24 de julho de 2009

PASSAT CC, PARA QUEM NÃO PODE CHEGAR AO PANAMERA



Estou andando com um Passat CC desde ontem. Apesar de não gostar de carrocerias com vidros baixinhos, este VW é mesmo sensacional. Ter à disposição 300 cv a 6.600 rpm, vindos de um V-6 de 3,6 litros, potência essa distribuída em quatro rodas a que deram pneus de 235 mm de seção, num carro de 4,8 metros que pesa apenas 1.632 kg, e acoplando esse motor a um transeixo 6-marchas automatizado de duas embreagens, só poderia dar um belo resultado. O fato de ser carro alemão, de Autobahn, já é uma credencial e tanto.

Só é preciso ficar atento à buraqueira, já que pneu de perfil 40 (o aro é 18) foi feito para lugares onde os responsáveis pelas vias são realmente responsáveis. Pelo menos os pneus, Continental ContiSeal, possuem proteção contra perfuração por objetos de até 5 mm de diâmetro. Mas o problema é a parede lateral de cerca de 95 mm de altura. Têm-se que ficar esperto.


O civilizado animal tem preço público de R$ 174.290,00. Civilizado porque tem tudo o que uma pessoa que gosta de automóvel quer (e até os que não gostam) e basta calcar o pedal da direita para se obter um salto felino, como chegar a 100 km/h em 6,3 segundos. Sem patinar rodas, como é normal com tração integral. No piso molhado, então, melhor ainda. E chega a 250 km/h, limitados.

O câmbio de duas embreagens é mesmo sensacional. A trocas de marchas não são sentidas, são observadas no conta-giros e também na indicação de marcha em uso no painel. Há alavancas de troca no volante para quem quer se sentir num F-1, porém nem precisa. Faz-se o que se quer com o câmbio pelo pedal do acelerador, especialmente se usado o modo "S" da caixa.

Como vem surgindo ultimamente, o freio de estacionamento pode ficar em operação automática. O carro parou, fica freado. Num automatizado (ou automático convencional) o avanço lento, o chamado creeping, requer ficar pressionando o pedal de freio enquanto o sinal não abre. Nesse caso, não. Inclusive, evita que as luzes de freio fiquem incomodando o motorista do carro de trás.

Todo o interior é primoroso, os bancos dianteiros e traseiros são superlativos e o ajuste elétrico possui três memórias. Há até cortina de acionamento elétrico no vidro traseiro. Pena mesmo é o teto solar de vidro ser apenas inclinante. Um tipo de correr talvez reduzisse demais a distância dos assentos dos bancos ao teto. O carro é (felizmente) baixo diante da tendência atual de carros mais altos, apenas 1.437 mm.

E enquanto o porta-malas do Panamera acomoda 432 litros, o do Passat CC leva 20 litros mais...

BS

21 comentários:

  1. Fantástico!
    Bela avaliação Bob Sharp.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ótimo!!

    é o grande Bob Sharp...

    E resumiu bem. Nas entrelinhas está assim : tem " só" 170 mangos e quer um supercarro,já tem esse...

    ResponderExcluir
  3. André Andrews25/07/09 18:39

    Essa ligação com o câmbio é feita a seco?

    Lembrei disso porque no automatizado de embreagem a seco da GM, que tem creeping, chega um momento em que - em manobras lentes, pára e anda - ele emite um sinal sonoro de superaquecimento e começa a mudar a forma de acoplamento para preservar embreagem. Dependendo dos hábitos e percursos do motorista, já dá para prever que a embreagem vai estragar mais rápido do que o previsto. Aquela embreagem muulti disco em óleo do Fit CVT me parece mais indicada pra carro automatizado que tenha creeping.

    ResponderExcluir
  4. Pergunta, Bob

    Em nome do prazer ao dirigir: câmbio DSG ou Manual puro?

    ResponderExcluir
  5. André,
    São embreagens em banho de óleo.

    ResponderExcluir
  6. Alexei,
    Manual puro, sempre. Nesse ponto sou antigo, como os caminhoneiros americanos experientes, que fazem questão da caixa Fuller "seca", não querem saber de sincronizada, muito menos de automatizada. Já avisei aos amigos: o transporte que me levar à última morada terá de ser manual...

    ResponderExcluir
  7. É isso ai Bob!
    Eu, apesar de não ser contrário a tecnologia, para determinadas coisas também sou "Old School".

    ResponderExcluir
  8. Marlos Dantas25/07/09 21:12

    Bob,
    Ótima avaliação!
    Durante esse período com o carro, já chegou a transpor alguma lombada? Raspou em algum lugar da parte inferior do veículo?
    Esse Passat, na contramão de muitos europeus importados prá cá, tem faixa degradê no para-brisa?

