonardoApr 9, 2012 09:53 AM,
      Concordo com tudo o que disse e viajo de Fusca. Não sou um tranca-rua, muito pelo contrário, SEMPRE ando na faixa da direita, mas de vez em quando eu estou a 90Km/h em uma rodovia em que o limite é 110Km/h e aparece um caminhão a 60Km/h... aí eu tenho que ir para a faixa da esquerda para ultrapassar e tão somente ultrapassar. Dá raiva quando aparece uma Hilux ou um Polo Sedan (não citei esses modelos por acaso, parece perseguição, 90% das vezes é um ou outro) piscando o farol alto durante toda a ultrapassagem, isto é, durante a eternidade que são os menos de 10 segundos necessários para faze-la. Um poço profundo de arrogância e intolerância.

      Excluir
    10. Bem escrito, Leonardo e Guilherme. Tenho verdadeiro ódio dos "donos da rua", mas também tenho dos sem noção que colam na traseira e não tem a capacidade mental de perceber que uma ultrapassagem só pode ser concluída quando não há outro carro na faixa ao lado. Os que criticaram o Leonardo, ou não entenderam ou vestiram a carapuça. Devem ser os "sem noção" do farol de neblina e saco de lixo nos vidros.

      Por sinal, ótimo texto do Juvenal.

      Excluir
    11. Se o problema e seu argumento são as ultrapassagens, basta saber que em 90% das situações, o "cara" já está agarrado atrás de outro carro ou prestes a se deparar com um caminhão mais lento como você disse no exemplo, e você vem embalado, e o simples ato ignorante, de olhar no retrovisor ver um carro bem mais rápido que você, e resolver ultrapassar, ja acaba com sua razão nahora. Na cabeça da maioria dos motoristas, o pensamento individual prevalece, você tem que ter bom senso e se adiantar para não atrapalhar os outros, quando eu estou em um ritmo mais lento, vou SEMPRE digo sempre na pista da esquerda, e tento negociar as minhas ultrapassagens, para não atrapalhar ninguém que vem de trás mais rápido pois sei o quanto irritante isso é, dependendo da situação eu "esguelo" o carro mesmo, pra fazer a ultrapassagem de maneira segura e voltar pra faixa da esquerda sem atrapalhar ninguém, coisa que 95% dos motoristas do BRASIL não sabe fazer, "vamo de 4ª Marcha froxo e ultrapassar devagarzinho pra não "gastar" o carro e economizar gasolina".
      Várias vezes, olhei no retrovisor e vi um carro em alta velocidade vindo e puxei pra pista da direita tendo que reduzir a velocidade por causa de um veículo mais lento. O trânsito é isso, se todos fossem sensatos seria muito melhor. Também nunca pisco farol, acho que farol e buzina são as coisas mais rídiculas e irritantes no trânsito. Normalmente quando o tranca rua está na frente, deixo chegar perto mas mantendo uma distância e espero algum tempo pra que ele possa me ver, normalmente o "tranca rua" olha no retrovisor, te vê e mesmo assim não sai, e é ai que está o problema, não cabe a você julgar se o ritmo de quem vem atras está errado, ou se ele está acima do limite de velocidade, VOCÊ TEM QUE DAR PASSAGEM. Basicamente é isso, ja tive a oportunidade de dirigir nas estradas da suiça e digo, É uma questão cultural, se o limite da via é 120km/h é muito dificil ver alguem andando abaixo dos 100km/h que seja, e todos andam na maioria do tempo na pista da direita e quando você vem detrás e está a uns 20 metros o motorista da frente da passagem, tem horas que eu nem acreditava quando isso acontecia e ao mesmo tempo pensava que isso no Brasil nunca vai dar certo, porque a tendência é piorar cada vez mais, mais stress, mais arrogância, mais multas, mais acidentes... Aliás, ótimo texto é bom saber que pelo menos alguém partilha da mesma opnião.

      Excluir
    12. Escrevi errado *sempre na pista da direita quase mandei o texto pro Brejo com um simples erro heheheheheheh

      Excluir
  3. Excelente post. Além desse verdadeiro mala, tem os que são totalmente o oposto. São os que trafegam pelo acostamento e muita vezes em alta velocidade. Ontem voltando pela Castelo Branco, foi um festival.

    ResponderExcluir
  4. Ruim também são os caminhoneiros, principalmente os da BR-101, que ficam o tempo todo a ultrapassar caminhões mais lerdos e assim, ficam a atrapalhar todo o fluxo da rodovia. E o pior é que quem deveria ver, não vê. Ou faz de conta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então eles não podem ultrapassar? o fh440 que fique atrás do 1113 e você que fique atrás da kombi

      Excluir
  5. adicione ao clube,motoristas profissionais que com suas carretas ou basculantes mudam de faixa sem sinalizar,principalmente em subidas qdo encontram um caminhão mais lento que o seu pela frente ou em trechos urbano quando o ajudante localiza o endereço da obra , quando indagados o porque dessa atitude homicida dizem que estão trabalhando enquanto vc está passeando na estrada.

    ResponderExcluir
  6. É ISSO AÍ JJ!! PAU NOS TRANCA-RUAS E FALSOS-MORALISTAS DA VELOCIDADE!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou e disse, Pluto!

      Excluir
  7. Marcelo Augusto09/04/12 12:29

    Parabéns! É a síntese do que vemos todos os dias.

    ResponderExcluir
  8. Os tranca-ruas, são bipolares - correm nas ruas e acostamentos porque lhes dá pressa.

    E os espalha-bosta, que colam na traseira de todo mundo... geralmente andam a 1/2 km/h nas ruas... e passam a 30 em radares de 60km/h.

    é de chorar..

    ResponderExcluir
  9. É isso ae JJ, coloque um adendo em sua "praga" aos tranca-ruas, que caso um dia estes necessitem de uma ambulância esta seja impedida de socorrê-lo com eficiência por cause de outro tranca-rua!

    Abraços,
    Junior-Big

    ResponderExcluir
  10. Um tranca-rua:
    "- Havia uma fila, mas uma fila... A sorte que eu era o primeiro!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahaha... excelente, Jaques

      Excluir
  11. Eu costumo andar na faixa da esquerda sempre na velocidade max permitida.
    Nao costumo abrir passagem. Claro a nao ser para ambulancias, policia, etc...
    De certa forma acabo contribuindo para uma direcao mais segura de todos os usuarios que assim nao tem como "bancar o apressadinho" e passar o limite legal, colocando a vida de todos em risco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa se não entendi direito, mas por favor, me diz que isso foi sarcasmo!

      Excluir
    2. Não cabe a você ficar controlando o tráfego (alugando faixa), se um dia você estiver em uma emergência e alguém ficar te segurando, como fica? Aposto que mudaria sua mentalidade.
      No final das contas você está é contribuindo para o risco isso sim, e infringindo a lei.

      Excluir
    3. Ou o cara é um trol, ou é um mané que não tem mais jeito... não adianta discutir, melhor ficar quieto...

      Excluir
    4. Você não é a lei. Não cabe a você determinar a que velocidade os outros devem andar. Ao andar na velocidade que você considera "justa" (não importa se é ou não o limite legal da via) você obriga a todos os demais a trafegar na mesma velocidade.
      Já tive que dar socorro uma vez a uma mulher grávida com risco de perder o bebê. Não hesitei em sair que nem louco, empurrando os motoristas à minha frente. Claro que isso foi uma situação específica. Mas e ai, quando saberemos se o apressadinho não é um caso de emergência, ou algum bandido fugindo, ou um louco revoltado armado?
      É sempre bom dar passagem.

      Excluir
    5. Bom acho que vc é louco!

      Excluir
    6. depois que a gente perde a bom senso...
      dependendo do dia eu vou pela direita, emparelho, dou um tiro no pneu do dono da faixa e quem sabe ele aprende.

      Excluir
    7. Cara, mas com essa atitude vc aumenta mais o risco de acidentes do que se der passagem a quem está com pressa, é quase uma tragédia anunciada. Pois a grande maioria dos motoristas não tem noção de segurança, e quem está atrás de vc não vai se conformar. Provavelmente o apressadinho vai colar na sua traseira. Se o veículo de trás for uma carreta ou um ônibus, e vc precisar dar uma frenagem brusca, pronto, mais uma tragédia no trânsito que ainda pode envolver outros inocentes que não tinham nada a ver com a "briga" entre os dois murrinhas e "cabeças-duras" (vc e o apressadinho).

