Google+

19 de junho de 2009

SERÁ QUE ACABOU?


O fac-símile acima é de notícia nos dias que se seguiram ao lançamento da gasolina premium, no início de 1997. Hoje precisei obter os nomes comerciais dessa gasolina e procurei-os nos sites da companhias de petróleo mais conhecidas. Surpresa: não se fala mais em gasolina premium.
Eu já havia sido informado que a Petrobrás não oferecia mais essa gasolina de 98 octanas (a comum e comum aditivada são de 95 octanas), só a Podium, que tem 102 octanas.
Amanhã vou dar uma circulada e verificar nos postos se é isso mesmo ou se é deseleixo das companhias na elaboração ou atualização dos sites. Depois eu conto.

25 comentários:

  1. Já adianto os resultados da sua pesquisa:
    Você vai encontrar a Premium em alguns postos da Texaco, normalmente só os grandes e em alguns (alguns MESMO) Shell. O preço estará na casa dos R$3,00 ou mais.
    Obvio que ninguém mais poe. Aliás, surpreso com os 0,968 pelo litro de Premium. Quem dera...

    ResponderExcluir
  2. Bob,
    Não entendo o que houve, mas os preços estão errados. Uso a Premium e custa R$ 3,99 o litro e não R$0,968. Tem alguma coisa errada aí nesse artigo da Folha.

    Abr
    Luiz

    ResponderExcluir
  3. Bob, além das bandeiras citadas pelo Caio Ferrari, a Ipiranga também "tinha" gasolina premium.
    Hoje uso a podium da petrobrás apenas para colocar na partida a frio.

    Abraço

    Robinson - Sumaré

    ResponderExcluir
  4. Uso a podium no Rio capital custa en torno de 3.20 o litro na zona sul .

    ResponderExcluir
  5. Paulo Keller19/06/09 21:09

    Bob, qual é a diferença da Premium mesmo?

    ResponderExcluir
  6. Bob, pesquise sobre a Pódium.

    Não é mais a mesma. Não tem mais nada a ver com a Pódium original. Até o cheiro mudou. Não só o cheiro da gasolina em si mas principalmente o cheiro da queima.

    Antes dava pra sentir de longe quando um carro tava usando Pódium. Agora não dá mais.

    ResponderExcluir
  7. Caio,
    A bandeira Texaco acabou no Brasil. O grupo Ultra/Ipiranga comprou a marca e os postos estão passando para identificação Ipiranga.

    ResponderExcluir
  8. Sorry, agora vi q o artigo era de 1997.

    ResponderExcluir
  9. Dranger,
    A matéria da Folha é de fevereiro de 1997.

    ResponderExcluir
  10. Robinson,
    Certo, havia a premium da Ipiranga e de todas as bandeiras. A da Shell, por exemplo, chamava-se Fórmula.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo,
    A gasolina no Rio é sempre mais cara do que em São Paulo. Deve ser questão de ICMS.

    ResponderExcluir
  12. Villa,
    Um jornalista amigo, o Fernando Calmon, perguntou isso recentemente para o Frederico Kremer, um dos figurões da Petrobrás na área técnica e a resposta foi que a Podium continua igual. Diante dessa resposta acho que podemos estar diante de mais uma "caixa preta" da Petrobrás. Várias pessoas já fizeram comentário semelhante ao seu, especialmente a questão do odor. Preciso encontrar uma maneira de verificar isso.

    ResponderExcluir
  13. Paulo,
    A premium é de 98 octanas, contra 95 da comum, comum aditivada e V-Power da Shell, que também é aditivada. A Podium é de 102 octanas.
    Para você e os leitores entenderem, se a Podium não tivesse 25% de etanol seria de 98 octanas, que é a gasolina super plus europeia. Se a premium não tivesse esse mesmo porcentual de etanol seria de 95 octanas, a gasolina super da Europa. A comum, se não tivesse etanol misturado, seria de 91 octanas, a gasolina comum europeia, que não temos. Todos os carros europeus podem rodar com esta última -- assegurado nos manuais de proprietário --, pois há salvaguardas nos motores para evitar detonação. Mas o desempenho cai bastante e o consumo fica bem maior.

