Google+

21 de julho de 2011

OS CARAS SÃO MESMO LOUCOS

Foto: Google Maps

No alto da foto do Google Maps, à direita, a Ponte Estaiada. No canto oposto da foto, a Ponte do Morumbi. Ambas atravessam o Rio Pinheiros, na capital paulista. Por que a foto? Ontem, no  início de noite, precisei ir à Granja Viana, em Cotia, cujo acesso é pela rodovia SP 270 Raposo Tavares. O carro que queria usar é o novo Renault Sandero com caixa automática, queria ver o comportamento dele em estrada (em breve, avaliação aqui no AE). Como a placa é final 6, teria de esperar até 20 horas para sair de casa, mas era muito tarde para o que eu precisava fazer

Assim, planejei uma "rota de fuga" dessa vergonha paulistana chamada rodízio e estudei outro caminho para chegar à Raposo Tavares sem passar pelo "anel da vergonha" chamado Centro Expandido da Capital, evitando com isso contribuir para os cofres de Prefeitura de São Paulo. O caminho incluía usar a Ponte Estaiada e depois pegar a Ponte do Morumbi, para seguir até o Estádio do Morumbi e, pouco depois, atingrir a rodovia.


O "anel da vergonha" paulistano, o Centro Expandido

Segui o roteiro planejado depois de fazer a "navegação", entrei na Ponte Estaiada, saí dela e fiquei atento à sáida para a Ponte do Morumbi. Que ingenuidade minha, achar que os idiotas que fazem o planejamento de tráfego desta megacidade iriam facilitar o cidadão que circula por suas vias. NÃO EXISTE TAL ACESSO!

Foi preciso seguir bem adiante, sair da via marginal e pegar um acesso para a av. Giovanni Gronchi, alongando desnecessariamente o percurso. Que engenharia de tráfego magnífica!

Ou seja, os imbecis acham que quem utiliza uma importante artéria e cruza um rio, não vai nunca querer pegar outra artéria não menos importante. É ser muito burro. Depois reclamam do "excesso de veículos". É excesso de outra matéria que não massa encefálica na caixa craniana, isto sim!

Esse é apenas mais um (triste) exemplo de como não se aplicar princípios sadios de engenharia de tráfego  justamente onde ela é mais necessária. Outro, já falei aqui, foi o nó que deram na Marginal do Tietê, que era perfeita, só precisava ser alargada ter o traçado corrigido em alguns pontos. Tanto que felizmente não mexeram na Marginal do Pinheiros, que continua perfeita - até quando, só Deus sabe - embora no "Sistema Estaiada-Morumbi" tenham feito a meleca que fizeram.

São mesmo uns loucos.

BS

53 comentários:

  1. POis é Bob, a marginal do Tietê ficou ruim mesmo. Aliás, não sei se reparou, mas tem diversas placas de 50km/h na pista "local". Loucura mesmo!
    Quanto ao rodízio, prepare-se pois já estão ensaiando a um bom tempo lançar o segundo dia!
    Parabéns por manter as críticas, mesmo num tempo em que cada vez mais os "jornalistas" e "especialistas" são imbecis coniventes.

    ResponderExcluir
  2. Para que facilitar se podemos complicar. Velho ditado.

    ResponderExcluir
  3. Bob
    Ridículo. Então quer dizer que, para isso, deve-se seguir pela Berrini e acessar a ponte pela av.Morumbi?

    ResponderExcluir
  4. FVG
    Matou...Os caras piraram.

    ResponderExcluir
  5. Corsário Viajante
    O Bravo da Fiat que estava comigo foi multado por estar a 84 km/h numa via de 70 km/h. Detalhe: pista central, de 90 km/h. Perderam o pouco de vergonha que tinham.

    ResponderExcluir
  6. POis é Bob, esta "nova MArginal" é uma aberração, uma bagunça só... E não só ela, a cidade como um todo parece que está retrocedendo à Idade Média.
    Hoje inaguraram a tal da "ciclorrota", além do nome ridículo será com certeza manchete daqui a uns dias quando acontecerem acidentes fatais, especialmente se envolverem carros caros, bem como a mídia gosta e a prefeitura adora para poder fazer campanha espetacular, encher de radar e multar.

