10 de abril de 2012

EXTRA: CET SP ENLOUQUECEU



A autoridade de trânsito de São Paulo, a Companhia de Engenharia de Tráfego, enlouqueceu de vez. Notícia nos meios de comunicação de hoje informam que diversas ruas e avenidas tiveram a velocidade máxima reduzida para 40 km/h. Não é brincadeira de Primeiro de Abril não, é verdade.

Essa velocidade, por exemplo, será a da Av. João Dias entre a ponte de mesmo nome e a rua Nove de Julho. Veja as demais vias afetadas pela demência dos responsáveis da CET:

- Avenida São Miguel
- Avenida do Cursino
- Estrada de Itapecerica (entre a Avenida Ellis Maas e a Rua Feitiço da Vila)
- Estrada de Itapecerica (entre as avenidas João Dias e Carlos Caldeira Filho)
- Avenida Professor Francisco Morato
- Complexo Viário João Jorge Saad
- Avenida Almirante Delamare
- Avenida Adélia Chohfi
- Rua Edmundo de Carvalho
- Avenida Eliseu de Almeida
- Avenida Pirajussara 

Isso sem contar o estrago que já foi feito há um ano, limitar a velocidade no eixo Norte-Sul, um dos mais importantes da cidade de São Paulo, a 70 km/h, ou a av. dos Bandeirantes para 60 km/h.

Esses irresponsáveis estão levando a cidade a parar e, no processo, atacando o bolso dos cidadãos-motoristas com multas visivelmente planejadas. Imagine-se, então, com avenidas de 40 km/h.

Resta esperar que o Ministério Público Estadual entre na justiça contra esse verdadeiro abuso de poder que CET SP está exercendo, um enorme desserviço aos munícipes e quem nos visita.

BS

163 comentários:

  1. E tem gente que não acredita na indústria da multa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Traffic Calming11/04/12 20:59

      A industria da multa é uma das atividades no contexto operacional da Máfia do Trânsito, pois inclui equipamentos, serviços, publicidade, gastos dirigidos, campanhas com muita firula, etc. Com atuação nacional, é poderosa e suprapartidária, ou só no trânsito ela não existe?

      Excluir
  2. É o Kassabão e sua incrível fábrica de dinheiro!
    Eu mesmo, que ando dirigindo super na maciota, tomei uma multa por estar a 45km/h numa rua de 40km/h. Afinal, é mto difícil dirigir prestando atenção ao trânsito e ao mesmo tempo ficar controlando de forma tão anti-natural a velocidade.
    Mas tanto faz, esta multa para mim foi a despedida de São Paulo, cidade maravilhosa que perdeu a cabeça.

    ResponderExcluir
  3. E, Bob, a CET não enlouqueceu. Isso é feito de maneira orquestrada, bem pensada.

    Enlouquecemos nós, cidadãos, principalmente os de São Paulo, que ainda não se mobilizaram contra essa quadrilha instalada nos órgãos de trânsito do Brasil.

    ResponderExcluir
  4. Vinicius - BH10/04/12 10:51

    Raphael falou tudo: Quadrilha! Aqui em BH é a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  5. Caro Bob, eu entrei no site da CET e o entendimento que dei foi que a uniformização das velocidades é de 60 km/h, com determinados trechos possuindo redução de 40 km/h e lombadas a 30 km/h

    Agora, que vai ser um "pega-trouxa" principalmente à noite, isso será mesmo!

    http://www.cetsp.com.br/noticias/2012/04/05/cet-retoma-o-programa-de-padronizacao-de-velocidade-em-vias-da-cidade.aspx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Traffic Calming11/04/12 18:57

      Mais uma falácia para a Capital Mundial das Placas de Trânsito. Se é padronizado, para quê tantas placas? As duas de limite de 60Km são colocadas em vias contínuas a cada 150 mts aproximadamente. Se vc estiver nessa velocidade irá encontrar das duas placas a cada 10/12 segundos!
      A lavagem cerebral utiliza a estratégia da informação infantilizada, colocando detalhadamente e de maneira didática a empulhação, como se fosse a verdade. SP pobre cidade rica, vivendo o circo de ilusões e terror do trânsito, loteada e refém de máfias. Pega dinheiro de trouxa (nós) com os gastos dirigidos, factóides, campanhas falaciosas com altos custos e baixos resultados, mais placas, semáforos, radares, lombadas eletrônicas e outras firulas.
      Roberto visite no item transparência da empresa o sub-item Estatuto. Veja nos objetivos, o par 3 item II: Promover a implantação e a exploração economica de equipamentos urbanos e atividades complementares... É a ponta do iceberg. Visite também os gastos (dirigidos),Composição do Conselho de Administração, Diretoria etc.
      As máfias que dominam o trânsito são nacionais e suprapartidárias, as GET's - Gerências de trânsito (por região)da cidade, são braços operacionais.

      Excluir
  6. Gustavo Cristofolini10/04/12 11:12

    Eu, aposto que ainda var ter gente se manifestando a favor da redução, argumentando que vai reduzir os acidentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso sempre há. São exatamente os mesmos que, se encontram a mulher os traindo em cima do sofá, jogam o sofá fora em vez de se divorciarem daquela que os trai.

      Excluir
    2. Putz, pior que conheço um desses... Pior que o cara é incapaz de fornecer um argumento decente, ele só fica papagaiando o que a cet diz, chega a ser irritante. Ele deve ter parente trabalhando na cet, só pode ser.

      Excluir
    3. Prá quem é a favor da redução de velocidade, vai aí um caso real e com estatística, confirmando a redução de acidentes e multas com o AUMENTO de velocidade - http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2012/01/limite-de-110-km-h-na-freeway-reduz-multas-em-25-3637543.html - Depois que o limite de velocidade na freeway (Porto Alegre / Osório - RS) subiu de 100 km/h para 110 km/h, no 26 de novembro de 2012, o que desceu foi o número de multas. Na comparação de dezembro de 2010 com o mesmo mês em 2011, houve uma redução de 25% na quantidade de infrações e de 10% no número de acidentes.

