Google+

6 de abril de 2013

REDUÇÃO DE PREÇO FAZ ETIOS DECOLAR



No último dia 2 de abril a Toyota anunciou a redução de preços de vários de seus modelos, incluindo o Etios.

A tabela ficou assim:

Hatch
Antigo
Novo
Redução
Etios 1,3
30.590
29.100
1.490
Etios X 1,3
34.190
32.500
1.690
Etios X 1,3 com ar
36.890
35.100
1.790
Etios XS 1,3
39.590
36.900
2.690
Etios XLS 1,5
43.590
41.400
2.190




Sedã



Etios X 1,5
36.890
35.100
1.790
Etios X 1,5 com ar
39.690
37.800
1.890
Etios XS 1,5
42.290
39.400
2.890
Etios XLS 1,5
45.590
43.400
2.190


O AE já havia apontado que as vendas do compacto não estavam ocorrendo como a Toyota esperava, principalmente após o lançamento de outros carros da concorrência para concorrer no segmento mais movimentado de nosso mercado.

Com a redução de preço, a Toyota posiciona o Etios um pouco abaixo dos concorrentes, de forma que a diferença de preço coloque uma dúvida no consumidor que procura um carro na faixa dos 30 a 40 mil reais.

Porém, com esta redução, a Toyota apenas tornou oficial o que já vinha acontecendo na prática: generosos descontos nas concessionárias, muito provavelmente estimulados pelo próprio fabricante, que queria ver as vendas decolarem. Por isto, apesar de terem caído na tabela, preços não deverão cair em relação aos que já vinham sendo praticados.



Esta estratégia parece ter dado certo: conheci duas pessoas que estavam procurando carros nesta faixa de preço e estavam considerando inicialmente Ônix e HB20. Foram às concessionárias Toyota para ver o patinho feio, quer dizer, o Etios, só por descargo de consciência e acabaram comprando justamente o japonesinho.

Enquanto Ônix e HB20 demandavam espera e não tinham descontos (isso quando a concessionária não pedia sobrepreço em relação à tabela), havia Etios a pronta entrega e com generosos descontos. Apesar de na tabela o preço ser parecido, com os descontos e com IPVA e licenciamento grátis oferecidos pela Toyota, a diferença de preço entre o Etios e seus concorrentes na prática ia a quatro mil reais. Mais barato e a pronta entrega, faltava dirigir. Dirigido o carro, acabaram-se as dúvidas, o negócio foi fechado no Etios. O carro que foi visto como descargo de consciência foi o escolhido.

Imagino que deva haver muitas outras histórias como esta. Ônix e HB20 estão indo bem, obrigado, revezando-se na quarta e quinta posições de nosso mercado, vendendo cada um 10 mil carros por mês em média. Mas suas vendas estão estáveis neste patamar. Já o Etios só vem crescendo: de pífias 1.723 unidades em outubro de 2012, já atingiram o patamar de 4.978 unidades em março de 2013. Um crescimento de 189%. A redução do preço praticado ao consumidor provou-se eficaz neste caso, depois que a Toyota parou de tentar fazer o Etios concorrer diretamente com Ônix e HB20.

Os descontos agora devem minguar e o preço não deverá cair mais. Construída com capacidade inicial para 70 mil carros por ano (média de 5.800 carros por mês), a nova fábrica da Toyota já está operando com 85% de sua capacidade. A redução de preço já salvou o Etios e já conseguiu posicioná-lo no mercado de forma satisfatória. Ainda bem, iria ser triste ver um bom projeto sucumbir assim precocemente aos caprichos do mercado.

CMF


136 comentários:

  1. CMF, não acho que seja pela redução de preço. O gráfico que você postou mostra que há constância no aumento de vendas. A Toyota já contava com essa linha ascendente, até para calibrar a produção da fábrica.

    Tirando a questão do preço, eles têm que mudar aquele painel horroso e a grade xing-ling.

    ResponderExcluir
  2. Ajeitou o preço, agora só falta arrumar o painel. Aí sim!!

    ResponderExcluir
  3. Extrapolando o objetivo do tópico, acho lamentável que no Brasil as fábricas quase só invistam em carros "populares". Dos médios para cima, vemos muitos importados (Argentina e México) ou produzidos aqui concorrendo com os importados...

    ResponderExcluir
  4. A Toyota poderia competir com o mesmo preço, ou até com prêmio sobre o preço do HB20 e Ônix caso trouxesse o Yaris ao Brasil. Como não trouxe, o mercado brasileiro precificou um desconto em comparação aos produtos concorrentes como valor justo. A Toyota percebeu isso, e, como o artigo cita, já cobrava os atuais valores mesmo sem reduzir os valores de tabela. Assim, fica um pouco mais próximo do equilíbrio de oferta x demanda, que exige um desconto pelo design mais descuidado e ausência de itens de conveniência, mas percebe valor na boa construção e mecânica, além da boa construção (4 estrelas N-CAP).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É? E não iam falar mal do painel do Yaris também?

      Excluir
    2. Não vi problema nenhum com o painel do Yaris, vide foto do fabricante: http://www.toyota.pt/Images/toyota-yaris-hybrid-2012-interior-tme-011-prev_tcm270-1128337.jpg

      Excluir
    3. Esse painel do Yaris já resolvia o problema!

      Excluir
    4. Falam tanto do painel do Etios, e nunca vi falarem dos paineis da Citroen... O carro é bom, tem conforto, motor, a dirigibilidade é ótima! Se quer carro na faixa do Etios, vai ter que se contentar, com Celta, Gol, Classic, etc... HB20 e Onix são mais caros... Pena que aqui no Brasil tenhamos que comprar carros pensando na revenda após 3, 4 anos de uso e não no conforto durante esse período...

      Excluir
    5. Sabe pq pensamos na revenda? Pq os carros aqui são mais caros, logo, não podemos pensar muito no conforto.

      Excluir
  5. Não acho que o Etios esteja em um nível tão abaixo do Onix e HB20, eu acho que os maiores poréns do carro são o design (não exatamente horrível, porém sem sal ao meu ver) e o painel (de design duvidoso e com indicadores no centro do mesmo). Esses aliados ao "custo Toyota" acabaram enterrando o carro nos primeiros meses pós-lançamento.

    Bom, o preço já foi (levemente) ajeitado, falta "só" um facelift acrescido de um painel melhor para que ele emplaque um bom número de vendas.

    Mendes

    ResponderExcluir
  6. Nada como uma boa redução no preço de tabela para fazer com que o antes horrivel, torne-se um bom negocio. A toyota percebeu que tinha um produto com desenho inferior a concorrencia e diminuiu o preço. Agora decola...
    Aqui em casa estamos com a perspectiva de trocar o celta LT 2011 da minha esposa. Estava pensando em trocar por um March ou Palio, mas com esse Etios 1.3 com ar por cerca de 35 mil, é mais um concorrente a entrar na lista. Veremos se essa tabela vai se manter até Dezembro e um Etios poderá enfeiar a minha garagem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha também! Já o dirigi por duas vezes, e lhe digo, é sensacional!

