1 de novembro de 2011

NOVO FIESTA HATCH, O BOM DE CONJUNTO


Por José Rezende Mahar, enviado especial ao Uruguai


Fomos a Punta Del Leste para o lançamento um pouco tardio da versão hatch do Fiesta mexicano. Gostamos do carro, mas ele tem problemas curiosos. O maior deles se chama Focus Hatch. Com o mesmo motor e câmbio, o Focus tem uma coisa que é meio limitada no Fiesta, que é o espaço interno. 

Não se engane o leitor, este carro não é pequeno, mas algo limitado, até pelo estilo moderno, o chamado Kinetic – cinético em inglês, relativo a movimento, o que as linhas pretendem sugerir Mas o compartimento de bagagem é menor que o Fiesta antigo, pouca coisa, é verdade: 287 contra 305 litros, 5.9% menos. Isso em um carro grande pode ser desprezível, mas no reduzido Fiesta pode ser um problema. 

Outra característica limitadora do apelo desse carro é o espaço reduzido no banco traseiro, acentuado pelo caimento natural do teto em um hatch quase fastback. E o maravilhoso Focus com sua suspensão traseira independente que nos torna dependentes dele, custa uma merreca a mais, do tipo que leva a pensar seriamente na alternativa maior: a da diferença do preço é largamente compensada pela qualidade adicional do comportamento dinâmico do carro.

Espaço atrás é bem menor do que aparenta na foto

Mas isso não quer dizer que o pequeno mexicano seja ruim de curva, longe disso! Como todos os produtos atuais do Oval Azul o Fiesta Mex se comporta com precisão de dar inveja aos seus principais inimigos, por baixo o mais em conta Punto 1,6, que tem um interessante motor 1,8 litro como opção, e por cima o eternamente caro Polo, que custa mais de 51 mil reais na versão básica, enquanto o Fiesta sai por menos de 49 mil reais. Só que nenhum dos dois, por melhores que sejam, são tão bons de curva como o Fiesta.

Estilo Kinetic, bonito porém radical

No exíguo percurso, eu que sou reconhecido como malcomportado, tive algumas poucas oportunidades de até achar que o Hatch é um pouco melhor que o Sedan, alias como nos demais Ford, onde a versão de cinco portas é sempre um pouquinho mais firme e equilibrada que as de quatro portas, que normalmente prestigia o conforto. Assim era no antigo Fiesta, no Focus e agora no mexicano.

Freia bem, sem sair da trajetória, não balança em curvas e sempre parece amistoso, permitindo até certos abusos sem se queixar e ameaçar o usuário comum, que vai se sentir seguro nele, por menor que seja seu nível de habilidade. Isso é um valor intrínseco sem preço.

No lado esquerdo, vá lá, mas "espelho de coreano" na direita? Nada a ver

A posição de dirigir é confortável e natural, sem necessidade de se esticar para operar qualquer coisa, o velho chavão de tudo ao alcance das mãos. Bons bancos, volante, pedais e comandos todos ergonomicamente certos, o Fiesta nesse campo só ocasiona elogios. Um pequeno senão é que algumas lógicas de funcionamento são de etnia americana, diferentes do que estamos acostumados aqui. Um exemplo disso são os vidros, trancas e alarme, que são ligeiramente diferentes do que há inclusive nos outros Ford de vertente européia. Ou sou eu que estou ficando velho e levo mais tempo para me adaptar?

Posto do motorista é bem elaborado e ergonômico

O motor é o conhecido e suave Sigma 1600 de 115 cv, produzido aqui e exportado para ser montado em todos os Fiesta mexicanos. Embora seu nível de desempenho seja até um pouco mais do que necessário no veiculo que o ostenta fagueiro, nós que somos insaciáveis glutões de tecnologia e desempenho gostaríamos de contar na versão Brasil com o variador de fase disponível nos modelos do mercado original e americano, bem como ter o prazer de dirigir o câmbio seletivo robotizado de dupla embreagem que dá uma qualidade especial ao modelo mexicano em opção. 

Aqui, só manual de cinco marchas bem escalonadas, enquanto os concorrentes oferecem robotizados monoembreagem, que demandam uma certa intimidade no uso para funcionar a contento, nada difícil. Mas quem conhece um câmbio de dupla embreagem, igual a um câmbio automático epicíclico e seu conversor de torque, não se esquece a transparência de funcionamento, como no Jetta turbo de 211 cv.