      Excluir
    4. Dr. Traffic Calming11/04/12 21:17

      Cidades inteligentes tem velocidades padrão inferiores à essa: 40/50Km. O que se busca é Fluidez e não Velocidade. Várias dessas cidades contam com planos anuais, transparentes, elaborados por profissionais competentes, e com a participação da sociedade. São revisados anualmente apara ajustes.
      Não precisa nem inventar, criar factóides e fazer firulas como de hábito e tirar coelhos da cartola se faz aqui. Basta avaliar e tropicalizar, como o de Nove Iorque, que estão disponíveis na Internet. Lá e em outras cidades, ao contrário daqui, o limite de velocidade não precisa desse tsunami de placas,radares etc. pois é padrão. Simples assim... Não há semáforos duplicados no mesmo poste com a mesma função, trocas anuais de placas de sentido que sem manutenção ficam encardidas (repare 23 de Maio/Ruben Berta por exemplo) e no final do ano são trocadas como presente de Natal para SP.E por ai vai. Tudo muito bem pago pela cidade, isto é nós.

      Excluir
  7. Sábado voltando da praia, resolvi entrar em São José dos Campos. Que maravilha andar no anel viário aos 80 km/h regulamentados. A velocidade se alcança naturalmente, todos os motoristas andam no mesmo ritmo, sem risco nenhum.
    Recomendo uma reportagem do anel viário de S. J. dos Campos para mostrar como se regulamenta uma velocidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helcio Valvano10/04/12 22:45

      Não faz propaganda, que daqui a pouco reduzem p/ 60 km/h tbm, já fizeram algo parecido em algumas avenidas da cidade...

      Excluir
  8. É como o Roberto disse acima e está no link: a padronização é de 60 km/h com trechos de redução para 40 km/h.

    Ou seja, vai ser um pega-trouxa mesmo!

    Pq reduzir em toda a via pra 40 km/h, em avenidas como a Francisco Morato, he he, ia ser muita sacanagem... os ônibus são os primeiros a andar acima do limite por lá.

    ResponderExcluir
  9. Noooossa velho, nem formatando o HD isso tem jeito! Vamo botá fogo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembrando que mesmo com o HD formatado, corre-se o risco de ter arquivos capturados. rs

      Então acho que só botando fogo mesmo.

      Excluir
  10. "A segurança do trânsito depende de um maior controle da velocidade. Na maioria dos acidentes, a menor velocidade do veículo pode evitar ou abrandar sua gravidade."
    Não deixa de ser mentira o que diz o CET. Mas porque não obriga todo mundo a andar a pé logo de vez? Assim acaba os atropelamentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, inclusive vamos proibir as facas, porque as pessoas se matam com elas!

      Excluir
  11. Daniel San10/04/12 11:57

    Aqui no RJ o "Robin" Prefeito Eduardo Paes (porque o governador é o Batman...)espalhou pela cidade carros com câmeras que identificam na hora a situação de cada carro,bem como a velocidade em que está andando,afinal,o espertinho pode estar andando acima da velocidade permitida quando não houver um radar fixo por perto,coisa cada vez mais rara,aliás... E tudo sob aplausos da grande mídia,que só mostra na tv quem é a favor da medida. Faz sentido:Este ano temos eleições,e vale tudo pra engordar os cofres públicos pra campanha e ainda encher o peito pra dizer que está tornando o trânsito mais "civilizado".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem
      Vi que essas cameras vao flagar e tirar das ruas carros sem licenciamento e com multas nao pagas.
      Acho válido!

      Excluir
  12. ele precisa fazer caixa pra eleição ,alias o assunto controlar sumiu da midia ,porque será?

    ResponderExcluir
  13. Ainda não consegui o $$ necessario pra cair fora.
    Mas o asco é cada vez maior.

    ResponderExcluir
  14. O que me irrita nisso tudo é a arbitrariedade. Tipo "é assim e foda-se quem se incomodar". Eu gostaria de ver um estudo científico SÉRIO que provasse que essa diminuição de 70km/h pra 60km/h melhorou em alguma coisa o número de acidentes. E gostaria tb de ver um estudo dizendo que piorou o trânsito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não piorou o trânsito e nem diminuiu os acidentes, porque lerdos e apressadinhos sempre irão existir, independente de placas!!

      Excluir
  15. Ahh!
    E eu ainda gosto e sonho em comprar carro esportivo!
    Pra que será?

    Tamos lascados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosta de esportivos ..
      Pague 400 paus num Camaro e ande a 40km/h por ai..
      Eu a pe chego mais rapido que vc. Quer ver?
      Espertao!

      Excluir
  16. São Paulo ficou inviável de se viver há muito tempo. Tudo o que querem é arrancar até seu último tostão, seja no trânsito, no comércio, na absurda burocracia, violência tudo...

    Há 10 anos moro em Campinas, não me arrependo nem um pouco da mudança. Não sinto nenhuma saudade da cidade de São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Campinas é um paraíso comparado ao caos de Sampa... Cidade organizada e bem planejada. Tem seus poréns, claro, como toda cidade, mas ao menos não parecem orquestrados pelo "time de cima" pra sacanear os cidadãos.

      Excluir
    2. Tá louco, Thales?!?!!

      Campinas, organizada e bem planejada??? Campinas, SP? Você só pode estar delirando. Campinas é caótica, cheia de buracos, cheia de radares (que estão momentaneamente desligados porque eram ilegais - cidade organizada e bem planejada...), com trânsito intenso se fazendo por vielas de paralelepípedos ou asfalto completamente esburacado e remendado.
      Pontos em que 3 avenidas largas convergem para apenas 1 rua estreita.
      O trânsito, em Campinas, só flui de maneira decente nas rodovias que a cruzam.
      O único ponto em que ela é melhor do que SP é que tem menos carros...
      Cara, vá passear em São José dos Campos, Sorocaba, Curitiba...

      Excluir
    3. Dr. Traffic Calming11/04/12 14:12

      Prezados, observem que o entupimento dessas cidades por placas, semáforos duplicados no mesmo poste com a mesma operação, radares, campanhas falaciosas de alto custo e baixos resultados, com o apoio da mídia amestrada que reproduz press releases, factóides e outras firulas, sem questionar, segue o modelo aplicado pela empresa mista que supostamente gerencia o tráfego em SP, a Capital Mundial das Placas de Trânsito. A máfia do trânsito é nacional e suprapartidária.

