Google+

12 de junho de 2012

DESPERDÍCIO

Fotos: autor
Tauá Grande Hotel e Termas - Araxá, MG

O hotel-sede do Encontro Nacional de Carros Antigos de Araxá é o Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá, antigo Grande Hotel e Termas de Araxá, de construção iniciada em 1938 com inauguração em 1944. Pertence hoje à Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, mas desde 2010 administrado pelo Grupo Hoteleiro Tauá, com contrato até 2025.

Como o Hotel Quitandinha, em Petrópolis, foi construído para servir tanto de hotel de lazer quanto para ter um cassino. Seus amplos salões ainda parecem reverberar o som da roleta, das pessoas nervosas apostando, das fichas sendo manuseadas, da bolinha da roleta pulando até cair no número vencedor, que pode ser preto ou vermelho.

Hotel e Cassino Quitandinha - Petrópolis, RJ  (Google Images)

Toda a movimentação de pessoas chegando de todas as partes e saindo de volta aos domicílios, umas quebradas, perdedoras, outras vencedoras saindo com o bolso cheio. Um ambiente requintado para se passar horas agradáveis, apostando ou assistindo um dos shows feitos justamente para atrair clientes para o cassino. Shows muitas vezes com artistas de renome internacional.

Enquanto hospedado no Tauá, durante os dias do Encontro pensei em tudo isso, não me saía da cabeça.

Tudo isso acabou com uma penada estúpida do presidente da República General Eurico Gaspar Dutra pouco depois de tomar posse, em 31 de janeiro de 1946. Foi decretado o fim do jogo no Brasil. O Hotel Quitandinha havia sido inaugurado apenas três meses antes.

Havia cassinos na capital federal, a cidade do Rio de Janeiro; em São Lourenço, Poços de Caldas, Campos do Jordão, enfim, cidades que atraíam visitantes brasileiros e de fora do País que queriam apenas se divertir um pouco. Como tantas outras cidades na Argentina, Uruguai, Paraguai. Mas no Brasil seria para nunca mais. Que estupidez, que burrice!

Sem contar as cidades do mundo inteiro, inclusive os dois símbolos do jogo no mundo, Monte Carlo no Principado de Mônaco e Las Vegas, no estado de Nevada, EUA.  Mas os brasileiros não podem jogar no próprio país! Que abuso! Mas são obrigados a escutar no rádio a "Voz do Brasil", coisa do tempo de Mussolini e Hitler.

Não adianta um país ser "gigante pela própria natureza" se quem o governa tem pensamentos e idéias obtusas.

Certo, o jogo é proibido no Brasil, mas em compensação aposta-se até nos “heróis” do Big Brother Brasil. Isso sem falar no turfe, na loteria federal, na loteria esportiva, na Mega Sena e tantos outros verdadeiros caça-níqueis de volantes preenchidos. Até pela internet. É vergonhoso. Até com os bingos implicaram. Um jogo inocente, distração para milhares de senhoras e senhores de idade.

Somos mesmo o país do faz-de-conta.

Tenho dito que não existe nada pior que patrulhamento, o estado querendo mandar na vida do cidadão que o sustenta, na maioria das vezes calcado em premissa falsas e levando-o ao prejuízo.em forma de perda de liberdade – ou de dinheiro quando esse mesmo estado resolve faturar fácil com multas "por excesso de velocidade"..

E manda de maneira burra: imagine-se a arrecadação de impostos com o jogo, como ajudaria a resolver problemas nacionais crônicos como a (falta de) saúde, de infraestrutura de transportes e de saneamento básico.E também o não menos crônico problema da seca no Nordeste, mas só que aí quem ganha com isso, quem passa a mão nas vultosas verbas para seu combate, numa verdadeira indústria da seca, não ia gostar nada.

E que desperdício, um hotel como o Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá sem o cassino.

20º Encontro Nacional de Carros Antigos - Araxá, 7 a 10 de junho de 2012

BS

122 comentários:

  1. É que se o jogo for legalizado, acaba-se com a fezinha no bicho nosso de cada dia, e acaba-se com outras formas de corruptos conseguirem dinheiro ilegalmente e livre de impostos...

    ResponderExcluir
  2. esqueceu de citar a TeleSena do Sr Silvio Santos...uma vergonha...se o Silvio pode explorar o jogo, pq os outros tb não...? Como diz aquele apresentador..."Isto é uma vergonha!"

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o anônimo.
    Que belo lugar e que belos edifícios.
    Lugares magníficos do Brasil, que encerram uma história apodrecida por algumas passagens infelizes ao longo do tempo.