      Excluir
    2. o carro é espetacular!!! muito bom mesmo!!! sinceramente acho que a concorrência esta morrendo de medo. Nunca vi ninguém falar mal de outros carros horrorosos que tem por aí (March, Tiida, Idea, cobalt entre outros que não me lembro agora). mas a linha do etios é tão tradicional que você não vai enjoar dela. O brasileiro tem que valorizar os modelos e marcas muito bons produzidos mundialmente e não só os embelezados para o gosto nacional...

      Excluir
  7. Farjoun,

    Eu conheci o Etios ao vivo no salão do automóvel de 2012, na ocasião simplesmente odiei o carro! Era muito feio e simples, mas hoje já vejo diferente! A unanimidade de beleza do HB20 foi por água abaixo ao ver o resultado dos testes de impacto, fora o ágio cobrado pelas concessionárias. Já o Onix eu apenas o vejo como mais um carro com design sem tempero, útil e também caro! O Etios tornou-se um carro atrativo quando aprendi a entendê-lo, e me enriqueceu mais ainda saber das suas qualidades quando o Bob publicou as impressões dele na direção do carrinho! Vejo que talvez esse "Toyotinha" ainda vá se tornar referência quanto a durabilidade, dirigibilidade e custo-benefício. Enxergo ele exatamente como enxergo o Logan de alguns anos atrás. Espero realmente que tenha êxito nas vendas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeita sua análise Rafael.

      Giancarlo

      Excluir
  8. Quando li a palavra "decolar" no título, achei que era uma redução bem maior. Não sei se mil ou 2 mil me fariam comprar um carro que não gosto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como diz o texto, na prática são quase 4 mil reais de diferença.

      Excluir
    2. Já que as concessionárias Fiat tem o hábito de cobrar uns 2 mil de ágio em seus carros, a diferença então fica em torno de 4 mil reais.

      Mesmo assim não acredito que as vendas irão deslanchar. Poderá ocorrer, somente quando a Toyota mudar o painel.

      Eu estava pronto para comprar um Etios hatch 1,5, que exteriormente até acho bonitinho, mas encarar aquele painel todos os dias, deve ser dose.

      Peter the Bilt

      Excluir
    3. Neste sabado fechei a compra de um Etios Sedan XS por R$39,7 mil. Ganhei pintura metalica (a unica solida é a branca), alarme, pelicula, licenciamento e IPVA, ou seja, o carro saiu por uns 38 mil. Nao encontrei custo x beneficio melhor na minha cidade.

      Excluir
    4. Quando a Citroen trouxe para o Brasil a mini van Picasso com painel centralizado todo mundo achou o máximo! Foi só a Toyota fazer um assim e o povo brasileiro veio cheio de dedos botando defeito.

      Excluir
    5. Boa Sissy!

      É bem isso mesmo!

      Excluir
  9. O Etios deve ser um bom carro (como a maioria dos Toyotas), mas é nítido que TEM que custar menos que a concorrência. Baixando o preço, acaba encontrando seu público.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário perfeito.

      Excluir
    2. Por essa regra deveriam abaixar o preço do BMW série 3. Também iria encontrar o "seu público". O meu, hehehe!
      O problema do Etios é sua feiura crônica em que o mercado só aceita pagar se tiver aquele precinho bem camarada. Daí ele até que fica bonitinho.

      Excluir
  10. CMF, o que falta a Toyota fazer, além de redução de preço, é melhorar o painel do do dito cujo.

    ResponderExcluir
  11. CMF,
    Cá entre nós, demorou, não acha ??
    Abçs

    ResponderExcluir
  12. Clésio Luiz06/04/13 13:57

    Essas são as vendas somadas dos dois modelos. Se separarmos os dois modelos, ele não fica tão bonito assim nos gráficos.

    E outra: deve o mercado se curvar à Toyota ou esta ao consumidor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E mais outra, o Etios também passou a ser oferecido a frotistas, taxistas e locadoras, portanto, esse aumento nas vendas tem que ser visto com um pé atrás...

      Excluir
    2. depende, o Etios é um modelo mundial...que compensa comprar pleo desempenho, motor, estabilidade, marca, etc... jamais compraria um destes modelos "maquiados" ao gosto brasileiro , preço alto e sem a qualidade do etios... acho o HB20 uma linha que enjoa muito rápido

      Excluir
  13. Chevrolet Onix unidades vendidas 26.169
    Hyundai HB20 31.744 unidades vendidas
    Toyota Etios 7.050 exemplares comercializados(Parabéns à equipe de vendas das concessionarias Toyota)
    Vendas do Etios decolaram em um autentico vôo de galinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toty,

      O problema das baixas vendas não são das concessionárias.

      O problema é do painel que é horrível e nada prático.

      Peter the Bilt.

      Excluir
  14. A Toyota errou feio no início com este carro, não no carro em si ou em suas qualidade mecânicas, mas errou ao julgar errado o mercado. Aqui (como em qualquer lugar do mundo) a aparência conta muito, e o conceito de beleza aqui é diferente do conceito la da Índia. Tudo bem, o brasileiro pode até aceitar um carro feio se ele for honesto e tiver um preço bom, mas além de feio o Etios estava com um precinho um tanto quanto alto. Agora eles consertam o preço e o carro vende, a mesma coisa aconteceria se eles consertassem a aparência dele sem mexer no preço.
    Como CARRO o Etios não decepciona, mas é duro convencer alguém que não é entusiasta a chegar com ele na porta de um restaurante caro.
    Agora pessoalmente ainda acho que o que continua estragando tudo é o painel no centro do carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a Toyota der uma ajeitada no painel e manter esse preço, tenho convicção de que irá trazer mais compradores para o Etios. Acredito qu o mercado tenha espaço para um hatch de designe simples, preço compativel, motor maior que 1.0 e preço proximo aos populares de entrada (gol, palio, HB20...)
      muita gente criticou o Logan logo no inicio, porem ele com o tempo achou o seu publico alvo e hoje vende razoavelmente bem. quem sabe o mesmo aconteça com o Etios. Preço baixo sempre irá atrai compradores, o que não dava era a Toyota querer colocar o feinho para competir com o HB20 e Onix. Uma verdadeira bola fora...

      Excluir
  15. André Castan06/04/13 14:22

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem todo mundo compra o carro "pros outros", pensando em desvalorização. As vezes o comprador só quer usá-lo mesmo.

      Excluir
    2. é isso mesmo...compro carro para a minha satisfação, segurança, conforto, prazer de dirigir não pra mostrar para o vizinho...rsrsrs o brasileiro vive de aparência..isto é, não curte só aparenta...rsrsrs

      Excluir
  16. Helsio, e Clésio, gostei dos seus comentários.

    ResponderExcluir
  17. Bom projeto....
    Talvez projeto mediano e talvez quem sabe, bem executado...quem sabe.

    P.S.: Acredito que os vendedores devam estar se desdobrando na lavagem cerebral de que ''é um Toyota, é um Toyota, é um Toyooooota...'''. E ai a pessoa dirige e acha gostosinho pronto '''tenho um Toyota, tenho um Toyota, tenho um Toyoooota...''

    ISM

    ResponderExcluir
  18. Uma pena, um carro como esse deveria parar de ser produzido e dar espaço a algo mais próprio para essa faixa de preço, que ainda está alto pelo que entrega. Fui até uma concessionária Toyota por pura curiosidade e tive uma grande decepção... ou melhor, tive uma grande confirmação da decepção que tive ao ver as fotos do Etios pela primeira vez. Nem gostoso de andar é, prefiro o Gol.

