18 de julho de 2012

GOL E VOYAGE SE ATUALIZAM

Fotos: Volkswagen



Depois de quatro anos (julho 2008) e três anos e dez meses (setembro 2008), Gol e Voyage, respectivamente, passaram simultaneamente por atualizações mas sem mudança de geração, que permanece a quinta. As mudanças mais evidentes estão no estllo das extremidades, como ocorre muito, ambos ganhando identidade visual frontal "Wolfsburg", ou seja, acompanhando as linhas gerais de quase todos os Volkswagen alemães.  Aqui, ares de Fox e Polo.

Traseira mudou para melhor

Certamente haverá quem não goste, mas, francamente, não há por que reclamar da decisão da fábrica que tem provocado tanto admiração quanto desaprovação, caso, por exemplo da "semelhança" entre Passat e o Jetta. Mas o mais importante é que de feio não tem nada, pelo contrário, os dois nacionais ganharam presença.

Novo visual do Voyage, mais bonito e com bem mais presença

Especulava-se que a família ganharia agora novo membro, o Gol de duas portas, mas ainda não foi desta vez. É bem possível que seja lançado no 27º Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro. Curiosamente, a ordem de lançamento será invertida em relação ao Gol de segunda geração, de 1994, em que primeiro veio o duas-portas e quatro anos depois, o de quatro.

Gol 2012, como era

As versões continuam como antes, os básicos 1,0 (Gol R$ 27.990,00 e Voyage, R$ 29.990,00) e 1,6-litro (Gol R$ 31.809,00 e Voyage, R$ 34.590,00), mais a 1,6 Power para o Gol (R$ 38.290,00) e 1,6 Comfortline, para o Voyage (R$ 40.890,00). As motorizações 1,6 podem ser associadas ao câmbio robotizado I-Motion, que acresce esses preços em R$ 2.600,00.

Os faróis são de dois refletores, mas nos básicos  são de refletor único.

No básicos, faróis de refletor único


O que mudou bastante foi o conteúdo e houve uma pequena evolução no motor 1-litro, que passa a se chamar TEC, sigla de tecnologia para economina de combustível, que compreende mais potência em baixas rotações e menos consumo, da ordem de 4% em relação à anterior configuração VHT. Números de potência e torque máximos, contudo, não mudaram.

Com álcool, 76 cv a 5.250 rpm e 10,6 m·kgf a 3.850 rpm, com gasolina 72 cv e 9,7 m·kgf às mesmas rotações, mesmo com a taxa de compressão reduzida de 13:1 para 12,7:1.

Na condição de maior potência o Gol com esse motor acelera de 0 a 100 km/h em 12,9 s e atinge 165 km/h e o Voyage, 13,1 s e 167 km/h, ambos em quinta marcha. As diferenças ficam por conta do maior peso do sedã em relação ao hatchback, 974 kg contra 947 kg, e da melhor aerodinâmica do Voyage, Cx 0,313 vs 0,340, áreas frontais compartilhadas de 2,03 m². O curioso foi na primeira geração o Gol ter aerodinâmica melhor que a do Voyage, Cx 0,44 e 0,50, respectivamente.

O motor 1-L recebeu aprimoramento no sistema de partida a frio para o caso de estar com álcool. Agora a bomba elétrica auxiliar fica separada do reservatório de gasolina e a saída é controlada por nova válvula eletromagnética de alta precisão. A gasolina segue até uma minigaleria, à semelhança da galeria principal, que conta com quatro válvulas de injeção que funcionam sincronizadas com o ciclo de funcionamento do motor, tanto na partida a frio quanto na fase de aquecimento do motor.

Para o novo sistema auxiliar para partida a frio foi necessário empregar novo módulo de comando eletrônico do motor, com maior capacidade de processamento, agora com 32 bits e 2 Mbytes de memória. Segundo a Volkswagen, o módulo é de mesma geração da usada na Alemanha.

As melhorias no motor 1,0 TEC incluem novo coletor de admissão de plástico, de melhor fluxo, e novas características do comando de válvulas, que resultaram em mais potência entre 1.000 e 3.000 rpm. Foram também tomadas medidas para redução do atrito interno, com aplicação de camada de carbono na saia dos pistões e molas de válvulas mais macias, estas associadas a redução de massa das válvulas. Retentores de válvulas, do comando e da flange traseira do virabrequim também tiveram o atrito reduzido.

Outra evolução importante no motor 1-litro no sistema de ignição, que passa a ter bobinas inidividuais montadas diretamente sobre as velas, acabando com os cabos de alta tensão  e dando maior eficiência ao sistema como um todo, além de garantia contra parada do motor no evento de falha de bobina. Finalmente, foram adotados novos injetores, de melhor atomização do combustível.

O motor 1,6 VHT, EA111 como o 1-litro, também passou por redução de atrito, de dureza das molas e massa das válvulas. O transeixo VW MQ200 produzido em Córdoba, Argentina, é compartilhado pelas duas versões de motor, com as devidas adequações quanto a relação das marchas e do diferencial. Com a adjunção do sistema de roborização ASG do I-Motion a massa do conjunto sobe apenas 8 kg, enquanto um transeixo automático implicaria cerca de 45 kg mais, segundo a Volkswagen.

Com câmbio manual apenas e com álcool o novo Gol 1,6 acelera de 0 a 100 km/h em 9,8 s  e chega a 190 km/h; o Voyage, mesma aceleração e 191 km/h, pelos dados fornecidos pela fábrica.

O que não é informado, mais uma vez e lamentavelmente, é o consumo de combustível dos novos Volkswagen. Seria de enorme valia, principalmente agora que a norma NBR 7024 estabelece um fator de correção médio de 24%, o que traz os números de consumo normatizado para bem mais perto do mundo real. A mudança na norma acompanhou igual medida adotada pela Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Esados Unidos, a EPA.

O Eco Comfort

Os novos Volkswagen, quando dotados do sistema de informação centralizada I-System opcional, podem vir com o sistema Eco Comfort de instruções no painel sobre como aproveitar melhor o combustível. Essas instruções incluem fechar janelas se abertas mais de 20% estando o ar-condicionado em uso, não acelerar o motor na partida ou com o veículo parado, evitar deixar o motor em marcha-lenta por mais de 10 segundos, não frear e pisar no pedal de embreagem ao mesmo tempo por mais de 6 segundos, na frenagem desengatar apenas abaixo de 1.300 rpm.

Quadro de instrumentos com o Eco Comfort
O Eco Comfort orienta também o uso do câmbio robotizado, como recomendar passar à posição D caso esteja em S sem necessidade. Com o pacote BlueMotion Technology (falaremos já dele, bem como da nova arquitetura eletrônica) há indicação de troca de marcha, do qual falamos no recente post sobre o Fox BlueMotion e que até lembra o motorista de observar o indicador. Mas se o motorista resolver dispensar o leque de mensagens do Eco Comfort, há um botão na alavanca da seta para desativá-lo.

Outras mudanças na linha renovada são a luz de freio intermitente nas frenagens fortes e o acendimento automático do pisca-alerta em substituição à luz de freio assim que o carro parar, dentro da suposição de que a parada é forçada e inevitável. Ao pôr o veículo em movimento, o pisca-alerta desliga-se sozinho.

O freios também sofreram alteração, com novo ABS da TRW e câmara de vácuo do servofreio de 10 polegadas de diâmetro, ante 9 pol. anteriormente, esta permitindo melhor modulação da frenagem.


Tanto o Gol quanto o Voyage 1-litro podem receber a tecnologia BlueMotion, que resulta em consumo de combustível até 8% menor. O pacote comprende pneus de baixo atrito de rolamento 175/70R14 e indicadores de consumo instantâneo e de troca de marcha.

Nova arquiterura eletrônica

Um dos avanços mais importantes no Gol e no Voyage é a nova arquitetura eletrônica multiplex, ou CAn Bus, que permitiu tanto a simplificação dos chicotes elétricos e, portanto, reduzindo as possibilidades de falhas, quanto a  adoção de vários equipamentos inéditos no segmento.

Por exemplo, três piscadas automáticas do indicador de direção ao acionar a alavanca de seta até o primeiro estágio e soltá-la, muito útil para sinalizar mudança de faixa de rolamento e como se tem visto nos carros importados. Também, alerta sonoro de lanternas ou faróis ligados ao abrir a porta estando o motor desligado, diminuição progressiva da intensidade da iluminação interna ao fechar a porta e faróis que ligam ao deixar ou se entrar no carro.

O I-System, sistema de informação centralizado, é igual ao do Passat,  No mostrador entre os dois instrumentos circulares principais são informados estação de rádio sintonizada, nome da música eventualmente executada, situação do telefone (se conectado ou não com o Bluetooth) e dados do computador de bordo (distância percorrida, tempode viagem, velocidade, consumos instantâneo e médio e autonomia). O sistema permite também configurar várias funções do veículo.

A nova arquitetura eletrônica permitiu também estacionamento dos limpadores de pára-brisa somente recolhidos mesmo que desligada a ignição com eles em funcionamento, além de obstruírem menos a visão quando fora de uso. Outra novidade tornada possível com a multiplexagem é o funcionamento intermitente dos limpadores indexados à velocidade do veículo. As palhetas são de novo tipo, aerodinâmicas, aumentando a pressão de varredura.

