6 de outubro de 2012

MORGAN 3 WHEELER

Fotos: autor

O Hans, feliz da vida!

Isso é totalmente absurdo. Com uns 110 km/h e acelerando bastante forte, estou passando um caminhão enorme. O vento bate no meu rosto porque na minha frente só tem um pedacinho de vidro como pára-brisa. Eu escuto um barulho de moto forte, de um V-twin de dois litros, mas na minha mão tenho um volante. Estou sentado num banco de couro muito baixo, uns 20 cm acima do solo e no meu lado só tem um pedacinho de alumínio, nada de porta, nada de vidro. Na frente daquele pára-brisa pequeno estou vendo uma roda de moto, e na direita… deve ter mais uma roda, mas é um pouco dificil ver no outro lado do capô.

Freio de mão é como em ralis: aperta o botão para prender

Botão de partida do motor é o de liberação de bombas do avião militar Eurofighter Typhoon. Instrumentos são independentes, como em aviões também

A bordo do antigo, olhando para o novo

Nunca antes eu tinha dirigido algo como... isto. Preciso pensar se eu tinha dirigido algo com três rodas depois da idade de quatro anos. Ah, sim, eu tinha uma Piaggio APE 50 para minha esposa, uns 10 anos atrás. Joguei o cilindro de 50 cm³ no lixo e coloquei um de 85 cm³, bem melhor, mas ainda vagaroso, 50 km/h no máximo. Nas curvas, uma das duas rodas de trás pode levantar, mas sem freio no diferencial, isso diminuía a velocidade automaticamente.

Mas agora, esse triciclo pode chegar perto de 185 km/h. Vou sobreviver a isso?

Uma diferença importante é que aqui neste Morgan as duas rodas ficam na frente e a única fica atrás. Outra coisa importante é que o centro de gravidade fica muito baixo. Na teoria deve ser bem melhor, mas e na verdade? A verdade é que nas curvas com este Morgan 3 Wheeler eu me senti muito bem. E eu nunca fiquei com uma roda no ar, sempre ficou no asfalto. Antes pensei, será que dá para dirigir e colocar o carro onde eu quero ou ele vai ter uma vida própria, eu querendo fazer uma coisa e o carro outra? Mas agora, acelerando de uma curva pela outra, é delicioso! A direção é exata, sem loucuras, eu sempre fico onde eu quero.

Também a suspensão é muito bem calibrada, muito gostosa, firme mas nada de desconfortável ou dura. Os freios não têm servo nem ABS, mas funcionam bem na estrada. Trocar marcha é delicioso também, o câmbio é o mesmo dos Morgan normais com quatro cilindros, e veio do Mazda Miata. Os pedais ficam muito perto uns dos outros e na primeira vez se tem que pensar um pouco como se colocam os pés. O pé esquerdo, na embreagem, tem que tocar a carroceria por dentro, bem para esquerda, senão se pisa nele na hora de frear. Todos os pedais são reguláveis, usando ferramentas, e colocar na posição correta relativa ao banco, já que este é fixo. O volante também dá para reposicionar.

Maravilhoso suporte dos pedais. Haste com inscrição "M3W", Morgan 3 Wheeler

Dirigir este Morgan foi algo que eu gostei muito. O principal emoção é que isso é um ”carro” com pedais e volante e tudo. Mas o rugido do motor, o vento e as sensações de ficar perto dos elementos, faz você sentir que é uma moto. Tambem é evidente que no assunto de (falta de) segurança, isso é uma moto. Aqui no 3 Wheeler não existem airbags, zonas de deformação na carroceria, proteção que sai para cima em capotagens, ou pré-tensionadores de cintos de segurança. Nada de ABS, ESP, alarme de saída de faixa da pista ou freios automáticos na cidade, nada. Use o cinto de segurança e coloque um capacete se você quiser (não é obrigatório, pois tem cintos).



Decoração de avião inglês da Segunda Guerra Mundial. Só falta a pintura camuflada.


O preço é cerca de 30.000 libras esterlinas. Primeiro se pensa, opa, tão caro assim? Mas… em comparção com o quê? É mais caro que uma moto super esportiva com 200 cv, é verdade. Mas uma moto assim quase não dar pra dirigir nas velocidades escritas nas placas. É uma moto como uma Harley...e pode ficar mais caro ainda com as opções de fábrica.