    ResponderExcluir
  4. É Bob, iria ser muito legal por exemplo, chegar no Grande Hotel de ARaxá a bordo de Galaxie ou Dart, vestindo um smoking, acompanahdo de belas senhoras e ao entrar no salão sentir o cheiro de charutos cubanos e destilados escoceses, escutar risos e roletas girando.
    A ultima vez que senti este gostinho, foi no bingo da quermesse quando eu era criança. Cheguei de Fusca, com minha melhor roupa(um jeans novo da pool e camisa social) e via o povão bebendo pingo e comendo filé miau...hahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Bob, lembrei-me de uma entrevista que li do Ciro Batelli na revista Playboy- se não me engano, edição de Dezembro/2001. Ele é um brasileiro que trabalha com administração de Cassinos nos EUA.
    Em um certo trecho da entrevista, ele diz que pediu ao ex presidente João Figueiredo que revogasse a lei que proibe jogos (e por consequencia cassinos) no Brasil. A resposta de JF foi simples e direta: "Se eu revogar essa lei, eu terei 513 Filhos da P... querendo um cassino cada um!". E isso foi em 1982!
    Não justifica o absurdo bem citado na sua reportagem, sobre "o estado querendo mandar na vida do cidadão que o sustenta". Mas acredito que para chegar ao ponto de termos cassinos no país, precisaremos evoluir (e muito) em termos de cultura e civilidade. Sejamos cidadãos ou governantes.

    ResponderExcluir
  7. Voz da Verdade12/06/12 12:20

    O pior é aguentar o coro dos carolas (carolas, não "corollas") que se liberassem o jogo iria "destruir as famílias"...
    No fim no Brasil a solução é sempre acabar com o sintoma, nunca com o doença.
    O mesmo vale para as drogas.

    ResponderExcluir
  8. Rafael Ribeiro12/06/12 12:23

    Os Cassinos não acabariam com o jogo do bicho, loterias, mega-senas, etc... São públicos totalmente distintos. Como morador de Petrópolis (trabalho ao lado do Hotel Quitandinha), convivo com esse mesmo sentimento de desperdício diariamente. Lamentável.

    A única forma do jogo voltar, talvez fosse destinando parte da arrecadação para financiamento público de campanhas políticas. Pode apostar que aí essa corja daria um jeito nisso. Putz, desculpe, sem querer dei a ideia...

    ResponderExcluir
  9. Os 513 filhos da fruta citados pelo JF continuam lavando dinheiro de N outras formas.

    Curioso que não proíbem álcool, que pode "destruir famílias" e viciar da mesma forma que o jogo se a pessoa tiver propensão a isso.

    Eu acho que deveriam legalizar tudo, e colocar regras duras para o uso de drogas, jogadores compulsivos não poderiam entrar em casinos, e ainda sim, se ganhar uma bela fatia com impostos, grana que hoje fica na mão dos traficantes que financiam a violência e também as campanhas políticas.. é, esqueci disso, não compensa legalizar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O estado não deveria proibir nada, mas sim é punir quem exagera.
      Chega de governo paternalista.

      Excluir
    2. Muito sábia observação.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Evandro, eu não fumo e não gosto muito de cigarro, mas acho que o cigarro sozinho não faz um grande estrago (é sempre cigarro e sedentarismo, cigarro e alcoolismo etc). O consumo de cigarro acompanhado de práticas esportivas regulares, alimentação saudável é pouco prejudicial.

      Só que hoje em dia, nesse mundinho hipócrita, fumar é pior que ser nazista e estuprador de velhas virgens ao mesmo tempo.

      Quer dizer, o cara fuma no carro dele, fuma em um bar que permite cigarro (pobres paulistanos...), fuma na rua, fuma na pqp e depois sai de casa e dirige. Fuma antes de chegar ao trabalho, fuma depois de fazer sexo. O que acontece? Nada.

      O cara bebe em casa e entra no carro, o que acontece? O cara vira a noite bebendo e vai dirigir, o que acontece? O cara gasta o salário em bebida, a mulher tenta fazer algo pra salvar o cara e o que acontece? O cara bebe antes de trabalhar e esquece de ir trabalhar e o que acontece? O alcoolismo compromete 15% do PIB brasileiro, mas encher a cara de alcool na balada é motivo de orgulho. Enquanto o cara que acende um cigarro está "poluindo meu ar", "está cometendo suicidio a longo prazo", é uma versão piorada de Adolf Hitler.

      E esse relativismo hipócrita se encaixa em qualquer situação no país. O maior talento do brasileiro é sua capacidade de subverter as coisas. Se deus fosse brasileiro, ele seria um demônio.

      Excluir
    5. Leonardo, faz de conta que você fuma e eu bebo cerveja tá. Você solta fumaça em mim, que é o resíduo do teu vício e está tudo certo. O que você acharia se eu resolvesse soltar o resíduo do meu vício em você ? Proibir o fumo em local público não tem nada a ver com o fumante em si, e sim com o incômodo para quem não é fumante.

      Excluir
    6. Bebida gera, além de resíduos líquidos como voce falou, bafo... Então não venha beber ao meu lado que eu vou me sentir incomodado com o teu bafo... Que coisa, ta na hora de fazer as malas, o politicamente correto aportou de vez no Brasil, fico mais triste a cada dia.

      Excluir
    7. Samuka,

      Como ex-fumante, penso que é fácil resolver essa situação. É só criar bares, lanchonetes, danceterias e restaurantes para fumantes e não fumantes, que não ficam irritados com os fumantes.
      Eu frequentaria.

      Excluir
    8. Joselito: resíduos líquidos, bafo e gente chata.

      Excluir
    9. Garganta de Biela12/06/12 18:28

      Bem que o Clint Eastwood disse que esta geração é um bando de BIXINHAS!
      "Ai ai ai bafo de bebida, socorro papai-estado, me proteja"

      Excluir
    10. Joselito sem noção!