Outra função que é novidade no Gol e no Voyage é, quando dotados de acionamento elétrico dos espelhos, o abaixamento da orientação do espelho direito ao ser engatada a ré, para maior controle do motorista da distância para a guia da calçada. Enquanto abaixado, o espelho pode ser ajustado para o alvo ideal.

Os rádios também mudaram e estão alinhados com os rádios globais do Grupo Volkswagen. São integrados ao painel e concentram todos os seus recursos tecnologicos na parte frontal, inclusive a entrada auxiliar, e têm total interação com o I-System.

Quando o veículo está equipado com o auxílio a estacionamento, na tela central do rádio é exibida a silhueta do carro visto de cima e uma barra que vai se aproximado do carro indicando a distância para o contato, conjugado com sinal auditivo de intermitência crescente.

Os opcionais foram renomeados, ficando mais diretos e fáceis de entender, além de maior oferta de itens isolados, como a direção hidráulica. Foi criado o novo pacote chamado Acesso Completo, que reúne travamento das portas a distância pela chave-canivete, ajuste elétrico dos espelhos e dos vidros traseiros (o dos dianteiros é de série em qualquer versão), luzes de leitura dianteiras e iluminação de cortesia nas laterais das portas. O pacote é disponível para todas as versões do Gol e do Voyage.

O leque de rodas também aumentou. As rodas de aço de 14 e 15 polegadas têm calotas específicas. Há agora, além da rodas de 14 e 15 polegadas de alumínio, a de 16 polegadas para o carro de motor 1,6-litro, novidade absoluta na linha, com pneus 195/50R16H.

Nova roda de 16 polegadas com pneus 195/50R16H

Para o Voyage foi criado um interessante piso elevado opcional no porta-malas, que é removível facilmente, otimizando a arrumação da bagagem separando-a por tamanho. O piso elevado é uma tampa articulada, de fácil manuseio. Na borda superior da abertura do porta-malas há dois ganchos para pendurar sacolas, bem práticas.

Como andam

O AE esteve num evento de apresentação dos novos Volkswagen na Fazenda Capuava, onde os carros estavam à disposição para serem experimentados. Basicamente os (ótimos) comportamentos estão inalterados, exceto quando com a roda aro 16, em que a resposta de direção aumentou bastante graças à menor deflexão dos pneus de perfil 50. Mas avaliação mesmo só quando a fábrica disponibilizar os veículos para avaliação "no uso", quando teremos certeza de que as pressões dos pneus foram as normais (em autódromo os fabricantes sempre as aumentam um pouco).

Agradou particularmente ver (e andar) no Gol 1,0 básico com conta-giros, inexistente antes. A potência em rotações mais baixas se deixa notar facilmente e a sensação de solidez do monobloco permanece, sendo indiscutivelmente um ponto alto do Gol e do Voyage introduzida na quinta geração.

Os motores ficaram com funcionamento ainda mais suave com as mudanças internas citadas e o corte está 1.000 rpm acima da rotação de potência máxima que, como já visto, é 5.250 rpm tanto no 1,0 quanto no 1,6-litro. Até 6.000 rpm a subida de giro é rápida e agrada.

Os novos Gol e Voyage melhoraram efetivamente e com certeza serão boas armas da Volkswagen para correr atrás da líder de mercado Fiat, no caso específico do Gol sustentar sua liderança absoluta do mercado brasileiro desde 1987, quando tomou o lugar do tricampeão Chevrolet Monza (1984, 1985 e 1986), para não mais perdê-la.

BS



FICHA TÉCNICA NOVO GOL E VOYAGE

MOTOR
1,0
1,6
1,6 I-Motion
Instalação
Dianteiro, transversal
Material do bloco/cabeçote
Ferro fundido / alumínio
Configuração / N° de cilindros / n° de mancais
Em linha / 4 / 5
Diâmetro x curso (mm)
67,1x 70,6
76,5 x 86,9
Cilindrada (cm³)
999
1.598
Aspiração
Atmosférica
Taxa de compressão
12,7:1
12,1:1
Potência máxima (NBR ISO 1585) cv/rpm
G 72/5.250 / A 76/5.250
G 101/5.250 / A 104/5.250:
Torque máximo (NBR ISO 1585) m·kgf/rpm
G: 9,6/3.850 / A 10,6/3.850
G 15,4/2.500 / Á 15,6/2.500
N° de válvulas por cilindro
Duas
N° de comando de válvulas /localização
1 / cabeçote
Formação de mistura
Injeção eletrônica multiponto no duto
Gerenciamento do motor
Bosch ME 17.5.20
Bosch ME 7.5.30
Magneti Marelli 4GV
ALIMENTAÇÃO
Combustível
Gasolina comum e/ou álcool
TRANSMISSÃO


Rodas motrizes
Dianteiras
Câmbio
Manual
Robotizado
N° de marchas
5 à frente e uma à ré
Relações de transmissão
1ª. 4,167; 2ª. 2,300; 3ª. 1,433; 4ª.0,975; 5ª. 0,776; ré 3,182
1ª. 3,455; 2ª. 1,954; 3ª. 1,281; 4ª.0,927 5ª. 0,740; ré 3,182
1ª. 3,455; 2ª. 2,250; 3ª. 1,517; 4ª.1,026; 5ª. 0,740; ré 3,182
Relação do diferencial
4,929
4,188
FREIOS
De serviço
Hidráulico, duplo circuito em diagonal, servoassistido (ABS opcional)
Dianteiro
Disco ventilado Ø 239 mm ou Ø 256 mm se com direção assistida
Disco ventilado Ø 239 mm
Disco ventilado Ø 239 mm
Traseiro
Tambor Ø 180 mm ou Ø 200 mm se com direção assistida
Tambor Ø 200 mm
SUSPENSÃO
Dianteira
Independente, McPherson com subchassi, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e em veículos com direção assistida, barra estabilizadora de Ø 19 mm
Independente, McPherson com subchassi, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora de Ø 19 mm
Traseira
Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado
DIREÇÃO
Tipo
Pinhão e cremalheira: assistência hidráulica opcional
Diâmetro mínimo de curva (m)
10,8
Relação de direção
20,4:1 ou 14,9:1 com direção assistida
N° de voltas entre batentes
4 ou 3 om direção assistida
RODAS E PNEUS
Rodas e pneus, série
Aço 5Jx14, 175/70R14T
Aço 5Jx14, 175/70R14T e para versão Power aço 6Jx15, 195/55R15H
Rodas e pneus, opcionais
Alumínio 6Jx14, 185/60R14H
Alumínio 6Jx14, 185/60R14H; alumímio 6Jx15, 195/55R15H; alumínio 6Jx16, 195/50R16H
PESOS (kg)
Em ordem de marcha (kg)
947 (Voyage 974)
961 (Voyage 985)
971 (Voyage 995)
Carga máxima (kg)
440
Carga máxima rebocável sem freio (kg)
200
400
DIMENSÕES EXTERNAS (mm)
Comprimento
3.895 (Voyage 4.215)
Largura com / sem espelhos
1.656/1.893
Altura
1.464 (Voyage 1.462)
Distância entre eixos
2.465
Bitola dianteira/traseira
1.429 / 1.417 (Voyage 1.429 / 1.416)
Distância mínima do solo vazio/carregado
163/120 (Voyage 161/120)
AERODINÂMICA
Coeficiente de arrasto (Cx)
0,340 (Voyage 0,313)
Área frontal (m²)
2,03
Cx x A (m²)
0,690 (Voyage 0,635)
CAPACIDADES (L)
Porta-malas conforme ISO 3832 (V210)
285 (Voyage 460)
Tanque de combustível
55
DESEMPENHO (nível do mar, 25 °C)
Velocidade máxima (km/h)
G 163 / A 165 (Voyage G 165 / A 167)
G 188 / A 190 (Voyage G 189 / A 191)
Aceleração 0-100 km/h (s)
G 13,4 / A 12,9 (Voyage G 13,6 / A 13,1)
G 10,1 / A 9,8
G 10,7 / A 10,4 (Voyage G 10,7 / A 10,5)
Aceleração 0-1.000 m (s)
G 35,5 / A 35,1 (Voyage G 35,6 / A 35,2
G 31,8 / A 31,5
G 32,6 / A 32,3
Retomada 80-120 km/h, 5ª (s)
G 19,9 / A 19,3 (Voyage G 19,8 / A 19,1
G 13,0 / A 12,9 (Voyage G 13 / A 12,8
G 13,2 / A 13,1
GARANTIA
1 ano integral, 3 anos para motor e transmissão, 5 anos para perfuração de chapa
MANUTENÇÃO
Revisões (km)
10.000
Troca de óleo do motor (km/tempo
10.000 / 6 meses


EQUIPAMENTOS NOVOS GOL E VOYAGE  (3ª coluna, Power refere-se a Gol; Comfortline, a Voyage)
1,0
1,6/              I-Motion
1.6 Power/Comfortline  I-Motion
Básico



