Google+

20 de agosto de 2012

TRACK-DAY DO MG CLUB DO NO VELO CITTÀ


O autódromo Velo Città, Mogi Guaçu, interior de São Paulo, ainda dará muito que falar. Fica evidente que quem o projetou é do ramo. Há inúmeros tipos de curva, muitas delas cegas – curvas que não são vistas por completo, vemos a entrada, mas não a saída –, curvas em subida e em descida, um autêntico saca-rolha em descida, parecendo inspirado no famoso saca-rolha de Laguna Seca. Boa boa reta, e, muito importante, toda ela bem larga, o que facilita ultrapassagens das boas. 

E o que dá um tempero especial e ele ter um desnível de 45 metros entre seu ponto mais alto ao mais baixo, então a coisa fica tipo montanha-russa, três dimensões. É bom mesmo, empolgante, desafiador. Tem 3.430 metros de extensão, é homologado pela CBA e tem chancela da FIA. Foi construído para a realização de eventos da Mitsubishi do Brasil e também para a realização de competições diversas.


Ali, neste sábado, foi realizado o Classic Velo Città – Track Day, o 74o Rali de Regularidade organizado pelo MG Club do Brasil – um clube que reúne não só MGs antigos, e sim todas as marcas, e que prima em ser um clube esportivo, nada de carro parado como um bibelô, mas carros prontos para o racha.

Regularidade para alguns e lenha de track-day para outros. Alguns não estavam nem aí em manter médias nem classificação e trataram de meter o pé. Deu gosto de ver os MG, os Alpine, os 911, Jaguar etc, como o leitor vê nas fotos, muitas belas máquinas em seu elemento.



Tudo muito bem organizado, todos estão de parabéns.



O DS3 na pista

Como eu havia buscado um Citroën DS3 na tarde do dia 17, sexta-feira, para uma avaliação apenas pessoal (já há posts do Bob tanto relativo ao lançamento quanto “no uso”), nem tive tempo de estudar o carro, ler o manual, pois saí cedo de casa rumo ao Velo Cittá para conhecer a pista e acompanhar o evento. Mas, ao chegar lá, me deu uma vontade enorme de dar uma volta na pista com o Citroën, pois achei-o fantástico na viagem.São Paulo–Mogi Guaçu, 160 quilômetros.

Antes que as provas começassem, pedi ao amigo Luís César Ramos, presidente do clube, para andar na pista e lá fomos nós, acompanhados do também amigo Wanderley Natali, piloto doido por Alfa Romeo, que foi no banco traseiro como camera man.


Bela pista. Pena que faltou eu achar na hora o botão para desligar o controle de estabilidade e tração, pois até então eu não tinha me preocupado em descobrir como se fazia, nem o manual havia lido ainda (é fácil, vi logo depois, é só um botão no painel, mas não havia como dar outra volta, pois as provas iam começar logo). Mas mesmo com ele ligado, intervindo por frenagem seletiva e/ou restringindo potência quando eu não queria, deu para sentir como o DS3 é rápido de curva. E a pista é mesmo sensacional.


Parabéns ao pessoal do MG Club, autênticos autoentusiastas.

Pena o Lotus Elan ter dado uma cacetada na proteção de pneus. Esse carro é um sonho.


AK

Veja dois vídeos e a seguir, mais fotos.




















74 comentários:

  1. Tem foto repetida (Alfa branca desembarcando do caminhão) e um "Alta Romeo" no 2.º parágrafo do ítem "O DS3 na pista".
    Excelente cobertura! Adoro este tipo de evento pena que me falte tempo financeiro para construir algo legal para track days.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aléssio Marinho20/08/12 12:35

      Charles,

      Tem gente que vai pra track day com mille. Só põe um filtro "esportivo", gasolina pódium no tanque e compra um jogo de pneus só pra se divertir na pista. Não precisa ser um bólido de 500 cv. Com muito pouco dá pra brincar legal. O que importa é se divertir.
      Só não o faço pois o autódromo mais próximo da minha casa fica a 1500 km, em Fortaleza.
      O jeito é ir no Kart Indoor de vez em qdo.