Tem algum carro bacana, aberto, fazendo um belo rugido, acelerando de 0 a 100 km/h em seis segundos, algo que faz gente virar a cabeça e dizer “o que é isso?”

Por menos de  30.000 libras? Acho que não tem.


Nada mais é parecido com ele

Chama mais atenção que qualquer carro esportivo

A Morgan já tem uns mil pedidos na fila, e com este 3 Wheeler, o volume de vendas em Malvern Link quase dobrou ! E na primeira vez em muitos anos, dá para exportar Morgans para os Estados Unidos.

Como?

Sim. Está certo. O 3 Wheeler não é um carro que tem que passar por milhões de testes do FMVSS

Isso é... uma moto!

Nota: (FMVSS significa Federal Motor Vehicle Safety Standards – conjunto de requisitos de segurança para um veículo poder ser vendido nos Estados Unidos e Canadá).

Dados principais:

Motor: dois cilindros em V a 56°, marca S&S, modelo X-wedge. Refrigerado a ar. Cilindrada: 1.976 cm³. Diâmetro e curso: 108 x 108 mm. Potência 121 cv a 5.500 rpm. Torque máximo 14,3 m·kgf a 3.250 rpm.
Câmbio: manual, 5 marchas.
Freios: a disco nas três rodas.
Pneus: 4.00-19 na frente, 175/65-15 atrás.
Dimensões: comprimento 3.230 mm, altura 1.010 mm , largura 1.530 mm, entreeixos 2.380 mm.
Peso em ordem de marcha: 525 kg.
Capacidade do tanque: 42 litros.
Desempenho: velocidade máxima 185 km/h. Aceleração 0-100 km/h, 6 segundos.
Preço 350.000 coroas suecas, cerca de R$ 108.000,00.


O V-Twin no emblema exclusivo desse modelo





HJ



42 comentários:

  1. "Isso aí" com certeza é o mais divertido veículo que eu já vi. É leve, potência adequada, um belo ronco e rápido.
    Só que em um comparativo do Top Gear do Morgan 3 Wheeler com o Catherham R500 e o KTM X-Bow ele foi o mais lento dos 3. Portanto, se o aspirante a comprador quiser um carro rápido e dá muito valor aos números, não sei se esse seria o veículo ideal. Mas se ele quiser uma experiência divertida de pilotagem, com certeza "isso aí" é o veículo.

    ResponderExcluir
  2. Já pensou andar num desses aqui na cidade onde moro? O sucesso seria garantido!
    Parabéns, HJ, nunca tinha imaginado um veículo assim.
    E o principal: "não existem airbags, zonas de deformação na carroceria, proteção que sai para cima em capotagens, ou pré-tensionadores de cintos de segurança. Nada de ABS, ESP, alarme de saída de faixa da pista ou freios automáticos na cidade..." Assim também eram os Corvettes, os Mustangs, os "Dojões"... Ou o sujeito tem sorte, ou tem juízo. E é assim que eu gosto. Deixemos a eletrônica para os que não são autoentusiastas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CSS,

      Falou e disse! Ou escreveu, hehehe...

      É isso aí mesmo.

      Excluir
  3. Sendo inglês, este.. esta... isto não deveria ter o volante do lado esquerdo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos Cwb07/10/12 11:34

      Direito...

      Excluir
    2. Correto, obrigado Carlos.

      Excluir
  4. Tem com metralhadoras?

    ResponderExcluir
  5. Rafael Ribeiro06/10/12 13:08

    É o manjado ditado: "The difference between men and boys is the price of their toys". E que brinquedo! Tem um vídeo muito bacana do Jay Leno sobre os Morgan: http://www.youtube.com/watch?v=_CvVr9jU4I0

    ResponderExcluir
  6. Toda vez que vejo um 3 Wheeler fico imaginando-o no clássico verde britânico. Deve ficar ainda mais interessante essa mistura de moto, carro e avião, algo bem inglês mesmo.
    Agora a minha dúvida é em relação a importar um desses. Aqui ele seria considerado carro ou ciclomotor? Claro que não tenho 30.000 libras para comprar um - fora impostos - mas só a chance de ver algo assim rodando pelas ruas já anima.