    ResponderExcluir
  7. Tente pegar alguém na banca da Cidade Jardim, saindo do shopping Morumbi em dia de rodizio, passando pelo outro lado do rio Pinheiros. Também não tem como. TODOS os caminhos praticamente te obrigam a passar pela ponte e, tomar uma multinha básica. Fiquei tão puto que quase arrisquei a multa.
    Parei o carro numa ruela, atravessei a avenida (um perigo insano pra pedestres, pois não tem faixa de pedestres salvo a uns 250m, - outro prato cheio pros marronzinhos tascarem multa a vontade por não respeitar pedestres a partir de 08.08 próximo - para encontrar a pessoa no ponto marcado, atravessar de novo a avenida, pegar o carro, e seguir pelo Morumbi em direção a BR 116. Uma lógica inexplicável. nem para Einstein menos ainda para Freud.

    Só pra quem mora por aqui mesmo...
    Os paulistanos estão (eu incluído) ficando catatônicos.

    ResponderExcluir
  8. Rafael Bruno21/07/11 17:15

    Malditos...pior é pegar a Rod. dos Bandeirantes do nada tem uma placa com acesso à ela. Quando vc ver, já passou.

    Bob, o que vc acha sobre a "nova" lei de respeito aos pedestres, que a Cia de Engarrafamento de Tráfego vai começar a multar, sendo que essa lei já existe desde 98??

    ResponderExcluir
  9. Ahhhhhhhh.....como é bom morar na roça!

    Nada de rodízio, radar e outras modernidades da cidade grande!

    ResponderExcluir
  10. Rafael Bruno
    Também já me embananei com a Rod. dos Bandeirantes, só que no meu caso, acabei entrando nela sem querer. Era meu instinto ir mais pra esquerda pra pegar a pista expressa em direção à Dutra. Me dei mal.

    ResponderExcluir
  11. Rafael Bruno21/07/11 17:58

    Pois é Jopa, a primeira vez parei na bifurcação. a segunda passei direto e tive que ir pelo rodoanel...

    ResponderExcluir
  12. Rafael Bruno
    Essa caras estão completamente perdidos. É como a caça a motoristas bêbados, que poderia ter começado em 1998 também. Esse caso agora, de proteger pedestres, é igual.

    ResponderExcluir
  13. Caio Cavalcante21/07/11 18:27

    O que tenho visto de notícias sobre o caos no trânsito em São Paulo não é brincadeira.

    Mas e a repercussão disso junto aos paulistanos? E os jornais, tvs, rádios e revistas, denunciam essas aberrações? Ou estão todos de acordo com o discurso governamental?

    ResponderExcluir
  14. Rafael Bruno21/07/11 18:37

    Pois é Bob...ainda acho que isso tem a ver com "estamos com a imagem ruim, temos que fazer alguma campanha"...e por aí vai..

    ResponderExcluir
  15. Bob, não moro em São Paulo. Sou de Campinas, mas diariamente eu me deslocava até o Centro Empresarial, próximo a João Dias. Realmente, o transito nas proximidades da Pte do Morumbi era caótico na época em que eu fazia esse trajeto (2005 - 2007).
    Mas penso da seguinte forma: da mesma maneira, aqui na minha cidade temos absurdos de igual ou pior teor. Só para ficar em um exemplo, construíram uma marginal próximo à Rod. Anhaguera, cujo acesso, por muitos meses, era sinalizado com cones! E existem várias rotatórias que possuem o sinal de "Pare", exatamente no meio das mesmas. E são muito mal sinalizadas. Ou seja: o motorista que não conhece direito a cidade, se estiver distraído, e seguir o padrão das rotatórias, irá certamente provocar um grave acidente, como infelizmente, ocorreu hoje, próximo à Escola de Cadetes, envolvendo um carro e uma moto. Alguns engenheiros são "gênios incompreendidos" pela nossa sociedade. Às vezes, não dá para acreditar que passaram cinco ou seis anos em uma sala de aula, para depois projetarem verdadeiras "obras de arte".

