Google+

14 de maio de 2012

AMARGOS LIMITES, SÓ PARA ALGUNS



O ônibus da cena acima avançou um sinal em um dos retornos da av. Ayrton Senna em uma manhã chuvosa e o resultado foi esse, um belíssimo Corvette destruído e os ocupantes machucados, o da direita com gravidade. Fatalidade? Não, quem trafega pelo Rio de Janeiro presencia bandalhas no trânsito o tempo todo, principalmente por coletivos, ônibus e vans.

Ontem presenciei uma bandalha que as vans fazem o tempo todo, mas dessa vez foi um ônibus de mais de 10 metros de comprimento que efetuou a manobra, ônibus de empresa estabelecida, com concessão para o transporte de passageiros e com várias pessoas em seu interior. Ele vem pela pista lateral, ao se deparar com o sinal fechado, entra na alça de retorno (que está com o sinal aberto), vira na pista central, pega a alça de retorno do sentido contrário e volta para a pista lateral. Pronto, se livrou dos chatos que insistem em parar no sinal vermelho à sua frente. E tudo transcorre na maior normalidade na "cidade olímpica".




As vans são capítulo à parte, meia hora andando de carro por aí e a gente vê de tudo. Veículos com capacidade para 14 pessoas levando umas 20, passageiros em pé, um sobre os outros, crianças no banco da frente soltas, e como desgraça pouca é bobagem, fazendo todo o tipo de loucuras, andando em velocidades altíssimas em veículos com pneus gastos, efetuando manobras que a gente não acredita.


Outro dia meu coração veio na boca, estava no ponto esperando o ônibus e uma dessas vans sai de onde estava parada e entra na faixa de rolamento sem o menor cuidado, o ônibus que vinha em alta velocidade acende o farol alto (não sei porque esses motoristas, assim como os motoboys, acham que buzina e luz alta funcionam melhor do que freio) e freia tudo que pode enquanto a van tenta acelerar tudo que consegue, e eu já prevendo o pior, que felizmente não aconteceu.

E para nós, o que sobra? Sobra pagar uma multa cara se passar a 68 km/h no pardal da avenida de 3 pistas com limite de 60 km/h. Pardais esses que são solenemente ignorados pelas vans, já que não devem pagar multa mesmo e fica tudo por isso mesmo.


Sobra pagar mil reais e ter a carteira apreendida se tomar dois chopinhos e sair dirigindo. Um monte de gente defendendo a tolerância zero e fechando os olhos para o real perigo que os cidadãos correm ao embarcar em vans. O sistema, como transporte complementar, é valido, desde que seja fiscalizado com o mesmo rigor que nos fiscalizam. Do jeito que está, é uma carnificina com o aval das autoridades.

Sobra perder 2 horas (no mínimo) na vistoria anual do Detran, ter que voltar no dia seguinte e perder outro dia de trabalho porque uma lâmpada queimou no caminho, ou pior, porque o sistema está fora do ar. Vive fora do ar, quem mora no Rio não me deixa mentir.


Sobra andar a 60 km/h com sua família no carro para não ser multado e ter um ônibus de 15 toneladas grudado no seu parachoque com todos os faróis acesos querendo aniquilar quem atrapalha seu caminho. Só porque ele está com um pouco de pressa e a lei não vale para ele.


Sobra ficar engarrafado por conta de blitz do Detran para pegar carros com IPVA atrasado. Um aparato eficiente (menos para quem está em dia e não tem nada a ver com a história), com câmeras em vários postes da av. das Américas, que capturam a imagem das placas dos veículos e já avisam para o pessoal lá da frente quem deve e quem não deve. Mas apesar de câmeras por todos os lados, as autoridades não enxergam a bandalheira dos ônibus e vans e não tomam nenhuma providência. Por que será ?


AC

78 comentários:

  1. Porque alguéns ganham muito com isso. Simples assim. Porque alguém ganha muito do sindicato das vans (ou se não ganha, simplesmente se mantem vivo) e por aí vai. Tenso... muito tenso!

    ResponderExcluir
  2. Quinze minutos atrás um ônibus (circular) passou a preferencial e quase entrou no meio do meu carro. Só deu tempo de meter o pé no freio. Depois notei a cara de terror dos passageiros. O motorista nem ligou... entrou numa via rápida sem parar na esquina e pronto.

