20 de outubro de 2008

Montadora: não dá mais


Confesso que cheguei ao meu limite: não dá mais para ouvir falar em montadora. É como se não existisse mais fábrica de automóveis no Brasil. É ridículo o que está acontecendo!

Considero o uso de 'montadora' um câncer que se alastra rapidamente pelo corpo editorial brasileiro, em que nada é capaz de detê-lo. Os jornalistas brasileiros adotaram o termo de vez. Inexplicavalmente.

Responda, leitor:

- garantia é de fábrica ou de montadora?
- preço é de fábrica ou de montadora, nos feirões?
- equipe é de fábrica ou de montadora, nas corridas de automóveis?

Sabe o que significa Anfavea? Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores. E Fiat, é o quê? Fabbrica Italiana di Automobili Torino. E Alfa, de Alfa Romeo? Anonima Lombarda Fabbrica di Automobili.

O que é mais estranho é só no Brasil usar-se 'montadora'. No resto do mundo é fábrica ou fabricante, nas respectivas línguas. Por que será? Alguma forma nova de maldição?

4 comentários:

  1. Realmente este titulo de montadora, fabrica de automovel nenhuma merece.

    ResponderExcluir
  2. Apoiadíssimo, Bob!

    Montadora é a #@%$¨&*%!!!

    MAO

    ResponderExcluir
  3. Meus colegas lusitanos do blog não usam montadora. Eu nunca usei. É fábrica, marca, fabricante ou companhia.

    E quem disse que montadora é sinônimo de fabricante de carro? A empresa que monta ferros de passar roupa não é montadora?

    Todas as grandes revistas brasileiras falam assim, os programas mixurucas de TV, os sites e blogs, o locutor "oficial" da F1, o trio "Limite" da ESPN.

    Inclusive já estão se referindo às equipes Renault e Toyota como "participação das montadoras", "equipe da montadora".

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...