5 de novembro de 2011

HUD EM AUTOMÓVEIS: VEIO PARA FICAR?

HUD, sigla em inglês de head-up display, mostrador na altura da cabeça, com a mesma em posição normal, é dispor informações ao motorista na altura de seus olhos, evitando que precise baixar a cabeça e desviar atenção da via para visualizá-las no painel enquanto dirige.

Seção de um visor de imagem refletida usado na Segunda Guerra Mundial

A origem do HUD vem da aviação de caça, antes da 2ª Guerra Mundial, quando já se ensaiavam reunir algumas informações ao piloto para melhorar sua acuidade em enquadrar alvos móveis quando em combate com aviação inimiga. Um complexo sistema de lentes dava ao piloto estimativa de velocidade de seu alvo, assim como razão de curva do avião (turn rate indicator). Mas foi na metade da década de 1970 que se chegou perto do modelo atual, com informações padronizadas aos pilotos, comum a modelos diferentes de caças. 

O principal objetivo seguia sendo reunir as informações mais relevantes para acertarem o alvo inimigo, como mostrado na foto abaixo, mas a evolução dos caças no período, de propelidos a motores a pistão para turbinas a jato, velocidades supersônicas de ambos os combatentes, tornavam a visualização do inimigo impossível a olho nu. Assim, o HUD tornou-se fundamentalmente necessário ao piloto, ao agregar mais de uma dezena de informações num pequeno espaço do pára-brisa.

HUD em um F/A-18C


O primeiro emprego de HUD em automóveis foi no Chevrolet Corvette C5 de 1988. Ao mesmo tempo que a GM agiu com pioneirismo em trazer uma tecnologia aeronáutica do mostrador digital à parte interna do para-brisa, a quantidade de informações disponíveis ao motorista não passava de três ou quatro, todas elas redundantes com painel imediatamente abaixo, não sendo necessário baixar a cabeça para olhar velocidade ou rotação do motor. Era só desviar um pouco o olhar e não se tratava de concentração de um combate aéreo, um dog fight (briga de cachorro, bordão da aviação militar que descreve uma luta feroz entre dois caças). 

Pelo contrário, num passeio dominical, o feliz proprietário do Corvette estaria mais propenso a exibir sorriso de satisfação, quando acionasse seu HUD inspirado num caça F18 e visse no para-brisa a projeção de sua velocidade e rpm. 

Mas a utilidade do HUD ficou no mínimo discutível, mesmo se estivesse pilotando num autódromo. Quem tiver curiosidade, veja este vídeo da demonstração do HUD.

Nesses mais de 23 anos, algumas informações de painel foram sendo suprimidas ou caindo em desuso, as cinco ou seis clássicas que habitavam o quadro de instrumentos de todo esportivo também se reduziram. BMWs novos sequer mostram temperatura do líquido de arrefecimento, o que dizer de pressão e temperatura do óleo, sistema de carga da bateria etc?

Mas várias outras se agregaram, o chamado infotainment tomou espaço, navegação por satélite idem, certos GPSs mostram o limite de velocidade da via por onde se trafega: por que não concentrar cinco ou seis delas consideradas mais úteis ao motorista atual e dispô-las num único lugar, que não desvie a atenção de quem dirige?

HUD de um BMW E60 de 2003

A BMW passou oferecer o HUD em alguns de seus modelos a partir de 2003 e na apresentação da nova geração do Série 3, este ano, elas evoluíram ainda mais, logo acima do quadro de instrumentos se visualizam distância do veículo imediatamente à frente, próximas saídas da auto-estrada, velocidade- limite da via e a do veículo, enfim, creio que chegaram a um estágio bastante interessante.

É curioso que seus concorrentes ainda mantenham aposta somente nas telas grandes de mostradores, que congregam várias outras informações, tecnologia touch screen (sensível ao toque) etc., mas que não deixam de ser atraentes. Nas imagens da apresentação do novo Peugeot 208, vê-se uma tela que fica ao alcance das mãos do motorista para operá-la através de toques.