    ResponderExcluir
  19. Pois é senhores, e o carro é bom, seu torque na cidade impressiona.
    No fim de semana da páscoa testei um etios sedã 1.5 completo na zona sul de Ribeirão Preto e no anel viário, andei uns 40 km com ele. Tem suas faltas tipo computador e o painel com velocimetro dedo duro mas no geral gostei do carro, principalmente o motor e a rolagem da carroceria.
    Já havia testado os JAC J2 e J3 e HB 20. Ficaria com o ETIOS 1,5 XS, sedã intermediário porém mais barato do que o único Etios Hatch com motor 1.5. Colocaria depois de um ano, boas rodas 15 e pneus. A versão mais completa depois dessa só tem perfumaria.
    Acho que o motor ser subquadrado deixa mais torque em baixa, pois percebi que exigiu acelerar menos nas arrancadas de semáforo. Sendo multiválvulas eu comecei o passeio acelerando mais nas debreadas, depois vi que era desnecesssário. A posição de dirigir ficou muito boa nos meus 1,78 e sentado atrás de mim, igual aprendi aqui no blog, sobraram 13 cm de espaço do joelho ao banco dianteiro. Mas no banco traseiro do sedã meu cabelo roçou o teto. Acho que no hatch deve ser melhor. O fato do escape com catalisador sair na frente do motor, deixa a cabine mais fresca e o ar condicionado rende mais. Esse é o pior ponto de conforto no meu Fiesta hatch 2010. Se estou viajando e paro pra almoçar, mesmo deixando o carro na sombra, quando volto a cabine está um mormaço, partindo do painel e tunel. O catalisador se dissipa e aquece o torpedo. Chega a estragar alguns radios c/ toca cd.

    Luiz CJ.

    ResponderExcluir
  20. Eu sou mais um que acha que a Toyota deve mudar, urgente, o painel do carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O painel ainda afugenta muitos compradores... acredito que a Toyota já deva estar com um projeto para mudança em 2014...

      Excluir
  21. É, eu também pensei, quando li a expressão "decolar", que a redução de preço poderia ser na ordem de 10 a 15%, não de R$ 1.500 a 2.000, que é um desconto que, se não me fosse dado numa compra à vista num produto desse valor, com certeza impede o fechamento do negócio. Além disso é muito pouca diferença para se comprar um produto para o qual a pessoa "vai ficar olhando todo dia", e se não agradar aos olhos, não agrada ao coração.
    A Toyota pisou na bola ao trazer esse modelo ao invés do Yaris assim como a Peugeot o fez quanto remendou o 206 e chamou de 207 ao não trazer o modelo europeu. Agora que a marca francesa consertou a falha, que sirva como exemplo para a Toyota fazer o mesmo.
    E o sujeito que deixa de comprar esse ou aquele modelo por causa de mil reais, tem mais é que comprar um carro usado mesmo.

    ResponderExcluir
  22. mesmo de graça ainda é pavoroso de feio!

    ResponderExcluir
  23. Bosley de La Noya06/04/13 15:31

    Painel de balança Filizola, macaco debaixo do banco, sem pintura (só primer) em diversos locais, mais feio que bater na mãe...

    Resumindo. Se me oferecerem uma rifa desse carro, nem compro para não correr o risco de ganhar. Deus me livre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ganhar pode dar pra mim que eu aceito "de coração".

      Excluir
    2. é, o painel do mini cooper parece um relógio de parede e ninguém fala nada... ou vai dizer que alguém acha o mini cooper um carro bonito...

      Excluir
  24. Eu fui um dos que disse que o carro não ia emplacar, antes do lançamento, vendo as fotos na 4 Rodas. E nós (eu e uma grande maioria de entusiastas) acertamos! O carro é muito feio, seu painel mais parece com um desses "modernos" Lada russos. Brasileiro não compra carro por acerto de carroceria ou motor e suspenção eficientes, compra pela aparência! É só ver como os Fiat "Sporting" com motor GM de 112 cv, 4 portas e apliques de plastico e adesivo por todos os lados vende, e vende muito! Devo ser minoria, pois vejo mais as qualidades de motorização e acessórios como ponto de partida para pensar no meu proximo automóvel, e fui ver o Toyota (afinal, era um Toyota com preço mais proximo da realidade). Falta de cuidado com o acabamento (capô e caixa de rodas por dentro, não são pintados). O painel (na minha opinião, a pior parte do carro) é sofrível. Radio? Só nas versões de 40 mil pra cima. Resumo: Me achar um otário, por pagar 40 mil num carro feio, sem acessórios por ser um TOYOTA! Ela mesma já sente no bolso como errou ao avaliar o nosso mercado. Agora, quer ver as vendas aumentarem? No fim do ano, um painel normal e preço competitivo. Ai sim, vamos ver esse tyotinha rodando em todos os lugares do país.

    ResponderExcluir
  25. A sim, e acostumados a vender carros de 60 a 170 mil, os concessionários tratam posíveis compradores de Etios com um desprezo claramente visível. Enquanto a mentalidade da Toyota e de toda a sua rede não mudar, respeitando o consumidor, eles vão amargar o prejuizo. Ainda me pergunto, por que não veio o Yaris? Se fosse caro, pelo menos teriam a desculpa de ser um projeto super moderno, mais nos fazem engolir um carro para indiano. Hyundai 1 x Toyota 0.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Toyota respeita sim o consumidor vendendo um excelente produto. Infelizmente o Etios não é para aqueles que vivem de aparência...

      Excluir
  26. Fui ver e não me pareceu mau produto, mas além da redução de preço, para me fazer considerá-lo como opção, é imperativo que a Toyota conserte esse painel. Conserte no design como um todo, e conserte esse negócio de quadro de instrumentos centralizado. Lugar de quadro de instrumentos é na frente do motorista, e ponto final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Lugar de quadro de instrumentos é na frente do motorista, e ponto final." Ponto final MESMO!! tbm detesto esse negócio de painel fora do lugar.

      Excluir
    2. Oi pessoal.

      Painéis com instrumentação central são concebidos para facilitar - em linguagem clara, menor custo - a troca de lado do volante de direção, isto para adequação aos mercados em que o veículo é - ou tenha-se planos para ser - comercializado. Se perceberem bem, a simetria do desenho facilita que um único painel possa ser utilizado tanto com volante de direção do lado esquerdo ou do lado direito, e em grande parte das vezes apenas trocando a posição de alguns módulos para ambas versões.
      Com trabalho de design caprichoso é possível conceber uma maneira para que consiga-se módulos completos de motorista (volante de direção, instrumentação etc e até mesmo pedais) e passageiro (airbag, compartimentos para pequenos objetos etc) intercambiáveis, e harmoniosos, mas claro, isto demanda mais tempo para concepção do projeto, e "tempo é dinheiro".

      Painéis centralizados provocam desvio de olhar e atenção mais demorados, o que não é conveniente do ponto de vista da segurança.
      Enquanto alguns fabricantes melhoram o posicionamento do painel em frente ao motorista, facilitando a leitura, e até mesmo utilizando-se de recursos como o Head-up Display (HUD), outros caminham na contramão, claro, em favor de alguns "feijões" (beancounters at work).