      Ou, em outro cenário, o apressadinho vai te ultrapassar pela direita, uma manobra perigosa que pode ou não causar um acidente. Aí, todo seu esforço de cidadania para contribuir com a segurança foi em vão, não? O que vc não vai conseguir, é mudar o comportamento de alguém só por tentar bancar o fiscal de trânsito.

      E como os colegas já comentaram, você nunca sabe as circunstâncias da pessoa. Ele pode estar com pressa por um motivo realmente sério. Socorrendo uma pessoa ferida / passando mal, atrasado para um compromisso importante, etc. E se for um desequilibrado ou um bandido em fuga armado, vc deixa ele com raiva e acaba levando bala? Tá cheio de gente ruim por aí, principalmente nesse país. Vale a pena pra vc correr esse risco?

      (Vc deve estar trollando, mas respondi numa boa porque realmente há pessoas que pensam desse jeito, inclusive já conversei pessoalmente com algumas.)

      Excluir
    8. bom, se cada um faz a sua lei então peraí que vou lá pegar um cano e explodir um pipoco na sua cabeça... afinal... pela minha lei eu não gosto de caras que não dão passagem...

      babaca

      Excluir
    9. se voce quer fazer a lei ser cumprida, faça um concurso publico, seja um policial federal e ai sim controle tudo. mas se voce nao esta nessa situação o maximo que voce pode fazer é se achar que o cara esta dirigindo perigosamente ligar para a policia rodoviaria informando o que esta ocorrendo, eles com certeza irao parar o cara na proxima barreira, é assim que as coisas funcionam, eu já vi pessoas como voce baterem o carro pq o cara atras era um caminha e sabe o que ele fez, simplesmente empurrou o cara ate ele rodar na rodovia. e honestamente... foi merecido nao fiz questao nenhuma de ligar para a policia nem de denunciar o caminhao, já que nao aconteceu nada com as pessoas no carro.

      Excluir
    10. Depois algum cara mais esquentado bate na sua traseira e te joga pra fora da estrada, daí ao invés de querer dar uma de machão você vai é ficar com o rabo entre as pernas!

      Pessoas inteligentes não seguram a pista da esquerda! Se eu estivesse levando alguém pro hospital e um babaca ficasse segurando a pista da esquerda eu não pensaria duas vezes em jogar o cara pra fora da estrada!

      Excluir
    11. Vc é do tipo que eu passo fechando e tirando fino. Quando tem um murrinha quase emparelhado com outro carro da faixa ao lado, que não ultrapassa e nao deixa ninguem ultrapassar, faço isso. Talvez a pessoa se assuste e mude o comportamento. As vezes é falta de noção mesmo pois qualquer imbecil consegue tirar CNH, e aí essa pessoa precisa levar uns "trancos" pra entender. Ou então o cara não muda nunca e continua agindo da mesma maneira. Viva a selva Brasil, estamos cercados por animais.

      Excluir
    12. Caramba pessoal!

      Então se tiver um traca-rua na minha frente, dá pra empurrar o cara e jogá-lo pra fora da estrada, é isso mesmo?

      Mas não amassa muito a frente do meu carro? Não tem perigo de estourar o radiador?

      Se é garantido, vou começar a jogar a galera pra fora da estrada hoje mesmo!!!!

      Excluir
    13. A maioria pede passagem só por achar que tem o direito de andar acima do limite de velocidade, dificilmente é por necessidade. Conheço vários que fazem isso... Em estrada com mais de duas pistas na mesma mão, ando na pista mais para o meio. Em avenidas de duas faixas, ando pelo lado menos esburacado. E sem pressa em dar passagem.

      Em um mundo perfeito, as pistas são seguras, e os motoristas são educados.

      Pra quem é do Rio, deve conhecer a Est. do Catonho. Pista boa na esquerda, bem esburacada na direita, fora os radares. Eu vinha sentido Jacarepaguá, no limite da via, vários carros lentos pela direita, e um infeliz de Ranger não lampejou, ele esqueceu ligado o farol alto, colado na traseira. Como não tinha nem como dar passagem pro filho da égua, direcionei o retrovisor do meu lado pra fora, e o interno pra baixo.

      O Rio está infestado de péssimos motoristas, talvez pela falta de educação e respeito ao próximo comuns ao carioca.

      Excluir
    14. Uma vez eu fiquei 15km sinalizando atrás de um rapaz fiscalizador como esse. Não teve jeito e eu tive que ultrapassar pela direita, mas logo em seguida eu me posicionei na esquerda novamente e deixei reduzir a velocidade. E o tal fiscalizador não aguentou nem 2 minutos esperando atrás de um carro lento. Hipócrita.

      Excluir
    15. o bob deu uma dica aqui que venho seguindo e é mais eficaz: eu nao colo na traseira de ninguem, eu chego e mantenho uma distancia segura, a maioria dá passagem. qdo vc já chega colando, uma boa parte vai ficar com raiva e aí é que não vai dar passagem mesmo, tem uns que até freiam. enfim, cheio de malucos. acho que colar tb é coisa de maluco, entao a dica do bob faz todo sentido.

      Excluir
    16. Não chega a ser novidade, mas passei por um acidente de trânsito na Auto-Estrada Grajaú-Jacarepaguá hoje, pouco tempo depois de postar. Lá não adianta mesmo você andar no limite da via, os retardados chegam em você iguais loucos e querendo passar.

      Dia desses a pressa provocou uma engarrafamento quilométrico na via: um carro quase caiu no barranco (e um monte de babaca reduzindo a velocidade pra ver se alguém estava morto), e uns quatros carros engavetados, já que a maioria vem chutada pra subir a serra mais rápido, e o trânsito parou de repente.

      Quem está acostumado a dirigir sabe: em torno de 5% dos paspalhos que colam na traseira o fazem só por terem pressa, sem motivo importante. Alguns fazem por gostarem de correr, e a idéia de que o cara que respeita o limite de velocidade é "roda-presa" já está difundida pelo menos aqui no Rio.

      Acho errado, e que venha logo o radar de controle de velocidade para toda a pista. Aí o cara que vai correr e por a vida dos outros em risco é o que precisa mesmo, está com urgência séria. E que fiscalizem e tirem de circulação os retardados que acham que são pilotos de F-1, mas que mal sabem fazer uma curva.

      Excluir
    17. Você é o tipo de gente que faço questão de assustar! E as vezes até mesmo um totó pra ficar esperto, com o porta malas arruinado!

      Excluir
    18. Tomara que um dia você leve um toquinho na esquerda ou direita de seu para choque traseiro, assim como os policiais americanos fazem quando estão perseguindo um bandido, assim você larga a mão de ser besta e vai controlar a segurança da via no canteiro central ou em algum hospital.

      Excluir
    19. O que o Sérgio Quintela falou está certo, tão ruim quanto não dar passagem é não respeitar a distância minima recomendada e isso acontece muito, ninguém é perfeito, eu mesmo tenho que ficar me policiando para não fazer com os outros o que não gostaria que fizessem comigo. Certa vez, peguei um motoqueiro na faixa da esquerda andando a 50 km/h em rodovia federal, sem problemas, não estava com pressa, mas depois de 5 min sem ele dar passagem e não querendo passar pela direita, não tive duvidas, finquei o dedo na bozina e fiquei segurando até o imbecil dar passagem (o que levou mais de um minuto). Minha mulher ficou louca comigo. Certa vez, andando na chuva, avistei um caminhao passando por uma poça de agua mais ou menos 400 m a frente, então diminui a velocidade para evitar aquaplanagem e um imbecil me passou xingando e buzinando pela direita, o que fiz? fui atrás dele na chuva e colei na trazeira dele até ele dar passagem e ainda lhe mostrei o dedo médio, para provar que não era um "meia roda" andando na chuva, tipica atitude imbecil de minha parte. Em algumas estradas em certos horários, não existe essa historia de faixa da esquerda para ultrapassagem, é tanto carro que ocupa a duas, aí você tem três escolhas, fica na esquerda acompanhando o fluxo dos mais rapidos, fica na direita quietinho e chega sabe lá deus quando ou fica trocando toda hora de faixa, gastando o dedo de tanto dar seta, com torcicolo de tanto olhar nos retrovisores e freando e acelerando toda hora. Mas se você está na esquerda, as vezes andando mais devagar que você gostaria, porque tem uma fila de trinta carros na sua frente e na faixa da direita os caminhões e sucatas estão andando a 50% da sua velocidade, mas tem um ogro imbecil colado na sua trazeira te dando sinal de luz, o que você faz? Esperimente então tentar manter a distancia regulamentar para o veiculo da frente e veja o que acontece: os caras te podam pela direita sem a menor cerimônia, arriscando a sua vida, a dele e de todos que estão por perto. Eu confesso que sou bipolar, tem dias que procuro sempre dar passagem, sempre cuido o retrovisor pelo rabo do olho, não deixo a mulher aumentar muito o volume do som para poder ouvir sirenes, mas tem dias que simplesmente não dá, mesmo quando estou "gentil" é simplesmente impossivel dar passagem para os "entusiastas", você já está fazendo uma coisa insana, andando a 110 (acima do limite, que é 80 km/h) atrás de 20 carros, todos colados, do seu lado tem veiculos andando a 50 Km/h e atrás tem um sem noção te dando sinal de luz, se você der passagem, ele vai fazer isso mais vinte vezes até conseguir passar todo mundo e vai chegar 30 segundos antes de você se hipotéticamente tiver o mesmo destino, não tem condição, aí eu seguro mesmo, vai catar coquinho.