Acionamento elétrico dos vidros dianteiros
Alças de segurança no teto
Antena de teto
Apoios de cabeça traserios
Banco traseiro com encosto totalmente rebatível
Bolsa inflável para motorista e passageiro
Carcaças dos espelhos e maçanetas na cor do veículo
Chave-canivete com controle remoto (Voyage)
Cintos de segurança traseiros laterais retráteis
Console central com porta-copos
Conta-giros
Desembaçador do vidro traseiro
Destravamento interno elétrico da tampa do porta-malas
Direção assistida hidráulica
Faróis de dupla parábola
Faróis de neblina
Freios com ABS
Frisos laterais cromados
Iluminação interna com interruptor na porta do motorista
Iluminação interna com interruptores nas portas
Lanterna traseira com lente escurecida
Limpador de pára-brisa com temporizador
Limpador/lavador do vidro tras. com temporizador
Limpador/lavador do vidro tras. com temporizador (Voyage)
Palhetas do limpador de pára-brisa aerodinâmicas
Pára-choque traseiro com refletores de segurança
Pára-choque traseiro com refletores de segurança (Voyage)
Pára-sóis com espelho e iluminação
Pára-sóis com espelhos
Pneus 175/70R14
Pneus 195/55R15
Porta-revistas atrás do encosto do banco do passageiro
Quatro alto-falantes e dois tweeters
Regulagem de altura do banco do motorista
Repetidoras dos indicadores de direção nos espelhos
Revestimento das portas em tecido
Rodas de aço de 14 pol. com supercalotas
Rodas de aço de 15 pol. com supercalotas
Tomada de 12 volts
Travamento central
Volante de direção ajustável em altura e distância
OPCIONAIS
Trend - inclui itens acima marcados com (•)
Adesivo preto na coluna central
Alças de segurança no teto
Antena de teto
Chave-canivete
Defletor traseiro
Faróis de dupla parábola
Fiação para 4 alto-falantes e 2 tweeters
Frisos laterais, carcaças dos espelhos na cor do veículo
Iliminação no compartimento de bagagem
Iluminação interna com interruptores nas portas
Revestimento em Tear Jacquard Marron
I-Trend - inclui itens acima marcados com (•)
Direção assistida hidráulica
I-System
Pneus 195/55R15
Rádio/Toca-CD MP3 com entrada USB, Bluetooth integrado e interface para iPod, com 4 alto-falantes e 2 tweeters
Rodas de aço de 15 polegadas com supercalotas
Rodas de alumínio 15-pol. com pneus195/55R15
Volante de direção multifuncional (para rádio)
Volante de direção multifuncional para rádio e I-System
I-Trend com borboletas - inclui I-Trend
Volante multifuncional (para o rádio e I-System) com borboletas
I-Trend com borboletas e direção assistida hidráulica
I- Trend com direção assistida hidráulica

Volante multifuncional (para o rádio e I-System) com borboletas
BlueMotion Technology
Emblema BlueMotion Technology
Indicador digital de consumo instantâneo de combustível
Indicador digital de troca de marcha
Itens I-Trend + BlueMotion Technology
I-Trend BlueMotion Technology
Pneus 175/70R14 de baixa resistência à rolagem
Acesso completo (1,0) Conforto completo (1,6 Power)
Abertura externa da tampa do compartimento de bagagem com chave e controle remoto
Acionamento elétrico dos vidros das quatro portas
Alarme keyless
Ar-condicionado
Chave-canivete com controle remoto
Iluminação interna com interruptores nas portas
Luzes de leitura dianteiras
Luzes de leitura dianteiras e traseiras
Retrovisores externos com acionamento elétrico e função apontar para baixo ao dar ré
Travamento central com controle remoto
Aquecimento
Ar-condicionado
Direção assistida hidráulica
Elevação do assoalho do porta-malas (Voyage)
Preparação com alto-falantes, com antena de teto

Antena de teto
Fiação para 6 alto-falantes
Alto-falantes
Quatro alto-falantes e dois tweeters
Faróis de neblina
Alças de segurança no teto

Pára-sóis com espelhos iluminados

Faróis e luz de neblina traseira
Luz traseira de neblina
Bolsas infláveis duplas e freios com ABS

Sensor de estacionamento
Rodas de alumínio 14-pol. com pneus185/65R14

Rodas de alumínio 15-pol. com pneus195/55R15
Rodas de alumínio 16-pol. com pneus195/50R16
Revestimento em Native Vienna Preto e banco traseiro  bipartido

231 comentários:

  1. Gostei do novo visual, bastante agradavel..

    Obs:

    Há tempos que venho esperando o teste do Chevrolet Cruze....

    Henrique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique
      Nós também. Infelizmente a GM do Brasil (a área de imprensa, bem-entendido) ainda não descobriu a penetração de determinados veículos de comunicação, como o AE e Best Cars. Enquanto isso, vão caindo na participação de mercado e demitindo funcionários. Muy espertos...

      Excluir
    2. A imprensa da GM é lastimável.

      Deveria ser "desrelacionamento de imprensa".

      Um amigo repórter criticou o cabo usb do som do Classic e o jornal no qual ele trabalha ficou sem carro para avaliação por quase um ano.

      Excluir
    3. A GMB está se tornando tão pragmática nessas questões que não é surpresa mesmo estarem perdendo mercado, isso somado aos desastrosos lançamentos dos últimos dois anos. Não é possível que ninguém lá dentro, uma miserável alma, se dê conta disso. Mais do que novos e bons produtos a GMB precisa de novos líderes. E que sejam entusiastas, chega de burocratas com a bunda quadrada de estarem apenas sentados em suas poltronas.

      Excluir
    4. Não é só a GMB q tem seu departamento de "desrelacionamento de imprensa", a Hyundai tb tem...até pior q a GMB, pois além de ignorar a Webimprensa, ainda mente para todos e ignora tb as revistas especializadas.
      E idiotas ainda compram carros destas empresas...

      Excluir
    5. A General Motors no Brasil é um aglomerado de barracões velhos em São Caetano do Sul.

      Excluir
    6. E mesmo assim... A GMB continua vivendo às custas de suas viúvas!

      Excluir
    7. Não é bem assim não bob, a gmb conhece (e muito bem) a querida bcws, a politica da gmb é de retaliação a bcws, que sempre fez criticas construtivas e muito corretas sobre a gmb, que com raivinha passou a deixar a bcws de fora dos lançamentos...
      eu não sei como é o relacionamento do ae com a gmb, mas com a bcws o relacionamento azedou por conta das criticas corretísimas do mestre fabrício samahá...
      Thiago Vaz

      Excluir
    8. Marcelo Augusto18/07/12 23:54

      Não sabia que o AE também está retaliado pela GM como o BCWS.

      Excluir
  2. Bob confesso que não entendi essa de "deixar em marcha-lenta por mais de 10 segundos". Poderia explicar, por favor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acima de 10 segundos compensa você esperar com o carro desligado, acredito eu.

      Excluir
  3. Bob, você esqueceu de citar um ponto que achei importante nessa atualização do Gol, que é a disposição do acionamento da luz em botão giratório, e não mais na alavanca de seta. Isso é como um padrão VW, mas a VW se esqueceu disso nessa geração.
    Essa reestilização deveria seguir nos moldes do Tiguan, uma vez que a frente do Gol foi inspirada nele. Ao vivo possa até ter ficado melhor, mas por fotos essas linhas retilíneas frontais não combinaram com as curvas do carro.
    Esperava mais dessa roda 16' (não é uma inovação Bob,o Gol Vintagem também vinha equipado com rodas 16' 4x100). Essa simetria em 4 partes não me agradam, e me parece preguiça de elaborar um desenho melhor.
    Essas novas saídas de ar parecem ser melhores, porque da atual geração 5 eram horríveis (mal encaixados, duros, não vedavam bem, e em alta velocidade, mesmo com o vento desligado, ainda soprava um ar por eles).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yuti-RL
      Esqueci mesmo, são muitos itens para se observar em pouco tempo. Também gosto de interruptor por botão giratório. Não me lembro desse Gol e repeti o que me foi passado. Tem certeza? Quando foi?
      Reestilização, gostei.

      Excluir
    2. http://www.noticiasautomotivas.com.br/novo-gol-vintage-confira-em-primeira-mao-todos-os-seus-detalhes/

      Série especial, de 30 unidades, custando 53k. Além da pintura diferenciada e das rodas 16', ainda vinha com uma guitarra Tagima no porta malas.

      Excluir
    3. Yuri-RL
      Apenas uma série especial então, por isso nem me ocorreu. Trinta unidades em um fabricante desse porte é poeira estatística. Mas obrigado pela informação.

      Excluir
  4. Aléssio Marinho18/07/12 12:29

    Bob,

    A VW implantou a rede Can na linha Gol somente agora ou atualizou as funções? Pergunto pois o I-System possuem características que seriam disponibilizadas somente com ela, e no texto não ficou claro...
    Ah, a título de informação, o Clio vem com rede Can desde 2000 e o Palio, 2001...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aléssio Marinho
      Corsa 4300 de 2002 também, mas depois abandonaram. No Gol, somente agora.