      Excluir
    2. Aléssio Marinho20/08/12 12:36

      Olha o que os caras fazem em Brasília:

      http://www.youtube.com/watch?v=DugH-rhm5pk

      São 66cv...

      Excluir
    3. O problema é que sou bem chato, Aléssio, e queria montar um brinquedinho que tivesse a minha mão na execução. Meus planos são de montar um Escort (Mk IV) bastante aliviado, com algumas modificações na suspensão e um motor Zetec (nada excepcional em mecânica, apenas comandinho e modificações no sistema de injeção – para manter bastante confiabilidade). É até relativamente barato, mas estou com outras prioridades no momento.
      Mas não ignoro a possibilidade de colocar o Focus para correr qualquer hora aqui no AIC.

      Excluir
    4. Charles,
      A foto repetida foi removida. E estava 'Alta Romeo' mesmo, foi corrigido. Obrigado pelas observações.

      Excluir
    5. Charles
      Não precisava falar ..., nos todos já sabíamos que você e bem chato
      Chato mesmo!
      Mas não se aborreça com esse comentário.
      Por favor continue postando.

      Excluir
  2. Ah! Agora sim! Gostei do post! São assuntos como esse que espero de um blog chamado Autoentusiastas

    ResponderExcluir
  3. A diferença entre "olha meu carro novo, ele freia, acelera, vira, faz café, saca rolha e fala ao telefone sozinho" e "onde é que eu desligo essa parafernália pro carro fazer o que EU quero"...

    Até que enfim um lugar pra se colocar nas metas de viagens de fim de ano!!!

    AK, vc ainda tem o melhor emprego do mundo.

    ResponderExcluir
  4. Aléssio Marinho20/08/12 12:28

    É uma droga morar longe de um autódromo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só pegar o carro e ir ao autódromo, oras.

      Excluir
    2. anônimo 13:15

      Só que tem um detalhe: O Aléssio mora em Belém-PA. Como ele mesmo disse, são 1500 km até o autódromo de Fortaleza-CE, o mais próximo. Meio complicado fazer um bate-volta desses, ainda mais que a estrada não lá essas coisas...

      Excluir
    3. Vai em dois. Cada um dirige setecentos quilômetros.

      Excluir
    4. E em Fortaleza tem track day duas vezes por ano!!

      Excluir
    5. Lucas Neves20/08/12 21:18

      Não adianta nada morar perto de autodromo mas não tem acesso, infelizmente. Fui lá e como esperado não é liberado o acesso, tentamos ver de uma estrada que margeia mas nos 2 lugares que achamos, um é no saca rolhas mas não se ve nada por causa do guard-rail e no outro se ve mas não ouve por ser longe. Se fizerem arquibancadas e liberarem acesso a ela, vai ser perfeito.

      Excluir
    6. Aléssio Marinho21/08/12 11:22

      Anônimo20/08/12 15:09

      Obrigado pela resposta.
      O meu problema não é fazer o bate-volta, é ir sozinho. Não posso pegar estrada por recomendação médica; pra minha mulher conseguir uma folga no trabalho é uma luta e pra completar nenhum dos meus amigos daqui é entusiasta de automóvel, e acho chato ir pra esses eventos sozinho. Então, me contento em assistir a TD qdo vou a Brasília visitar a família e os amigos, pois nem pensar em usar o carro de algum parente pra isso...rsrsr e dar umas voltas no kart com meu filho de 13 anos que mora em Brasília qdo vou lá ou qdo ele vem passar as férias aqui comigo.
      Espero poder ir brincar em Fortaleza ou Brasília no ano que vem.

