18 de fevereiro de 2010

FORD FOCUS 2 LITROS, AUTOMÁTICO



Minha mãe queria trocar de carro e finalmente ela seguiu o meu conselho. Digo finalmente porque, como todos sabem, santo de casa não faz milagre, e em casa pouco dão bola para o que entendo de carros. Em casa sou um trouxa como outro qualquer e boa.

E vai daqui, e vai dali, consulto meus amigos autoentusiastas e cada um fala uma coisa. Claro! Temos boas opções no mercado e hoje praticamente não há mais carro ruim. Todos são bonzinhos, apesar de no Brasil não fabricarem nenhum bonzão. Mas eu é que sei das necessidades, modo de guiar e vontades da minha mãezinha. Ela carrega tralhas volumosas, então, tem que ser uma perua ou um hatch médio. Ela encantou-se com o Fit, mas a convenci que o Fit tem suspensão dura pro gosto dela, mas no fundo não gosto de como esse carro se porta nas curvas – sai muito de frente. Aí caímos nos médios e consegui que ela guiasse o Focus com câmbio automático, e ela adorou. Perguntei pros amigos e eles aprovaram o carro. Ela comprou um automático, motor 2-litros, GLX.


Bom, e neste Carnaval ela foi para a fazenda com o Focus e voltei guiando pra ela. Mas antes, lá o guiei na minha “pista de testes particular” que serve de comparativo entre os carros, e ele se portou de maneira esplêndida. Digo esplêndida porque é esplêndida mesmo.



Bom, ele freia muito bem. Freada progressiva, peso certo no pedal, a frente pouco afocinha, dando pra sentir que os pneus de trás atuam ajudando, e o carro freia reto. Show. A direção tem a relação certa – não é rápida demais nem de menos, e tem o peso certo também. Ergonomia ótima. Volante sobe e desce e vai e vem. O banco também, daí que achamos boa posição tanto para o filhão de 1,80 m quanto para a mami de 1,60 m.


Mas é nas curvas que ele barbariza. Ágil e preciso. O traçado planejado é seguido à risca. Dá samba no Corolla e empata ou supera o Civic, sendo que de estalo prefiro o Focus – talvez por achar a direção do Civic muito rápida no início da virada. No Focus as curvas saem perfeitinhas com mais facilidade. Fiz curvas de asfalto bem ruim e é aí que a suspensão traseira independente multibraço mostra a que veio, pois ela acompanha o piso e está sempre bem agarrada. Impressionante. Um dos melhores tração-dianteira que peguei. E é macio, isola bem dos buracos.

Nas retas é perfeitamente estável até 180 km/h. Mais não fui por não ter local adequado, mas deu pra sentir total segurança e firmeza a essa velocidade.

O motor já não é aquelas coisas. Não que não seja bom, mas é que o restante do carro suporta muito mais motor, de tão bonzinho que é, de tão bem acertadinho. Seus 145 cv a 6.000 rpm são só suficientes e não empolgam. Acho que um Focus com o motor do Fusion, de uns 170 cv, estaria na medida dos entusiastas.

Mas na estrada, não é bem o motor que falta. O que falta mesmo é uma 5ª marcha, isso porque o câmbio automático tem só 4 marchas e entre a 3ª e 4ª marcha há muita diferença de giro: 1.000 rpm. A 120 km/h o giro está em confortáveis 3.000 rpm. Beleza, ótimo, mas é preciso pisar no talo para que só depois de um tempo, relativamente longo ele reduza. Se ele tivesse uma marcha entre essas duas, aí sim, ele ficaria mais esperto na estrada.

Ele tem aquela alavanca idiota de troca de marchas. Quando no Drive, é só levar a alavanca pra direita e aí ele está no “manual”, no esquema de (–) para frente e (+) para trás. Manual coisa nenhuma. Ela troca marchas a seu bel-prazer e na prática isso só atrapalha. Então, na hora do vamos ver é melhor deixar no automático e contar com freio e acelerador e boa.

Chega a ser perigoso. Eu vinha em 3ª e na entrada de uma curva alavanquei pedindo 2ª. A 2ª não entrou, talvez porque o inteligentíssimo câmbio achou que o giro seria alto demais. “Alto demais uma pinóia, caramba! Eu sei o que estou fazendo; obedeça e não chie”. Alavanquei de novo, insistindo, e o que entrou foi a 1ª, atrapalhando tudo. O burro do câmbio memorizou o que eu pedira. Êita memória boa! Vai ser burro assim lá adiante. To fora dessa droga de alavanquinha, diversão de piloto virtual.

Os bancos traseiros são bons. O Moreira, aí, o caseiro, tem 1,75 m e é parrudo. Ótimo espaço e boa ergonomia, mas poderiam ser mais macios. Bom porta-malas.


O esquisito é abrir o capô do motor. Tem que ser com a chave. Tem que virar o símbolo do “Oval”, meter a chave, e vira daqui e vira dali para aquele troço abrir. Quase desisti, mas o Dedão, o viralatas que gosta de carro, latiu que queria ver. Então quebrei a moringa lá um tempo, o Dedão dando opinião na minha orelha e eu com medo de quebrar alguma coisa e ferrar tudo.


Mas a decepção foi abrir e não ver nada. Parece que hoje em dia as “montadouras” têm vergonha de mostrar o motor. É só um plasticão preto lá, chapado, que não deixa a gente ver nadinha. Abri, tirei foto e fechei. O Dedão, injuriado, mijou na roda. Uma pena, porque adoro ver motor, principalmente quando tem cabeçote de dois comandos, bonitinho.


Que história é essa, designers? Engine is beautifull.

Só sei que a mami está contentíssima com o carrinho dela, muito chique e faceira. E eu aqui torcendo pro Focus não dar “póbrema”, porque se der “póbrema”, por menor que for, vai acabar sobrando para o filhinho metido a sabido aqui. Até agora, com 4.000 km, o retrovisor interno vibra. A bolinha onde ele pivota está com folga. E o acelerador é muito rápido logo ao primeiro toque. Nas manobras o carro arranca rápido demais e é preciso tomar cuidado com isso. Vamos ver se na revisão eles acertam ou se o jeitão dele é meio besta assim mesmo.