Um diferenciador do Fiesta Mex é sua garantia, de três anos, como a do Renault Sandero/Logan/Duster. Isso cala fundo no coração do consumidor. Outros atrativos são os brinquedos disponíveis, das miríades de bolsas infláiveis – em um dos catálogos são sete – até o som que corresponde aos princípios da Ford americana, que combate o execrável hábito de ler e digitar mensagens de texto ao dirigir, uma ama pratica idiota e que beira o instinto homicida e suicida, não necessariamente nessa ordem.

O sistema Sync, desenvolvido em conjunto com a Microsoft, lê e digita mensagens de texto reconhecendo as palavras ditadas pelo usuário, um gigantesco passo em prol da segurança automobilística. Outros floreios do som são ler memórias de telefones com conexão Bluetooth, capturar música pelo mesmo método e mais um monte de recursos que demandariam m livro para explicar e um garoto nerd de 16 anos para operar...

Em suma, o novo Fiesta é firme, bom de curva com seu eixo traseiro de torção e as colunas McPherson na dianteira, a suspensão e os freios garantem com folga a segurança e o carro ainda é bonito e atual de linhas. Se não fosse o Focus básico a lhe fazer sombra...


.

O preço do novo Fiesta começa em R$ 48.950, já com ar-condicionado, direção com assisência elétrica, acionamento elétrico de vidros e travas, e rodas de aluminio, e chega a R$ 54.950, que inclui 7 bolsas infláveis, freios ABS e controle de estabilidade, entre outros itens. Pintura metálica ou perolzada, acrescentar R$ 1001,00 ou R$ 1.236, respectivamente.

JRM


FORD NEW FIESTA - FICHA TÉCNICA


MOTOR
1,6 DOHC 16 válvulas
Tipo de motor
 4 cilindros em linha
Posição
 Transversal
Material do bloco
 Alumínio
Maerial do cabeçote
 Alumínio
Diâmetro (mm)
79
Curso (mm
81,4
Cilindrada (cm³)
1.596
Taxa de compressão
11:1
Poência máxima (cv/rpm)
110/6.250 (G)/115/6.500 (E)
Torque máximo (m·kgf/rpm)
15,8/4.250 (G)/16,2/4.250
Formação de mistura
Injeção indireta multiponto
Tanque de combustível (l)
47
Combustível
Gasolina e/ou etanol
TRANSMISSÃO
Transeixo manual de cinco marchas
Rodas motrizes
Dianteiras
SUSPENSÃO

Dianteira
Independente, McPherson, braço triangular, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira
Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado
FREIOS
Dianteiros a disco ventilado; traseiros a disco; ABS opcional
RODAS
Alumínio, 6x15 ou 6,5x16
PNEUS
185/60R15 ou 195/50R15
DIMENSÕES E PESOS

Comp x Larg x Alt (mm)
4.064 x 1.972 (c/retrov.) x 1.446
Distância entre eixos
2.489
Capacidade do porta-malas (l)
287
Peso, ordem de marcha (kg)
1.145
DESEMPENHO

Aceleração 0-100 km/h (s)
12,1 (G) e 11,7 (E)
Velocidade máxima (km/h)
190
CONSUMO (NBR 7024)

Urbano (km/l)
11 (G) e 7,5 (E)
Rodoviário (km/l)
13,9 (G) e 9,2 (E)
REVISÕES (km)
10.000
ÓLEO DO MOTOR
5.000 km ou 6 meses
GARANTIA (ANOS)
3

60 comentários:

  1. Aléssio Marinho01/11/11 12:17

    O unico problema do Fiesta e o preço totalmente fora da casinha. R$ 42 mil pelo hatch básico era um valor justo e haveria fila na porta da Ford.
    Ou o Focus anda custando barato?
    De resto é um belo carro. A Ford anda conseguindo resgatar a solidez e o conforto de um verdadeiro Ford.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estive andando nesse novo fiesta e ele internamente é muito apertado, ainda mais pra quem anda no banco de tras... uma pessoa de 1.80m nao caberia atras desse novo fiesta... eu q tenho 1.60m ja fico com a perna presa....