      Menor custo - se repassado ao consumidor - em favor da segurança!? Não existe vantagem clara para o usuário, somente para o fabricante.

      Excluir
    3. Acho furada essa suposição de que o painel central do Etios é para baratear custo, pois nos modelos com volante à direita tudo troca de lado, o quadro de instrumentos tem disposição invertida, o mesmo para o console central. É outro painel frontal completo, tanto quanto em qualquer carro com painel assimétrico.

      Excluir
    4. verdade! na realidade com o painel central o motorista se acostuma num instante e a visibilidade se torna muito maior. não atrapalha em nada e muito menos desvia a atenção. o que desvia a atenção são aqueles modelos que colocam o gps à direita do volante e mais embaixo...

      Excluir
  27. Estou achando que esta decolagem do Etios é daquelas que caem antes do fim da pista !!!!!!!

    ResponderExcluir
  28. Não acho o carro tão terrível quanto a maioria, (e nem o HB20 um expoente de beleza)... só acho que deveriam abaixar um pouco mais o preço do Etios, pra ficar bom...

    O Hatch mais barato é pelado de tudo.... até o painel polêmico tem só o velocímetro no básico!

    Acho que o basicão tinha de ir dos 29 para os 27 mil, pra dar um calor nos 1.0, e as faixas de preço restantes deveriam ter o preço da faixa diretamente inferior, o 1.3 X a a 29, o 1.3 X com ar a 32,5 mil, e assim por diante.... Aí sim ficaria um preço justo, na minha opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oskrmarinho09/04/13 21:20

      Gosto é gosto! Igual a nariz, pois cada um tem o seu. Concordo com sua opinião de que o HB20 não tem essa beleza tôda, pois me surpreendi com aquela traseira chapada e exagerada, parecendo sobrar no carro; experimente olhar para essa parte com um pouco mais de atenção e verá do que falo! Quanto ao Etios, ô peste de carrinho feio e de painel insôsso! Se apenas funcionalidade vendesse carros, talvez todos fossem quadrados, com imensos porta-malas e sem nenhum apelo ao nosso senso estético.

      Excluir
  29. Quando a questão é comprar carro o pessoal não tem o menor orgulho.
    Vale qualquer "coisa" desde de que seja o mais barato e na cor prata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de que esse vermelho metálico da Toyota é bem bonito...

      Excluir
  30. Marcelo Augusto06/04/13 18:21

    O que vende carro no Brasil é preço e "design", agora vai!

    ResponderExcluir
  31. O site que me desculpe mas essa insistência no Etios só pode ser matéria comprada... não eh possível que alguém ache esse carro bom de qualidades técnicas!! beleza eh subjetivo e nem discuto... mas... está evidente que eh um carro muito ruim e ponto!!! parem de tentar "alavancarem" as vendas do Etios...
    Piero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A parte técnica é justamente o melhor do carro, a começar pelos recursos do motor.

      Excluir
    2. Duvido que tenhas se aproximado de um pra dizer isso.....

      Excluir
    3. O comentário desse Piero é tão idiota que chega a ser revoltante.

      "está evidente que eh um carro muito ruim e ponto!!!"

      Sentou a bunda em um pra dizer isso, ou é só de olha-lo por fotinhas na net que concluiu isso??
      Ô cabeça de vento...

      Excluir
    4. Esse Piero deve ter vindo lá do NA. Volta lá pro NA e vai lá ficar elogiando ar-condicionado, design arrebatador com vários vincos e o painel esticado "lindíssimo". Aqui é papo de Autoentusiastas, não de firulas e frescurisses.

      Excluir
    5. tenho um e o carro é excelente...acho que a concorrência é quem está comprando gente para difamar o Etios...

      Excluir
  32. "Ainda bem, iria ser triste ver um bom projeto sucumbir assim precocemente aos caprichos do mercado." Não acho capricho do mercado, acho que foi desrespeito ao consumidor colocar um carro que não tem retrovisor elétrico nem no top de linha por um preço alto! Além de um painel e acabamento feio.
    Com um preço mais baixo está melhor posicionado na tabela.
    Acho uma vitória do consumidor e não capricho.

    ResponderExcluir
  33. "mas... está evidente que eh um carro muito ruim e ponto!!! "


    Ruim porquê? O povo tornou o Gol o carro mais vendido do país já faz quase 30 anos, desde a época do modelo quadrado, pq o carro era bom de resistência e volante, mesmo trincando túnel, sendo apertado, aerodinâmica de caixote... e com defeitos em todas as gerações seguintes, que o fazem passar longe da perfeição...

    E está evidente pra quem, cara-pálida? Pra você? Comprou o carro?


    Alias a QR está testando no Longa Duração, o Ônix, Étios e HB20.... advinha qual deles atá a última edição não trouxe nenhum problema técnico, além de ter a dirigibilidade elogiada...

    ResponderExcluir
  34. Piero,
    Esse seu comentário era para ser barrado de cara, mas liberei a publicação só para os outros leitores verem como tem gente maldosa nesse nosso universo e como o mundo está cheio de maria-vai-com-as-outras. A nossa diferença é que nós do AE conhecemos automóvel, somos idôneos e muito respeitados. Portanto, faça-nos o favor de sumir daqui. E você já sabe o que vai acontecer com eventual próximo comentário seu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como tem gente por aí, como esse Piero, que perde cada chance de ouro de ficar calado....

      Excluir
    2. E o pior, Bob, é que muitos "formadores de opinião" em alguns ambientes nefastos desta net fazem de uma mentira dessas a mais pura verdade valendo-se daquele fenômeno da repetição. Um cara como Piero é só mais um discípulo doutrinado de lugares como estes que mencionei.
      Não fossem lugares como o AE e alguns outros (e raros) sites, muita gente boa ia se achar louca por ver qualidades onde muitos maria-vai-com-as-outras só vêem defeitos.

      Excluir
    3. Bob, até concordo que os comentários do Pietro dão infundados, quanto à qualidade técnica do Etios (indiscutíveis, a meu ver), mas ele é de feio, pobre e aquele painel... (principalmente comparado a seus pretensos rivais).
      O Pietro pode e deve ter sua opinião respeitada e pode até torna-la pública, é seu direito (tenha razão, conforme o entendimento da maioria, ou não).
      Acho pior o comentário do anônimo 06/04/13 20:30, que é de péssimo gosto e diverge da proposta deste blog. Este, sim, na minha opinião, deve ser removido.

      Excluir
    4. Tem muita gente comprada pela concorrência para fazer isso mesmo que o Pietro faz pois esta propaganda difamatória se espalha pela rede e muita gente ao ler não compra o carro porque acredita que é verdade. não escutem essas coisas, antes de julgar sem conhecer, vá até a concessionária e faça um test -drive com o Etios! você não vai mais largar dele. é uma maravilha!!! foi assim que eu comprei o meu!! e estou muito satisfeito!!! nota 10

      Excluir
  35. Se a Toyota tivesse feito essa redução no preço E consertado o painel e melhorado o acabamento interno, aí sim. Mas como já comentei em outro post sobre o Etios, com aquele painel de Filizola considero o carro simplesmente inviável. Mesmo por 4 mil reais a menos.