      Excluir
    20. Pois é, exatamente de pessoas como você é que cabe a crítica, além de estar cometendo uma infração - veja o CTB postado pelo AnônimoApr 9, 2012 08:51 AM, de maneira alguma está contribuindo para a "seguerança" dos demais. Como alguns disseram, ou o comentário é puro sarcasmo ou realmente você precisa de uma total reciclagem para andar no trânsito.

      Excluir
    21. Ele é o Marcus Mena. Fazia o mesmo comentário na 4Rodas...

      Excluir
    22. RODRIGO NEVES, VAI TOMAR NO CU!

      Excluir
  12. Uma pena que esse e os outros excelentes posts sobre "donos de faixa/rua/estrada, esquerdistas ou domingueiros" entre outras utilidades públicas, nunca serão lidos por aqueles que realmente precisam aprender sobre isso..afinal não são entusiastas. E continuarão atrapalhando meio mundo por onde passam.

    Passo por isso todo final de semana na Ayrton Senna. Quando tem feriado então é um horror.
    Hoje temos "domingueiros" todos os dias da semana.
    O pior é que xingam, ou olham feio quando você passa por eles. E nunca estão ao 120, geralmente ficam uns 20km/h abaixo do limite (na esquerda!)

    Tem aqueles que do nada reduzem, ou até mesmo freiam do nada. Mesmo se não tiver nada na frente dele, ou até mesmo em subidas.

    Outra raça maldita também são os que estão devagar, e do nada correm feito loucos só para não serem ultrapassados. Ou só pelo gostinho de dificultar as coisas.

    Pelo menos me conforta ao saber que não sou o único que passa nervoso com esses seres.

    ResponderExcluir
  13. JJ,
    perfeito o comentário.

    Em Porto Alegre, tranca-rua é o que não falta, e correndo o risco de ser preconceituoso, normalmente é uma "véia" que está atrás do volante.

    E em BH, existem também os mesmos indivíduos que além de trancarem rua, se sentem mortalmente ofendidos por levar um lampejo de farol, e na falha deste uma buzinada, pedindo licença, resultado, fazem tudo para te atrasar, inclusive freiar mais ainda...

    Tocou no ponto o teu post.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse, não há sexo nem idade para o fazedor de lentidões. Es SP tem de tudo, inclusive os boyzinhos metidos a piloto.

      Excluir
  14. Eu nunca me estresso quando encontro um tranca-rua. Mantenho uma distância segura, no máximo dou um relampejo de faróis. Se ele não abrir passagem, espero uma oportunidade de ultrapassagem pela direita mesmo, e sigo meu caminho. Simples assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriano,
      esse é um dos problemas do Brasil. Uma infração de um ignorante leva pessoas de bem a cometer outra infração para se livrar do problema.

      Excluir
    2. É bem por ali mesmo!

      A gente se obriga a costurar no trânsito por causa dos malditos donos das ruas.

      MFF

      Excluir
    3. Juvenal e Anonimo,

      Pois é, também não gosto de ter de cometer uma infração pela falta de bom senso dos outros, mas infelizmente é a nossa realidade... acho até mais seguro (sem falar menos estressante) fazer a ultrapassagem pela direita, desde que se tenha bom senso para aguardar uma oportunidade relativamente segura, do que ficar brigando pro tranca-rua ceder passagem.

      Excluir
    4. Não costumo ficar nervoso com quem anda lento, mas com quem está claramente desatento, geralmente andando sinuosamente. E fico triste de ver que muita gente restringe a visão a no máximo 10 metros adiante.

      Excluir
    5. Marcelo Augusto09/04/12 19:51

      Eu andava muito estressado com os "tranca". Mas é melhor passar à direita, isso quando há mais de uma faixa na via, pois para o código a transposição de faixa pela direita e permitida nesse caso. Mas não é impossível um tranca sair da faixa esquerda cruzar sua frente na direita para não perder uma saída...

      Excluir
    6. uma vez vi varios carros dando sinal prum infeliz sair da esquerda, qdo cheguei nele dei sinal, pisca e nada. aí passei pelo caro e meti a buzina. adivinha o que o cara fez? começou a correr atras de mim. é melhor nao mexer com estes imbecis. ou apenas vou mexer com estes caras qdo eu tiver este carro aqui: http://juan1991.files.wordpress.com/2009/11/chevy-nova-death-proof.jpg

      Excluir
    7. Outra encrenca são donos de carros antigos. Independe se for um fusquinha 65 ou um fuderoso Charger 71. Se estiverem mais rápido na via, o infeliz com seu carro mil zero vai para a faixa da esquerda para não ser ultrapassado por um "dinossauro"...

      Excluir
  15. O título deste post serviria também para um outro tipo (e destes sim, tenho um ódio indescritível com palavras já existentem em nosso vocabulário) de donos das ruas: os malditos flanelinhas, de cujo assédio não dá para se livrar da mesma forma "simples assim" com que o colega das 09:08 AM faz com os tranca-ruas. Desejo que cada representante desta escória urbana morra de câncer: um câncer generalizado, demorado, dolorido, e sem morfina para aliviar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mr. Car,
      essa questão de flanelas cretinóides tem que ser resolvida pela Polícia Militar. Cana neles, o que fazem é extorsão, portanto, crime.
      Quanto a nós que temos cérebro e educação, paremos o carro bem longe deles.

      Excluir
  16. JJ,

    Aqui em Aracaju/SE está cheio deles. E a maioria anda com o celular no ouvido direito. Sendo assim, nem olham para quem está à sua direita. Uma certa vez tive a curiosidade de contar quando fazia uma caminhada de 30min e cheguei ao número de 57, sendo que o movimento estava bem baixo. Uma "autoridade" do trânsito nem conseguiria emitir tantas multas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alberto, estou em Aracaju (e já morei aqui por 5 anos), e vejo a mesma coisa. ME PARECE que atualmente melhorou um pouco, mas o problema ainda persiste, mesmo com a extinção dos radares aqui (pelo menos temporariamente): Os "donos da rua" cravam 60 km/h e não dão passagem nem pro presidente. Ou então, alguns medrosos que abrem pra ultrapassar um carro grande e ficam com medo de acelerar, bloqueando assim a única pista livre para ultrapassagem.

      Excluir
  17. E o Zé Brequinho, que me dizem dele?

    O cara que breca do nada e por nada! Um perigo ficar atrás dele ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zé Brequinho09/04/12 21:41

      Sai de trás então seu tonto...

      Excluir
    2. Tu gosta de ficar cheirando o porta malas dos outros...

      Excluir
  18. Este texto está sendo interpretado de forma errônea por muitos leitores, por exemplo por aqueles "pilotos" que, no final da tarde de domingo, no horário do rush em direção ao seu apartamento, deseja andar a 140 km/h na faixa da esquerda da Bandeirantes e da Castelo Branco.

    Este elemento é muito perigoso ao volante, e caberia reescrever este texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala isso pro Bob Sharp. Neste mesmo blog, há algum tempo, ele incentivou um debilóide dono de um Civic Si a andar a mais de 200 km/h na Via Lagos, no Rio.