      Excluir
  2. Caro sim, mas Punto parte de R$46.000,00...
    Estava aguardando este carro aqui no AE, mestre mandou bem;
    deve fazer muita curva mesmo se for um pouco melhor que o antigo já é muita coisa...
    Amo o focus, mas acho que 1.6 pra ele falta motor então este fiesta é na medida.

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. óleo do motor 5.000 ou 6 meses e revisões a cada dez, ai ai ai ford!

    ResponderExcluir
  4. Sandoval Quaresma01/11/11 12:39

    o regime de potência máxima a etanol é 5.500rpm.

    ResponderExcluir
  5. Pois pra mim é a dose exata: rodo 20.000 km por ano, 10.000 km por semestre... O New Fiesta tem 3 problemas: preço, espaço interno e falta de câmbio automático. No mais, é um belo compacto. O Focus 2.0 é melhor e pouco mais caro na versão GLX.

    ResponderExcluir
  6. Aléssio Marinho01/11/11 12:41

    Mahar,

    Seja bem vindo ao AE! É uma grata surpresa tê-lo colaborando com a gente!

    ResponderExcluir
  7. Belo carro, muito mais belo que o Punto. Agora a FIAT terá que fazer alguma coisa para os próximos anos, caso contrário, perderá vendas. Mas o leitor tem que se dar conta mesmo é que este é carro para solteiros ou no máximo casal. Qdo entra filhos pequenos o porta malas de 287 L é pequiníssimo. Cabe o carrinho do bebê e nada mais...rsrsrs.

    ResponderExcluir
  8. O preço do New Fiesta se equipara ao Focus 1,6 que é um carro pesado para esse motor. Já o Focus 2,0 que é um grande carro, tem preço elevado.

    ResponderExcluir
  9. O preço está muito perto do Focus..... Que é outra categoria.

    12 seg. no 0 a 100 km/h em um carro com 115 cv é lento.

    Não entendi as medidas dos pneus...
    185/60R15 ou 195/50R15 o diametro do conjunto não é o mesmo, a não ser que seja 195/50 R16

    ResponderExcluir
  10. Mas como carro é caro...
    Acho absurdo gerações passadas e recentes convivendo em um mesmo mercado de carros novos.

    ResponderExcluir
  11. Elas convivem pela grande diferença em termos de tecnologia e do carro todo e também pelo preço, nosso mercado louco permite as duas versões com a nova não matando a anterior com melhorias e pequeno aumento de preço o que seria natural, há um abismo entre os dois fiestas tanto de qualidade e preço, mais provável o fiesta antigo ficar cada vez mais básico, mas ele ainda briga lá embaixo,,,, Isto mostra o quanto este novo está caro, caso fosse 5, 6 mil a mais que o antigo este poderia morrer, mas Brasil

    ResponderExcluir
  12. O mais bonito dos hatches no Brasil sem dúvida. Moderno, um passo à frente em estilo.

    Por 5 mil a menos encomendaria o meu hoje mesmo...

    ResponderExcluir
  13. O Jetta Turbo citado tem 200 cv. O Passat Turbo é que tem 211.

    ResponderExcluir
  14. Mister Fórmula Finesse01/11/11 14:01

    Carro muito bonito, de longe o compacto mais atrativo em termos de desenho, parece até um sul coreano (rs)...faz o VW Polo parecer uma verdadeira relíquia soviética!

    Eu o pegaria em relação ao Focus 1.6; esse é francamente entediante de dirigir na cidade, pois para tirar da inércia - apesar da progressividade dos pedais - parece que o motorista tem que "ajudar" o carro mais do que necessário, e suas retomadas são apáticas. No asfalto ele até vai bem, mas como o conjunto é tão bem acertadinho, dá vontade de sempre ter um motor te puxando com mais desenvoltura. E dê-lhe trabalhar o câmbio que - infelizmente - fica um pouco perto demais do painel, quase sempre causando contato da mão com ele.

    Creio quem em 99% das situações extra pista, a suspensão traseira menos evoluída do Fiesta não será determinante de nenhuma consequência mais nefasta ao volante; apenas lembraremos que é um pouco menos sofisticada, e só....(especulo, talvez a realidade seja outra).

    O ideal seria esse bonito hatch com o motor vocal e serelepe do Punto e Bravo...mas não existe se, portanto, parece ser uma das melhores opções no segmento.