      Excluir
  17. "Resta esperar que o Ministério Público Estadual entre na justiça contra esse verdadeiro abuso de poder que CET SP está exercendo, um enorme desserviço aos munícipes e quem nos visita."
    HAHAHAHA!!!! Certom mas é bom esperar fazendo outra coisa, certo? Que se for esperar sentado, corre-se o risco de ficar com o traseiro quadrado!!!
    Esperar algo do MPE! Certo. Faz tempo que não ria tanto!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Traffic Calming11/04/12 14:05

      Ha pouco mais de um ano, o vereador Adilson Amadeu tentou dar entrada com uma CPI para averiguar as atividades da empresa mista que supostamente gerencia o trafego da Capital Mundial das Placas de Trânsito, mas o pedido foi barrado pela tropa de choque da prefeitura Paulista. O esquema é muito maior do que se imagina. As máfias operam nacionalmente e são suprapartidárias. SP pobre cidade rica, vive em um circo de ilusões e terror no trânsito e é loteada e refém de máfias.

      Excluir
  18. Incrivelmente patetico. Para dar uma ideia do absurdo, uma rua residencial perto de minha casa tem limite de velocidade maior (48km/h) que essas largas avenidas: http://bit.ly/HwXxr6

    Na verdade, mesmo com um Celta, tinha dificuldade em manter 40km/h ha alguns meses atras em visita a Terra Brasilis. Ate preferia andar em 4a ou mesmo 3a para poder controlar melhor a velocidade com o freio motor. Industria de multas, nada mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Augustine, enfie a placa de limite de velocidade no seu rabo.

      Excluir
    2. Anonimo ai de cima
      Por favor eleve seu nivel ou procure outro site adequedo a ele.

      Excluir
  19. Eu parei. Amanhã saio da Infernal Capital e vou para Santa Catarina. Pintou um trabalho por lá, não era exatamente o que eu queria, mas é hora de soltar as amarras invisíveis que nos mantém por aqui sofrendo.
    Fosse o limite de velocidade o maior problema da capital, seria ótimo. Pra mim, um apaixonado pela cidade cinza, não dá mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc vai ver o tempo de vida q perdeu em SP.

      Excluir
    2. Hurbanos, que inveja de vc... Infelizmente a área em que trabalho meio que me prende aqui em SP, se eu conseguisse uma proposta minimamente aceitável também já estaria longe daqui.

      Gosto (ou gostava) muito de sampa, mas eu sinto que essas palhaçadas vão aos poucos me expulsando daqui, sabe?? Como vc disse, não dá mais...

      Excluir
    3. Em Florianópolis, pelo que vi, as velocidades aplicadas para as vias têm limites realistas. Em avenidas de maior movimento, o limite de velocidade é de 80 km/h, em avenidas em que haja maior adensamento urbano próximo, fica na casa dos 60 km/h e não me consta que haja um monte de atropelamentos, até porque a faixa de pedestres é respeitada religiosamente por todos.
      Além disso, os semáforos são temporizados, impedindo a existência de pregos que ficam parados assim que dá o verde.

      Excluir
    4. Sugiro ir à Florianópolis durante a alta temporada... Vai ficar com saudades de SP.

      Excluir
  20. Está na hora desse prefeito tomar uma surra de cinta bem dada, na cara inclusive.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou dar com a fivela nas canelas branquicelas dele.

      Excluir
  21. Cambada de imbecis ignorantes nessa CET de filhos da puta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc deve ser aquele idiota que toma uma multa em cada esquina, lava essa boca pra falar da CET infrator

      Excluir
  22. A cada semana que acesso o AE vejo noticiado um absurdo diferente na cidade de São Paulo. O que mais me dói é que a cidade onde moro (Campinas) sempre acaba copiando as mesmas asneiras implantadas por lá. E a população acha ótimo!! Em uma determinada rádio de notícias, não é raro ouvir manifestações de pessoas clamando pelo rodizio. Reclamando do péssimo estado de conservação das ruas são poucos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Traffic Calming11/04/12 14:30

      Prezado, observe que o entupimento de Campinas e outras cidades por placas, semáforos duplicados no mesmo poste com a mesma operação, radares, campanhas falaciosas de alto custo e baixos resultados, com o apoio da mídia amestrada que reproduz press releases, factóides e outras firulas, sem questionar, segue mesmo o modelo aplicado pela empresa mista que supostamente gerencia o tráfego em SP, a Capital Mundial das Placas de Trânsito. A máfia do trânsito é nacional e suprapartidária.

      Excluir
  23. Dá nada não...em outubro vcs votam de novo na quadrilha Kassab/Serra.

    Vcs adoram chorar msm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pisca-Pisca
      Estamos entre a Cruz e a Espada.
      Nao vejo saida!

      Excluir
    2. Entendi a crítica. É que o Pisca mora em Goiás, aquele estado governado pelo Carlinhos Cachoeira.

      Excluir
    3. Cachorro Louco10/04/12 14:08

      Pisca
      Nada a ver, o negócio aqui é surrupiar e, nesse aspecto, estão todos no mesmo nível, ou seja, o objetivo é o mesmo. Ingenuidade pensar que votando em outro quadro político isso aí mude. Exemplos não faltam. E, só pra terminar, veja só quem são todos os candidatos, seu histórico e quem está por trás. Não dá nem vontade de sair de casa para votar. Só vou porque sou obrigado.
      CL

      Excluir
    4. como nada a ver?
      São Paulo tá sendo estuprado nos últimos 20 anos e ninguém fala nada!
      bando de otários, agem como ratos de laboratório.

      Excluir
    5. AnônimoApr 10, 2012 09:17 AM

      Será q não existe outra saída além do PSDB/PT?

      Excluir
    6. AnônimoApr 10, 2012 09:30 AM

      Pois é...e adivinha de qual partido é o nosso governador?

      Não tem jeito meu kerido, nas grandes cidades daki o PSDB não ganha de jeito nenhum, o problema é o interiorzão.

      Kem é um pouco mais esclarecido não vota em PSDB aki em Goiás.

      Excluir
    7. Cachorro LoucoApr 10, 2012 10:08 AM

      É uma pena saber disso.

      Creio eu q um cara bacana p/ SP seria o Zé Aníbal, mas tungaram o msm na "eleição" interna do PSDB...

      Excluir
    8. AnônimoApr 10, 2012 11:13 AM

      Ratos q gostam de sofrer inclusive.

      Excluir
    9. Dr. Traffic Calming11/04/12 14:35

      Prezados, a máfia do trânsito é nacional e suprapartidária.
      Enquanto se discute aqui sobre um partido ou outro, a máfia compra qualquer um, independente, do partido. O esquema é bem outro. Ou só no trânsito isso não acontece?