      Excluir
    2. A Via Lagos comporta alta-velocidade, o problema é que ninguém sabe dirigir rápido. E os que querem cumprir a lei e trafegar no limite de velocidade ficam em perigo.

      Rodando pela serra hoje eu pude reparar nas marcas de raspagem de carro em toda a extensão da mureta que divide as pistas. As marcas são mais fortes nas curvas...

      Excluir
    3. Será que o Bob fez isso??
      Sera?
      Nao creio... !

      Excluir
  19. Boa Jaques, gostei da tirada.

    AnônimoApr 9, 2012 08:48 AM - Lembra-te de que a faixa da esquerda serve apenas para ultrapassagens, ok. Nada mais além disso. Ninguém lhe paga para controlar o trânsito e também ninguém quer que você o controle. Pense nisso!

    ResponderExcluir
  20. Lorenzo Frigerio09/04/12 13:44

    O "tranca-ruas" em geral dirige FIAT - daí, "Filho de Italiano Atrapalhando o Trânsito". Honda Fit e Fiesta antigo também são figurinhas comuns.
    Os motoristas, em geral, são:
    - senhoras a partir dos 40 anos
    - senhores a partir dos 60, especialmente de chapéu ou boné
    - crentes, com adesivo "JESUS" ou terço de N.S. Aparecida
    - taxistas "tiozinhos" (a maioria), às vezes com o adesivo acima
    - outros, que seria tabu definir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em resumo, são todos os filhos da puta. uauauauauauauua

      Excluir
    2. Cara, pra muita coisa no trânsito existe estereótipo sim, mas o tranca-rua não é um deles. Já vi tranca-rua de todos os sexos e idades, dirigindo todo tipo de carro, desde populares até importados de luxo.

      Excluir
    3. um dia desses tinha um fiestinha street trancando a faixa da esquerda na BR-116, com um adesivo escrito "PROPRIEDADE DE JESUS" no vidro traseiro. Não hesitei em dar uma apertadinha e gritar "VIVA SATANÁS!" ehehehehhee

      Excluir
    4. Não é bom criar estereótipos... Não sei com que carroça você anda, mas se você anda pela Bandeirantes, com certeza já foi ultrapassado pelo meu Honda Fit

      Excluir
    5. Uuuuuui rica! Tá andando de lata e sardinha e se achando o endinheirado... Zé povinho eh foda!

      Excluir
    6. haha, achando que honda fit é carro de bacana, até empregada doméstica tem um.

      Excluir
    7. Loirona do Honda Fit ( que passa todo mundo) !
      Me dá uma carona?

      Excluir
    8. Zica é quando você vê aquele adesivo: "Nas mãos de Deus". Significa que o braço duro já passou a responsa da condução pro Altíssimo, ou seja, sai de perto.

      Excluir
    9. Falei que o Fit é carro de bacana? Só achei ruim dele ter criado um estereótipo infeliz. Qual o problema de uma empregada doméstica ter um Honda Fit? Para de defecar pelo teclado meu amigo...
      Cada dia que passa tem mais babaca comentando nesse blog.

      Excluir
    10. Realmente, esteriótipo é um problema, mas entendo o que o Lorenzo escreveu como uma tendência. Eu mesmo tenho um Fiesta 1,0 Endura, fraco pra caramba e quando o usava nas rodovias, só ficava lento em longos aclives, pela completa impossibilidade do carro mesmo. No geral, seguia no limite da via ou pouco acima, onde sabia que não tinha radares e me cansei de ultrapassar lerdos de Corolla ou qualquer carro mais novo e bem mais potente que o meu.

      Por isso, não visto a carapuça e até achei engraçado o comentário do Lorenzo.

      Excluir
    11. DONO DE FIT, CIVIC, TUCSON E COROLLA SE ACHAM OS DONOS DO UNIVERSO, MAS SÃO UM BANDO DE BRAÇO DURO QUE PAGA CARO POR VEÍCULOS MEDÍOCRES.

      VÃO PRA FAIXA DA DIREITA E NÃO ENCHAM O SACO.

      Excluir
  21. Aqui no DF a coisa é tão séria que conseguiu até tirar da inércia o Detran.

    http://globotv.globo.com/rede-globo/dftv-1a-edicao/v/detran-do-df-campanha-educativa-para-motoristas/1869160

    Campanha para orientar os roda presa (aqui esse é o apelido dessa gente) a sair do meio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só que parece que não adiantou muito. Ontem mesmo tomei umas piscadas de farol depois de ultrapassar um sujeito pela direita no eixinho sul.

      Excluir
  22. AnônimoApr 9, 2012 08:48 AM

    Vá aprender a dirigir antes de pegar uma estrada.
    Ao agir dessa maneira, você pode provocar um acidente grave.

    ResponderExcluir
  23. Complementando, claro que existem apressados que agem sim como donos da rua, não tem bom senso e irritam. Tempos atrás eu estava numa pista duplicada com 2 faixas de rolamento, no meio de uma ultrapassagem, a 110 km/h (já 10 km/h acima da velocidade permitida no trecho) e me aparece um imbecil num Camaro amarelo a 180 km/h grudando na minha traseira e relampejando os faróis sem parar.

    Detalhe: Não tinha como eu ceder passagem naquele momento, pois estava ultrapassando um longo comboio na faixa da direita formado por uns 2 caminhões, 1 ônibus e 3 carros que iam a aproximadamente 90 km/h. O que esse babaca do Camaro queria que eu fizesse, ficar transparente? Forçar uma entrada na faixa da direita (havia pouco espaço entre os veiculos) e correr o risco de causar um acidente? VTNC!

    Então diminuí a velocidade e ultrapassei a fila o mais devagar possível. Levei quase 2 minutos, e o carinha atrás p da vida. Sei que é errado contribuir para o road rage, mas aquele cara mexeu com quem tava quieto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O evento descrito resume muito do que acontece nas rodovias paulistas. Alguns motoristas ignoram completamente a dinâmica da faixa da direita, que pode ter dois ou três veiculos lentos (sem espaço para intercalar)E lá vai você: no momento em que está ultrapassando pela esquerda... Mesmo efetuando a manobra de forma consciente, antecipada e em velocidade compatível, fatalmente no momento o imbecil andando a 160 te verá de longe e não reduzirá a 130 para se aproximar de forma levemente mais lenta e com isso aguardar 3 segundos até você completar a manobra. Não, ele retardará ao máximo a freada, colará em sua traseira, ficará puto da vida piscando o alto como um idiota (tipo pisca-some-da-minha-frente) pois a via deveria ser somente dele. Se eu estou andando forte na esquerda para ultrapassar não me incomodo com os que estão ultrapassando de forma correta, se colocando em minha frente e retornando à direita em velocidade compatível, dou um segurada e retomo o movimento.Cada veículo vai ter um dinâmica diferente.

      Excluir
    2. Pois é, foi exatamente o que aconteceu. Que bom que tem gente que compreendeu.

      Pior que meu carro até tinha potência de sobra pra aumentar a aceleração e terminar a ultrapassagem mais rapidamente. Se o carro de trás chegar avisando que tem pressa com alguma educação (mantendo uma distância e piscar 1 ou 2 vezes os faróis), eu posso até sair do meu ritmo, pisando mais fundo no acelerador e concluindo a ultrapassagem mais rapidamente, por cortesia.

      Agora, quem chega querendo intimidar e botando banca, pede pra ser sacaneado.

      Não sou santo, numa pista segura, bem construída e com pouco tráfego gosto de dar minhas esticadas até 160, 180 km/h, mas sempre respeito o ritmo de quem está fazendo ultrapassagens na pista da esquerda. É o mínimo que alguém que não está respeitando o limite da via pode fazer.

      Excluir
    3. Concordo Adriano, sempre tem um FDP que quer ter ultrapassar no meio de um comboio.

      Excluir
    4. Se é comigo numa ultrapassagem dessas eu dou 2 totózinhos no freio pra ver se o féla acorda... e se bater na traseira azar o dele huahauhauhu

      Excluir
    5. Zeca Diabo09/04/12 21:44

      Cuidado Gabera, se você continuar a fazer essas idiotices, qualquer dia você que vai acordar sentado no colo do capeta...
      huahauhauhau (risada de retardado)

      Excluir
    6. Depois que falaram que o capeta tem 3 pernas ... to fora de ir para o inferno.