E tem ótima visibilidade. O Civic, que é outro bom do segmento, tem aquela coluna "A" com aquele triângulo inútil que tira muita visibilidade e só serve para agradar designers blazês que não gostam de guiar. Eu não queria minha mãe guiando um Civic nunca, só por causa disso. Ficam falando dos problemas do acelerador do Corolla americano, mas não medem quantos acidentes essa falta de visibilidade do Civic já causou. Com ele, eu mesmo quase atropelei uma moça, porque simplesmente não dava para vê-la.

O Focus é ótimo e estou contente que minha mãe esteja com um carro que oferece bastante conforto e segurança..Um com câmbio manual já ia bem para mim.

AK

77 comentários:

  1. Bonito o Focus brasileiro, e hatch e hatch mais bonito.

    O Focus Americano e feio demais com umas entradas de ar nos paralamas que colocaram e nao tem nada a ver.

    Legal que a Ford esta indo bem de novo.

    ResponderExcluir
  2. Para mim, o melhor hatch médio/grande do Brasil.

    carro fantástico.

    ResponderExcluir
  3. A versão correta do Focus da sua mãe não seria GLX?

    ResponderExcluir
  4. É, saiu um ELX em vez de GLX.

    E como falaram, o melhor hatch médio do Brasil, concordo que com cambio manual deve ficar na medida.

    ResponderExcluir
  5. Excelente teste, AK e Dedão disseram o que deve ser dito,com ótimas fotos,faltou o vídeo do " ralo".

    Aliás, falando em fotos do carro de mamãe, o esquecido Marlboro do Cowboy " combinou" certinho com o interior de fitas rosas no volante e pulseiras no deck da alavanca. he he he

    AK, o carro é pesado. Com os 170 eu encaro, com esse 145 fica como o seu: carro de minha mãe.

    ResponderExcluir
  6. Arnaldo Keller18/02/10 19:12

    Marcus,

    Então é GLX. Obrigado. Gran Luxo, muito chique.

    Alexei,

    Com câmbio manual dá bons divertimentos, porque realmente o carro merece nossos cumprimentos. 145 cv é potência respeitável, mas autom/4m é atraso. Tava na hora de ter 5.

    ResponderExcluir
  7. Arnaldo,

    O texto ficou ótimo, ri muito das tiradas que você escreveu. A parte para abrir o capô, junto com o Dedão, ficou demais, divertidíssimo!

    Bom saber que o novo Focus continua tão bom quanto o modelo anterior, assim continuo tendo opção de um carro novo entusiasta nestas terras tupiniquins. E com câmbio mecânico, claro, esse negócio de computador fazendo trocas de marcha para mim, tô fora!

    O que mais me impressionou no Focus (modelo antigo, comprei um modelo 1,8-litro no final do ano passado - "culpa" do MAO...) é justamente como o bicho faz curvas e a capacidade dos freios. Como você escreveu, você coloca o carro exatamente onde quer, independente da velocidade. Ainda não consegui atingir o limite de estabilidade do bichinho no seco. E olha que já abusei um bocado, só mesmo no molhado é que consegui fazer o carro escorregar de frente e, mesmo assim, menos do que esperava...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Arnaldo Keller18/02/10 19:40

    Road Runner,

    cachorro também gosta de carro e o Dedão é um autoentusiasta que nem a gente, mas tem que ser de janela aberta pra ele meter a cara pra fora ou de preferência um conversível, que nem eu.
    Olha, o novo está ainda melhor de chão.

    ResponderExcluir
  9. AK,
    Como já citou o Runner, texto leve e super divertido!
    Muito melindroso o volante com fitinhas!
    Tenho uma cadelinha linguiça, a Megg, que também gosta de andar de carro, mas ela é brigona, xinga quem passa perto, pior quando quer sentar no banco do motorista...

    Neste caso, o câmbio automático foi uma exigência da sua mãe? Ela não quis experimentar o manual?
    O que você diz sobre o que a mídia comenta do Focus antigo levar vantagem em termos dinâmicos devido o menor peso? Essa diferença existe de fato? E, se existe, é tão perceptível?
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. AK,
    Fale com o SAC da Ford, reclame que o carro está com pouca potência porque estão fazendo atualizações de software da ECU para atender quem reclama.

    ResponderExcluir
  11. AK
    E como é bonito um carro sem películas nos vidros, não?

    ResponderExcluir
  12. Racing Driver Wannabe18/02/10 20:58

    Eu tenho um GLX Duratec manual.
    Um outro colunista deste blog tem um Ghia Duratec manual. Dividimos a mesma opinião sobre nossos carros.

    O carro é excelente, muito já se escreveu e muito vai se escrever sobre ele. Mas é um excesso de chassi montado em muito pouco motor.

    Para facilitar, acho que a grande maioria aqui conhece o Aterro do Flamengo. Bom, posso afirmar que o carro é capaz de fazer TODAS as curvas do Aterro a 170km/h cravados no painel sem sair do trilho. Detalhe que não precisa de 4 pistas para fazer isso, ele contorna todas as curvas utilizando somente a largura da faixa interna de cada curva. Basta ser suave e limpo o suficiente para desenhar o seu traçado dentro desta largura mínima. Impressionante.

    O problema é que falta motor pra ficar andando a 170km/h sempre que se deseje. É preciso algum esforço para "remar" até la. Porém, como o chassi te permite e até te pede isso, o pequeno Duratec de 145hp chega a frustrar mesmo sendo um dos melhores motores da atualidade.

    A versão civilizada ideal deste carro é a ST que é algo mais dura e usa um L5 2.5turbo de 230hp e 23kg de torque (upgradeável facilmente para 300x32).

    Como infelizmente essa versão não existe no brasil, temos que aproximar os nossos Focus da marca dos "minimamente aceitáveis" 200hp através de artimanhas como um intake melhorado (o original é MUITO amarrado), escape melhorado (mas isso é um crime pq o carro é fantasticamente silencioso), comandos mais acertados para alta rpm (www.stevewyndhamracing.com são a melhor pedida) e tudo isso muito bem temperado em cima de um dinamômetro com o Unichip.