      Excluir
    10. Exatamente, dr. Traffic. Eu deixei bem claro aí pra cima qual é a situação há cada época de eleições e ainda assim tem uns caras que não entendem a coisa. Nem desenhando, viu!

      Excluir
    11. Nossa, então é só sair de São Paulo e parar de votar no PSDB... ainda bem que li esses comentários.

      Excluir
    12. Fique em São Paulo MAS pare de votar no PSDB seu chucro!

      Excluir
  24. Pra mim o pulo do gato está justamente nesses tais pontos de redução. Justamente nesses benditos vão ter radares, agora que todo mundo vai andar na velocidade "padronizada". Com o perdão do trocadilho é um crime fazer andar a 40km/h na Almirante Delamare no Heliópolis. Seria para os ladrões ficarem mais seletivos e escolherem melhor suas vítimas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SergioCJr.10/04/12 14:51

      Engraçado.... passei domingo por lá e tinha uma faixa onde estava escrito que a partir de 09/04 o limite da via seria 60 km/h.

      Se não li errado, então estão fazendo pegadinha mesmo....

      Excluir
  25. As estradas estão com a mesma armadilha, com o agravante da variação de velocidades ser maior, como a Regis Bittencourt, em que os limites variam incessantemente de 110 a 40 km/h. Simplesmente não se tem sossego para dirigir. O limite de 110 km/h perdura por uns 3 km, então cai para 80 sem motivo aparente, sobre prá 100, cai prá 60. E, óbvio, no trecho em que cai para 60 km/h há um policial rodoviário esperando com um radar na mão. No trecho próximo a Registro há verdadeira armadilha, em que a velocidade cai de 110 ou 80 para 40 km/h, o que significa praticamente parar no meio da estrada por causa do radar.

    Outro absurdo é a rodovia Ayrton Senna, em SP. O limite de velocidade de 120 km/h cai para 40 pouco antes do pedágio, e HÁ RADAR ali, num trecho em que se estaria desacelerando, mas ainda a uns 80 km/h.

    Para que não digam que a imbecilidade se resume ao governo Kassab, a BR-153, no trecho de Marília a Ourinhos, tem limite de 80 km/h. Como é privatizada, está repleta de radares. A rodovia estadual SP-333, de Marília a Assis, com traçado e condições de asfalto praticamente iguais (mas não privatizada), com uns 50 km de retão e uns 20 km de curvas, tem limite de 100 km/h. Não há justificativa para um limite tão baixo na BR, a não ser a derrama que o Estado nos impõe por meio de impostos e multas em condições que beiram o ridículo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente ridículas e revoltantes essas reduções de velocidade com o único intuito de multar. O trecho da rodovia Ipaussu-Baurú que passa pela cidade de Sta Cruz do Rio Pardo (perímetro urbano, mas o tráfego da rodovia é isolado do das ruas) teve redução, dos razoáveis 80km/h, para 60km/h. Acredito que fui multado lá no último domingo, pois passei devagar, mas possívelmente acima dos 67km/h, e passei por um policial com a "filmadora"...

      Excluir
    2. Diógenes, faço quase semanalmente SP - Mogi das Cruzes e sei bem o que vc está falando sobre o pedágio... É simplesmente impossível andar ali a 40 km/h sem se colocar em risco de um acidente, mesmo na pista da direita. Agora, tem radar ali? Nunca levei multa.

      Excluir
    3. A Regis Bittencourt é exatamente como o Diógenes escreveu. Impossível saber qual o limite de velocidade na maior parte dos trechos, pela frequência e aleatoriedade com que ele muda.
      Se alguem tentar percorrê-la no limite de velocidade determinado, vai levar pelos menos umas 12 horas.
      E sempre há fila nos guiches do pedágio. Raramente mais que 1 ou 2 funcionando em cada ponto.

      Excluir
  26. Só quebrando as pernas desses caras para se mudar alguma coisa. Lembro de uma historieta contada pelo jornalista Sebastião Nery em sua coluna chamada "folclore político".
    Conta que um fazendeiro do triângulo mineiro, cansado de levar multas, sempre no mesmo lugar - no local do radar, um carro parado, com alguém dentro, provavelmente tomando conta do caça-níqueis - certo dia, pegou sua pick-up, meteu uns empregados na caçamba e partiu em direção ao local. Chegando lá, descerem todos e, a golpes de enxada e outros instrumentos da lida na roça, destruiram o equipamento e o carro do infeliz bedel de radar. Desde de então o local deixou de ser "monitorado".
    Taí o exemplo.
    CL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fazendeiro que andasse dentro da lei para não tomar mais multa.

      Excluir
    2. Depende, colega...
      Quando a lei é usada, de maneira escandalosa e inequivoca, para lesar o cidadão, defendo, sim, o quebra-quebra. E, aposto o dedo mindinho como era o caso em questão.
      CL

      Excluir
    3. Lamentável a atitude desse fazendeiro. Imagina como o cara deve ser no trânsito.

      Excluir
    4. Eu já botei fogo num radar e dei uns tiros em outro..

      Excluir
    5. O silencio que precede o Esporro:
      NO QUE ESSA SUA "ATITUDE ESTUPIDA" VAI AJUDAR ?

      Excluir
    6. Atitude estúpida? Ora, um radar a menos, pois! E que mais gente tome coragem e desça o ferro nessas porcarias. Chega de roubo.

      Excluir
    7. Atitude mais do que certa. Se o radar foi comprado com meu dinheiro e está me prejudicando em vez de servir ao bem comum, quebro ele. Simples. Pau no radar assim como meteram o pau no muro de berlim.

      Excluir
    8. Se vcs forem na Zona Leste, tem várias avenidas lá que os radares são destruídos constantemente. Adivinhem o que acontece?

      A sub-prefeitura desistiu de trocá-los. Faz mais de um anos que os postes estão abandonados por lá.

      Se o POVO que não vota nessa corja fizesse isso em todos os lugares, vcs iam ver como essa indústria iria diminuir.

      Excluir
  27. Cachorro louco10/04/12 14:29

    Lembrei de outra, essa contada por algum leitor aqui do blog. Numa estrada de SC, alguma alma caridosa, fez o enorme favor de virar a câmera do radar para fora da estrada. As fotos eram apenas paisagens bucólicas, hehehe...
    CL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu sonho era que surgisse uma moda entre os pichadores de pichar a lente das câmeras desses radares... CR

      Excluir
  28. Excelente atitude da CET-SP! Toda a medida para um trânsito mais seguro é muito bem-vinda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [imbecil detected]

      Excluir
    2. garanto que nem carro tem,otario!