    ResponderExcluir
  15. CCN1410, você está enganado. Esqueça as tabelas oficiais do tipo "monte o seu carro"! O Focus 2.0 GLX custa R$ 60 mil. O Focus GL 1.6 custa R$ 53 mil.

    ResponderExcluir
  16. Antônio Martins01/11/11 14:37

    Como pode a nova geração ter interior menor que a anterior?!

    E tem mané que prefere este ao "antigo".

    Só os americanos que não conheciam o anterior estão achando grande coisa.

    ResponderExcluir
  17. O ix30 sai pouca coisa mais caro que esse Fiesta e...depois de 3 caipirinhas, as minas pensam que voce é o bacana da BMW!

    ResponderExcluir
  18. Antônio Martins,
    Os americanos e a europa inteira então. Alemães e ingleses inclusive.

    O carro é bem desenhado e isso compensa. E isso anda fazendo uma falta no Brasil, aqui só tem carro feio ou exagerado, sem graça pintado de prata com insulfilm, blahhhh.

    ResponderExcluir
  19. Antônio Martins, o interior todo é menor ou só o porta malas?

    Prefiro este sim, pela beleza e por ser 16 vávulas além de mais moderninho e interior interessante com algumas coisas inéditas e interessantes, problema dele somente preço claro.

    O atual último fiesta antigo é feio feio que dói, apesar de ser bom;

    Anônimo 14:39, pelo visto você já bebeu a sua dose diária,,,, hehehe ix30?,,, realmente se for pra atrais mulher qualquer coisa bonitinha passa, mas não é o nosso caso, não é mesmo caros?

    Gentalha, este novo mesmo prata mas sem película já vai bem, não?

    Rafael

    ResponderExcluir
  20. "O Polo, que custa mais de 51 mil"
    Faltou pesquisa. Polo parte de R$45.000 e, comparando as versões básicas, me parece melhor negócio que este Fiesta, afinal vem de série com ABS, AB2 e outras coisas que o Fiesta só terá nas versões mais caras.
    Sugiro que corrija no texto esta informação errada, assim como os cavalos adicionais do Jetta TSI.

    ResponderExcluir
  21. Polo grande carro mas hoje sou mais o fiesta,

    agora o polo atual europeu e duas portas então daí é outra estória;

    Será que agora virá Polo e Golf? sei não...

    quero que a VW tome calor de todos os lador a começar pelo palio novo, uno, j3, depois novo c3, ds's 208, 308... para ver se acorda e baixa o gol...

    Realmente este fiesta está mais para novo i30 visualmemnte ou mesmo elantra hatch.... visualmente!!!

    ResponderExcluir
  22. polo R$45.000,00? realmente caro caro o gol que tem versões que ultrapassam o polo. EM VALOR

    ResponderExcluir
  23. olhando a foto lateral a impressão que dá é que vai raspar bastante a dianteira em saídas de garagem e lombadas,

    o que é isto cromado na frente? leds de posição, faróis de neblina? com certeza alguma moda pra ofuscar os outros motoristas.

    ResponderExcluir
  24. Não que a comparação com o Focus não seja válida, muito antes pelo contrário.
    Porém ao Focus 1.6, verdade seja dita, falta motor.
    E ao Fiesta sobra design, seu grande trunfo nesse segmento carente de novidades estilísticas.
    A suspensão traseira independente do Focus é um item que atende somente ao autoentusiasta; ora, 9 de cada 10 motoristas, compradores do modelo ou não, não sabem nem que existe mais de um tipo de suspensão, mesmo porque nem a Ford e nem qualquer outra marca utilizam esse aspecto como argumento de venda. Aliás, me parece que, ultimamente, num Brasil (pelo menos) em que vejo no trânsito urbano 9 de cada 10 carros circulando somente com o motorista, me parece que espaço abundante no banco traseiro há muito deixou de ser fator determinante na escolha deste ou daquele modelo. No porta-malas, talvez...

    ResponderExcluir
  25. Sempre me assustei com o preço na casa de R$50 mil sem ABS e air bag do sedanzinho, e minha cabeça provinciana e tola imaginava que o hatch viria por cerca de R$45 mil. Ainda caro. Quando vi os R$49 mil quase cai da cadeira! Se colocar os opcionais já vai pra R$53, 55 mil. Tem uma concessionária em Santos que vende Focus GLX 2.0 por exatos R$55990.