    Sem mexer no painel e acabamento, talvez com uma redução real de 8 a 10 mil reais deixando o 1.3 básico no mesmo patamar do Mille, até dava pra considerar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Etio 1.3 báscio no mesmo patamar do mille.

      Excluir
  36. A Toyota tem que voltar com a Fielder!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apoiado!

      Excluir
    2. Rafael Nakazato07/04/13 14:26

      Vida longa às Station Wagons!!!

      Excluir
  37. Não tenho dúvidas de que a parte mecânica do carro é de boa qualidade, mas confesso que teria vergonha de comprar esse carro (pelo menos enquanto não abaixarem mais um pouco o preço, que ainda está irreal - mais uns 3 ou 4 mil reais a menos e a colocação de um painel de verdade, já justificaria a compra). De qualquer forma, esperaria ainda o lançamento do Novo Sandeiro antes de definir a compra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, não sei se interpretei direito o sentido da palavra "vergonha" no seu comentário, mas na minha opinião, Auto Entusiasta de verdade não tem vergonha de andar em carro nenhum.

      Quanto ao carro, apesar dos detalhes que vão contra o gosto da maioria, eu o colocaria na categoria dos carrinhos simpáticos e carismáticos.

      Excluir
    2. Amigo, de fato, "vergonha" foi uma palavra muito forte. Mas quis transmitir que me sentiria constrangido comprando esse carro, pois estou cansado de sermos tratados como cidadãos de segunda classe, muito embora façamos com que seja assim, pois não nos damos ao respeito. Na verdade, o problema não é da Toyota, mas do povo brasileiro, que não procurar praticar o bem ao próximo na maioria das vezes, e ainda se orgulha de "tentar levar vantagem e tudo". Assim, somos tratados da mesma forma com que tratamos os outros, ou seja, tentam levar vantagem em tudo em cima da gente.

      Excluir
    3. "...Na verdade, o problema não é da Toyota, mas do povo brasileiro, que não procurar praticar o bem ao próximo na maioria das vezes, e ainda se orgulha de "tentar levar vantagem e tudo". Assim, somos tratados da mesma forma com que tratamos os outros, ou seja, tentam levar vantagem em tudo em cima da gente."...confesso que não entendi o desabafo,mas respeito sua opnião. Sou toyoteiro de marca maior..e acabei de adquirir um Etios 1.5 XLS por 36.500 reais em uma concessionária aqui de Brasilia. Fiz uma pesquisa muito grande, dirigi vários carros como Onix,HB20, NEw prisma e Versa..oTodos tem sua qualidade e defeitos,mas o que decidiu minha compra foi Pós-venda (quem tem ou teve toyota sabe do que eu estou falando)e Consumo.Uso este carro para trabalhar e não me arrependi em nada. Temos Um Canry e um Prius (que na minha humilde opnião é show faz 25 km com 01 litro)... Não acho o carro feio pois convivemos com alguns feinhos a anos como o Uno, o gol bolinha, novo uno etc...Muita paz a todos...

      Excluir
    4. Tem muita gente comprada pela concorrência para fazer isso mesmo que o Pietro faz pois esta propaganda difamatória se espalha pela rede e muita gente ao ler não compra o carro porque acredita que é verdade. não escutem essas coisas, antes de julgar sem conhecer, vá até a concessionária e faça um test -drive com o Etios! você não vai mais largar dele. é uma maravilha!!! foi assim que eu comprei o meu!! e estou muito satisfeito!!! nota 10

      Excluir
  38. Pelo menos melhoraram o preço. Mas continuo torcendo o nariz. Prefiro até mesmo o velho Logan.

    PS. Por que não se critica o painel dos Citroen C4, onde o quadro de instrumentos também é no centro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado sobre o painel do C4, mas o do Étios a meu ver consegue ser bem pior por não ser digital, e com isso induzir a erro de leitura, além daqueles difusores de ar empilhados e lá longe.

      Excluir
    2. Corsário Viajante07/04/13 10:22

      Porque, se não me engano, neste caso ele é digital e bem projetado.

      Excluir
    3. Apesar de central, o painel do C4 é digital, sem erro de paralaxe(com número gigante para o velocímetro) e fica em posição elevada, no campo de visão próximo ao pé do parabrisa.
      O motorista desvia menos a visão da estrada para conferir a velocidade do que nos paineis convencionais.
      Já na C4 Picasso a posição do painel não é tão boa como no Hatch ou Pallas, pois fica um pouco mais baixo.

      Excluir
    4. Era... já virá corrigido na próxima geração.
      Por mais "modernoso" que seja, é um atentado à segurança, desviando a atenção do condutor da via.
      O ideal mesmo é o HUD, cuja tecnologia é inexplicavelmente cara, já que projetar imagens em qualquer superfície já não é novidade há muito tempo, no caso do para-brisas, bastando que seja emitida invertida.

      Excluir
  39. Lembrando que na faixa entre 40 e 45k, a melhor opção é o Polo, na minha opinião, que tem um desenho clássico e também tem 4 estrelas no LatiNcap.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Classico e tambem de uma geracao ultrapassada . So e vendido desse jeito no Brasil.

      Excluir
  40. Eu acho que tem gosto pra tudo... Quem não se importa de andar num carro feio para os outros, eu só acho feio aquele interior medíocre e pobre e, portanto, caro! pelo preço que estão pedindo e quanto ao design existem outros modelos duvidosos sendo vendido no mercado. Quem se importa apenas andar num carro com boa dirigibilidade e relativa segurança... tudo bem! Questão de gosto não se discute. Essa novela do Etios serviu pra mostrar que o consumidor brasileiro tá amadurecendo e os fabricantes começarem a ter respeito tambem.

    ResponderExcluir
  41. Antônimo do anônimo06/04/13 22:29

    Um bom carro mecânicamente, uma carroceria bem PROJETADA (como dito no post, bom PROJETO)mas não desenhada corretamente levando em conta o gosto local.
    Claro, gosto é algo definitivamente pessoal, e não posso julgar o de todos, mas para o meu é algo estranho no desenho.
    Não é um carro exatamente feio, porém algo sem harmonia...
    Ainda assim, eu talvez conseguisse deixar o design externo de lado, caso o veículo tivesse um interior interessante (E NÃO É difícil fazer um interior interessante e sem abusar dos custos, vide os chevrolet Onix/prisma/cobalt e hyundai hb20... São carros que não tem nada "demais" no interior, utilizam materiais simples, mas conseguem ter um interior com desenho algo interessante.)
    Porém, com o atual interior, descarto completamente, não consegui me adaptar com o painel central (acho que painel deve ser na frente do motorista, e se for central, na pior das hipóteses deve ser digital com números GRANDES, que facilitem a visualização.
    É claro que depois de algum tempo você se acostuma com a escala do velocímetro e olhando o ponteiro de relance sabe a velocidade, mas o marcador de combustível está muito mal localizado e péssimo pra visualizar.
    O interior acaba até por fazer esquecer a principal vantagem do veículo sobre os concorrentes da faixa de preço, o bom motor 1,3l, contra os 1l...