      Excluir
    3. Otávio?

      Excluir
    4. Olavo?

      Excluir
    5. Marcelo Augusto10/04/12 20:03

      Mas um membro da campanha "ABS e airbag de série já"...

      Excluir
    6. Prá vocês que são a favor da redução de velocidade, vai aí um caso real e com estatística, confirmando a redução de acidentes e multas - http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2012/01/limite-de-110-km-h-na-freeway-reduz-multas-em-25-3637543.html - Depois que o limite de velocidade na freeway (Porto Alegre / Osório - RS)subiu de 100 km/h para 110 km/h, no 26 de novembro de 2012, o que desceu foi o número de multas. Na comparação de dezembro de 2010 com o mesmo mês em 2011, houve uma redução de 25% na quantidade de infrações e de 10% no número de acidentes.

      Excluir
    7. Mas vendem carro sem ABS e Air-Bag? Desconheço, o meu tem.

      Excluir
    8. Leitor da VEJA detected.

      Excluir
    9. Olha o petralha anônimo aí, gente! Não gosta da Veja, é? Bom mesmo deve ser ler aqueles panfletos vagabundos, que dizem imprensa livre e sustentados com grana oficial. Vai lá, vai...

      Excluir
    10. Olha o ignorante aí acima, mal educado e burro!
      Petralha é teu CU CL

      Excluir
    11. Cleston!

      Excluir
    12. É isso aí, vagabundo. Petralha, sim. E burro é o seu pai que resolveu te criar ao invés de te matar no ninho, infeliz.

      Excluir
    13. Calma Cleston.

      Excluir
  29. Legal!! Agora poderemos aproveitar a inércia do motor. Façam o seguinte, cheguem neste trecho e joguem uma quarta, ou quinta mesmo e deixem o carro andar pela inércia, assim vcs estarão economizando combustível. Vejam como no fundo o governo só quer o nosso bem!!!

    ResponderExcluir
  30. Concordo co o "Anônimo Apr 10, 2012 10:50 AM". Já pensou se a velocidade máxima nas vias fosse aumentada na mesma proporção que a velocidade final dos automóveis?

    O que precisa ser revisto é o sistema de fiscalização. Mas, parece que não temos intelectuais no governo (seja da direita ou da esquerda) para tal tarefa.

    Asterix

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo... Concordo "com" o "Anônimo Apr 10, 2012 10:50 AM"

      Excluir
  31. É ISSO AÍ BOB!!! PAU NESSA RAÇA MALDITA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual raça maldita?
      - a que acha que pode trafegar na velocidade que lhe convem(?);
      - a que acha que andar com carro sem placa é coisa normal(?);
      - a que se acha jornalista, mas não sabe escrever(?), ou
      - a que acha que Celta é carro de gente(?).

      Excluir
    2. A raça dos anônimos que não se identificam, não gostam do conteúdo, mas insistem em aparecer aqui para causar.

      Excluir
    3. PAU nos preconceituosos que votam no mesmo partido e coligados há 20 anos!

      Excluir
    4. Então pau em todos os eleitores brasileiros já que as coligações são as mesmas, também, há 20 anos ou mais.

      Excluir
    5. PAU em todos que votam no PSDB e se acham donos da razão!

      Excluir
    6. Não fique bravo Paulinho Robertinho.

      Excluir
  32. Depois vêm os pseudo jornalistas IMBECIS da TV/Rádio falar em excesso de veículos.

    O que esses caras querem? Que eu deixe meu carro em casa e vá trabalhar de quê?

    Isso aí galera! Votem no Kassab/Serra novamente e sejam felizes!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você acha que não temos veículos em excesso?

      Por favor!!!

      Excluir
    2. O problema não é o excesso de veículos, é o adensamento populacional em pontos chave da cidade... E isso somado a limites de velocidade menores faz aumentar a densidade de tráfego. Pensa bem, é regra: onde existe radar de 70 km/h a maioria vai diminuir para 50 ou 40 km/h, com medo de ser multado. Essa freiada resulta num efeito cascata que no final a fila de carros que vem atrás vai estar a 20 km/h causando lentidão e muitos carros. Agora baixa 10 km/h nesse limite pra ver o que acontece. "170 km de engarrafamento em São Paulo" como diria alguém do alto de algum helicóptero...

      Tirem os carros e os motoristas sem condição de trafegar e o trânsito vai ficar muito melhor...

      Excluir
    3. não temos veículos em excesso NÃO MESMO.
      a densidade de carros/habitante em sp não é maior que muitas cidades do oriente, américa do norte e europa - alemanha e inglaterra por ex.

      isso é papo de quem nunca foi em cidades desenvolvidas de verdade que trataram de algo que aqui não é compreensível pelos cérebros de macaco: FLUIDEZ!

      já ouviu falar em fluidez? então...

      nosso problema é o carro como modo principal de transporte, e não a quantidade deles.

      há excesso de gente em SP? vamos tirá-las daqui?
      eu topo, põe um programa de emprego em outra cidade que eu vazo rapidinho deste hospício...

      Excluir
    4. Não, excesso de veículos, não. Vamos pensar um pouco e parar de repetir o que a mídia diz.

      Excluir
  33. Depois que diminuíram os limites, reduziu acidentes?

    Sei...

    E a arrecadação?

    hmmm...

    ResponderExcluir
  34. Bob,

    Tenho vontade de protestar e começar a trafegar somente a 20km/h.

    Se todo mundo fizer isso a CET vai ficar doidinha... uma semana já basta. Quero ver o que as bestas vão falar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada a ver... não seja inocente.

      Excluir
    2. Vão por radar de 20km/h... kkkkkkkkk

      Excluir
  35. Bob,

    Esses vassalos põe um limite de 40km/h na Eliseu de Almeida mas o asfalto, a sinalização, o escoamento fluvial, os semáforos, os retornos, as calçadas e tudo mais eles não fazem. Aquela avenida é um verdadeiro LIXÃO!

    Quem mais infringe direitos e a lei nesse país é o estado. O estado é o maior corrupto. E o maior corrupto manda. Eu merecia algo melhor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que vassalos?

      Excluir
    2. ora.
      porque esses caras jogam pra torcida... são prostitutos que fazem qualquer coisa pra ficarem bem com a administração e manter a boquinha.

      são uns vendidos. sempre recorrem ao prático ao invés do certo.
      convenientes e acomodados.