      Excluir
    11. Esse Garanta de engolir Biela além de tudo é muito burro, não percebe sarcasmo?

      Mangolão!

      Excluir
    12. Samuka, você respira escape de carro o tempo todo que está na rua, e ele é bem mais nocivo que a fumaça de cigarro.

      Mas a questão não é que estou defendendo o cigarro. Acho que deve haver lugares para se fumar, e a proibição deve ser delegada ao proprietário do estabelecimento, não ao Estado.

      O que eu quero dizer com essa comparação é que os males da bebida são muito maiores que o do cigarro, só que cigarro tem cheiro ruim e bebida não. Cigarro é nazismo; alcoolismo é glamour. O cara que fuma é mal visto, mas o cara que toma porre, posta no Facebook no outro dia que bebeu até cair, como se fosse um troféu.

      O alcoolismo é responsável por uma quantidade significativa dos casos de violência doméstica, de desemprego e de doenças crônicas, além de acidentes fatais de trânsito. Nada é feito e pior, o consumo é estimulado com publicidade engraçadinha.

      Perto das consequências do alcoolismo, o tabagismo é inofensivo, mas é tratado como um mal que assola o planeta e que deve ser banido para chegarmos a uma sociedade limpinha, porém alcoolista.

      Excluir
    13. Leonardo, parte do que você falou é verdade. Meu avó era fumante desde os 12 anos e morreu aos 79 anos, detalhe que ele fumava todos os dias e bebia no máximo um "dedo" de branquinha no fim de semana e comia muito pouco.

      Desde quando ele se entende por gente, ele sempre pegou no pesado e seu meio de locomoção principal sempre foi a bicicleta. Quando teve que parar, as complicações começaram a aparecer e local onde mais sofreu foi o hospital, lembro que ele morria de medo das torturas realizadas durante os exames.

      Eu tenho vontade de comprar de volta o seu velho Monza 2.0 89 e restaurá-lo, porém não tenho espaço para guardá-lo. Lembro que ele tinha um zelo enorme e todo ano ele mandava trocar a correia dentada entre outras coisas que muitos não fazem por economia burra.

      Excluir
    14. Ex-Fumante16/06/12 10:36

      Os que estão aqui falando que cigarro não faz mal certamente nunca acompanharam um paciente com enfisema pulmonar, DPOC ou qualquer outra das doenças causadas pelo cigarro. Não é porque o seu vizinho ou avô morreu velho que o cigarro é tranquilo. É um fato mais do que provado que o cigarro não apenas mata cedo, mas principalmente condena a pessoa a uma qualidade miserável de vida no seu fim. E ao contrário de bebida alcólica, não existem níveis seguros de consumo. No caso de álcool também está provado que o consumo MODERADO traz benefícios. Então não é o caso de proibir mas sim coibir o abuso. As malditas blitz de Lei Seca TEORICAMENTE estão aí pra isso. Teoricamente pq são ineficazes na prática infelizmente.

      A proibição de fumar faz parte de uma campanha para desestimular o consumo de cigarros. Ok, quem fuma acha um absurdo. Eu fumei 14 anos e aprovo a idéia porque isso foi um dos fatores que me estimulou a parar, porque dentre outras coisas começou a ficar chato achar lugar pra fumar no Rio de Janeiro. E hoje eu tenho até nojo do cheiro de cigarro, fico seriamente incomodado se alguém fumar do meu lado. Jamais serei grosseiro a ponto de pedir a um desconhecido que apague o cigarro, mas fico feliz de poder sentar num restaurante e apreciar o cheiro da minha comida e do meu vinho (fumantes não sabem o que é isso porque tem o olfato e o paladar comprometidos) sem ser atrapalhado pelo fedor de fumaça.

      Porém concordo que a proibição total é errada. Poderiam-se permitir fumantes em qualquer lugar, desde que isolados com vidro e com sistema de ventilação exclusiva. Dessa forma os fumantes podem curtir o seu vício ao mesmo tempo em que os não fumantes não são incomodados.

      Excluir
    15. Eu fumei por quarenta anos e faltam apenas cinco dias para completar dois anos e nove meses sem fumar.
      Mesmo não tendo colocado mais nenhum cigarro na boca depois disso, garanto que o ato de alguém fumar perto de mim não me incomoda, e até gosto de sentir o cheirinho de vez em quando.
      Meu pai morreu com 80 anos por problemas respiratórios, e os médicos disseram que a doença foi provocada pelo cigarro, mas minha mãe que hoje tem 86 anos, fumou até os 84 anos e não tem nenhum sequela no pulmão ou coração.
      E quanto a proibição, sou categoricamente CONTRA!

      Excluir
  10. Proibem os bingos e fazem vista grossa para o jogo do bicho. Vai entender.
    E a aposta em cavalos? Atividade que notadamente serve à lavagem de dinheiro.

    ResponderExcluir
  11. Pela volta dos cassinos, JÁ!!! Não que os milhões arrecadados em impostos vá de alguma forma contribuir para resolver algum dos problemas deste país de m*rda, uma vez que só vai mesmo ser roubado, como já acontece com todos os recursos que entram nos cofres públicos, mas mais pela geração de milhares de empregos diretos e indiretos.

    ResponderExcluir
  12. Bob, é Hotel Tauá, sô...