      Excluir
  24. A foto que ilustra o post não poderia ser melhor: um Chevrolet Corsa. Chevrolet é o legítimo meio de transporte do antientusiasta e tranca-ruas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorenzo Frigerio09/04/12 13:52

      Nem tanto - motoristas de Celta e Prisma só andam com o pé embaixo.

      Excluir
    2. Tá enganado, colega. Tem muito motorista, entusiasta ou não, que anda de GM e não atrapalha ninguém. Bobagem pura.

      Lorenzo, não entendi se foi zoeira ou não, mas esses dois aí não precisam pisar muito para andar, sobretudo o Prisma.

      Excluir
    3. Verdade,
      mês passado peguei um Prisma VHC-E alugado e fui para Cachoeira do Sul/RS pela BR-290... LOOOOOONGAS retas e pouco trânsito... média de 130 km/h marcados no gps... A caixa é mais curta que salário de pobre, mas deixa o carrinho bem ágil! Pena que acaba em 155 km/h reais...

      Excluir
    4. E a perna esquerda com cãibra por ter de andar com ela encolhida...

      Excluir
    5. Quando falei do Prisma me referi mais ao 1,4L e nem tanto ao VHCE que, aliás, não vendeu muito e a GM tratou de matar. Só 155 km/h? Já tive Classic VHCE e pus 174 km/h marcado pelo GPS. Quanto à perna esquerda, limitação imposta pela plataforma antiga e apertada que a GM insiste em manter em linha. De toda a forma, é duro ter de aguentar o motor girando a coisa de 5000 rpm por tanto tempo, sei bem o que foi isso.

      Excluir
    6. É, problemas de reciclagem de plataformas... Os bancos também... se fossem de chevette seriam mais confortáveis.

      155 a muito custo, ele chegava muito facil nos 140, depois demorava muito pra chegar nos 150, mesmo com os altos e baixos da estrada, característicos do pampa gaúcho...

      Excluir
    7. Velocidades, plataformas, caixas de câmbio à parte, a ilustração do post não poderia ser melhor. E reparem que a tiazinha está dirigindo como o Stevie Wonder canta; olhando pra cima.

      Excluir
    8. Vigilante Rodoviário09/04/12 21:46

      Ela está olhando a viatura da polícia rodoviária pelo retrovisor. Você é tão idiota anônimo que nem perceberia isso. Só a multa quando chegasse no seu endereço...

      Excluir
    9. Se ela não enxergou a viatura nem de frente, acha que a veria pelo retrovisor? Nunca!
      Sou motorista, não mautorista. Não sou multado.
      E tem mais, sigo o que recomenda a Resolução 18/98 do Contran.

      Excluir
    10. Celtinha e véio Uno dificilmente são pilotados por rodas presas. Normalmente são carros de tiozinho tipo Del Rey, Belina e Santana...

      Excluir
  25. Para você BRAÇO-DURO alguns conselhos :

    1- Se você se acha uma autoridade do trânsito e gosta de por seu MALDITO 1.0 na faixa da esquerda segurando o trânsito, achando que vai salvar milhares de vidas está ERRADO!! O que você vai conseguir é deixar PUTO o cara de trás que vai forçar passagem pela direita, o que é muito mais perigoso, SEU ANIMAL..

    2- Você que anda a 80/90 por hora na ESQUERDA e quando chega alguém atrás ACELERA , É MAIS IDIOTA AINDA! , Porque ao invés de sair da frente rápido e deixar o "apressado passar" , você será EMPURRADO por alguns quilometros por um motorista MUITO PUTO que não vai descansar até você sair da frente .. e se não sair ele vai te passar pela direita ou pelo acostamento porque VOCÊ FOI LAZARENTO E O PROVOCOU!

    3- Você que gosta de ligar o Pisca-alerta por causa de qualquer GAROA . ME faça um favor : ESTACIONE A PORRA DO SEU CARRO ATÉ A CHUVA PARAR e aproveite para comer o frango com farofa que sobrou do almoço e não atrapalhe os outros ..se não tem competência para dirigir na chuva NÃO DIRIJA , fique no acostamento com o PISCA ligado ATÉ ACABAR TODA A CARGA DA SUA BATERIA...

    5- Existe aquele que mete o pé no freio na frente do radar , Esse tipo de ANIMAL deve ser ANALFABETO pois não sabe a diferença entre 110Km/h e 32 Km/h , já que passa todos os radares da rodovia nessa velocidade.. A graça desse tipo de NÓ-CEGO vai acabar quando ele fizer isso na frente de uma carreta com 20 TONELADAS de preferência com os freios bem ruins....

    JONES

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito bem lembrado o uso banal do pisca alerta em chuvas! Despreparo total.

      Os imbecis que não sabem ler velocímetro são o fim da picada também, não é a toa que acabam com toda a fluidez nas vias, afinal temos radares a cada kilômetro praticamente...

      Excluir
    2. hahahah falou tudo

      Excluir
    3. Nossa Jones, você está muito estressado!

      Vai transar com sua namorada. É muito melhor que ficar dando uma de machão no trânsito...

      Excluir
    4. OK..então me empresta A SUA.................................!!!

      JONES

      Excluir
    5. Nao nao empresta para o Jones nao...
      Empresta para mim !
      To na seca faz tempo e sou ruim de pegar muié.

      Excluir
    6. Falou e disse Jones!! basicamente é isso ai

      Excluir
  26. O que me deixa com mais ódio é que a mídia ainda defende esse tipo de gente. Na quinta feira, em um programa matinal da TV, mostraram um Zé ruela andando a 90 cravados no velocímetro da Picasso enquanto mostrava a fila que se formava atras, Ou então um carro ultrapassando pela direita com o comentário "este veiculo nos ultrapassou pela direita a pelo menos 120 km/h". É a idiotizacão da sociedade na pratica.

    ResponderExcluir
  27. Quem tranca rua gosta de sentir um bafo no cangote, gosta de ter gente atras, gosta de levar uma encoxada... é a unica explicação plausível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pode mesmo. A bee se sente o máximo com aquela fila enooOOOooOooOooOOOoorme de macho enrabando ela.

      Excluir
  28. Pior que o dono da faixa da esquerda, é a LOIRA de C3 dona da faixa da esquerda, que aproveita a baixa velocidade para AJEITAR O CABELO!

    Não é mentira, hoje tinha na minha frente um C3 lindjinho forurinha da mamãe. Eu vi que a gente não andava, a fila da direita indo embora sem brecha pra desviar, então voltei a atenção para dentro do carro logo à frente, a fim de entender porque tão baixa velocidade numa via de 60 km/h de máxima. Eis e vejo a patricinha com o corta sol abaixado e as duas mãosinhas sacolejando junto com o cabelo.

    Puta. Merda. Que. Ódio.

    Não dava pra esperar chegar no destino e passar batom até no c* se preciso? Tem que cuidar da vaidade com NO MEIO do trânsito, em pleno movimento? Nada como uma loira burra literalmente de parar o trânsito, para reforçar um esteriótipo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que ódio no coração chiquito...

      Excluir
    2. Tio Chico
      Tu ta estressado heins...
      Vá colocar um algoodao com cha de camomila nas olheiras e dar um penteada no cabelo!
      Depois volta aqui pra gente conversar..

      Excluir
  29. Ferreirafp09/04/12 14:58

    Você esqueceu de comentar aqueles imbecis que dirigem na estrada como se estivessem passeando na Beira-mar norte de Florianópolis ou do RJ e que não reduzem a marcha para aumentar a rotação do motor para o carro ficar mais ágil na ultrapassagem. Então, ficam tentando ultrapassar veículos mais pesados a meros 80 km/h ou menos em uma subida. Ah! Geralmente qdo eles ultrapassam, o trecho de ultrapassagem já está terminando e não permite que ninguém mais a faça, principalmente em estradas que tem a terceira faixa. Aí, vc liga a seta e dá sinal de luz para esse famigerado andar mais rápido e ele fica todo nervosinho xingando até a vovozinha da gente porque ele ainda acha que está correto... Qto aos motoristas de fuscas, vcs tem que evaporar mesmo...jejejeje. Se vc é lento, vá pela direita e não atrapalhe os demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ferreirafp09/04/12 15:00

      E aqueles que andam em fila na estrada e devagar...aí vc quer ultrapassar e os tiros que tem que dar são muito mais compridos pq as belezinhas não andam nem saem da frente... .