    ResponderExcluir
  42. Já falaram por aí que a Toyota acertou a parte mais difícil (mecânica) e pecou na mais fácil, o acabamento.
    Quanto ao design, não é tão bonito quanto o HB20 e robusto como o Onix, mas é simpático, principalmente ao vivo (as cores azul e vermelha são muito bonitas).
    Mesmo assim não me provoca desejo em tê-lo. Entrar todo dia e deparar num interior e painel do Etios não é uma forma de começar um bom dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo que ao vivo é bem menos feio que nas fotos. O que estraga são os detalhes..

      Excluir
  43. Executei um "search" aqui na página pela palavra "painel". A quantidade de ocorrências ficou em segundo lugar.... o primeiro foi "preço".

    Fiz o test drive no 1.3 e gostei do comportamento do carro. Comprei de outra marca porque o cinto e banco não têm regulagem e o cinto ficou batendo na goela da patroa. Outro motivo por não ter comprado foi... adivinhem? O painel!

    ResponderExcluir
  44. A estrutura do carro é boa, tem até barras laterais. Mas esse painel idêntico a um "relógio de camelo" destrói o carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com exceção talvez do Celta, Uno e Ka, acho que todos os carros vendidos no Brasil tem barras laterais. Se faltasse até isso, seria o fim da picada...

      Excluir
    2. Toda linha GM possui "barras laterais", inclusive o Celta. Você deve estar se referindo às barras anti-intrusão, localizadas dentro das portas, certo?

      Excluir
    3. Exatamente, amigo - aquelas que protegem os ocupantes em caso de impacto lateral.

      Excluir
    4. Todo carro nacional, atualmente, possui tais barras. Até o Mille.

      Excluir
  45. O HB20 e o Etios é o retrato fiel da realidade do consumidor brasileiro, mas cada carro em uma ponta diferente. O HB20 representa fielmente o que o brasileiro quer. Um design arrebatador e com equipamentos de confortos fazem que o brasileiro faça fila pra comprar, não importando na pós-venda e nem importando se é um 1.0, sem ABS e sem as 4 estrelas da Latincap. É a compra por impulso. Já o Etios, está na outra ponta. Motor elogiado 1.3, dinâmica e chassis muito bem acertado, silencioso e sem falar nas 4 estrelas da Latincap. E na versão X já vêm com ABS de série e com direção elétrica. Mas mesmo assim, eu não consigo acreditar que alguns aqui que se dizem "apaixonados por automóveis" prefiram um HB20 com mancos 1.0 e sem ABS sendo que esse é mais caro que o Etios X já com ABS e direção elétrica e o mais importante, com motor 1.3 muito elogiado. Realmente, não dá pra acreditar. Autoentusiastas com comentários de NA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que não dá pra acreditar é como que a Toyota, com tantos designers dos mais competentes (basta observar modelos como GT-86 e vários Lexus), foi justamente criar um carro feio para um segmento novo para ela, que conta com muitos concorrentes estabelecidos e focados em design de grande aceitação.

      Excluir
    2. Corsário Viajante07/04/13 10:21

      Meu autoentusiasmo acaba quando olho aquele painel.
      E, felizmente, o mercado não oferece apenas Etios e HB20. Aliás é nas opções "fora de moda" ou mesmo "fora de lançamento" que costumam estar os negócios mais legais.

      Excluir
    3. Parece o caso da moça "mais favorecida esteticamente" e sem muitas prendas domésticas, e até mesmo maternais, e da moça "menos favorecida esteticamente", porém prendada:
      Racionalmente, o equilíbrio entre estas características seria o ideal. Porém a paixão muda tudo, e se as escolhas não beirarem os extremos de cada característica, pode-se viver muito bem com uma ou outra escolha.

      Talvez a excelência dos projetos de hoje em dia permita o uso médio (comum) de diversos automóveis sem problemas técnicos graves, não sendo, em oferta de desempenho mecânico, muito diferentes no que oferecem na faixa de mercado onde concorrem. E assim o consumidor pode escolher se vai ficar "com a moça que, ao seu gosto, é mais bonita e cheia de mimos, ou com a moça menos bonita, porém mais prendada (e talvez até mais estável).

      Em um mercado onde as qualidades mecânicas dos concorrentes estejam em nível muito inferior, as características mecânicas ( desempenho e confiabilidade) decidam uma compra. Quando tem-se concorrentes em bom nível de excelência, o consumidor tem seu olhar - sua atenção - voltada para outras características.

      O mercado, ou seja, o consumidor, na maioria das vezes tende para as vantagens claramente perceptíveis, onde o desenho, material (no quesito de percepção visual de valor), facilidade de uso e itens de comodidade e conveniência contribuem como fatores de decisão de compra. As tais "centrais de "entretenimento" cumprem bem este papel hoje em dia, ainda mais quando possuem características convenientes como auxílio de navegação por GPS e auxílio de manobras em ré por vídeo, ao que somente era disponível em produtos de segmento de alto valor.

      Mas como cada um conhece o seu bolso, um ajuste nos valores certamente é relevante em determinadas faixas de mercado; sabe como é, mexeu no bolso...

      Excluir
    4. Nessas condições, como nem um e nem outro atendem os requisitos mínimos de racionalidade E emoção, eu partiria para uma terceira opção, que ofereça segurança, desempenho e conforto.

      Excluir
  46. Para decolar realmente as vendas, esse carrinho teria que ficar com preços entre 25k e 35k. Faltou uma versão de entrada 1.0 de 22k. Venderia igual pão quente. Quanto ao design, meu Deus, esse Etios parece um Hyundai ou Kia antes de Peter Schreyer.

    ResponderExcluir
  47. Bom dia,

    Eu não conheço o pessoal do site "ao vivo", mas a julgar pela formação profissional e pela maneira que as pessoas tratam os leitores, são pessoas de melhor qualidade.
    Há anos escrevo para o Bob Sharp, solicitando alguma informação sobre determinado modelo de carro, problema técnico ou simplesmente comentado uma matéria, algumas vezes concordando e outras discordando.

    Sempre fui atendido por esse senhor prontamente e com muita gentileza.
    Materia paga? Que bobagem sem tamanho...

    Robinson Garcia

    ResponderExcluir
  48. Não lembro qual site especializado, já publicou que a Toyota (global) está preparando uma remodelação parcial para o final do ano que vem, visando a aparência externa e interna mas mantendo a plataforma e motores. O modelo atual seguiria até 2016, mas apressaram a remodelação devido à fraca aceitação, mesmo na Índia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também li algo a respeito, e não será um face-lift, mas sim um modelo novo mesmo. (pois face-lift é quando matêm a seção central e só remodelam pára-choques, faróis, lanternas e grade, como aconteceu nos Gol G2 à G4).

      Excluir
  49. Carro bom mecanicamente e de aparência de mau gosto é igual a mulher educadinha mas feia de doer. Pode até cativar, mas só a quem está disposto a ter mais que um primeiro contato. O carro externamente até se passa de comum no meio da cidade, mas aquele painel é horroroso e nada prático.

    Qualidade é adequação ao uso. Se um painel foi feito para ser consultado pelo motorista, que seja posto na sua frente, ora! Tão simples... Foram inventar e fizeram essa coisa medonha!