    VPJ

    ResponderExcluir
  3. Moro em São Vicente,litoral de S.P. e a situação é exatamente a mesma, o busão cola nas sua traseira com os faróis acesos e voce não pode fazer nada porque o radar é 50 km/h, mas parece que só pra mim, e o detalhe é que isso acontece na pista da esquerda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se bem que a pista da esquerda serve para ultrapassagem mesmo né... o melhor é manter à direita.

      Excluir
    2. Mas o radar de 50km/h também funciona na faixa da esquerda, assim como o ônibus não deveria estar nessa faixa...

      Excluir
    3. Ainda assim prefiro andar à na pista central ou na direita quando está livre,estando ou não na máxima da via.

      Excluir
  4. O Lucas Franco acertou em cheio: é porque alguéns ganham muito com isso. E Alexandre, além das empresas de ônibus e transporte alternativo legalizadas, existem os piratas, que passam todo bat-dia, nas mesmas bat-horas, e nos mesmos bat-locais, isto bem debaixo dos narizes de uma legião de "otoridades" que supostamente cuidam do trânsito, e nada lhes acontece: não são parados, não são multados, não são retirados de circulação...O motivo? Mais uma vez, alguéns estão ganhando muito com isto.

    ResponderExcluir
  5. AC,
    igualizinho em Sâo Paulo. Empresas tudo podem, particulares pagam as contas.
    O que existe é corrupção em todos os níveis, por isso pode a baderna e descontrole total.
    Inferno brasileiro.

    ResponderExcluir
  6. Em tempo: vi este lindo Corvette exposto no Forte de Copacabana, um ou dois dias antes deste filho de uma que ronca e fuça ao volante de um ônibus, o destruir completamente.

    ResponderExcluir
  7. Realmente um absurdo! Há dois meses um grande amigo foi preso só porque portava duas pistolas .45 com suas numerações raspadas. Vejam bem: ele apenas portava, não roubava ninguém. Não naquele momento porque já cumprira pena por isto.
    Infelizmente caminhamos para a barbárie com estas leis que a cada dia mais punem os cidadãos de bem e deixam soltos os malfeitores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tá zuando ou é um energúmeno de verdade?

      Excluir
    2. KKKKKKKKKKKKKKKK
      ROTFL...

      Se pelo menos todos os comentários idiotas daqui fossem engraçados assim...

      Excluir
    3. A última frase está corretíssima.

      Excluir
    4. Não foi um comentário idiota não e muito menos estou de zoeira. Aconteceu com meu amigo Caveira. O cara é firmeza, brother mesmo.
      Vou até aproveitar a oportunidade e mandar um salve para ele. Aí Caveira, tamu junto, é nóis!

      Excluir
    5. Vc e o Caveira: com certeza é tudo gente boa .. de familia!
      To fora !

      Excluir
    6. Só rindo mesmo. Que conversa é essa...

      Excluir
    7. Pô Caveira, só uma pistola 45 tá bom demais. Pega leve brother!

      Excluir
    8. Isso é papo pra maluco! O bagulho tá doido!

      Excluir
    9. Rapaiz! O Caveira ficô indiguinado quando chamaram ele de rosca

      Excluir
    10. Se tem um sujeito família neste mundo, é o Caveira. Nunca vi. Quando foi preso era tanto familiar a visitá-lo que alugavam um ônibus para irem ao presídio.

      Excluir
    11. E os familiares devolviam os ônibus?

      Excluir
    12. Era só um ônibus.

      Excluir
    13. >Anônimo14/05/12 13:00

      http://www.youtube.com/watch?v=_-4qSKS7VDY

      Excluir
  8. No Brasil cada um acha que o mundo gira só para ele, ninguém respeita placa PARE, muito menos o triangulo "Dê a preferencia", pois acham que é alguma placa decorativa. Veja o verme de moto entrando em uma via preferencial: http://www.youtube.com/watch?v=XDkjrz-FJ9o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele triângulo invertido é para dar a preferência? Putz, achei que tivessem colocado a placa ao contrário. Desvirei várias em torno de casa. E também preenchi de vermelho porque achei que acabara a tinta na fabricação dela.