      Excluir
    2. Esse povo que não reduz marcha nas ultrapassagens, muitas vezes nem é por preguiça, é aquele povo que acha que o motor vai explodir se passar de 3000 rpm.

      Excluir
    3. Vulgo motoristas que não conhecem seus carros e acham que tem motores diesel...
      Acham que se o barulho aumentar muito vai saltar uma biela pelo lado do bloco do motor...

      Excluir
    4. Qual o seu problema com os Fuscas? Tenho uma jabiraquinha dessas com muito orgulho e nunca deixei ninguém buzinando e piscando farol atrás de mim. Muito pelo contrário, eu quem fico pedindo "pelamordedeus" passagem e ainda sou obrigado a aguentar o infeliz dando tudo do carro só pq tô de Fusca. É crime ser ultrapassado por um, só pode...

      Excluir
    5. Ferreirafp09/04/12 17:09

      jajajajaja! Não se ofenda não parceiro....foi tiração de sarro mesmo...esqueci de colocar os (rsrsrsrs) depois.... . Mas realmente, quem dirige um fusca na estrada sabe como é a coisa...rsrsrs. Os caras querem que você EVAPORE da frente deles....jejejejeje.

      Excluir
    6. Fusca não anda?

      http://www.youtube.com/watch?v=mcwtBkqUdyw

      Fuque do demonho!

      Excluir
    7. Um amigo meu conseguiu a façanha de ser multado por excesso de velocidade com um fusca...

      Excluir
  30. Em minha experiencia residindo nos EUA, o tranca-ruas e perfeitamente predizivel: ele e idoso ou e uma dona de meia-idade ou mais velha; dirige um Buick ou um Toyota ou um SUV; so para garantir o trancamento do trafego, anda 5km/h abaixo do limite de velocidade; ou nunca usa a seta ou a deixa ligada por varios km.

    ResponderExcluir
  31. Pera aí...LOL
    Prestem atenção que nos fundos tem um carro da polícia parado e com um policial acionando o secador de cabelos.
    Provavelmente o Chevrolet preto reduziu a velocidade por causa disso e todos o acompanharam.
    "Não julgues para não serdes julgado", hehehe...

    ResponderExcluir
  32. OFF-TOPIC: Ao compartilhar o texto no Facebook, vem os comentários do PRIMEIRO e não um resumo do texto.

    ResponderExcluir
  33. Ruim também é quem não respeita quem está ultrapassando mas não é tranca-rua, esse apressadinho simplesmente não quer ser pego pela máquina das multas. São pessoas que grudam na traseira de até ônibus e caminhões e não conseguem ver o perigo que correm e o qual submetem os outros usuários da estrada.

    Pra esses o limite de velocidade por média horária vai ser uma delícia, aposto.

    ResponderExcluir
  34. Lendo todos os comentários, até agora, deu pra concluir que tem muita gente precisando urgentemente frenquentar um divã. Não é a tôa que o trânsito no Brasil está um lixo.

    ResponderExcluir
  35. Pior é quando um tonto gruda na traseira do seu carro, quando há espaço na via pra ele jogar pra esquerda e ultrapassar: certa vez que aconteceu comigo, não tive dúvidas e dei um totó no freio só pra assustar!

    O animal ficou tão bravinho que queria me parar pra sair no braço. Lógico: o carro dele estava cheio de orelhas-secas, assim até eu... Deve ter ficado puto pq devem ter batido os focinhos no para-brisas/bancos!

    Segui meu curso e fui embora! Perder meu tempo com morto de fome que comprou a carteira e o carro em prestações a perder de vista, pra que?

    ResponderExcluir
  36. Empata foda.
    É o nome que chamamos estes falso motoristas geralmente que utilizam os carros principalmente nos finais de semana e aqueles que se consideram bons motoristas, pelos veículos que utilizam tais como Celta e Prismas, afinal mal motoristas sempre são preconceituosos e pensam que os carros se conduzem pelo marca independente do motorista.

    ResponderExcluir
  37. Pois é, companheiros:
    Quando ouço ou leio "que muita gente se acidenta e/ou morre na estrada", me vem à cabeça o seguinte:
    Morre é muito pouca gente - o número de motoristas e veículos cresceu, a qualidade dos carros melhorou, mas os motoristas estão cada vez piores.
    Dirijo há mais de quarenta anos, já vi quase tudo na estrada e o futuro me parece cada vez pior.
    Um abraço aos sobreviventes!

    ResponderExcluir
  38. Além de não gostar dos tranca ruas, tenho mais raíva ainda dos pilotos de dragster. Com seus motores gigantes é dificil passá-los nas retas, mas, basta iniciarem as curvas, que estão com um ford A com seu motor de 5 litros e 50 CV a fazer curvas. Curvas contornáveis a 100 km/h querem fazer a 80, e na reta andam a 140 km/h. Motorista bom é motorista constante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. falou tudo

      Excluir
    2. É isso, o anônimo "Apr 9, 2012 03:33 PM" disse tudo: " Motorista bom é motorista constante.".

      Excluir
  39. Daniel San09/04/12 19:53

    Bons tempos em que tranca-rua era só um caboclo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tranca-rua é Exu e não Caboclo.

      Excluir
    2. Daniel San10/04/12 08:04

      Saravá,rsrs

      Excluir
  40. Ao ler os comentários, posso concluir que aqui também tem muito motorista irresponsável.
    Quem devolve troco de "burradas" também é burro.
    Nunca teremos um trânsito decente se agirmos dessa maneira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito, nada mais a acrescentar.

      Excluir
    2. Verdade Moicano,

      Muita gente aqui acha que é piloto e que os outros nas ruas e estradas só estão atrapalhando. São uns idiotas que só veem o próprio umbigo.

      Todo dia imbecis como esses são tirados de pazinha pelos serviços de resgate. Seleção natural...

      Excluir
    3. Moicano, volta pra sua tribo, meu filho!

      Excluir
  41. Lorenzo Frigerio09/04/12 20:22

    O que dizer dos caras que, não podendo te pedir passagem porque a faixa da esquerda está muito cheia de carros, resolvem te ultrapassar pela direita e lá na frente se vêem atrás de um caminhão ainda mais lento e, não querendo dar o braço a torcer, enfiam-se de volta na faixa da esquerda bem na distância de segurança que você estava deixando à frente?
    A Raposo, perto de Cotia, está cheia desses caras.

    ResponderExcluir
  42. Eu gosto de pegar a pista mais livre e relaxar, seja ela a pista da direita, do meio, da esquerda, não importa. Também passo pela direita sem a menor cerimônia e sem me sentir incomodado. E também dou passagem quando solicitado e, mais ainda, quando dá. Porque eu detesto o tipo que cola na traseira e ainda pisca luz alta. Para esses, eu dou uma rápida afundada no freio, acalma todos os ânimos.

    ResponderExcluir
  43. Excelente artigo, aliás artigo esse que os amigos podem ver na forma de VÍDEO em nosso blog - o Curitibano Lerdo é o perfeito exemplo do dono da rua: http://www.sinalvermelhocuritiba.com/curitibanos-lerdos-05-o-verdadeiro-retrato-de-curitiba/
    Parabéns, esse blog é muito citado no nosso, constantemente! abraços!

    ResponderExcluir
  44. Outro acidente que quase aconteceu hoje: um carro tentou ultrapassar outro aqui na rua (via de mão dupla, mas uma faixa de cada lado). O limite da via é 40km/h, mas tente andar nessa velocidade pra ver o que acontece... O cara do Fiesta foi tentar ultrapassar o outro que obedecia a sinalização, e quase bateu de frente com o ônibus que vinha na contra-mão.