    Com isso tudo vai ficar beeem bom e não custa tão caro. Para quem já tem o Unichip dá pra fazer tudo isso aí com menos de 5% do valor do carro para ter um carro XXX% mais legal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal!

      AndreK

      _____
      42

      Excluir
  13. Eu curto um câmbio automatico. Acho que um 5 marchas mais atual, estaria de bom tamanho para ele.

    Quanto ao motor, repito o que o BS disse. Tem upgrade justamente para corrigir uma certa morosidade do motor em baixas rotações. Aliás, quem tem um Ford, é sempre bom pedir para fazerem upgrade na central. Virou mexeu eles soltam alguma atualização. Mesmo de carros com mais tempo de mercado.

    ResponderExcluir
  14. O focão é um baita carro mesmo, mas carece de motor. Corroborando o já dito aqui, o Focus novo perde em potência pro antigo. Medimos aqui em Brasília (1000m de altitude) mais ou menos por volta de 10h da manhã (devia estar fazendo uns 28 graus, tava razoavelmente quente neste dia) um focus duratec do antigo e do novo, ambos com motor e transmissão em temperatura normal de funcionamento, e deu uma diferença média de 10 hp nas rodas. Isso é coisa pra caramba se considerar a diferença de peso pros 2 modelos (ambos eram Ghia manual hatch completões). Esta diferença ficou bem visível no trackday que teve aqui ano passado, nas retas.

    P.S.: Também acho a coluna A do civic e aquele triângulo maldito extremamente ruins. Já fui xingado algumas vezes por não ver pedestres atravessando na faixa e ter passado reto. Pra minha sorte eles estavam a alguns metros do carro e eu bem devagar, o que ajudou a não atropelar ninguém, fora q os nóias quebram aquele vidro do triângulo pra abrir a porta, daí abrem o porta-malas e levam o "step" embora, que é de liga leve igual as rodagens.

    ResponderExcluir
  15. ah sim, esqueci de mencionar: ambos os carros com mais de 15 mil km rodados e pelo menos o novo não estava com a programação da central atualizada.

    ResponderExcluir
  16. Jonas Torres18/02/10 21:38

    Eu vi que este carro tem um "botão/segundo estágio" no fim do acelerador, que faz reduzir rápido em modo manual ou automático quando ultrapassado, ou permite retomar sem reduzir em modo manual se não acionado.

    Observa se o sobretapete não o está deixando fora de ação.

    ResponderExcluir
  17. O carro é ótimo, quem estraga ele é a Ford ,pós venda sem vergonha,nunca tem peças, leva uma vida para conseguir,mas as qualidades do carro compensam, deixa a caixa auto para quem quer passear,gente, quer largar o cipó vai de mecanico mesmo,hehehehe,o carro tem uma das melhores suspensões traseiras que eu já vi, esse é o carro que entusiama um autoentusiasta, e além disso tem bom preço....o i30 copiou ele bem,hahahahah......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho Ford (desde 1999) e nenhum interesse em defender a marca. Dito isso, me parece que esse problema de pós venda é generalizado, todos os fabricantes estão se lixando pro consumidor.
      Reclamações, que antes funcionavam quando apareciam na imprensa, agora nem isso.
      O que fica é que o proprietário fica com mais rancor da marca do último veículo ou daquela que deu azar de ter um problema mais chato ou não resolvido.

      Não creio que o pós venda da Ford seja pior nem melhor que o da Renault, da VW, da Fiat, da Honda, etc.

      AndreK
      ______
      42

      Excluir
    2. Deve estar de brincadeira em comparar o pós venda da Honda com esses outros chinfrins aí que mencionou.

      Excluir
    3. Neste post eu havia dito que não compraria mais o Focus, mas comprei no fim do ano passado e estou encantado com o carro. Como já dito, paga-se por um padrão e recebe um ou mais níveis acima. Meu carro é manual (flex), anda bem! E o pós-venda me surpreendeu positivamente, sem dúvida muito melhor que o inexistente da VWB.

      Excluir
  18. Talles Wang18/02/10 22:17

    Adoro carros automáticos.

    Meu próximo será assim.

    Mais conforto e pronto. Ponto final. Chega de perna doendo por causa de engarrafamentos!

    Essa de adicionarem essas alavancas, ou seletores, para "seletividade manual" das marchas, para mim é só motivo para encarecer o produto!

    Eu quero um automático que só tenha que pisar no acelerador e pronto. É automático, então que assim seja.

    Ora bolas, quem quer um carro para "passar as marchas" que compre um com cambio manual.

    Esse só não está na minha medida porque eu prefiro o sedan.

    Gosto de ler sobre esse carro. Muito Boa avaliação! Só reforça o meu conceito sobre esse carro.

    Abraços,
    Tallwang

    ResponderExcluir
  19. Adorei ler sobre o carro, só me fez querer comprar mais rápido o meu. Finalmente, em Março teremos o 2.0 Flex com novo motor Sigma...mas fiquei na dúvida entre pagar 4 mil a mais por um automático que não tem a 5 marcha.

    ResponderExcluir
  20. O carro é bom. Ruim são os revendedores Ford.

    Você entra para ver um Fiesta, te mostram um EcoSport.

    Focus? Que nada, bom mesmo é EcoSport.

    Fusion? EcoSport é bem melhor!

    ResponderExcluir
  21. Dirigi um Focus Diesel que aluguei em Portugal, por 3 mil km.

    O motor não tem "tantos cavalos" quanto o 2.0 mas é bem elástico. O cambio era manual.

    Estou colocando este comentário porque achei excelente a estabilidade desse veículo em curvas.
    Ele "senta" e vai muito bem.

    Melhor seria se já tivéssemos aqui no Brasil os motores Diesel que nesse carro rodam 18km/l. com toda carga e ar condicionado ligado ao máximo.