      Excluir
    2. Aléssio Marinho18/07/12 12:46

      É o custo, o fantasminha. Gosto da rede Can, proporciona conforto em detalhes pequenos mas importantes, como ligar o limpador traseiro ao se acionar a ré com o dianteiro ligado, ou diminuir a velocidade dos limpador dianteiro ao se parar o carro num semáforo, por ex.

      Excluir
    3. O Fox 2010 tem uma parte em CAN (painel, i-system, abs, airbag, ecu) e algumas partes à moda antiga, inclusive o diagnóstico que é feito pela K-line.

      Também acho muito bom o conceito do CAN, basta um transceiver em cada módulo e o resto é software.

      Excluir
  5. Bom, não seria esta atual geração a terceira?

    A VW lança agora o modelo 2013 e meio, já que a linha 2013 já havia sido lançada com o visual anterior. Uma falta de respeito com o consumidor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jackie Chan18/07/12 12:38

      Que nada, esse é o Gol G6! Hehe...

      Excluir
    2. Rapahel Hagi
      A Volkswagen deu as denominações das gerações e considero irrelavante contestar. Concordo, essa zorra de ano-modelo sem uma lógica, um padrão tinha mesmo de acabar. Tinha de ser em agosto a mudança e fim de papo.

      Excluir
  6. Não é chatice minha, mas não engulo essa generalização estética da VW. Puxando por longe, gostava mais do padrão visual da marca nos anos 80, cada modelo tinha um visual, e não deixava de haver uma identidade estética da marca. Quanto ao carro em si, devia ser mais bem equipado, em comparação com o mercado argentino, os carros têm bastante mais equipamentos de série. Embora, com o acirramento da concorrência, bem aos poucos, as 4 grandes, VW, GM, Fiat e Ford, estejam melhorando o nível de equipamentos dos carros; quem lembra do mundo mágico e louco dos famigerados pacotes de equipamentos, opcionais, da VW nos anos 90?

    ResponderExcluir
  7. "Outra evolução importante no motor 1-litro no sistema de ignição, que passa a ter bobinas inidividuais montadas diretamente sobre as velas, acabando com os cabos de alta tensão e dando maior eficiência ao sistema como um todo, além de garantia contra parada do motor no evento de falha de bobina, caso única." Será mesmo evolução, ou volta a um sistema, já que a VW é dona da DKW que desde os anos 30 usava essa solução em seus motores?
    Bastante racional deixar o conta-giros no motor de um litro, onde mais se precisa dele. Embora, diga-se de passagem, Celta e Clio custassem muito menos que o Gol e já trouxessem o mostrador.
    A lamentar:
    Os pneus 195/50/16: Onde um carro assim equipado andará? No asfalto brasileiro que não deve ser, já que um perfil baixo desses é bolha na certa, uma largura dessas num carro nem tão pesado não tem como não gerar aquaplanagem, e, por fim, a maior resistência ao rolamento farão o carro, que não é nem deveria ser um primor de potência, andar menos e beber mais que se equipado com uma medida mais racional.
    Nem sinal de Parati: Eu gostava muito da peruinha, dirigi várias, e ela se adaptava às mais diversas necessidades. Não deve ser tão difícil para a VW partir da plataforma do Voyage e fazer algo decente. Falando em Voyage, nota-se que, apesar de não ter alterado quase nenhuma chapa da lataria externa (se mudou, foi a tampa do porta-malas e os pára-lamas dianteiros), ficou muito mais parecido com o Fiat Grand Siena.
    No geral, a maior mudança foi eletrônica, e essa parece ter sido para bem melhor, mas afasta ainda mais o carro hoje fabricado daquele que ficou famoso por que qualquer zé de esquina sabia consertar. Fazer o que? Outros tempos, outras necessidades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  8. Posso ser minoria, mas aprovo a padronização da VW. O que não gosto, é a faixa lateral que se eleva da metade para a traseira do carro. Na minha opinião, deveria ser reta, porque sempre fico com a impressão que ela está caindo.
    Gostei dos carros, mas o problema da VW são os opcionais caríssimos. Certamente um Gol ou um Voyage completo será inviável. Se ao menos ele lançassem o duas portas com motor 1,6...E não só o Gol.

    ResponderExcluir
  9. Ótimos carros e que ficaram mais bonitos ainda! Tive o prazer de dirigir um Gol Power 1.6 2011 e achei o carrinho incrível, um foguetinho divertido e econômico!

    ANÔNIMO SEM NOME.

    ResponderExcluir
  10. brauliostafora,

    Também acho que os pneus de 16 polegadas não são indicados.
    Qual a opinião do Bob?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. brauliostafora
      O meu limite de perfil para rodar no Brasil é 55. Todavia, há que se reconhecer que a indústria de pneus avançou muito na questão de resistência do flanco, de modo que perfil 50 começa a ficar viável. E o mercado quer roda maior, portanto a Volkswagen apenas procurou atender esse mercado com o aro 16. Meu palpite é que não haverá problema.

      Excluir
    2. No Fit/City vem com 185/55R16, e tem muitos casos de perda de pneus com bolhas. Mas acho que em parte é culpa da baixa pressão 32/30. Saberia dizer qual a pressão que a VW adotou para essa nova medida?

      André Andrews

      Excluir
    3. eu tive um gol com esses pneus. Com as rodas de liga leve, formam bolhas a toa, fato. Mas dizer que aquaplana mais rápido e todos os outros defeitos... acho que é falho. O carro é muito bom de chão, freia muito bem e acelera bem também, apesar de não ser um expoente de potência, como foi dito. Se o consumo melhorasse em 1km/l através da adoção de pneus mais estreitos, bem, se não, não compensaria a queda de desempenho.

      Um detalhe importante é que o carro já era duro com pneus perfil 55, agora com esse 50, deve tá confortável como um passeio de cavalo.

      Lucas Franco

      Excluir
  11. O anterior era bem mais bonito.Ao invés de fazes plásticas desnecessárias no carro que já era belo, a dona VW devia era melhorar o conteúdo de série rídiculo dele, que ainda por cima é mais caro que a concorrência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho. Melhoraram em detalhes completamente fora do público alvo e da proposta do Gol, como o I-System e as funções da rede CAN ou até as bobinas individuais (que podem representar um certo risco num carro de baixo custo de manutenção). E deixaram sem mexer o que interessaria, que seria um pouco mais de equipamentos de série.

      Além disso adotaram um visual que não tem nada a ver com o Gol, que sempre teve desenho próprio dentro da linha VW e que também achei mais feio que o original. Pra tudo isso e pra cobrar mais caro já existia o Polo.

      Excluir
  12. Estragaram o Gol, o mais belo Volkswagen nacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você achou isso mesmo ? eu acho o Polo Sedam mais bonito (a não ser que o Polo não seja nacional ,eu não tenho certeza disso ).Abracs ,Fabio.

      Excluir
    2. Opá! essa ardeu o olho ,corrigindo " Polo Sedan ".

      Excluir
    3. Eu gostei das mudanças
      Nada se compara a um VW

      Excluir
    4. nuss!! vao cair os dentes da boca

      Excluir
  13. Bob,

    Essa dIminuição na taxa de compressão do motor 1 litro pode ter sido para diminuir aquela batida de pino tão recorrente que lhe falei?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo Costa
      Aposto que sim.

      Excluir
    2. Nossa, e como é recorrente. Nos dias atuais que estou sem carro, tenho utilizado esporadicamente um Gol 2012 1.0, com menos de 1000 km rodados.

      Como ele bate pino é algo que me surpreende a cada saída de semáforo nas ladeiras belorizontinas.

      Excluir
    3. Tenho um 1.6 que entre 2600 a 3000 giros bate pino quando está rodando com gasolina comum... seria isto ocasionado pela alta taxa de compressão? Abastecendo com álcool ou gasolina podium o problema desaparece... um regulagem de injeção poderia resolver o problema? Se a fizesse, haveria alteração no consumo para mais ou para menos?

      MAYONE ALVES

      Excluir
  14. Não me agradou tanto, achava a frente já bonita e a traseira horrível. A frente continuou bonita e a traseira talvez ao vivo agrade mais. Mudanças em vários aspectos vieram de bom grado, muitas atualizações e bem vindas. O que eu acho lastimável é essa moda de roda enorme em carros de entrada, 16 polegadas de roda não é bacana pra um carro do porte do gol, ele não precisa disso tudo, é uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho.
      Isso sem falar que o preço dos pneus 16" costuma ser alto para o público que compra um carro de entrada... e daí na troca é remold na certa.

      Excluir
  15. Vai ter algum vídeo de teste na Capuava?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme Jr.
      Desta vez não. O tempo era algo apertado lá.

      Excluir
  16. O facelift ficou bom ,mas o desenho da traseira do Voyage não ficou boa ,acho que a lanterna tem que ser proporcional ao tamanho do carro , a parte tecnológica tambem é interessante ,quero ver agora e o preço.Abraçs ,Fabio.

    ResponderExcluir
  17. Caro Bob, a Vw não atualizou o cambio automatizado? Se não, que pena....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 18/07/2012 13:32
      Não atualizou. Inclusive falei-lhes sobre o Bravo com o Dualogic Plus e o avanço lento, um passo à frente nos robotizados.

      Excluir
    2. O Easytronic da GM possui creeping desde que foi lançado, coisa de alemão da LUK.
      A Magneti Marelli aprendeu a fazer automatização agora.