    ResponderExcluir
  16. Eduardo Costa21/07/11 18:52

    Eu acho que a CET acha que São Paulo fica muito bonita com todas aquelas luzesinhas brancas e vermelhas.

    Aqui em Recife, a CTTU (equivalente a CET), achou de bom grado proibir o retorno à esquerda na avenida Governador Agamenon Magalhães, umas das principais avenidas da cidade, 4 faixas de cada lado dividas por um canal e liga norte a sul. Agora o cidadão tem que rodar sabe-se lá quanto dentro do engarrafamento para achar um saída para pista local, que é estreita e cheia de comércio, por isso fica engarrafada, para depois achar um retorno à direita que dê a volta e cruze a avenida agamenon magalhães. Sendo que eles esqueceram que são sempre ruas estreitas, complicadas por que nem sempre são retornos e com muitos semáforos.

    Tiraram um problema de um lado e jogaram para outro pior ainda. Vai entender.

    ResponderExcluir
  17. Já que falaram sobre a Marginal Tietê... alguém sabe se os "engenheiros de tráfego" andam aferindo a velocidade nos novos trechos em que ainda não existe radar fixo? No sentido Castello Branco, tais radares só começam na região do Limão.

    Bob, a pista central da Marginal Tietê foi inaugurada com 80km/h, algum tempo depois virou 70km/h sem nenhum motivo aparente, exceto a famosa lógica do "carros mais lentos, mais carros por m²", ou seja, "bla bla bla quero mais grana no bolso bla bla bla".

    ResponderExcluir
  18. ainda bem que mais alguem nota que nossa imprensa não fiscaliza nem o municipio nem o estado , se fosse o governo dos petralhas , seria materia da capa esses absurdos que fizeram à cidade.

    ResponderExcluir
  19. Desfrutem com muita alegria do PSDB e o DEM que os paluistanos e paulistas em geral idolatram .

    Ah que saudade do Malufão. Falta gente progressista como ele.

    ResponderExcluir
  20. o próprio BS, até pelo seu renome, deveria enviar isso para órgão responsável, tanto por email quanto por carta.
    não só essa matéria como outras relatando os absurdos da engenharia de trânsito em SP.

    ResponderExcluir
  21. O turco pode ser um grande FDP, mas uma coisa digna de elogios é sua postura enquanto engenheiro. Fez obras que foram consideradas megalomaníacas (estação rodoviária, Imigrantes, avenidas gigantescas e mais um caminhão delas) foi criticado por tudo e por todos e a maioria (ou todas) delas já está sufocada pelo crescimento da cidade. E dava a cara a tapa, ao contrario da maioria absoluta que está por aí ou que passou por lá. E o transito tinha uma BEM melhor administração. Comparem os tuneis da Santo Amaro x Juscelino com os túneis da Europa x Faria Lima.Um é engenharia e o outro um buraco de tatu. Mesma coisa com os piscinões que diziam seria a cloaca subterrânea do Pacaembú (foi o primeiro). E que ajudou - e ajuda - horrores no transito qdo chove. E nosso atual alcaide joga na privada 420 M do meu e do seu imposto pra um estádio de futebol? Sei sei.... o bando de loucos vai agradecer o presente por votos né? Logo vão dizer que sou malufista. Ledo engano, uso a lógica.

    ResponderExcluir
  22. Cadê o metrô eficiente e barato, que vemos em Londres, Cidade do México, Moscou, Paris e Istambul? Estas cidades têm, cada uma, uma frota de milhões de veículos, porém não são congestionadas.

    ResponderExcluir
  23. Bob, desculpe, mas a Marginal Pinheiros está longe de ser perfeita. 3 exemplos:
    - a curva debaixo da ponte Eusébio Matoso no sentido Castello, com inclinação incorreta (joga pra fora da curva)
    - a curva na altura da Usina de Traição (sentido Interlagos) - muito fechada para os 90 km/h permitidos
    - a curva após a Ponte João Dias (sentido Interlagos), mais ou menos debaixo da linha 5 do metrô - muito fechada para a velocidade permitida.