    ResponderExcluir
  45. Existem 2 tipos de donos-da-rua absolutamente imbecis: os que andam muito devagar e os que acham que estão numa ferrari mas nem conhecem o limite de seu carros... ou seja 1 imbecil que atrasa os outros e outro imbecil que pensa que é piloto de corrida (mas só sabe andar em linha reta e mais nada)

    ResponderExcluir
  46. Me desculpem, mas apesar do otimo post nunca vi tanta falta de bom senso nas respostas.
    Jogar os outros fora da estrada? Empurrar? Dar tiro pra sair da frente? Achar legal caminhao fazer os outros rodarem na estrada e nem avisar a policia?
    Isso é um desprezo total a vida humana. Não acho que é isso que o forum está incentivando.
    Se quer andar devagar vá para a direita.
    Se precisar andar na esquerda, ande no limite de velocidade.
    Se alguem vier mais rapido, de passagem.
    Se nao conseguir passagem educadamente, ultrapasse quando puder
    Se voce acha legal colocar a vida dos outros em perigo pra mostrar que consegue pilotar em alta velocidade, voce é um criminoso, nao um bom motorista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aeroman,

      Esse texto do Juvenal começou até que bem, depois descambou para a idiotice. Deve ter sido a volta do feriado na estrada que deixou ele meio estressado.

      Só que acabou atraindo um monte de idiotas metidos a piloto. Esses mesmos idiotas que falam em dar tiro, jogar os outros prá fora da estrada e outras babaquices são uns recalcados que são homens só atrás da tela de um computador. Deve ter alguns que escreveram e nem ao menos sabem dirigir. Só prestam para jogar videogame. Lá podem fazer tudo isso.

      A internet é um dos maiores mananciais de merda que existe nesse mundo, e muita gente bebe dela...

      Excluir
    2. Vc tem toda a razão

      Excluir
    3. Anônimo,
      acho que voce estava com o Palio prata que atravancava a Raposo Tavares, não ?

      Excluir
    4. Xará, não te desculpo não, valeu!

      Excluir
    5. Juvenal,
      Você joga vídeo-game, é isso?

      Excluir
  47. Alexandre - BH -09/04/12 23:11

    Juvenal,

    Os tranca-ruas são, provavelmente, os mesmos que adoram ofuscar a visão dos outros motoristas quando param numa rua estreita, na contramão, para embarcar / desembarcar alguém. Esses palermas não sabem que os faróis são de facho assimétrico e que incomodam bastante quem vem em sentido contrário, NA MÃO CORRETA DE DIREÇÃO. Malditos, não sabem usar as luzes de posição – ou faroletes. Também adoram acender todos os faróis disponíveis no carro (será que isso é demonstração de poder ou status?). Os cretinos não sabem que o farol de duplo refletor tem funções distintas de facho alto e baixo. Pensam que os refletores internos são uma cortesia da fábrica, apenas duas lâmpadas “de brinde” que podem ser usadas à vontade. Taco farol alto em todos eles, pra ver se desconfiam, mas não sabem que estão usando o equipamento de maneira errada (claro, aprenderam a tirar carteira, não a dirigir). No final, eu é que passo por sacana ou mal-educado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí! Relato perfeito de uma cena bastante corriqueira, sobretudo em porta de escolas e afins. Depois tem gente que mete o pau na GM por lançar o Cruze com faról simples. Eles sabem o tipo tosco de motorista que existe por aqui, hehe...

      Excluir
    2. Ah, sim. A GM tem cosnciência do tipo tosco que compra seus carros. Perfeita esta!

      Excluir
    3. Pois é... com GM ou sem GM são todos uns toscos. Não é o carro que vai melhorar alguma coisa.
      CL

      Excluir
    4. Alexandre, bem lembrado.
      Quando vejo uma mula desse tipo, que estaciona no meio fio com farol alto aceso, já dou o alto na cara do desinformado, e passo com cara de véio besta.

      Excluir
  48. Falta bom senso de todos os lados:

    - o dono da esquerda que se acha no direito de ser o policial da rodovia;
    - o louco que não se dá conta da diferença de velocidade (tanto para mais quanto para menos);
    - radares nos pontos de acidente - que pelas marcas no chão parecem ser os verdadeiros causadores dos mesmos;
    - policia que pune mas não educa - simples o exemplo de ter um painel eletrônico e em vez de sinalizar uma parada brusca a alguns quilômetros a frente preferem lembrar o valor das "melhores" multas;
    - Limites muitas vezes pífios - longe do conceito de velocidade natural da via;

    Fora o despreparo da maior parte dos motoristas:
    - quem realmente presta atenção nos retrovisores, pontos cegos etc? Estar preparado para trocar de faixa (ou parar em um acostamento) com segurança no caso de uma parada brusca;
    - quem anda de forma constante - sem aceleradas desnecessárias ou freadas em radares;
    - quem tem costumes que facilitam a vida em uma via - setas, sinalizar ultrapassagens, sinalizar que é possível ultrapassar, sinalizar paradas repentinas;
    - quem anda em uma distância segura do carro a frente porém sem ser espaçoso? Os famosos 2 segundos.
    - quem tem com cuidado a manutenção completa do carro, para que não falhe desde uma lâmpada de freio até o motor inteiro?

    por último:
    Não li todos os comentários, porém falar que carro 1.0 é desculpa para andar devagar é saída de quem não tem a menor noção de fluxo, de tráfego, muito menos de segurança.

    Conheçam seus veículos - que ele seja uma extensão do motorista. Conheçam seu estilo de direção - não se afete na direção e esteja preparado sempre. Aproveitem a sensação de dirigir e não estraguem a dos outros."Dirijam por vocês e pelos outros".

    Andem de kart!

    ResponderExcluir
  49. De novo esse chororô?

    Pelamor...vira o disco!

    Passa pela direita e já era.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem uns motoristas na empresa que trabalho que adoram fazer umas mulecagens, quando alguem se aproxima em alta velocidade para ultrapassar pela direita eles dão uma jogadinha no volante para dar "uma sujada na cueca do sujeito".

      Excluir
    2. AnônimoApr 10, 2012 06:45 AM

      Já ouviu falar em Manobra Pit?

      Pois é...rss

      Excluir
  50. Resumindo: Existe muito cara ruim dirigindo pelas ruas e estradas brasileiras

    ResponderExcluir
  51. Infelizmente não é apenas na faixa da esquerda que existe esta raça.
    Tem gente que controla o tempo de chegada ao destino diminuindo a velocidade!!! Outros diminuem a velocidade quando avistam um semáforo verde e assim parar no vermelho, para passar o tempo.
    Quem sabe com essa lei das sacolinhas em SP não faz brotar lojas de conveniência como no exterior. São úteis para dar uma paradinha e de quebra mataria esses vendedores de água e chiclete nos semáforos. Esses aí trancam a rua total. Ao sinal verde, as pessoas tem que esperar o meliante vir correndo buscar o chiclete pendurado nos seus retrovisores.
    Quando vejo um tranca rua que o faz por motivos "celularísticos" eu taco a mão na buzina, para a pessoa do outro lado da linha escutar a cagada. Se a pessoa fala ao celular, mas presta atenção no trânsito é tolerável. Agora bater papo, que pare em local seguro. Falar ao telefone dirigindo, na minha opinião é muito útil para avisar a alguma pessoa do seu destino que vc está chegando, para dar menos bandeira na rua. Mas bater papo, distrai muito.

    ResponderExcluir
  52. isto aconteceu comigo hj, uma mulher em uma brasília passeando por uma avenida bem na hora do pessoal ir trabalhar, eu tinha que levar minha namorada no estagio dela e estávamos atrasados, minha paciencia de esperar ela ir para a esquerda nao durou muito e ultrapassei pela esquerda e pensei que ela ia se tocar, mas quem disse que isso ia acontecer, ela passou a trafegar no meio das duas faixas.
    o dono da rua me deixa muito irritado, o dia que eu estiver totalmente sem pressa e encontrar um pela frente e mas nenhum motorista atras (o que é raro) vou fazer ele se sentir no meu lugar.
    não sei o que me deixa mais irritado, se é o dono da rua ou as donas da faixa dupla, geralmente madames em SUVs de luxo que adoram parar em fila dupla principalmente em frente a colégios quando vão buscar seus rebentos, porque não contratam uma van pra fazer esse serviço e param de atrapalhar o transito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fique bravo com a dona da brasoca, véio! Imagina o tamanho da folga na caixa de direção da jabiraca... ela faz o que pode.

      Excluir
    2. Aquilo não tem folga, mas umas duas férias vencidas!

      Excluir
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  54. Realmente, vejo que muitos compartilham comigo a idéia. Esta semana na estrada fiz um destes babacas metidos a pilotos bater atras de um caminhão para aprender a lição.