    Nunca fiquei hospedado, mas já visitei. Realmente grandioso, exagerado. Por dentro não parece aquele hotel do filme "O Iluminado"?

    ResponderExcluir
  13. É isso aí...tem mesmo tem que liberar .. Pelo menos o OTÁRIO será roubado no Cassino por que quer....não como nós outros OTÀRIOS que somos roubados o tempo todo . .

    ResponderExcluir
  14. Jogo é só uma das tantas coisas que são proibidas, onde na verdade deveria ser todas liberadas, triste viver no Brasil.

    ResponderExcluir
  15. concordo com o post.

    não sei qual a relação direta ou parcialmente indireta com auto-entusiasmo, mas concordo.

    podíamos ter monte carlo logo ali.

    ResponderExcluir
  16. Bob,
    Esqueça. Aqui somos macacos.
    cada dia mais sinto meu cérebro definhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então se mata, bobão! Quem tem cérebro luta para melhorar o mundo!

      Excluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André Souza12/06/12 14:20

      Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André Souza12/06/12 15:28

      Olha, quem começou a falar bobagem por aqui foi você, que sempre fala alguma abobrinha nos outros posts... A porta da rua é serventia da casa.

      Passar bem!

      Excluir
    2. Isso aninda termina em porradaria.

      Excluir
    3. Olha o Maricano falando m&rd@ de novo! Desce do seu cavalinho, larga essa lança e resolva seus problemas feito homem!

      Excluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Rafa Piantino12/06/12 15:14

    Bob,
    o nome da administradora do Grande Hotel de Araxá é Tauá e não Tauã como você citou na coluna...

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa Piantino,
      Isso mesmo, que mancada...Já acertei. E obrigado.

      Excluir
  21. Acabei de voltar de uma viagem ao Uruguai. Além dos cassinos, lá se pode sair para jantar, comendo acompanhado de uma boa cerveja, e voltar pra casa dirigindo tranquilamente pela Rambla, a 90 km/h dentro do limite de velocidade...

    Tão perto, mas tão longe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uruguai é um baita país.
      lá se pode até plantar a cannabis.
      ainda vou morar lá, ah se vou!

      Excluir
    2. esses dias ainda mostrou o presidente andando de fusca e doando 75% de seu salário! exemplo

      Excluir
  22. Rodrigo Piasecki12/06/12 16:33

    Mas, infelizmente, vou de contrario do sentimento de vocês. É uma perda lamentável, realmente, no entanto sou a favor da proibição desse tipo de jogo de azar. Só quem tem viciados em família, que perderam tudo por causa de um número, casa, família, carro, sabe o que é sofrimento. Tão ruim quanto as drogas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garganta de Biela12/06/12 18:31

      Legal, então pelo seu raciocínio vamos proibir as bebidas alcoolicas!
      Vamos proibir também os financiamentos, pois quantos não se endividam e perdem tudo por não saberem organizar suas contas?
      Vamos fazer melhor ainda, vamos proibir o dinheiro e ter apenas cartões para trocar por comida e uniformes como é em Cuba! Assim garantimos que nenhuma "família" será vítima dos próprios familiares!

      Excluir
    2. É.. os caras generalizam porque alguem da familia nao teve sorte. Ninguem mandou jogar.

      Excluir
  23. "Mas são obrigados a escutar no rádio a "Voz do Brasil"" Ninguém é obrigado a escutar a Voz do Brasil desde o final dos anos 90. Apenas poucos canais de freqüência passa a Voz do Brasil que vai das sete da noite até as oito da noite. È só mudar de estação. Mas desculpe, respeito a opinião de todos, mas concordo com a proibição de jogos de azar no Brasil. E a existência de jogos ilegais por aí afora não é justificativa da legalização. Na minha opnião, a discussão é a mesma da liberação do uso da drogas ilícitas. Creio que os malefícios são muito maiores que seus benefícios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael Ribeiro12/06/12 17:00

      Meu caro, no RJ TODAS as rádios AM e FM(exceto as chamadas "piratas" ou "comunitárias") veiculam essa arbitrariedade de 2a a 6a feira. Sendo assim, imagino que em outros estados aconteça o mesmo...

      Excluir
    2. Aqui em São Paulo, desde o final dos anos 90, escuta Voz do Brasil quem quer. Não sabia que no Rio de Janeiro é obrigado.

      Excluir
    3. Caro Anônimo, a "Voz do Brasil" voltou a ser obrigatório em São Paulo este ano. Depois de quase 20 anos, ele voltou a ser obrigatório. Vou conferir hoje se realmente voltou.

      Excluir
    4. A "Voz do Brasil" não é obrigatório na cidade de São Paulo nem em 2012. Eu mesmo estou escutando normalmente agora às 07:10 da noite. Na Transamerica FM, Alpha FM, Nova FM...e muitas outras estão com a sua programação normal e são rádios longe de serem piratas. Só alguns poucos canais estão passando a "Voz do Brasil". Pelo menos aqui na cidade de São Paulo, a teoria conspiratória ditatorial, não vale.

      Excluir
    5. Em Santa Catarina eles passam nas principais rádios.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Concordo com você, Cassinos geram perda de bens. Muita gente perde tudo em apostas. Assim como as drogas ilícitas.