    ResponderExcluir
  22. Arnaldo Keller19/02/10 08:27

    Fico contente em saber que os autoentusiastas partilham a opinião do Dedão e minha. Se me permitem dizer, fico muito orgulhoso ao ler os comentários e constatar o alto nível dos leitores, como todos têm comentários pertinentes, como todos sabem avaliar um carro.
    Creio que o Autoentusiastas atrai autoentusiastas, mesmo, e isso é uma base sólida para investirmos cada vez mais nosso tempo nele, e com muito prazer.

    Marlos Dantas,

    Minha mãe tem 76 anos, mas é uma espoleta. Faz questão de ser independente, daí que guia pra cima e pra baixo, viaja guiando e tudo. O automático cansa menos e creio que no trânsito urbano a pessoa guia até melhor se usar um automático, pois precisa manter a atenção em menos comandos.
    E Marlos, o Dedão aqui tá dizendo que quer levar a Megg pra sair e tal, mas eu cá não recomendo, porque ele é um safado da pior espécie e cadelinha de família não deve se enroscar com esse tipo de cachorro.

    Bob,

    Boa dica. Vou ver se a Ford o deixa mais esperto. A perua Mondeo da minha mulher me pareceu que anda mais e isso não era pra acontecer.

    Jonas Torres,

    Olha, o pé ia no talo mesmo, mas um bom câmbio automático não exige isso. Basta uma afundadinha e ele já reduz. Creio que a grande diferença entre a 3a e a 4a é que causa isso, a necessidade de você insistir no talo.

    Talles,

    Também adoro automáticos, no trânsito, mas na estrada prefiro o manual mesmo, por ter maior controle sobre o carro e obter maior prazer. Precisamos ponderar onde e como o carro será mais usado.

    ResponderExcluir
  23. Arnaldo,
    bela escolha da mami, parabéns para ela e pela sua sugestão.
    Triste mesmo essa capinha no motor. Já até escrevi post sobre isso, que me revolta. Dá para tirar essa e deixar em casa, ou tem alguma coisa funcional presa nela ?
    A trava do capô é um saco mesmo, mas economizaram no cabo de trava, além de ser mais seguro em caso de furto do carro, pois dá mais trabalho para o cretino.
    Gostei da análise.

    ResponderExcluir
  24. Marcelo R.19/02/10 09:54

    Falaram de "perna doendo", por causa de congestionamentos. Há alguns anos atrás, na minha época de TL e Passat nacional, eu concordaria. Hoje, andando de Stilo com embreagem hidráulica, eu discordo totalmente! Aliás, até antes do Stilo, quando eu andava de Tempra 16V (com embreagem mecânica) eu nunca fiquei com a perna doendo...

    Até já dirigi carros automáticos e automatizados (do automático eu gostei, do automatizado não). Mas, voltar para a velha alavanca de mudanças e a velha embreagem, para mim, não tem preço! Acho que vou morrer trocando marchas manualmente... rsrs

    AK, uma dúvida sobre o novo Focus: Para manter o capô do motor aberto, ele usa aquela famigerada varetinha de metal, ou a Ford já criou vergonha na cara e adotou amortecedores, como no Stilo???

    ResponderExcluir
  25. Arnaldo, o fato da necessidade do Kick Down para reduzir as marchas não é característica do câmbio?

    Por muito tempo viajei com uma Picasso (o nome!) que para reduzir, havia necessidade do kick down.

    Sobre a seleção manual não te deixar reduzir em alta, a opção "sport" estava selecionada ou não existe nesse carro?

    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Um grande carro, pena que o mercado brasileiro ainda não assimilou da forma que devia ele, outro dia ainda dirigi um mecânico e o carro deixa para trás sem dó Astra 2.0, Golf 2.0, Bora 2.0, Civic, Corolla, faz passar vergonha seus concorrentes, fácil chega nos 200 km/h e o melhor nas curvas não dá surpresa, é apontar, tangenciar e ir embora, perfeito.
    Mas a melhor parte mesmo é a da família. Eu sempre fico chateado com isso, me sentindo o pior ser da raça humana, trabalho com carro, escrevo sobre carro, vivo carro, amo isso mas sou o trouxa que nem todos os outros.
    Clientes me pagam para eu dar consultoria, já na minha familia é mais facil eles pagarem para eu não falar.
    Teu texto fez eu me sentir bem, porque se um papa como você não é compreendido, para mim agora, tudo bem não ser também. Abração e felicidades para sua mãe com o novo carro.

    ResponderExcluir
  27. Prezado AK

    Excelente escolha. O Focus é realmente um dos melhores carros nacionais, pena que a Ford não gosta muito dele. Eu estou no meu 3º Focus seguido (Zetec 1,8 - 2002, Rocan 1,6 - 2004, Dura Ghia AT - 2009). Concordo com você que o realmente falta um pouco de potência ao motor (esperava um desempenho um pouco melhor) e as 4 marchas limitam o desempenho do carro. Um câmbio de 5 ou 6 marchas como o do Fusion resolveria a questão de quem gosta de andar e permitiriam um motor mais forte.

    Quanto ao câmbio, nunca enfrentei este problema que você relatou, nas retomadas ele é meio lento no modo AT mas é só fazer o kick-down que ele resolve. No modo MT a troca de marcha automatica só ocorre se chegar no limite do motor e ele reduz automaticamente se o giro do motor cair muito. No mais ele se comporta como um câmbio manual de 4 marchas...

    Abraços

    ChAndré

    ResponderExcluir
  28. Mister Fórmula Finesse19/02/10 11:49

    O Golf 2.0 com seu motor defasado mas com o esperto câmbio de seis marchas consegue andar no mesmo ritmo - melhor em retomadas até (esperado) - do que o Focus.

    Faz falta mesmo algo melhor ali no meio dos bancos...

    Parabêns a sua mãe, realmente ela se trata bem!

    ResponderExcluir
  29. Arnaldo Keller19/02/10 12:41

    Marcelo R,,

    é na base da vareta, mesmo, tipo bambú de arapuca.

    Sergio,

    Não vi nenhuma opção Sport. Mas tendo ou não tendo pouco importa. Um bom e moderno câmbio automático tem que ser mais esperto. O carro o merece.