Tela touch screen de infotainment do novo Peugoet 208

Em alguns países do leste da Europa, o índice de furtos de GPS se assemelha aos do Brasil. Se você for alugar um carro, é comum lhe questionarem os lugares de destino, se República Checa, Croácia, Hungria estão no seu programa. Em caso afirmativo, cláusulas de restrição, aumento do seguro, ou até mesmo documentos de isenção de responsabilidade cairão sobre você, consequência desse triste modismo.

Pior, lá esses equipamentos estão inseridos no painel, para arrancá-lo os amigos do alheio não tem dó de arrebentá-lo completamente. lembremo-nos do que víamos aqui na época que se furtavam toca-fitas ou toca-CDs.

HUD do novo Série 3: informação chegou perto do ideal

No Brasil, os GPS se popularizaram como aparelhos externos, presos com ventosas no pára-brisa, Se o ou a motorista for a um restaurante e tiver que parar o carro na rua, GPS vai dentro da bolsa ou escondido debaixo do banco, só mudou o aparelho... Também viraram telas de TV ou de DVD, uma curiosa fonte de desvio de atenção que não faz o menor sentido, nem quando se defende que usaria somente com trânsito congestionado.

No meu entender, o HUD poderia ser um antídoto à distração causada por infotainment. Bem que ele podia começar a migrar para os outros segmentos, abandonando as telas de distração de motoristas... Não custa sonhar.

MAS

Fonte: Wikipedia

23 comentários:

  1. jackie chan05/11/11 12:28

    A noite, ou em outras situações de baixa visibilidade, parece que mais atrapalha do que ajuda...

    ResponderExcluir
  2. luizborgmann05/11/11 13:42

    Se não me falha a memória, Emerson Fittipaldi utilizou com exclusividade um desses equipamentos em monoposto de Indianápolis. Ora, em velocidade próxima de 400 km/h é indiscutível a sua utilidade. Por outro lado, falta mencionar o tempo necessário para o foco, você precisa mudar o seu foco de visão de lá para cá. Ou não?

    ResponderExcluir
  3. A noite mostra tambem a visao noturna?
    Infelizmente aqui ainda estamos no inicio da invasao das telas multimida com gps dvd comandos de ar entre outras coisas, mais um item que sera obrigatorio mim fazer para eu fazer aqueles que querem impressionar, infelizmente a maioria.
    Acredito numa invasao disto ate em populares, agora imaginem pelicula, farois de neblina e lanternas acesas telas de DVD ligadas mais acidentes por distracao virao.

    ResponderExcluir
  4. Por volta de 2000 a empresa aonde trabalhave trouxe para o Brasil um Pontiac Grand Am para mostrar aos clientes a tecnologia de HUD que tinhamos disponivel nos Estados Unidos. Chegamos a preparar um demo cara para uma montadora nacional.
    Eu fui checar o carro assim que saiu da transportadora. Fiquei extremamente impressionado com o display, e lembro de ficar fazendo experiencias em casa usando displays de 7 segmentos e o meu carro, pois estava fazendo um Simca Hot com um amigo e achei que ia ficar fantastico nele
    Obviamente esbarrei no problema de dupla reflexão no para brisa, que no caso do Pontiac tinha angulos diferentes da superficie interna e externa, e uma pelicula interna para evitar esse efeito.
    Nunca entendi direito por que depois de 11 anos nunca vi carros com isto aqui. A ideia é fantastica

    ResponderExcluir
  5. Tenho um smartphone Android e existem alguns aplicativos para ele que mostram as informações coletadas pelo GPS como velocidade, distância percorrida, bússola e altitude. É simples, basta mostrar na tela ao contrário e colocar o telefone abaixo do pára-brisa para que este reflita as informações neste, como um HUD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual o nome desse aplicativo ? Achei interessante...

      P500<<

      Excluir
  6. Usando um navegador GPS desses presos com ventosas, já sinto que mais da metade da minha atenção cai, mesmo que eu não esteja olhando fixamente na tela.

    Creio que a popularização desses HUDs, juntamente com visão noturna e tudo o mais pode ser bem positiva no sentido de roubar minimamente a atenção do motorista.

    ResponderExcluir
  7. "lembremo-nos do que víamos aqui na época que se furtavam toca-fitas ou toca-CDs."