      Excluir
    8. Então, caro anônimo, a solução é proibir o maldito álcool, cujos malefícios superam em muito os benefícios, não é?

      Excluir
    9. O ideal seria proibir o álcool também pelos seus malefícios. Mas na prática, isso é impossível, já que o álcool, é algo cultural e está arraigada na nossa sociedade. É sempre o mesmo argumento que essas pessoas que defendem a liberação total das drogas ilícitas e das jogatinas, se o álcool pode, por que não os outros? Nada a ver. Então deveríamos aplaudir a anarquia? Absurdo.

      Excluir
  24. Bingo não era inocente Bob, foi a maior lavanderia (de dinheiro) que existiu no país.

    Tanto que depois de proibido muitos ainda mantinham seus imóveis para "gerar custo".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garganta de Biela12/06/12 18:34

      Mas aí está o problema...
      Bingo era lavagem de dinheiro? SIM!
      Então porque não fiscalizar ao invés de proibir???

      Excluir
  25. o que o bob fazia na epoca da autolatina.... ele tinha inventado o santana tecno, poderia fazer uma reportagem sobre o sistema monoponto na epoca da ford para o ap, quem mais perdeu com a autolatina...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembro desse Santana "trecno". Coisa mais tosca. Na quatro patas falaram que tinha computador de bordo e a foto mostrava uma calculadora HP-11C no console central, hehehehe!

      Excluir
  26. o bob poderia falar da pressao do oleo e da bendita cebolinha do radiador, e da junta de cabeçote que vivia queimando na epoca da autolatina

    ResponderExcluir
  27. Filipe_GTS12/06/12 17:36

    Veja bem.
    Quando havia proibição de álcool nos EUA, os gânsters tomaram conta do mercado negro, lucrando (muito) e cometendo crimes de todas as espécies, inclusive assassinatos.
    O jogo ilegal no Brasil leva ao mesmo fim, políticos (tal qual o tal do cachoeira) que usam dos seus contados, força política, conceito, tradição familiar, amizades, dentre outros fatores, para lucrar em cima de tal prática.
    Isso só dá dinheiro (para eles) porque é ilegal.
    Caso fosse regulamentado por lei, severa e minuciosa, como é o caso da "mega-sena", renderia bons impostos (que voltariam, mesmo que indiretamente, pro bolso dos representantes do povo, pois poderiam aumentar seus subsídios) para o bem da nação em relação aos direitos sociais constitucionalmente previstos.
    Além disso, empregos legais haveriam, ao invés de corrupção de policiais (que deixam de efetuar fiscalização nas casas de jogos ilegais) e empregos "ilícitos", pessoas pagas para gerir as atividades.
    Imagino que o tal do cachoeira não gostaria dessa regulamentação toda, sendo que deve ter pago bons milhões (só para seu procurador pagou 15mi) para ninguém levantar tal ponto nas casas do CN.
    Entretanto, podem perguntar acerca dos entorpecentes. Não se deve legalizar, pois os bandidos do tráfico de drogas não são os mesmos do jogo de azar. Estes últimos são do colarinho branco, os primeiros são assaltantes, sequestradores. E aí, tais sujeitos sem "emprego" (sem renda obtida com o tráfico) iriam nos assolar muito mais.
    Bom texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filipe_GTS,

      Não seja inocente. Ou você realmente acha que quem lucra de verdade com o tráfico são os patrões das bocas? Quem leva a maior parte da grana são os colarinhos brancos da vida, como o tal do Cachoeira que você acha que é diferenciado.

      Os chamados traficantes são os boçais que fazem o serviço sujo, assim como existem os boçais que fazem o serviço sujo para o Cachoeira e outros bicheiros ou colarinhos brancos.

      Assim como há disputa violenta por pontos de tráfico, também há por pontos de caça-níqueis, cassinos clandestinos e bancas de jogo do bicho.

      Excluir
  28. Jogo é proibido por não ter como emitir nota fiscal da aposta!
    Como vão cobrar imposto?
    Imagina a cena: 20 reais no preto 22 e com nota fiscal paulista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na hora que voce compra as fichas.

      Excluir
  29. alguém lembra da fabrica acil ao lado da matarazzo e a vemag

    ResponderExcluir
  30. Realmente é um belo lugar.
    Gostaria, Bob, já que tocou no assunto, de usar seu espaço para elogiar publicamente a decisão de um juiz aqui da cidade onde moro, que concedeu a uma rádio FM local uma liminar que a dispensa de transmitir a Voz do Brasil. Não sei de detalhes, todavia achei uma atitude louvável.

    ResponderExcluir
  31. Bob, o de Petrópolis12/06/12 21:22

    Bob, concordo com o desperdício. Passo diariamente em frente ao Hotel Quiandinha e vejo como ele é imponente! Nós estamo perdendo uma grande fone de arrecadação e além disso o desenvolvimento de nossa cidade parou. Há um tempo atrás, foi vinculada a idéia de transformar Petrópolis em um principado, como Mônaco. Infelizmente não foi para frente - e talvez nossas leis não permitam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cassinos viciam pessoas e fazem muitas perder todos os bens. É algo muito ruim.