    Externamente o Etios é mmelhorzinho pessoalmente do que nas fotos. Já o painel vai na contra-mão: em fotos já mostra a que veio, é feio e sem noção, pessoalmente chega a ser bizonho!

    Compra quem quiser. Depois do face-lift penso nele com mais carinho, devido a outras características do projeto, pois a mecânica me parece bem ajustada e confiável.

    Augusto

    ResponderExcluir
  50. Apenas como lembrete, a versão básica do Etios hatch (sem nenhuma letra indicativa de versão) não tem as barras estabilizadoras frontal e traseira que vêm em todas as outras versões do carro, por motivo de economia. Esta versão também tem caixa de direção sem assistência, o que não é demérito, mas não tem a evoluída direção elétrica das outras versões. Vale a pena pontuar isso na hora da compra.

    ResponderExcluir
  51. Lucas
    Lembre-se que a barra estabilizadora não "estabiliza" apesar do nome, que vem do alemão Kurvenstabilisator. O mais certo seria como no francês, barre antiroulis ou no inglês, anti-roll bar. Mas aqui ficou consagrado barra estabilizadora. Nos carros sem a barra a resistência à rolagem é feita por meio de molas mais duras (constante mais alta), o que evidentemente diminui o conforto, mas a capacidade de curva é exatamente a mesma. Com barra a suspensão pode ser mais macia e ao mesmo tempo ter o controle de rolagem (inclinação nas curvas) almejado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda a vez que alguém fala de barras estabilizadoras me lembro da dupla VW Logus/VW Pointer. Por que será?

      Excluir
    2. Apesar de concordar que dão o famoso jeitinho com molas mais duras (não concordo quanto ao mesmo comportamento), tenho minhas duvidas se realmente estão usando um item diferente para apenas esta versão tendo em vista que desde o horrendo painel central é fruto de redução de custos não vejo motivos para terem um item especifico para uma única versão, lembrando que trata-se de linha de produção e por mais que pareça simples não o é (não conheço a planta da toyota mas creio formente que todas as versões saem da mesma linha de montagem).
      Aproveitando a deixa, acredito que o comentário do Pietro deve ser respeitado no entanto acredito que o AE não se comprometeu ainda mas a meu ver pegam muito leve as vezes, visto versões sport de adesivos, e no mais entre os em evidência, HB20, Onix e o Etios de notredame, vou de Palio ou mesmo VW goleta, não q sejam baratos, mas acredito que em versões mais simples ele são mais honestos.

      Excluir
  52. Eu não tenho problema algum com o desenho desse carro. O único pênalti (e um ponto em que todos reclamam) é este painel central pobre e ruim.
    Vistoriei o Etios em algumas oportunidades e infelizmente não tive ainda a chance de dirigi-lo, para testar as bem faladas qualidades técnicas, mas o carro em si me pareceu agrupar muitas das características as quais eu reputo primordias para algo desta proposta.
    Uma ergonomia muito adequada e posição de dirigir que me agradou, materiais que, a pesar de não serem a última palavra em refinamento, são muito honestos e apresentáveis para um carro de entrada e um espaço interno bom. Notei que a Toyota tomou alguns cuidados em detalhes que passam negligenciados pela maioria dos fabricantes. O desenho, sóbrio, para mim é muito mais interessante do que a proposta extravagante e modernista do HB20. Desenho pretensioso demais para um produto simples.
    A sensação de "se sentir bem" no interior de um carro vale infinitamente mais do que um visual "descolado" em um automóvel que é ferramenta e meio de transporte, não amuleto pessoal ou joinha de estimação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo parcialmente com seu comentário: por tratar-se de um carro de entrada, a sobriedade seria desejável, como acontece em outros países mais evoluídos. Mas como estamos no Brasil, onde os valores dos carros são incrivelmente altos, e a maioria mal tem condições de comprar um carro mesmo que seja desse segmento, faz com que seja justificável também oferecer algo de sofisticado para que a pessoa possa se encantar, e o design acaba cumprindo esse papel. Por outro lado, as exigências internas são o oposto, onde a pessoa espera encontrar algo "normal", com que já esteja acostumada. Parece que a Toyota, por algum motivo, inverteu esse papel, fazendo um exterior demasiadamente sóbrio e um interior desagradavelmente extravagante. Penso que o breve face-lift deverá corrigir algumas dessas distorções, tornando o carro, se não atraente, ao menos digerível por esse consumidor.

      Excluir
  53. "...
    Ainda bem, iria ser triste ver um bom projeto sucumbir assim precocemente aos caprichos do mercado.
    ..."

    Não tem nada de capricho, mas claramente o INDIANO da Toyota não bate de frente ao design do HB20 e Onyx.

    Não adianta ficar puxando o saco da Toyota, entre inglolir um projeto de carro indiano, horroroso por dentro e por fora ou um coreano bonito e bem acabado por dentro e por fora que vende na europa, o mercado não é tão burro! Claro que o HB20 leva vantagem.

    Ia adorar se este projeto sucumbisse e em seu lugar a Toyota nos desse um carro vendido no PRIMEIRO MUNDO.

    Na minha humilde opinião, auto entusiasta também pode querer um carro bonito e que veste bem o motorista.

    Grande abraço,

    Vinicius.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou bem, concordo.

      Excluir
  54. E o valor das revisões desse Etios, alguém sabe? Como dono de Corolla, acho o pós-venda fraquinho na Toyota; na minha cidade só tem 2 autorizadas da marca Toyota, que atendem bem mal os poucos donos de Corolla e Hilux desse fim-de-mundo, então se esse Etios começar a bombar, vendendo que nem Gol, Uno etc, a rede não dará conta da assistência téc.

    ResponderExcluir
  55. Alexandre - BH08/04/13 16:35

    Fui em algumas concessionárias da Chevrolet e da Hyundai. Pelo Onix LTZ pediram 60 dias de prazo para entrega e pelo HB20 Premium pediram 90 dias. Ok, é um exercício de paciência de monge. Mas, dizem que o apressado come cru, não é? No caso, comida indiana...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperar 90 dias por um carro popular não é exercício de paciência, é insanidade.

      Excluir
    2. Alexandre - BH12/04/13 04:04

      Anônimo das 21h22,

      Insanidade é pagar ágio, como muitos andam fazendo por aí.

      Excluir
  56. Alexandre - BH
    Ser apressado nesse caso é sinal de inteligência e entre as comidas americana, sul-coreana e indiana não há nenhuma indicação que uma seja melhor que as outras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor ainda é saber esperar e comprar aquilo que realmente se deseja. Não demora muito e vai ter carro a pronta entrega.

      Excluir
    2. Alexandre - BH12/04/13 04:01

      Bob,

      A questão não é ser melhor, apenas mais palatável. E pressa pra comprar carro, eu não tenho.

      Excluir
  57. 0 painel até a gente engole pelo custo X benefícios. O problema mesmo é que as concessionárias Toyota são ruins de venda. Meu usado foi avaliado em uma grande concessionária Toyota por 18 mil na troca por um Etyos, enquanto em uma concessionária Chevrolet na mesma rua por 26 mil na troca por um Onix.Ai não existe desconto que faça compensar.