    Porra, todo mundo na direita a 80 eu na esquerda a 120 passando todos e deixando margem de segurança pro carro da frente, ai vem o babaca e embute o carro dele atras do meu, não da pra passar uma mosca entre os dois, se preciso freiar em emergencia, o acidente esta desenhado, ai o imbecil resolve passar pela direita. Eu estava com um carro de 200 cv, abs, esp e 6 airbags, fora isso a fisica me privilegiava, 1400 kg, contra 900 kg do outro lado, num carro sem nenhum item de segurança, quando ele botou do lado, foi acelerar e colar no cara da frente, o retardado tentou cortar e eu não dei espaço, tenho seguro total e o preju seria dele, teve que freiar com tudo e deu atras de um caminhao, eu segui viagem. Felizmente ninguem se machucou, mas agora durante 1 mês teremos um babaca a menos em nossas estradas, fiz minha parte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cledison - RJ10/04/12 09:55

      Vacilo hein truta soh pq eh rico acha que eh dono du mundo eh?

      Excluir
    2. Precisamos nos encontrar. Tipos como vc, eu tiro o eixo traseiro da estrada e faço rodar. Normalmente, eu apenas dou tótó do lado oposto ao qual eu quero que o cara saia (normalmente, para a próxima faixa á direita, quase sempre a central).PRA MIM vc dará passagem, sim, por bem ou por mal. Qualquer questionamento, vc anota a placa e tenta a sorte... e vê qual de nossos parachoques ficou mais danificado (e normalmente ficará abaixo da sua franquia... nào se preocupe... tranca-ruas são tão comuns, que já desenvolvi com precisão a técnica de forçá-los a renunciar ao cargo de "polícia particular", ou "tutores dos seus concidadãos", inclusive tendo completo domínio da decisão se dou totó ou tiro o eixo traseiro da trajetória, conforme o peso e a recalcitrância do indivíduo). Em suma... se vc quer ser polícia dos seus iguais, eu serei seu juiz..rs

      Excluir
    3. Falou o Mad Max tupiniquim! Noooossa! Biba brabinha! Ui!

      Excluir
    4. Eu tenho a solução! Parachoque de impulsão!kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  55. A pajero da foto também é um tranca-ruas e ainda com aquela linda coloração "darker than black" no parabrisas...

    ResponderExcluir
  56. murilobonato,

    O que você fez é crime e alguém poderia ter morrido com a tua imprudência.
    Espero que alguma autoridade tenha copiado teu relato e que faça a justiça valer.
    Pessoas como você não deveriam possuir habilitação para dirigir.

    ResponderExcluir
  57. Brasileiro não sabe dirigir.

    Já conheci praticamente todas as capitais do Brasil e o problema é o mesmo.

    E digo mais, um dos piores lugares é São paulo, Salvador e Brasília.

    Antigamente eu adorava dirigir a qualquer hora, hoje eu sofro dos nervos com o transito de Brasília, que tem as pista até boa, mas o ruim são os motoristas que em 98% não deveriam estar dirigindo.

    ResponderExcluir
  58. Isso é coisa de Brasileiro e Americano

    Na minha ultima viagem a Europa pude perceber que na faixa da esquerda é proibido caminhoes, e que os tranca ruas tiveram auto escola, pois eles não ficam na faixa da esquerda.

    Uma coisa importante que aprendi rodando lá mais de 15.000 km foi "NUNCA COLE NO CARRO DA FRENTE" pois voce vai levar uma advertencia com buzinaço dos outros motoristas.

    Outra não tente ser espertinho a aproveitar para entrar na frente do carro da frente quando a pista afunila, vai ganha um BUZINAÇO.

    Sabem o que nos falta EDUCAÇÃO E RESPEITO PELO PRÓXIMO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dirigindo 1000km na Alemanha, includindo autobahen, percebi que isto e apenas lenda: nao ha nada pior que um caminhao mudar para sua faixa a 100km/h quando voce esta a 180km/h; nada pior que voce estar numa faixa em fila a 200km/h porque a outra faixa esta ocupada por caminhoes a metade de sua velocidade e um jumento colar na sua traseira quando a unica maneira de lhe dar passagem seria para no acostamento.

      Excluir
    2. Na Alemanha a ultrapassagem de caminhões é permitida em certos locais e horários, é assim mesmo.

      Excluir
  59. Resumo de todos os posts que colocaram aqui: "Ninguém sabe dirigir, somente eu. Todos erram, menos eu..." Eu hein, queria ver essa turma toda junta numa estrada, para ver se realmente são o que são.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá ia uma boa dica para um encontro !

      E sim, existe ainda bons motoristas, é só querer ser um.

      Excluir
  60. Rafael Ribeiro10/04/12 12:57

    Bastou ler os comentários para ter certeza de como o trânsito aqui vai de mal a pior. Se num blog frequentado por autoentusiastas tem tantos comentários equivocados, imagino o que pensam (e o que andam fazendo) os motoristas médios (a cada dia mais medíocres).

    Educação é tudo mesmo. Cidadania, respeito pelo próximo, tudo virá apenas depois dela. Esperar algo melhor agora, é pura perda de tempo, estamos nivelados por baixo.

    ResponderExcluir
  61. Hoje em dia não temos mais motoristas, somente operadores de veículos.

    ResponderExcluir
  62. Carlos Cwb10/04/12 14:40

    Tudo o que lí na grande maioria dos comentários foi uma puta falta de civilidade.
    Cuide cada um de cumprir sua parte, não se incomodando em querer ensinar os outros a dirigir, e tudo vai acabar bem...
    Puxar o volante pra direita pra deixar o apressadinho passar não vai tirar pedaço de ninguém.
    E se o cara da frente não te dá passagem, após tentativas, vá pela direita mesmo, fazer o que?

    ResponderExcluir
  63. O blog poderia entrevistar a tiazinha do Chevrolet Corsa. Deve ser uma figuraça!

    ResponderExcluir
  64. Juvenal!

    Já mencionei diversas vezes este fato, inclusive em email ao site relatando fatos deste tipo. A solução, sob meu ponto de vista, são campanhas educadores e ensinado a forma correta de dirigir. O órgão de trânsito tem o dever de realizar tais campanhas com a grana das multas, mas..... Então a solução seria de auto entusiastas se unirem e realizar tais campanhas; sei q é dificil e tudo mais, mas ou é isso ou a coisa vai piorar tremandamente. Não estou sendo pessimista, mas já dirijo a um bom tempo e dpois do CNT, com auto escolas a coisa só piorou mesmo. Já comentei ao Bob sobre este assunto e penso q vcs são as pessoas certas para iniciarem esta campanha. Relatei uma viagem no carnaval deste ano no email do site e é triste e tremendamente perigoso.

    Abração

    Tazio Nuvolari

    ResponderExcluir
  65. Vai cuidar da tua vida, mermão.

    ResponderExcluir
  66. Após ler tantos comentários obtusos, fico muito triste em constatar que a nossa maneira de dirigir é o que há de menos perigoso em nossas estradas.

    lamentável...

    ResponderExcluir
  67. A foto não é meramente ilustativa. Em se tratando de um Chevrolet Corsa, é altamente ilustrativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando pergunta da maneira que perguntou, escreve-se "por quê", separado e com acento. Junto e sem acento use em respostas.

      Excluir
    2. Beleza, então... por quê?

      Excluir
    3. Cleston!

      Excluir
  68. Resumo de alguns comentários: De volante e de cama cada todo mundo se acha o melhor...

    ResponderExcluir
  69. Pois é, ontem na marginal Pinheiros, tinha um lesado num Fox passando a quarenta por hora na faixa da esquerda a um bom tempo, quando decido mudar para a pista da direita quem é me vem junto? Mudei de pista novamente e sentei-lhe a buzinada pra ver se o idiota se tocava que ele não estava indo buscar pão nas ruazinhas do bairro... Ai olhei pelo retrovisor e eu me afastando, afastando e ele segurando a faixa pra quem estava vindo atrás...

    ResponderExcluir
  70. E talvez tenhamos esquecido dos mautoristas que forçam a ultrapassagem e em seguida se posicionam à sua frente em velocidade menor daquela que você vinha.
    Merecem bala.

    ResponderExcluir
  71. O post é muito bom!
    E os costuradores surgem por causa desses fabricantes de congestionamentos! Se a faixa da esquerda estivesse livre, não haveria razão para ultrapassar pela direita.
    E observo que em muitas rodovias a faixa da direta é que virou a via expressa!

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...