      Excluir
  32. bob foi dormir as 21:54 ouvindo o guarani que já escutava quando tinha uma vemaguete kkkkkkk

    ResponderExcluir
  33. Molibdênio12/06/12 22:05

    o Bob viajou. defender a jogatina usando este espaço "auto-entusiasta". Parafraseando o Dep. Federal Romário, aquele que disse que o Brasil vai assitir a maior roubalheira de todos os tempos, antes de ver a Copa, para outros assuntos que não o automóvel, o Bob calado é um poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, poeta! Bob, você vai para a Academia Brasileira de Letras?

      Excluir
    2. Assino embaixo. 2!

      Excluir
  34. Mermão, para de postar bobagens e se manda de uma vez para o Uruguai!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o Bob que o vá também, quando quiser uma jogatina. mas defender aqui no Brasil, onde tudo pode ser janela para picaretagem, aí não dá!

      Excluir
  35. Sei não hein Samuka, essa de um soltar resíduo no outro...sei não!!!

    ResponderExcluir
  36. dizem que o bob tem muitas historias pra boi dormir, mas existem umas que quando estava pra mudar as normas do proconve em 1996, alguns motores do golf foram parar em alguns santanas e quantuns como desova, inclusives de parafusos grandes nos cabeçotes, uno 1.5 simples, grandes tempos.... mijei de rir pois a musica guarani dá sono mesmo.
    bem que o bob poderia abordar o assunto gambiarra de fabrica

    ResponderExcluir
  37. Eu já cansei de postar aqui, como Anônimo mesmo:

    A solução para esse e mais um monte de problemas tem nome: REVOLUÇÃO ! E que seja ao estilo da Francesa !

    ResponderExcluir
  38. Lorenzo Frigerio12/06/12 22:31

    O grande problema do jogo é que tem pessoas que se VICIAM nisso e levam a própria família à ruína. Não é muito diferente, a meu ver, de liberar crack e drogas químicas. Na verdade, algumas das outras jogatinas mencionadas pelo Bob também deveriam ser proibidas.
    Jogo não deve ser considerado passatempo. É VÍCIO. Problema de ordem social e saúde pública.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E dai sexo tbm vicia, existe viciado em sexo. Então não pode mais porque tem alguns que viciam. Cada um cada um. Tem viciado em internet. Então vamos proibir? Cada um sabe o que faz da vida. Se for pro buraco jogando no cassino então problema dele.

      Excluir
  39. dizem que quando acabou a gasolina nos postos nos finais de semana era colocar um bujão no porta malas, ligar a mangueira no carburador e regular a pressao simples, uma gambiarra autoentusiasta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso que falta nesse país ! Coragem ! Fazer uma revolução !

      Excluir
    2. tem outrav gambiarra que é o rabo de galo 1 de gasolina pra 2 de alcool, roda bem na brasilia

      Excluir
  40. Bob, pare e pense em toda estrutura política do nosso país.
    Na corrupção.
    Em políticos dando canetada para dobrar o próprio salário.
    Nos mesmos políticos dando canetada para dividir por dois o salário dos médicos do SUS.
    Em juízes condenando canais de TV a pagarem multa por discordarem de suas decisões de soltar vagabundos que voltam às ruas e matam denovo.
    Na mídia X vendida para partido A e na mídia Y vendida para partido B.

    Agora responda: Você acha que dá para mudar por vias democráticas?
    Aqui no Brasil nunca aconteceu uma revolução, e isto precisa ocorrer. Nós vivemos em uma ditadura velada onde a liberdade de expressão existe às avessas uma vez que a mídia é concedida ou não pelo governo, onde professores e médicos grevistas são tratados na borrachada, onde o desejo da população não é ouvido pelos governantes.

    Hoje mesmo vi que no estado da carolina do norte o governo estava acabando com o imposto sobre propriedade (nosso IPTU) pois o povo em sua maioria não queria mais pagar e aceitava que o estado diminuísse por conta disso.
    O imposto foi cortado, ponto, acabou. O governo deve representar o povo e assim aconteceu. Um governo que vai contra o que o povo deseja deve ser deposto e outro deve ser colocado no lugar. Simples assim. Nós que pagamos, nós que temos o direito calar um governo, não o contrário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz, pare de beber e volte a realidade. Se tem uma coisa que você não tem vocação é para este tipo de análise. Já falei, pare de beber.

      Excluir
    2. Sua mãe não tem vocação para ser mãe, mesmo assim, pariu e criou uma mula como você. Então ele fazer esse tipo de análise é o de menos.

      Excluir
    3. isso ainda vai terminar em porrada...

      Excluir
  41. bob por favor coloque assunto de carro velho e não assunto de velho, tem tanto assunto pra escrever e vc com esse assunto de velho, bingo... vc tem 70 ...

    ResponderExcluir
  42. vamos fazer uma manifestação para o bob colocar assunto de carro velho

    ResponderExcluir
  43. o autoentusiasta está ficando chato com assunto de bingo, cade os macetes de mecanica, cade as gambiarras... orra bob era teu fâ

    ResponderExcluir
  44. para quem escreveu as origens de cht para bingo é de chorar lagrimas de gasolina

    ResponderExcluir
  45. A revolta maior com o fechamento dos bingos foram daquele monte de velhinhas viúvas, sem ter o que fazer e sem ter onde gastar a pensão que recebem....