    ResponderExcluir
  58. Douglas Cazorla12/04/13 23:01

    A Toyota tá de brincadeira.
    O Etios hatch 1,5 mesmo com a redução está R$ 41.400. O HB20 1.6 confort plus com ar,DH,Aúdio, airbag, abs, trava e vidros elétricos paguei R$40.990,00 a pronta entrega.
    Etios 96.5 cv e acabamento muito inferior.
    HB20 128 cv.

    ResponderExcluir
  59. Eu sempre utilizei carros da VW, estou fazendo a troca em um Etios Sedan XLS, tipo para o que o meu antigo carro oferecia existem detalhes que devem ser avaliados, tais como qual a necessidade do carro para cada perfil, no meu caso uso o carro para trabalho, preciso de porta-malas, o gol g4 1.0 que estava utilizando apesar de completo (ar, dh, vidro, trava, pintura metalica) e bastante economico, atendia mas em uma necessidade maior como uma viagem em familia o espaço de porta-malas faz falta, o volante do gol não alinhado aos pedais e um pouco deslocado era um incomodo em viagens mais longas.
    Vi o Etios na exposição aqui na minha cidade, foi o primeiro contato ao vivo o que inspirou ir a concessionária, apos o test-drive foram fundamentais para a escolha, apesar de não ser o chamativo, mas outras qualidades pesaram como a posicao de dirigir, e funções que realmente usam no dia-a-dia. o que espera de um carro volante leve, consumo, manutenção baixa, ser flex, vidro e travas eletricas, ar-condicionado obrigatório, o restante são mais mimos que vai do gosto e necessidade de cada um. a minha necessidade foi de carro que não me deixe na mão e atenda as minhas necessidades.

    ResponderExcluir
  60. Olhei o Etios e quase fechei a compra dele, mas o acabamento interior, bancos e painel, esses deicharam a desejar. Acbei comprando outro carro, de outra marca. Gostei do design do carro mas o acabamento interno, esse não ficou com cara de Toyota!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena, voce^teria adorado o carro...tenho um e cada vez gosto mais!

      Excluir
  61. Estava fechando a compra de um HB20 pronta entrega, quando voltei o vendedor falou que tinha uma má notícia. Venderam o carro para outra pessoa.
    O vendedor falou para meu amigo que tinha que atender ele rapidamente que seu getente falou que tinha 5 pessoas esperando. Imagina as histórias pós-venda desse carro.
    Conclusão. Comprei um Etios Sedan XS. Carro para mim é custo. Se ele me levar com segurança gastando pouco combustível e visitar a oficina somente para revisões baratas. Ele é o mais lindo do mundo....
    ps.: Consigo ver os quadrinhos do marcador do combustível. E o que mais gosto é a demora para ele apagar.

    ResponderExcluir
  62. Acredito que um pequeno facelift (Para agradar a turma do "vinícius de moraes") e uma melhoria nos instrumentos (Computador de Bordo, Dimer para luz do painel, medidor de temperatura...) já estaria de bom tamanho para ele se firmar no mercado. O painel pode até ficar centralizado, basta que seja mais completo. Em relação a vida a bordo... Uma boa forração em couro já daria um ar de requinte ao "pequeno grande" Etios.
    OBS: A forração em couro chegou a vir de brinde no RJ durante um bom tempo. Agora estão fazendo "preço de nota fiscal de fábrica".

    ResponderExcluir
  63. Camila Dutra20/08/13 00:24

    Comprei um etios hatch 1.3 no ano passado, em novembro. No começo achei o painel muito estranho, mas depois me acostumei. A minha única decepção foi a queda de preço, pois comprei pelo preço inicial, então saí perdendo e muito, já que ele abaixou duas vezes. Acho que só não vendeu muito por causa do painel diferenciado. Mas o carro é muito bom, confortável, macio (supensão muito boa, mesmo com tantos buracos nas ruas brasileiras), econômico (item muito importante no Brasil, já que o preço da gasolina não para de aumentar). Com tantas qualidades, o painel nem se nota. Sem contar no prestígio já conhecido da marca Toyota. Para um carro popular, o etios está muito bom, não é lindo como o HB20, mas é bonito, diferente e sem motores 1.0, que ninguém merece!!! Meu motor 1.3 equivale a 1.4, muito bom para o tamanho do carro.
    Enfim, estou satisfeita com o carrinho.

    ResponderExcluir
  64. Beleza é algo pessoal, não dá para agradar a todos. Eu particularmente acho o Etios lindo! Acabei de comprar um Sedan e não me arrependo em nada. Claro que tudo depende do que você espera de um carro. Se o seu objetivo é "azarar mulherada" ou mostrar carro bonitinho para os amigos pode ser que o Etios não seja a melhor escolha. Agora se você for analisar o carro como um meio de transporte que deve ser seguro, confortável e no meu caso economicamente acessível, verá que é uma ótima opção:

    - porta-luvas com tamanho ótimo e climatizado; muitos reclamam que é um trambolho aberto, e daí?? Você fica abrindo e fechando o porta-luvas toda hora? O que importa é ter espaço suficiente. Minha esposa adorou, não atrapalha em nada o uso, e ainda é climatizado!!

    - painel central: de novo é uma questão de gosto pessoal. Eu também não acho o painel um dos mais lindos, mas garanto que a visibilidade é ótima, e é para isto que ele serve!

    - cinto de segurança sem regulagem de altura: só será um problema se a sua altura for muito distante dos padrões, no meu caso a altura do cinto está perfeita! E ainda assim com certeza não compromete a segurança, a Toyota não iria lançar um carro sem este item se a segurança estivesse comprometida, lembre-se que este carro recebeu 4 estrelas na avaliação de segurança.

    - porta-malas: na versão Sedan é simplesmente excelente!

    - computador de bordo: não possui, mas quem precisa monitorar o consumo a cada segundo sabendo que o carro é um dos mais econômicos do mercado??

    - dirigibilidade: este é um dos itens de destaque do Etios, pergunte a qualquer um que tenha dirigido o carro e tenha um pouco de noção. Muito estável, macio, silencioso... E o motor 1.5 garante uma ótima performance. Na dúvida, faça um test-drive você mesmo e comprove!

    - não possui regulagem elétrica dos retrovisores: para mim isto é o de menos, meu carro anterior tinha e se eu usei 3 vezes foi muito!!

    - macaco em baixo do banco do motorista: pode ser mais difícil de retirar do que se estivesse no porta-malas, mas quantas vezes você vai precisar utilizá-lo? Em cinco anos com meu carro anterior nunca usei o macaco!

    - buzina feia: não vale nem a pena comentar... rs

    - possui Air-bag, ABS, EBD, direção elétrica, ar condicionado, vidros e travas elétricas, som de fábrica.

    Resumindo, por R$ 36.800 na versão XS sedã, é uma ótima opção em custo/benefício!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, concordo com tudo 100%!!! Comprei um Etios sedan xls, acho ele lindo, o painel não incomoda em nada pelo contrário, melhora a visão da frente, o carro tem tudo, a precisão na frenagem é incomparável, estável, silencioso, potente, pintura excelente, atendimento na concessionária muito bom, um carro com modelo global. Vai ser difícil enjoar dele...

      Excluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...