Google+

19 de outubro de 2010

INTERIOR DE FERRARI



Uma vez um amigo me perguntou se eu via algum motivo, fora o status, para alguém comprar um Ferrari 550 Maranello, visto que existiam outros carros tão velozes quanto ele, e muito mais baratos.

Podia explicar que carros são mais que números, falar aquele batido clichê do som do V-12, e mais um monte de outros motivos. Mas resolvi simplificar. Disse para ele que para mim, só aquele interior de couro marrom claro com gominhos nos bancos, já valia metade do carro. Era um exemplo de como o carro é feito para agradar todos os sentidos do proprietário, um produto de luxo sem par no mundo. Um sofá de couro italiano propelido por um V-12 impossivelmente maravilhoso em som, suavidade e poder.


Lembrei disso quando vi a foto que abre este post, publicada no site Autoblog hoje. Não, não é um Ferrari, e sim uma versão do sensacional Nissan GT-R ano modelo 2011, recém-lançado.

A versão que leva este interior de Ferrari tem o nome mais ridiculamente ridículo que já tive o prazer de gargalhar ao ouvi-lo pela primeira vez: Egoist. Sério, fora de brincadeira. Só acreditei que não era uma piada quando vi a foto abaixo:


Mas o interior ficou realmente bom, parecido com aquela Maranello da conversa, o que me faz realmente pensar que estão realmente diminuindo os motivos para se comprar um Ferrari... Ainda mais com essa: o novo GT-R fornece 530 cv e 62 mkgf, contra 492 cv e 60 mkgf do anterior. Barrabás, quando era moleque isso era potência suficiente para DUAS carretas Scania de três eixos… Mas na verdade, se ganhar na Mega Sena esta semana meu GT-R vai ser branco, com o interior da foto abaixo. Um carro técnico e sério como o Nissan tem que ter um interior austero que diga exatamente isso.


Isso, é claro, se não achar um Maranello velhinho com interior de couro marrom antes...

MAO

13 comentários:

  1. É MAO... Se dinheiro não fosse problema, provavelmente não teria nenhuma dúvida e teria ambos. Mas se fosse pra escolher.... uma 550... Totalmente sex.... Com aquele ar de mulher linda, gostosa e elegante, mas que gosta de ter suas curvas dominadas por um par de mãos agéis e que pede, requisita, exige, uma apreciação.... sei lá... Acho q depois de falar isso não preciso dizer com qual carro eu ficaria...

    ResponderExcluir
  2. Acho que sou um purista... quando vejo o quase nababesco interior das Ferrari atuais e lembro dos interiores das Daytona, 512BB, 308GTS, Testarossa, entre outras, fico pensando se não seria o momento da Ferrari copiar a Porsche e fazer veículos ao gosto norte-americano (um SUV como o Cayenne, por exemplo) para deixar os esportivos como devem ser os carros esportivos. Imaginaram o quão mais leve seria uma 550 Maranello com bancos concha em Alcantara e acabamento simples como nas saudosas F-40? Eu chutaria uns 100 kg mais leve, pelo menos. Mas talvez eu esteja ficando apenas rabugento.
    Agora, sou obrigado a concordar que uma versão de carro chamada "Egoiste" parece coisa de publicitário brasileiro, aqueles que fazem campanhas com Aircross escalando montanha, com ovelha-nuvem, com o mané fazendo hora extra para comprar um Fit, essas barbaridades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora, é fácil deixar de atender ao gosta americano, é só abrir mão daquela medonha inconveniência chama LUCRO.
      :)

      Excluir
  3. MAO,

    Facinho entender o Egoist : dê mais uma espiada no interior e acharás no freio de mão um motivo escrotal . ÔÔÔ LOKOOOO... rs

    ResponderExcluir
  4. Pra ver como nada é por acaso....
    Hoje meu professor de Introdução a Engenharia de Produção passou um vídeo sobre a construção do 599 e qual era a cor do interior? MarrÃO!

    Esse nome da versão do gitiaru é realmente terrível.

    ResponderExcluir
  5. Oi

    Podemos fazer uma troca de links?

    http://www.vendasDE.com

    ja vos adicionei na minha página de parceiros

    http://www.vendasde.com/Parceiros.asp

    ResponderExcluir
  6. Mister Fórmula Finesse20/10/10 08:35

    "Egoist"???... ao que parece, os japas estão entrando nessa do "meu é maior que o seu"!