    Murilobonato,

    Não esquenta. Muitos da família são assim mesmo. Eu sou o oposto. Boto a maior fé nos meus.
    E obrigado por desejar felicidades à minha mami com o Focus. Ela acelera e agradece.

    Cristian,

    Manja quando vc anda num carro mecânico e o camarada que guia é lento pra reduzir? Não reduz na horinha certa, epera o motor cair muito de giro pra se tocar que tem que reduzir?
    Acho esse automático aí lento igual. Sacou?
    Não seria preciso atolar o pé para reduzir. Seria só uma aceleradinha a mais.

    Mister F. F.,

    A mami se trata muito bem, sim. Vc precisava ver o que ela tem de creme. Da última vez que a abracei forte ela voou pro telhado.

    ResponderExcluir
  30. AK, realmente não havia o que decidir, se sua mãe já está com 7.6!!! é AT na certa!
    Agora para os autoentusiastas aqui, este câmbio de 4 velocidades não faz verão... A VW lançou esta linha Black do Golf, com câmbio de 6, muito provavelmente porque o Golf VI já deve estar pra chegar, sabe como é!
    Eu namorei muito tempo este Novo Focus, mas quer saber? não vou comprar este carro!!! A Ford não tem estratégia nenhuma de mercado!!! POOWWW!!! O carro que é o melhor hatch médio do mercado, que já poderia ter vendido muito! tá praticamente micando! Ainda não tem o modelo Flex nas concessionárias? Muitos dos autoentusiastas aqui vão falar... Flex nem morto e talz... mas a realidade do mercado brasileiro é essa!
    Agora o motor sigma... se o 2.0 já tem quem fala que é manco, imagina o 1.6 capado, isso! capado mesmo! o qq foram arrancar a variação de fase deste motor? Aliás, sobre a fábrica de Taubaté, vi um tópico no FordHP (fórum que não frequento mais, depois de conhecer o AUTOentusiastas), estão falando que a fábrica está passando por algumas dificuldades, que o número de motores produzidos está bem abaixo do esperado. Desconheço a fonte, se alguém aqui souber de maiores informações, por favor.
    Agora quem acaba com estas dificuldades "no colo", quem é? (uma chance)
    Em relação ao 2.0 Flex, duvido que já em março este carro estará nas concessionárias, como sempre a Ford muito lenta!
    Todo o pessoal que estava aguardando o Flex sedento por uma melhora significativa de desempenho, algo em torno de 160cv! E a única informação divulgada foi um aumento de torque de 1 mkgf?
    Eu vou aguardar os próximos capítulos! A Fiat mesmo tá pra colocar os motores Tritec no mercado brasileiro, ao meu ver, será um divisor de águas pra Fiat.
    1.6 - 130cv!!! vai?

    ResponderExcluir
  31. Ahh... outro detalhe... A Ford não poderia ter se esforçado um pouquinho mais e lançar as versões Flex antes do lançamento da nova versão na Europa?
    Pronto o carro já não está nos mesmo padrões europeus!!!
    Mais uma que a Ford terá que escutar, ainda mais com o Golf VI e o Bravo pintando por aí!
    Tava louco pra comprar este Focus, mas não foi desta vez que a Ford me ganhou...

    ResponderExcluir
  32. Excelente compra sua mãe fez.Fez mais certo ainda de te escutar,hehehe.

    Já andei em um Focus 2.0 da geração antiga,era um foguetinho.Esse novo realmente dizem que ficou um pouco mais xoxo para andar,mas não faz feio também.

    Sobre o Golf VI,vai chegar mesmo,no dia de São Nunca..

    ResponderExcluir
  33. Clésio Luiz19/02/10 13:32

    Gostei de você ter mencionado a questão da visibilidade. Tem carros com colunas dianteiras que são um verdadeiro crime. O Fox tem colunas ridiculamente grossas, com o triângulo do retrovisor enorme, gerando grandes pontos cegos. O Meriva também é precária nessa área, mas nenhum outro ganha do Fiat Idea. Colunas duplas com a Meriva, grossas como o Fox. Resultado: você está arriscado bater num boi ao virar uma esquina sem nem desconfiar.

    ResponderExcluir
  34. Galera,

    Acho totalmente desnecessário amortecedores para manterem erguidos o capô. Necessário são dobradiças pantográficas para o porta-malas, e isso o sedan tem.

    O câmbio automático de quatro velocidades é realmente um problema. Mas como entusiastas preferem o manual, não dá pra ficar reclamando demais.

    O Focus é, além de melhor carro, é também um dos mais bonitos brazucas à disposição. Eu não gostava muito da traseira do modelo anterior, e felizmente o atual se redimiu.

    ResponderExcluir
  35. Carlos Galto19/02/10 14:14

    Um Ghia Duratec modelo antigo é a minha próxima vítima...
    O meu irmão tá quase com um Focus novo 1.6 mas ficou meio puto com o Sigma tomando pau do Rocam.

    ResponderExcluir
  36. Apesar da vareta para manter o capô aberto ser um atavismo e esteticamente comprometedora (pra quem se liga nessas coisas), dispensa manutenção, ao contrário das molas a gás que vão “cansando” ao longo do tempo. Tenho um XR3 conversível e sempre me pergunto por que a Karmann Ghia pôs apenas uma mola a gás para sustentar a pesada tampa do porta-malas... É redundante dizer que sustentando todo aquele peso sozinha acaba tendo sua vida útil diminuída. O problema é que se trata de uma peça alemã (sem similar nacional) que beira R$ 200,00 mandando trazer...

    AK,
    Muito boa!!! O Dedão é folgado mesmo!
    O problema é que a Megg, além de sofrer de síndrome de pit Bull (apesar de ser “linguiça”), tem marido, o Bruce, e filhos, Tadeu, Ronnie e Jean Valjean...
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  37. Arnaldo Keller19/02/10 16:43

    Agradeço os comentários. Estou de acordo com todas as opiniões e aprendo muito com eles.
    E, Marlos, legal o nome Jean Valjean. Les Miserables, Victor Hugo.
    Amanhã vou experimentar o "Calhambeque do Roberto Carlos". Vamos ver se é divertido. Mas não é pro blog, não.