      Excluir
    3. Anônimo, 18/07/12 18:00
      Tinha, mas havia um problema, a embreagem não abria com pé no freio, ficava patinando.

      Excluir
    4. Magnetti Marelli faz automatizado desde antes de qualquer outro, ela quem começou fornecendo para a Formula 1 quando começaram a usar essa tecnologia. LUK é uma fabricante de embreagens medíocre

      Excluir
  18. Vi em algum lugar e achei interessante: o slogan da VW é "VW é carro mesmo", mas devia ser "VW é CARO mesmo". Bota um Gol ou Voyage destes completo, e fica muito mais caro mesmo que seus concorrentes, he, he!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mr. Car
      Um VW custa mais, e assim deve ser mesmo!
      Está bem acima da concorrencia em padrao de qualidade e tecnologia embarcada.
      Alem do mais , na hora da venda um VW na mao é como um cheque visado!
      Fabio

      Excluir
    2. Ah, vá....

      Excluir
    3. Anônimo18/07/12 14:04 Okay ...

      Excluir
    4. Esse negócio de "bem acima da concorrência em padrão de qualidade e tecnologia embarcada" era para ser levado a sério? Se era, perdão: ri pacas, he, he, he!

      Excluir
    5. Piada do dia:

      "Um VW custa mais, e assim deve ser mesmo!
      Está bem acima da concorrencia em padrao de qualidade e tecnologia embarcada.
      Alem do mais , na hora da venda um VW na mao é como um cheque visado!"

      Excluir
    6. Voz da Verdade18/07/12 16:00

      Incrível! Tem gente que ainda acredita nesse lero-lero de "padrão de qualidade" e "revenda"... Coitados!

      Excluir
    7. O otário compra Gol 1000 a preço de Golf europeu e sai arrotando vantagem por aí.

      Alguém já contou pra ele que o primeiro comentário quando o Fox chegou lá na europa foi: "isto não é um Volkswagen"?

      Comédia esses caras...

      Excluir
    8. "Um VW custa mais, e assim deve ser mesmo!
      Está bem acima da concorrencia em padrao de qualidade e tecnologia embarcada.
      Alem do mais , na hora da venda um VW na mao é como um cheque visado!
      Fabio". kkk, me deu de estômago de tanto rir! O carro não tinham nem eletrônica embarcada de geração do final dos anos 90 e começo dos 2000, acabamento padrão vw (aquele em que o porta-luvas abre sempre que se passa devagar sobre tartarugas pequenas)... surreal.
      VPJ

      Excluir
    9. Collor tinha razão... andávamos em carroças!!!!E pior que em efeito daquilo até hoje estamos bem defasados em relação a Europa, culpa dos altos impostos e da má vontade da indústria nacional.

      Excluir
    10. Na boa, de que adianta ser bom de revender se é fácil de roubar e o seguro é outro assalto ?

      Que tal pararem de ficar nesse mi mi mi e se focarem no carro em si, sua qualidade, usabilidade, preços (e disponibilidade) de peças, reparabilidade, segurança ?

      Excluir
    11. VW é a que menos investe em novas tecnologias por aqui...

      Excluir
    12. E AINDA TEM TANQUINHO DE GASOLINA. O CITOREN NÃO PRECISA MAIS DESTE TANQUINHO. UM LIXO, SE COMPARADO COM OUTROS LIXOS, PODE APRESENTAR MENOS OU MAIS FEDOR. TODOS LIXOS.

      Excluir
  19. Bob,
    O motor 1,6 também adotou novo coletor, novo sistema auxiliar de partida a frio e nova ECU?

    Não podíamos esperar outra coisa do AE, mas mesmo assim é um alívio encontrar uma publicação que não foque apenas nas alterações estéticas. Parabéns.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caio Cavalcanti
      O novo sistema de partida a frio é exclusivo do 1-litro.

      Excluir
    2. pooooooooooooxa

      Excluir
    3. Bob, mudou a potencia do 1.6? Ele está melhor em alta?

      Excluir
  20. Esses caras são esquisitos ,a lanterna do Polo Sedan agora é menor ,antes era maior ,a lanterna do Voyage era menor ,agora vai ficar maior ,quem entende isso ? .Abracs ,Fabio .

    ResponderExcluir
  21. Rafa Piantino18/07/12 13:44

    Gostei muito desse facelift...
    Bob, por um acaso você teria o gráfico de torque e potência do motor VW 1.8 Totalflex? Quero poder extrair o melhor desempenho do meu Saveiro Super Surf 2007 mas não consegui encontrar esse gráfico em lugar nenhum... Sem contar que em todas as fichas técnicas que encontro, dizem 106cv e nos documentos constam 118cv.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São 106cv mesmo (álcool), ABNT.

      Excluir
  22. Algo que acho necessário inventar nesses veiculos novos seria um "farol urbano". Com a melhora absurda dos faróis novos, o que se vê são carros que, mesmo em lugares onde há iluminação pública, cegam qualquer um que vem em sentido contrário. Dirigir a noite tem se tornado bem ruim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jegue do Pantano
      É apenas questão de ajuste do foco dos faróis, muitos carros estão saindo de fábrica errados.

      Excluir
    2. Sei não Bob, lembro quando lançaram a segundo face lift do palio em 2001, salvo engano, era simplesmente um inferno, 100% dos palios eram assim!!! ainda hoje a fiat é mestra em colocar faróis com um poder se cegar absurdo! Não é possível que seja foco errado....
      de fato é uma reclamação bem recorrente hoje em dia, os faróis estão muito fortes e atrapalhando muito dentro da cidade a ponto de ás vezes você nem ver que o carro está com a seta ligada...
      Thiago Vaz

      Excluir
    3. Parte do problema é a dificuldade em encontrar oficinas que façam a regularem de altura dos faróis. Estou procurando por este serviço há algum tempo e não encontro, somente na concessionária.

      Excluir
  23. Em meio a tantos lançamentos feios finalmente algo agradável. Aprovado! Principalmente o Voyage.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belíssima roda aro 16. Volks, independente do design dos carros, é mestre em lançar rodas bonitas.

      Excluir
  24. Eu gostei desta reestilização (é assim que se escreve agora?). Só não gostei muito dessa traseira do Voyage.

    Acho que a VW vai repetir a burrada de 1995 (quando descontinuou o Voyage), se não lançar uma nova Parati, baseada no atual Gol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo que se escreve Marcelo ,como fiquei em duvida também , coloquei no meu comentário facelift hehe ,abrcs.

      Excluir
  25. Esqueci de comentar ,o painel de instrumentos completo está muito bom ,só o excesso de comandos nas alavancas me desagradam um pouco.

    ResponderExcluir
  26. Tá de sacanagem que só agora que Gol e Voyage vão ser multiplexados!! Tem coisas aí (tipo apagar as luzes internas gradualmente e avisos sonoros de chave na ignição e faróis acesos) que o Peugeot 206 tem desde 2002!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha parati G3 Track e field 2005 tem isso

      Excluir
    2. Bom, menos mal então, pq o texto do Bob deu a entender que isso era a última novidade do mundo, e aplicado na linha Gol...

      Excluir
    3. Aléssio Marinho18/07/12 18:06

      Anônimo18/07/12 15:31

      Sim, graças a um relê temporizador, como se fazia antigamente.
      Dá até pra fazer em casa!
      Já a Rede Can possui uma central eletrônica para fazer isso, coisa que o Logan tem desde o lançamento...

      Excluir
    4. 2002 não, o meu 206 é 2000 e já tem esses avisos sonoros e apagamento gradual da luz interna... :)

      Excluir
    5. Os avisos podem ser feitos de várias maneiras, a rede CAN é um deles. Ter esses avisos não significa que o carro tenha rede CAN.
      Mas já faz um bom tempo que vários carros a usam (o próprio VW Polo é um deles), pensei que o Gol já usava também.

      Excluir
    6. Suburbano, falei do 206 2002 porque foi a partir desse ano que ele passou a usar multiplexagem (perceptível pela tela do computador de bordo nas versões mais caras, no lugar onde antes só tinha um relógio).

      De todo modo, fica a crítica, em 2000 o 206 já tinha esses avisos, e a VW só vem colocar no Gol 12 anos depois...

      Excluir
  27. Filipe_GTS18/07/12 14:56

    Belo desempenho do Gol 1.6, que apesar de não ter dezesseis válvulas acelera no 0-100 em menos de 10s.
    Pena o Gol Power custar quase R$ 43.000,00 quando equipado satisfatoriamente.
    Pouco abaixo dos R$ 50.000,00 compra-se vários produtos melhores e mais atualizados...

    ResponderExcluir
  28. Filipe_GTS
    Como digo sempre, carro não é gênero de primeira necessidade. É o mercado que dita o preço. Concordo, é caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filipe_GTS18/07/12 17:04

      O senhor está certo; problema é a dificuldade de informar isso pra todos os consumidores...

      Excluir
    2. Voz da Verdade18/07/12 18:12

      Numa cidade como SP, que tem transporte público tão ruim, carro é praticamente um passaporte para a dignidade.
      Falo isso sendo uma pessoa que prefere deixar o carro em casa e ir de ônibus ou metrô, mesmo sabendo que os dois são muito, mas muito, mas muito caros e ruins.