    Abs!

    ResponderExcluir
  24. Franklin,

    Fica quieto po! Não fica dando bandeira pra esse prefeilixo inventar mais radares.

    Anônimos malufistas,

    Meus parabéns! Todo mundo fala mal do Maluf, mas em termos de tráfego ele sempre foi MUITO benéfico. Realmente, muito ao contrário do Mário Sepultura, este sim era Engenheiro de verdade.

    Bob,

    Quer ver duas coisas piores: se voce vier da Dutra e entrar na via expressa da Marginal Tiete (via pista expressa da Dutra), voce simplesmente não consegue pegar a Ponte das Bandeiras nem a Ponte Cruzeiro do Sul!!! E isso que elas ficam há quase 10km de distância da Dutra.

    Outra: se voce acidentalmente, devido a essa confusão na Marginal Tietê, entrar na Rodovia dos Bandeirantes, simplesmente não existe retorno sem pagar pedágio!!!

    Enquanto isso o Ministério Público continua deitado em berço esplêndido....

    ResponderExcluir
  25. Franklin
    Fica quieto po! Não fica dando bandeira pra esse prefeilixo inventar mais radares. [2]

    Essas curvas são perfeitamente factíveis com um automóvel a mais de 100 km/h. O problema é quanto a caminhões, que deveriam fazer essas curvas mais lento, como a placa logo antes dessas curvas manda: 60 km/h.
    Aliás, essas curvas que me impedem de dormir enquanto vou pela Marginal todos os dias... Nunca ouviu falar que via muito reta é projeto inadequado também?

    ResponderExcluir
  26. Bussoranga,
    É impressionante tudo isso, não? Coisa de maluco mesmo. Esses caras são pra lá de incompetentes, são doidos mesmo!

    ResponderExcluir
  27. Franklin
    Concordo com todas as suas observações, mas me refiro ao traçado básico, sem os acessos doidos ou escondidos da marginal do Tietê.

    ResponderExcluir
  28. Bussoranga, existe um retorno na Bandeirantes, bem antes do pedágio. Ele está a 1,5 Km da Marginal Tietê, antes do primeiro viaduto.

    ResponderExcluir
  29. Campinas é fogo, mesmo! A cada vez que saio de SJC (pela D. Pedro), chegando a Campinas, aquelas obras nunca terminam e a cada ano eles mudam os acessos.

    ResponderExcluir
  30. Por essas e outras larguei tudo e fui morar no Interior.

    Vale a pena ganhar um pouco menos porém ter QUALIDADE DE VIDA do que gastar 3 horas por dia dentro de um carro dando MURROS no volante e levando multas até por respirar na hora errada..

    Sem querer desanimar mas SP não tem mais jeito .. Olhem em volta a quantidade de lançamentos imobiliários e verão o que digo...

    Aonde vão colocar todos esses carros ??

    FALTA ESPAÇO FÍSICO...

    ResponderExcluir
  31. Bob, o que os Sr. acha dos cortejos fúnebres? Poderia postar alguma coisa sobre isso. Eu particularmente sou contra, principalmente nas cidades maiores.

    ResponderExcluir
  32. A nossa "engenharia" de Transito ralmente é uma piada.
    Andar pelas marginais é um exercício de paciencia em todos os sentidos. Tem de tudo, má sinalização, retornos incompreensiveis, rampas mal construidas, curvas mal traçadas, sem falar da falta de segurança, conservação e a nossa já consagrada "farofa" asfaltica de "ótima qualidade".
    A sorte do Bob é que depois de passar sufoco para achar um caminho decente, tinha um queijo e vinho esperando por ele na Granja Viana.
    Romeu.

    ResponderExcluir
  33. Ô Bob, lembra da matéria que saiu aqui? Em algums países da Europa eles faziam de tudo para tornar a vida do motorista um inferno para desestimular o uso do carro?
    Fazem o mesmo aqui em SP.