    ResponderExcluir
  38. Francisco V.G.19/02/10 18:48

    Belo carro e boa escolha. Mas... o que significam aqueles laçinhos no volante?

    ResponderExcluir
  39. Arnaldo Keller19/02/10 19:32

    Olha, Francisco, também vi os lacinhos, mas nem perguntei, já que presumi que a resposta seria alguma macumbinha de mulher. Não atrapalhava pra guiar, então deixei quieto.
    Bonitinhos, não?

    ResponderExcluir
  40. AK,

    Grande avaliação, concordo em quase tudo (acho a chave no capô genial, mais simples, leve, e funcional)

    Pena que, sendo mais pesado que o anterior, é xoxo com o 2.0 dura, que fazia o antigo bem legal e rápido.

    Focus I RULEZ!

    MAO

    ResponderExcluir
  41. Jonas Torres19/02/10 23:24

    Arnaldo,

    Vc que as vezes anda de Renault, um dia pega o Mègane e nos conta. Eu como gosto de hatchs médios, não entendo porque a fábrica preferiu não oferecer.

    ResponderExcluir
  42. Legal demais a avaliação, Arnaldo!
    O que me deixa impressionado no brasileiro é sua preferencia cega por determinados marcas, o que permite aberrações como um esterco dum Honda Fit, ou City, ser bem mais caro que um Focus desse testado. Bom para nós, que conhecemos o que é bom de verdade, e que podemos comprar por um preço melhor!

    Abraço

    Lucas

    ResponderExcluir
  43. Humm, esterco não, exagerei. Mas que que os Hondas mencionados poderiam custar 2\3 do que custam, ah, isso poderiam...
    Abraço

    Lucas

    ResponderExcluir
  44. Arnaldo, sobre a sua Mondeo, de Zetec, andar mais :

    quando foi lançado no Focus, em meados de 2005, o motor Duratec veio com 2 especificações :

    Uma, disseram que tinha 147 Cv e era colocada nos carros de câmbio manual.

    A outra, de 140 Cv , era colocada nos carros de câmbio automático.

    A de 147 Cv é violenta mesmo, tem escape 2,25 polegadas, gira fácil lá no alto.

    No Ecosport gasolina, o mesmo motor vinha com 143 Cv no câmbio manual e 138 Cv quando lançaram o automático,aliás foi onde o Ecosport ganhou novos freios dianteiros.

    Portanto, apesar da Ford declarar 145 Cv para todos, acho que , como o Duratec não tem VVT, o automático , como o de sua Mãe, continua com menos cavalaria.

    ResponderExcluir
  45. "...posso afirmar que o carro é capaz de fazer TODAS as curvas do Aterro a 170km/h cravados no painel sem sair do trilho..."
    Se o blog tivesse a menor intenção de ser "recomendável" precisaria censurar imediatamente comentários de calhordas como o Sr. Racing Driver Wannabe, que é claramente um irresponsável e vagabundo desprezível, que não dá nenhuma importância à segurança alheia. Ao dar publicidade aos "feitos" irresponsáveis de um canalha como esse, que acha ser piloto e provavelmente imagina que os limites de velocidade não se aplicam a um exímio motorista como ele, o blog deixa de ser indicado para entusiastas de automóvel, e passa a ser recomendado para vagabundos e marginais que pensam estar acima das leis e dos direitos de seus semelhantes. Lamentável.
    ps. o Sr. Racing Driver Wannabe deve ter cuidado com suas façanhas ao volante de seu Ford velho no Aterro do Flamengo. Meus filhos fazem esse mesmo trajeto com alguma frequência, sempre respeitando os limites de velocidade, e, na hipótese de serem prejudicados pela enorme habilidade ao volante do Sr. Racing Driver Wannabe, eu certamente não pensaria duas vezes antes de quebrar todos os ossos do corpo desse pulha.

    ResponderExcluir
  46. "...posso afirmar que o carro é capaz de fazer TODAS as curvas do Aterro a 170km/h cravados no painel sem sair do trilho..."
    Se o blog tivesse a menor intenção de ser "recomendável" precisaria censurar imediatamente comentários de calhordas como o Sr. Racing Driver Wannabe, que é claramente um irresponsável e vagabundo desprezível, que não dá nenhuma importância à segurança alheia. Ao dar publicidade aos "feitos" irresponsáveis de um canalha como esse, que acha ser piloto e provavelmente imagina que os limites de velocidade não se aplicam a um exímio motorista como ele, o blog deixa de ser indicado para entusiastas de automóvel, e passa a ser recomendado para vagabundos e marginais que pensam estar acima das leis e dos direitos de seus semelhantes. Lamentável.
    ps. o Sr. Racing Driver Wannabe deve ter cuidado com suas façanhas ao volante de seu Ford velho no Aterro do Flamengo. Meus filhos fazem esse mesmo trajeto com alguma frequência, sempre respeitando os limites de velocidade, e, na hipótese de serem prejudicados pela enorme habilidade ao volante do Sr. Racing Driver Wannabe, eu certamente não pensaria duas vezes antes de quebrar todos os ossos do corpo desse pulha.

    ResponderExcluir
  47. Já não sei quem é mais violento. :(

    A violência da cidade do Rio de Janeiro me assusta muito. Por isso passo direto, em horário de pouco trânsito pela Linha Vermelha.

    ResponderExcluir
  48. Racing Driver Wannabe21/02/10 15:01

    Senhor anônimo,

    Talvez algum dos seus filhos já tenha batido pega comigo por lá.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  49. Além de tudo o que foi dito, importante lembrar que o sistema de direcao eletro-hidraulico possui 3 modos: conforto, esporte e normal. Agrada a todos os gostos!

    ResponderExcluir
  50. poooo... tem essa tb!?!?!
    Como faz falta esta opção no Polinho!
    A direção do Polo é muito leve pro pilot mode ON...
    Mais 500 pontos pro Novo Focus!!!
    Tomara que o flex venha com um pouco mais de pimenta!!! tanto se falou no trabalho que fizeram no fluxo dos gases... não é possível que isto só renda o incremento de 1 mísero mkgf!