      Excluir
    7. Aléssio Marinho21/08/12 11:35

      No Pará o automobilismo é inexistente. Existe apenas um pseudocampeonato de kart com raras provas, sendo que a última foi no 5º andar do estacionamento de um shopping da capital, pois Belém não possui kartódromo, este existente em Castanhal, cidade a 70 km e praticamente abandonado.
      E nas férias de verão (inverno pro resto dos brasileiros) há o Rallye do Sol, de regularidade, que percorre uns 200 km de estradas de terra que separam a capital de Salinópolis, um dos balneários do estado. A maior emoção é sujar o carro de lama.
      Prefiro ir pra Salinópolis e alugar um quadriciclo na praia. Dá mais emoção.

      Excluir
  5. Esse é o tipo de autódromo autoentusiasta: sem estrelismos e ao menos no vídeo pareceu perfeito. Parabéns pelo post AK.

    ResponderExcluir
  6. AK, só uma leve correção: No segundo parágrafo apos o "DS3, na pista".

    "...piloto doido por Alta Romeo, que foi no banco traseiro como camera man."

    Tem um errinho na palavra "Alfa". No mais, belo post! pena que carecem de autódromos aqui na volta da minha cidade.

    Só uma dúvida: Um carro com motor 1.0 seria viável de andar numa TD (regularidade ou não)? mesmo tendo lá seus 50 e poucos cv? Digo isso no sentido de atrapalhar o andamento ou não dos carros mais possantes. Obrigado!

    Mendes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende das regras do TD, podem fazer baterias por potência, ou algo assim. Mas é só o piloto do carro mais fraco abrir passagem que não atrapalha em nada, afinal nai é corrida, ninguém quer se matar na pista. Já andei 3 vezes em Pinhais e 1 vez em Cascavel, de Ka xr, fiesta 1.4 e agora 2.0

      Excluir
    2. A hr q der quero ir num TD em Cvel. E tbm não vejo a hr do autódromo de Toledo sair do papel.

      Excluir
    3. Mendes,

      carro 1.0 pode andar em TD sem problemas, e os tempos costumam a ser surpreendentes. São mais rápidos do que se imagina.É fundamen tal que estejam em ordem: suspensão, freio e motor.

      Normalmente, antes dos caros irem para a pista, é feito um briefing com os pilotos, onde as regras são estabelecidas visando principalmente a segurança. Aqui em BSB, por exemplo, não se pode ultrapassar em curvas e quando ocorrem as ultrapassagens nas retas, quem vai ultrapassar é que sai do traçado, para evitar a perigosa situação dos dois carros irem para o mesmo lado.

      E outra: a pista só fica cheia no início da bateria. 15 minutos após o início, alguns carros já retornaram aos boxes e os que ficaram já estão bem dispersos pela pista. Dá para ir no seu ritmo sem o menor problema.

      Abraço

      Lucas CRF

      Excluir
    4. Sim, pois normalmente os carros 1.0 são leves e com relação de marchas curtas e "trepadas".

      Excluir
  7. Mandou bem Arnaldo. Fico pensando, se é homologado pela CBA, o pessoal tá "dormindo", tinha que transferir várias provas para essa pista. Quem sabe aí com a debandada, a prefeitura de sp não daria mais atenção à Interlagos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não usarem mais a pista de Interlagos para corridas, a Prefeitura pode vender para inúmeras construtoras fazerem prédios.

      Excluir
    2. Reynaldo,

      Interlagos é Interlagos, mesmo tendo sido amputado em parte. Em Interlagos dá para atingir velocidades bem mais altas.
      Mas cada um com seus atrativos. Que o Velo Città seja bem vindo.

      Excluir
    3. Concordo Arnaldo, Interlagos é Interlagos, o "Templo", sem dúvida mas quis dizer que a prefeitura o abandonou. Não pensei em termos de velocidade que para algumas categorias seria impraticável mesmo. Algum dia irei até Mogi, o que vi pelo seu vídeo é excitante.