    Fora que tem uma galera que quando se aposenta recebe pensão integral (juizes, militares, etc e tal) e aí quando batem as botas, as esposas - pobres coitadas - não tem onde gastar suas pensões... só no bingo mesmo...

    O lance é que nas loterias legalizadas, se ninguém ganha, o prêmio acumula (fora a arrecadação de impostos e o lucro da Caixa Econômica), e uma hora alguém ganha. Nos bingos, no bicho e nos cassinos, se ninguém ganha os prêmios acumulam aonde? No bolso dos bicheiros, dos donos de bingo, cassinos, etc...

    Fora que é como disseram lá em cima: o que vai ter de gente querendo abrir cassino, pra lavar um dinheirinho sujo... Tem um terreno numa determinada praia do Guarujá, parado há anos, que dizem que é do Maluf. Não sei se é verdade, mas contam que a intenção dele numa determinada época era de, assim que liberassem os cassinos, ele daria uso ao terreno e abriria um correndo...

    ResponderExcluir
  46. Bob,

    Não posso concordar com você. Em 1946, tempo em que se amarrava cachorro com linguiça e quando as pessoas sabiam o certo e o errado, além de saber se pautar dentro da moral e do civismo, o Gaspar Dutra proibiu o jogo não sem motivo. O Rio de Janeiro, capital federal, estava mergulhado num antro de podridão e desvios. Ainda em tempos recentes, com a liberação dos bingos, vimos do que o brasileiro inescrupuloso é capaz: roubava milhares e milhões e legalizava no bingo com conivência dos donos. Tudo certo! Jogo no Brasil é romântico, mas não dá! Sem falar no sem número de viciados na jogatina. Em Belo Horizonte muitos inresponsáveis tiravam o bolsa família do governo FHC e iam jogar no bingo na esperança de levar mais pra casa, mulheres donas de casa principalmente. Perdiam tudo. Ainda temos que evoluir muito pra termos jogo aqui, e assim mesmo, em cidades distintas. Nos EUA sei de Las Vegas e Atlanta.

    Sergio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Petrópolis e Araxá já estaria de bom tamanho!

      Excluir
    2. Eurico Jr.13/06/12 19:00

      De fato, existe essa versão sobre a proibição do jogo justamente pelo fato do Rio ter virado um antro. Dutra, militar de princípios extremamente rígidos, não gostou do que viu. E não ajudou nada o fato da primeira-dama, a beata Dona Santinha, ser inimiga ferrenha do jogo. deu no que deu.

      Excluir
    3. É Atlantic City e não Atlanta, ANTA.

      Excluir
    4. Hum... então a VW errou ao nomear o Gol de série "Atlanta"?
      Erramos também ao dizer que ocorreram em 1996 os "Jogos Olímpicos de Atlanta"?
      Quer dizer que você diz habitualmente: "United States Of America", ao invés de "Estados Unidos da América"?
      Tu escreves "Brazil" com "z"?

      Excluir
    5. AS duas cidades existem!!!

      -Atlantic City é a dos cassinos.

      -Atlanta é onde fica a sede mundial da Coca-Cola, e sede dos jogos olímpicos.

      Nem sei pq estou explicando isso. Consulte a WIKIPEDIA.

      Excluir
  47. o sonho do Beto Carrero era fazer um Cassino, ele já tinha falado que se liberassem de novo ele seria o primeiro a montar um... e seria muito legal

    ResponderExcluir
  48. Leo Amaral13/06/12 13:33

    Bob Sharp,
    Se você tivesse tido alguêm na família que jogou tudo o que tinha (e também o que não tinha) em bingos legalizados com certeza não estaria escrevendo isso.
    Meu pai é um jogador compulsivo desde que se aposentou e durante cerca de 4 anos conseguiu perder tudo o que tinha conseguido construir em 30 anos de trabalho, sendo desses 15 na GM (SJCampos) e 10 na VW (Taubaté) como ferramenteiro.
    Ele só conseguiu parar de jogar (e não foi abandonado por minha mãe) quando o governo Lula deu um basta nos bingos no Brasil.
    A atmosfera de jogo ilegal (bingos clandestinos) não o atraiu e ele acabou se controlando desde então.
    Todos sabem que os casinos e bingos são feitos para da lucro ao dono e que ninguem fica rico jogando nesses lugares... pode ganhar 1 vez ou outra, mas se fizer a média o resultado é assustador.
    Pense nisso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu tio gastou toda a grana dele com mulher, vamos defender a castidade?

      Excluir
    2. POR CAUSA DE UM OU OUTRO VICIADO AGORA TEM QUE PROIBIR TUDO? IDIOTA.

      Excluir
    3. Leo Amaral14/06/12 21:16

      Box666, idiota eh voce, olha a imagem que vc usa. Ja saiu da fralda? Nao seja ignorante muleque

      Excluir
    4. Leo Amaral, o que poderia se esperar do discípulo do capeta?

      Excluir
    5. Leo Amaral14/06/12 21:27

      BOX666, li seus comentários acima e você é um troll desocupado...
      Vai arrumar um emprego que voce ganha mais...

      Excluir
    6. Continuo achando vc um IDIOTA. Gente viciada tem que receber tratamento, se internar, etc.