    ResponderExcluir
  51. Somente uma observação: o Focus não é Brazuca. É feito no país "hermano". Aliás, porque a Argentina está se especializando em fazer carros mais bem construídos (C4, Hilux, Focus, 307, Amarok,...) do que os nossos ? O que eles tem de melhor ?

    ResponderExcluir
  52. Arnaldo Keller25/02/10 19:06

    Eloy,

    Eu não sabia dessa.
    Como funciona esse tróço? A gente opta e mexe ou é automático?

    Anônimo,

    Talvez a estrutura de impostos favoreça produzi-los lá. Mas o que vc falou é para se pensar, mesmo.

    ResponderExcluir
  53. Arnaldo,

    O sistema de direcao eletro-hidraulico é escolhido pelo usuário e pode ser alterado a qualquer momento.

    Pelo menos era assim no que dirigi na Europa. Acredito que o computador de bordo dos daqui seja igual. Infelizmente ainda não vi.

    ResponderExcluir
  54. Tive 3 Focus. Um 2004 - 1.6 que tinha um desempenho razoável. Tive um 2007 automático 2.0 que era um avião de rápido e gostoso de dirigir, porém tinha um consumo de 5,0 km/l. Comprei o novo Focus automático 2.0 e o desempenho do carro é horrível. Mudaram o câmbio e ficou muito ruim a relação motor x câmbio. Em baixa rotação parece um carro mil. O consumo também é 5,0 km/l. Fiz um teste com outro focus igual na concessionária e tinha o mesmo desempenho pífio em baixa rotação. Reclamei várias vezes na Ford e não tive nenhum retorno, apenas dificuldade em registrar reclamação. O acabamento internou piorou. É uma pena para um carro tão bonito e imponente. Erro grave da Ford.

    ResponderExcluir
  55. Manda atualizarem os mapas da injeção. O problema deste carro é a relação pesoXpot, o carro ficou pesado. Tomará que o flex venha mais forte, pois é o único carro que eu tenho vontade de comprar hoje em dia, logicamente dentro das minhas possibilidades ($$$).

    ResponderExcluir
  56. Achei também muito divertido o texto e identifiquei alguns detalhes que tinha reparado no focus... comprei o focus agora em Fevereiro de 2010 Glx manual com banco de couro, milha.. deixei completinho .... estou ainda encantado com o carro .. as pessoas param na rua para olhar.. dirigir ele é um prazer. Sou universitario e tenho 25 anos e meu primeiro carro faz 2 anos que comprei que era um celta 2007 1.0 2 portas.. imagina a diferença que estou sentindo agora. É um carro que vai ficar sempre em minha memória, por tudo que ele significa. abraços Henrique...

    ResponderExcluir
  57. Mijou na roda! Nãããoo!! Limpa, limpa! Rápido!

    ResponderExcluir
  58. Fabiano augusto15/03/10 02:42

    Comprei um novo Focus Ghia 2009, manuial, hj com 4 mil km. A decepção foi grande, pois o carro é muito fraco e sem agildade por causa do fraco desempenho além de gastador demais. Eu o defino assim: desempenho de Golf 1.6 e consumo do extinto Vectra 2.4. Como para mim o motor é a alma do carro esse Focus está reprovado. Sou ex dono de oficina e mecânico e vou ter que voltar a ativa para melhorar um pacato Focus Ghia. Já revisei o meu e aferi se o desempenho era assim mesmo com outros 2 iguais e fiquei pasmo pque não vi nimguém criticar isso ou será que já devo é me aposentar aos 44 anos ? Um abraço

    ResponderExcluir
  59. Fabiano,

    Leva o carro na CC e pede pra atualizarem os mapas de injeção... pq este carro não é um bólido, mas não é pra decepcionar tanto... ainda mais com câmbio manual.

    Abs e boa sorte!

    ResponderExcluir
  60. Quando os "pivetes" descobrirem que o símbolo (escudo) da Ford gira para ter acesso à tranca do motor vai ser uma onda de ficar quebrando aquilo pra vender e ferrar a galera ... uma pena não ter a boa e funcional abertura interna ... Abs!

    ResponderExcluir
  61. Quando os "pivetes" descobrirem que o símbolo (escudo) da Ford gira para ter acesso à tranca do motor vai ser uma onda de ficar quebrando aquilo pra vender e ferrar a galera ... uma pena não ter a boa e funcional abertura interna ... Abs!

    ResponderExcluir
  62. Tambem acho desnecessaria esta tranca com chave, tambem presente no modelo anterior.
    Percebi isso ao sair com o carro da sogra hoje... coitada... esta "transbordando" oleo pela junta do cabecote, alguem aqui saberia me dizer quanto ela gastara no servico? (+ ou -)
    Desde ja agradeco,
    Abs

    ResponderExcluir
  63. Fiz um test drive em um hatch 1.6 16v e acreditem,quase desisti de trocar o meu voyage 1.6 8v,percebe-se claramente que esta motorização não dá conta do peso do carro,a solução é tentar o 2.0 já que o carro me agradou bastante nos outros quesitos.

    ResponderExcluir
  64. Valeu Arnaldo! Obrigado.

    ResponderExcluir
  65. FábioE.A.27/09/11 16:37

    Após longo tempo, vim ler este artigo! Divertido como é característico do AK.

    Estou com um Titanium 2012 e acho ele Demais!!! Estou em lua-de-mel prolongada!

    ResponderExcluir
  66. Tem como colocar farol de neblina neste focus, ja que o mesmo vem sem este item?

    ResponderExcluir
  67. como que abre o capo?

    ResponderExcluir
  68. no emblema da ford... é com a chave...
    kkkkk

    ResponderExcluir
  69. Sempre tive uma duvida em relação ao modelo antigo do focus, o MK1 e MK1,5.