    ResponderExcluir
  7. O post só tem um defeito: falar do 3 wheeler sem um vídeo pra mostrar o seu ronco incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael Ribeiro06/10/12 14:05

      Tem um vídeo muito bacana do Jay Leno sobre os Morgan: http://www.youtube.com/watch?v=_CvVr9jU4I0

      Excluir
  8. Conversão de: LIBRA-ESTERLINA (540)
    Valor a converter: 30.000,00 Para: REAL-BRASIL (790)
    Resultado da conversão: 98.325,00
    Data cotação utilizada: 05/10/2012
    Taxa: 3,2775 REAL-BRASIL (790) = 1 LIBRA-ESTERLINA (540)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for vender no Brasil, jogue mais 70% nesse valor, entre impostos e custo de importação.

      Excluir
    2. infelizmente meu caro, ficará um "tantinho" mais caro. vai beirar os 300mil (reais). aqui não tem jeito mesmo. só pra endinheirados e autoentusiastas.

      Excluir
  9. O MORGAN 3 WHEELER, é um sonho para qualquer autoentusiasta.

    Agora, que venha o 4/4.

    Posso dizer que tive uma leitura agradável neste sábado.

    Valeu!

    ResponderExcluir
  10. Comentário que eu já li no NA a respeito desses carros como o Caterham, Morgan, e etc. "É muito trouxa quem compra esse carro. Com esse preço eu compro BMW com ABS, AIr-Bag..." É foda que têm gente que acha que entende de carro fazendo comentário assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O NA não deve ser levado a sério, simples assim.

      Excluir
    2. Trouxa é o cabeçudo que escreve tamanha asneira sem entender para qual finalidade são feitos os Caterham, Morgan, Ariel Atom e seus correlatos. Quem compra carro desse tipo ficaria é muito bravo se resolvessem enche-los de duendes eletrôncos e salva-vidas por todos os lados...

      Excluir
  11. Que carrinho bacana! Nao sabia que estavam fazendo eles de novo

    ResponderExcluir
  12. Certamente uma das coisas mais legais que ainda é permitido fabricas nesse mundo cada vez mais pasteurizado, sem graça e dependente de números.

    ResponderExcluir


  13. Sem comentarios. Ha muito tempo que sou apaixonado por este carro, ou melhor, veiculo. mesmo assim nao tira nada do seu brilho.

    É sensacional. Tivesse o porquinho em cima da geladeira contendo esta quantia pedida seria o nr. 1001 da fila.

    Fernando RD

    ResponderExcluir
  14. Hans,

    Inveja danada!
    Este carro é uma das coisas mais fantásticas que existem sobre o planeta.
    Caro, mas vale cada centavo.

    Abraço,
    MAO

    ResponderExcluir
  15. Estes Morgans são muito legais!
    Alguém aqui conhece os "black-jack zero" ?
    AAM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses são tração dianteira, na minha opinião perdem a graça...

      Excluir
  16. Palmeiras Esperança!
    Milhões de palmeirenses precisam de sua ajuda.
    Para doar um técnico ligue 0800...

    piadinha velha, parei.

    Barcos vira submarino?

    ResponderExcluir
  17. Sairia aqui a preço de Challenger zero. Vou de V8, com licença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  18. Aléssio Marinho07/10/12 01:20

    Hans,
    Que beleza! Esse carrinho é o máximo! Já o conhecia de fotos, mas não com essa intimidade que vc nos relatou.
    Uma curiosidade: Vc guiou o Morgan no seu país ou na Inglaterra?
    Valeu pelo post e não suma, vc faz falta aqui.

    ResponderExcluir
  19. Aléssio Marinho07/10/12 01:20

    Definitivamente os Ingleses sabem como se divertir com um motor.
    Lá se pode ter ou fazr tanta coisa sem que o governo te encha o saco, como montar o seu Seven em casa ou andar com o seu Morgan sem passar por dezenas de homologações no Inmetro.
    Lá o cara consegue rodar com um sofá(!) motorizado ou com uma retroescavadeira com motor V8 sem ser importunado.
    Aqui nem se pode colocar uma capota numa caminhonete que se tem que fazer um processo BURROcrático para mudar a espécie no documento e rodar em paz. E da-lhe mais pagamento de taxa!
    Quanto mais botar uns pocotós no motor.

    ResponderExcluir
  20. Oskrmarinho07/10/12 09:01

    Belo exemplo de diversão pura sem interferência eletrônica. Afinal, para não participarmos do processo de condução do veiculo (ou participarmos cada vez menos), melhor pegar um metrô! Meu sonho (antigo) é de um automóvel pequeno, simples, sem eletrônica embarcada, baixa manutenção, boa relação peso/potência, com desenho também simples, mas belo, e acessível. Será possível? Esse aí foge do sonho, no preço e por ser triciclo.