      Excluir
    4. Reynaldo,

      Um dia a gente faz que nem tudo quanto é categoria aí e a gente para a cidade inteira até que a prefeitura reative o Interlagos Clássico. Hein?
      Já que é pra bagunçar o coreto.
      Tô brincando, que acho sacanagem com o povo essas paradeiras aí, mas que dá vontade, dá. Esse pessoal da prefeitura não tem cultura automobilística alguma e são umas topeiras.
      Antes de r ao Velo Città, veja se haverá alguma corrida. E tem outra: o autódromo é da Mitsubishi e eles promovem eventos ali onde vc paga e dirige um Lancer Evo até enjoar (se é que enjoar é possível). Espero em breve fazer um post a respeito. Estamos tratando disso.

      Excluir
    5. Ok Arnaldo,rsrsrsrs e obrigado

      Excluir
    6. Lucas Neves21/08/12 14:16

      Arnaldo, acompanho seu trabalho desde os tempos do primeira mão, até li o seu livro que é muito bacana por sinal, e queria aproveitar para fazer uma pergunta. Eu moro em mogi mirim, cidade vizinha do vello citta, tentamos(eu e meu pai) ir assistir a prova, mas como era um evento fechado e não tem estrutura para comportar publico, não liberaram o acesso. Tentamos ver de uma estrada que margeia o autodromo mas também não é muito visivel. Você sabe se tem algum plano para o futuro para liberar acesso ao publico para acompanhar as provas?

      Excluir
    7. Lucas,

      Estamos tratando com a Mitsubishi de fazer um post sobre a pista, indo lá e tudo. Também quero saber essa e outras coisas. OK?

      Excluir
    8. Lucas Neves21/08/12 16:34

      Obrigado pela resposta. No aguardo do post, Arnaldo e parabéns pela iniciativa.

      Excluir
    9. Dale AK! Agita um TD pros AEs... hehehe

      Excluir
  8. Que belíssimo evento! Difícil é acreditar que foi no Brasil.

    McQueen

    ResponderExcluir
  9. Que belo evento, que belo post, que pista!!!!! Boa tocada AK! Pena que não teve um bis com os controles desligados... Que vontade de conhecer essa pista! Putzquelospariozes! Wanderley ficou tenso no saca-rolha... hahaha
    Sds

    ResponderExcluir
  10. O cara do Lotus bateu, mas ao menos tava lenhando... Que ronco é esse heim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso sim é entusiasmo pelo carro. A lotus tava até de pneu slick. Uma pena ter batido, mais deve ter se divertido muito.

      Excluir
    2. Andre Scudeller20/08/12 18:24

      Concordo, melhor esfoliado que sobre cavaletes.

      Excluir
  11. AK
    Ou estou meio caquético ou motor que o Luiz Dranger enfiu naquele Chevette era muito chegado à esse aí da Elan.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo das 15:01,

      Realmente, não sei. Sei desse Chevette desse Dranger por ouvir falar, mas não sei quase nada a respeito. Logo deve aparecer algum leitor que deve matar a charada.
      O galho é que esse Elan é um Lotus aliviado, leve feito uma pluma. Como anda! ou, como andava!! Deu dó mesmo.

      Excluir
    2. AK
      Resolvi fuçar aqui mesmo no blog. Acho que a resposta está dada e o véio aqui até que não tá tão caquético. Veja também as fotos.

      http://autoentusiastas.blogspot.com.br/2009/02/chevette-lotus.html

      Excluir
    3. Doeu na alma ver a foto do Lotus Elan após a batida. Mas acredito que o estrago não tenha sido muito grande, dá para recuperar.

      Excluir
    4. Road Runner,

      dá, sim, pra recuperar. O que me preocupa é o chassi em Y que é frágil, leve. Aquilo deve ter entortado. A pancada foi forte.

      Excluir
  12. Um pouco de pena do sujeito que bateu o Lotus. Mas pelo menos ele usou o carro para aquilo que os Lotus foram feitos: Jogar na pista e extrair litros de diversão do carro...
    Impressão minha ou é mais fácil achar um DS3 no blog que na concessionária? De qualquer modo, mesmo com os gnomos, foi mais um belo serviço prestado pelo micro citroen de preço extratosférico...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Braulio,

      O Lotus não era do piloto que o dirigia. O dono estava nos boxes, olhando...