    ResponderExcluir
  26. Tem gente com coragem aqui de comparar o desenho do Fiesta com i30?

    Faltam olhos aos detalhes, às sutilezas. Fora que o novo i30 na europa vai mostrar pra todo mundo aqui quanto o atual é velho e mal desenhado...

    ResponderExcluir
  27. Ewerton Luiz01/11/11 16:18

    O novo Fiesta joga o antigo no chão em relação à quase tudo, exceto preço. Seria um luxo se apenas fosse substituído pelo novo aqui como no resto do mundo.

    O Fiesta antigo é um bom carro. Suas reestilizações o "estupraram" visualmente e o carro faz barulho - inclusive aerodinâmico - que nem meu Clio 99 com 200.000 rodados faz... enfim, extremamente meia boca em comparação com o novo.

    ResponderExcluir
  28. Um fiesta velho, completo com todos os opcionais, certamente deve enconstar no preço dessa nova versão.

    ResponderExcluir
  29. Convem lembrar que até pouco tempo atrás, a Ford vendia o Focus 2.0 por R$ 53.000,00. Tudo bem. Poderia ser até em promoção, mas isto significa que o "verdadeiro" Focus era viável por um preço igual ao deste compacto, que nos Estados Unidos será mais um "entry level".

    ResponderExcluir
  30. Tenho um Polo 2007 . Sempre o achei bonitinho, mas realmente perto do novo Fiesta fico vermelho de vergonha...
    Se ele é melhor de curva que o Polo , com ceteza deve estar muito perto de ter comportamento de um carro esportivo ..
    Agora por esse preco prefiriria o Focus 1.6 ...

    ResponderExcluir
  31. Opps!, não tem porque ficar vermelho não... rs
    Aposto que o design do NF vai enjoar antes que as linhas sóbrias do Polo.
    Enfim, é questão de gosto. Tenho um Polo, é pena que a VWB o tenha abandonado.

    ResponderExcluir
  32. "Um fiesta velho, completo com todos os opcionais, certamente deve enconstar no preço dessa nova versão" não, no tempo da jac antes do aumento prorrogado do IPI 37.990 com abs air bag, mesmo assim ele é caro e o novo mais ainda.

    Mas no Brasil paga-se o preço da novidade ainda que bonito e bom.

    ResponderExcluir
  33. Caro. Por esse valor compra-se o também mexicano Sentra. E ainda sobra um troco. Tadinho do Fiesta!

    Abraço

    Lucas CRF

    ResponderExcluir
  34. Pensando melhor: obsecado por visual do jeito que é, o besta do brasileiro vai fazer é fila para comprar esse Fiesta. Tadinho é do Sentra, carro sensacional, mas sem esse apelo visual.

    Abraço

    Lucas CRF

    ResponderExcluir
  35. Perto de 49 mil? Por esse preço dá para comprar um Tiida S ou gastar um pouco mais e pegar o SL. É hatchback também, mas tem um motor 1.8 bem esperto e tem muito mais espaço interno. Só perde no apelo visual.

    ResponderExcluir
  36. Parece que até o Sandero e o Ágile são melhores pedidas (muito mais baratos e com o mesmo nível de conforto) que esse carro aí...

    ResponderExcluir
  37. Antônio Martins01/11/11 21:40

    Rafael

    "Antônio Martins, o interior todo é menor ou só o porta malas? "

    Vc coloca o banco pra sua posição e não sobra nem o vão de uma canela, não dá 5 cm. O Fiesta "antigo" dá de 10 a 0. Fora que o entar e sair é bem mais cômodo para os passageiros.

    Confira numa concessionária, o banco traseiro e seu acesso é pior que no March...

    ResponderExcluir
  38. Carro muito bom e completo, mas o preço é o cumulo do ridículo, a Ford que esta precisando de conquistar a sua fatia do mercado, esta fazendo isso muito errado, mesmo para os burros de carga dos Brasileiros.

    Esse carro completo aqui deveria custas no máximo 36 mil reais com todos os opcionais e automático !

    ResponderExcluir
  39. Conferi hoje um New Fiesta desses top e digo uma coisa, o carro é fantastico, lindo, bem acabado, muito bem equipado, bom motor e estavel.é um espetaculo, mas cobra seu preço.