    O interior maravilhoso e os demais predicados técnicos não mereciam essa jactância vulgar...o carro faz por merecer, sem adjetivos modistas!

    ResponderExcluir
  7. Outro dia, MAO, tive um exemplo de como a pergunta de seu amigo faz sentido: indo comprar o jornal, me deparei com uma Ferrari parada ao lado da banca. Juntou gente, aquele alvoroço, neguinho tirando foto com o celular...mas sabe qual era a grande curiosidade de todos? Saber quem era o dono, quem era o ricaço que podia gastar tanto dinheiro em um carro. E de fato, como pensa seu amigo, se fosse um um entre tantos carros capazes de um desempenho similar ao de uma Ferrari, mas por um preço bem mais em conta, talvez aquela pequena multidão nem se formasse. É claro que existe um forte apelo de status para que alguém compre uma Ferrari, ainda mais se este alguém for uma pessoa sem habilidade para extrair dela todo o prazer que ela pode proporcionar como máquina de correr. Uma Ferrari pode fazer muito sentido nas mãos de um expert em dirigir (pilotar, seria o termo mais apropriado), como um piloto mesmo, mas nas mãos de um jogador de futebol ou um playbozinho com sua carteirinha "B" recém tirada, é puro exibicionismo. Eu mesmo, he, he, ainda que tivesse dinheiro, jamais compraria uma Ferrari. Qualquer um do trio Challenger-Mustang-Camaro seria diversão mais que suficiente para minhas habilidades de motorista comum, e nem tentaria explorá-lo ao limite. E com a grana economizada, compraria alguns carros antigos, coisa que me fascina muito mais que qualquer super-mega-hiper-ultra-baita esportivo, he, he!

    Mr. Car.

    ResponderExcluir
  8. Eu não gostei desse interior ridículo do GT-R,um carros desses tem que ter um interior sóbrio e sem frescuras,como na foto mais abaixo.

    E quanto a Ferrari compartilho a mesma opinião do Mr Car,nunca compraria uma Ferrari atual,com o dinheiro que compro uma Ferrari,compro um Caterham Seven,Challeger e Charger,atuais e antigos e um Viper,é capaz de sobrar grana pra gasolina ainda.Muito mais diversão e potência por um precinho bem mais camarada

    ResponderExcluir
  9. Só discordo de você em uma coisa, Mopar: eu ficaria com o GT-R de interior bege, sem nem pestanejar. Acho interior preto a coisa mais sem graça do mundo. A própria Chrysler do Brasil teve o interior "não preto" mais espetacular de que consigo me lembrar em um carro nacional: o azul claro monocromático do Charger R/T triple-blue. E recentemente, vi no site do "Museu do Dodge II", uma combinação que não conhecia: este mesmo interior azul, mas com a carroceria branca, e claro, mantendo as faixas azuis. Espetacular! Também gostava muito da combinação carroceria branca/interior monocromático vinho. Não me lembro se houve R/T com interior bege, mas LeBaron e Magnum houve, e eram sensacionais. Abaixo os interiores pretos, he, he!
    Abraço.

    Mr. Car.

    ResponderExcluir
  10. Motivos para comprar um Ferrari 550 Maranello...

    *É um carro confiável (se tiver com as revisões em dia e se tiver rodado regularmente ao longo dos anos);
    *Como o motor é V-12 e dianteiro, a manutenção não é muito custosa (para um Ferrari), dá um banho de economia na custosa F355;
    *Foi feita para ser usada diariamente;
    *Ronco real do V-12 só é sentido em alta rotação - é civilizado em baixas RPM;
    *Problemas de motor, que eu saiba, só tem um, que é facilmente contornável, algo que o motorista prudente e antenado irá passar longe.

    É o melhor Ferrari dos anos 90, disparado.

    ResponderExcluir
  11. MAO,
    banco com gominhos é cópia de Bentley, esse sim um carro de luxo que anda rápido. Ferrari nasceu com carros de corrida e deveria se ater a isso. Obviamente iria à falência, mas ao menos passaria à história com orgulho.

    ResponderExcluir
  12. Como eu digo, o comprador de uma Maranello, via de regra, não é o mesmo de um GT-R.
    Mas, como comentado aí, um Bentley Brooklands seria espetacular!!
    Uma importadora da Barra da Tijuca tem um GT-R na configuração "do MAO", branco e interior preto. O bicho é grande e maciço!

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...