      Excluir
    2. >Anônimo14/05/12 13:15

      http://www.youtube.com/watch?v=_-4qSKS7VDY

      Excluir
  9. Felizmente ainda existem pessoas que se indignam com o absurdo nessa cidade. As vezes penso que sou o único a me irritar os os cariocas "ixpertos", sempre querendo levar vantagem. Passo diariamente pelas avenidas citadas e só tenho raiva.
    Outra situação bastante comum por aqui, tão irritante quanto, é quando mantenho uma distância segura do carro à frente e vem um "ixpertão" e vê aquilo como uma brecha para entrar.
    Tenho vontade de andar de tanque e passar por cima.
    Se esse infeliz se ferrasse sozinho, tudo bem, podia morrer logo. Mas ele põe a minha família em risco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo,

      Meu sonho é um Hummer H1, tanto para os ixpertões que se colcam à nossa frente, como para os idiotas que colam trazeira, como eu iria me divertir.

      AC,

      As vans lembram os lotações dos anos 50/60, sou velho, nasci em 54. Me lembro de um lotação vermelhinho, cara chata, linha circular Lapa - Leblon, conhecido como Lapinha, sempre envolvido em acidentes tenebrosos. No trânsito meu pai fugia do Lapinha e a recomendação lá em casa era de nunca pegar lotação desta linha.

      Dependendo da linha de ônibus, tome cuidado, na Barra tem umas linhas do tipo Caxias - Downtown, quec wsão um verdadeiro horror e olha que eu, de Fusca, já disputei muita freada na curva do Sabão Português com o Caxias - Mauá.

      Mas é como eu venho dizendo já há algum tempo "Se tudo der certo nós estamos FU". Todo mundo leva uma qualquer para deixar tudo de qualquer jeito.

      Abraço,

      Barba

      Excluir
    2. Sem nome e sem destino14/05/12 17:27

      Se vocês querem ter jipão para passar em cima dos outros então TAMBÉM são ixxxpertões!

      Por acaso alguém entrar na sua frente ofende a sua honra? E se esse alguém entrar para cortar e sumir na sua frente, você fica triste? Ooohh tadinho.

      Se o cara foi grosso ao ponto de entrar na sua frente apenas ande de modo a abrir distância dele como vc fazia do outro carro. Nada de querer estar em jipão para compensar deficiências penianas graves!

      Excluir
    3. Sem dono, sem destino, mas com muita consciência. Mandou bem. Aliás, não precisa ser nenhum gênio para entender que muito mais importante do que ficar choramingando por mais velocidade como fazem os idiotas, é manter distância adequada. E se o dono do Chevette da foto andasse com atenção, não teria enfiado seu carro azul embaixo do ônibus.

      Excluir
    4. Nada a ver com honra, tem a ver com segurança. E ela é ainda mais afetada pelos limites ridículos de velocidade impostos e pela imbecilização do motorista médio. É só ver quantos carros se arrastam pelas vias de trânsito rápido. Andar devagar demais é tão ou mais perigoso do que andar rápido. Nada a ver com honra, nada a ver com querer compensar nada. E não era Chevette, não, era outro ótimo Chevrolet chamado Corvette. Procure aí na Internet que você vai descobrir a diferença entre eles.

      Excluir
    5. Mais merda genérica14/05/12 19:36

      Sem nome e sem destino gosta de homens da pica grande !
      Que merda que tudo agora nos comentários desse blog tem que cair para ofensas mútuas entre pessoas frustradas pelas mais diferentes razões externando suas angústias de forma irracional e estereotipada.


      O cara reclama sobre distância de segurança, coisa que todo mundo que dirige sabe como é perigoso não mantê-la ,você sabia que não manter distãncia de segurança é perigoso ? Já dirigiu ? Sabia que ele tem uma familia e gostaria de proteção desse trãnsito caótico em que vivemos aose referir a tanque. Aí vem você falar de honra e pau pequeno onde ninguém o assunto era segurança e imprudência. Parece que quem tem "grandes" problemas aqui é você amigo.

      Excluir
    6. Ei, anônimo das 18:31

      Sabe o que é mais engraçado? É que o seu comentário vai ao contrário do que pretendem as "otoridades" de trânsito, pelo menos as daqui de São Paulo. Você diz em manter distância adequada, tudo bem, nada contra, só que os imbecis da CET, em recente reportagem sobre a redução de velocidade na 23 de maio para 60 km/h, defenderam a medida alegando que dessa forma os carros passariam a circular uns mais próximos dos outros, reduzindo acidentes. Brilhante, você não acha?