    ResponderExcluir
  40. Tenho alugado esse Fiesta novo na Europa e ele é realmente muito bom, mesmo sendo 1.6. Anda bem e é econômico. Outra coisa, o bico bate mesmo no chão, numa valeta bem menor que as do Brasil, o spoiler dianteiro afundou e "cuspiu' os faróis de milha. Ainda bem que o seguro era total...

    ResponderExcluir
  41. Antônio Martins01/11/11 23:03

    Esse motor na Espanha tem:

    120 cv a 6000 rpm
    15,51 m.kgf a 4050 rpm

    133 cv a 6700 rpm
    16,32 m.kgf a 4250

    Ou seja, o nosso gira gira e ainda entrega bem menos. Nem com etanol ficou num patamar condizente com o que se vê hoje. Até os chineses dá JAC e Chery estão em melhor patamar.

    ResponderExcluir
  42. Se o novo Sandero ainda estivesse disponível com o 1.6 16v, não tinha pra esse Fiesta aí.

    ResponderExcluir
  43. Pois é, anônimo das 17:54.
    Mas parece que a Renault não desconfia. Bobos ou relapsos?

    ResponderExcluir
  44. Comparar Ford com Frances qualquer é uma piada...

    Bobos são vocês !

    ResponderExcluir
  45. Anônimo das 19:02,

    Enquanto você fica na mesmice ao optar por carros das quatro grandes, existem outros que sabem desfrutar a qualidade de um bom francês.

    E não se esqueça que toda unanimidade é burra.

    ResponderExcluir
  46. CCN e Anônimo 17:54

    Por isso que não tenho a menor pretensão de largar meu Clio Privilège 1.6 16v. Quem tem um sabe do que estou falando.

    ResponderExcluir
  47. Aléssio Marinho03/11/11 01:29

    CCN1410;

    Acho que deve vir um novo Sandero GT por ai, depois que passar essa fase do lançamento do Duster.
    O que encanta nos franceses é a atenção aos detalhes e o tratar bem.

    ResponderExcluir
  48. Se voces acham que carro frances é bom, realmente é prova do quanto brasileiro não entende nada de carro.

    Carro Frances não vende bem nem na Franca ! Por que será heim ?!

    Tô lascado mesmo com meus compatriotas...

    ResponderExcluir
  49. Como assim carro francês não vende bem na França?

    Lá carro pequeno é só francês. De médio pra cima é que só se vê BMW 3.

    O Renault Clio/Twingo vendem consideravelmente até na Alemanha...

    Há uma diferença latente entre Renault x Peugeot.

    Daqui a pouco vão vir dizer que carro italiano não vende nem na itália... pffffffff

    ResponderExcluir
  50. Rotular um carro pela sua nacionalidade está cada vez mais difícil. Acho que isto só ocorre hoje em dia, de forma pejorativa com os chinesinhos.

    O grande problema dos carros franceses foi que o Sergio Habib os trouxe na década de 90, com a suspensão (principalmente) pouco adaptada à nossa vergonhosa pavimentação. Aliado a uma assistência técnica ridícula, os franceses ficaram com má fama.

    Tenho amigos com Picasso, Clio, Scenic e até berlingo que não reclamam de seus carros. O problema é a eventual falta de peças e a desvalorização acentuada.

    ResponderExcluir
  51. Tenho um Street sedan 1.6 2003. Fui dar uma volta em um sedan MEX e achei o espaço interno igual, pequeno! O do nacional pós-Street é bem melhor.
    Outra, o meu carro tem o Rocam 1.6 de 95cv só na gasolina e é bem mais leve. O mexicano tem 115cv no alcool e o achei bem mais travado que o meu Rocam.
    O que vale mesmo no mexicano é o visual interno e externo arrebatador, fora isso sou mais o nacional.
    Em preços eu nem falo porque o brasileiro é muito tapado nesse assunto...

    ResponderExcluir
  52. As marcas francesas têm muita tradição na indústria automobilística mundial, só não são fortes nos EUA, porque têm um conceitomuito diferente do mercado de lá - primam pela funcionalidade e pela eficiência, ficando mais longe da ostentação e do disperdício peculiares da cultura dos EUA.
    As marcas francesas são muito fortes e respeitadas em toda a Europa, inclusive na Fórmula 1 e no Rallie.
    Aqui no Brasil o problema é a manutenção, porque são marcas novas e menos conhecidas; e não investiram pesado em campanhas publicitárias milionárias como as coreanas e a chineza JAC.
    Dizer que carros franceses são inferiores é puro preconceito de autoentusiasta ignorante.