      AK

      Excluir
    2. Caramba!
      Se eu tivesse um Lotus desse nao emprestaria nem para minha sombra!

      Excluir
    3. Anônimo20/08/12 21:46, nem eu!

      Excluir
    4. oooooo dó... eu tb nao emprestaria não!

      Excluir
  13. Rafael Bruno Pinto20/08/12 17:05

    Será que esta pista terá mais eventos desse?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, certamente que terá.
      Como eu disse no post, ela dará muito o que falar. Pode apostar.

      Excluir
    2. Rafael Bruno Pinto21/08/12 15:25

      Opa, maravilha!
      O bom é que é perto de SP também!

      Excluir
  14. Que maravilha, QUE MARAVILHA !

    Em época de total enganação e esquecimento do esporte automotivo nacional, uma pista desta é algo que me faz feliz e mais ainda quando for dar uma carreirinha lá dentro.

    Que bela noticia AK, obrigado!

    Sobre o Lotus, é uma grande pena, mas as peças deste carro são até bem simples de encontrar na Englaterra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops!
      Inglaterra

      Excluir
    2. Que isso Anônimo, não percebeu que eu quiz ser chic em escrever England, e saiu Englaterra !? rrsrsrs

      Valeu !

      Excluir
  15. Apesar de acompanhar Fórmula 1 desde criança, só muito recentemente me dei conta do quão melhores são circuitos como este, com grandes desníveis. Interlagos e Spa-Francorchamps são assim, e as corridas lá disputadas são sempre muito mais interessantes que nos circuitos planos.

    ResponderExcluir
  16. Caramba, Alpine e Jaguar placa preta num track day! Tem que ter muita coragem. Ou muito dinheiro. Ou ambos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, gente agora importando Alpines, enquanto até uns 5/6 anos atrás, gente exportando Alpines brasileiros (Interlagos) a preço de banana... aliás, dizem que na França trocavam as "letras" pelas do Alpine.

      Excluir
  17. Nossa... essa pista virou meu mais novo sonho de track day!! Vou esperar começar a ter mais track day para avaliar a viabilidade de mandar um carro a mais de 3 mil km...

    Bem que poderia ter mais dessas espalhadas pelo Brasil!!

    ResponderExcluir
  18. Pqp ótimo evento pena não ter divulgação,eu moro a menos de 100 km de Mogi Guaçu e passei o fds atoa,tem algum site do autódromo com a divulgação de eventos que ocorram no mesmo?

    ResponderExcluir
  19. Que coisa fina esse evento , Finissimo!
    Muito carro ai que eu nao conhecia!
    Foi tambem aberto ao publico ? Ou so para os pilotos/colecionadores?
    Voces poderiam divulgar o proximo ? Gostaria de assistir
    Jorjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo das 21:54,

      Nesse evento a entrada era só para convidados, mas poucas semanas antes teve uma Porsche Cup e nessas creio que era para ter público de fora. Estamos tratando com a Mitsubishi de fazer um post no Velo Città e aí deveremos esclarecer tudo. OK?

      Excluir
  20. Fantástica pista, fantástico texto! Legal o saca-rolhas mas daí a comparar com o de laguna seca... lá são aproximadamente 25m de desnível só no saca rolha!!
    Muito legal a iniciativa do Eduardo Souza Ramos de fazer esta pista!! Está de parabéns!!! Dá pra notar que é bem melhor que as outras pistas privadas do Brasil.
    Se as implicações jurídicas não fossem tão grandes eu teria um lugar espetacular para confraternizar os autoentusiastas ainda que seja um ambiente mais empoeirado hehehe. A dica para quem está longe de autódromos é descolar uma fazenda de algum conhecido. Acelerar na terra também pode ser fantástico, aliás acho que meu sangue caipira prefere uma boa estrada de terra ao asfalto, pelo menos quando se trata de acelerar carros menos potentes.
    Arnaldo, obrigado por compartilhar este fantástico dia conosco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só para esclarecer, não foi o AK que comparou com laguna seca, foi o "câmera".