      Estamos ferrados nesse nosso Brasilsão véio de guerra.

      Excluir
    7. Rafael Ribeiro14/05/12 20:19

      Anônimo14/05/12 18:31

      Você realmente achou que era um Chevette, como você escreveu, e não um Corvette? Por favor, me diga que foi distração ao digitar, não me diga que não sabe o que é um Corvette, vai...

      Excluir
    8. Pelo comentário dele sobre velocidade, nem deve saber o que é um Corvette.

      Excluir
    9. Claro que conheço Chevette. Meu vizinho tem um na mesma cor deste da foto.

      Excluir
    10. >Anônimo14/05/12 18:31

      http://www.youtube.com/watch?v=_-4qSKS7VDY

      Excluir
    11. Merda genérica...

      Vestiu a carapuça do post acima, ficou ofendidinho e veio aqui bostejar psicologia barata para tentar expiar sua frustração...

      Vem aqui falar de segurança... Como se alguém que entra na sua frente COM MAIS VELOCIDADE DO QUE VOCÊ e some na sua frente fosse atrapalhar a sua tal segurança...

      Caso o Ser entre na sua frente na sua velocidade, cabe a você guardar nova distância para manter a sua segurança.

      Não é porque alguém entrou na sua frente que vc tomou uma fechada. Bando de Gérsons fodões!!

      Excluir
  10. "O maior cego é aquele que não quer ver".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o que monitora o trânsito por aquelas camerazinhas também não parece enxergar direito...

      Excluir
  11. Quem vai pagar o Vette?

    Fico imaginando a raiva que o cara deve ter sentido. E um outro nunca vai ser como esse...

    Eu pelo menos sou assim, tenho uma certa ligação com meus carros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse país os autoentusiastas sofrem... pois, para piorar, é impossível fazer seguro de um carro como esse Corvette por aqui...

      No mais, ja andei de ônibus no RJ e posso afirmar que alguns dirigem num ritmo digno de um "Motoboy Vidaloka" de SP.

      Excluir
  12. Leis temos até demais, o que falta mesmo é fiscalização!!

    Hoje de manhã mesmo passei por uma blitz da PRE, onde eles procuravam pegar o pessoal que ultrapassava numa faixa contínua. Até aí tudo bem, até pq aquele trecho já me é bem manjado e muita gente desrespeita mesmo a proibição de ultrapassar alí. O problema é que eles se atentam apenas a isso, visto que deixaram passar um caminhão que eu tinha muitas dúvidas se estava em condições de trafegar.... q q custa abortar um vivente desses e minimamente verificar se estava com pneus e freios em condições ou mesmo as luzes???

    ResponderExcluir
  13. Isso é culpa dos petralhas! Vamos limitar tudo a 2000 rpm!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UniBaboseira, apoiado!

      Excluir
    2. Agora que vi o quanto clonar meu apelido compensa seus problemas de auto-afirmação/estima, pode fazê-lo à vontade, eu deixo... :)

      Excluir
    3. Autoafirmação, auto exclamação, auto interrogação, autopista, autoridade...

      Excluir
    4. >Anônimo14/05/12 16:11

      http://www.youtube.com/watch?v=_-4qSKS7VDY

      Excluir
  14. AC e Barba

    O negócio vem de longe como você mesmo diz, Barba.
    Vejam este vídeo, produzido pelo Jean Manzon, e que, se não me engano, foi utilizado com peça de campanha política. De toda forma, reflete o flagelo que é e sempre foi o transporte público no Brasil. O vídeo dura uns dez minutos mas vale a pena vê-lo por completo. Notem como esses delinquentes que conduziam os lotações se portam no trânsito, sobretudo desviando-se dos bondes praticamente em cima da hora. Loucura total.

    http://www.youtube.com/watch?v=E0e8xHCE-bk&feature=related

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que citou um deles, vou deixar a recomendação: vejam todos os documentários do Manzon no "Youtube". Imperdíveis!

      Excluir
    2. Ah, e tem também este site: http://www.acervojeanmanzon.com.br

      Excluir
    3. OFF TOPIC: qual o nome da música que está tocando, quando aparece o guarda de trânsito? Obrigado.