      Excluir
  36. O problema do trânsito de São Paulo, está relacionado existência de prédios. A solução ideal seria demolir tudo e construir somente rodovias. Desta forma, seria possível aumentar a velocidade para 120km/h, mas as pessoas teriam que morar dentro dos carros. Além disto, deveria ser terminantemente proibido parar ou reduzir a velocidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagine como seria emocionante abastecer o carro sem ter que parar nos postos de combustíveis.

      Excluir
    2. Os entregadores de pizza teria que atirar a pizza ainda quente dentro do carro em movimento.

      Excluir
    3. na mosca! os prédios!

      sem ironia agora, prédios tem uma alta densidade populacional incentivada pelo governo via mercado imobiliário com N interesses comerciais de ambos.

      os governos só esqueceram de garantir transporte público pra essa massa de gente, que como sempre, é tratada como gado.

      pensando bem, merece ser tratada como gado afinal, sempre reelege seus algozes.

      Excluir
    4. Para garantir a alta velocidade e satisfação dos motoristas velozes, a CET teria que configurar os pardais, para multar motoristas lentos.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Tudo bem, estou sendo irônico, mas sabemos que não é possível garantir alta velocidade em grandes centros urbanos, a não ser que retire todos os serviços existentes em uma cidade como São Paulo.

      Excluir
    7. Não é alta velocidade, é velocidade coerente com a pista, local, etc. E não deveria ter radar pra velocidade mínima, mas sim policial pra empurrar, fazer andar(dentre outras coisas).

      Excluir
  37. vocês todos não passam de putos de merda que votam no serra/kassab/alckmin depois reclamam.

    trouxas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Traffic Calming11/04/12 08:40

      As máfias, como a da sinalização, serviços etc, que através de empresas de economia mistas - CET's (braços operacionais arrecadadores das prefeituras), transformaram SP, entre outras ações, na Capital Mundial das Placas de Trânsito, operam nacionalmente e são suprapartidárias. Seja qual for o partido, prevalecem os esquemas. O exemplo vem de cima.

      Excluir
    2. DR. Traffic, isso que vc escreve é apenas uma forma de tirar da reta as merdas que O SEU PARTIDO está fazendo em SP há 20 anos.

      Conheço vários cretinos que depois que perceberam que todos os partidos são LIXOS, ao invés de entender que votaram ERRADO mais uma vez, preferem esse discursinho de que é tudo a lesma lerda.

      E adivinhem em quem irão votar depois?

      Excluir
    3. Dr. Traffic Calming13/04/12 17:51

      Anônimo das 07:51:
      Temos uma diferença fundamental de conceito: voce está preocupado com os partidos, estou preocupado com as máfias.

      Excluir
    4. Estou preocupado com a putaria generalizada do País, mas São Paulo é a locomotiva da roubalheira, todos os mandos e desmandos acontecem aqui.

      ninguém se mexe pra nada, nem pra reclamar, incrível como ainda defendem os partidos que governam esta terrinha.

      Com o que o Paulista(ano) paga de IPVA, MULTAS, CONTROLAR, PEDÀGIOS, IMPOSTOS esta terra deveria estar anos-luz melhor do que hoje.

      Nós temos SOBRAS, e cada um tem o que merece. Paulista(ano é bicho burro mesmo

      Excluir
  38. VAMOS PARAR O BRASIL?

    ResponderExcluir
  39. Vocês viram o valor da multa para carro tunado em Osasco? R$ 6.424,50 !!!

    http://uolcarros.blogosfera.uol.com.br/2012/02/28/osasco-que-limpar-cidade-e-arruma-treta-com-tunados/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aliás porque os municípios ainda usam indexador para multas? Não acabou a inflação?

      Excluir
  40. Marcelo Augusto10/04/12 20:04

    Vamos voltar à época da bandeira vermelha, Bob. Velocidade máxima de um homem caminhando.

    ResponderExcluir
  41. Daqui a pouco todo mundo sem carteira em São Paulo! Sem carteira, carros sem documentação, todo mundo fazendo o que quer e quando quer. Vai ser um morticínio.

    ResponderExcluir
  42. Dr. Traffic Calming10/04/12 23:10

    A empresa mista que supostamente gerencia o trafego da Capital Mundial das Placas de Trânsito, continua em sua marcha para transformar SP, também, na Capital Mundial dos Semáforos com a mesma operação,duplicados no mesmo poste. Mais uma palhaçada suspeita, para a cidade (nós que banca tudo e uma festa para os fabricantes e seus comissionados. Com relação a limites de velocidade, a incompetência e irresponsabilidade pôde ser constatada por quase dez anos, enquanto mantiveram por exemplo o limite de 70Km na Av. Paulista e outras similares, sem se preocupar com a aceleração da cidade, perigos e consequências, inclusive como Fator Contribuinte para acidentes fatais. Recentemente tentaram corrigir parcialmente esse erro reduzindo o limite para 60Km, que na Paulista ainda é elevado, com a falaciosa campanha, da padronização de velocidade para segurança. A lavagem cerebral seguiu com os habituais press releases e factóides divulgados pela mídia amestrada, muita firula, faixas em postes e por aí vai. Por que não reduziram o limite da Paulista e similares antes? Por que deixam a confusão entre velocidade e fluidez, que são situações distintas? Alguém já calculou o tempo para encontrarmos nas vias continuas, entupidas com placas (2 de cada vez)de 60Km, colocadas a cada aproximadamente 150 mts? Se dirigirmos nessa velocidade estaremos encontrando 2 placas a cada aproximadamente 10 segundos! Belo golpe achado na brecha da lei que estabelece a distância máxima de 1 Km para colocação das mesmas e deixa a distância mínima para o bom senso em se aplicar o princípio da suficiência. Se é padronizado, também para quê tantas placas?
    Por que se estimula, por ação ou omissão, o desentendimento entre os potencialmente conflitantes grupos integrantes do sistema de trânsito ao invés de estimular uma organização mínima entre os mesmos? Sem satanizar um grupo de cada vez? SP pobre cidade rica, vive um circo de ilusões e terror no trânsito e está refém e loteada entre máfias.

