2 de janeiro de 2013

EXTRA: AGRADECIMENTO DE LEITOR

Acho importante dar conhecimento aos leitores de um e-mail que o AE acabou de receber e compartilhar a enorme satisfação que me deu:

................................................................................................................................

"Olá!

Gostaria de agradecer ao blog, e principalmente ao Bob Sharp por ter divulgado esta matéria:

http://autoentusiastas.blogspot.com.br/2012/12/outra-da-cet_19.html

Graças à informação contida nela, ao qual eu desconhecia completamente, resolvi escrever um email para a NITtrans, uma espécie de CET da cidade de Niterói/RJ, onde resido, solicitando a retirada de tachões que instalaram na rua da minha faculdade no início do segundo semestre de 2012.
Niterói, como qualquer outra cidade brasileira, tem seu pavimento rodoviário urbano repleto de buracos e calombos asfalticos. Ou seja, não há a necessidade de por calombos artificiais nas ruas. Lembro que quando colocaram esses tachões eu fiquei muito chateado com aquilo, afinal, eram seis topadas (três na ida e três na volta) que os pneus do meu carro davam cada vez que eu quisesse ir a faculdade de carro.

Em menos de 10 dias eles retiraram os tachões.

A Nittrans não é exemplo a ser seguido na maioria dos casos, mas dessa vez surgiu uma ponta de esperança de que mudanças para melhor são possíveis.

Muito obrigado AUTOentusiastas! Que vocês tenham um próspero 2013!

PS: Logo abaixo está o único email da Nittrans e a solicitação que fiz."

.....................................................................................................................................................

"Boa tarde Sr. Victor.
Encaminhamos sua solicitação ao setor responsável, assim que tivermos retorno informaremos.
Att.
M.Peluso
Ascom-Nittrans"
 
.....................................................................................................................................................

Em 20/12/2012 às 14:53, "Victor Gomes" escreve:
Gostaria de saber de que forma posso socilitar a retirada de três conjuntos de tachões instalados na Rua Gastão Gonçalves no bairro de Santa Rosa.
Eles foram instalados no segundo semestre de 2012 com o provável objetivo de diminuir a velocidade dos carros na via. Porém, a instalação é ilegal pois em 25 de novembro de 2009 o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) emitiu a Resolução nº 336, em que proibiu a utilização de tachas e tachões, aplicados transversalmente à via pública como sonorizadores ou dispositivos redutores de velocidade.

Como dito no corpo da resolução, ela causa defeitos ao pavimento (que já é deteriorado por constantes vazamentos de água e esgoto) e aos veículos automotores.

A via já tem velocidade bem limitada visto que há carros estacionados dos dois lados da rua, buracos e grande movimentação por haver uma faculdade onde grande parte dos alunos utilizam automóveis e motocicletas.
 
.....................................................................................................................................................

Com este episódio, o AUTOentusiastas cumprimenta efusivamente a Nittrans, que mostrou responsabilidade, consciência do dever e capacidade administrativa.

E ficou comprovado também, e principalmente, que o nosso país tem jeito. Basta haver pessoas sérias nos lugares certos.

BS




29 comentários:

  1. Três notícias alvissareiras logo no segundo dia do ano. 2013 começou bem!

    Luciano

    ResponderExcluir
  2. Meus parabéns pelo trabalho prestado, Bob.
    De pouco a pouco tenho certeza que podemos melhorar nosso maravilhoso país.

    ResponderExcluir
  3. Aqui na cidade de Bagé - RS, após o asfaltamento de algumas vias, ENCHERAM as mesmas com tais tachões... praticamente a cada cruzamento.
    Isso também em 2012, logo, muito tempo após esta resolução do contran.
    Vou reclamar também, duvido muito que sequer respondam, dada a falta de seriedade geral do atual (e recém re-eleito...) governo municipal...

    ResponderExcluir
  4. Aqui em Sapucaia do Sul/RS isso virou praga! E colocaram duas fileiras de tachões em zigue-zague! Uma aberração!

    Tentarei entrar em contato com a prefeitura, mas sei que mesmo se concordarem em retirar isso vai levar meses pois tem em toda cidade.

    Vejam por favor o estrago.

    http://maps.google.com.br/maps?hl=pt-BR&ll=-29.845606,-51.136854&spn=0.001596,0.003353&t=m&z=19&layer=c&cbll=-29.845523,-51.136883&panoid=4d91YdYvXQg23CKjVo_7eg&cbp=12,351.77,,0,9.33

    Aqui, colocaram os tachões e deixaram os buracos.

    http://maps.google.com.br/maps?hl=pt-BR&ll=-29.841212,-51.132517&spn=0.003192,0.006706&t=m&z=18&layer=c&cbll=-29.841212,-51.132517&panoid=MY8VabDHJ5_L_8zCbGeeCg&cbp=12,278.06,,0,30.66

    E essa acreditem se quiserem, é uma lombada.

    http://maps.google.com.br/maps?hl=pt-BR&ll=-29.853751,-51.134282&spn=0.003192,0.006706&t=m&z=18&layer=c&cbll=-29.853841,-51.134301&panoid=t8FNP1T-rP3RBYGSKWM6sA&cbp=12,2.88,,1,13.58

    A suspensão do meu carro não passa de um ano sem ter que trocar amortecedores, buchas e coxins por causa desses dejetos. Mesmo cuidando e andando devagar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo isso aí é rasgar a resolução 39 do Contran. Precisa ser denunciado.