      Excluir
    3. Voz da Verdade depende de onde se mora em SP também, quem mora no centro tem opções boas de transporte. Mas aí é aquela velha porcaria de sempre em SP, serviços públicos de 1º mundo e no nível da cidade de SP só no centro (e ainda assim só nas partes mais caras). E mesmo os partidos alternativos parece que só olham para o famoso centro expandido

      Excluir
  29. achei a traseira do Voyage bem parecida com a do GrandSiena...parece até q se inspiraram nele...
    Podiam ter lançado uma versão 1.8, as vezes com o carro cheio o 1.6 deixa um pouco a desejar...

    ResponderExcluir
  30. Gol muito bom.

    Voyage com traseira Xing-ling.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo Abreu18/07/12 19:38

      Concordo. Parece que enxertaram umas lanternas de Gol 88 fumês, compradas no acessório da esquina...

      Excluir
  31. O Voyage era o último sedan pequeno bonito. Agora se estragou.

    Sobrou o Logan como o mais harmônico - nunca pensei que ia dizer isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ledoni , você me lembrou uma coisa ,o Corsa parou de ser produzido ? ,para mim o sedan pequeno mais bonito .
      obs: tenho um volks na garagem .

      Excluir
    2. Corsa Sedã já era desde março, creio. O hatch vai tomar o tiro de misericórdia em setembro. O Classic continua firme e forte... É o pai enterrando os filhos.

      Excluir
    3. Anônimo18/07/12 16:37 Valeu pela informação amigo ! é uma pena ,alguém tem um lenço,snif,snif .

      Excluir
    4. Ledoni,
      Voce pensou que nunca ia dizer isso .
      E eu pensei que nunca escutaria isso na minha vida...
      Tempos cruéis!
      Jorjao!

      Excluir
    5. Logo a VW que bate tanto na tecla de identidade.

      Olhe o Voyage de traseira, agora tampe o logo: voilá! e vira qualquer coisa vinda de Shangai e arredores.

      Excluir
  32. Voz da Verdade18/07/12 16:05

    Resumindo...
    1) parte estética: ter que apelar para "mais presença" é de doer. Antes eram bem desenhados e tinham personalidade. Agora a VW resolveu "jogar para a platéia" com um desenho que era muito bonito até estar em toda parte, enjoando e ficando exagero, sem combinar com o carro.
    2) Parte mecânica: mil alterações para mudar o consumo, que... Não é divulgado. Bobo isso, não?
    3) parte elétrica / eletrônica: Polo já tem todas estas banalidades há séculos. Demorou para aplicar. Maldita política de ficar dando esmolinha com coisa boa guardada na prateleira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo o que você falou ,mas você está misturando os seguimentos ,Polo é outra coisa , ninguém é dono da verdade .

      Excluir
    2. Voz da Verdade18/07/12 18:10

      Sim, mas todos estes fru-frus bacaninhas de seta ou espelho que baixa na ré são mais velhos que andar para a frente. Demorou.
      E não sou o dono da verdade. Sou a Voz da Verdade. Existe uma diferença.
      De resto, o que queria era mostrar que a VWB perdeu o rumo e tenta fazer estardalhaço por muito pouco. Em tempo: tenho um VWB mas cada dia mais me decepciono com a marca.

      Excluir
    3. Segmento e não seguimento...

      Excluir
    4. Anônimo20/07/12 00:18 Daaaah!

      Excluir
  33. vem o gol duas portas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até poderiam fazer (tem material para isso) um GTI duas portas com um motor 1,0 turbo. Se lá nos anos 90 já conseguiam quase dobrar a potência e extinguir a turbo-lag, imagina-se do que uma turbininha bem acertada seria capaz atualmente...

      Excluir
  34. Ficaram lindos!

    Parabéns à VW

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse 1.6 é bom para mexer no motor?
      Jorjao

      Excluir
    2. Filipe_GTS18/07/12 17:15

      Na minha opinião é...
      180cv fácil com kit turbo meia boca e intercooler
      Afinal o motor é bem conhecido já, Golf sempre foi utilizado em modificações

      Excluir
    3. Sim, uns 400 cavalos com 0,5bar, bicos originais e só um escapamentozinho mais livre. Fácil...

      Excluir
    4. Filipe_GTS18/07/12 17:36

      Anônimo 18/07/12 17:23
      Por que vc não faz esses comentários inúteis só pra azucrinar lá no grande site de carros mais conhecido do Brasil e que recebe 5 milhões de acessos mensais, com o maior número de comentários sem sentido e anti-autoentusiastas?

      Excluir
    5. Porque eu gosto mesmo é daqui, Filipe(apzero)GTS. Não tem coisa melhor do que azucrinar a vida de um apzero.

      Excluir
    6. Esse 1.6 possui coletor de admissão de plástico e acelerador eletrônico (que espero que a Volks tenha recalibrado, porque era um inferno dirigir com atraso na resposta), então preparações mais básicas não surtirão muito efeito ou serão relativamente caras. E isso falando de uso de turbo, porque em caso de aspirado fica mais difícil ainda, já que essa central já se mostrou famosa por ser temperamental com qualquer tipo de mudança e bastante trabalhosa para re-acerto (com hífen ou junto?).
      Teoricamente uma preparação turbo, com um coletor de admissão decente e enganando a central para não ter problemas com o acelerador eletrônico, seria mais viável, utilizando um módulo suplementar para bicos e ignição. O problema é saber se os módulos disponíveis no mercado funcionam normalmente com essa central.

      Excluir
    7. Mas o coletor de plástico já tinha no Golf 1.6 SR e no VHT voltou a ter. Se existe receita que funcionava assim, pra esse novo não vai fazer diferença

      Excluir
  35. Pensei uma coisa agora ,o Voyage nem tanto ,mas esse Gol realmente tá muito bonito, e acho que vai vender bem ,os cicloentusiastas pira ,hehe ...

    ResponderExcluir
  36. APzeiros estão em êxtase.

    Agora já estão pensando se a parcela vai caber no orçamento!

    Para eles a VW é definitivamente a melhor do mundo e por isso a VW usa o termo "inteligência" na propaganda da Amarok. Qual inteligência não sabemos, e não vemos, mas que se acham os mais inteligentes e os carros os mais inteligentes.

    Chega a ser cômico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos não vão mais precisar manter uma máquina de solda na garagem uma vez que o monobloco é mais resistente.
      Imagina a alegria dessas criaturas em saber que não será mais necessário fazer curso de soldagem, hehehehehe!!!

      Excluir
    2. Inteligente é comprar Agile, Uno (de qualquer geração), e Hilux.
      Mode ironic off

      Bando de comédia!

      Excluir
  37. Legal a renovação do Gol.

    Espero agora a Saveiro, apesar da safadeza em aumentar o preço dos carros novos, vamos ver quanto vai ser.

    ResponderExcluir
  38. Muito bonito. Pretendo comprar um.
    Alguém aí se interessa pelo meu Gol atual? GTI 16V ano 2000 na cor prata. Atualmente com 52 mil quilômetros. Carro todo original, nunca teve películas em seus vidros, Volksline no painel e cinco pneus Pirelli P700-z novos recém colocados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc deve estar de brincadeira, né? Vender essa raridade em troca de algo tão comum e pasteurizado.

      Excluir
    2. Cara ,
      Esse seu GTI é raro, Com essa baixa km entao : nao existe.
      Nao o venda.
      Tive um GTI 96 8V branco Nackar, o comprei usado e o vendi com cerca de 90K.
      Tenho saudades desse Gol
      Jorjao

      Excluir
    3. Engraçado, em 2000 me desfiz do meu Gol GT 86 com ar-condicionado original de fábrica para comprar este GTI e muitos disseram a mesma coisa. Passados alguns anos ele deixou de ser "comum e pasteurizado" para se transformar em raridade.
      De qualquer forma neste segundo semestre procurarei um Gol 2013 e venderei este.

      Excluir
    4. Mas pelo menos troque por um GTI, que ainda não foi lançado. Apesar que o seu GTI é o melhor de todos e dificilmente a VW vai repetir isso no Gol. O G4 teve no máximo versões 1.8 com alguns enfeites e o G3 teve uma série GTI de verdade limitadíssima que era igual a GTI 16v G2, ou seja, não mudou nem evoluiu 10 anos depois. Pior ainda é que a maioria dos G3 GTI era o 8v, com freios e muitas outras coisas do resto da linha (ao contrário do 16v que era todo melhorado).

      Ou seja pelo jeito a VW há muito tempo está desistindo do Gol GTI, então talvez a linha G5 nem tenha um assim como a G4 ou pode ser que faça um GTI como no G3 8v onde o carro era só um Gol um pouco mais equipado. Se for para trocar e ficar com uma raridade realmente esportiva, um mero Power 1.6 não vira e nem se quer vai ser sombra do que foi o G2 GTI 16v.