    Essa época aqui não acabou. E vai continuar por muito tempo... Só a quantidade de toca-fitas roubados que diminuiu.

    ResponderExcluir
  8. Bom...

    Podemos dizer que hoje em dia nem se tem mais noticias de furto de toca-fitas... :P

    ResponderExcluir
  9. Só uso o gps de ventosa qdo vou a algum lugar que não conheço e, apesar de irritante, prefiro a informação "ouvida" que vista. Se ficar olhando toda hora para a tela, que fica quase na mesma linha de visão frontal o concentração diminui. É inevitável.
    Vão ter que encontrar um outro jeito de trazer informação ao condutor.

    ResponderExcluir
  10. Toca fitas ? Que capsula do tempo vocês estavam ? rsrsr

    Isso deve ser uma maravilha !

    Poderia já existir alguns "generico" para qualquer carro, com GPS e outros dados via bluetooth !

    Já já tomara que chegue nos carros mais simples ou "alternativos".

    ResponderExcluir
  11. Queridos,

    já será muito as montadoras colocarem airbag e abs a partir do próximo ano. Imagina o HUD. Nos carros que colocarem, 5k a mais...rsrsrs.

    ResponderExcluir
  12. Que fique longe do meu carro, mais eletrônica excessiva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. compra um Corcel I fera

      Excluir
  13. Para mim, um HUD que mostrasse apenas a velocidade, seria uma maravilha, para facilitar a vida nestas estradas e avenidas cheias de radares.

    ResponderExcluir
  14. Nunca dirigi um carro com HUD, mas em princípio não me agrada a idéia de ler informações na mesma linha de visão que utilizo para monitorar as condições do tráfego à minha frente.

    ResponderExcluir
  15. Ótimo! Tem quem não goste, basta desligar. Se distraísse tanto assim, pilotos de caca não usariam. Situação de vida ou morte!

    Só tem que proibir que apareçam emails, twuiters e besteiras assim.

    Eu quero! E adorei esse da BMW. Ouvir instruções de GPS ao invés de ver é impossível nas marginais de SP, com mil subdivisões de faixas.

    Carlos

    ResponderExcluir
  16. Marcelo Junji06/11/11 16:12

    Seria bom se meu carro mostrasse as informações do computador de bordo no para brisa, pois toda vez que se liga o carro a tela sai da informção de consumo instantâneo, e preciso ficar apertando o botão um monte de vêzes até chegar no consumo instantâneo, ainda mais porque a tela fica numa posição muito baixa, desviando a atenção.

    ResponderExcluir
  17. Que é bacana, útil e abre uma leque enorme de possibilidades para interação com o automóvel em tempo real, não há dúvidas.

    Porém, da mesma forma que vejo teas de LCD cada vez maiores acesas no painel de inúmeros carros em movimento, passando filmes, me pergunto se esse HUD seria bem utilizado ou seria mais um item para distração do motorista.

    Talles

    ResponderExcluir
  18. Há alguns anos que uma empresa aqui de São Paulo vende um aparelho pra projetar a velocidade do carro no para-brisa.

    http://www.dalgas.com.br/produto.asp?produto=12

    ResponderExcluir
  19. Já tem um tempo, um colega me mostrou este gadget made in China no e-bay, eu dispenso, aliás dispenso até o raio do ar Climatronic QUEBRADO do meu carro. Sux!
    Quero informações no painel, de preferência num painel ao menos parecido com um desse óó... hehehe

    http://www.webmotors.com.br/webmotors/carro/usado/alfa-romeo-156-2.0-ts-16v-gasolina-4p-manual/7636288/detalhe.wm

    Aliás, pode ser toca-fitas, esse Alpine mesmo! hahaha... Pensando melhor, nem tanto, radio com blue tooth foi um luxo que eu gostei bastante.

    Sds

    ResponderExcluir
  20. Aluguei um Camaro em Las Vegas, o mesmo veio com esse recurso.

    http://3.bp.blogspot.com/-yU4vd7D0J74/Trh-3HdWPfI/AAAAAAAABgE/7weXlDWxl2o/s1600/DSC01022.JPG

    ResponderExcluir
  21. Confira em www.garagemod.com.br
    tem varios modelos de HUD universal para seu carro.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...