      Excluir
    4. Legal o vídeo. Mostra como o problema é antigo e cultural. A direção ofensiva do "chofer" do Jean Manzon é a mesma dos "ixpertões", que hoje são inúmeros. Costumo dizer que essa cidade está fadada ao fracasso. Mas acho que as palavras do Barba são mais apropriadas: "Se tudo der certo nós estamos FU".

      Excluir
    5. anonimo 14/05/12, 19:00

      Nome da música: A dança do sabre, composição de Aram Khachaturian.

      Excluir
  15. Caio Cavalcante14/05/12 15:29

    Aqui no rio a questão não se resume mais a uma categoria. Todos, TODOS, deixaram de respeitar sinais de trânsito: pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas de carros, vans, taxis, caminhões, ônibus... E em toda a cidade. Basta uma breve saída pelas ruas para presenciarmo absurdos como o descrito pelo Cruvinel ou outro que vejo diariamente: é comum a reclamação (!!) de outros motoristas com gestos e buzinas, em plena luz do dia, quando alguém resolve respeitar as normas de trânsito!

    Não se trata mais de caso de polícia. Virou caso de psiquiatra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é só no Rio. Mesmo aqui no interior de SP se vc seguir as regras (que aliás poucos conhecem) é tachado de otário.

      Excluir
  16. Félix.
    Aqui no RS também.
    Para os motoristas de ônibus, todo sinal é verde e todo cruzamento é uma preferencial. Além disso, farol alto funciona melhor que buzina e buzina, por sua vez, funciona melhor que freio.
    Se indagados, os motoristas só sabem dizer "temos horário a cumprir...", nada mais.

    ResponderExcluir
  17. Concordo com tudo no texto, mas o cara que pôs esse semáforo ali merecia cem chibatadas todo dia pela manhã! Que custava colocar ANTES da maldita saída ou DEPOIS da entrada??? Como "direção perigosa" parece ser um conceito subjetivo para quem multa, o cara está colocando dúzias de vidas em risco, e fazendo isso sem risco de ser multado!

    ResponderExcluir
  18. Esse caso do Corvette aconteceu com um amigo meu,o Brek do site Autoclssic,a esposa dele se machucou muito no acidente,eu fui visitá-los no dia seguinte ,a companhia de onibus pagou o carro e as despesas médicas,o carro não era conversível como alguns jornais aqui noticiaram,os bombeiros arrancaram o teto para poderem tirar a Teresa de dentro do carro,um mes depois um Prisma avança um cruzamento aqui na Ilha do Governador e acerta o New Bettle da minha esposa,perda total e 2 meses de cama para ela,3 costelas e o pulmão quase perfurado,tá difícil andar de carro,a mediocridade é em tudo,no ato de dirigir,no ato de escrever,de votar....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael Ribeiro14/05/12 22:35

      Puxa, sinto muito pelo acidente de sua esposa e pelo do Berek, conhecido antigomobilista do Rio de Janeiro, espero que ambas as esposas tenham se recuperado.

      Excluir
    2. Mestre Maluhy, sinto muito pelo acidente com tua esposa...Acho que o nosso tráfego não está nem para tua segura e antiga 280 S...que Deus tenha piedade de todos nós! Eu já desisti até de sonhar e ter esperança.

      Excluir
    3. Lamento pelos ocorridos. Espero que todos se restabeleçam bem.

      Excluir
    4. Como todos os envolvidos se recuperaram bem, o que aconteceu com o pulha do motorista do ônibus? Quantos anos vai trabalhar de graça pra pagar o busão e o Corvette?

      Excluir
  19. Esse é o resultado da famosa malandragem carioca... O Rio virou uma Babel. Triste das pessoas civilizadas que ainda moram aí

    ResponderExcluir
  20. Alexandre - BH15/05/12 03:56

    Aqui em BH a situação está fora de controle. Cada um faz o que quer, a qualquer hora do dia ou da noite (incluindo viaturas policiais e ambulâncias fora de situação de emergência). E vendo os comentários dos colegas de outras cidades e estados, percebo que o caos é de ordem nacional.
    Sendo assim, prezados políticos e administradores públicos, se ainda quiserem retomar as rédeas da bagaça, lamento informar que pode ser tarde demais.
    Como diria o comandante Gregorio De Falco, da Capitania dos Portos de Livorno, ao capitão-bundão do navio Costa Concordia, Francesco Schettino: “Vada a bordo, cazzo!”.