    ResponderExcluir
  43. A Delamare é quase uma rodovia. 60km/h é pouco, e uma lombada eletrônica a 40 será piada de mal gosto.
    Conheço um dos deputados que criou o código nacional de trânsito. O Vicente Cascione. Tem lá seus podres mas é político antigo, jurista respeitado, professor de direito em Santos e nem em sonho ele imaginava que um código visando padronizar a lei do trânsito se tornaria essa feira livre.
    Hoje levo mais de 60 minutos até o emprego, num bairro onde transporte público é mais difícil de achar que cabeça de bacalhau. E amanhã vou no mecânico desamassar minhas QUATRO rodas do carro, graças ao nosso maravilhoso asfalto.
    Fico até sem forças para esbravejar. Um dia me entupo de dinheiro e vou morar na cidade onde minha nasceu, a 550km daqui. Lá não tem nem semáforo, quanto mais radar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amassar as quatro rodas é ser braço demais. Deveria mesmo procurar um professor para lhe ensinar a dirigir.

      Excluir
    2. Dr. Traffic Calming11/04/12 12:34

      Se há indicação de velocidade e o radar, a tal lombada eletrônica não seria mais uma firula que atende lobbies ou máfias?, que dominam os sistemas de sinalização no Br? A lombada tradicional, que no Brasil, "curiosamente" não segue a engenharia e padrões de cidades do primeiro mundo, pois aquí a maioria são verdadeiros "troncos". Seria proposital? Atuando junto com o estimulo/lavagem cerebral divulgado pela mídia amestrada, anti-lombada tradicional? Esta tem custos relativamente baixos de instalação, custos quase inexistentes de manutenção e alta durabilidade, mas têm um defeito fatal: Não dão lucro. Nem para quem arrecada com multas e muito menos com os serviços/gastos dirigidos, no caso, de manutenção/trocas e outras firulas. O negócio é entupir a cidade de equipamentos, monstrengos eletrônicos para informações desnecessárias sobre o trânsito ou hora etc. e deixar os cofres publicos (nós) pagarmos as contas eternas de manutenção, troca etc. O mesmo acontece com as placas de sentido, como na 23/Ruben Berta que, sem manutenção, encardidas, são TROCADAS anualmente no final de ano, como mais um presente para a cidade. SP pobre cidade rica, vive um circo de ilusões e terror no trânsito e é loteada e refém de máfias.

      Excluir
    3. Anônimo, ao contrário de você, eu tenho nome e sobrenome. E muita gente que assina o blog, como o André e o Carlos Farjoun, são amigos pessoais e conhecem minha boa proficiência como condutor e mecânico curioso. Quando puder, me conta a marca das rodas que você usa em seu carro, pois quero usar igual, pra poder andar em paz aqui em São Paulo. Elas são feitas de quê? Unobtanium?
      Ps.: Carro está alinhadinho agora. Rodas novinhas em folha, prontas pra nosso maravilhoso asfalto. Abraços anônimos a você (Mané)

      Excluir
    4. Mais importante do que a marca das rodas é a qualidade do motorista. Se precisou colocar rodas novas é porque não tem tanta proficiência assim. Precisa dirigir com mais cuidado.

      Excluir
    5. Caro anônimo: Nota-se que você é uma pessoa de inteligência ímpar e um poder de observação acima da média, mas eu não troquei as rodas. Eu as desamassei. Aí em Londres isso não deve ser muito normal. :)

      Excluir
  44. Marcelo Augusto10/04/12 23:45

    Essa Av Adélia Chohfi, por exemplo, tem 3 ou 4 faixas, e grande movimento de veículos que vão e voltam do ABC. Vai ser o caos!!

    40 km/h numa avenida dessas: http://g.co/maps/jjz2k

    Só falta falarem que acima disso é risco de acidente. Desaprenderam dirigir!

    ResponderExcluir
  45. Marcelo Augusto10/04/12 23:51

    Por falar em CET, hoje vi dois agentes num Fiesta da CET dando uma de tranca-rua... E ainda freavam de propósito e davam com as mãos para comandar os "apressadinhos", que por causa deles estavam a alucinantes 50% da velocidade máxima da via. CET puxando fila, parecia enterro, fim do mundo mesmo!

    ResponderExcluir
  46. P A L H A Ç A D A !

    Eu que não acreditava muito na teoria da indústria das multas agora dou o braço à torcer.

    CET faz teste de multa por velocidade média e flagra 7 vezes mais infratores

    Medição, na 23 de Maio, usou radares de rodízio; uso do novo sistema nas vias é visto como inconstitucional

    http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,cet-faz-teste-de-multa-por-velocidade-media-e-flagra-7-vezes-mais-infratores,859484,0.htm

    Kassapa está transformando a CET em uma fábrica de multa$!

    O troco virá sr. prefeitinho de m3rd@!

    Eleições estão aí e se depender de mim VOCÊ ESTA DEM-ITIDO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONVOCO À TODOS OS MOTORISTAS PAULISTAS E PAULISTANOS UM PROTESTO PACÍFICO CONTRA ESSA PORCARIA. A PARTIR DA SEMANA QUE VÊM, DURANTE UMA SEMANA, TODOS ANDANDO LIMITE MÍNIMO DE VELOCIDADE POR UMA SEMANA. ESPALHE ESSA IDÉIA. VAMOS ATAZANAR A VIDA DESSE PROJETO DE PREFEITO PARA ESTE PARAR DE ATAZANAR A NOSSA!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Se todos fizerem isto, aumenta a capacidade de vazão dos pontos de retenção e melhora fluxo de veículos. Entretanto não deixa de ser um ótimo modo de protestar e registrar indignacão.

      Excluir
    4. Dr. Traffic Calming11/04/12 08:47

      As máfias, como a da sinalização, serviços etc, que através de empresas de economia mistas - CET's (braços operacionais arrecadadores das prefeituras), transformaram SP, entre outras ações, na Capital Mundial das Placas de Trânsito, operam nacionalmente e são suprapartidárias. Seja qual for o partido, prevalecem os esquemas. O exemplo vem de cima.
      Industria das multas é só a ponta do iceberg. Gastos dirigidos, licitações viciadas etc. é a questão. SP pobre cidade rica, vive um circo de ilusões e terror no trânsito e é refém e loteada entre máfias.