    Ou será que estou supondo muita inteligência ao considerar que tudo isso é planejado? rsrs

    ResponderExcluir
  34. É por estas e outras que estou saindo de São Paulo e me mudando para o interior. Vai lá, Bob, compra minha casa; 800 mts do Autódromo e tem espaço até pra guardar a bela coleção do Og.

    ResponderExcluir
  35. Luiz Evandro Águia22/07/11 09:30

    Caro Bob, O jormalista Datena ( hj na Record ) ja havia comentado varias vezes .que essa ponte nao levava a lugar nenhum,,,,- uma vergonha mesmo,, abs,,,Águia from Floripa ( aquela cidade maravilhosa que tem a Ponte Hercilio Luz como seu maior marco historico...

    ResponderExcluir
  36. Bob Sharp, acho que a maluquice é maior ... vendo no google maps, não há acesso à Av. Morumbi, mesmo de que vem pela própria Marginal Pinheiros ... e não só quem desce pela Ponte Estaida ...

    Geraldo

    ResponderExcluir
  37. Caro Bob, quando o Fabio Feldmann plagiou essa idéia do rodízio do México, e que tinham abandonado lá, era por motivos políticos eleitorais e nunca se elegeu a mais nada! A Anfavea na época deu risada, por que ia vender muito mais carros novos, e tirar os carros antigos de circulação. A CET criou uma fábrica de multas. No Jornal da Tarde da época, aparece uma matéria comigo e amigos que driblavam o idiótico rodízio usando celulares. Criei e distribuí na época um adesivo que dizia: Pago IPVA, ando de carro todos os dias, é meu direito! Esse adesivo foi colado em 20.000 automóveis, e depois teve mais uma tiragem de 50.000. São Paulo tem meios de transportes públicos bons? Tem metrô? A prefeitura paga para que meu carro fique parado o dia todo inutilmente? Reduziram ou isentaram meu IPVA? Assim era a minha campanha contra o rodízio! São Paulo não tem qualidade de vida. Faltava um "marco"na cidade, e infelizmente fizeram um aborto de design, que fere toda a estética da cidade: a Ponte Estaiada, que vai do nada a lugar nenhum! São Paulo tem coisas estranhas como o que o nosso prefeito criou: a Cidade Limpa, tirando os outdoors com a Cicarelli (e outras modelos) criando assim a Arqueologia Horrorosa Urbana. Tínhamos esquecido como haviam prédios feios na cidade! O rodízio sempre foi obsoleto! O paulistano comprou o segundo e o terceiro carro. FERE CONSTITUCIONALMENTE O DIREITO DE IR E VIR! O rodízio nem deveria ter sido aprovado, e tem que acabar, uma vêz que existe o exigente CONTROLAR que é mais uma arrecadação para o bolso público. Um abraço Rubem Duailibi

    ResponderExcluir
  38. Geraldo
    Sim, não tem mesmo, mas era de esperar que com a Estaiada essa aberração fosse revista. Mas imaginei que houvesse acesso à pista lateral que permite pegar a av. Morumbi. Qual nada!

    ResponderExcluir
  39. Rubem Duailibi
    Coisa de doido mesmo. O Pitta criou rodízio por pura esperteza, arrecadar com multas, veio a Marta e continuou, depois a duplinha Serra/Kassab e está aí firme e forte até hoje. A maior prova de que esse rodízio por motivo de tráfego - os de Santiago do Chile e Cidade do México são de ordem ambiental, que tira os carros que poluem e não os mais recentes - ser uma idiotice, é em 1997 a frota paulistana ser de 3,5 milhões de veículos e hoje ser o dobro. É para arrecadar mesmo!!!

    ResponderExcluir
  40. jopamacedo
    Tudo o que ocasione obstrução de tráfego numa cidade populosa como São Paulo deve ser coibido, de cotejos fúnebres a manifestações religiosas e de veados, e também de blitze de fiscalização do quer que seja. Para manifestações a cidade dispõe de um palco adequado, o sambódromo.