      Vamos proibir o FUTEBOL então. Pq muitas desgraças, mortes, etc. já aconteceram por causa dele.

      Típico de mentalidade inferior: combater o sintoma a não a causa do problema.

      Excluir
  49. Bob, já que não é para falar de carro, por que não falar sobre MULHER?

    E aí, Marta Rocha ou Leila Diniz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai infartar o veio

      Excluir
    2. Falem da Vera Fischer. Todo brasileiro com menos de 50 anos já "se pegou" pensando nela quando era adolescente, independente da idade atual.

      Excluir
  50. Leonardo Russo13/06/12 14:38

    Pessoas de bem pagam o preço por uma maioria estúpida, inescrupulosa, folgada e corrupta.
    Seriamos um tipo de baixas de guerra?

    ResponderExcluir
  51. A solução talvez fosse limitar a quantidade de dinheiro a ser apostada por noite. Um valor bem baixo, como R$ 50,00 ao dia.

    ResponderExcluir
  52. Daqui a pouco aparece um aqui defendendo o sequestro de bens e grana por parte do poder público. Tudo para "preservar o patrimônio das famílias do Brasil". Tá cheio de gente bem intencionada nesse nosso país, fico até comovido.

    ResponderExcluir
  53. Bob Sharp, o mais genuíno old school dos nossos jornalistas! A cada opinião um instantâneo do século XX.

    ResponderExcluir
  54. Bob, Bob, Bob...

    Fale do encontro, dos Cadillac's, dos Rolls... comente sobre o leilão! Mas não de cassinos... AUTOentusiasts, Ok?!

    Somos muitos os admiradores tanto do seu conhecimento quanto do blog.
    Não vamos deteriorar essa relação...

    O encontro foi espetacular. Tem assunto pra 03 páginas fácil...
    E já está perdendo o time.

    Crítica contrutiva de quem espera ansiosamente as postagens.
    Mais uma voz. Para fazer coro...

    ResponderExcluir
  55. Carros, senhores, carros!! Este devia ser o foco deste blog. Quem deseja discutir outros assuntos pode procurar outros blogs de outros assuntos.

    ResponderExcluir
  56. maria-vai-com-as-outras16/06/12 10:53

    Guarde esses posts para o Old Politics!

    Falar mal da CET-SP é bem aceitável nesse blog, pq é uma política que envolve automóveis. O mesmo se aplicaria a falar sobre IPI, Importação, etc.

    Mas jogo? Poxa... Serivira num off-topic de um fórum mas nesse blog fica mal colocado!

    ResponderExcluir
  57. Oskrmarinho16/06/12 19:38

    PelamordeDeus! Quando é que vamos criar vergonha na cara e dizer um sonoro NÃO nas urnas a todos os imbecis e safados que governam nossa vida nos mínimos detalhes! Cadê o nosso direito de escolha individual, seja ela boa ou má? Chega de tanto patrulhamento e proibição. Cada um que responda pelos seus próprios atos; já há leis demais, regulamentos demais, proibições demais, e em sua grande maioria, visando atender situações específicas, interesses ocultos e particularidades; então, por exemplo, se os bebuns começarem a mijar nas ruas em tal volume que a imundicie comece a incomodar, ao invés de utilizar uma lei ja existente para coibir a situação, mais do que depressa nossos amados legisladores farão uma lei proibindo o uso do p...o, o que, convenhamos, seria impossível e cômico.
    Se não me engano, a proibição de jogos no Brasil, deveu-se a uma imposição da mulher do Presidente, uma carola comedora de hóstias, que não tolerava jogos, entre outras coisas da vida mundana.
    O "Grande Irmão" já está aboletado no Estado brasileiro e com certeza, daqui a alguns anos, estaremos todos usando chips implantados no corpo dando conta de nosso ir e vir, atos e atitudes, verdadeiros autômatos que seremos, regulados pelo Estado; aí, quero ver, se vivo fôr, se esses pretensos moralistas do "politicamente correto", continuarão dando vivas a todas essas probições estapafúrdias.

    ResponderExcluir
  58. É bizarro o jogo ser "proibido" no Brasil, pois se realmente fosse não poderiam existir Mega Sena, Quina, Timemania, Telesena e Raspadinhas...

    Nos EUA criaram verdadeiros oásis no meio do deserto por causa do jogo, aqui seria uma forma interessante de potencializar o turismo! Locais que vivem de turismo sasonal, como estâncias de inverno, como Campos do Jordão e Petrópolis, ganhariam muito tendo cassinos, pois nos meses de verão o movimento é fraco!

    ResponderExcluir
  59. Bob, Tem informações de quando será o Encontro de Automóveis de Araxa em 2013.

    ResponderExcluir

Olá AUTOentusiasta, seu comentário é sempre bem-vindo! De preferência, identifique-se ao comentar.
Atenção: comentários contendo ofensas pessoais, a marcas, a fabricantes isoladamente e/ou em conjunto, a nacionalidade de veículos, bem como questionando práticas comerciais lícitas e margens de lucro aceitáveis nas quais este blog não interfere, bem como o uso de palavras de baixo calão e a exposição de outros leitores ao ridículo, não serão publicados. O AUTOentusiastas se reserva o direito de editar os comentários sem declinar motivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...