      Excluir
  39. B.O.B. NUNCA MUDA, SEMPRE DEFENDENDO O LIXO DA VOLKSWAGEN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo aí de cima:
      VW is king!
      Não adianta espernear.
      Submetasse

      Excluir
    2. Anonimo 18/07 22:26

      Você é que deveria submeter-se a uma boa gramática. Além de não saber p. nenhuma de carro (VW is king!), mal sabe escrever...
      Em resumo: só podia ser um anônimo.

      Lucas CRF

      Excluir
    3. Pois é , matava aula de para jogar futebol. Deu no que deu..
      Mas a VW continua a ser "King of the Kings"!
      Nao adianta espernear.

      Excluir
    4. An6onimo 19/07/12 10:13
      Ainda não notou que não ataco e nem defendo marca alguma, que não pratico o criticar por criticar, e que analiso e comento os prós e os contras? Baseie-se em fatos antes fazer comentários idiotas como esse seu escondendo-se no anonimato. Seja homem!

      Excluir
    5. Taí uma possível resposta para quem queria saber o porquê do Bob pular fora do Best Cars.

      Excluir
  40. Como sempre, li sobre um lançamento em vários lugares, mas só foi no AE que encontrei informações realmente uteis...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lastimavel os blogs e sites de automóveis publicarem somente o release da montadora pra ganhar acessos sem esforço, ao invés de escrever uma informação realmente util para o público

      Excluir
  41. Caros, eu não gostei, é gosto pessoal meu. E antes que taquem pedra, não chega perto do desastre que é a nova linguagem visual da GMB. Nem na China eles fazem carros tão feio quanto aqui, e olha que a cultura estilística dos chineses é bem diferente da nossa.
    Bob, em tempo: tem alguns errinhos de digitação, acredito que o texto "descansou" o bastante e agora é uma boa hora de revisar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1k2
      Era hora mesmo...Tudo revisado. Desculpe e os leitores pelos erros.

      Excluir
    2. Quem liga Bob ,sabemos que podem ser erros de digitação ,não erros gramaticais ,ou seja o que importa é o conteúdo ,que é de ótima qualidade ,meus comentários tem erros de digitação ,não tenho muita paciência de ficar revisando sempre,mas foi bom o aviso do amigo 1k2.Abrcs ,Fabio.

      Excluir
    3. Fabio Basco
      Me chateia quando ocorrem erros desse tipo, coisa que não deveria acontecer, mas a pressa para terminar ontem a tempo de postar ao meio-dia deu nisso. Ainda bem que leitores amigos avisam e que publicações online permitem correção. Note que estava tão em cima da hora que resolvi publicar a lista de equipamentos e ficha técnica depois, o que acabou sendo feito ontem à noite (lista) e hoje (ficha) dada a demora para compilá-las, bem complicadas devido às variações das versões.

      Excluir
  42. Será que tem gente tão crédula a ponto de acreditar nos números inflados da VW? 1,0 fazendo 0 a 100 em menos de 13s e 1.6 em menos de 10s, fora os 192 de final deste último.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja vi esses Golzinhos 1.6 darem coro em muito carro metido a esportivo ou de categoria superior como Focus2.0 e I30.
      Acredite.
      O grande segredo está no baixo peso.

      Excluir
    2. o segredo também está na relação motorista habilidoso e destemido (leia-se: louco) x motorista sem habilidade.
      Mas que esses Gols 1.6 andam bem, isso andam... é parecido com o Ka 1.6.

      Excluir
  43. Muito boa a impressão inicial do "Autoentusiastas" sobre o novo Gol.
    Todos os outros blogs e imprensas digitais que se dizem "especializadas" em carros não publicaram nada a mais do que o release fornecido pela vw.
    E o preço? Será que vai chegar ao desconto que tinha o antigo gol g5?
    Vou aguardar a versão duas portas, que virá com a mesma dirigibilidade do 4 portas, mas com um preço mais em conta..
    Sobre o visual, a VW alegra os compradores do Gol com a frente dos carros mais caros da marca, mais deixa triste os compradores de jetta, passat e cia, pois terão um carro caro com a frente de fox e gol, carros de entrada da marca.
    Muito bom o "Autoentusiastas" descobri a pouco tempo e gostei bastante.

    ResponderExcluir
  44. Por mim, teria parado no gol bolinha - o mais bonito e com cara de carro popular.

    João Paulo

    ResponderExcluir
  45. olha pode ter melhorado mecanicamente, mas esteticamente deveria ter posto deste a diretoria até o designers todos na rua e dançando funk

    Incompetência me irrita

    ResponderExcluir
  46. Estragaram a traseira do Voyage, que agora se assemelha a qualquer imundície chinesa.

    ResponderExcluir
  47. Gostei das mudanças no interior, principalmente das novas saídas de ventilação do painel a la Amarok, e da eletronização. Não tanto do redesenho externo, porque a nova frente, mais angulosa, conflita com as linhas arredondadas das laterais dos carros. A traseira do Voyage, em especial, ficou com vincos em excesso, que deixaram o visual meio carregado. Tomara que seja um daqueles carros mais bonitos ao vivo.

    ResponderExcluir
  48. Mais do mesmo, carros pelados e caríssimos.

    ResponderExcluir
  49. Bob, parabéns pela matéria, de todas que eu li foi a mais detalhada e sem erros.

    ResponderExcluir
  50. marcelo (jmvieira)18/07/12 20:25

    Estou aqui aplaudindo de pé a louvavel postura da VW do brasil em trazer evolução de alguma monta a veiculos tipicos do segmento de entrada... e logicamente depois desse meu comentario, prefiro nao falar sobre a GM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô cara, não fala besteira...

      O Palio sempre foi tecnoligicamente superior ao Gol, essa carroça!

      Excluir
    2. Onde o cara esta dizendo Fiat ae, e, o que um Palio tem de superior ao Gol tecnologicamente me diga ?

      Excluir
  51. Eu achei o Gol meio estranho na foto com essa dianteira, e o Grand Voyage ficou igual ao Siena... e pensar que o Grand Siena foi inspirado no Voyage.

    Não entendi a estratégia da VW, que coloca a mesma frente para todos - mas certamente o farol do Fox não serve no Passat - porque fica muito igual de frente, não sou fã dessa estratégia. Deve ser mais econômico, mas nem a GM que está renovando sua linha, e que adota o mesmo padrão visual para todos, está seguindo a cartilha da Volks.

    Rodas aro 16, se não me engano, foi em série especial, acredito que para testar a receptividade do mercado - respondendo a quem levantou que a VW já usou.

    Botão de farol giratório no painel, o Gol Bolinha e G4 tinham.

    Já com relação aos mimos que foram introduzidos pela VW, meu antigo Clio Sedan 2005 tinha alarme de faróis acesos, luz interna apagando gradualmente, entre outras facilidades. Mas ajuste de retrovisor quando se engata a ré e seta piscando com um toque no comando são itens interessantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, os VW estão ficando iguais demais e regredindo no desenho. Passat, Jetta e agora o Gol ficaram todos iguais e piores que seus antecessores

      Excluir
  52. Mudar a estampa da lateral traseira do Voyage seria muito caro. Assim, espertamente elevou-se o parachoque traseiro nos cantos e diminuiu-se a altura das lanternas. Para alonga-las o velho recurso, empregado pela FIAT nos Sienas de estendê-las na tampa do porta-malas. O resultado não ficou mal.

    ResponderExcluir
  53. Me lembra o Pag Nick, traseira de um frente de outro. Sinceramente gostava do Jetta, até a VW fazer isso. Mas agora a moda é essa, um design para toda a linha, vamos ver na rua como ficou.

    ResponderExcluir
  54. Lorenzo Frigerio18/07/12 21:28

    Bob, talvez você tenha essa informação... há alguns anos, a VWB disse que havia "alongado as bielas" do 1.0 - exatamente a versão que não precisaria disso. Você sabe se essa alteração se estendeu à versão que se beneficiaria disso, a 1.6? Porque as medidas internas de seus motores, a VWB trata como se fosse "segredo de estado". Compreensível para quem quer esconder as péssimas relações r/l de seus motores subdimensionados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao esta confundindo as informaçoes com os fiat FIRE 1.0 e 1.4 ?

      Excluir
    2. Posso estar enganado, mas as bielas do VHT 1.6 são de 138 mm.

      Excluir
    3. Lorenzo Frigério
      Vou perguntar à Volkswagen e depois informo.

      Excluir
  55. Marcelo Junji18/07/12 23:06

    Vejo vários gols e voyages de geração anterior a esta com para choques dianteiro e traseiro deformados. Espero que a VW tenha resolvido esse problema.
    Ainda bem que desta vez não pioraram o desenho do carro, achei que ficou melhor, ao contrário do que acontece com o palio que a cada nova geração fica mais feio.
    Tenho um gol bola 1.0 e esse foi um dos poucos carros que superou minhas expectativas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tinha percebido isso. O Problema são as presilhas do parachoque, que simplesmente se rompem com qualquer pancada em lombadas ou valetas. Me lembra o antigo parachoque do corsa 1ª geração, que tb sofria desse mal de quebrar as presilhas e nunca mais voltava a ser o mesmo.

      DPSF

      Excluir
  56. O mercado de pequenos está ficando interessante. Logo chega também o pequeno da Hyundai nacional, obviamente será "o melhor do mundo". A VW dificilmente conseguirá segurar essa geração do Gol por mais de 10 anos como fez com a aterior...