    ResponderExcluir
  41. Aun
    A ordem do dia é mesmo complicar, tá na cara.

    ResponderExcluir
  42. "Eagle"
    Mas parece que a Hercílio Luz não é mais aberta ao tráfego, confere? Isso parece mesmo mania nacional, com manter a Serra do Mar fechada.

    ResponderExcluir
  43. Romeu
    Isso, ainda bem que tinha o queijos & vinhos lá, que estava excelente! Só amigos do automobilismo da antiga!

    ResponderExcluir
  44. Caio Ferrari
    Pode ser suprema inteligência mesmo...

    ResponderExcluir
  45. A ponte Hercílio Luz em Florianópolis, há muito anos está fechada ao trafego de TUDO (inclusive pedestres) ... por absoluta falta de segurança (ela está se deteriorando, por absoluta falta de manutenção) ... havia (ou há) um projeto de revitalização da ponte, para permitir o trafego de pedrestes (apenas) ... mas não sei se já saiu do papel (faz tempo que não vou a Florianópolis - uns 4 anos) ...

    Geraldo

    ResponderExcluir
  46. Bob

    De fato, o Pitta implantou essa porcaria de rodízio, porém, o pai de idéia foi o Maluf, quando prefeito. Me lembro que, em 1995 - Maluf foi prefeito de 1993 à 1996 -durante apenas uma semana, a estrovenga foi feita em caráter experimental, sem multa e sem obrigatoriedade de adesão. E ficou nisso. Não se tocou mais no assunto e o Maluf deixou a coisa pra lá. Aí, veio o Pitta e o resto todo mundo sabe...

    ResponderExcluir
  47. Bob e demais:

    Não sei se estão sabendo, mas a CET-SP agora tem um novo Ombudsman, que inclusive deu outro dia uma longa e prolixa entrevista à BandNews FM mas se declarou extremamente interessado em receber opiniões de todos os que quiserem enviar.

    Vamos mandar todas essas reclamações que estamos fazendo aqui nos comentários para ele?

    http://www.cetsp.com.br/sobre-a-cet/ombudsman.aspx

    Não boto lá muita fé nas boas intenções do cara, mas não custa tentar, né?

    ResponderExcluir
  48. rjmdacosta
    O pai do namorado da minha filha é da CET e já sabe das minhas broncas, lê o AE sempre. Acho que é suficiente, mas qualquer um pode enviar o link dos posts para o ombudsman.

    ResponderExcluir
  49. Gealdo
    Obrigado pela informação. É mesmo o fim da picada o que você conta. Deixar uma obra de arte dessas se deteriorar mostra que estamos mesmo mal da cabeça.

    ResponderExcluir
  50. FVG
    Que eu me lembre, a experiência foi estadual, Cetesb, questão ambiental. Nunca ouvi comentário do então Celso "Vivaldino" Pitta alusivo ao que você me conta.

    ResponderExcluir
  51. Bob, você convive assim tão próximo ao capeta?! rsrsrs E ele ousa discordar de você? Tenta dar um ponto de vista diferente?

    ResponderExcluir
  52. Bob
    Agora fiquei meio confuso, porém, vou contar do que me lembro:
    Em 95 eu estava "tocando" uma obra na região central, bairro Santa Cecília. Nessa época eu tinha um carro com placa final 1, portanto, segunda-feira. Me lembro de que na semana que fizeram essa experiência, justamente na segunda-feira da referida semana, deixei o carro na garagem e fui à tal obra de ônibus. O rodízio da CETESB veio depois, embora, também, já se comentava à respeito. Em 96 os dois rodízios entraram em vigor, sendo que o estadual durou nos meses de inverno e o municipal, o ano todo. Lembro também que, quando valia o rodízio estadual, o municipal não tinha efeito. De toda forma, uma ridicularia sem tamanho.

    ResponderExcluir
  53. Bob
    Desculpe. Em 96 foi só o rodízio estadual. O municipal veio somente em 97.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...