    ResponderExcluir
  21. Alexandre - BH15/05/12 04:36

    Xará Cruvinel,

    Em primeiro lugar, espero que as vítimas desse motorista de ônibus débil mental estejam bem.
    Em segundo lugar, lamento pelo Vetão, que já era.
    Quanto ao estrago do busão, este é bem mais simples de resolver. Trocam algumas chapas e boa. Nenhum dano estrutural grave, ao que parece. Mesmo assim, fica caro o suficiente pra detonar o salário do “profissional”, caso seja cobrado pela empresa.
    E assim caminha a humanidade (brasileira). Temos um código de trânsito com 341 artigos, em sua maioria, letra morta.
    Nossas “otoridades” aplicam só a parte que interessa, ou seja, a que gera money. O resto... Ah, o resto pode esperar.

    ResponderExcluir
  22. Oskrmarinho15/05/12 07:49

    Aqui nessa m.... de cidade chamada Fortaleza também impera o terror imposto no trânsito por ônibus, vans e caminhões, devidamente respaldados na impunidade conquistada, sabe-se lá como, junto as desautoridades de trânsito; ônibus, vans e caminhões se prevalecem do tamanho e ficam dançando nas ruas, mais ou menos ao estilo dois prá lá, dois pra cá, numa infindável corrida, pretensamente para cumprir horários, como se essa obrigação gerasse a complacência da lei e lhes desse licença para matar; falta é vergonha na cara dessas autoridades que só fiscalizam para multar; porque não fazem cumprir a lei, a todos, sem distinção?
    Aí tem coisa! Enquanto isso, vamos todos nos f......!

    ResponderExcluir
  23. Graças a Deus todos se recuperaram bem,mesmo a Teresa que se machucou bastante em Lindóia já estava a pleno vapor executando a cobertura fotográfica do evento,agradeço de coração a preocupação dos amigos aqui!

    ResponderExcluir
  24. Aqui em SP as lotações são um terror também. Graças a Deus, na minha região elas sumiram, mas em bairros mais distantes não tem jeito, pois elas complementam a deficiência das linhas de ônibus.

    Essas vans mais novas, com motores turbo diesel modernos, e boas direções hidráulicas, são o terror para os "pilotos" de lotação costurarem no transito feito loucos.

    O que está o terror ultimamente por aqui são os caminhões. Como eles agora tem horários de restrição para circularem, quando o horário chega ao fim, eles saem que nem loucos por aí... agora há pouco vi um caminhão guincho, guinchando um carro, costurando nas pistas da marginal como se fosse uma moto! E nessa hora não tem ninguém pra fiscalizar isso...

    ResponderExcluir
  25. Outro dia mesmo na esquina da minha rua, sinal aberto pra mim e passa um onibus bem rapido no cruzamento, com sinal vermelho pra ele. Se eu não estou atento, acertaria em cheio minha porta, e como sabem é dos piores tipos de colisão que pode acontecer. Segui atrás, transito parou a frente, emparelhei com o infeliz e perguntei se ele não viu o sinal. Ele só pediu desculpas, eu o mandei a merda e disse que não adianta pedir desculpas, só falei a ele pra dirigir aquela merda direito. O pior de tudo são as pessoas em volta te olhando como se voce fosse um retardado, todo mundo aceita na maior normalidade e quando alguem se revolta todos ficam com cara de espanto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando: vc está certíssimo! Mas vai aí um conselho que penso se deve dar a um homem de bem como vc: se baixar o vidro ou descer, esteja pronto para descarregar o 38! Senão não desce. parece loucura, mas infelizmente está assim. Se protege, irmão, que eles dominaram a cidade. Tudo de bom.

      Excluir
  26. Mauricio Sousa15/05/12 16:34

    Corvete? Achei que era um Puma... kkkkk

    ResponderExcluir
  27. Por essa e outras que no Brasil muita gente compra caminhonetes indiscriminadamente para andar no transito, pois assim se sentem mais seguros.

    ResponderExcluir
  28. Para andar no RIO no lugar da Corvette deviam ter comprado um HUMMER ou aquela Ford SVT Raptor....

    Blindados, de preferencia.

    ResponderExcluir
  29. Só para dar um retorno aos amigos,semana retrasada foi fechada a ação criminal contra o artista que causou o acidente,considerado culpado foi obrigado a pagar 1000 reais para o Inca e está com cartão amarelo,mais uma cagada perde a carteira,é pouco,mas pelo menos não ficou impune,agora eu vou enfiar uma cível nele.....