    O medelo automatico existe desde 2003, em 2005 mudaram o motor onde o antigo Zetec 2.0 16v foi trocado pelo elogiado duratec (quando manual)... e o cambio me parece ser o mesmo (inclusive até hoje no modelo atual com acrescimo do modo sequencial + - )

    Pois bem acredito que esse desempenho tranquilo vem de um detalhe.
    Especificações:

    Focus MK1 2.0 16v Zetec – Automático
    1 – 2,816:1
    2 – 1,498:1
    3 – 1,000:1
    4 – 0,726:1
    Ré – 2,649:1
    Diferencial – 4,200:1

    Focus MK1,5 2.0 16v Duratec - Automático
    1 – 2,816:1
    2 – 1,498:1
    3 – 1,000:1
    4 – 0,726:1
    Ré – 3,615:1
    Diferencial – 3,73:1

    Notem que foi alongado o diferencial, deixando (na minha opnião) esse carro mais lento em respostas.

    Minha duvida é a seguinte: seria possivel trocar essa relação do diferencial pela 4,20:1?

    ResponderExcluir
  70. AK!
    Estou em dúvida na compra do meu próximo carro. Já que aqui falaste de Focus, minha pretensão seria um hatch Titanium, ou melhor, é uma opção que estou considerando fortemente. Pretendo comprar um 2011 ou 2012 com pouco uso. A minha outra opção seria um Honda Civic automático, nos modelos: EXS 2010 ou 2011 (que tem o VSA(controle de estabilidade) a mais), ou um LXL SE(Special Edition) 2011/2011- este já vem com padle shifters no volante, ar digital e sensores de estacionamento de série que no LXL 2010/2011 só dipõe do câmbio com as "borboletas". A minha maior preocupação é continuar a ter um carro automático (tive, por 4 anos, um 307 Hatch 2.0 Tiptronic mod. Griffe - o top deles na versão hatch e acabei de vendê-lo) e não quero me arrepender com o desempenho e/ou desenvoltura do carro. Como o Civic tem 5 marchas no automático contra 4 do Focus, função S (não sei se tem no Focus), melhor relação peso/potência apesar da menor potência em relação ao Focus, já me disseram que ele anda mais esperto que o Focus Titanium Automático 2.0 Flex e, de quebra, bebe um pouco menos também, visto que só usarei gasolina. Isso procede? Você mencionou que já teve Civic na mão e fiquei tentado a questioná-lo e, se possível, ajudar esse cidadão que está querendo acertar na compra do próximo carro. Busco um carro com boa ergonomia, certo conforto, bom desempenho e um custo aceitável de manutenção, seguro, etc e tal. Sei também que o Civic é bem menos provido de equipamentos e acessórios, o que é algo importante também a considerar. Fico muito grato pela ajuda e agradeço muito pelo trabalho aqui no BLOG, ajudando de maneira brilhante quem curte carros de verdade! Abraço! Att, D.R.H.
    PS> se achares que aqui não é o melhor lugar para uma análise como essa ou talvez exija uma resposta muito grande e mais elaborada e preferir me enviar uma resposta por e-mail ou algo assim, por favor diga, pois sua opinião será de grande importância e valia para mim.

    ResponderExcluir
  71. Esqueci de mencionar que a opinião de quem é ou foi proprietário de Focus e/ou Civic automáticos também ajudará a definir a minha escolha e dirimir muitas das minhas dúvidas, visto que o nível de conhecimento e educação dos que aqui opinam e participam realmente transforma este num oasis da internet de hoje. Grato a todos! Abraço aos AUTOentusiastas de plantão!

    ResponderExcluir
  72. Já tive um Focus 2002 com motor Zetec Rocam 1.8 16V, 115 CV e eu já era satisfeito. Agora tenho um 2005 2.0 16V Duratec 147 CV. Melhor Hatch médio com certeza! Conforto, segurança, desempenho, potência. Focus é focus!

    ResponderExcluir
  73. Eu estava na dúvida de qual carro iria pegar para trocar pelo meu Gol 1.6 Totalflex 2004 que eu curtia muito, um carrinho divertido e bastante robusto/confiável, pois não encontrava no segmento um carro a sua altura, bonito por fora e por dentro com um belo painel e quadro de instrumentos, com bom espaço interno e do porta-malas, no início ficaram como possíveis compras o Voyage, Grand Siena, Golf, Civic usado e o Focus hatch 2.0, depois desisti de ficar no segmento dos compactos e parti para a compra de um médio, acabei optando pela compra de um Focus hatch 2.0 GLX 0km no dia 13/07/13, e não me arrependi, descobri porque ele é um carro feito para quem gosta de dirigir carros, tem uma estrutura muito sólida, uma suspensão firme, mas que ao mesmo tempo filtra muito bem as irregularidades do solo, extremamente macio e confortável, com uma ótima posição de dirigir, bem equipado, e o melhor para quem curte carros e velocidade, um exemplar conjunto motor-suspensão-freio, atingindo altas velocidades com muita rapidez, ao mesmo tempo que freia da mesma maneira, com muita segurança, um carro sempre no comando do motorista, que passa uma sensação fantástica de segurança e solidez. Estou curtindo muito o carro, mas também, tinha que ser um carro a altura ou melhor que meu antigo, amado e divertido Golzin GIII com seus 100cv nervosos, muito bem controlados por um excelente câmbio, um dos melhores ajustes que a VW fez até hoje em termos de relações de marcha e rpm. Sempre fui cauteloso na compra de um carro, sempre procurei ter mais razão do que emoção na hora de escolher o modelo, mas não consegui pegar outro carro diferente do Focus, além do acerto fino que a Ford fez em seu conjunto mecânico, é um belo carro, na minha opinião um dos mais belos em nosso mercado, com ótimo espaço interno, muito melhor que o Golf, e melhor preço, quer melhor?? A Ford só pecou em certos detalhes, como não ter colocado maçanetas cromadas nas portas e não ter trocado a posição do extintor, mas são detalhes que não retiram o mérito de um veículo ter tanta coisa boa agregada nele. Abraços a todos que curtem o carro e que fizeram as suas avaliações, em especial ao Arnaldo Keller.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...