    ResponderExcluir
  57. Não vou discutir o desenho, mas a diminuição da taxa de compressão de 13:1 para 12,7:1 não chega a ser boa, mas era necessária.

    ResponderExcluir
  58. Acho que algumas montadoras e fabricantes de automóveis estão usando o termo "identidade visual" para mascarar muitos estilos Franksteins de autos por aí.

    Eu já estou desiludido com estas proezas.

    A VW até a década de 80 era muito legal em visual, depois que criaram o monstrengo FOX, e pior, o CROSSFOX cheio de plástico pendurado do lado de fora, bastou para mim. Agora misturam um pedaço do Jetta, do Fox, do Passat e MONTAM UM CARRO !!!! Copiar é preciso, mas virar caricatura de si mesmo é feio.

    Outras estão indo pelo mesmo caminho como a GM (Agile, Spin, Cobalt etc doem as vistas) e outras aprendendo a fazer Franksteinmóveis como a Renault (que diabos é aquele retrovisor pregado direto na lata do Sandero e cia ????).

    A Peugeot com o 207 matou o sincero 206.

    A Ford desde 2004 vem aprendendo tb a pendurar plástico do lado de fora e meter um pneu nas costas (que acho de um mau gosto tremendo) do carro e chamar o Fiestinha de Ecosport e ganhar uns 10 mil reais em cima de cada venda.

    A Fiat já é ruim desde o 147, Spazio, Uno, Elba, Premio...

    Onde vamos parar gente ??? Nós temos as praias mais lindas, as mulheres mais lindas, as músicas mais lindas...e pq gostamos dos carros mais feios ????

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dica: aproveite as praias, as mulheres, as músicas, e se preocupe menos com os carros.

      Excluir
    2. Dick Dica
      E isso aí meu caro.
      Um brinde aos "Bon Vivant s"
      Cheears!
      Jorjao

      Excluir
    3. Não acho que só existem carros feios ,o Polo é bonito assim como o Jetta e o Passat ,o Fiesta , a S-10 e o Cruze são exemplo de carros bonitos também ,falar que todos os carros são feios , não compartilho da sua opinião .

      Excluir
    4. Fabio,
      Nao disse q todos sao feios, disse q estao, nas categorias ditas "populares" , criando monstrinhos, aproveitando um pedaço de cada irmão mais bem graduado.
      Abracos.

      Excluir
    5. Ok Marcelo ,desculpe a interpretação errada ,até a próxima .

      Excluir
    6. Triste mesmo é quando esse aí descobrir que os carros feios são o de menos, as praias estão cada vez mais feias, as músicas são lixo do lixo e as mulheres vão pelo mesmo caminho

      Excluir
    7. Dica: vc tem muito mais opções para escolher (e experimentar) praias, músicas ou mulheres do que carros.

      Excluir
  59. Ta ficando interessante a linha popular da Volks:

    exterior: mix de Polo europeu (Gol) com Jetta (Voyage)

    interior: volante: Passat
    Comandos de seta: Polo
    Manopla cambio (manual): Jetta

    Quem dera todo popular tivesse itens de carros bemmm mais caros.

    Fiquei tentado ! quem sabe ano que vem meu polo 07 não cede lugar a um desses.

    Ivan SM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Popular nesse preço, meu ???

      Excluir
    2. Coitado de quem compra Jetta e Passat, vendo as peças do seu carro caro usadas nos carros "peba" por economia porca...

      Excluir
  60. Marcelo Augusto19/07/12 06:26

    A VW com toda a sua técnica ainda oferecer 1,6 e 2 litros defasados como os que vemos aqui, e considerando a concorrência, chega a dar vergonha.

    ResponderExcluir
  61. A GM acabou em 1996 e poucos perceberam...

    ResponderExcluir
  62. A GM acabou em 1996 e poucos perceberam...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acabou não ,a prova disso é o Cruze ,mas se depender do Cobalt ...

      Excluir
    2. Cruze-Credo !!!

      Excluir
    3. Da GM naõ sei, mas no Brasil a CHEVROLET começou agora, e são esses carrinhos sem alma, com qualidade média e feitos pro povão lavar na vila no domingo.
      Até então tínhamos OPEL, que é uma conversa bem diferente.
      Aposto que em um teste cego achariam um Vectra B muito melhor que um Cruze.

      Excluir
  63. Bela analíse Bob, post bem informativo!

    Bem, gostei da maioria das modificações, o gol e voyage - de "raiz" - já é um produto bem elaborado e construído; e isso reflete no comportamento exemplar para quem gosta de dirigir de verdade.

    Era inevitável a indentidade VW sendo aplicada também no seu carro vencedor, mas só achei que faltou um toque de ousadia na traseira do Voyage, ficou mais bonita que a - também - comportada posterior de antes, mas creio que um visual um pouco menos Siena iria cair muito bem, pois a identidade mezzo esportiva VW, ainda é um viés bastante forte para muitos.

    Os números de desempenho, como sempre, parecem um pouco exagerados para quem já dirigiu os carros que sempre se comportam brilhantemente em médias rotações, bastante bom em baixas, e apenas o suficiente em altas...mas enfim, os critérios de fábrica devem contemplar a conjunção perfeita de fatores para tais desempenhos, nunca utilizando uma linha, digamos, mais mediana....

    De resto, bem vinda essa evolução, se tivesse acompanhada de uma política de preços mais agressiva (não ao bolso do cliente), seria algo ainda melhor!

    MFF

    ResponderExcluir
  64. a traseira do Gol ficou com um quê de Polo europeu. muito bom. já o voyage, tem que ver ao vivo, pq pelas fotos ficou bem chinês, como já foi comentado.

    ResponderExcluir
  65. Não é esse motor 1.0 que tem apresentado problemas crônicos de trincas no bloco ou virabrequim, oque tem fito a volks trocar inúmeros motores, tanto que apelidaram o VHT de vai haver trinca ? E estranho que nenhum canal de comunicação confirma ou desmente esses boatos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. O que trinca motor são os combustíveis do nosso país .

      Excluir
    3. Anônimo 219/07/12 10:59

      É "dever" do fabricante projetar motores que suportem o combustível, por pior que ele seja. Colocar a culpa no combustível não cola.
      Vide a BMW, que na década de 90 vendeu por aqui carros com motor V8 que vieram a ter problemas nos cilindros por conta do combustível. A BMW reconheceu que vendeu um produto não-adaptado ao combustível local e substituiu os motores afetados gratuitamente, independente de garantia.

      Excluir
    4. fosse assim o das outras marcas também trincariam.

      Excluir
    5. eu não sei oque acontece com o brasileiro que acha que gol é a oitava maravilha automotiva e e fecha os olhos pros defeitos.é so o cara falar do motor e aparece um monte de gente defendendo com unhas e dentes a mãe Volks.O caso não repercutiu porque a imprensa foi comprada oras!

      Excluir
    6. Nunca ouviram falar da batida de pino no VHC , e o motor da Ford endura (salvo erro ) sensível ao combustível nacional,não justifica claro ,mas ajuda na destruição .

      Excluir
    7. mas nenhum "trincou"

      Excluir
  66. Mas você sabe que o problema do 1.0 VHT tem sido pretexto para os concessionários proporem ao (infeliz) dono de Gol / Fox / Voya a troca de seu veículo 1000 por uma versão 1.6 - argumento - o motor 1.6 não tem esses pepinos e voce faz um upgrade, mano!

    ResponderExcluir
  67. Fabio Basco19/07/12 08:32
    Não acabou não ,a prova disso é o Cruze ,mas se depender do Cobalt ...

    Fábio, o Cruze é um Daewoo Lancet isto sim....com nova grade e logotipo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ChAndré19/07/12 11:43 Ta aí ,essa informação eu não sabia ,mas é um bom carro,admita.Abracs ,Fabio.

      Excluir
  68. Daweoo Lacett, projeto de 2008!

    ResponderExcluir
  69. Na minha opinião; feio não é mas não aprovo jamais esse desing tudo igual de gol a passat. os carros podem ter elementos comuns mas assim já é demais.
    falta alma a cada carro vw. e quem compra um jetta ou passat não quer ser confundido mesmo que de longe por um voyage.
    No mais as mudanças foram positivas, mas eu não compraria porque além de tudo é caro.

    ResponderExcluir
  70. Será que esses novos farois que são a "identidade da marca" são os mesmos que os do Fox?

    Aí isso iria baratear custos, kkk

    ResponderExcluir
  71. Marcelo Augusto19/07/12 21:52

    Fizeram duas apresentações, uma em Capuava outra em Florianópolis?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo Augusto
      Isso mesmo. Eu e vários não poderíamos ir a Florianópolis e a Volkswagen teve ssse cuidado de organizar uma sessão na Capuava, com embargo de publicação para as 21 horas de ontem, hora em que os carros foram oficialmente apresentados em Florianópolis.

      Excluir
  72. Gostaria de ver os ditos jornalistas automotivos avaliando carros dessa categoria que se dizem seguros nas suas notas em crash testes, onde gfoi feita alteração de segurança em um carro com uma estrela no Latin NCAP?

    ResponderExcluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...