      Tudo isso surgiu porque poucos respeitam o pedestre. Mas o justo não pode pagar pelo pecador.

      Excluir
  5. Então tem alguém ganhando alguma coisa aqui no Rio Grande do Sul com essa ideia imbecil!

    ResponderExcluir
  6. Isso está me preocupando: 3 exemplos de sensatez no mesmo dia? Estou com medo de estar sonhando... rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ver que o que estava programado pelos maias para acontecer, e que seria o fim do mundo, seria que os brasileiros passariam a agir como agem outros povos.

      Excluir
  7. Que diferença no tratamento!!

    Minha solicitação irá fazer aniversário!

    Dia 26/12 mandei e-mail para a ouvidoria da CET, para pedir agilidade e saber como está o processo, citando a matéria aqui do AE. Um dia depois um robô escreveu a seguinte mensagem: "Sua solicitação permanece em nossa Área Técnica em análise. Oportunamente, comunicaremos os resultados do estudo.
    Companhia de Engenharia de Tráfego - CET
    Departamento de Atendimento ao Munícipe - DAM"

    Um departamento todo para se manifestar dessa maneira?! E quanta dificuldade para analisar o óbvio... É muito descaso. Nada funciona na CET.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André Andrews
      Impressionante a diferença de atuação, não? A CET é mesmo um câncro nessa cidade.

      Excluir
    2. Tudo que é encaminhado no SAC da prefeitura para a CET não tem solução.

      A única coisa que funciona em termos viários em SP (mas não tem nada haver com a CET) é o serviço de tapa-buraco. Como o intere$$e deve ser grande, dão uma arrumada em poucos dias.

      Excluir
  8. Vou reclamar também, se não resolver encaminho ao MP.

    ResponderExcluir
  9. Quero expressar meu parabéns a todos os envolvidos. Primeiro o Autoentusiastas, segundo o cidadão que exerceu seu direito e fez valer e terceiro e não menos importante ao orgão de transito que revogou o instalado.

    ResponderExcluir
  10. O mesmo problema que é citado nas imediações do Shop. Aricanduva existe no Shop. Interlagos.... é ridículo.... vou ver se faço uma reclamação formal também no site da CET...

    Abs

    ResponderExcluir
  11. Sou niteroiense e tenho saudade de minha juventude numa cidade ainda provinciana e bucólica, apesar de ser capital de Estado, o antigo Estado do Rio. Hoje ela virou uma zona...

    São coisas assim que mantêm o entusiasmo do bom jornalismo, e que traduzem a real expressão da cidadania.

    ResponderExcluir
  12. Quando a esmola é demais o santo desconfia. Lógica e bom senso em três notícias em um único dia? Se também retirarem os pardais de Brasília passo a acreditar que erraram a data do fim do mundo por pouco...

    ResponderExcluir
  13. Bob, mudando um pouco de assunto, mas falando de segurança ao volante, veja que interessante isto que fizeram os frades da Capela Mortuária do Santuário São Leopoldo em sua bênção aos motoristas. Que outras dioceses se lembrem disso no dia de São Cristóvão e as autoridades também peguem o exemplo de simplicidade e eficiência comunicativa na hora de fazer suas campanhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oliveira_jc03/01/13 20:08

      ... sem contar a fé em ter um carro mil estrelas levar muitos a crer nao haver acidente faltal para eles. Já tem gente achando item essencial controle de estabilidade num país sem neve nem gelo. Mellhorar como motorista ninguém se preocupa...

      Excluir
  14. Alexandre - BH -03/01/13 03:41

    Sorte do amigo niteroiense. Em agosto do ano passado, solicitei à nossa querida BH Trans instalação e/ou reforma de sinalização vertical e horizontal em vários cruzamentos perigosos da região onde eu moro. Cada um dos pedidos foi detalhadamente fundamentado, motivado e recebeu o devido número de protocolo, mas a nossa empresa municipal de capital misto nem ao menos se dignou a responder. Lembrando que a referida empresa tem o DEVER de atender aos pedidos, principalmente nos locais onde já existia a sinalização, hoje danificada, pois supõe-se que estudos técnicos sérios foram realizados à época, justificando a instalação das placas e faixas. E então, BH Trans? Alguma alma viva por aí lendo este comentário?