      Excluir
    5. Julio Bomfim11/04/12 11:10

      Olá Readgis, olá pessoal...
      Lendo a reportagem no Estadão lembrei de alguns estudos estatísticos ligados, principalmente, a provas de qualificação e a curvas de aprendizagem que indicam que, em uma determinada amostragem, uma maioria (mais de 50%) não atende a determinado parâmetro ou regra estabelecida, há a necessidade de se rever este parâmetro ou regra ele não atende á necessidade estipulada por esta maioria.
      Trocando em miúdos: por exemplo, se em um determinado vestibular, menos de 50% dos candidatos conseguirem a nota mínima para serem aprovados, significa que aquela prova, como foi feita, não funciona como seleção àquele público-alvo.
      No trânsito, o que isso significa? Se existe um consenso real e espontâneo de que em uma via a velocidade média de fluxo da maioria dos veículos seja de 70km/h, torna-se um contrassenso arbitrário fixar a velocidade máxima para 60km/h (mesmo que a medição seja por velocidade média), uma vez que não atende à maioria do público-alvo.
      É isso. Mais uma arbitrariedade sem embasamento científico da CET e dos nossos "governantes" para alimentar ainda mais a indústria das multas.
      Grande abraço a todos.

      Excluir
  47. Prá vocês que são a favor da redução de velocidade, vai aí um caso real e com estatística, confirmando a redução de acidentes e multas com o AUMENTO de velocidade - http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2012/01/limite-de-110-km-h-na-freeway-reduz-multas-em-25-3637543.html - Depois que o limite de velocidade na freeway (Porto Alegre / Osório - RS) subiu de 100 km/h para 110 km/h, no 26 de novembro de 2012, o que desceu foi o número de multas. Na comparação de dezembro de 2010 com o mesmo mês em 2011, houve uma redução de 25% na quantidade de infrações e de 10% no número de acidentes.

    ResponderExcluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. A Estrada de Itapecerica, uma das vias citadas neste post, é normalmente travada, devido ao intenso volume de carros, faixa de pedestres e dezenas cruzamentos com semáforos. Não acredito que, nos horários de pico, alguém consiga percorrer a via numa velocidade média acima de 20km/h, inclusive há trechos em que a velocidade máxima permitida é de 30km/h.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo Augusto11/04/12 17:25

      E quando estiver mais livre vc passa a 48 km/h e leva uma multa... Essa é a idéia, arrecadar.

      Excluir
  50. simplesmente um bando de chupa-rôla!

    ResponderExcluir
  51. A minha sugestão é mais que desobediência civil, é destruição do patrimonio publico mesmo. Ande com um taco de beisebol no carro e destrua qualquer radar que encontrar pela frente. Depois de fazê-los trocar o equipamento umas mil vezes, eles vão revisar a lei..

    Claudio Figueiredo de Anrade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curioso, hoje é a segunda vêz que ouço esse papo de "desobediência civil". E acho uma boa. Seria interessante espalhar o tema, explicando do que se trata e a dinâmica do processo. Pode dar certo mesmo o Brasil sendo do tamanho que é. Temos de quebrar as pernas dessa gente e a melhor maneira é matá-los de inanição.

      Excluir
    2. Dr. Traffic Calming11/04/12 19:30

      Estamos reféns de máfias profissionais, poderosas, nacionais e suprapartidárias, ou só no trânsito que elas não atuam?
      Uma das estratégias utilizadas por aqui, por ação ou omissão dos interessados, e com divulgação massiva pela mídia amestrada é o estimulo ao desentendimento entre os grupos potencialmente conflitantes que compõem o sistema de trânsito da cidade, satanizando individualmente e opondo motoristas, motoqueiros, onibus, etc uns contra os outros, conforme a temporada. Não se busca a orientação, entendimento, cooperação mínima entre entre esses grupos para minimizar o problema do trânsito. Para esses grupos a situação de desentendimento é o que interessa, até por que enquanto a situação é de conflito, se isentam de responsabilidades que lhes são atribuídas mas não cobradas.
      O que promovem, é uma praticamente uma desobediência civil entre grupos, dirigida e limitada. Curioso e enraivecedor, não?
      Como em qualquer empresa, lugar de gerentes que não gerenciam é na rua, exceto se fizerem parte de algum outro esquema dentro da própria empresa. Se ainda não foi amestrado, de vez em quando alguns comentários interessantes eram divulgados no blog dos funcionários da empresa CET SP afcet.blogspot.com/

      Excluir
  52. Avenida Almirante Delamare, citada neste post, tem um trecho próximo ao viaduto em que os pedestres são obrigados a caminhar na pista da avenida. Além disto, há centenas de casas e lojas com calçadas estreitas e irregulares. Para aumentar a velocidade nesse trecho para 40km/h vai ser necessário reformar a avenida, alargando a calçada ou proibir a circulação de pedestres naquela via.

    ResponderExcluir
  53. Respostas
    1. Ah, GPS. Eu tive GPS em meu carro. Goodyear Grand Prix S 70.

      Excluir
  54. É a ganância do poder público a grande mola mestra dessas barbaridades!

    O Bob já citou por aqui, o descaso com o adensamento populacional e as graves consequencias que a acompanham, acho que o exemplo foi até com um bairro daqui do Rio, a Barra da Tijuca, onde havia um projeto em que somente poderim ser construídos prédios de até três andares.

    Infelizmente, hoje há verdadeiros espigões de dezenas de andares pela cidade toda, é só dar um passeio pela Linha Amarela que poderemos ver. Diversas construções ao estilo "conjuntos habitacionais" com centenas de apartamentos cada, cujo pé direito não passa de 2,20 por unidade só para a empreiteira poder "criar" mais andares... consequência? Ora bolas, mais gente pagando IPTU! Agora imagine só o que acontece às 07:30 da manhã quando todos saem dos seus apartamentos para irem trabalhar? Engarrafa já na portaria do prédio! Que coisa genial!!!
    Tallwang

    ResponderExcluir
  55. Kaçabe da canela branca12/04/12 13:00

    Quem acha que eu tenho a canela branquicela, é que ainda nao viu a minha b****

    E moderem os comentarios ai, seus maleducados. Estou zelando pelo bem de todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é! Então vira aí que eu vou dar com a minha fivela de cowboy.

      Excluir
    2. Kassab, sua bunda?

      Ah, certeza de que você é passivo.
      Leva tanto no loló que acha que São Paulo inteiro também gosta... e vive f...... a gente..

      Excluir
  56. Temos que fazer popularizar o equipamento de piloto automático para muitos modelos e marcas, assim quero ver como o governo vai fazer para meter a mão no nosso bolso: http://www.dalgas.com.br/produto.asp?produto=2
    Quero vê-los arrancar os cabelos quando este equipamento estiver bem acessível.

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...