21 de maio de 2009

GREAT WALL, MAIS UM CHINA ENTRE NÓS

Em uma recente visita a Brasília, folheando uma revista local ví o anúncio abaixo.

Great Wall Hover a 69 mil reais. Uma tal de Alexandros Motors, além de ser a primeira concessionária da marca no, também é a importadora e distribuidora oficial no Brasil.

O Hover CUV (de crossover utility vehicle) usa um motor Mitsubishi 2.4 a gasolina que é usado em tudo que é SUV e picape na China. Dei uma "googlada" no código do motor (4g64s4m) e fiquei assustado com o comércio de veículos e acessórios chineses. Tem um modelo de uma empresa genérica, que é cópia do Toyota Prado, e pode ser pedido com 5 opções de motores de terceiros, entre eles esse Mitsubishi.

O Hover até tem um desenho simpático. Mas facilmente podemos identificar elementos copiados de modelos Toyota e Nissan. Pelo menos esse não ficou uma aberração.

Curioso é que muito pouco se falou sobre esse importador e sobre esse modelo. No site da Great Wall ainda mostram uma versão limusine do Hover!

Tem empresários que são visionários demais!

13 comentários:

  1. Que tranqueira, imaginem colocar um pneu sobre a calçada dessa coisa longa barroca ali e sacudir a carroceria, deve torcer que nem uma caixa de papelão.

    ResponderExcluir
  2. Pode até ser uma tranqueira ou macumba. Aliás não duvido nada que realmente seja, mas lembrem;se que os coreanos já foram taxados com os mesmo adjetivos. Quem não lembra dos Daihatsu que chegaram poraqui na década de 90? Pois é...hoje tem Hyunday tentando concorrer com BMW e Mercedes e sendo levado a sério pelos concorrentes.

    Cuidado que essa galera do olho rasgado aprende rápido!

    OBS: Enquanto isso nós no Brasil continuamos fabricando carros ultrapassados no velho continente e nos achando o máximo.

    ResponderExcluir
  3. João Carlos22/05/09 13:21

    Pessoal no brasil só vê aparência, até agora todo mundo que fala mal dos carros chineses nunca andou em um...

    ResponderExcluir
  4. Leonardo Amaral22/05/09 15:12

    João Carlos,
    Veja no youtube os crash testes dos clones chineses. Eles são muito ruins cara...
    Não preciso andar em um carro para saber se ele é bom ou não. Temos X outros critérios para afirmar isso...
    abraços

    ResponderExcluir
  5. João Carlos22/05/09 16:19

    O Chery A3 - por exemplo, e que pode chegar ao Brasil - passou nos testes de impacto. Pra quem vai cruzar semáforo verde sem olhar para os lados (como fez duas dondocas essa madrugada em SP) já pode ficar sussegado... Repito: ninguém rodou nos carros para ter uma base. É puro preconceito, sem fundamento. Mas que há chineses ruins, óbvio, mas pior é os ruins que temos aqui, e com emblema famoso.

    ResponderExcluir
  6. João Carlos Joselito22/05/09 18:24

    um dia eu ainda vou ter uma F-250 com quebra mato, só para ter o prazer de arrastar essas dondocas que cruzam o sinal sem olhar

    ResponderExcluir
  7. João Carlos22/05/09 19:07

    O pior é que foi o contrário, elas cruzavam o verde. O pessoal quando acontece um acidente ao invés de se perguntar o que ele poderia ter feito para evitar, resumi-se ao simplório "mas eu estava certo".

    O pessoal prefere bater com razão do que não bater.

    E dá-lhe ABS, bolsas, ESP e o diabo a quatro, que vão continuar morrendo. As dondocas vão partir para tanques militares...

    Voltando aos chineses, esse A3, via agora, tem até suspensão traseira multibraço. Só andando num pra saber...

    ResponderExcluir
  8. Os chineses ainda fazem engenharia reversa. Compram peças e componentes de quem quer que seja e as copiam. Ou seja, não fazem o projeto e portanto não sabem porque a peça, componente ou conjunto foi projetado daquele jeito. Aí aplicam a nova peça copiada em uma condição em que não se sabe se o projeto original previu. Meio assustador para mim. Também "acho" que a validação deve ser bem precária e menos rigorosa.

    Toda empresa estrangeira para se instalar na China tem que se associar a uma empresa local. Dessa maneira eles estão aprendendo a fazer carros. As maiores empresas já estão melhorando. Acho que vão levar menos tempo que os coreanos para fazer carros bons. Mas ainda tem algum chão pela frente até me transmitirem confiança.

    Muitos produtos, como esses módulos de som e GPS com tela de 7" que todo mundo está instalando em carro zero (todo mundo que compra carro mais caro e tem grana) apresentam, muitos problemas. Eles vão corrigindo e melhorados rapidamente com base no que acontece na mão dos consumidores. Ou seja, os consumidore é que fazem a validação do produto.

    ResponderExcluir
  9. João Carlos,
    legal você comentar isso, pois eu penso a mesma coisa, as pessoas não adotam uma postura defensiva no trânsito, bem como você disse, ao ivés de procurar evitar o acidente, afinal qualquer um esta sujeito a cometer erros, eles preferem atirar o carro em cima do outro, ou no maximo dar uma buzinada...

    ResponderExcluir
  10. Já vi e entrei num desses hover aqui em BSB. Sinceramente: num primeiro contato, impressiona pela boa qualidade. O carro é bonito, tem presença. Só o tempo dirá se a qualidade é de fato precária. Mas da mesma forma que os carros japoneses e coreanos já foram motivo de chacota, e hoje os chineses o são, podemos esperar mais uns 5-10 anos para os chineses serem excelentes carros.

    Abraços

    Lucas

    ResponderExcluir
  11. Ivo R. Montanha Junior - UFSC23/05/09 07:59

    Paulo, engenharia reversa bem feita é bem mais AMPLA do que desmontar produtos concorrentes e copiar. Isso que os chineses tradicionais fazem é CÓPIA mesmo. Copiam peças aqui e ali, montam um verdadeiro Frankstein, que no final ainda é "piorado" para ficar mais barato. O resultado: confiabilidade baixíssima e segurança ídem. Mas existem os chineses "bons" que adquirem produtos concorrentes, pensando em ANALISAR o que fazem, entender o CONTEXTO da aplicação e, disso, aplicar a experiência para otimizar o produto. Várias montadoras fazem isso, depois de testes com o veículo concorrente o levam para o chamado setor de Teardown (desmontagem técnica). Provavelmente foi esta a saída dos coreanos da Hyundai, para explicar os ótimos resultados que tem obtido (não apenas tecnicamente). Pena que são poucas as empresas que pensam de forma sistêmica!

    ResponderExcluir
  12. Parece que estão aqui desde o ano passado: http://www.autodiario.com.br/conteudo/great-wall-e-a-terceira-marca-chinesa-a-chegar-ao-brasil

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...