      Excluir
    2. Kiko,

      Fui eu mesmo que citei Laguna Seca, eu escrevi "parecendo inspirado no de Laguna Seca". "Inspirado". De qualquer modo, descida em saca-rolha é fácil fazer, o difícil é acertar o modo mais rápido mesmo. É um desafio. O câmera, coitado, estava sendo jogado de lá pra cá -- já que o DS3 agarra feito um ímã -- e sofrendo para manter uma filmagem decente para a gente aqui. Temos que agradecer a ele, o Wanderley.

      Excluir
    3. Grande AK, mais um belo Post, dia incrível este, sonho de mtos. No Brasil dos corruptos, não há mais espaço p/ o esporte. Não possuimos mais educação, que dirá escola p/ formar uma futura geração de pilotos, Kart Indoor não ensina, Rasia teve que ir p/ fora do pais, e cada dia mais nossos jovens vão se desviando deste esporte, difícil encontrar um jovem que saiba diferenciar carburador de uma injeção, trocar pneu nunca, punta-taco? que é isso? PARABÉNS, e agradecemos.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    5. Arnaldo, fui injusto com o Wanderley, peço desculpas a ele. Foi o cara no banco do passageiro que disse: "É igualzinho ao lá de Laguna Seca" ao 4'33" do vídeo. Mas não é mesmo! Não que a curva não seja legal, parece ser muito boa mesmo mas é que detesto hipérboles descabidas. Abraço!!

      Excluir
  21. Participei de um evento organizado pela concessionária MINI no autódromo de Brasília foi muito legal quem andou acelerou a vontade, os discos de freio chegavam fumaçando nos boxes, lá pelas tantas me dei conta. Caramba ! Estou aqui botando para moer e nem capacete estamos usando! Graças a Deus o evento foi tranquilo sem nenhum incidente. Os proprietários do carros, todos muito conscientes e respeitosos uns com os outros na pista. Pela inexperiência dei uma boa desgastada na banda dos pneus dianteiros e só quando acabou que eu me lembrei que poderia ter desligado o controle de estabilidade.

    ResponderExcluir
  22. Bela notícia, post realmente prazeirozo.Parabéns a Mitsubishi e todos os envolvidos neste empreendimento. E, para colocar o veterano na lenha fico me perguntando se ama mais a relíquia aquele que a põe em cavaletes ou o felizardo que a coloca na pauleira...tenho certeza que pelo menos as emoções da segunda opção são impagaveis...Quanto a lotus Elan,Consolo para o feliz proprietário:Faz parte. E dá tanto prazer recuperá-lo quanto pilotá-lo! Minha modesta opinião.

    ResponderExcluir
  23. Dom Toretto21/08/12 12:21

    Belo autódromo, mas precisava de um nome tão fresco??

    ResponderExcluir
  24. Também achei o nome desse autódromo muito elitista, metido a besta mesmo, se bem que é um local frequentado só pelos endinheirados de plantão. Deve ser uma alusão a CineCittà italiana.

    Prefiro um nome como Interlagos, é muito mais bonito.

    ResponderExcluir
  25. Maravilha o traçado desse autódromo, bastante desafiador. Sou fã de curvas cegas, embora difíceis de serem feitas "no capricho" e facinho de se esborrachar em caso de abuso...

    ResponderExcluir
  26. Isso é pista pra kart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah ta ! Pista pra kart de 3,5 km ? Ta bom ...

      Excluir
  27. Prezado Arnaldo: Parabéns pela reportagem. Será que há alguma chance desse autódromo vir a ser a segunda opção para a formula um no Brasil?
    O rio já era.
    Abraço, Marco de Yparraguirre.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...