    ResponderExcluir
  30. Postei lá no Blog do Mahar. Detran do Rio, posto da Barra!

    Mahar; Como inúmeras das coisas aqui, as bôas intenções travestem uma maracutaia, são desvirtuadas no andar da carruagem, apropriadas por todo tipo de malandro querendo algum, etc. Vou te contar minha sina da semana passada; Fui emplacar o Accord e o dito "vistoriador", um moleque imberbe que de carro conhece o mesmo que eu de foguetes que vão a lua, após revirar todo o veículo com a gana dos famintos e não achar nada, vaticinou do alto de sua inatacável posição de autoridade incontestável e juiz:
    -"o senhor VAI TER que trocar a placa trazeira".
    Olhei a placa e perguntei o porque.
    -"Está com desgaste nos números". Olhei os números, absolutamente legíveis, e vi que não fazia sentido. Certamente havia desgaste, mas nada além de um leve esmaecimento, nada mesmo, uma só falha e eram legibilíssimos, como bem comprovam as multas que recebo. Contestei e nem bola. Depois ele completou a sentença:
    "e ano que vem as placas terão que ser reflexivas. Sugiro que o sr se adeque senão vai ter que trocar de novo".
    Sentenciado, saí para cumprir minha pena. Anda, movimenta, pessoal paga duda de emplacamento, tarjeta e lacre e dias depois volto eu. Fila, espera, chega minha vez, entrego o papel e o novo vistoriador sentencia:
    "não vamos poder emplacar o carro do senhor não".
    -Porque?
    -"o senhor pagou um duda de placa traseira reflexiva e a placa dianteira não é reflexiva"...
    -E dai, seu vistoriador?
    -"daí que o senhor tem que pagar outro Duda e trocar a placa dianteira para reflexiva.
    -Tá bem, não quero mais REFLEXIVA! Pode por uma placa normal mesmo.
    -"Posso não senhor. Aqui não damos troco e o duda foi pago com preço de placa reflexiva".
    -Não quero troco rapaz. Pode por a placa.
    "posso não senhor. Este duda só serve para esta placa. Por favor puxa o carro que preciso atender o de trás"...Desolado, saí para cumprir a nova penalidade. Mais trabalho, problema, paga, arruma, volto eu dias depois. O cara olha verifica, e vaticina:
    -"posso emplacar não senhor".
    -Porque?
    -"porque o senhor pagou placa, tarjeta e LACRE e na placa dianteira não tem lacre.
    -Tá bem, ok, não põe o lacre.
    -"Posso não senhor. O duda É DE PLACA DIANTEIRA, TEM LACRE e a gente não dá troco".
    Tirei o carro dali, desci e fui ao supervisor. Expliquei a situação e o cara, depois de se coçar inteiro, chamou um auxiliar lá fora e disse
    -"olha só! Mais uma vez o pessoal fazendo M..... Aonde está na legislação que as placas tem que ser iguais? Tem que avisar esta turma! vamos lá que vou emplacar o carro do senhor".
    Me mandou ao container que faz a placa e o cara da placa sapecou:
    -"olha, a placa dianteira é reflexiva?"
    -Não, falei!
    -"Então nao vai dar para fazer a traseira reflexiva não".
    -Vai dar sim cara! ou vc faz ou chamo teu supervisor que vc não sabe de P... nenhuma! Vai se informar antes de prejudicar os outros!
    O cara se mexeu e mandou fazer a placa trazeira. Voltei para a famigerada linha 15 do emplacamento, FILA e na minha vez o emplacador mandou:
    -"posso emplacar não senhor".
    -Porque?
    -"porque esta placa é trazeira e fizeram ela sem os furos para eu passar o lacre".
    -Larguei o carro ali, travando todo mundo e fui atrás do supervisor. O cara volta, dá um esporro no moleque e manda ele ir no container arrumar a placa. 5 minutos depois ele volta com a placa, emplaca o carro e eu pergunto ao supervisor:
    - E a placa dianteira?
    -Ah, esta não vai dar para resolver. O duda é de placa com LACRE e aqui não damos troco não.....Entra no Detran com o pedido de devolução do dinheiro, paga outro duda SEM LACRE, volta aqui que a gente emplaca......
    Abraços, Mahar!

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...