    ResponderExcluir
  14. Ai que saudades do tempo em que a gasolina era abaixo de R$ 1,00/litro.

    Subiu quase 200% em 10 anos, e ainda nossos governantes dizem que vivemos numa época de estabilidade, de baixa inflação.

    Que sonho...

    ResponderExcluir
  15. Marlos Dantas19/06/09 22:12

    Em dois postos Shell daqui tem anuncio de gasolina Premium. Mas, na verdade, nunca vi o preço do litro nesses anúncios e nem sei se eles ainda comercializam...

    Que saudades desses preços! Lembro-me que, nessa época, aos 11 anos de idade, meu tio e eu sempre íamos abastecer o carro dele (de comum, pois eu não sabia os benefícios da aditivada) num posto aqui perto... O preço do gás de cozinha também era bastante baixo nessa época...

    ResponderExcluir
  16. Me lembro muito bem que há alguns anos existia a gasolina fórmula shell mas faz tempo que não ouço mais falar dela...

    ResponderExcluir
  17. Ih Bob, então sua busca vai ficar ainda mais difícil. Na Av Jaguaré tem um Shell que vende a Formula. Fica sentido pte do Jaguaré, perto da Churrascaria Ponteio.

    ResponderExcluir
  18. Antonio Martins20/06/09 02:02

    Nem sei mais o que é gasolina faz 5 anos. Podium só no "tanquinho" da partida a frio... uma vez no ano e olhe lá... e só meio litro é o que cabe no meu último carro...

    ResponderExcluir
  19. Que tal usar em vez da Premuim, a gasolina de aviação AVGAS, que por estas bandas custa R$ 3,40 o litro e tem qualidade superior (sem adição de álcool, quase isenta de resíduos pesados). Dificuldade: abastecimento apenas em locais específicos.

    ResponderExcluir
  20. Aziz,

    Salvo engano, a gasolina de aviação (AVIGAS) possui chumbo tetraetila em sua composição. Existe uma grande polêmica com o chumbo tetraetila, mas alguns dizem que o produto danifica o catalisadfor dos automóveis, além de ser muito poluente.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  21. Tinha até me esquecido da gasolina Premium. Aqui em Sorocaba, só vejo a Podium e, mesmo assim, em um único posto BR... Sai por R$3,00 o litro.

    E pensar que, a pouco mais de 10 anos atrás, pagava-se menos de R$1,00 pelo litro de gasolina. Agora, esse preço não compra nem um litro de etanol na maioria das cidades... (eu pagava cerca de R$0,30 pelo litro de etanol na mesma época).

    E será que houve uma inflação acumulada de 200% em 12 anos?!!!

    ResponderExcluir
  22. existe algum beneficio em desempenho ou descarbonização do motor, ao fazer uso da gasolina podium em um motor de taxa 9,5:1 ?
    ou com essa taxa o efeito é absolutamente inócuo?

    ResponderExcluir
  23. Bob,

    eu tambem só tenho visto gasolina podium nos postos, e mesmo assim são poucos, acho que pela pouca saida destas gasolinas mais caras, e tambem pela grande procura pelo etanol que os carros flex proporcionaram, aos poucos os postos estão extinguindo a gasolina premium, pois imagine, temos a gasolina comum, aditivada, a de maior octanagem, e ainda teriamos a premium que é de octanagem intermediaria, acho que isso não é muito lucrativo para os postos e refinarias

    ResponderExcluir
  24. Bob
    a nossa gasolina não tem octanagem 87?

    ResponderExcluir
  25. Caro Road Runner,
    De fato a gasolina de aviação possui algum chumbo sim, não muito, mas torna-se poluente. Mesmo assim, nos automóveis antigos (sem catalisador e ainda carburados)utilizo este combustível, pois são de uso muito restrito (alguns finais de semana de céu limpo)e como este combustível permanece muito mais tempo no tanque sem se deteriorar, acaba sendo ótima opção para este caso. Faço inclusive a regulagem do motor completa para o uso deste combustível, aproveitando melhor suas características. Abração.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...