    ResponderExcluir
  21. Esse carrinho é um sonho para poucos, é claro.

    Quanto ao carro ideal, certamente temos algo em comum.

    ResponderExcluir
  22. Achei legal. Fora do lugar comum. Tem gosto de moto, de carro, de liberdade. penso que é uma opção muito válida. Mas se uma harley ou coisa parecida custa aqui uns 40 mil ( fabricada aqui), esta coisa aí vai chegar aqui por quanto? 200, 300 mil? Ridículo ( o preço). Se custasse aqui cerca de 50 mil, daria para pensar. 90 mil ( lá) é o preço que se paga pela extravagância. Vende porque é legal e tem baixa produção. Com isto, fila e maior interesse. Mas vai durar pouco. Vão passar modismo e fila, a Morgan ganha o dindin dela e depois a coisa acaba de novo. Em lugar nenhum do mundo um triciclo teve longa duração. Não vai ser este, por mais legal que seja. Abs.MAC.

    ResponderExcluir
  23. Belo brinquedo,esse aqui é mais radical e tb muito divertido...

    http://www.youtube.com/watch?v=g4v2LUw7O4w

    ResponderExcluir
  24. Adorei esse carro, a começar pela falta total de qualquer duende eletrônico, nem mesmo servofreio tem! E o V2 é coisa de macho mesmo, quase 2-litros em apenas dois cilindros... Mas, se fosse para escolher entre os "seres" do gênero, ainda ficaria com o Caterham.

    ResponderExcluir
  25. Já imaginaram como seria um desses no Brasil? Desvia de um buraco com as rodas dianteiras, cai com a traseira, rsrs. Seria uma loucura, mas eu sou um louco!!

    ResponderExcluir
  26. Se aqui fabricávamos réplica até de Fiat X-19 (Dardo), porque não poderiamos fazer algo com produção nacional? (apenas para baratear o preço, que fique bem claro - Morgan é Morgan).
    Uma carroceria de alumínio tão isenta de vincos e dobras complexas poderia ser até batida na mão sobre um "frame" e depois montada em um chassis tubular. Com um sistema de transmissão por cardã, uma caixa de marchas de automóvel (será que a do Chevette serviria?) e um motor V2 de litragem parecida e estava feito o estrago.

    ResponderExcluir
  27. "Por menos de 30.000 libras? Acho que não tem."
    .
    Resposta... Tem sim: Caterham Superlight R300
    http://www.caterham.co.uk/assets/html/showroom/superlightr300.html
    Custa cerca de 28000 libras, faz de 0 a 100 em 4,5 segundos e a velocidade maxima é perto dos 200 km/h.

    Em termo de sensação ao dirigir o morgan deve ser legal, mas em termos de "mais do mesmo" o Seven é o Seven...

    Ozirlei

    ResponderExcluir
  28. Com certeza é diversão na certa! Mas, plagiando o anônimo das 13:05 do dia 06/10, caso tivesse grana iria querer o meu com metralhadoras...

    ResponderExcluir
  29. Um amigo meu de São Carlos com tempo, recursos financeiros e de conhecimento mecânico construiu um 3W parecido, mas que na verdade ficou MUITO melhor do que o Morgan. Demorou o tempo da importação (fora a fase de projeto) e custou menos da metade do valor do Morgan lá fora.

    É mais exclusivo, mais seguro, mais rápido e ficou mais bonito tb, totalmente personalizado.

    No capitalismo, as coisas tem valor relativo, muitas vezes relacionada à sua percepção. Morgan = tradição, então é "cool" e por isso custa caro. Caro demais, na minha opinião. Mas a diversão é a mesma, aliás meu amigo diria que a diversão dele foi ainda maior pq projetou e construiu seu brinquedo.

    ResponderExcluir
  30. Muito bom post, quando vi que era do Hans continuei a ler , do contrário teria ficado apenas com o post do Jalopnik.

    ResponderExcluir
  31. Me deu uma saudade do meu bom e velho VW Sedan 1300...bons tempos!

    Sergio S.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Unknown,

      Realmente bons tempos e que não voltam mais.

      Excluir

O Ae mudou de casa! Todos os posts do blog foram migrados para o site. Por favor busque por este post no site e deixe o seu comentário lá.
Um abraço!
www.autoentusiastas.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...