    ResponderExcluir
  53. A nível nacional, as opções são desordenadas e absurdamente caras, a nível mundial a coisa sim é bem sólida, em que os franceses e italianos estão muito atras e com pouco custo benéfico, até em seus países de origem.

    Simples, o que vocês preferem:

    308/C4 ou um Golf VI/Focus/A3,

    Sandeiro/clio/c3 ou um Polo/Fiesta europeu,

    408/Fluence/c4 ou um A4/bmw 320/Passat/Mercedes 200,

    Scenic/Picasso/3008 ou um BMW X3/classe B/Q5/

    Que mais que tem lá fora que é bem melhor que os Franceses e até italianos...Que adianta ter tradição, e essa tradição ficou a quase 20 anos atras !

    Abraço.

    ResponderExcluir
  54. Anônimo acima,
    Cuidado na sua análise.
    Aqui na europa um Sandero não concorre com Polo não nem Fiesta.

    Sandero - 6500 euros
    Polo/Fiesta - 11000 euros

    E o Clio que concorre aqui com Fiesta e Polo também é o "europeu" que é um belo pequeno carro, inclusive construtivamente e chega um novinho em folha ano que vem.

    O Audi A3 também é um bocado mais caro que um C4.

    Com o A4 quem concorre são os Laguna.

    Sua comparação não vale. Se quiser venha até aqui que lhe mostro nas lojas. Do Brasil não se tem a real idéia desses carros, até porque as versões nacionais deles são bem depenadas e empobrecidas...

    E se eu te disser que Opel não é melhor em nada em relação aos Peugeot e Fiat? Bom, por aqui todo mundo enxerga Renault bem melhor que Opel... inclusive o Vectra 2 que aqui foi um fiasco, diga-se.

    Alemães fazem os melhores carros do mundo mas cobram por isso também.

    Pode voltar a dirigir seu Gold 4,5 agora...

    ResponderExcluir
  55. Não sei pro que não vale, só por que os melhores são pouco mais caros, mas não são do mesmos seguimentos não ? Pois é. Meus familiares moram e Portugal, France e Alemanha e ninguém quer saber de carro Frances e Italiano, pois o menor custo não vale a pena por muitos outros fatores, principalmente a qualidade em geral e desvalorização. Realmente o Opel e carta fora do baralho, por isso nem foi falado, tal quanto qualquer carro Italiano normal.

    Há sim, tenho um Subaru WRX 2010 e um BMW 335ci zerinho, mas já tive Gol também, a um bom tempo atras, com muito orgulho comprado com dinheiro suado e honesto em tempos de faculdade.

    Até.

    ResponderExcluir
  56. Só li hoje o post...

    Voltando ao inferno nacional... Ops! Mercado nacional!
    A Ford que RANCOU a variação de fase do sigma não merece ter sucesso nas vendas, nem com o Fiesta, nem com o Focus, ambos caros! Dito!

    Lucas, bem falado! Sentra 2.0 por 50k... e de quebra ainda vem com um aparelho da Fosgate pra curtir um som! hehehe... Arregalei os olhos pra esta opção, de verdade!

    http://www.nissan.com.br/?gclid=COrV0P2Lp6wCFQ8q7AodqSjpZA#carros%2Fsentra%2Fversoes-e-precos

    Alguém saberia me dizer como é este câmbio manual de 6 marchas? Se for 5+E, fudio! Vou comprar uma barca dessa! Parece que só existe concorrência no segmento de sedan médio no Brasil... Vou largar mão e deixar o gosto por hatchback de lado.

    Sds

    ResponderExcluir
  57. Andei em um, e gostei muito e olha na estrada é facil fazer 15km/l com esse carro. pena ainda ser caro.

    ResponderExcluir
  58. Tomara que com a chegada do HB20 acabe esta palhaçada de compacto premium! Estou com esperança que o nosso mercado está em vias de melhorar! Depende do povo? Depende, mas principalmente de uma concorrência acirrada!

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...