    ResponderExcluir
  15. Se o leitor Victor fizesse a mesma solicitação em alguma cidade de pequeno porte, seria taxado de oposicionista e perseguido.

    Esta é a verdadeira realidade do nosso país e acredite quem quiser!

    Um brasileiro triste!

    ResponderExcluir
  16. Aí sim, fomos surpreendidos novamente!

    ResponderExcluir
  17. Lucas dos Santos03/01/13 12:59

    Muito interessante. Agora deu vontade de fazer a mesma solicitação para a autoridade de trânsito da minha localidade.

    Aqui na minha cidade faz anos que não instalam tachões no sentido transversal das vias - e nem mesmo lombadas(!). No entanto, os tachões antigos permanecem lá e estes resistem ao tempo! Aparentemente, só serão removidos quando decidirem recapear as vias ou quando os veículos os arrancarem de tanto passar por cima.

    ResponderExcluir
  18. Clebe Vitorino03/01/13 13:39

    Nas cidades do interior, principalmente no sul do Brasil, isso virou febre.
    E eu acho que a explicação para o isso dessas tartarugas (como o pessoal chama por aqui) é que é um meio fácil e barato limitar o fluxo. Qualquer macaco treinado da prefeitura vai lá e instala.
    Valeu pela divulgação! É hora de quem gosta de carro e não tem um jipe, se manifestar perante as prefeituras!!!
    BOB é f. pra c.!

    ResponderExcluir
  19. Bob, embora não tenha nada a ver com tachões e nem seja ilegal é um absurdo.
    Moro em Niterói e fui até Angra dos Reis no domingo passado e voltei na segunda a tarde.
    Como fui de motocicleta, a passeio com minha esposa, pude notar uma coisa muito interessante, a estrada de Itacurussá a Angra dos Reis existem somente dois trechos de mais ou menos 500m onde se pode ultrapassar legalmente, porque os restantes 70 km são integralmente de faixa dupla continua.
    o engraçado é que dá para ver entre as novas linhas duplas continuas, vários antigos pontos de ultrapassagem permitida.
    Antigamente quando os carros eram mais fracos, menos estáveis e muito menos seguros a ultrapassagem era permitida, hoje não.
    Um paradoxo a primeira vista, mas eu sei a resposta, o resultado da soma de um excelente carro + um péssimo motorista (situação atual) é menor do que o resultado da soma de um carro não tão bom + um motorista que sabia guiar.
    Em outras palavras esta estrada é o reconhecimento oficial das autoridades de que a maioria dos motoristas atuais não sabe guiar heheh!
    Acosta

    ResponderExcluir
  20. Até na minha faculdade tem essa porcaria, vou mandar um email reclamando agora.

    ResponderExcluir
  21. Na minha cidade tem Bastante lombadas e tachões e loucuras na sinalização. Começa com uma loucura que fizeram em colocar um retorno redondo , NÃO UMA ROTATÓRIA !, e faixas de "pare" no chão , nos dois sentidos da via antes dele, em uma avenida de grande porte. Já vi muita gente levar susto ali. Da minha casa ao centro , um trajeto de 5 minutos eu passo por : uma lombada, depois por um tachão, e depois por outra lombada e outro tachão ( 200 metros depois ) depois por outra lombada e por outro tachão , aí dá para respirar quase um minuto "tranquilo", aí começa : Tachão, 300 metros depois , outro tachão. E mais um tachão. Uma avenida aqui do centro deve ter menos de 3 km e apresenta 4 lombadas e 3 quebra molas ( tachões). E nas BRs do Nordeste se prepare para enfrentar muita lombada, a cada vilarejo tem lombada, já vi muito carro voando por elas a mais de 100 e até carro que sacou a roda fora tamanha a violência do impacto.

    ResponderExcluir
  22. Vou começar a mandar emails pro DFTrans aqui também!
    Por incrível que pareça, a própria capital federal, Brasília, minha cidade, é INFESTADA de tachões colocados transversalmente na pista! Desde pistas de estacionamentos de shoppings e condominios a até pistas de trafego rápido, 60, 80km/h!

    Também não sabia da ilegalidade desse uso dos tachões até ver a matéria aqui. Infelizmente é inviável dirigir e tirar foto dos tachões, mas apartir de agora quando der pra parar e fotografar ou estiver de carona irei faze-lo e vou anexar as fotos aos emails pedindo retirada ao DFTrans.

    Quero só ver o que vão fazer (ou não).

    ResponderExcluir
  23. Por essas e outras que ainda há esperança nesta terrinha tupiniquim... Nem tudo está perdido!

    ResponderExcluir
  24. Utilizei o texto do colega como base para fazer o mesmo aqui em Londrina - PR. Vamos ver se a CMTU (Companhia Municipal de 'Transtorno' Urbano) se digna a responder.

    Aqui os tachões nao são o maior dos problemas, mas sim as rotatórias em formato orgânico...dêem uma olhada:
    http://goo.gl/maps/6PNc5

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...