    ResponderExcluir
  9. Brilhante, Bob !! :)
    A relação custo/benefício desse carro é excelente, concorrente da Mercedes CLS 350, com a vantagem da tração integral, maior potência (por sinal, o motor é derivado do antigo VR6...aquele motor tem um som que, na minha opinião, equivaleria a um Alfa Romeo alemão rsrs) e quase metade do preço. Alguns vão afirmar que comparar um MB com um VW é estupidez, que a MB é muito superior...mas não se pode negar que, perante os mais de R$ 300 mil da Merça, o Passat é uma "pechincha" pelo que oferece. =)

    ResponderExcluir
  10. Marlos,
    Nào andei muito, o que vou fazer a partir de amanhã. Mas não me pareceu ter problema de pouca altura de rodagem. Não tem a faixa degradê, só que tem um detalhe: não precisa. O para-brisa é bem mais baixo que a média.

    ResponderExcluir
  11. Rodrigo,
    Exato, o custo-benefício é muito atraente. Uma coisa que esqueci de mencionar é que a injeção é direta, o que contribui para as excepcionais características do motor, como o torque de 35,6 mkgf a apenas 2.400 rpm. São 9,9 mkgf/L.

    ResponderExcluir
  12. Como eu já havia mencionado em postagens anteriores, a faixa degradê do para-brisa depende muito da posição de dirigir do carro e também da altura do motorista. Por isso em certos casos a faixa degradê pode tornar-se incômoda.

    ResponderExcluir
  13. Clésio Luiz26/07/09 21:52

    Eu só não concordei num ponto: 1.632 kg não é pouca coisa. Pode não ser muito diante dos modelos atuais no mercado, ma ainda acho pesado pra caramba.

    São cerca de 300 kg a mais que o Omega nacional com motor 3 litros alemão, e são carros de porte semelhante. Claro que o Passat carrega a tração nas 4 rodas, mas...

    Essa história de segurança passiva dá nisso. Mais seguro de um lado, menos eficiente de outro.

    ResponderExcluir
  14. Alberoni Leal26/07/09 22:16

    Por favor, como é o tipo de diferencial central desse carro? É acoplamento viscoso, torsen ou com multi-embreagens? Perquisei no site VW USA e não achei. Qual a partição do torque entre os eixos? É variável? Abaixo o site da VW USA com as especificações do CC:
    http://www.vw.com/cc/highlights/en/us/#/performance_4motion

    Obrigado e um abraço

    ResponderExcluir
  15. Alberoni,
    Multi-embreagem com repartição 0-100% para qualquer dos eixos em função da necessidade.

    ResponderExcluir
  16. Bob, esse carro passou por "tropicalização" ? Pelo menos na central eletronica da injeçao para poder rodar com E25 ?

    Só tá abastecendo com Podium BR ou comumzinha aditivada dá conta ?

    ResponderExcluir
  17. Incrível como o alemão se atenta a pequenos detalhes, "a luz de freio incomodando o motorista do carro de trás"
    Bob, obrigado pela contribuição da avalição, é um carro muito atraente e tem um valor como o de um linda mulher para a sedução! Algo de deixar qualquer pessoa que reconheça seu petencial doido!
    Uma pergunta Bob, saberia me dizer se na Europa ele é oferecido com um caixa manual, para os "puristas"?
    Interessante essa dúvida, caro leonardo!

    ResponderExcluir
  18. Mister Fórmula Finesse27/07/09 08:53

    Ótimo carro Bob, seu custo benefício realmente é vantajoso: design terrívelmente bonito (minha opnião é claro), cifra de potência de supercarro de 20 anos atrás, tecnologia aplicada e engenharia de qualidade em cada canto do carro, dados dinâmicos que deve ser superlativos....enfim, uma limusine quattro para ninguém botar defeito ao preço de uma SUV topo de linha. Dúvida: achei o Fit com CVT um tanto enfadonho em relação a contínua aceleração sem nenhuma (mesmo que simulada) sensação de troca de marcha, claro que sempre serei adepto das caixas manuais, mas o Passat CC apesar do imenso respaldo mecânico, não seria um pouco burocrático após o condutor ter brincado bastante com a caixa de dupla embreagem? Visto que as trocas são sentidas mais pela agulha do conta giros....

    ResponderExcluir
  19. Este VW é apenas uma cópia emporcalhada do Mercedes-Benz CLS.
    A VW se especializa em design arrogante, vide o parvo Jetta.
    Carros de desenho ridículo.

    ResponderExcluir
  20. Grande Bob,

    Cara, manda um e-mail.

    Um abração,
    Talles Wang - tallwang@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  21. e lá vem a anta do juvenal fieteiro... o véio mais xarope, deusolivre!!

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...